segunda-feira, 22 de abril de 2013

Dr. Rey filia-se ao partido de Feliciano e pode disputar eleição

O cirurgião plástico Roberto Miguel Rey, conhecido como Dr. Rey, filiou-se na última sexta-feira (19) ao PSC, partido do deputado federal Marco Feliciano (SP).
Médico de celebridades nos Estados Unidos, Dr. Rey ficou conhecido no Brasil ao apresentar o programa "Dr. Hollywood", exibido pela RedeTV!, e é cotado para disputar uma vaga na Câmara dos Deputados no ano que vem.
O presidente do PSC-SP, Gilberto Nascimento, e o vice-presidente da sigla, Everaldo Pereira, abonam filiação de Dr. ReyA filiação partidária aconteceu em um coquetel realizado na Assembleia Legislativa de São Paulo e foi abonada pelo vice-presidente do PSC, Everaldo Pereira, e pelo presidente do diretório paulista da sigla, Gilberto Nascimento.
Reprodução - 19.abr.2013/PSC
O presidente do PSC-SP, Gilberto Nascimento, e o vice-presidente da sigla, Everaldo Pereira, abonam filiação de Dr. Rey
"Procurei esse partido porque, aqui, nós não temos vergonha da palavra de Deus. Entendo que o mundo está entrando no caos porque as pessoas não querem mais ouvir a palavra de Deus", afirmou o cirurgião, segundo nota divulgada pelo partido.
A filiação de Dr. Rey aconteceu a convite de Nascimento. "Ele é um cara bastante preparado, jovem, mas com uma experiência de vida admirável. Uma pessoa que soube aproveitar todas as oportunidades que a vida lhe ofereceu", disse Nascimento.
Segundo o dirigente, o cirurgião terá o apoio do PSC para ser candidato. "Os amigos querem que ele seja candidato a deputado federal."
No ato, Everaldo Pereira comemorou o desempenho de seu partido, que ficou mais conhecido após a indicação de Feliciano para o cargo de presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara. O deputado, que é pastor evangélico, é contestado por emitir opiniões consideradas racistas e homofóbicas. Ele nega as acusações.
"Nós estamos em uma marcha de crescimento e, em 2014, lançaremos candidato próprio à Presidência da República", afirmou o dirigente do PSC.

FONTE. http://www1.folha.uol.com.br/poder/2013/04/1267031-dr-rey-filia-se-ao-partido-de-feliciano-e-pode-disputar-eleicao.shtml

Catedral do Avivamento vai inaugurar igreja em Penápolis

 
Catedral do Avivamento vai inaugurar igreja em PenápolisDe acordo com uma reportagem da Folha de São Paulo o deputado federal pastor Marco Feliciano (PSC-SP) deve encontrar uma brecha em sua agenda para participar da inauguração da igreja Catedral do Avivamento na cidade de Penápolis, interior de São Paulo.
A igreja de Penápolis será inaugurada oficialmente em maio, mas os cultos já acontecem na cidade e somam cerca de 250 membros.
Este será o 16º templo da igreja fundada por Feliciano que tem sede em Orlândia, cidade onde o parlamentar nasceu. Ligada à Assembleia de Deus, a igreja de Feliciano tem igrejas em grandes cidades do interior paulista como Ribeirão Preto e Franca.
A igreja de Ribeirão ficou conhecida por presenciar um dos primeiros protestos contra a eleição do deputado pastor como presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara. Durante um culto com a presença de Feliciano, dezenas de manifestantes gritaram palavras de ordem e tocaram tambores na frente da igreja além de cercarem o carro onde o pastor e sua família estavam.
Para evitar novos confrontos, a data da participação do pastor no culto de Penápolis não foi divulgada.GP

Evangélicos e católicos se unem por CPI do aborto

 
Evangélicos e católicos se unem por CPI do abortoEmbora divirjam na teologia, parece que deputados evangélicos e católicos conseguem andar unidos quando se faz necessário. A Chamada Bancada Religiosa da Câmara pediu nesta semana a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre aborto. Além disso, querem aprovar o chamado “Estatuto do Nascituro”, que legisla sobre os direitos do feto desde sua concepção.
O deputado João Campos (PSDB-GO), presidente da bancada evangélica, explica que essas duas propostas são uma resposta às mudanças sugeridas pelo Senado durante os estudos para a reforma do Código Penal. “Nós queremos apurar com essa CPI, o financiamento do aborto no Brasil, tanto por instituições internacionais, quanto pelo governo da presidente Dilma Rousseff. Além disso, vamos investigar o comércio de produtos abortivos e as clínicas que fazem aborto”, justificou.
Com a assinatura de mais de 200 deputados, o pedido de CPI já foi entregue ao presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Na próxima terça (23), os evangélicos terão uma reunião com Alves para debater os dois assuntos.
O Estatuto do Nascituro foi apresentado na legislatura passada por Luiz Bassuma (PV-BA), que é espírita. Como ele não foi reeleito, a proposta foi arquivada. Retomado pelos religiosos, o projeto atualmente está na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, que deve analisar se a proposta é viável do ponto de vista financeiro. Em seguida, segue para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e, posteriormente, para o Plenário da Câmara. “Para nós e para os católicos, a vida começa na concepção e por isso vamos lutar juntos por esse direito”, explica o deputado Campos, comemorando que recebeu o apoio da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil.
Evangélicos e católicos também se uniram na tentativa de garantir às igrejas a competência de contestar a constitucionalidade de leis junto ao Supremo Tribunal Federal.
“Acredito que o legislador, por distração, não incluiu as representações religiosas nessa lista de entidades e por isso queremos corrigir esse erro para que as igrejas também possam entrar com Adins (Arguição de inconstitucionalidade) no Supremo. Essa também é nossa prioridade”, explica Campos.
A luta contra o aborto já uniu todos os deputados cristãos antes. Ano passado o líder católico, deputado Salvador Zimbaldi (PDT-SP), trabalhou com João Campos e Roberto de Lucena (PV-SP) pastor da igreja O Brasil para Cristo, na tentativa de barrar os efeitos da decisão do STF que permite o aborto de crianças anencéfalas.
Zimbaldi já se manifestou contrário ao casamento entre homossexuais e os projetos que criminalizam a homofobia. Ele apresentou, juntamente com vários outros deputados religiosos, um projeto de lei que garante às igrejas o “exercício de atos litúrgicos em estrita conformidade com os respectivos ordenamentos religiosos”.

GP

VENDA DE EQUIPAMENTO MILITAR PELOS EUA DARÁ A ISRAEL SUPERIORIDADE SOBRE OS SEUS INIMIGOS

Durante uma conferência de imprensa realizada esta tarde em Tel Aviv com o secretário da defesa dos EUA, Chuck Hagel e o ministro da defesa israelita Moshe Ya'alon, foi confirmado o fornecimento a Israel por parte dos EUA de uma grande quantidade de equipamentos militares de última geração, garantindo dessa forma a Israel uma superioridade técnica e militar sobre os seus inimigos regionais.
A Força Aérea de Israel irá assim receber sistemas avançados de radar, mísseis, aviões de reabastecimento e aviões V-22. 


AVIÃO V-22
Os aviões V-22, de descolagem vertical, são um equipamento poderoso que nenhum país tem além dos próprios EUA, assinalou Hagel, enfatizando que este pacote de ajuda militar permitirá a Israel "uma superioridade militar sobre qualquer país ou organização inimiga." Permitirá também a Israel operações longe do país. 
"Israel é uma nação soberana" - afirmou Hagel - "Toda a nação soberana tem o direito a se defender." - continuou.
Segundo os dois políticos, a questão do Irão e a provável transferência de armas químicas na Síria estão no "topo das prioridades" das preocupações, tanto da administração norte-americana como do governo de Israel.
Shalom, Israel!

"É INTOLERÁVEL QUE OS JUDEUS NÃO POSSAM ORAR NO MONTE DO TEMPLO!"


A jurista israelita Miri Regev tenciona utilizar a sua nova posição de presidente do comité interior do Knesset (parlamento israelita) para fazer avançar o direito dos judeus a orarem no topo do Monte do Templo.
Apesar de ser o lugar mais sagrado do mundo inteiro para os judeus e muitos cristãos, ambos os grupos religiosos estão impedidos de orar ou até transportar Bíblias para o Monte do Templo por medo das reacções islâmicas.
Regev afirmou ser intolerável que os judeus não tenham liberdade de religião no lugar mais sagrado para os judeus, e que irá em breve visitar o local com outros membros do comité com o objectivo expresso de mudar essa realidade.
As posições ousadas de Regev já atraíram o escárnio de israelitas ultra-seculares que acreditam que apaziguar os muçulmanos é mais importante do que cumprir o mandato bíblico dado a Israel...
Shalom, Israel!

ABOBORA DIVINA .


Moradores de Bokaro (Índia) estão rezando para uma abóbora tida como reencarnação do deus Shiva. 

O fruto de 87 quilos vem sendo venerado pelos hindus da região e atraindo multidões. A abóbora foi encontrada por um comerciante e chamou atenção pelo seu tamanho. 

"Vendo a abóbora, tive uma intuição de que se tratava do deus Shiva. A abóbora oval tem a forma dele. Então rezei para a abóbora e ofereci a ela flores e doces", disse o comerciante, de acordo com o "Times of India".

A abóbora ganhou instantaneamente vários devotos. Muitos dizem que ela abençoa as famílias.

O comerciante já recebeu várias ofertas pela abóbora, mas resiste. 

"Como posso vender um deus?", argumentou.


Ministério da Saúde vai facilitar o acesso à pílula do dia seguinte

 

O governo federal distribuiu cerca de 175 mil cartilhas  na rede pública de saúde com o objetivo de facilitar o acesso das mulheres à chamada pílula do dia seguinte.

É a primeira vez que o Ministério da Saúde dá orientações claras a médicos e enfermeiros de postos de saúde e hospitais sobre a distribuição do contraceptivo emergencial.

No livreto, o governo reforça que os comprimidos podem ser entregues por enfermeiros sem exigência de receita médica. A prescrição continua sendo obrigatória para venda nas farmácias, apesar de, na prática, a prescrição não ser exigida.
O acesso à pílula era precário no SUS. A prática, muitas vezes, era exigir a receita médica, mas consultas com ginecologistas podiam demorar até dois meses.
A pílula do dia seguinte tem efeito contraceptivo até o quinto dia após uma relação sexual desprotegida.

"O benefício é tão absurdamente vantajoso que vale a pena. É uma forma de evitar aborto, porque evita uma gravidez indesejada", disse Helvécio Magalhães, secretário de Atenção à Saúde.
O Conselho Federal de Medicina diz que não foi informado oficialmente. Resolução da entidade diz que "cabe ao médico a responsabilidade pela prescrição [da pílula] como medida de prevenção" à gravidez indesejada. É possível, porém, que a norma seja reavaliada agora.


APOIO

A medida é apoiada pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia.
No Brasil, muitas informações que chegam à população não são científicas, passam pelo crivo religioso.
Muitos dizem que a pílula do dia seguinte é abortiva, mesmo entre profissionais da saúde", declarou Olímpio Barbosa Moraes Filho, dirigente da entidade.
 
EMERGÊNCIA

A previsão é que neste ano sejam entregues cerca de 1 milhão de cartelas do levonorgestrel (pílula comprada e distribuída pelo ministério).
O governo alerta que o remédio não deve ser usado para substituir o método contraceptivo de rotina. E destaca ainda que as usuárias que receberem o medicamento devem receber também orientação sobre planejamento reprodutivo.

"O próprio nome já diz: é de 'emergência'. A pílula não deve ser entregue mecanicamente, tem que ser acompanhada de um processo educativo", afirma Ana Costa, presidente do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde.



A REDE ESGOTO(GLOBO) E SUA VERSÃO DETURPADA SOBRE CERTO E ERRADO!!!

 
A TV aberta do Brasil é uma vergonha mesmo!

Essa GUERREIRA que tanto lutou na vida, e até ano passado estava fazendo filme pornô com a namorada. Seguiu o exemplo da mamãe, que também batalhou muito rebolando na vida e fazendo filme pornô!

Só pra lembrar, Sr. Fausto Silva: GUERREIROS são os motoristas de ônibus que me conduzem com segurança ao trabalho todos os dias. Confio neles sem nem ao menos conhecê-los. Enquanto eles estão trabalhando por um salário de merda no caos do trânsito brasileiro, você esta ai colocando lixo na TV.

GUERREIROS são os professores que lutam diariamente para tentar dar um ensino de qualidade nas escolas ganhando uma merreca, enquanto sugadores de cérebro como o Sr. enriquecem enchendo a cabecinha das nossas crianças com estrume em poucas horas de domingo.

GUERREIROS são aqueles que sentam a bunda na cadeira e estudam 10 horas por dia para concurso público, abdicando até mesmo da diversão nos finais de semana para não ganhar nem 2% do seu salário.

GUERREIROS são aqueles que acordam as 4:00 da manhã e pegam pesado no batente, voltam em um ônibus lotado e chega em casa as 20:00 horas.

GUERREIROS são aqueles que acordam e vão para dentro do LIXO, para conseguir algum material reciclável, para sustentar a família.

GUERREIRO são aqueles que vivem em ambientes sem a mínima condição de higiene e saúde, sonhando em ter a mesma vida mansa que o Sr., mais de 80% dos políticos brasileiros e outros mais. Mas que mesmo assim, buscam de forma digna driblar os caminhos difíceis da vida.

Aprenda que GUERREIRO não é qualquer idiota que você ou o Sr. Pedro Bial disseminam na TV aberta!A TV aberta do Brasil é uma vergonha mesmo!

Essa GUERREIRA que tanto lutou na vida, e até ano passado estava fazendo filme pornô com a namorada. Seguiu o exemp...
lo da mamãe, que também batalhou muito rebolando na vida e fazendo filme pornô!

Só pra lembrar, Sr. Fausto Silva: GUERREIROS são os motoristas de ônibus que me conduzem com segurança ao trabalho todos os dias. Confio neles sem nem ao menos conhecê-los. Enquanto eles estão trabalhando por um salário de merda no caos do trânsito brasileiro, você esta ai colocando lixo na TV.

GUERREIROS são os professores que lutam diariamente para tentar dar um ensino de qualidade nas escolas ganhando uma merreca, enquanto sugadores de cérebro como o Sr. enriquecem enchendo a cabecinha das nossas crianças com estrume em poucas horas de domingo.

GUERREIROS são aqueles que sentam a bunda na cadeira e estudam 10 horas por dia para concurso público, abdicando até mesmo da diversão nos finais de semana para não ganhar nem 2% do seu salário.

GUERREIROS são aqueles que acordam as 4:00 da manhã e pegam pesado no batente, voltam em um ônibus lotado e chega em casa as 20:00 horas.

GUERREIROS são aqueles que acordam e vão para dentro do LIXO, para conseguir algum material reciclável, para sustentar a família.

GUERREIRO são aqueles que vivem em ambientes sem a mínima condição de higiene e saúde, sonhando em ter a mesma vida mansa que o Sr., mais de 80% dos políticos brasileiros e outros mais. Mas que mesmo assim, buscam de forma digna driblar os caminhos difíceis da vida.

Aprenda que GUERREIRO não é qualquer idiota que você ou o Sr. Pedro Bial disseminam na TV aberta!
 

Silas Malafaia organiza marcha cristã em Brasília para defender os valores cristãos

Silas Malafaia é um dos organizadores do manifesto cristão que será realizado em Brasília. O pastor espera um público mínimo de 30 mil pessoas no protesto em defesa da família tradicional, da vida, da liberdade de expressão e religiosa. Evento programado para o início de junho, conta com o apoio de diversos líderes evangélicos.
O objetivo é se posicionar contra o casamento gay, o aborto e o Projeto de Lei 122 – que categoriza a homofobia como crime -, segundo informou a revista Veja.
Malafaia informou que um dos destaques será a presença do deputado pastor Marco Feliciano. “Já que estão forçando a barra sobre o casamento gay, vamos a Brasília para dizer que estamos do outro lado. Não é um ato exclusivo para apoiar Marco Feliciano, mas para marcarmos nossa posição. Vamos dar a nossa resposta. Todas as lideranças evangélicas estarão presentes, assim como a bancada evangélica. Vai ter gente de todos os lados do Brasil”, disse à publicação.
“Na próxima eleição, Marco Feliciano terá mais de 500.000 votos. Pode escrever. Ele vai arrebentar. Tudo isso foi bom para ele, foi bom para as eleições dos evangélicos em 2014. A comunidade evangélica é fracionada por várias opiniões, mas existem assuntos que nos unem. Essa questão do Marco Feliciano nos uniu. Nós, os evangélicos, não ‘habemus Papam’. Nós ‘habemus’ líderes. E o Feliciano dá a possibilidade de nós, líderes, dizermos para os evangélicos: Vocês estão vendo aí? Vejam o que dá votar em gente contrária aos nossos princípios”, disse Silas Malafaia, segundo a Veja.
O pastor Silas também estará na Marcha pra Jesus do Rio de Janeiro em maio. A expectativa é reunir 100 mil pessoas, embora o evento anterior tenha concentrado 300 mil cristãos. Na marcha do ano passado, cristãos já haviam protestado contra o PL122 e o aborto. Esse ano, as faixas com defesa dos valores cristãos devem se intensificar.
O movimento também é integrado pelo bispo Roberto Torrecilhas, que já promoveu um evento semelhante em maio. No site e nas redes sociais do seu ministério, Gritos de Alerta, Roberto está convocando os evangélicos para a manifestação. O evento será realizado em 05 de junho, a partir das 15h, em frente ao Congresso Nacional. “Diga não ao aborto, diga não a cristofobia, diga não à perseguição religiosa, diga não à cartilha gay, diga sim a Jesus”, diz Torrecilhas.

http://portugues.christianpost.com/news/silas-malafaia-organiza-marcha-crista-em-brasilia-para-defender-os-valores-cristaos-15916/

Grandes nomes da música gospel participarão de manifestação em Brasília

Artistas gospel também estarão presentes na Manifestação Pacífica de Liberdade de Expressão em Brasília. O evento será realizado no início de junho e é promovido por lideranças como o pastor Silas Malafaia e o bispo Roberto Torrecilhas. Líderes evangélicos de todo Brasil já manifestaram apoio.

    Manifestação Pacífica

  • (Foto:Reprodução/Facebook)
    Cartaz de divulgação da Manifestação Pacífica
Diversos líderes evangélicos brasileiros estão promovendo uma grande manifestação na capital Brasília em defesa de princípios bíblicos como família tradicional, da vida e contra o aborto, da liberdade de expressão e religiosa. O evento está sendo organizado para o dia 05 de junho, a partir das 15h, em frente ao Congresso Nacional.
Nomes da música gospel brasileira estão sendo divulgados e deverão comparecer para o protesto pacífico. Cantores como André Valadão, Thalles Roberto, Bruna Karla, Aline Barros, David Quinlan, Nani Azevedo e Eyshila.
“O evento em Brasília no dia 5/6 já tem o apoio de vários lideres, César Augusto, Renê Terra Nova, Robson Rodovalho, Samuel Câmara e mais Fadi Faraj, Jabes Alencar, Manoel Ferreira, Abner Ferreira, Samuel Ferreira, Marco Antônio, Marcos Gregório e muitos,muitos outros”, informou através de seu perfil no Twitter.
Silas Malafaia pretende reunir pelo menos 30 mil cristãos. A expectativa é que 100 mil pessoas participem do protesto para se posicionar contra o casamento gay, o aborto e o Projeto de Lei 122.
“Muitos estão se mobilizando para a manifestação pacífica em frente ao Congresso Nacional no dia 5 de junho. Não só evangélicos. Participe também!”, escreveu Silas Malafaia em seu microblog.
“Já que estão forçando a barra sobre o casamento gay, vamos a Brasília para dizer que estamos do outro lado. Não é um ato exclusivo para apoiar Marco Feliciano, mas para marcarmos nossa posição. Vamos dar a nossa resposta. Todas as lideranças evangélicas estarão presentes, assim como a bancada evangélica. Vai ter gente de todos os lados do Brasil”, disse o pastor Silas essa semana à revista Veja.

FONTE. http://portugues.christianpost.com/news/grandes-nomes-da-musica-gospel-participarao-de-manifestacao-em-brasilia-15967/

MAIS UM CAIDO - Pastor Djalma de Ogum: Conhecido por defender o ecumenismo, pastor recebe elogios de candomblecistas


Pastor Djalma de Ogum: Conhecido por defender o ecumenismo, pastor recebe elogios de candomblecistasO pastor Djalma Torres, que em 2012 recebeu o prêmio de Direitos Humanos, da presidente Dilma Rousseff, foi tema de um artigo publicado na coluna Balaio de Ideias do jornal A Tarde, elogiando seu trabalho em prol da diversidade religiosa.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Escrito por Jaime Sodré, seguidor do candomblé, o texto elogia o trabalho do pastor Djalma Torres contra a violência e preconceito entre as religiões. O artigo traz o controverso título “Pastor Djalma de Ogum”, misturando o título pastoral com uma nomenclatura destinada a seguidores do candomblé.
Em seu texto, além de parabenizar a luta do pastor Djalma Torres, Sodré fala sobre sua presença na comemoração de 35 anos da Igreja Batista de Nazareth, que teve o pastor como preletor.
- No mínimo estranheza deveria, em outros tempos, causar a visita de um fiel do candomblé a um templo protestante, mas assim o fizemos por obediência à orientação de Ebomi Cidália, que recomendava esta salutar visita para estreitar laços de amizades, enriquecer o conhecimento e abraçar amigos – afirmou o candomblecista, que ressaltou também a hospitalidade com que foi recebido na igreja.
- Acolhidos, estávamos em casa, sem restrições ou olhares de intolerâncias. Só respeito e carinho. Muita luta ocorreu, tendo como abrigo esta Igreja, contra a ditadura, em favor da democracia plena, dos direitos humanos, contra as injustiças no campo e na cidade – detalhou.
Jaime Sodré, que é doutorando em História Social e professor universitário, teceu elogios à atuação social do pastor, que o levou a receber o prêmio de Direitos Humanos na categoria Diversidade Religiosa.
- Em especial, destacamos a participação solidária na luta contra a intolerância religiosa, reconhecimento e respeito à diversidade sexual. Estimulando o dialogo com as paróquias católicas, comunidades protestantes e movimentos sociais, a Igreja alargava o seu horizonte – afirmou.
- Na compreensão de que o Reino de Deus é maior do que as suas paredes, sejam físicas ou mentais’ destacamos a disposição do pastor Djalma Torres em dialogar, compreender e participar, como militante ativo, contra as manifestações que vinham de grupos religiosos que, numa demonstração de inadaptação de uma convivência inter-religiosa, atacavam o Candomblé – completou Sodré, que explicou também o título dado ao texto.
- O Pastor Djalma Torres, pela sua seriedade e apoio às nossas causas, tornou-se um irmão especial, e para retribuir este seu carinho e solidariedade, o povo-de-santo, reconhecendo a sua coragem, sinceridade, em um tom alegre, jocoso, mas respeitoso, desejando ter a honra de integrá-lo em nosso meio, resolveu chamá-lo de Pastor Djalma de Ogum – explicou o candomblecista.
- Que Ogum lhe dê força e perseverança. Pastor Djalma, de Ogum e de todos aqueles que têm a chance da sua amizade sincera – finalizou.

GOSPEL +

NA FRANÇA JÁ TEVE , AGORA FALTA NO BRASIL . Opositores ao casamento entre pessoas do mesmo sexo protestam em Paris


Casamento gay gera protestos contra e a favor na França                  

 - Homem segura cartaz onde se lê "apenas um pai, apenas uma mãe", em frente ao Hotel des Invalides, em Paris, durante protesto contra projeto que pode permitir o casamento gay na França Etienne LaurentMilhares de opositores ao casamento entre pessoas do mesmo sexo marcharam por Paris agitando bandeiras nas cores rosa e azul neste domingo, em um protesto de última hora antes da aprovação de uma lei na próxima semana que permitirá a união e a adoção de crianças por esses casais.
Entoando "Nós não queremos sua lei, Hollande", cerca de 50 mil manifestantes se concentraram atrás de uma faixa com os dizeres: "Tudo nasceu de uma mãe e um pai", alegando ser antidemocrático realizar uma mudança social tão fundamental sem a realização de um referendo.
Apressadamente organizada depois que a aprovação da lei foi agilizada a fim de evitar uma grande manifestação que aconteceria no final de abril, a marcha deste domingo foi o mais recente protesto em meses de manifestações da oposição, que tem manchado a principal proposta de reforma social do presidente François Hollande.
"Nós avisamos o presidente em novembro que não desistiríamos e que faríamos de tudo para evitar que esta lei fosse aprovada, ou para revogá-la se for aprovada", disse um dos organizadores do protesto, Alberic Dumon, à Reuters.
(Reportagem de Pauline Mevel)

'Falou que tinha demônio no carro', diz idosa vítima de golpe em MS

 

Casal de supostos pastores teve acesso a vários bens de aposentada.
Ministério Público Estadual ofereceu denúncia contra casal no ano passado.

 

Depois de acionar a Justiça, uma idosa está perto de reaver uma casa no valor de R$ 500 mil, que entregou a um casal de supostos pastores em Campo Grande. Eles teriam prometido livrar a vítima do demônio. O assunto foi mostrado em reportagem do Bom Dia MS desta segunda-feira (22).
A aposentada Orlanda de Oliveira Rosa, de 82 anos, conta que além do imóvel, os supostos pastores tiveram acesso a outros bens, como dinheiro e dois veículos. Um deles já foi devolvido, mas o outro não. "Ela (a pastora) falou que tinha um demônio no carro e que eu não podia pegar, porque eu ia até morrer. Disse que ia levar para um irmão orar", conta a idosa.
O advogado da aposentada, Afrânio Alves Corrêa, conta que primeiro a suposta pastora levou um micro-ondas, até pedir para que a idosa comprasse uma casa no nome da acusada. "Eles manipulavam o sentimento religioso dela, dizendo que tinham acesso a outros parentes já falecidos, e essas pessoas estariam fazendo reivindicações. E por serem caras a ela, essas pessoas, a idosa atendia às reivindicações", disse.
Histórias como essa preocupam evangélicos. O pastor Ronaldo Leite Batista dá orientações de como evitar cair em golpes desse tipo. "Esse religioso faz parte de um conselho de pastores? Presta contas a alguém? São perguntas importantes para se verificar se um líder está realmente com o propósito de pregar a palavra de Deus e ajudar as pessoas ou está usando da boa fé das pessoas para extrair coisas ao seu benefício próprio", afirma.
O caso começou a ser investigado pela polícia em junho de 2011, que conseguiu reunir provas indicativas de que o estelionato foi praticado por pelo menos durante um ano. O Ministério Público Estadual (MPE) ofereceu denúncia em dezembro de 2012 e, no mesmo mês, foi concedida liminar para que o imóvel fosse devolvido para a idosa, decisão mantida no julgamento do mérito, em fevereiro de 2013. O casal recorreu ao TJ-MS.

FONTE . GLOBO.COM

Homem afirma ter se curado do câncer após orações

Open in new windowA fé em Deus fez com que Glenn Hicks, um homem de 51 anos com câncer nos ossos, se curasse, segundo declarou.

Glenn sabia que estava morrendo, sofrendo de fortes dores nos ossos e nas articulações do seu corpo. E ele não podia tomar a medicação sugerida pela equipe médica.
Glenn Hicks foi diagnosticado com câncer nos ossos em dezembro de 2012. Um mês e meio depois, os médicos disseram que ele teria apenas mais alguns meses de vida. A doença tinha avançado do estágio 3 – que significa que já há metástase – para o estágio 4 – que significa que a doença já estava nos pulmões.

“Tive que entregar tudo nas mãos de Deus”. Os médicos deram um prazo de vida para o homem, mas ele não quis saber quanto tempo mais teria de vida. “Decidi confiar em Deus”.

Segundo o site Charisma News, Rodney Thompson, um líder da Faith Farm, falou com Hicks sobre sua condição e afirmou que levaria ao enfermo um grupo de evangelistas para que orassem pela sua recuperação.

“Glenn falou que os médicos deram um prazo de vida para ele. Nós oramos por Glenn e conversamos com o câncer. Dissemos: ‘Câncer, nós damos a você um prazo parar morrer: dia 3 de abril’”, disse Thompson.

Durante as orações no dia 3 de abril, Glenn Hicks afirmou ao site que se sentiu “um calor relaxante e paz e calma sobre si”. Convencido de sua cura, Hicks foi aos médicos no dia seguinte para uma nova bateria de exames, que comprovaram a remissão da doença.

“Eu fui curado por Deus”, afirmou Hicks.

O relatório enviado ao Charisma News pelo médico F. Collins afirma: “A contagem de células cancerígenas foi de 263 e, entre os dias 4 e 5 de abril de 2013, a contagem foi de 0. Eu não consigo explicar isso, a não ser que Hicks está em remissão completa”.

Alguns dias mais tarde, o doutor Collins enviou a Hicks outro relatório em que dizia que a biópsia realizada nos seus ossos doentes era “inexplicável”.

“Não é apenas desconcertante para mim e minha equipe, mas para toda a Associação Médica Americana. De acordo com os resultados, você é um homem de 51 anos saudável e normal”, diz o relatório.

Jim Locke, um dos evangelistas que orou por Hicks, afirmou que “Deus ainda está milagrosamente curando as pessoas. Hicks é a prova disso”.

Fonte: The Christian Post

Luteranos mantêm igreja só para negros há 85 anos no Sul

A cidade deCanguçu (RS) tem duas congregações que permanecem separadas.

Ladeado por plantações de fumo e milho, um distrito rural no extremo sul do país mantém a rara tradição de dividir os fiéis luteranos em duas igrejas, separadas por apenas um quilômetro. Uma delas é "dos negros" e a outra, "dos alemães".

A origem da divisão está na proibição, no início do século 20, de ex-escravos e seus descendentes frequentarem os cultos dos imigrantes que vieram da Europa.

Entrar em uma ou em outra igreja não é mais proibido. O costume de rezar em templos separados, porém, permanece em Canguçu, a 300 km de Porto Alegre.

A cidade tem o maior percentual de habitantes na zona rural do país (63%). A maioria dos agricultores é de descendentes de alemães ou de remanescentes de quilombos.

A equipe de jornalismo da Folha de São Paulo visitou, em março, um culto da congregação Manoel do Rego, fundada em 1927. A maioria dos 28 presentes eram negros quilombolas.

Perto dali, andando por uma estrada de terra, chega-se à congregação Redentora, dos alemães. O pastor de ambas igrejas é Edgar Quandt, 62, descendente de europeus.

Os principais ramos luteranos no país, a Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil e a Igreja Evangélica Luterana do Brasil --à qual pertence a Manoel do Rego--, não têm registros de outro grupo semelhante.

Segundo o professor Ricardo Rieth, da Universidade Luterana do Brasil, o caso de Canguçu é isolado, pois as igrejas luteranas não permitiam a entrada de negros.

Hoje, as duas congregações realizam festas conjuntas. "Não há discriminação, como às vezes parece de fora. Há uma integração muito boa em toda a nossa igreja", afirma o pastor Quandt.

A ideia de unificar as duas igrejas foi debatida, mas a decisão foi de manter "cada um na sua", diz o presidente da associação quilombola do local, Marco Antônio Matos, 40.

Fonte: Folha de São Paulo

Após discussão, diácono de igreja evangélica é baleado

A briga entre um vizinho da igreja pentecostal Deus É Amor e um dos fiéis terminou com um religioso baleado na noite de sexta-feira (19) em Orlândia (a 365 km de São Paulo).

O diácono da igreja Geraldo Barrili, 70, levou um tiro e teve de ser internado no hospital Santo Antônio, na mesma cidade. Seu estado de saúde é considerado grave.

Segundo relatos de testemunhas à polícia, um vizinho do templo, Aristedes Agrela Ferreira, 68, estava incomodado com o barulho da igreja e queria impedir o culto noturno.

Ferreira colocou resina na fechadura da igreja para que o culto não ocorresse. Após uma discussão entre Ferreira e um dos fiéis, o suspeito efetuou o disparo que atingiu Barrili, ainda de acordo com a polícia.

Filha do diácono, a funcionária pública Gislene Dutra, 41, disse à Folha de São Paulo que seu pai tentou apartar o conflito, mas acabou baleado. O projétil atingiu um intestino, os rins e ficou alojado no corpo da vítima.

O suspeito fugiu em uma motocicleta, segundo a polícia, mas foi encontrado depois em uma chácara em Sales Oliveira (363 km de São Paulo).

Ferreira também foi internado no hospital Santo Antônio por causa de ferimentos na perna.

A polícia não soube informar se Ferreira já constituiu advogado para sua defesa. Uma parente dele não soube dizer os motivos levaram Ferreira à discussão na igreja. Segundo ela, o suspeito passa por problemas de saúde, como depressão.

Fonte: Folha de São Paulo