quinta-feira, 8 de maio de 2014


Mosab  ficou conhecido por escrever uma autobiografia contando como se converteu ao cristianismo e como conseguiu ser um agente secreto de Israel durante anos, sem ser detido pelos palestinos, já que seu pai era um dos fundadores da organização terrorista Hamas. “O Filho do Hamas”, nome da obra, foi campeão de vendas no mundo todo.
 
A história
 
Prestes a completar 18 anos, Mosab Hassan Yousef com muita sede de vingança, decidiu lutar contra seus próprio povo, por não concordar com a política e com os métodos adotados. Em um dos seus ataques, foi preso e levado ao centro de interrogatórios israelense.
 
Depois de passar por uma série de torturas, em troca de sua liberdade recebeu uma proposta do serviço de inteligência interna de Israel (Shin Bet): colaborar com a identificação dos lideres do Hamas resposáveis pelo terrorismo.
 
Mosab sempre foi contra o conflito, por causa da morte de inocentes, tanto de israelenses quanto de palestinos. Pensou muito sobre a proposta e aceitou ser um dos espiões do Shin Bet. Viveu uma vida dupla, fez escolhas difíceis e arriscadas, mas sabia que sua luta não seria em vão, afinal, estava disposto a fazer de tudo para conter a violência.
 
"Filho do Hamas" é também uma história de transformação pessoal, uma jornada de redescoberta espiritual que começa com a participação de Mosab num grupo de estudos bíblicos e culmina na sua conversão ao cristianismo e na crença de que "amar seus inimigos" é o único caminho para a paz no Oriente Médio.
 
 
Atualmente...
 
Em uma entrevista coletiva, o escritor de “Filho do Hamas” disse que está produzindo um filme, pois quer mostrar seu ponto de vista a respeito do Islã.
 
Em relação as consequências por optar pela fé cristã, Mosab não demonstra nenhum tipo de arrependimento. “Normalmente, as pessoas têm vergonha quando fazem algo errado. As pessoas gostam de viver na escuridão… Eu vivo na luz. Eu não fiz nada de errado, estou ajudando a salvar vidas”, afirma.
 
A mãe de Yousef, Rubha, foi procurada pela imprensa, mas foi enfática ao falar sobre o assuto: “Ele deu sua lealdade a uma religião diferente do Islamismo. Somos muçulmanos e ele atacou a nossa religião. Eu não devo ser tratada como sua mãe, porque ele não é mais meu filho”.
 
 
 
Redação iGospel
Com informações de CBN

“Motivos não anulam consequências”, por Bispa Fê

Hoje, nós vamos falar sobre escolhas, consequências e oportunidades! Vamos começar meditando em  Salmo 7: 14 a 17 “Eis que o ímpio está com dores de iniquidade; concebeu a malícia e dá à luz a mentira. Abre, e aprofunda uma cova, e cai neste mesmo poço que faz. A sua malícia lhe recai sobre a cabeça, e sobre a própria mioleira desce a violência. Eu, porém, renderei graças ao Senhor, segundo a sua justiça, e cantarei louvores ao nome do Senhor altíssimo.”.
 
 
Este texto é maravilhoso, pois mostra como o mal é produzido no nosso interior. As dores da iniquidade, o ódio, a raiva, a amargura e todos os frutos da carne, que estão descritos em Gálatas 5, têm uma origem. Origem que nós mesmos permitimos que se manifeste em nosso interior.
 
Quando deixamos este mal ser concebido em nós, geramos a mentira. Passamos a olhar tudo com malícia, passamos a julgar sem discernimento, fora dos parâmetros de Deus e sem a paz, que é o arbitro dos nossos corações.
 
A Bíblia nos alerta das consequências desta escolha! Por isso, tome cuidado! Aquele que está com dores da iniquidade, concebendo a malícia e dando à luz as suas mentiras está provocando sua própria morte. Será vítima de suas próprias maldades.
 
Hoje, eu quero te exortar e te alertar! Não deixe o mal dominar o seu coração! Ninguém pode viver uma mentira! Não pense que você pode passar a vida toda enganando os outros, manipulando situações, montando armadilhas... o preço é muito alto e o prejuízo que você terá é maior ainda!
 
Na Bíblia, está escrito que nós colheremos do fruto das nossas ações! Por que a palavra “fruto”? É uma forma de Deus nos mostrar que as consequências sempre serão maiores que nossas escolhas. Os frutos são sempre maiores do que as sementes que jogamos na terra.
 
Que hoje, você dê um fim neste ciclo de morte! Saia dessa cova! Se você se rebelou contra Deus, restaure seu altar de adoração! Volte a ser uma fonte de vida!
 
Mas, Bispa, eu não estou arrependido... Eu sei que eu errei, mas eu tive motivos para fazer o que fiz.
 
Um erro não justifica o outro. Os motivos não anulam as consequências! Ore para que você encontre o caminho do arrependimento!
 
Deus é um Deus misericordioso, mas para encontrarmos o Seu perdão, precisamos verdadeiramente nos arrepender e produzir frutos deste sentimento.
 
Quero finalizar o post de hoje deixando registrado a passagem de 1 Coríntios 7: 21 “Foste chamado, sendo escravo? Não te preocupes com isso; mas, se ainda pode tornar-te livre, aproveite a oportunidade.”.
 
Você pode ser livre! Aproveite a oportunidade que o Senhor está te dando hoje! Faça a melhor escolha!
 
 

3ª edição do Ultimate Reborn Fight acontece dia 17/5


O Reborn Team, ministério de artes marciais da Igreja Renascer em Cristo, realizará, no próximo dia 17 de maio, terceira edição do URF (Ultimate Reborn Fight), no Renascer Hall, zona leste de São Paulo.
 
No octógono montado no centro da igreja, haverá 10 lutas de MMA, nas categorias profissionais e amadoras, com atletas de diversas regiões de São Paulo. As regras seguirão as diretrizes unificadas do esporte, mas com adaptações de acordo com o nível dos combates.
 
A Igreja Renascer em Cristo é pioneira na realização de eventos deste porte como estratégia de evangelismo. De acordo com o Apóstolo Estevam Hernandes, religião e esporte podem e devem caminhar juntos.
 
“Não estamos aqui para promover a violência, mas sim para levar o amor de Jesus a outras pessoas que por seus gostos pessoais, talvez, jamais entrariam em uma igreja. Hoje. nós podemos trazer grandes lutadores para dentro da nossa igreja e fazer com que eles conheçam a Jesus através daquilo que eles mais gostam de fazer”, afirma.
 
A primeira edição do URF aconteceu no dia 13 de abril de 2013 e reuniu milhares de pessoas na sede internacional da igreja Renascer em Cristo. Ao todo, foram dez lutas, cinco amadoras e cinco profissionais. Dj Oliver e o rapper JRG agitaram a noite.
 
Durante o evento, Apóstolo Estevam Hernandes trouxe uma ministração, e centenas de pessoas entregaram suas vidas para Jesus.
 
Os esportistas que acompanharam os combates também apoiaram a iniciativa da igreja. Um deles foi Lucas Mineiro, lutador de MMA, que já competiu no UFC, Ultimate Fighting Championship, representando o Brasil, no peso leve. “É muito importante promover eventos como este, principalmente para crianças e adolescentes. Eu não discrimino, pelo contrário, eu apoio... como qualquer outro esporte. Em vez de ficarem na rua, eles vão treinar na academia. Estes eventos são muito importantes para o esporte também”, disse ele.
 
No vídeo a seguir, você confere tudo o que rolou no evento:
 
 
Serviço:
Ultimate Reborn Fight
Data: 17 de maio
Horário: a partir das 19 horas
Local: Renascer Hall
Endereço: Rua Dr. Almeida Lima, 1290 - Mooca (São Paulo/SP)
 
Valor do ingresso: R$ 25,00 (antecipado), R$ 35,00 (na hora )
Obs.: Os convites estão disponíveis no local do evento
 
 
Redação iGospel

Hoje! Culto de aniversário da Assembleia de Deus de Santos



 




























A celebração começa às 19h30 e o louvor ficará por conta do Renascer Praise. A igreja fica na Rua Dr. Manoel Tourinho, 351.
 
Sobre o ministério:
 
A Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério de Santos é a Pioneira no estado de São Paulo.
 
Os missionários Daniel Berg e Gunnar Vingren, vindos da Suécia, dirigidos por Deus, chegaram às terras brasileiras no ano de 1911 e aportaram na cidade de Belém, no Pará. Depois de muito trabalho, fundaram a primeira igreja pentecostal no Brasil, com o nome Assembleia de Deus.
 
Depois de 13 anos, entenderam que era o momento de trazer a mensagem Pentecostal para o estado de São Paulo.
 
Então, no dia 1 de maio de 1924, Daniel Berg foi para Santos, com o objetivo de consolidar a obra que a nordestina Hermínia Limeira havia iniciado. Mesmo sem ter muito conhecimento, ela realizava cultos em sua casa.
 
Na época, a cidade portuária com 135 mil habitantes foi escolhida para sediar a primeira Igreja Evangélica Assembleia de Deus do Estado de São Paulo, o que a tornou a Pioneira do trabalho pentecostal em terras paulistas.
 
O primeiro culto com a participação do missionário Sueco aconteceu no dia cinco de maio de 1924, em um ponto de pregação do evangelho, no bairro da Ponta da Praia, próximo ao Ferry Boat.
 
Com um mês de trabalho, muitos cristãos já haviam recebido o Batismo com o Espírito Santo, que é a marca da Igreja Assembleia de Deus, e estavam determinados a propagar o Evangelho de Jesus Cristo em toda a região.
 
Em 1929, o trabalho em Santos já tinha se desenvolvido eficazmente em todos os bairros. Os irmãos cediam suas residências, abrindo, dessa forma, pontos de pregação e, mais tarde, prósperas congregações.
 
Em cinco anos, a palavra de Deus começou a invadir o campo litorâneo como São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba.,
 
Em 1933, a responsabilidade da igreja passou para o Pastor Clímaco Bueno Aza, e com o intuito de legalizar as reuniões, ele fundou uma sociedade civil, que no dia 04 de setembro de 1934, passou a ser a “Sociedade Evangélica Assembleia de Deus”, localizada na Rua Doutor Manoel Tourinho 351, onde existe o templo até hoje.
 
Em janeiro de 1946, o Pastor Bruno Skolimowsky passou a presidir a Igreja. Era considerado pelos membros na época o Presidente do Ministério.
 
O Pastor Bruno, por inúmeras vezes, convidou o Pastor João Alves Corrêa para assumir a igreja de Santos. Este, sem mais poder resistir ao chamado de Deus, assumiu o ministério em fevereiro de 1962, com 27 congregações.
 
Com uma família numerosa de 12 filhos ainda pequenos e um adotivo, o Pastor João Corrêa não se intimidou diante das dificuldades e desafios.
 
Na sua gestão, foram criados o Círculo de Oração, Grupo de Jovens e um intenso trabalho de evangelismo nas ruas.
 
Em janeiro de 1993, o Pastor Paulo Alves Corrêa assume a presidência da Igreja. Companheiro fiel de seu pai desde a infância, ele dá início a um grande desafio: concluir a construção da nova Sede. Um prédio de nove andares, com duas galerias e tanque batismal. O prédio se tornou um marco na cidade de Santos.
 
Com uma visão ímpar de crescimento, o Pastor Presidente Paulo Alves Corrêa, trouxe avanço e progresso ao Ministério de Santos. Em 15 anos, o número de igrejas aumentou de 52 para 168, só na Baixada Santista.
 
Serviço
Culto de aniversário da Assembleia de Deus Ministério Santos
Data: 8 de maio (quinta-feira)
Horário: 19h30
Endereço: Rua Dr. Manoel Tourinho, 351 - Macuco (Santos/SP)
 

BANALIZAÇÃO DA VIDA - Adolescentes matam amiga a pedradas e quase são linchadas em Foz do Iguaçu

  • Taís Cristina Martins, 13, morta a pedradas por duas amigas em Foz de Iguaçu (PR)
    Taís Cristina Martins, 13, morta a pedradas por duas amigas em Foz de Iguaçu (PR)
Uma adolescente de 15 anos foi apreendida e outra de 19 foi presa nesta quarta-feira (7) suspeitas de assassinar Taís Cristina Martins, 13, no final da tarde de segunda-feira (5) em Foz do Iguaçu, no Paraná.
Segundo a polícia, a vítima foi levada para uma área de matagal pelas duas garotas e morta a pedradas. Ainda conforme a polícia, o motivo do crime seria ciúme. Taís teria um relacionando com o namorado da jovem de 15 anos.
Os moradores do bairro Cidade Nova, onde ocorreu o crime, suspeitaram da participação das adolescentes e, assim que a notícia se espalhou, começaram a procurar pelas meninas. Elas foram encontradas pelos moradores quase que ao mesmo tempo que por policiais, que impediram o linchamento.
Dois funcionários que trabalham em uma subestação de Furnas, companhia responsável pela geração e transmissão de energia elétrica na região, encontraram o corpo de Taís na margem de um córrego, no final da tarde de terça (6).
Segundo a polícia, Taís foi levada pelas duas jovens ao local após sair da escola. A mais velha teria segurado a vítima, enquanto a garota de 15 anos, namorada do rapaz em disputa, atacou a menina a pedradas.
Em entrevista à Rádio Cultura de Foz, a mãe da vítima disse que as suspeitas eram amigas da filha. "Uma falsa amiga que levou ela (sic) para a emboscada", disse.
A jovem de 19 anos foi presa e a adolescente, encaminhada ao Centro de Socioeducação. A polícia ainda investiga se houve a participação do rapaz no crime. Em depoimento, ele negou qualquer envolvimento no caso.

G1

Acusado de assassinato se converte e é preso durante culto

Um jovem de 19 anos foi preso dentro de uma igreja evangélica em Volta Redonda, Rio de Janeiro, sob acusação de assassinato. Samuel da Silva Miguel Gomes estava sendo procurado pela Polícia de Araruama, Região dos Lagos, por ter matado um jovem de 18 anos há sete meses.
De acordo com a polícia Gomes e quatro amigos estariam envolvidos na morte de Vitor Santana, morto em 25 de outubro do ano passado. O delegado de Volta Redonda, titular da 93ª Delegacia de Polícia, Antônio Furtado, comentou que há duas versões sobre os motivos do crime.
“Uma versão seria que o Samuel estaria indignado, ele e os seus amigos, porque o Vitor Santana [vítima do crime] estaria praticando crimes naquela comunidade e resolveram matá-lo. Já outra versão dá conta que o Samuel tinha uma namorada e essa namorada estava se relacionando também com o Vitor Santana. Esse teria sido o motivo do crime”, disse o delegado.
Samuel Gomes estava sendo procurado em Araruama, ele teria se mudado para Volta Redonda depois de cometer o crime e na nova cidade teria se convertido em uma igreja evangélica.
A polícia estava acompanhando e ação conjunta das polícias das duas cidades conseguiu prendê-lo quando ele chegava para participar do culto.
“O delegado de Araruama veio com dois policiais dizendo que precisava de um apoio aqui da delegacia de Volta Redonda, já que um foragido da Justiça, o Samuel, estaria prestes a entrar num culto evangélico. Contra ele havia um mandato de prisão preventiva. Os agentes, então, foram até lá e recebemos a informação que ele já estava entre os fiéis. Foi dada voz de prisão a ele cinco minutos antes de começar o culto. Ele já sabia do que se tratava”, garantiu o delegado em entrevista ao RJTV.
O jovem também foi entrevistado pelo programa, negando a participação no assassinato de Vitor. “Fui preso na igreja, mas não teve essa história, não. Só ouvia falar sobre ele [a vítima], mas nenhum envolvimento com ele”, disse Gomes. Com informações G1.

ATENÇÃO . MANDE MATÉRIAS SOBRE SUA IGREJA E MINISTÉRIO OU ACONTECIMENTOS , COM FOTOS , PARA PUBLICARMOS EM GRITOS DE ALERTA .


Exposição que mostra pedofilia e zoofilia provoca bate boca entre deputados

Não foi só nas redes sociais que a mostra “QueerMuseu” gerou debates e bate boca. Na noite desta terça-feira (12) o assunto foi amplam...