quinta-feira, 7 de abril de 2016

Templo de Baal será reproduzido no ocidente e autor cristão alerta para sinais do anticristo


Templo de Baal será reproduzido no ocidente e autor cristão alerta para sinais do anticristo
Os cristãos devem estar atentos a dois eventos que estão programados para acontecer simultaneamente no dia 19 de abril, em Nova York e Londres, conforme alertou o autor cristão Michael Snyder.
Segundo informações do jornal New York Times, reproduções do arco que ficava à entrada do templo de Baal, em Palmyra (Síria) serão erguidas na 'Times Square'(Nova York) e na 'Trafalgar Square'(Londres). Isso coincide com um festival oculto relacionado com a adoração da entidade espiritual em questão.
Colunista do site internacional 'Charisma News' e pesquisador / escritor cristão especializado em assuntos escatológicos, Snyder questionou se a instalação dos arcos não seriam significativos "sinais das boas-vindas para o anticristo".
O autor diz que seus temores são baseados nos seguintes fatos:
"19 de abril é o primeiro dia de um período de 13 dias de tempo conhecido como 'o Sacrifício de Sangue à Besta', que culmina no dia sagrado oculto de Beltain em 1º de Maio", diz ele.
A data também é marcada pela Festa de Moloque - um deus cananeu antigo que é repetidamente repudiado no Antigo Testamento.
Synder também observa uma série de acontecimentos marcantes e trágicos que ocorreram em 19 de abril e outras datas próximas:
19 de abril de 1993 - Massacre em Waco: Uma ação do FBI levou ao incêndio do local de reuniões de uma seita chamada 'Davidianos', matando 76 homens, mulheres e crianças.
19 de abril de 1995 - Atentado de Oklahoma City - 168 pessoas mortas.
20 de abril de 1999 - Massacre na escola de ensino médio de Columbine - 13 pessoas assassinadas, 21 feridos.
16 de abril de 2007 - Massacre em Virginia Tech - 32 mortos; 17 feridos.
16 de abril de 2013 - Atentado / explossões na Maratona de Boston - 3 mortos; 107 feridos.
19 de abril de 2013 - Terrorista responsável pelos ataques em Boston, Tamerlan Tsarnaev é morto a tiros.
Snyder também observa que 2016 é um ano bissexto, então 20 de abril será o dia 111º dia do ano, e os números triplos são considerados "datas de poder" para o ocultismo.
O pesquisador cristão diz que o culto a Baal pode ser pesquisado na história de um antigo rei da Babilônia, conhecido em fontes sumérias como Enmerkar, mas é citado na Bíblia como Nimrod.
Nimrod estabeleceu a primeira "Nova Ordem Mundial" no mundo antigo e ele fundamentalmente mudou o curso da história humana.
Depois que ele morreu, este antigo rei de Babilônia, finalmente chegou a ser adorado como um 'deus do sol', ganhando referências em diferentes nomes, como Marduk, Osiris, Apollo, entre outros.
Muitas sociedades secretas e grupos ocultistas acreditam que um dia esta antiga divindade será "ressuscitada" e irá retomar o seu lugar como 'governante do mundo'.
Além disso, muitos estudiosos cristãos acreditam que há uma conexão entre o culto a Nimrod e a vinda do Anticristo.
Snyder se pergunta: "Será que é apenas uma coincidência que acompanharmos a construção de arcos que homenageiam esta divindade antiga em Nova York e Londres, em uma data que é extremamente significativa para os que adoram este deus. Poderiam estes monumentos terem um significado maior do que está sendo dito, como se fossem 'portais'?".
O autor observa que a humanidade entrou em um período de tempo conhecido na Bíblia como "os últimos dias".
"Deste ponto em diante, as coisas vão ficar muito, muito estranhas. Em última análise, o mundo em que vivemos está se assemelhando a algo, como que vindo de um romance de ficção científica pós-apocalíptico", advertiu Snyder.

Porque as Assembleias de Deus estão caladinhas?

Porque as Assembleias de Deus estão caladinhas? Na foto, Dilma discursa na sede do Belénzinho com o apoio do Clã de José Wellingtom, cujo filho Paulo Freire, é aliado de Dilma no Congresso.
12801462_1073153042707480_6727795420882138311_nHá pessoas aqui se fazendo de tolas ou idiótas úteis dos comunistas, que ao invés de se juntarem nesta denúncia para limpar a Igreja que amam, preferem se enganarem e continuar jogando a sujeira prá debaixo do tapete. Vejam vocês mesmos se o nome do filho do Pr. José Wellintom, Presidente da CGADB, está nesta lista que votou favorável a Dilma e diga se é mentira: http://veja.abril.com.br/…/lista-dos-parlamentares-que-vot…/
Veja ainda o Ex-Satanista e Pai-de-santo Aldo Nascimento revelando que Dilma é uma grande Satanista e Lula um Babuê da Magia, um dos maiores comedores de defuntos do pais. Assista ao vídeo prá não dizer que é mentira. Nós só trabalhamos com a Verdade que liberta:
“Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus; e, se primeiro começa por nós, qual será o fim daqueles que são desobedientes ao evangelho de Deus?” 1 Pedro 4:17.
“E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as.
Porque o que eles fazem em oculto até dizê-lo é torpe.
Mas todas estas coisas se manifestam, sendo condenadas pela luz, porque a luz tudo manifesta.”
Efésios 5:11-13
“Mas algumas poucas coisas tenho contra ti que deixas Jezabel, mulher que se diz profetisa, ensinar e enganar os meus servos, para que forniquem e comam dos sacrifícios da idolatria.
E dei-lhe tempo para que se arrependesse da sua fornicação; e não se arrependeu.
Eis que a porei numa cama, e sobre os que adulteram com ela virá grande tribulação, se não se arrependerem das suas obras.
E ferirei de morte a seus filhos, e todas as igrejas saberão que eu sou aquele que sonda os rins e os corações. E darei a cada um de vós segundo as vossas obras.” Apocalipse 2:20-23
Meu compromisso profissional é com a verdade, doa a quem doer. Agora me admiro ver tantos que se dizem pastores defendendo um ato claramente reprovável e outros ainda terem a cara de pau de dizerem que é montagem. Que Deus livre as Igrejas que estes tais são pastores.


E agora pastores, o Brasil está a beira de uma guerra civil e vocês caladinhos sem dizer nada? A Mão de Deus pesará sobre vocês.


http://www.institutogamaliel.com.br/porque-as-assembleias-de-deus-estao-caladinhas/

RECRUTAMENTO ISLÂMICO - Interpol investiga desaparecimento de universitária do Pará

A paraense Karina Raiol após conversão ao islamismo (Foto: Arquivo Pessoal/ Karen Raiol)A paraense Karina Raiol após conversão ao
islamismo (Foto: Arquivo Pessoal/ Karen Raiol)
A Interpol investiga o desaparecimento de uma universitária paraense. Karina Ailyn Raiol Barbosa, de 20 anos, era estudante da Universidade Federal do Pará (UFPA), em Belém, e saiu do Brasil por São Paulo, sem avisar a família. Segundo os parentes, a jovem se converteu ao islamismo há cerca de dois anos, e teria sido aliciada para sair do país. Segundo a Polícia Federal, o caso foi enviado para a investigação internacional na terça-feira (5).
Segundo a Polícia Federal, os depoimentos da família foram enviados a Interpol, assim como a solicitação para saber o destino de Karina. No entanto, a PF afirma que inicialmente não há crime, já que Karina é maior de idade e saiu pelo país legalmente.
“Esse desinteresse nos angustia. Por que a polícia pelo menos não viu as imagens do circuito de segurança do aeroporto para saber com quem minha irmã estava? Por que não quebram o sigilo telefônico dela? Eu disse para a polícia: minha irmã só tem dois destinos, um é virar 'mulher-bomba', outro é virar escrava sexual. Como eles podem permitir que isso aconteça?”, questiona a irmã, Karina Raiol.
Desaparecimento
De acordo com a irmã, o último contato com a jovem foi às 13h da segunda-feira (4). Ela informou que estava gravando vídeos para um trabalho na UFPA e que depois iria para casa. No entanto, em seguida, o telefone de Karina ficou fora de área. Por volta de 18h, sem notícias da irmã, ela e os pais foram até a universidade, mas não a encontraram. “Aí passamos por todos os hospitais, e nada. Até que meu marido sugeriu que fôssemos ao aeroporto. Lá meu pai descobriu com a polícia que ela havia tirado o passaporte em dezembro e ninguém tinha conhecimento disso”, relata.
Segundo os parentes, a estudante viajou sem levar mala. "Ela saiu de casa às 10h, apenas com um casaquinho fino e levando uma sandália", conta a irmã. A família passou a madrugada no aeroporto na expectativa de encontrar a estudante. Na manhã seguinte, foram até a UFPA, e lá souberam que Karina há meses não frequentava o curso. De acordo com a universidade, a estudante não trancou a matrícula, mas tinha muitas faltas, e em fevereiro deixou de ir para a aula.
Família busca informações sobre o paradeiro de Karina (Foto: Arquivo Pessoal/ Karen Raiol)Família busca informações sobre o paradeiro de
Karina (Foto: Arquivo Pessoal/ Karen Raiol)
A Polícia Federal informou que Karina embarcou em um voo para fora do Brasil, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, às 5h14 da terça-feira (5). “Buscamos as escalas e descobrimos que o avião pousou em Marrocos e Istambul”, diz Karen. A polícia, no entanto, não informou ao G1 o possível destino da estudante, e alegou que aguarda a informação da Interpol.
“Tememos que ela tenha sido forçada a embarcar. Ela não deixaria nossa família assim, sem explicação. Achamos que ela entrou em algum circuito e quando percebeu, foi forçada a ir, sob ameaça até de fazerem alguma coisa conosco. Ela não trabalhava e meu pai não teria dinheiro para pagar passaporte, muito menos viagem para São Paulo e para fora do país. Alguém pagou isso e não sabemos quem e o porquê”, diz Karen.
Conversão ao islamismo
Segundo a família, Karina era uma jovem tímida e caseira. Reclusa, ela não tinha muitos amigos e só costumava sair para ir à aula. Em 2014, ela iniciou um curso de árabe que teria relação com a UFPA. Em seguida, passou a frequentar a mesquita. Em abril de 2015 ela se converteu ao islamismo. “Ninguém apoiou essa decisão, mas também não criamos guerra por causa disso. Ela começou a usar só roupa de manga longa, e saia por cima da calça, e sempre estava de véu. Ela até ficou mais comunicativa, conversava mais com a gente. Minha mãe algumas vezes até acompanhou Karina até a mesquita”, diz a irmã da estudante.
Em nota, a UFPA informou que segundo o professor Saif Mounssif, pesquisador da Faculdade de Engenharia Naval da universidade e integrante do Centro Islâmico Cultural do Pará, a estudante esteve, em 2014, em um curso de língua árabe oferecido pelo Centro e, pouco tempo depois, manifestou o desejo de conversão à religião muçulmana.
O pesquisador, porém, ressalta que o curso de idioma não aborda questões políticas ou religiosas em relação ao Estado Islâmico. Segundo Saif, Karina deixou de frequentar o espaço em novembro de 2015.
G1.COM.BR

Pastor diz que igreja está aberta para Naldo, se ele quiser

Jaime Soares, pastor da Assembleia de Deus de Bonsucesso, igreja da Zona Norte do Rio que era frequentada por Naldo Benny desde antes da...