terça-feira, 12 de julho de 2011

WEB RÁDIO EVANGÉLICA É www.gritosdealerta.com - A WEB RÁDIO DO PODER DA FÉ EM JESUS CRISTO

AMANHA , NO NOSSO PROGRAMA AO VIVO ESTAREI TECENDO COMENTÁRIOS SOBRE ESSA POUCA VERGONHA QUE IMPERA NO BRASIL - www.gritosdealerta.com

O stf e as flagrantes violações da lei!

 



Como podemos ver nos ultimos anos principalmente este 2011 o stf tem dado mostras de sua verdadeira face nefasta e abjeta que apenas trabalha em prol de supostas minorias ao invés de trabalhar pelo estado de direito como um todo.


O brasil está em um caminho complicado um governo golpista comunista com ligação com narcoguerrilha (farc) um legislativo comprado e fraco e um stf abusado que se usa de suas prerrogativas para passar por cima da lei e tornar legal o que a lei diz que é crime, juiz não legisla juiz não faz e não pode mudar leis.


Vejamos alguns casos.


-Raposa serra do sol

O supremo tribunal federal manteve nesta quinta feira a decisão favorável a demarcação contínua da reserva indigena raposa serra do sol, em roraima, numa decisão que benefícia os indios e determina a saída dos fazendeiros da região.


"Pela primeira vez o tribunal se debruçou sobre a questão da posse indigéna com tanta intensidade. Agora tivemos a oportunidade e fixamos na realidade, um estatuto que deve ser aplicado não só ao caso de raposa serra do sol, mas também aos demais processos de demarcação", disse aos jornalista o então (na epoca) presidente do stf , Gilmar Mendes, após anúncio da decisão.


Comentário

Este é um dos casos mais complicados, pois a promessa de indenizações para os fazendeiros foi pura lórota alguns foram indenizados outros não e mesmo os que foram indenizados não receberam o suficiente para suprir suas necessidades e começar um novo negocio tem até fazendeiro vendendo churrasquinho pra sobreviver, pois foi a falencia total com a decisão suja do stf, que não se preocupou em ajudar quem trabalha (os fazendeiros).


-Casamento gay

O julgamento no supremo tribunal federal decidiu hoje (05/05/2011), que o casamento gay está legalizado no brasil. Com expressiva maioria dos votos os ministros do stf tornaram a união estável homoafetiva legalizada.


O supremo tribunal federal decidiu por unanimidade em favor da união homossexual no brasil, reconhecendo a união entre gays como entidade "familiar".


Comentário

Constituição federal artigo 226 paragrafo 3º- Para efeito da proteção do estado, é reconhecida a união estável entre HOMEM E A MULHER como entidade familiar, devendo a lei facilitar sua conversão em casamento.


Um flagrante descumprimento da lei que diz que casamento e familia é constituido por um homem e uma mulher, macho e femea, se querem legalizar casamento gay podem tentar pela via democratica no voto pelo legislativo ao qual a constituição da o direito de legislar e não o stf, mas hoje no mundo figura uma nova forma de burlar as leis, buscam atalhos em suprema cortes como fizeram no brasil, e em outros países como os eua e na europa, não podem vencer no voto, na democracia correm pro jogo sujo e para o atalho no stf que é mais rapido e não precisa do apoio da maioria e não precisa ter que discutir com a população, pois sabem que se forem debater no voto perdem.


-Caso battisti

Stf decide pela libertação de cesare battisti, com seis votos pela libertação imediata o italiano battisti foi libertado, votaram pela libertação os ministros Luis Fux, Carmen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Joaquim Barbosa e Carlos Ayres Britto. O relator Gilmar Mendes e a ministra Ellen Grace votaram pela extradição de battisti. O presidente do supremo tribunal federal Cesar Peluzo também votou contra a maioria e anunicou que não pedirá visto, mas o resultado não mudará mais battisti está solto.


comentário

Bem battisti é um problema tipo exportação, um ex combatente de guerrilha comunista da italia, não é de admirar este feito do stf depois da decisão de tarso genro e lula, o stf apenas endossou uma decisão de carater politico do pt, battisti é comunista, companheiro portanto dos ideiais do pt. Além da maioria da população também ser contra mais uma decisão absurda do stf, o brasil tem um acordo de extradição assinado com a italia, e mais uma vez vemos o stf assim como o governo descumprindo leis nacionais e tbm acordos internacionais.


-Marcha da maconha (apologia ao crime).

Os oito ministros do supremo tribunal federal (stf) que participaram do julgamento nesta quarta-feira (15/06/2011) foram unanimes em liberar as manifestações pela legalização das drogas,como a marcha da maconha, no brasil. Eles consideraram que as manifestações são um exercício da liberdade de expressão e não apologia ao crime, como argumentavam juizes que já proibiram a marcha anteriormente.


Votaram junto com o relatos os ministros Luis Fux, Carmen Lucia, Ricardo Lewandowski, Ayres Britto, Ellen Grace, Marco Aurélio e o presidente do tribunal Cesar Peluzo.


Comentário

Oartigo 287 da constituição federal diz que fazer apologia de fato criminoso ou crime É CRIME.


Fazer marcha da maconha é sim uma apologia ao crime e o stf sabe disso, vamos fazer uma marcha com propaganda do homícido ou do assalto o stf terá que aceitar pois é liberdade de expressão... O uso de drogas no brasil já se tornou problema de saúde pública, e tende a piorar com essa decisão do stf.


Isso que o stf fez foi simplesmente abrir as portas para a liberação do uso da maconha, e com certeza isso deverá ser feito através do atalho no stf e não pelo voto e debate com a população, pois a maioria da população é contra isso, assim como é contra casamento gay e a permanencia de cesare battisti no brasil.


Os unicos que irão ganhar com a liberação do uso da maconha são o crime organizado e principalmente as farc, por isso eu não me espanto com mais este caso absurdo onde o stf passa por cima da lei e faz uso dela a bel-prazer, liberar marcha da maconha ou o uso da maconha não nos trárá nenhum benefício, muito pelo contrário só malefícios em um país que já está saturado de problemas e tantos homicídios, quase 50 mil por ano e isso o stf não faz nada pra resolver.


Resumo geral

Bem eu coloquei alguns temas principalmente os atuais frescos deste ano, e podemos ver que a coisa no brasil está feia, não bastasse a bandidagem descumprindo a lei agora também vemos quem deveria resquardar as leis (stf) descumpri-la descaradamente e também liberar o descumprimento da mesma.


O jeito é buscar a Deus e a unção do espírito santo para poder-mos nos manter firmes nesses dias sombrios que estamos vivendo, e a coisa ainda vai piorar....

LEI ENGANADORA DA MARTA QUER NOS PROIBIR DE FALAR A VERDADE - TO FALANDO QUE ELES ESTÃO APRENDENDO COM OS ISLÂMICOS - QUEREM BANIR OS DIREITOS DOS CRISTÃOS .

 

Anselmo Melo  No comments
A rainha dos homossexuais e madrinha da imunda parada gay aos poucos vai "jogando a toalha".No fundo ela sabe que mesmo com todo o lobby petista a favor da aprovação do PL122 ele nunca vai ser aprovado no congresso do jeito que esta. E pior ainda seria sua aprovação; certamente causaria grande confusão, o "tiro" correria o sério risco de sair pela culatra, colocando definitivamente os homossexuais a margem do restante da sociedade.
Pr Anselmo Melo
A Senadora Marta Suplicy anunciou que fez uma mudança no texto da PLC 122, antiga PL122 também conhecida como Lei Anti-Homofobia. A divulgação foi feita durante o programa Cidadania da TV Senado no dia 28 de Março, onde fez um discurso pró-gay.
A alteração foi a inserção de um parágrafo que protege templos religiosos. Segundo o novo texto, agora o projeto deixa claro que a lei não se aplicará a templos religiosos, pregações ou quaisquer outros itens ligados a fé, desde que não incitem a violência: “Eu tenho também que proteger essa liberdade deles de poderem falar dentro de um templo”, afirma a Senadora. O novo texto agora inclui o parágrafo: “O disposto no caput deste artigo não se aplica à manifestação pacífica de pensamento fundada na liberdade de consciência e de crença de que trata o inciso 6° do artigo 5° (da Constituição)”.
Porém, o novo texto, segundo a própria Senadora, exclui a mídia eletrônica dessa “liberdade de consciência”: “tomei o cuidado de que em mídia eletrônica não pode fazer isso. Mas, dentro de um templo, se não incitar a violência, for alguma pregação religiosa, de culto, de dogma, de fé…”, afirmou. Nesses termos, com o texto aprovado, portais gospel, sites de igrejas, pregações de pastores postadas em blogs ou páginas na internet que discordarem da prática homossexual podem ser criminalizados pela lei como homofóbicos e seus respectivos autores presos por até 3 anos, além de obrigados a pagar multa.
Segundo Marta Suplicy a alteração seria benéfica e poderia retirar os argumentos contra a lei para assim conseguir votos para aprova-la.
Fonte: Portal DT

MARTA TRAIDORA , PEDIU VOTOS EM NOSSAS IGREJAS E AGORA NOA ATACA PELAS COSTAS - O PREÇO VEM NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES , ONDE EU PESSOALMENTE ENCABEÇAREI A LUTA CONTRA SUA ELEIÇÃO .

NAS ELEIÇÕES , VOTE EM MIM , EU AMO VOCÊS .


DEPOIS DAS ELEIÇÕES ,  QUERO QUE ...
 
BEM QUE A PALAVRA DE DEUS NOS ALERTA , E O PIOR DE TUDO É QUE O POVO DE DEUS PARECE ESTAREM CEGOS.

GRITOS DE ALERTA

Site informa que Marta Suplicy tenta dar truque nos evangélicos para aprovar lei autoritária

 

Recebi do leitor “Thiago” o comentário que segue, reproduzindo um texto do site gay Mix Brasil. Ele faz um comentário em seguida. E eu encerro.
Por Marcelo Cia, Mix Brasil:
A senadora Marta Suplicy, do PT, atual relatora do PLC 122 - a lei que pretende criminalizar a homofobia no Brasil - fez uma alteração substancial no texto que tramita no Senado Federal. Na prática, a alteração permite que pregações em templos e igrejas condenem a homossexualidade.
É a forma encontrada pela Senadora e seus assessores para que o texto do PLC 122 passe pela barricada formada pelos parlamentares evangélicos. Agora o projeto deixa claro que a lei não se aplicará a templos religiosos, pregações ou quaisquer outros itens ligados a fé, desde que não incitem a violência.
O novo parágrafo diz: “O disposto no capítulo deste artigo não se aplica à manifestação pacífica de pensamento fundada na liberdade de consciência e de crença de que trata o inciso 6° do artigo 5° (da Constituição)”.
A liberdade de pregação e culto contra a homossexualidade, preservada pelo novo texto, não inclui as mídias eletrônicas. Isto é: continua vetado (sic), sob pena de multa, textos, vídeos e falas que condenem a homossexualidade publicados em sites ou transmitidos pela TV.
Thiago comentaQuer dizer que, agora, a liberdade de expressão e de consciência tem local e meio para existir? Fora daí, não pode? Se o pastor lá faz uma pregação, no âmbito do culto, contra a homossexualidade, pode? E se ele pegar a gravação da mesma fala, transcrever e publicar no blog pessoal dele - não o da igreja? Cana?
É o Ocidente aprendendo com o Afeganistão…
Eu ComentoThiago, não consegui saber se procede a informação de que Marta fez mesmo o que informa o site Mix Brasil. Se for assim, parece restar evidente que ela tem um novo orientador moral para assuntos de mídia: o Mulá Omar, chefe espiritual do Taliban. O que vai acima é tão estúpido que sou tentado a duvidar que ela tenha tido tal ousadia. Mas você sabe…
Até parece que a agressão à liberdade de culto, dentro das igrejas (!), é a única violência constitucional contida na PL 122. É só uma delas. Terá mesmo “A Loura”, como o chama seu companheiro Netinho de Paula, tido a ousadia de estabelecer os locais em que vigora a liberdade de expressão?
Vamos ver se conseguimos saber isso hoje.  O PL 122 é um coquetel de inconstitucionalidades, do começo ao fim. Se essa foi a alternação que Marta fez, deu apenas uma maquiada no texto para ver se engana os evangélicos.


Por Reinaldo Azevedo
Via Gritos de Alerta

Nos EUA, 30% dos americanos seguem a Bíblia literalmente

 


Nos EUA, 30% dos americanos seguem a Bíblia literalmenteCerca de 50% dizem que a Bíblia é a palavra inspirada de Deus

Três em cada 10 americanos interpretam a Bíblia literalmente, acreditam que é a palavra real de Deus, segundo o Instituto Gallup. O órgão também mediu ao longo das últimas duas décadas, quando o índice era maior.

Cerca de 50% dos americanos dizem que a Bíblia é a palavra inspirada de Deus, mas que não deve ser seguida literalmente, de forma consistente. Outros 17% consideram a Bíblia um antigo livro de histórias registradas pelo homem.

Esses resultados são baseados em uma pesquisa do Gallup entre 5 e 8 de maio. Entre 1980 e 1984 foi registrado o maior índice de americanos que acreditam na interpretação literal da Bíblia: 40%. O menor percentual foi 27%, em 2001.

Entre os subgrupos mais importantes dos EUA, a maioria considera que a Bíblia é a palavra inspirada de Deus, em vez de a palavra real de Deus ou um livro de fábulas, lendas, história e preceitos morais.

Já os americanos religiosos e aqueles que têm menos educação formal são exceções a esse padrão geral.  A maioria, 54% daqueles que frequentam serviços religiosos semanalmente, acreditam em uma interpretação literal da Bíblia, mais do que duas vezes o percentual daqueles que frequentam menos a igreja.

A crença em uma interpretação literal da Bíblia declina à medida que aumentam os níveis de escolaridade. Quarenta e seis por cento dos americanos com o ensino médio ou menos tomam a Bíblia literalmente, em comparação com não mais de 22% dos americanos com pelo menos alguma faculdade.

Mesmo assim, a maioria dos americanos com pelo menos um curso universitário acredita que a Bíblia é a Palavra inspirada de Deus.
 

Fonte: Charisma News/
via Gritos de Alerta

Ataque à missão cristã na Nigéria mata três

 


Ataque à missão cristã na Nigéria mata trêsIgrejas foram forçadas a permanecer fechadas no domingo, depois de um dia de violência

A explosão de uma bomba em uma missão cristã na Nígeria matou um homem e duas mulheres. O ataque à Missão All-Christian Fellowship, em Suleja quando vários membros da igreja estavam numa reunião do comitê após o culto na igreja.

Duas vítimas foram mortas no local, inclusive Odogbo Justina, a esposa do presidente do comitê. Um membro de outra igreja foi levado às pressas para o hospital, onde, mais tarde, morreu em consequência dos ferimentos.

Suleja está situada perto da capital da Nigéria, Abujua. O Ministério disse que o local tem sido alvo nos últimos meses. Um toque de recolher está em vigor, tornando os ataques mais frequentes.

O ataque coincide com as violências na cidade Maiduguri, no fim de semana.

Igrejas foram forçadas a permanecer fechadas no domingo, depois de um dia de violência no sábado, que incluiu várias explosões em partes da cidade.
 

Fonte: Christian Today
via Gritos de Alerta

A IGREJA, SUA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA, SEUS PASTORES, SEUS TESOUREIROS E A COMISSÃO (CONSELHO) DE FINANÇAS

 

“O principal é fazer do principal a coisa principal”
(autor desconhecido)

                                       Viajo constantemente para ministrar, entre outros temas, sobre finanças nas igrejas por onde Deus tem me enviado. O que tenho encontrado pelo Brasil a fora são coisas tão assustadoras que pedi coragem a Deus para escrever este texto sem ofender a quem quer que seja, mas servindo de benção para quem deste texto tomar conhecimento no sentido de cuidarem melhor das coisas de Deus e dos homens e mulheres de Deus que hoje dedicam suas vidas ao ministério da Palavra.
                     Também preciso deixar claro que a igreja onde hoje tenho a honra de estar pastor (Primeira Igreja Batista em Jaguariúna/SP – PIBJ) me trata com muita dignidade, respeito, carinho, amor e sempre que podem suprindo as minhas necessidades.
                      O que tenho visto por esse Brasil a fora é algo que precisa ser repensado pela liderança de nossas igrejas. Desde a falta de cuidado com aquilo que é Sagrado ao nosso Deus como onde guardar os recipientes que servimos a Ceia do Senhor (bandejas, toalhas, cálices) até onde orientamos o povo depositar as ofertas e dízimos do Senhor. O povo de Deus muitas vezes convive com situações que na verdade demonstra a falta de zelo de pastores e líderes da área financeira da igreja com as coisas que são de Deus. Quantos membros de igrejas convivem diariamente com os recipientes usados para a celebração da Ceia do Senhor jogados debaixo de um púlpito de velho ou em armários onde se tem de tudo e depois o pastor enche a boca para chamar o povo para participar da mesa do Senhor. Há igrejas que oferecem ao povo envelopes para as ofertas e para os dízimos feitos de um material feio onde nem mesmo uma carta para um parente e amigo alguém tem coragem de enviar. Se a oferta é para Deus, se o dízimo é do Senhor precisamos oferecer ao povo um envelope digno do Senhor e não o que muitas igrejas estão oferecendo por aí. É vergonhoso muitos pastores desejarem que o povo ofereça o melhor para Deus enquanto que a própria igreja está oferecendo o pior.
                    E quando falamos em gasofilácios (aquela urna onde o povo é chamado para depositar a sua oferta e o seu dízimo) misericórdia! Já fui a igrejas que o gasofilácio era uma mistura de resto de cadeira com caixote de maça, em algumas igrejas o gasofilácio é tão pequeno que as pessoas deixam de ofertar ou de entregar o dízimo porque não o enxergam ou porque ficam com vergonha de ficar lá na frente insistindo para o dinheiro ou o envelope entrar na abertura medíocre feita na parte superior do mesmo. Se pastores e o pessoal de finanças tratam dessa forma as coisas que no culto servem para guardar o dinheiro que o povo entrega para Deus ou se usam de pouco caso para com os recipientes da Ceia do Senhor imagina como deve funcionar as demais coisas da igreja? É isso que o povo da igreja e os visitantes ficam se perguntando. E o pior é que muitos pastores ficam questionando porque a igreja não cresce, porque lutam com dificuldades financeiras o tempo todo?
                Outra crueldade que tenho visto é a forma que tesoureiros e o pessoal de finanças tratam seus pastores. Infelizmente muitas igrejas deixam de serem abençoadas porque tratam o homem de Deus ou os homens e mulheres que dedicam ao ministério da Palavra de uma forma vergonhosa. O certo numa igreja é que o pessoal de finanças priorize seus pastores que precisam cuidar de suas famílias e depois sim cuidar das outras coisas igreja. Há tesoureiros que se acham donos do dinheiro de Deus e por isso pagam todas as contas da igreja e se sobrar é que repassam a ajuda ministerial de seus pastores. ISSO ESTÁ ERRADO! A prioridade das finanças da igreja é honrarem seus pastores. Não é possível uma igreja dar o resto para seus pastores. Os pastores têm seus compromissos e precisam ter sua ajuda ministerial no dia combinado para que seu nome seja honrado na cidade e com isso a igreja seja sempre bem vista aos olhos do povo. Há igreja que quando tem dinheiro no caixa sobrando paga o pastor até adiantado, mas no mês de sufoco deixa o pastor e família em segundo plano. ISSO NÃO É DE DEUS! Nenhum compromisso financeiro é mais importante numa igreja do que a ajuda ministerial daqueles que servem na obra do Senhor. Uma empresa prioriza a folha de pagamento do pessoal para depois cuidar das demais coisas e porque a igreja deixaria de honrar o homem ou a mulher de Deus em detrimento a qualquer outro compromisso?
                  O sustento pastoral é algo que demonstra o grau de amor e compromisso da igreja para com os eleitos de Deus para dedicarem a obra que é d´Ele. O que tenho visto no Brasil é que uma grande maioria dos pastores vivem com dificuldades porque falar sobre sustento pastoral é o mesmo que advogar em causa própria e isso é deprimente. Aos tesoureiros, pessoal de finanças e aos diáconos (que devem cuidar de seus pastores) quero sugerir que vocês cuidem com carinho, amor e acima de tudo com responsabilidade do homem de Deus que está sob seus cuidados nessa área. Se sua igreja está crescendo é preciso que a ajuda ministerial do homem de Deus ou da mulher de Deus que serve ao Senhor em sua igreja cresça até o nível ideal financeiramente falando. É da igreja a responsabilidade de oferecer além da ajuda ministerial o plano de saúde, fundo ministerial (11%), férias, 13° da ajuda ministerial e uma moradia digna ao pastor e família. Algumas igrejas pagam mais ao pastor auxiliar do que ao titular proporcionalmente falando. Isso é justo?
               Que esta reflexão seja oportuna no sentido de abençoar sua igreja e seu ministério. Se você entende que este texto poderá abençoar igrejas e pastores pelo Brasil a fora divulgue-o em seus email´s e em sua rede social.
              Que Deus abençoe as igrejas, nossos pastores e as inúmeras equipes financeiras que administram as igrejas de Cristo pelo mundo a fora.
 
 
ESCREVA PARA O PASTOR PIERRE E CONTE SUAS EXPERIÊNCIAS.

Pr. Pierre Perensin
VIA GRITOS DE ALERTA

Homem morto a tiros dentro de igreja era suspeito de homicídio, diz policia

Eunápolis – Janilson Alves dos Santos, 24 anos, foi assassinado na noite desta terça-feira , em Eunápolis, extremo sul da bahia. O crime aconteceu por volta das 20h30, na porta da Igreja Deus é Amor, no cruzamento das ruas Quito e Buenos Aires, no bairro Dinah Borges.
O religioso – que caiu dentro da igreja, ainda foi socorrido pelo SAMU, mas morreu no local. Segundo os peritos, as perfurações foram na cabeça.
SUSPEITA DE CRIMES - A polícia informou que ele já tinha algumas passagens por homicídio e falsificação de dinheiro e ainda levanta outros dados sobre a vida do recém convertido ao evangelho.
Ainda é investigada as causas da execução, que pode ter sido vingança. Os amigos não quiseram dar muitos detalhes à reportagem. Apenas disseram que Janilson era um homem de Deus, frequentava a igreja há dois meses, e que o passado dele não interessava.
Um membro da igreja afirmou que Janilson tinha ajudado a fundar a congregação. Ainda de acordo com as informações, Janilson morava no bairro Alecrim II, onde era temido por alguns moradores, era casado e tinha um filho de dois anos. A mulher dele está grávida.

Justiça determina amputação em menina; mãe queria cura pela oração

A Justiça de Israel ordenou um hospital a levar adiante a amputação da mão de uma menina de 13 anos contra a vontade da mãe, depois que os médicos afirmaram que sem a intervenção cirúrgica ela morreria.

A menina, cuja identidade não foi revelada, sofre de um tumor maligno e violento e, segundo os médicos, teria uma morte dolorosa se sua mão não fosse amputada.

No entanto, a mãe da paciente, que é religiosa, vetou a operação afirmando que "prefere rezar e jejuar" para curar a filha.

O ministério do Bem Estar Social e o hospital Ichilov, em Tel Aviv, se dirigiram a um tribunal especial que trata de assuntos familiares solicitando que a corte ordenasse a operação, para salvar a vida da criança.

Ajuda de Deus
Segundo o juiz Yehoram Shaked, "está claro que não há e não pode haver outra solução exceto aceitar o pedido e que a Corte deve dar prioridade à vida, mesmo se para isso a menina tenha que sacrificar a mão".

De acordo com o hospital, o tumor, nos ossos da mão, pode provocar o surgimento de metástases no pulmão e as chances de a paciente morrer "são de 100%".

Os médicos explicaram o prognóstico tanto para a mãe como para a paciente e, segundo o relatório apresentado à Corte, a mãe afirmou que "é melhor que ela morra" porém a menina disse que entende "que não há alternativa" exceto a amputação.

Em sua decisão o juiz afirmou que a mãe continua rejeitando a operação e "acreditando na ajuda de Deus". Ele disse que a menina, apesar de jovem, entende que "é preciso preferir a vida à morte".

Interferência
Esta não é a primeira vez que questões religiosas interferem em decisões médicas em Israel.

A autoridade máxima da pasta da Saúde no governo, o vice-ministro da Saúde Yacov Leizman, do partido ultra-ortodoxo Yahadut Hatorah (Judaísmo da Torah), vem, desde o início de sua gestão, há dois anos, gerando duras criticas de profissionais na área da medicina, pois frequentemente tenta impor princípios da religião em decisões ligadas ao tratamento de pacientes.

Um dos casos ocorreu em 2009, quando o vice-ministro foi pessoalmente ao hospital Shneider da cidade de Petach Tikva, ao leste de Tel Aviv, e tentou interferir no tratamento de uma bebê que sofreu morte cerebral.

Leizman entrou no hospital e ameaçou os médicos de punição caso não dessem tratamento integral à criança, apesar de a lei em Israel estabelecer o tratamento parcial em casos de morte cerebral.

Segundo a crença ortodoxa de Leizman, a morte de uma pessoa só é reconhecida quando o coração para de bater. Ele chegou a ameaçar o hospital de que seria boicotado pela comunidade ultra-ortodoxa se não cumprisse suas ordens.

Na ocasião, a Federação dos Médicos de Israel publicou um manifesto protestando contra a atitude do vice-ministro.

Apesar de ser titular da pasta, Leizman se chama de "vice-ministro" por questões religiosas.

O Yahadut Hatorah não nomeia ministros mas só vice-ministros, pois tem uma visão ambivalente sobre a própria existência do Estado de Israel.

Fonte: BBC Brasil

OUÇA DIARIAMENTE A NOSSA WEB RÁDIO www.gritosdealerta.com - A PARTIR DE AMANHA COM UMA PROGRAMAÇÃO AO VIVO - ORAÇÃO DA MANHA - PALAVRA DE DEUS TODAS AS NOITES A PARTIR DAS 22 HORAS , HORÁRIO DO BRASIL

SINAIS DOS FINAIS DOS TEMPOS - Igreja Presbiteriana dos EUA permite oficialmente pastores gays


 Os presbiterianos que apoiam a agenda gay prepararam os templos neste domingo (10 de julho) para celebrar a aprovação de uma nova política eclesiástica que permite que pastores gays atuem abertamente pela primeira vez na história da denominação.
Com a nova política da Igreja Presbiteriana dos EUA se tornando oficial neste dia, várias igrejas de tendência esquerdista “marcarão o momento com orações e regozijo” em seus cultos de domingo, de acordo com um comunicado de imprensa divulgado pela organização presbiteriana Light Presbyterians, que defende a agenda gay na denominação.
“A Igreja Presbiteriana está entrando numa nova era de igualdade neste domingo”, disse Michael Adee, diretor executivo da organização. “É um momento histórico. Leva-nos de volta aos padrões de ordenação, onde o foco é a fé e o caráter, não a condição conjugal ou a orientação sexual do pastor”.
A nova política elimina toda linguagem da constituição da denominação que tinha impedido os homossexuais de trabalharem como pastores, presbíteros e diáconos, permitindo que cada presbitério — ou órgão governante regional — decida quais padrões sexuais colocar com relação à ordenação.
A resolução, que havia falhado em diferentes formas em anos recentes, precisou da aprovação da Assembleia Geral da Igreja Presbiteriana dos EUA e dos presbitérios; 97 dos 173 presbitérios da denominação votaram a favor da aprovação da nova política.
Mas apesar das celebrações deste domingo, a ordenação de pastores gays permanece uma questão controvertida dentro da denominação.
“Ao aprovar essa política, a denominação eliminou de sua constituião todos os padrões de conduta sexual”, disse o Rev. Parker T. Williamson, editor emérito da publicação conservadora The Layman (O Leigo), que ativamente se opôs à mudança. “As Escrituras deixam claro que há padrões relativos à nossa conduta sexual… mas esta denominação decidiu que não existe nenhum padrão

EU ESTOU ALERTANDO A BASTANTE TEMPO - ALERTA: A Resistência Islâmica do Brasil





Resistencia Islamica do Brasil
 
O fato de que a imagem da “Bandeira da Resistência Islâmica do Brasil existir SOMENTE no blog do Islam Maranhão (agora no Rafik), fortemente sugere que os lideres do “Islam Maranhão” foram os criadores desta bandeira. 

Explicando a SIMBOLOGIA da Bandeira

A bandeira terrorista brasileira tem uma grande semelhança com a bandeira do grupo TERRORISTA XIITA Hezbollah, o que levanta ainda mais perguntas e suspeitas sobre o envolvimento destes brasileiros com este grupo terrorista. 

A tal bandeira foi claramente inspirada nos ideais do Hezbollah, tendo a mesma cor e os mesmos desenhos e decorações. 

A bandeira traz a confissão de fé Islâmica no topo com duas mãos segurando uma arma e uma lápis. A luta armada é valorizada pelo desenho da mão segurando uma arma AK47 e a luta ideológica, pode ser vista pelo desenho da mão segurando um lápis. 

O Alcorão aberto simboliza a base das leis do mundo Islâmico representada pelo mapa Islâmico dentro do Alcorão. 

A flor sangrando poderia simbolizar a beleza do sofrimento e do martírio no Islam.

Semiótica dos SÍMBOLOS ISLÂMICOS

Semiótica não significa MEIA-VISÃO. Semiótica significa literalmente “a ótica dos sinais ou símbolos”. Esta disciplina estuda os símbolos e sinais, seus usos, representações, significados e interpretações de conceitos e ideias. 

Os símbolos geralmente comunicam algo. Um símbolo traz em si uma mensagem, um conceito ou uma idéia que combina e mistura uma serie valores e emoções. Por isso devemos estudar e interpretar os SÍMBOLOS ISLÂMICOS. Neles encontraremos uma serie de mensagens que expressam os valores e emoções Islâmicas.

Interpretação dos símbolos

Os símbolos não são auto-explicativos por natureza. A mensagem deles são assumidas e supostas. Por exemplo: O que o símbolo da CRUZ significa para um Cristão? O que o mesmo símbolo significa para um muçulmano? (Leia aqui uma FATWA sobre a CRUZ)
Os símbolos são uma forma da gente categorizar o mundo. Estes símbolos estabelecem o nosso senso de valores e aquilo que é importante para nos. Um bom exemplo de como os símbolos evocam valores e emoções se percebe quando alguém QUEIMA uma bandeira brasileira ou a Bíblia ou o Alcorão ou um SER humano.
 
Qual delas te dói mais? O que é mais importante para voce? 

Quando o Pastor Terry queimou um Alcorão na Florida, causou um reboliço no mundo Islâmico que ate hoje mais de 24 pessoas foram mortas por causa da violência dos protestos. 

No entanto, quando os muçulmanos queimam GENTE, homossexuais, isso parece que não causa nenhuma obrigação nos muçulmanos de protestarem. Ou seja, queimar Alcorão, um livro, papel e tinta, tem mais valor e mais emoção do que queimar um SER humano. 

“Os símbolos são uma forma de se categorizar o mundo e de estabelecer o que tem valor e é importante para nos"

Voce conhece o significado deste símbolo? 
 
Para que ele serve? Qual a MENSAGEM, os VALORES e EMOÇÕES ensinadas neste simbolo?



O que este símbolo tem em comum com outros símbolos Islâmicos? e POR QUE?

OUTROS Símbolos Islâmicos

Irmandade Islamica



Hezbollah


Fatah



Hamas


Al Shabab
 
Do blog Rafik Responde ao Islam

VOCÊ QUER ISSO AQUI NO BRASIL ? - ´Não teria sobrevivido sem as orações Ele foi condenado por evangelizar muçulmanos e está preso no país

´Não teria 
sobrevivido sem as orações Após quase 10 meses preso em um campo de trabalhos forçados no Turcomenistão, o pastor Ilmurad recebeu  boas notícias e se alegrou ao saber que há irmãos e irmãs orando por ele. Sua esposa, Maya, pôde visitá-lo algumas vezes. Nestas ocasiões ela leva comida e remédios. Em 21 de outubro de 2010 ele foi condenado por evangelizar muçulmanos e está preso no país.

Segundo a esposa, Ilmurad disse: “Eu posso sentir as orações e não teria sobrevivido sem elas”. Em boa saúde, o pastor contou  que é respeitado por muitas pessoas na prisão, mas que precisa muito de orações.

Pastor Ilmurad pede oração pela sua saúde e força espiritual, por Maya (sua esposa) e familiares, para que sejam confortados pelo Senhor Jesus Cristo.



Fonte: Portas Abertas

Crianças que comem grama!


Tenho viajado muito pelo Brasil e pelo exterior pregando o Evangelho da Salvação Eterna.  Pela graça de Deus tenho estado em nações de quase todos os continentes proclamando a bondade de Cristo Jesus. 

Quando estive no Haiti testemunhei crianças comendo biscoitos feitos de terra. No Peru, vi milhares de famílias vivendo em situação sub-humana, na África um número incontável de pessoas sendo vitimadas pela cólera e dengue. No entanto, hoje ao conversar com o meu amigo Mário Freitas, (coordenador da Missão M.A.I.S), que se encontra viajando pelo continente africano, fui tomado por um sentimento de absoluta inquietação e angustia, isto porque, ele me contou de que testemunhou crianças se alimentando de grama.

Caro leitor, ao tomar conhecimento disto não tive outra atitude  a não ser chorar! Sim! Chorei copiosamente! Minha alma foi invadida por um sentimento de amargura na alma!  Na mesma hora, lembrei da igreja evangélica brasileira que desnecessariamente tem gastado milhões de reais na construção de prédios suntuosos e nababescos. Pensei nos Apóstolos e Patriarcas que vivem como reis gastando dinheiro do Reino de Deus comprando para si carros blindados e Jatinhos particulares. Lembrei dos milhões de reais disperdiçados em negociatas espúrias por gente inescrupulosa que em nome de Deus fazem da fé em Cristo um balcão de negócios.

Ah! Quanta necessidade no mundo! Quanta gente sem Cristo! Quanta miséria e pobreza! E nós evangélicos brasileiros o que temos feito diante disto?

Encerro este post reproduzindo uma frase do Pr. Ephraim Manirakiza que é um lider da Igreja Metodista em Burundi:

"Não gostamos de ser o país mais pobre do mundo. Mas temos medo de nos tornarmos uma igreja rica e nos esquecermos de Deus" 

E nós, será que nos esquecemos de Deus?

Pense nisso!

Após mãe decidir “orar e jejuar”, justiça ordena que médicos amputem a mão de adolescente

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel A menina, cuja identidade não foi revelada, sofre de um tumor maligno e violento e, segundo os médicos, teria uma morte dolorosa se sua mão não fosse amputada.
No entanto, a mãe da paciente, que é religiosa, vetou a operação afirmando que “prefere rezar e jejuar” para curar a filha.
O ministério do Bem Estar Social e o hospital Ichilov, em Tel Aviv, se dirigiram a um tribunal especial que trata de assuntos familiares solicitando que a corte ordenasse a operação, para salvar a vida da criança.

Ajuda de Deus

Segundo o juiz Yehoram Shaked, “está claro que não há e não pode haver outra solução exceto aceitar o pedido e que a Corte deve dar prioridade à vida, mesmo se para isso a menina tenha que sacrificar a mão”.
De acordo com o hospital, o tumor, nos ossos da mão, pode provocar o surgimento de metástases no pulmão e as chances de a paciente morrer “são de 100%”.
Os médicos explicaram o prognóstico tanto para a mãe como para a paciente e, segundo o relatório apresentado à Corte, a mãe afirmou que “é melhor que ela morra” porém a menina disse que entende “que não há alternativa” exceto a amputação.
Em sua decisão o juiz afirmou que a mãe continua rejeitando a operação e “acreditando na ajuda de Deus”. Ele disse que a menina, apesar de jovem, entende que “é preciso preferir a vida à morte”.
Fonte: BBC

Aline Barros Fala Sobre Casamento 'Nós Construímos a Nossa Casa na Rocha'


A cantora evangélica Aline Barros, uma das pioneiras da música gospel a conquistar espaço na mídia secular, em entrevista com a Contigo, falou sobre o que realmente fortifica um casamento, milagres de Deus, a Igreja moderna e os tabus quebrados na música gospel.

Participando de canais abertos no Brasil, ela já esteve no Faustão, Eliana, Gilberto Barros, Programa do Jô, Criança Esperança e até na Xuxa.
Mesmo requisitada, a cantora de música gospel valoriza sua família e não deixa de cuidar por exemplo, de seu filho Nicholas de 8 anos de idade, do marido e da gestação. Aline está grávida do segundo filho, desta vez uma menina, se chamará Maria Catherine.
Quando questionada sobre casamento, uma vez que no meio artístico o mesmo não é duradouro, Aline Barros foi firme em dizer que o casamento se constrói sobre uma rocha que é "Jesus Cristo". "Isso é o que a Bíblia tem me ensinado, o meu relacionamento é fortalecido porque foi construído e tem sido solidificado sobre essa rocha que é Jesus Cristo.
“Eu não entendo nada de engenharia, mas tem uma coisa eu tenho certeza, quando nós construímos a nossa casa na rocha, e não sobre a areia, poderão vir os ventos, as tempestades e ela certamente continuará de pé porque seus fundamentos, suas estruturas estão sobre a rocha”.
Aline Barros, ainda dá conselhos a casais que têm sofrido crises no relacionamento, a cantora aconselha que não desista de lutar pelo casamento. Segundo ela, o primeiro milagre de Jesus foi realizado no cenário de um casamento, e assim, o casal deve perceber o quanto Deus valoriza a família. "Os momentos difíceis podem chegar em qualquer casamento, em qualquer família, mas se a sua base for forte, tudo passará", insistiu ela na construção do relacionamento sobre a rocha de Jesus Cristo.
Falando sobre o problema que passou a mais de 8 anos atrás quando sua voz, praticamente desapareceu, chegou a ficar com apenas 5% dela, a cantora evangélica disse que foi um milagre de Deus. Aline Barros disse que chegou a ser comunicada pelo o médico de que não poderia mais cantar, mas depois de um mês sua voz estava restaurada 100%.
Na entrevista uma pergunta de forma direta sobre os tempos modernos na Igreja não a deixou encurralada. Perguntada se ela concorda com Igrejas evangélicas que se adaptaram aos tempos modernos e algumas já até aceitam o casamento de gay, ela disse que os tempos mudaram mas que a palavra de Deus permanece a mesma, e é nisso que ela acredita, vive e anuncia.
“Pode ser uma Igreja atual, ser moderna, mas os fundamentos da palavra de Deus, nos quais nos baseamos e firmamos a nossa vida e caminhamos, não mudam, não se atualizam e nem se tornam modernos, eles são sempre os mesmos porque a palavra de Deus não muda. O que eu concordo é com os princípios da palavra de Deus, esses sim são valorosos pra mim, esses sim eu não abro mão.”
Aline barros conclui a entrevista falando sobre a música gospel no cenário do Brasil, a qual segundo ela mesmo é prova, conquistou um espaço muito grande, e que boa parte desse sucesso é que o brasileiro tem um perfil muito aberto é um povo eclético, que busca sempre ouvir algo diferente.
“é tão bom cantar para pessoas algo que vai mover o coração delas, a impulsionar o coração delas a sonhar novamente, a trazer de volta essa alegria que não existia mais, não falar de problemas, mas falar de solução, eu acho que é isso que o povo precisa e é isso que o povo espera. Sou uma pessoa que ama os desafios".
Aline concorda que foi uma das pioneiras a quebrar as barreiras que separam a música gospel em rádios e mídias que só se tocavam músicas seculares. Para Aline, muitos tabus têm sido quebrados, desde então, e a música gospel que leva vida e esperança tem conquistado um espaço considerável e feito a diferença.

Pastor da Assembléia de Deus em Portugal foge para o Brasil após supostamente abusar de adolescente de 13 anos

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel O pastor teria violentado o rapaz durante aulas de músicas na igreja de Odivelas, uma cidade de 154 mil habitantes da Grande Lisboa.
A imprensa portuguesa noticiou que o padrasto do rapaz, quando soube do abuso ao final de junho, procurou o pastor na igreja para “fazer justiça com as próprias mãos ”, mas não o encontrou porque ele já teria fugido.
De acordo com a PJ (Polícia Judiciária), Miranda saiu de Portugal rumo a Espanha e de lá foi para o Brasil.
As autoridades portuguesas pediram a ajuda da Polinter (Polícia Internacional) e do Brasil para a captura do evangélico pedófilo.

Assine a Carta de Protesto ao Senado Federal contra a “Lei da Homofobia”



O PLC 122/2006, conhecido com “Lei da Homofobia”, foi desarquivado no início de fevereiro de 2011 pela senadora Marta Suplicy, com a ajuda anônima de 26 senadores.
Os senadores não quiseram se identificar porque estão cientes da impopularidade de tal Projeto de Lei, que instala uma verdadeira perseguição religiosa, e coloca num mesmo patamar os direitos dos idosos, crianças e deficientes, e a prática homossexual, que é um vício contrário à Lei de Deus.
Não podemos aceitar que imputem a nós, cristãos, a categoria de discriminatórios, apenas porque obedecemos os Mandamentos. Não podem nos colocar na cadeia por seguirmos nossa consciência.
Precisamos reagir o quanto antes contra este Projeto de lei.
O Brasil cristão é contra o PLC 122/2006.
Envie agora a carta abaixo para os senadores e demais secretarias responsáveis, pedindo medidas para que o PLC 122/2006 não seja aprovado.

SEGUE MEDELO DA CARTA.










Exmo. Sr. Senador,

Venho manifestar a Vossa Excelência meu desejo de que o PLC 122/2006, mais conhecido como “Lei da Homofobia”, seja rejeitado pelo Congresso Nacional.

O PLC 122/2006 havia sido arquivado, no fim de 2010, em obediência ao regimento interno do Congresso. Em fevereiro deste ano, porém, a senadora Marta Suplicy conseguiu as assinaturas de 26 senadores para que o projeto voltasse à pauta.

Entretanto, os nomes desses senadores foram cuidadosamente omitidos, e até o momento não foram revelados. Esse fato de per si demonstra como o projeto é contrário ao sentimento da população brasileira, majoritariamente cristã.

Com efeito, a “Lei da Homofobia”, se aprovada, instalará uma verdadeira perseguição religiosa em nosso País, pois tornará crime a livre manifestação dos que rejeitam a homossexualidade e não concordam com o exibicionismo homossexual. Tenderá ainda a criar uma classe de indivíduos privilegiados por sua “opção sexual”, com benesses próprias, defendidas pelo Estado, pelo simples fato de se entregarem à prática homossexual.

O Código Penal já prevê punições para eventuais agressões ou ofensas, sem necessidade de constituir uma classe privilegiada.
A maioria dos brasileiros rejeita o PLC 122/2006, e não quer instalada no Brasil o que tem sido chamado de “ditadura homossexual”.

Vimos assim pedir a Vossa Excelência que faça sua parte para que o Brasil, ordeiro e pacífico, não seja lançado nessa mal disfarçada reedição da “luta de classes”, de conseqüências drásticas para o bem comum de nosso País. Vote contra, Sr. Senador.

Atenciosamente


COPIE E ENVIE VIA EMAIL PARA O SENADO. sarney@senador.gov.br;
senado@lheira.gov.br;
adelmir.santana@senador.gov.br;
almeida.lima@senador.gov.br;
mercadante@senador.gov.br;
alvarodias@senador.gov.br;
acmjr@senador.gov.br;
antval@senador.gov.br;
arthur.virgilio@senador.gov.br;
augusto.botelho@senador.gov.br;
cesarborges@senador.gov.br;
cicero.lucena@senador.gov.br;
cristovam@senador.gov.br;
delcidio.amaral@senador.gov.br;
demostenes.torres@senador.gov.br;
eduardo.azeredo@senador.gov.br;
efraim.morais@senador.gov.br;
eliseuresende@senador.gov.br;
ecafeteira@senador.gov.br;
expedito.junior@senador.gov.br;
fatima.cleide@senadora.gov.br;
fernando.collor@senador.gov.br;
flavioarns@senador.gov.br;
flexaribeiro@senador.gov.br;
francisco.dornelles@senador.gov.br;
garibaldi.alves@senador.gov.br;
geraldo.mesquita@senador.gov.br;
gecamata@senador.gov.br;
gilberto.goellner@senador.gov.br;
gilvamborges@senador.gov.br;
gim.argello@senador.gov.br;
heraclito.fortes@senador.gov.br;
ideli.salvatti@senadora.gov.br;
inacioarruda@senador.gov.br;
jarbas.vasconcelos@senador.gov.br;
jefferson.praia@senador.gov.br;
joaodurval@senador.gov.br;
joaopedro@senador.gov.br;
joaoribeiro@senador.gov.br;
jtenorio@senador.gov.br;
j.v.claudino@senador.gov.br;
jose.agripino@senador.gov.br;
josenery@senador.gov.br;
sarney@senador.gov.br;
katia.abreu@senadora.gov.br;
leomar@senador.gov.br;
lobaofilho@senador.gov.br;
lucia.vania@senadora.gov.br;
magnomalta@senador.gov.br;
maosanta@senador.gov.br;
crivella@senador.gov.br;
marco.maciel@senador.gov.br;
marconi.perillo@senador.gov.br;
maria.carmo@senadora.gov.br;
marinasi@senado.gov.br;
mario.couto@senador.gov.br;
marisa.serrano@senadora.gov.br;
webmaster.secs@senado.gov.br;
mozarildo@senador.gov.br;
neutodeconto@senador.gov.br;
osmardias@senador.gov.br;
papaleo@senador.gov.br;
patricia@senadora.gov.br;
paulo.duque@senador.gov.br;
paulopaim@senador.gov.br;
simon@senador.gov.br;
raimundocolombo@senador.gov.br;
renan.calheiros@senador.gov.br;
renatoc@senador.gov.br;
robertocavalcanti@senador.gov.br;
romero.juca@senador.gov.br;
romeu.tuma@senador.gov.br;
rosalba.ciarlini@senadora.gov.br;
sergio.guerra@senador.gov.br;
zambiasi@senador.gov.br;
serys@senadora.gov.br;
tasso.jereissati@senador.gov.br;
tiao.viana@senador.gov.br;
 

Marta Suplicy altera PLC 122 para reduzir liberdade de expressão


Julio Severo
A Senadora Marta Suplicy anunciou que fez uma mudança fundamental no texto do PLC 122. A divulgação foi feita durante o programa Cidadania da TV Senado no dia 28 de Março, onde ela discursou a favor da agenda homossexual.
A alteração foi a introdução de um parágrafo que protege templos religiosos de sofrer ações criminais por opiniões classificadas como “homofóbicas”. O novo texto deixa claro que o PLC 122 não se aplicará a templos religiosos, pregações ou quaisquer outros itens ligados à fé, desde que não incitem a violência: “Eu tenho também que proteger essa liberdade deles de poderem falar dentro de um templo”, afirma a senadora.
Muitíssimo obrigado, dona Marta, por nos dar o direito de falar pelo menos dentro de nossos templos o que Deus fala na Bíblia sobre a homossexualidade! Estamos emocionados com sua bondade! Obrigado por não nos proibir de falar dentro de nossos templos.
De acordo com as novas imposições do PLC 122, os ativistas gays terão plena liberdade de pregar a favor da homossexualidade dentro e fora de seus grupos militantes, inclusive em escolas, TVs, rádios e outros lugares públicos. Ah, e os cristãos terão essa mesma liberdade nos lugares públicos? Claro que sim, desde que seja para elogiar o homossexualismo. Se não quiserem elogiar, dona Suplicy lhes garante caridosamente liberdade de expressão apenas no interior dos templos religiosos.
O novo texto do PLC 122 agora inclui o parágrafo: “O disposto no caput deste artigo não se aplica à manifestação pacífica de pensamento fundada na liberdade de consciência e de crença de que trata o inciso 6° do artigo 5° (da Constituição)”. Isto é, na prática, conforme reconheceu a própria senadora, o novo texto exclui a mídia eletrônica dessa “liberdade de consciência”. Ela diz: “tomei o cuidado de que em mídia eletrônica não pode fazer isso. Mas, dentro de um templo, se não incitar a violência, for alguma pregação religiosa, de culto, de dogma, de fé…”
Nesses termos, se o PLC 122 for aprovado, portais católicos e evangélicos, sites de igrejas, pregações de pastores e padres postadas em blogs ou páginas na internet que discordarem da prática homossexual poderão sofrer ações criminais, sendo julgados como homofóbicos seus respectivos autores e presos por até 3 anos, além de obrigados a pagar multa. (Veja aqui os perigos do PLC 122: http://www.youtube.com/watch?v=7vvdpiQDQLI)



Enquanto o PLC 122 não sai, salve tudo o que você puder do Blog Julio Severo , do blog Gritos de Alerta e de outros , pois a senhora Marta Suplicy está determinada a censurar toda opinião cristã que não esteja confinada às quatro paredes de um templo religioso.
Com informações do Gospel Mais.

DE VOLTA A NOVELA DAS NOVE , A ENGANADORA - Marta Suplicy: “Eu tenho que proteger essa liberdade de eles falarem dentro de um templo.”

“Na primeira noite eles se aproximam
e roubam uma flor
do nosso jardim.
E não dizemos nada.
Na segunda noite, já não se escondem;
pisam as flores,
matam nosso cão,
e não dizemos nada.
Até que um dia,
o mais frágil deles
entra sozinho em nossa casa,
rouba-nos a luz, e,
conhecendo nosso medo,
arranca-nos a voz da garganta.
E já não podemos dizer nada.”
- Eduardo Alves da Costa
No caminho com Maiakóvski
Em tom de “infelizmente eu não posso fazer com que católicos e evangélicos calem a boca ou mudem de opinião”, a senadora Marta Suplicy – aquela mesma que recebeu, nas últimas eleições, o apoio do político católico Gabriel Chalita – concedeu uma entrevista à TV Senado, discorrendo sobre o projeto de lei 122/06, aquele que deseja impor uma mordaça a cristãos que discordem da legitimidade moral da sodomia. Não precisa nem ser muito perspicaz para notar o desejo da petista de restringir a liberdade dos religiosos – ela chega a insinuar uma censura até mesmo dentro dos templos, coisa que passa a rejeitar, depois de refletir um pouco (!).
Uma coisa Marta trata de esclarecer: Em mídia eletrônica não pode fazer isso. Ou seja, está proibido falar mal da prática homossexual em blogs, redes sociais, listas de discussão, programas de televisão etc. Os gayzistas estão prontos para “arrancar-nos a voz da garganta”. Abaixo, a transcrição do som do vídeo acima.
http://www.senado.gov.br/noticias/Especiais/eleicoes2010/upload/CANDIDATOS_SENADO/S%C3%A3o%20Paulo_OK/Marta%20Suplicy/OK_Marta_Suplicy_01.JPGMarta Suplicy: Eu fiz um adendo no projeto da senadora Fat… Tá aí? No projeto da senadora Fátima Cleide, que ele, eu espero que responda a essas…
Apresentador: Que restrinja a liberdade religiosa, digamos. Seria isso?
Marta: É, é. Não, é que ponha em risco a liberdade de expressão nos templos e igrejas. E eu fiquei pensando e achei, bom, talvez se eu tivesse do lado deles, pensando com a cabeça deles, talvez eu pudesse… é uma coisa de até, entre aspas, é de boa-fé achar que possa ocorrer isso. Eu tenho que também proteger essa liberdade d’eles falarem dentro de um templo. Então eu tomei o cuidado que… Em mídia eletrônica não pode fazer isso, né? Mas, dentro de um templo, se não incitar à violência, for alguma pregação religiosa, de culto, de dogma e de fé…
Apresentador: Não constitui crime, não é penalizado.
Marta: Não, não é.