Postagens

Mostrando postagens de Julho 28, 2017

Aiatolá que prega a destruição de Israel já está no Brasil

Imagem
O aiatolá iraquiano Mohsen Araki já está em São Paulo. Uma das estrelas maiores da corrente xiita do Islã, o religioso veio ao Brasil para proferir uma palestra em um evento que pretende tratar do tema do terrorismo islâmico.Araki é um notório defensor da aniquilação do Estado de Israel que, segundo ele “é um tumor que precisar ser extirpado do Oriente Médio”.

Desde que o site da revista VEJA revelou a visita de Araki ao Brasil, uma série de autoridades e organizações manifestaram-se contrárias à visita do líder extremista. Os anfitriões de Araki, do Centro Islâmico Arresala passaram a difundir a mentira de que Araki não viria mais ao Brasil, como forma de afastar a imprensa e protestos contra a sua visita. As fotografias ao lado e abaixo desmentem a organização patrocinada pelo Irã no Brasil. As imagens mostram mostram Araki desembarcando no Aeroporto Internacional de Guarulhos. Uma das pessoas que acompanham Araki é chefe da Arresala, o sheik Taleb Khazraji (de camisa bege e gorro).

O…

China fecha cerco contra igreja que acredita que Jesus reencarnou em uma mulher

Imagem
A polícia chinesa prendeu na quarta-feira 18 pessoas que supostamente fazem parte de um culto religioso proibido no gigante asiático e que é perseguido pelas autoridades. É a Igreja do Deus Todo-Poderoso, uma religião que nasceu no início dos anos noventa na China e que acredita que Jesus reencarnou em uma mulher chinesa “para salvar o mundo do apocalipse”. As prisões ocorreram no condado de Changxing, na província oriental de Zhejiang, depois de uma investigação conduzida pelas forças de segurança, segundo a agência oficial de notícias Xinhua. A polícia apreendeu vários laptops e livros “usados pelo culto para disseminar informações”.

Conhecido em mandarim como Quannengshen, as atividades do grupo provocaram uma rejeição em massa entre a opinião pública quando, em 2014, um vídeo nas redes sociais mostrou cinco membros da igreja espancando uma mulher de 35 anos até a morte em um restaurante de fast-food, depois que ela se recusou a dar-lhes seu número de telefone. Após o incidente, vár…