Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 10, 2008

CELEBRANDO COM CELEBRAÇÃO A CEIA DO SENHOR

Há mais vida cristã com qualidade quando celebramos a Ceia do Senhor.

1. O QUE ACONTECE QUANDO CELEBRAMOS A CEIA DO SENHOR

Podemos celebrar a Ceia do Senhor com diferentes e excludentes práticas:

Hipótese 1: nada acontece

Muitas vezes,a celebração da Ceia do Senhor não tem qualquer sentido para a vida. Participamos dela, mas nada acontece. Tudo não passou de um ritual (pobre ou solene) sem significado existencial.

Hipótese 2: transubstanciação

Quando um Católico Romano participa da Ceia ("Eucaristia"), ele diz acreditar que os elementos (pão e vinho) são miraculosamente transformados no que quimicamente não são: corpo e sangue de Jesus Cristo. É por esta razão que o participante não tem contato físico com os elementos, por terem sido transformados em corpo e sangue de Jesus Cristo.

Hipótese 3: consubstanciação

Quando um luterano participa da Ceia ele diz acreditar que os elementos (pão e vinho) passam a conter a presença real de Jesus Cristo, embora mantenham suas propriedades quími…

TRINDADE: UMA CERTEZA ESSENCIAL

1. INTRODUÇÃO

Quando nos propomos a meditar sobre as doutrinas essenciais da fé cristã, precisamos apresentar, como uma das primeiras, a da Trindade divina, para que possamos compreender a própria natureza da experiência cristã.
Comecemos por afirmar que a doutrina da Trindade é exclusiva do Cristianismo. O Judaísmo, de quem ficamos com as suas Escrituras como primeiro volume das nossas, que tem dois: o primeiro e o segundo Testamentos. O Judaísmo e o Islamismo, que são monoteístas, não são trinitários. A propósito, uma das grandes dificuldades para a aceitação de Jesus por parte dos judeus era precisamente a sua afirmação de que era um com o Pai.
Esta exclusividade encontra outra característica: a palavra "Trindade" não aparece na Bíblia, mas nela está contido claramente o ensino segundo o qual Deus é uma unidade em três pessoas, três pessoas que são completamente divinas em si mesmas.
Não dá para compreender a Trindade apenas com o esforço racional, embora devamos usar a razão…

CRUCIFICAÇÃO: 7 RAZÕES DA CRUZ

A cruz é o centro da fé. A cruz é a graça inaugurada.
A cruz deve ser o centro de nossa vida, se queremos que a graça nos seja suficiente.
Há um hino que afirma: "Eu amo a mensagem da cruz". E que mensagem é esta?

1. A cruz nos mostra que nosso pecado nos separa de Deus.

Isaías disse aos seus contemporâneos: "as suas maldades separaram vocês do seu Deus; os seus pecados esconderam de vocês o rosto dele, e por isso ele não os ouvirá" (Isaías 59.2).
Na verdade, esta era a situação da humanidade até Jesus fincar no Calvário a cruz e morrer nela. Aprendemos na Bíblia que o nosso pecado original nos separa totalmente de Deus, até que nos arrependamos. Também aprendemos que o nosso pecado atual se nos separa de Deus, até que o confessamos e somos perdoados.

2. A morte de Jesus na cruz foi uma necessidade, para pôr fim à ira de Deus, que alcançou plenamente seu objetivo: o de nos permitir a paz com Deus.
Com isto, a "ira de Deus" (a rejeição divina ao pecado humano) f…

1Pedro 1.3-9, 4.12-19: O PODER DAS PROVAÇÕES

1.
INTRODUÇÃO

Vivendo numa sociedade anti-cristã, os leitores da 1 Epístola de Pedro estavam sendo maltratados por chefes perversos (2.18), chateados por cônjuges incrédulos (3.1,6), ridicularizados por vizinhos e amigos céticos (4.14) e ameaçados pela perseguição religiosa (4.12-18) capitaneada em nível mundial pelo imperador Nero.
Apesar disso, aqueles cristãos deviam viver exultantes, com alegria indizível e cheia de glória (v. 9). É assim que devemos nos portar, os cristãos de hoje. Nossa situação se assemelha aqueles cristãos, a quem Pedro chamou de estranhos ao mundo, por ter recebido a salvação (quando o mundo continua perdido) e por ser diferente a sua forma de encarar a adversidade (ao recebê-la como parte da vida).
Pedro expõe a força e a fraqueza das provações.

1Pedro 1
Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua grande misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorrup…

Classificação de países por perseguição

Classificação de países por perseguição
1º semestre 2008




1 Coréia do Norte
2 Arábia Saudita
3 Irã
4 Maldivas
5 Butão
6 Iêmen
7 Afeganistão
8 Laos
9 Uzbequistão
10 China
11 Eritréia
12 Somália
13 Turcomenistão
14 Comores
15 Paquistão
16 Catar
17 Vietnã
18 Chechênia
19 Egito
20 Zanzibar
21 Iraque
22 Azerbaijão
23 Líbia
24 Mauritânia
25 Mianmar
26 Sudão (Norte)
27 Omã
28 Cuba
29 Brunei
30 Índia
31 Argélia
32 Nigéria (Norte)
33 Djibuti
34 Turquia
35 Kuweit
36 Sri Lanka
37 Tadjiquistão
38 Emirados Árabes Unidos
39 Jordânia
40 Marrocos
41 Belarus
42 Palestina
43 Etiópia
44 Síria
45 Barein
46 Tunísia
47 Indonésia
48 Bangladesh
49 Quênia (Nordeste)
50 Colômbia (Áreas de conflito)

Missão Portas Abertas - Classificação de países por perseguição - Lista 2008

entre nesse link e veja o quadro dos paises que perseguem a igreja do Senhor Jesus e seus filhos.

http://www.portasabertas.org.br/classificacao/default.asp

Cristãos batistas continuam sendo presos

Em mais cidades do Uzbequistão, penas continuam sendo impostas em decorrência do Código Administrativo para a atividade religiosa pacífica.

A Corte Criminal da cidade de Fergana, em 13 de setembro, multou o batista Aleksandr Avdeev em 208.650 soms (154 dólares).

Ele foi considerado culpado por violar o Artigo 184 do Código de Administração de Infrações do Uzbequistão, que penaliza a distribuição de materiais que promovem o "extremismo religioso, separatismo ou fundamentalismo".

Os batistas disseram ao Forum 18, que Aleksandr foi convocado para o Tribunal da cidade em 13 de setembro, e ele foi autorizado a entrar com outros quatro cristãos. Eles disseram que o julgamento, que durou apenas dez minutos, aconteceu na sala do juiz Shukhrat Akhmedov.

A polícia do distrito prendeu Aleksandr em 30 de agosto, durante uma operação de “limpeza antiterrorista”, pois ele estava oferecendo livros cristãos gratuitamente nas ruas. Aleksandr foi levado à delegacia e obrigado a escrever uma d…

A Igreja Perseguida no Uzbequistão

O Uzbequistão está localizado na Ásia central, entre o Cazaquistão e o Turcomenistão. O território uzbeque é caracterizado pela presença de desertos arenosos e pontilhados por dunas que circundam vales intensamente irrigados ao longo dos rios Amu Dária, Sir Dária e Zarafshon. A pecuária ocupa quase metade do território do país, que apresenta um clima árido e não possui saída para o mar.

O Uzbequistão possui quase 28 milhões de habitantes, dos quais cerca de um terço tem idade inferior a 15 anos. Houve uma perda recente de dois a três milhões de pessoas que imigraram em busca de trabalho em países vizinhos. No entanto, ele ainda é o país mais populoso da Ásia Central. Entre as principais cidades estão Tashkent, Samarqand e Bukhara, todas com séculos de história. As comunidades rurais, onde vive mais da metade da população uzbeque, são densamente povoadas.

Até o colapso do comunismo na década de 1990, o Uzbequistão era parte da União Soviética. Sua independência foi declarada em 1991 e …

Vamos Orar

"Esta é a minha oração: que o amor de vocês aumente cada vez mais em conhecimento e em toda percepção."

Filipenses 1.9


Uzbequistão (9º) - Família reunida


Dia 1 - Lembre-se da família do pastor Dmitry. Sua esposa e filhas passarão mais um Natal sem ele. Ore para que o trabalho dos advogados de Dmitry tenha bons e rápidos resultados.



Bangladesh (48º) - Pressão sobre ex-muçulmanos


Dia 2 - As igrejas em que ex-muçulmanos se reúnem têm sido atacadas. Esses irmãos são pressionados a voltar ao islã, e alguns têm sido presos ou seqüestrados. Ore para que sejam discipulados de maneira consistente e sistemática em sua fé cristã a fim de que permaneçam firmes, apesar da pressão.



México - Libertação aguardada


Dia 3 - Continue a orar pelos cristãos aprisionados em Acteal e por suas esposas. Peça a solução desse caso que já dura tanto tempo (leia mais na revista). Ore pelos juízes da Suprema Corte que irão analisar o caso. Peça a Deus a libertação dos prisioneiros.



Índia (30º) - Pr…

TEMPOS MAUS

Portanto, o que for prudente guardará silêncio naquele tempo, porque o tempo será mau (Amós 5.13).

A prudência é uma virtude que nos faz ver o perigo e afastar-nos dele. Os tolos vêem o que o inimigo lhes está preparando, mas não se desviam (Provérbio 14.16). Há um período para guardar silêncio, e são poucos os que o fazem. Fechar a boca no tempo mau é a recomendação dos Céus. Diante de um ataque do adversário, devemos apenas falar o que nos foi concedido pelo Espírito do Senhor, por meio das Escrituras.

Se há algo que precisamos buscar de Deus é a prudência. Com ela, conseguimos perceber os perigos e evitá-los (Provérbio 27.12). São muitas as ciladas que o adversário arma diante de nós, pois, para ele, o que interessa é a nossa destruição. Ele se ressente da nossa posição em Cristo, de termos sido feitos filhos de Deus e sermos herdeiros Seus e co-herdeiros com Cristo. O diabo sabe o que nos está preparado e o que seremos por toda a eternidade.

As pessoas que não têm juízo acham que …