quarta-feira, 19 de junho de 2013

DEMORO- Metodista vai punir pastor que celebrou o casamento de filho gay



Metodista vai punir pastor que celebrou o casamento de filho gayEm outubro do ano passado o reverendo Thomas W. Ogletree, da Igreja Metodista Unida (IMU) de Connecticut, nos Estados Unidos, realizou a cerimônia religiosa do casamento de seu filho, Thomas com Nicholas W. Haddad, descumprindo as regras da igreja que não aceita a união homossexual.
Por conta disto, o reverendo pode enfrentar um processo eclesiástico, pois outros pastores da IMU consideram a cerimônia de casamento gay como uma ofensa não só às leis da igreja, como também às leis de Deus.
Ogletree é professor na Universidade de Yale e diz que a lei da igreja está errada. “Às vezes, quando a lei oficial está errada você tenta mudá-la. Mas se você não consegue mudá-la, você a infringe”, disse ele se defendendo.
Quem abriu o processo contra ele foi o reverendo Randall C. Paige que não concorda com o casamento gay. A IMU tem mais de 45 mil pastores e apenas 1,1 mil deles são a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Os favoráveis se reúnem do grupo “New Directions”, mas enfrentam a grande maioria que é contra.
Em entrevista ao New York Times o reverendo Ogletree diz que na hora pensou em seu filho e não se estava ou não desobedecendo à igreja. “Então você quer dizer que nunca se deve infringir nenhuma lei, não importa o quanto seja injusta?”, indagou ele se comparando com Jesus, que infringiu uma lei quando expulsou os vendilhões do templo.


GP

CURRUPÇÃO GERAL - Visita do papa custará R$ 118 milhões aos cofres públicos , e esses politicos acgam que é por causa de 0,20 centavos ?


Imagem: Reprodução O papa Francisco virá ao Rio de Janeiro e Aparecida (SP) no próximo mês de junho, e isso custará R$ 118 milhões em gastos públicos, incluindo verba federal, estadual e municipal. A contabilidade foi feita pelo jornal O Globo e publicada em sua edição do último sábado (11).
O governo federal gastará R$ 62 milhões, sendo que R$ 30 milhões serão só para as ações de segurança ao redor do papa. O efetivo será de 10.700 homens, sendo a maioria das Forças Armadas. A Igreja vai colaborar com a contratação de dois mil seguranças particulares.
A Prefeitura do Rio e o governo estadual gastarão R$ 28 milhões cada um de seus orçamentos para a vinda papal.
As autoridades justificam o gasto por conta da mobilização popular para o evento – a visita do papa faz parte da 26ª Jornada Mundial da Juventude, que acontece de 23 a 28 de julho no Rio. A expectativa é que dois milhões de peregrinos se desloquem para a cidade.
Entre os gastos estão também as 4 milhões de hóstias que serão distribuídas durante os seis dias da Jornada. Elas serão fabricadas por seis fornecedores em todo o país.

Fonte: Terra

EU ESTOU NESSA ESTRADA A TEMPOS .

É comum nos dias de manifestações olharmos no meio do povo umas figuras jamais vistas antes.
Muitos que sequer sabem o significado e o porque do que esta acontecendo , mas como precisam se mostrar entram em todas manifestações, até nas dos gays .
Eu , a anos caminho denunciando essas mazelas, politicos ladrões , pastores corruptos , ptralhas etc.
No meu site , o gritos de alerta , tenho milhares de postagens de denuncias .
A mais de 20  anos , ja denunciava esses  safados que sujam os pulpitos e emporcalham a politica brasileira .
Em meados dos anos 90 eu era pastor do Julio Severo e nessa época  ele também já botava a boca no trombone contra todas essas podridões.
Hoje em dia , muitos ainda continuam covardes , são profetas do engano , da mentira , de um evangelho ligth , mas eu não vou mudar , pois vou continuar denunciando os podres em cima dos pulpitos bem como na politica brasileira.

VAMOS AVANTE .


BISPO ROBERTO TORRECILHAS

Pastora americana profetizou o fim da corrupção no Brasil

Pastora americana profetizou o fim da corrupção no Brasil

Na manhã desta terça-feira (18) centenas de cristãos começaram o dia compartilhando nas redes sociais o vídeo de uma profecia feita durante o 14º Congresso de Louvor Diante do Trono que aconteceu em março deste ano em Belo Horizonte.
A conferencista americana Cindy Jacobs lançou uma palavra profética dizendo que o Senhor estava levantando uma geração que clamaria a Deus em favor do Brasil e que ele iria abalar o principado da corrupção e da miséria.
“Assim diz o Senhor: estou dando ao Brasil uma segunda chance. Estou abrindo uma nova janela, diz o Senhor. E vocês começarão a orar, e se vocês não entrarem nessa janela eu vou abalar a economia”.
A profecia pedia para que a partir daquele momento os cristãos passassem a orar pelo país de dia e de noite, pois Ele iria começar a agir a partir dos campos das universidades, das escolas e dos prédios do governo.
“Assim diz o Senhor: É o meu desejo abater o principado da corrupção”.
Momento de profecia para a Igreja Brasileira.
Momento de profecia para a Igreja Brasileira.
Na noite desta segunda-feira (17) pelo menos seis capitais brasileiras e diversas cidades presenciaram manifestações contra a corrupção do governo. Entre os temas reivindicados por milhares de manifestantes estava o preço da passagem do transporte público, o valor gasto com os estádios que sediarão a Copa em 2014, os problemas da saúde pública e da educação.


http://www.youtube.com/watch?v=GgnRFX70Ubg&feature=player_embedded

118 MILHÕES PARA VISITAR O BRASIL ? Papa confirma 'lobby gay' e corrupção dentro do Vaticano

O papa Francisco confirmou a existência de um “lobby gay" e de um “esquema de corrupção” dentro do Vaticano em uma reunião privada com padres latino-americanos, informou nesta quarta-feira a rede BBC. Os religiosos divulgaram um comunicado sobre a conversa no site chileno Reflexión y Liberación, que está fora do ar. Segundo o comunicado, o papa teria falado abertamente sobre os problemas enfrentados pelo Vaticano. O pontífice teria dito aos religiosos latino-americanos que “há homens bons e sagrados na administração, mas também há corrupção”.

“É verdade, existe”, teria dito o papa Francisco à delegação em relação ao chamado “lobby gay”. Antes da renúncia do papa emérito Bento XVI, em fevereiro, a imprensa italiana afirmou que havia um grupo de religiosos homossexuais dentro do Vaticano que atuavam em prol de seus interesses pessoais através de chantagens. Alguns jornais sugeriram que o lobby influenciou a renúncia de Bento XVI. O Vaticano negou todos os rumores na época.
Nesta quarta, o Vaticano também se negou a comentar o comunicado da organização, conhecida pela sigla CLAR (Confederación Latinoamericana y Caribeña de Religiosos y Religiosas). Em seguida, o grupo pediu desculpas pela divulgação da conversa com o papa.

VIA GRITOS DE ALERTA

NÃO É SÓ MANIFESTAÇÃO CONTRA A CORRUPÇÃO - ACORDA POVO DE DEUS - Visita do papa ao Brasil custará R$ 118 milhões aos cofres públicos

papa francisco brasilVisita do papa Francisco ao Brasil deverá custar quase R$ 120 milhões aos cofres dos governos federal, estadual e municipal. Por outro lado, igreja pretende arrecadar cerca de R$ 300 milhões

Papa Francisco virá ao Brasil no final de julho (Foto: Reprodução)
A visita do papa Francisco ao Brasil de 23 a 28 de julho, durante a 26ª Jornada Mundial da Juventude, custará aos cofres dos governos federal, estadual e municipal do Rio pelo menos R$ 118 milhões.
O governo federal terá o gasto de R$ 62 milhões — desse total, R$ 30 milhões serão com a segurança do papa. Só com o transporte por um avião Hércules da Força Aérea de dois papamóveis do Rio para o Santuário de Aparecida (SP) custará cerca de R$ 1 milhão.
Dos cofres do Estado e da prefeitura do Rio sairá aproximadamente o total de R$ 56 milhões.
Não há informação sobre quanto a Igreja Católica vai gastar com a visita do papa e a realização da Jornada.
Com a inscrição dos participantes nesse evento, de acordo com estimativa do governo, a Igreja arrecadará R$ 140 milhões, se obtiver 450 mil adesões.

Pelas projeções da própria Igreja, contudo, o número de participantes será no mínimo de 800 mil, o que dará uma arrecadação de cerca de R$ 300 milhões. Entre outros gastos, a Igreja arcará com a hospedagem dos peregrinos.
Além de milhares de PMs, a visita do papa mobilizará 9 mil homens das Forças Armadas e 1.700 da Força Nacional. Em Guaratiba (Rio), onde haverá a vigília missa campal, a Força Nacional empregará 1.500 homens, que se somarão aos 2 mil seguranças privados contratos pela Igreja.
Os R$ 118 milhões dariam para construir 2.360 casas populares, ao custo de R$ 50.000 por unidade.

VIA GRITOS DE ALERTA

Líderes evangélicos se posicionam a favor das manifestações pacíficas e convocam à oração


Open in new windowO pastor Silas Malafaia (foto) disse que os evangélicos fizeram a manifestação primeiro e declarou ser contra a barderna que alguns estão fazendo.

Diversos pastores e líderes de denominações e movimentos cristãos de todo país estão apoiando os protestos pacíficos que acontecem desde a última semana, motivados inicialmente pelo aumento da passagem do transporte coletivo. Além de mensagens de apoio, muitos convocaram os brasileiros a orar pelo atual momento que o país vive com protestos nas capitais em combate à corrupção e os gastos com os estádio para a Copa.

Entre as poucas personalidades da música gospel a opinarem sobre a situação, estão Ana Paula Valadão e Rodolfo Abrantes. “Nota 10 para os manifestantes pacíficos. Nota 0 para os criminosos infiltrados. Bandido não pode reclamar de bandido. #chegadeabuso”, postou Rodolfo em seu Twitter.

Ana Paula Valadão postou diversas letras de clamor pela nação brasileira, principalmente do álbum ‘Por Amor de Ti Ó Brasil’. “Por amor de ti, ó Brasil, Não me calarei nem me aquietarei (Isaías62) #VerásQueUmFilhoTeuNãoFogeÀLuta #OGiganteAcordou”, disse ela.

Lideranças do meio evangélico se pronunciaram através de seus perfis nas redes sociais. O apóstolo Rina, escreveu um texto sobre sua posição, que também foi incluído na página oficial da igreja Bola de Neve.

“Hoje todo brasileiro teve orgulho de ser brasileiro, comigo não foi diferente. (...) Um povo maravilhoso, cheio de fé, um povo trabalhador, que carrega o país nas costas, que lugar abençoado por Deus. (...) Sou brasileiro, com muito orgulho e muito amor, como a maioria, me emocionei com esse poder de reação do meu povo”, estava em um trecho do comunicado.

As declarações do deputado Marco Feliciano repercutiram na imprensa. “Como não há mais ‘Felicianos’ para ser cortina de fumaça ou boi de piranha, a mídia é obrigada a mostrar a real situação do Brasil”, postou em seu Twitter.

“Nós evangélicos fizemos primeiro, só que de maneira pacífica. Ninguém está falando mal da manifestação, mas da baderna. manifestação pacifica sim, baderna não”, disse Silas Malafaia.

“Mudar os votos, sair às ruas, tudo tem sua importância. Mas nós, cristãos, devemos (acima de tudo) nos lançar em oração pela nossa nação!”, disse o pastor Luciano Subirá.

“O gigante adormecido acordou, a última vez que ele acordou destituiu um Presidente. Mantenham o foco que estamos juntos”, escreveu no Facebook o pastor João Chinelato Filho.

O pastor Ariovaldo Carlos Jr defendeu que os cristãos participem dos protestos. “Vai na Marcha pra Jesus mas não participa dos Protestos junto com o povo clamando por justiça, segurança e saúde? Cristão Poser!”, disse ele.

Lucinho Barreto, pastor de jovens da Lagoinha, colocou o Brasil como motivo de oração desta terça-feira. “Motivo de oração dessa Terça: ore para que Deus desperte nosso país de vez e as manifestações sejam pacificas! #24hCantandoPraJesus”, convocando os jovens para a intercessão.

“As manifestações marcam o fim do Brasil como o País do Futebol e o início do País do Social! Até que em fim! Menos pra FiFa, mais pro Povo!”, complementou Barreto. “Líder de jovens do Brasil, nesse sábado convoque seus jovens para irem de branco e exatamente às 21h pare tudo e ore pelo Brasil #loucospeloBrasil”, também convocando as lideranças.

Nomes ligados a movimentos jovens como Teófilo Hayashi, líder do Dunamis, e Gustavo Paiva, líder do ministério Nova Geração, também se manifestaram. “É um novo tempo e quem tem olhos para ver está vendo! Talvez a coisa mais espiritual que você possa fazer é sair na rua e protestar pacificamente!”, escreveu Teófilo que ainda gravou um vídeo sobre os protestos.

“Sim sou a favor do povo sair à rua, de sua voz ser conhecida, afinal somos uma democracia, e se enganou quem pensava que o grito virtual das redes sociais não se materializaria. Agora eu como um cristão falo que nosso grito não seja só nas praças, mas com o silêncio dos nossos joelhos dobrados”, postou Paiva.

Samuel Mizrahy postou diversas fotos alusivas à bandeira do Brasil com versículos bíblicos e mensagens de clamor pela nação. “Definitivamente não é por 20 centavos! #oGiganteAcordou #mudaBrasil #vemprarua #naoépor20centavos".

“Vandalismo tira o foco e a força da luta! Sem violência moçada. Sem perder a razão, Que Deus esteja na direção do povo”, também comentou Marisa Lobo.

Fonte: The Christian Post

Marcos Pereira aparece mais magro e abatido na primeira audiência




Marcos Pereira aparece mais magro e abatido na primeira audiênciaO pastor Marcos Pereira esteve nesta segunda-feira (17) no Fórum de São João do Meriti para participar da primeira audiência do processo onde ele é acusado de estuprar fiéis da igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias.
Esta foi a primeira vez que o religioso apareceu em público desde sua prisão em 8 de maio, nas fotos ele aparece mais magro e bastante abatido.
A audiência começou por volta das 16h, o Tribunal de Justiça anunciou que as testemunhas de acusação pediram para que Marcos Pereira não assistisse aos depoimentos e ele precisou ser retirado.
Foram seis testemunhas de acusação e oito de defesa. Na sala de audiência cerca de 20 fiéis da ADUD estiveram presentes prestando apoio ao religioso que sempre alegou sua inocência dizendo que está sendo vítima de um plano orquestrado para acabar com a sua reputação.
Na 1ª Vara Criminal de São João de Meriti há três ações contra o pastor, duas delas por estupro e outra por coação. As denúncias de abuso sexual surgiram durante as investigações de que o pastor teria ligações com o crime organizado do Rio de Janeiro.
As primeiras testemunhas que aceitaram depor contra Pereira afirmam que foram ameaçadas por pessoas da ADUD e a justiça entendeu que o pastor estaria por trás da coação ou que, pelo menos, teria conhecimento da atitude de seus liderados. Dois membros da igreja também foram presos por este processo. Com informações Extra.

Com ataque à Globo, Domingo Espetacular debate a arte com apologia à pedofilia

Programa Domingo Espetacular, na Record TV O debate sobre as exposições de arte com apologia à pedofilia e outros temas no Brasil marc...