quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Câmara aprova CP e afastamento temporário de Demétrio Vilagra

Por 29 votos a favor e quatro contra, os vereadores aprovaram na sessão desta quarta-feira (24) o afastamento temporário do prefeito Demétrio Vilagra por 90 dias. Pelo mesmo placar, aprovaram também a abertura de uma Comissão Processante (CP) contra o petista, que assumiu na terça-feira (23), após a cassação de Hélio de Oliveira Santos (PDT) por 31 votos a 1, na madrugada de sábado. Foram votados os requerimentos protocolados pelo vereador Valdir Terrazan (PSDB). O outro, de autoria do presidente do PSOL Campinas, Paulo Búfalo, foi retirado da pauta.

Com a saída de Vilagra, toma posse o presidente da Câmara, Serafim Júnior (PDT), assim que o afastamento for publicado no Diário Oficial do Município, o que deve acontecer até segunda-feira (29). Ele pode ficar no cargo por até três meses, prazo que a CP tem para analisar o pedido de cassação e emitir o relatório final. Caso aponte pela perda do mandato, é necessário o voto favorável de pelo menos 22 dos 33 vereadores para que Vilagra seja cassado. Neste caso, é necessário convocar eleições em Campinas.

Coincidentemente, dois dos vereadores que participaram da CP da cassação de Dr. Hélio foram sorteado também para a nova comissão: Rafa Zimbaldi (PP) e Zé do Gelo. O terceiro sorteado foi Sebá Torres (PSB).

Propinas

Vilagra foi apontado pelo promotores do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) como um dos principais suspeitos da quadrilha que cobrava propinas no Caso Sanasa, ao lado da ex-primeira dama Rosely Nassim Santos. Ele chegou a ser preso na megaoperação após ficar seis dias foragido e após os escandalos pediu a exoneração de cargo de presidente da Ceasa Campinas. Por ter foro privilegiado agora, a investigação será conduzida pelo Tribunal de Justiça de Sâo Paulo (TJ-SP).

A oposição justificou o pedido sob a alegação de que Vilagra responde às mesmas denúncias que levaram à cassação de Dr. Hélio. O advogado do petista rebate e disse que a Câmara deveria qter arquivado o pedido de CP e de afastamento. "Nenhum dos pedios aborda um fato cometido sobre o exercício do mandato", disse Hélio Silveira, sobre o fato de Vilagra ter assumido a prefeitura há apenas dois dias.

A sessão

Antes da votação, às 19h45, o PT tentou uma manobra para derrubar os pedidos da oposição. O líder do governo, Josias Lech, pediu e conseguiu a suspensão da sessão por até 30 minutos para que a Procuradoria Jurídica da Casa analisasse os pedidos. Segundo ele, não caberia as solicitações, já que foram feitas baseadas em atos do então vice-prefeito, que tinha assumido oficialmente a chefia do Executivo em menos de 30 horas.

O jurídico da Câmara, no entanto, deu aval aos requerimentos da oposição. A justificativa foi de os requerimentos foram protocolados quando Demétrio já havia seido empossado oficialmente como prefeito na terça-feira e que, portanto, ele já responde como prefeito. O jurídico citou o artigo 4º do Decreto Lei 201/67, que estabelece as infrações políticas dos prefeitos. Além disso, a Procuradoria Jurídica lembrou que enquanto vice-prefeito ele chegou a assumir o Executivo de forma esporádica, em ausências de Dr. Hélio.

Josias Lech usou novamente o microfone para discordar da avaliação do jurídico, mas também para dizer que acatava a decisão. No entanto, pediu uma nova suspensão da sessão para que fosse analisada a suspeição de Serafim Júnior no comando dos trabalhos, já que é o primeiro na linha sucessória, caso Vilagra seja afastado - a suspeição, comum em caso de juízes, é quando a pessoa não tem a independência necessária para julgar ou comandar determinado processo ou situação.

Às 21h terminou a leitura do requerimento, mas antes de ser colocado em votação vereadores de situação e oposição ocuparam a Tribuna para defender ou criticar a CP.

EPTV CAMPINAS

SINAIS DOS FINAIS DOS TEMPOS - Terremoto de 6,8 graus é registrado no Peru e sentido no Brasil

Um terremoto de 6,8 graus na escala Richter, com epicentro perto de Pucallpa, foi registrado nesta quarta-feira no Peru, sendo sentido também no Brasil e no Equador. A informação é do Serviço Geológico dos Estados Unidos.

Segundo a organização, o tremor aconteceu a 205 km de Cruzeiro do Sul, no Acre. O terremoto foi sentido na capital Lima, sacudindo prédios. Algumas comunicações telefônicas foram interrompidas.

O sismo também atingiu as cidades peruanas de Moyobamba, Loreto, Ica e Trujillo, segundo o jornal nacional El Comércio.

SINAIS DOS FINS DOS TEMPOS - Terremoto Atinge a Costa Leste dos EUA e Desliga Dois Reatores Nucleares

Um terremoto the magnitude 5,9 atingiu o estado da Virgínia na costa leste dos EUA cerca das 13:51h (EST), sendo sentido também em Nova York e Washington D.C.O terremoto forçou milhares de pessoas a saírem dos edifícios e postos de trabalho para as ruas na tarde desta terça-feira.
Em Washington D.C., as pessoas que estavam no Pentágono, Casa Branca e comércio da cidade abandonaram seus postos de trabalho e alarmes de incêndio foram disparados em todo o centro da cidade.
Em Nova York as pessoas também sentiram o terremoto e muitos evacuaram suas áreas de trabalho.
Nenhuma vítima ou sérios danos foram registrados, de acordo com a Associated Press.
Dois reatores nucleares foram automaticamente desligados quando o terremoto atingiu a região, segundo um oficial da Comissão Reguladora Nuclear.
O par de reatores estão localizados no condado de Louisa, Virginia, cerca de cinco milhas do epicentro do terremoto.
Nas classificações de emergência o terremoto foi registrado como baixo e um evento não usual. Equipes estão no local para avaliar melhor possíveis danos.

AMME EVANGELIZAR - BENÇÃO DE DEUS SOBRE AS NAÇÕES

Casa da Palavra, 23 de agosto de 2011.
Saudações em Cristo

O desvio de adolescentes e jovens, principalmente quando entram no ensino médio ou na universidade, tem atingido fortemente meu coração. Enquanto lembramos à igreja da grande força evangelística que nossos membros mais jovens podem ser, me lembro continuamente daqueles que se afastam em minhas orações.

Agora, com Pacificadores 2012, nossa Escola de Liderança para Adolescentes e Jovens, temos a possibilidade de iniciar um importante movimento de fortalecimento daqueles que estão em Cristo, de resgate daqueles que se afastaram e de alcance daqueles que ainda não vieram.

Quero pedir a você, que tem se interessado em nos ajudar na grande obra que estamos fazendo, para orar por Pacificadores, para que venham os alunos que Deus quer usar nesse movimento. Também quero pedir sua ajuda para divulgar a escola em sua igreja
, para seus amigos e para outras igrejas a que tiver acesso.

Agora temos uma página em nosso site com cartaze, carta, convite, folheto e banner que você pode usar na divulgação. É só fazer o download e ir em frente divulgando. [veja aqui]

Sou sempre grato a Deus por sua vida e apoio,

José Bernardo
Ceifeiros/ Salva Vidas/ AMME Evangelizar

Acompanhe sempre nosso site em www.evangelizabrasil.com
AMME Evangelizar existe para ajudar as igrejas evangélicas brasileiras a cumprir sua missão bíblica de evangelizar todo mundo: motivando, treinando, suprindo e apoiando. A AMME ajuda cerca de quatro mil igrejas a alcançar 10 milhões de pessoas por ano em média. O sustento desse trabalho é provido pelos Ceifeiros, crentes que investem tempo na intercessão, recursos no sustento e talento no trabalho voluntário. Se você quer se tornar um ceifeiro visite o portal da evangelização em www.evangelizabrasil.com.

LÁ VEM ELA DE NOVO - Marta Suplicy apresentará novo projeto pró-gay; proposta concede licença-natalidade para casais homossexuais

A senadora Marta Suplicy (PT-SP) recebeu hoje (23) uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que amplia direitos e garantias fundamentais às uniões homoafetivas e aos seus integrantes. O documento foi entregue por Maria Berenice Dias, presidente da Comissão Especial da Diversidade Sexual do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Durante o encontro, a senadora parabenizou a iniciativa e afirmou que vai estudar o melhor encaminhamento a ser dado à PEC no Congresso. “O importante é que o trabalho foi feito e agora precisamos ver qual a estratégia de apresentação”, afirmou.
Entre os principais pontos da PEC, estão a proibição da discriminação por orientação e identidade de gênero; a concessão da licença-natalidade de 180 dias a qualquer dos pais e a garantia do casamento homoafetivo.
A senadora participou ainda da entrega do anteprojeto do Estatuto da Diversidade Sexual, feita pelos integrantes da comissão, ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Marta destacou que os documentos representam “o coroamento de um trabalho de anos”, com êxito assegurado pelo apoio da OAB. O anteprojeto conta com 109 artigos e propõe a alteração de 132 dispositivos legais.


FONTE GOSPEL MAIS

LÁ EM RIBERÃO PRETO NÃO PODE ? AQUI PODE , TENHO MEU DIREITO DE ME EXPRESSAR E DAR MINHAS OPINIÕES.

 
ENTÃO VÃO QUERER PRENDER A BÍBLIA ?

Lei da homofobia pode instaurar ditadura gay no Brasil

 
Desde 2007, vem sendo travado um grande embate entre militantes gays e cidadãos brasileiros que consideram a homossexualidade um pecado diante de Deus ou que não se conformam em não poder opinar contra a prática homossexual.
O resultado tem sido tumultuoso. Enquanto o movimento gay avança e exige mais espaço, muitos protestam contra o estabelecimento de uma ditadura gay impondo censura da opinião própria — seja baseada em preceitos bíblicos ou não — e cadeia para os cidadãos desobedientes. A crescente demanda de processos contra sites, pastores e psicólogos cristãos comprova que a ameaça é real.
Denominado PLC (Projeto de Lei da Câmara) nº 122/2006, o projeto foi instituído pela ex-deputada Iara Bernardi (PT/SP) em 7 de agosto de 2001. Seu conteúdo, que trata das diversas formas de discriminação às classes minoritárias no Brasil, tem um item que fere diretamente os princípios morais da Igreja, conferindo ao comportamento homossexual as mesmas garantias previstas na Lei Caó nº 7716/89, que define como “crime imprescritível, inafiançável e sujeito à pena de reclusão” todo e qualquer preconceito à raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. Nesse caso, a inclusão do termo “orientação sexual” no texto desse PLC dá autoridade legal para transformar um sermão sobre “advertências condenatórias da Bíblia à prática homossexual” em crime de homofobia, sujeitando o pregador a pena de até cinco anos de detenção.
Segundo Zenóbio Fonseca, advogado, consultor jurídico e professor universitário da FGV (Fundação Getúlio Vargas), “esta proposta de lei é inconstitucional, pois entra em conflito direto com os princípios irrevogáveis de garantia à liberdade de pensamento, consciência, crença, religião ou convicção filosófica, expressos no Artigo 5º, incisos IV, VI, VII e IX da Constituição Federal. Tenho a nítida impressão de que querem criminalizar o cristianismo e calar os cristãos na manifestação de sua fé e valores sustentados pela Bíblia. Isso é uma violação expressa ao princípio constitucional, visto que todos têm o direito de ter a sua fé e expressá-la livremente, pois isso é inerente à existência humana”.
Apesar da inconstitucionalidade, injuridicidade e da oposição generalizada da população brasileira, o PLC 122/06 foi facilmente aprovado pela Câmara dos Deputados no dia 23 de novembro de 2006 sem que a Frente Parlamentar Cristã se desse conta “a tempo” da amplitude e nocividade de suas sanções ao Cristianismo. “Algo que poderia ter sido evitado se a bancada evangélica no Congresso não tivesse sido tão desatenta”, enfatiza o escritor Julio Severo, um dos líderes do movimento pró-família, que há 20 anos analisa as reivindicações dos homossexuais no Brasil.
Após o episódio, uma rede católica de apoio pró-família, com integrantes espalhados por todos os estados do Brasil, se mobilizou, divulgando um manifesto nacional contra o PLC 122, de autoria de Julio Severo. A partir de então, o Congresso Nacional recebeu milhares de mensagens eletrônicas indignadas e que reprovavam a decisão.
A mobilização alertou os senadores Magno Malta e Marcelo Crivella e diversos representantes católicos da CNBB (Conferência Nacional de Bispos do Brasil) que, imediatamente, se posicionaram, liderando uma forte resistência à aprovação do PLC 122/06.
Por conta da mobilização, a relatora do PLC 122, a senadora petista Fátima Cleide, perdeu sua reeleição. Em seguida, o projeto é arquivado, para ser desarquivado pela senadora petista Marta Suplicy, que se tornou sua relatora em 2011. Mesmo com as “amenizações” de Cleide no projeto, Suplicy reconheceu publicamente que o PLC 122 impõe multa e cadeia para pessoas que criticarem o homossexualismo dentro ou fora da igreja. Para isentar padres e pastores da ameaça de prisão, ela criou um adendo à lei, permitindo tais críticas apenas dentro das igrejas. Os programas de rádio e TV bem como revistas, jornais e livros religiosos estariam fora da isenção.
Se o Movimento Homossexual não tiver nenhuma outra “carta na manga”, há esperança de que o projeto de lei da “homofobia” continue a ser barrado pela população, que o vê como ditadura gay.
Zenóbio diz que o cenário político é delicado, pois “Não podemos esquecer que a criminalização da homofobia é um programa de governo do PT e conta com o apoio público de diversos Ministros de Estado, artistas e intelectuais”.
Enquanto políticos decidem a questão legal das proposições no Congresso, comunidades como a católica e evangélica temem o estabelecimento nacional de uma severa ditadura à opinião moral cristã. Se o PLC 122 ou qualquer outra lei de “homofobia” for aprovada, os homossexuais irão compor o primeiro grupo do planeta a ter o direito de imunidade a qualquer tipo de crítica ou atitude que contraponha os seus valores, sob alegação de discriminação sexual, obtendo, assim, superdireitos na sociedade. Um benefício que nem os negros, nem os índios, nem o papa, nem bispos, nem padres, nem pastores, nem o presidente da maior nação do mundo possuem.
A nova lei também concederá aos juízes — sob qualquer denúncia de discriminação — plenos poderes para, até mesmo sem a abertura de inquérito policial, ordenar a apreensão de livros, cessar transmissões radiofônicas ou televisivas, suspender atividades de pessoas jurídicas (como o fechamento de igrejas, entidades de apoio aos ex-homossexuais, órgãos de imprensa, entre outros), recolher Bíblias (ou algumas de suas folhas), bem como colocar na cadeia, por até 5 anos, qualquer pessoa que se opuser à prática, manifestando sua própria opinião. Julio Severo adianta que será uma lei que dará autoridade para o estabelecimento de uma grande perseguição religiosa. “Ela nem foi aprovada, mas os primeiros sinais do que ela pode fazer já chegam até nós”.
Em 2007, o juiz Dorival Moreira dos Santos, de Campo Grande (MS), determinou a retirada de circulação do livro A Maldição de Deus sobre o Homossexual, de autoria do evangélico Náurio Martins França. A solicitação partiu da Defensoria Pública por considerar que o livro estimula o preconceito e incita a violência.
Da mesma forma, os sites Mídia Sem Máscara, Ministério Apologético CACP e JesusSite foram intimados por terem publicado um texto de Jael Savelli [http://jaelsavelli.blogspot.com/2007/06/luiz-mott-pedofilia-j-enquanto-ainda.html] com citações de falas e escritos simpáticos à pederastia, atribuídos ao professor titular do Departamento de Antropologia da UFBa e decano do movimento homossexual da Bahia, Luiz Mott.
Ademir Kretzfeuld, pastor e líder da Igreja Confissão Luterana de Rancho Queimado, em Santa Catarina, foi mais um alvo atingido pela censura. Em 2007, ele foi intimado por homofobia. Sua infração foi avisar alguns patrocinadores cristãos de que o jornal local da cidade, chamado “O Tropeiro”, estava fomentando a normalidade da prática do homossexualismo, sendo praticamente um panfleto pró-homossexualidade. Dias depois, um ativista gay registrou um Boletim de Ocorrência na delegacia, denunciando o pastor por crime de homofobia.
A psicóloga Rozangela Alves Justino já não teve esta mesma sorte. Denunciada pelo movimento gay, foi processada por oferecer terapia aos homossexuais que desejam mudar de orientação. A base legal para esta cassação é a resolução ética do Conselho Federal de Psicologia nº 1/99 de 23 de março de 1999, que proíbe os psicólogos de “atuarem em serviços e eventos que proponham a recuperação do homossexual à heterossexualidade”.
Muitos outros profissionais e líderes cristãos testemunham sobre as ameaças de processo e até de morte que têm recebido por parte de alguns homossexuais. Pastor Silas Malafaia já foi alvo do Ministério Público Federal. Julio Severo, que monitora e denuncia todos os passos do movimento gay através de seu blog, se mantém escondido em outro país para proteger a família de represálias. Ele estampa abertamente em seu site — que já chegou a ser retirado do ar por denúncias de militantes gays — uma conversa entre dois ativistas gays capturada no orkut, em que um pergunta ao outro: “Mais nada pode ser feito para calá-lo ou puni-lo?” O outro responde: “Por enquanto, não. Se a lei anti-discriminação for aprovada, isto é, se a homofobia tornar-se crime, aí sim poderemos fazer algo. Por isso, todo esse povo aí, religioso, está fazendo uma muvuca para que ela não seja aprovada”.
A luta tem sido grande. Uma das desculpas que têm motivado o movimento homossexual a invadir espaços legais é um suposto alto índice de criminalidade e violência contra gays. Mas mesmo essa desculpa não tem alicerce, pois se são assassinados uns 200 homossexuais por ano, muitos vítimas de violência em ambiente de drogas e prostituição, o restante da população paga um preço muito mais alto na violência do Brasil: são mais de 50 mil assassinatos por ano.
Para Silas Malafaia, “este negócio de homofobia é a palavra mais idiota que inventaram. Porque homofobia é uma doença, segundo a Psiquiatria. Então, homossexuais podem nos chamar de homofóbicos, de doentes, porque somos contra a prática deles. Mas se você disser que eles são doentes, você é processado. O que temos é um conceito firmado de que ninguém nasce homossexual. É uma questão comportamental. Um macho homossexual e um macho heterossexual têm a mesma ordem cromossômica. Uma fêmea homossexual e uma fêmea heterossexual têm a mesma ordem cromossômica. Não existe uma raça homossexual. É homem ou mulher por determinação genética, e homossexual por imposição ou preferência. Esta é que é a verdade. E, à luz da Teologia e da Bíblia, é perversão moral. Esta lei é esdrúxula e co-subjetiva beneficiá-los”.
É óbvio que se a Constituição garante a liberdade de credo e expressão, e se a Bíblia condena o homossexualismo, deveria permanecer assegurado tanto a pastores como a crentes a pregação de suas convicções religiosas. Mas com o PLC 122 ou outra lei contra “homofobia” aprovada, será revogada não só a Constituição, mas também a Bíblia em suas condenações explícitas e inequívocas da relação sexual homossexual.
Fonte: Jornal Povo Cristão.
 
VIA GRITOS DE ALERTA.

Pastor Protesta a Retirada do Outdoor Sobre Homossexuais e Chama o País de Ditatorial -

O pastor da Igreja Casa de Oração de Ribeirão Preto, que foi idealizadora do outdoor sobre os homossexuais, lamenta a decisão da justiça da retirada do outdoor.
 
O outdoor contendo versículos bíblicos contra a homossexualidade foi considerado de caráter homofóbico e se determinou a sua retirada pela Justiça na última sexta-feira.
Antônio Hernandez Lopes, pastor da igreja, revela sua tristeza e aponta para uma igreja morta e um país ditatorial.
“Não estou chorando porque estou com medo. Estou chorando porque estou vendo uma igreja morta! Dormi em um país democrático e acordei em um país ditatorial!", protestou o pastor, segundo a Folha.
Ele disse que ficou surpreso pois não havia sido notificado sobre a retirada do outdoor disse que vai analisar a possibilidade de pedir ressarcimento através de um termo de responsabilidade que ele assinou com a empresa.
O outdoor foi colocado na última quarta-feira (17), alegadamente na semana da diversidade, trazendo citações bíblicas como Levítico 20:13 (“Se também um homem se deitar com outro homem, como se fosse mulher, ambos praticaram coisa abominável…”)
“Por causa das coisas que estas pessoas fazem, Deus as entregou a paixões vergonhosas. Pois até mulheres trocam relações naturais pelas que são contra a natureza. E também os homens deixam as relações naturais com as mulheres e se queimam de paixão uns pelos outros. Homens tem relações vergonhosas uns com os outros e por isso recebem em si mesmo o castigo que merecem por causa dos seus erros”. (Rom 1: 26-27)
A decisão veio depois que grupo gay prometeu entrar na Justiça contra os outdoors.
Agatha Lima, um dos responsáveis pela Parada Gay na cidade, declarou que o outdoor teria sido um ataque visto ter sido colocado na semana da diversidade.
"Todos os seres humanos têm direito a expressar o que quiserem, mas têm o ano todo para fazer isso. Fazer na semana da diversidade é uma maneira de ataque, não tinha essa necessidade”, afirmou ele.
O pastor da igreja Antônio Hernandes Lopes se defendeu da acusação afirmando que isso “é algo que já está divulgado há milhares de anos”.
“Nós amamos essas pessoas, oramos por elas, elas são bem-vindas, mas a vida, a forma que elas vivem, está contrária àquilo que Deus diz”, argumentou.

Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns.

O Segundo Milagre



Jesus respondeu: “Pode ir. O seu filho continuará vivo.” O homem confiou na palavra de Jesus e partiu. João 4:50


Nos corredores de prontos-socorros, ambulatórios e hospitais, naquele clima agitado de angústia e ansiedade, quantos gostariam de ouvir as palavras do médico: “Seu filho vai ficar bom. Ele vai ser curado. Ele não mais corre risco de morte!” No entanto, se o médico disser: “Não posso prometer nada. O quadro não é nada animador. Já fizemos tudo o que estava ao nosso alcance, mas não há reação alguma”, somos tomados de uma sensação de angústia e impotência.


O oficial romano só tinha um pedido, uma só coisa em mente. Era uma questão de vida ou morte. Desesperado, ele disse: “Senhor, preciso que meu filho fique bom.” E Jesus respondeu: “Pode ir. Seu filho continuará vivo.”


Qual foi a reação do homem? “Mas o Senhor não vai comigo? Ele está a 35 quilômetros daqui. Quero alguma coisa concreta, tangível. O Senhor não Se esqueceu de alguma oração, de um ritual?... Não me emprestaria pelo menos um amuleto Seu para eu colocar em cima dele? Ou pode mandar um discípulo comigo?” Nada disso. A Bíblia diz que ele simplesmente acreditou na palavra de Jesus e voltou para casa.


Quem sabe você esteja precisando de um milagre em sua família. A cura do filho ou da filha, ou da esposa ou de seu pai. Quantas vezes você já tomou a palavra de Jesus como verdadeira? Você vai acreditar em suas orações ou em Jesus?


Às vezes, nossa maneira de querer ou esperar a resposta é bem diferente da maneira de Deus responder. Por isso, devemos estar desejosos de aceitar o que quer que Ele responda. Ele tem mais de uma forma de responder nossas orações. “Tendo pedido Suas bênçãos, devemos crer que as recebemos, e dar-Lhe graças porque as temos recebido. Então, vamos ao cumprimento de nossos deveres, certos de que a bênção terá lugar quando mais dela necessitarmos” (O Desejado de Todas as Nações, p. 200).


Que privilegio é o nosso! Nós pedimos, Deus age e o milagre se realiza. Uma combinação poderosa. Ele nos habilita aqui a construir Seu reino.


Ao chegar de volta em casa, o centurião não somente confirmou sua fé em Jesus como Aquele que pode curar, mas também como Aquele que pode salvar. Por fim, ele e sua família aceitaram Jesus Cristo como Salvador pessoal.

Professor é suspenso por dizer que homossexualismo é pecado em seu Facebook


Professor é suspenso por dizer que homossexualismo é pecado em seu Facebook
Conselho de Liberdade está representando educador e exigindo seus direitos da Primeira Emenda

Um professor da Mount Dora High School, na Flórida, EUA, foi proibido de dar aula devido a um comentário que ele fez em sua página pessoal do Facebook.

No comentário Jerry Buell expressou sua desaprovação da legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo em Nova York. O educador da Flórida afirmou que a homossexualidade é pecado.

Funcionários da escola receberam uma queixa sobre o comentário de Buell, vinda de alguém que nunca nem mesmo foi da classe do professor. O Distrito Escolar do Condado Lake respondeu, então, tirando seus privilégios de ensino e o designando a funções administrativas.

O Conselho de Liberdade está representando Buell e exigindo que ele seja reintegrado imediatamente com um pedido de desculpas pela violação dos seus direitos da Primeira Emenda. Buell foi professor por mais de 22 anos, serviu com alta cadeira no Departamento de Estudos Sociais da Escola Mount Dora e ensinou as disciplinas de História dos EUA e História do Governo americano.

O grupo argumenta ainda que a resposta do distrito escolar sobre os comentários de Buell é inconstitucional. Grupos que estão empurrando "o casamento entre pessoas do mesmo sexo" e "igualdade no casamento" estão reivindicando qualquer discurso que é contrário ao seu ponto de vista e já o considera como "discurso de ódio". Esse grupo é que deve ser censurado, apontam.

"Professores de escolas públicas não são órfãos constitucionais. Eles, como todos os americanos, desfrutam da liberdade de participar das discussões sobre assuntos de interesse público", diz Harry Mihet, Conselheiro sênior do Conselho de Liberdade.

"O Mr. Buell está sendo investigado e punido por comunicar sua objeção ao casamento homossexual, uma objeção compartilhada por uma grande maioria de seus colegas da Flórida, que proibiu o casamento homossexual por meio de uma emenda constitucional”, explica.

"Se a Primeira Emenda não protege o direito do Sr. Buell a expressar sua opinião pessoal, no seu tempo pessoal, a partir de seu computador pessoal, em sua página pessoal do Facebook, então, a Primeira Emenda não significa nada."

Na próxima quinta-feira (25), o Conselho de Liberdade será o anfitrião do evento “Acorda Florida!” na Primeira Igreja Batista de Leesburg, onde Buell congrega. Este evento reunirá o apoio dos indivíduos da Flórida para se posicionarem na luta por seus direitos constitucionais. O objetivo é motivar, educar e equipar o povo para restaurarem os valores da nação, como os fundadores locais inicialmente previram.


Fonte: Charisma

"A Verdade vos Libertará". João 8:32


 

“Estamos ouvindo os passos de um Deus que se aproxima. É tempo de despertar, o tempo esta se escoando, os sinais estão no ápice, é evidente que o evento mais esperado por todas as tribos, línguas e nações cuja história ultrapassou milhares de anos está prestes a acontecer. Notícias diárias de calamidade no mar ou em terra são indícios de um apocalipse mais real do que nunca. Guerras e rumores de guerras “nucleares” espalham medo e aumentam a maldade declarando que a Terra está sob controle de um iníquo que até o momento é o possuidor. A todos indistintamente é anunciado o evangelho de Cristo, o abrangente plano de Deus para a salvação do que crê e a legitimação da condenação do que a despreza”.


E você, ignoraria se preparar para o maior evento do futuro?


VIA GRITOS DE ALERTA

Discriminação de dentro para fora.


Há quem considere que gays e lésbicas, por pertencerem a uma classe discriminada, seriam bastante mais tolerantes em relação à diferença. A prática e o estudo teórico destas questões vem demonstrando que a realidade nos revela, exactamente, o contrário. Os estudos que têm vindo a ser realizados dizem-nos que as minorias segregadas (independentemente da motivação ser sexual, racial, cultural, etc.) são as que têm mais dificuldade em aceitar a diversidade. É assim que, por exemplo, na Califórnia, os afro-americanos eram o grupo social onde existiam mais opositores à legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Podia pensar-se que isto derivava, não do ciclo vicioso da violência - violência gera violência -, mas do facto de, habitualmente, os grupos sociais mais discriminados (ciganos, imigrantes, pobres, etc.) auferirem de uma menor educação. Os gays quebrariam, então, este ciclo. É pertença do senso comum a evidência de que o gay tem, pelo menos, um curso superior (ainda que possa ser na área das "artes"), integra-se na classe média e aufere de algum poder económico (tem de haver dinheiro para um qualquer trapinho Prada ou Chanel, não é?) (Aos outros homens que se sentem atraídos por pessoas do mesmo sexo damos o nome de "paneleiros". Às mulheres gay chamamos "lésbicas". As outras não contam).

Acontece que mesmo o gay foi vítima de algum tipo de discriminação e desenvolveu, no seio da comunidade a que pertence, mecanismos de defesa e de isolamento. Assim, muito dificilmente, poderia ter a mente mais aberta no sentido da aceitação da diferença alheia. É desta forma que consigo ver, de uma forma muito clara e com confessa tristeza, uma profunda carga discriminatória na comunidade gay lisboeta, com raízes, sobretudo, raciais e económicas, mas também sexuais - imagine-se! (ou quem pensam que cunhou e mais utiliza o termo "bicha"?). É, igualmente, com base na ideia de que as castas discriminadas têm uma maior tendência para desenvolver sentimentos discriminatórios que se podem entendem a abstrusa aliança que gays e lésbicas formaram, na Holanda, com os partidos da extrema-direita racista no sentido de combater a "influência muçulmana

Como podem, gays e lésbicas, pedir aceitação e tolerância se são, muito mais vezes do que aquilo que poderia ser considerado aceitável, os primeiros a ostracizar? Acredito que a discriminação (independentemente da base ser racial, sexual ou outra) tem toda a mesma base e que a maior ameaça à igualdade não vem das componentes mais mainstream de uma sociedade (o homem, branco, classe média, heterossexual, católico), mas do sentimento alimentado pelas próprias classes mais discriminadas. A pior discriminação não é aquela que vem de fora, mas a que nasce dentro da comunidade vítima do desprestígio social. E é com essa que temos, sempre, menos cuidado.
 
 
FONTE. RUAS DO PENSAMENTO
VIA GRITOS DE ALERTA

OS 4 NÍVEIS DE APOSTASIA NOS ÚLTIMOS DIAS

 

[apostasia[1].jpg]

PROVAS DA APOSTASIA NOS ÚLTIMOS DIAS

I TIMÓTEO 4:1-2 1 ¶ Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios; 2 Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência; (1 Timóteo 4:1-2 BRP)
Neste texto Paulo declara a ocorrência da apostasia nos últimos dias segundo O Espírito de Deus informou a ele, diz ainda que a afirmação é expressa como uma séria advertência à humanidade cristã.
JUDAS 17-19 17 Mas vós, amados, lembrai-vos das palavras que vos foram preditas pelos apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo; 18 Os quais vos diziam que nos últimos tempos haveria escarnecedores que andariam segundo as suas ímpias concupiscências. 19 Estes são os que causam divisões, sensuais, que não têm o Espírito. (Judas 1:17-19 BRP)
Judas aqui diz com referência aos incrédulos, uma vez que ele diz não terem o Espírito, contudo demonstra a assolação dos maus costumes inclusive no meio pagão.
MATEUS 24:4, 12, 37-39, 42-44.
E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane; (Mateus 24:4 BRP)

E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará. (Mateus 24:12 BRP)

37 E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. 38 Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, 39 E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem. (Mateus 24:37-39 BRP)

42 Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor. 43 Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa. 44 Por isso, estai vós apercebidos também; porque o Filho do homem há de vir à hora em que não penseis. (Mateus 24:42-44 BRP)

Estas talvez sejam as Palavras mais chocantes de Jesus com referência ao fim, aqui Ele alerta contra o engano em primeiro lugar, o que mais tem atingido os cristãos, logo por causa do aumento do pecado esfria-se o amor de quase todos demonstrando a gravidade do problema, também faz uma comparação com os dias de Noé, isto é, foram dias nos quais o povo não mais cria em nada e sequer deu ouvidos aos avisos de Noé sobre o dilúvio a preocupação dos homens era apenas em comer, beber e sexualidade. Por fim vemos o Senhor alertar da necessidade de vigilância e mais, Ele diz algo provando que Sua primeira vinda será em tempos que ninguém estará esperando, os cristãos provavelmente estarão com suas atenções voltadas para a vida nessa terra e seus prazeres do que para o arrebatamento.
II PEDRO 3:1-9 E 14-18
1 ¶ Amados, escrevo-vos agora esta segunda carta, em ambas as quais desperto com exortação o vosso ânimo sincero; 2 Para que vos lembreis das palavras que primeiramente foram ditas pelos santos profetas, e do nosso mandamento, como apóstolos do Senhor e Salvador. 3 ¶ Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências, 4 E dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação. 5 Eles voluntariamente ignoram isto, que pela palavra de Deus já desde a antiguidade existiram os céus, e a terra, que foi tirada da água e no meio da água subsiste. 6 Pelas quais coisas pereceu o mundo de então, coberto com as águas do dilúvio, 7 Mas os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro, e se guardam para o fogo, até o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios. 8 ¶ Mas, amados, não ignoreis uma coisa, que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia. 9 ¶ O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se. (2 Petro 3:1-9 BRP)

14 Por isso, amados, aguardando estas coisas, procurai que dele sejais achados imaculados e irrepreensíveis em paz. 15 E tende por salvação a longanimidade de nosso Senhor; como também o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada; 16 Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição. 17 Vós, portanto, amados, sabendo isto de antemão, guardai-vos de que, pelo engano dos homens abomináveis, sejais juntamente arrebatados, e descaiais da vossa firmeza; 18 Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. (2 Petro 3:14-18 BRP)

Mais um aviso celestial para a Igreja e desta vez é de Pedro alertando sobre escarnecedores que andam conforme seus desejos surgindo ao fim dos tempos e mais questionando acerca da volta de Jesus, porém o apóstolo diz que o Senhor não retarda Sua promessa, pois ao contrário Ele é paciente e quer que todos se arrependam. Prossegue dizendo que é importante Jesus achar Seus fiéis sem mácula e irrepreensíveis, alegando que toda a Igreja já está avisada e prevenida disso para não acontecer que sejamos arrastados ao erro.
LUCAS 18:8 Digo-vos que depressa lhes fará justiça. Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra? (Lucas 18:8 BRP)
Este texto Sagrado prova que ao contrário do que muitos dizem, na terra a situação será de apostasia realmente na época da vinda de Jesus. Erros doutrinários ensinam aos cristãos que ocorrerá ao contrário, isto é, muita gente estará se convertendo e experiências sobrenaturais estarão multiplicando-se e até baseiam-se em uma profecia do profeta Joel (2:28-32), mas não há fundamento para isso, em primeiro lugar porque em Atos 2:17 esta profecia já se cumpriu e em segundo lugar porque os últimos dias na verdade iniciaram quando Jesus foi elevado aos céus, portanto estamos em 1960 anos de últimos dias ! Se alguém duvida disso Deus já avisou que para Ele um dia é como mil anos e vice versa.

LÓ E ABRAÃO : UM EXEMPLO PARA OS CRISTÃOS DE HOJE

GÊNESIS 13
Aqui inicia uma história incrível que Deus deixou para a Igreja inclusive, exatamente isso algo escrito há milhares de anos é um aviso aos nossos dias. Vemos que Abraão vai para Neguebe com sua mulher e tudo que ele tinha, mas a Bíblia diz que Ló vai com ele com uma referência até simples, e o texto segue descrevendo os bens de Abraão e uma peuqena referência a Ló com um homem também abastado, contudo houve uma contenda entre os pastores de ambos, afinal a terra não dava para todo o rebanho. Abraão demonstra um completo domínio próprio e evita discussões deixando Ló à vontade para escolher um novo lugar para ele seguir com seu rebanho, Abraão ficaria onde sobrasse, isso porque ele confiava em Deus e sabia que não ficaria desamparado.

OS 4 NÍVEIS DA APOSTASIA

GÊNESIS 13:10 E levantou Ló os seus olhos, e viu toda a campina do Jordão, que era toda bem regada, antes do SENHOR ter destruído Sodoma e Gomorra, e era como o jardim do SENHOR, como a terra do Egito, quando se entra em Zoar. (Génesis 13:10 BRP)
Agora é a hora da prova, Ló lenata os olhos e vê toda a campina do Jordão, que era toda irrigada e excelente para seu rebanho. Esta é a ganância de Ló procurando uma área boa para si rica em vegetação.
Neste ponto temos o primeiro nível da apostasia:
- Olhar para o Vísivel
Ló não orou, não questionou Abraão oferecendo uma oportunidade de acordo ou sequer disse para Abraão escolher primeiro, foi ganancioso e materialista procurando o que é possível ver com os olhos físicos.
Já disse o profeta Habacuque (2:4) que o justo vive pela fé.
Lemos em II Corintios que o cristão anda por fé e não por vista, o que não ocorreu com Ló e segundo a definição de fé em Hebreus 11: 1, ele não tinha fé afinal logo optou pela vista e não pelo invisível, e sobre isso Paulo adverte a Igreja em II Coríntios 4: 18.
GÊNESIS 13: 11a Então Ló escolheu para si toda a campina do Jordão, e partiu Ló para o oriente, e apartaram-se um do outro. (Génesis 13:11 BRP)
Ló escolhe então ir à campina do Jordão e não apenas uma parte dela, mas toda a campina.
Desta vez temos o segundo nível da apostasia :
- Decisão pelo Visível
Ló nem titubeou ao ver toda aquela bela área e de imediato a escolheu para si e mais uma vez falhou em procurar saber se essa era a vontade de Deus. Em I Timóteo 6: 9 Paulo alerta para aqueles que objetivam ficarem ricos certamente cairão em laços malignos e diz ainda que o homem de Deus deve fugir dessas coisas. Lemos em I Tessalon. 2: 5-6 que Paulo orienta a não ser ganancioso e nem buscar a própria glória o que Ló parece não ter tido conhecimento.
O texto de I João 2: 17 parece ter sido baseado na atitude de Ló, pois a orientação é que não estejamos atentos aos desejos do mundo, mas à vontade de Deus.
GÊNESIS 13: 11b Então Ló escolheu para si toda a campina do Jordão, e partiu Ló para o oriente, e apartaram-se um do outro. (Génesis 13:11 BRP)
O fiel desviado Ló agora separa-se de Abraão e segue outro caminho, rumo ao desconhecido com seus bens certamente já apagando da memória lembranças de Abraão.
Agora o terceiro nível da apostasia :
- Separação do Irmão na Fé
O que Ló praticou não é novidade e nem nos tempos de Paulo, quem também já sofreu com o abandono de irmãos e isso ele declara em II Timóteo 4: 10, neste texto vemos que os irmãos abandonaram o apóstolo por causa do amor ao presente, às coisa que se veêm, ao mundo material e diante dessa opção não vacilaram e escolheram o mundo.
Na verdade não é de admirar-se pois O Próprio Senhor Jesus foi abandonado no Getsemani (Mateus 26: 38-40), parece ser um péssimo costume dos cristãos em abandonar outros irmãos. O abandono, embora no momento seja referente ao abandono físico, é inadmissível ver uma pessoa intitulada cristã e deixando um irmão padecer necessidade, tendo recursos para auxiliá-lo, acerca disso lemos em I João 3: 17.
Essa prática tem sido feita por cristãos em todas eras, lemos em Hebreus 10:25 uma advertência a não abandonar a Igreja como faziam alguns.
GÊNESIS 13: 12-13 12 Habitou Abrão na terra de Canaã e Ló habitou nas cidades da campina, e armou as suas tendas até Sodoma. 13 Ora, eram maus os homens de Sodoma, e grandes pecadores contra o SENHOR. (Génesis 13:12-13 BRP)
Ló agora chega até Sodoma e arma suas tendas junto aos moradores dessa cidade pagã, o texto nos informa que eles era maus e grandes pecadores contra o Senhor e para que a Bíblia faça uma referência desse tipo realmente os pecados praticados ali eram terríveis.
Um fiel ao Senhor agora se vê em meio ao habitantes dessa cidade impía, ainda que desviado da vontade de Deus Ló estava lá junto ao pecado.
Surge o quarto nível da apostasia :
- Confraternização com os ímpios
Ló não tinha conhecimento do Salmo 37: 32, onde diz que o ímpio espreita o justo para matá-lo, Jesus disse aos cristãos que a Sua paz Ele concede não como o mundo dá esta paz é diferente (João 14: 27). Tiago 4: 4 alerta seriamente que amizade com o mundo é inimizade com Deus e Ló não lembrou-se disso e ainda em 1:27 Tiago diz acerca da verdadeira religião que é entre outras coisas, guardar-se incontaminado do mundo. Em I João 5: 19 lemos que o mundo inteiro jaz no maligno e não deve ser excessão aquele que com o mundo caminha junto.

CONCLUSÕES

Diante do estudo acima verificamos que Ló não deixou de ser um “escolhido” do Senhor, contudo ele esteve desviado da vontade de Deus em 4 níveis iniciais da apostasia, é claro que a situação poderia ser muito pior se o fiel estivesse na constante prática do pecado e mais que isso propagando-o para os próximos, mas após a confraternização com os ímpios ocorrer, esse passo está muito perto de ser dado.
Pois chegou o dia no qual o Senhor Deus vai tomar providências sérias contra o povo rebelde, o Dia do Senhor chegou e Ló, apesar de ser um fiel desviado, deve ser arrebatado antes do fim.
GÊNESIS 19
Vemos logo no início do texto que Deus manda dois anjos à casa de Ló e então ele os recebe, porém os mensageiros dizem que pernoitarão na praça da cidade e recusaram a casa de Ló. Somente após muita insistência eles acabam entrando na casa. Isso demonstra o quanto Ló estava em débito com o Senhor.
Lemos ainda que nem chegaram a dormir e os moradores da cidade vieram até Ló e questionaram acerca dos dois forasteiros de modo a praticarem com eles alguma violência, talvez até sexual porque Ló chega ao ponto de oferecer suas filhas virgens aos homens.
Aqui vemos que aqueles quem Ló tinha como amigos passaram a ser inimigos em poucos instantes.
No verso 1 lemos que Ló teve sucesso em Sodoma, pois estava assentado na porta da cidade, isso significa que ele era um dos Juízes do lugar, o desviado tem então sucesso no mundo.
Compare o contraste do tratamento dos anjos à Abraão em Gênesis 18: 5, onde concordaram com ele e no caso de Ló, onde não quiseram sua acolhida imediata.
O mundo a quem o apóstata escolheu despreza-o .
Inicia assim o processo de salvamento de Ló e isso merece uma cuidadosa análise textual para compreensão dos fatos que envolveram o arrebatamento dele.
- os familiares de Ló ( genros e filhas) não creram nele quando alertou da destruição de Sodoma pelo Senhor e da necessidade de todos fugirem.
- os anjos determinam a Ló que tome apenas suas duas filhas e sua mulher para escaparem da destruição e os seus genros perecem.
- ocorre a destruição de Sodoma e Gomorra provavelmente por meio de um terremoto que provocou escape de gases subterrâneos, os quais pegaram fogo arrasando as cidades.
- após o salvamento de Ló e suas duas filhas os hábitos pecaminosos dos habitantes de Sodoma e Gomorra permaneceram neles, pois Ló estando embriagado manteve relações com suas filhas gerando filhos com elas.
Como um fiel Ló não sentia-se bem em Sodoma, mas por estar desviado também não estava muito de acordo em deixar a cidade.
A mulher de Ló é usada como exemplo até os dias de hoje por causa do ocorrido com ela, ao olhar para trás transformou-se em estátua de sal, isso porque seu coração ainda estava nos pecados da cidade e não preocupou-se unicamente com a nova vida que Deus estava providenciando para ela, quis olhar para o passado por causa da saudade de sua vida pecaminosa.
LUCAS 17: 27-37 27 Comiam, bebiam, casavam, e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio, e os consumiu a todos. 28 Como também da mesma maneira aconteceu nos dias de Ló: Comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam; 29 Mas no dia em que Ló saiu de Sodoma choveu do céu fogo e enxofre, e os consumiu a todos. 30 Assim será no dia em que o Filho do homem se há de manifestar. 31 Naquele dia, quem estiver no telhado, tendo as suas alfaias em casa, não desça a tomá-las; e, da mesma sorte, o que estiver no campo não volte para trás. 32 Lembrai-vos da mulher de Ló. 33 Qualquer que procurar salvar a sua vida, perdê-la-á, e qualquer que a perder, salvá-la-á. 34 Digo-vos que naquela noite estarão dois numa cama; um será tomado, e outro será deixado. 35 Duas estarão juntas, moendo; uma será tomada, e outra será deixada. 36 Dois estarão no campo; um será tomado, o outro será deixado. 37 E, respondendo, disseram-lhe: Onde, Senhor? E ele lhes disse: Onde estiver o corpo, aí se ajuntarão as águias. (Lucas 17:27-37 BRP)
Este texto trata dos sinais da vinda de Jesus profetizados por Ele mesmo, aqui vemos que Ele compara os dias de Noé com os dias de Ló e ainda com os dias que precedem Sua volta como sendo semelhantes e mais que isso no verso 31 Ele adverte seriamente para ninguém voltar atrás neste dia e enfatiza “Lembrai-vos da mulher de Ló”.
Essa advertência do Senhor é séria e merece nossa atenção e preocupação integral de modo que não sejamos pegos de surpresa e nosso coração esteja no mundo como estava o da mulher de Ló.
Se o cristão não é mais capaz de permanecer em Cristo, o desejo de orar desaparece, o amor ao dinheiro se infiltra em si e o testemunho já não é mais o mesmo, então o perigo chegou e é necessário uma reavaliação urgente da vida espiritual, o que espera-se para si e ainda como quer encarar o momento da morte física. Talvez uma séria avaliação destes pontos podem levar a crer que a melhor opção realmente é Jesus Cristo que amou e ama os homens.


VIS GRITOS DE ALERTA 

CRISTÃOS ACORDEM , OS GRUPOS GAY DO BRASIL QUEREM NOS CALAR - GAYS , SEU DIREITO TERMINA ONDE COMEÇA O MEU .

Vendo o caso do nosso Irmão em Cristo , Pr. Antonio Hernandes , da cidade de Ribeirão Preto , onde ele foi obrigado a fazer a retira do painel que cita trechos bíblicos , surge a minha indignação .
Pois se esse grupo GAY que quer causar terrorismo no BRASIL , deve tambem ser questionado na justiça.
Pois a mesma constituição que garante a eles me garante tambem esse direito.
Ofender quem , se a BÍBLIA é muito mais do qualquer grupinho que se levanta a favor de qualquer causa .
Fazer um homem honrado chorar , atacar uma igreja , blasfemar contra DEUS entre outras citações de ódio que eles vem causando e transmitindo.
Estamos vivendo em um país onde a tal liberdade se transformou em ditadura GAY , onde querem colocar em nossa cabeça que ser gay é normal , e ser hetero é pecado .
Onde ser gay , lhe dá todo direito , até mesmo de não ser demitido do serviço , pois  terá o apoio dos magistrados , que ao entenderem que foi mandado embora por ser gay , deverá assumir o seu posto de trabalho de novo.
Estamos vivendo em um país onde AS LEIS SÃO EM FORMA DE ARCO IRIS COLORIDO , e se não fizermos nda , seremos levados a época de SODOMA E GOMORA .
Onde estão os verdadeiros CRISTÃOS ?
FAÇO AQUI UM CHAMAMENTO , PRA QUE JUNTOS POSSAMOS LUTAR CONTRA ESSE DOMINIO QUE QUEREM IMPOR NO BRASIL.
FAÇO AQUI UM DESAFIO AOS VERDADEIROS CRISTÃOS , A DARMOS AS MÃOS E ORARMOS PARA QUE ESSE ESPÍRITO DE SODOMISMO CAIA POR TERRA.

POVO DE DEUS , A APOSTASIA ESTA AI , POIS MUITOS LEVADOS POR UM SENTIMENTO QUE DE NADA LEMBRA DEUS , QUEREM ACHAR NORMAL O ANORMAL.


BISPO ROBERTO TORRECILHAS

SINAIS DOS FINAIS DOS TEMPOS - OS APÓSTATAS DA FÉ - Arcebispo anglicano apoia união gay e diz que rei Davi gostava de homem

 


Dom Ricardo Loriete de Lima (foto), arcebispo da Igreja Anglicana do Brasil, disse que apoia a união entre casais do mesmo sexo e lembrou que textos bíblicos citam que o rei Davi dizia preferir o amor do filho do rei Saul ao amor das mulheres.
A data de nascimento de Davi teria sido 1.040 a.C. Ele foi o escolhido por Deus para ser o segundo monarca de Israel, de acordo com os livros sagrados hebraicos. Apaixonado por Jônatas, ele é tido como o único personagem homossexual da Bíblia.
Um dos trechos os quais dom Lima se referiu é I Samuel 18:1: “E sucedeu que, acabando ele de falar com Saul, a alma de Jônatas se ligou com a alma de Davi; e Jônatas o amou, como a sua própria alma”.
Outro trecho, em Samuel 20:41: “E, indo-se o moço, levantou-se Davi do lado do sul, e lançou-se sobre o seu rosto em terra, e inclinou-se três vezes; e beijaram-se um ao outro, e choraram juntos, mas Davi chorou muito mais”.
Em II Samuel 1:26, fica claro para que lado pendia o sentimento de Davi: “Angustiado estou por ti, meu irmão Jônatas; quão amabilíssimo me eras! Mais maravilhoso me era o teu amor do que o amor das mulheres.”
Quem nega a homossexualidade de Davi e Jônatas argumenta que o sentimento entre os dois era de amigos. Uma amizade perfeita, dizem. De qualquer forma, pastores e padres dificilmente se lembram dos dois quando falam aos fieis sobre a amizade.
O arcebispo Lima os mencionou a propósito do episódio do outdoor em Ribeirão Preto (SP) da Igreja Casa Oração com uma transcrição homofóbica da Bíblia, a do Levítico 20:13: “Quando também um homem se deitar com outro homem, como com mulher, ambos fizeram abominação; certamente morrerão; o seu sangue será sobre eles”.
A Justiça determinou a retirada do outdoor em uma liminar concedida à Defensoria Pública. Representantes do movimento gay acusaram o pastor Antônio Hernandes Lopes de retaliação por causa da realização naquela cidade de uma parada de homossexuais.
Lima disse que desde 2008 a Igreja Anglicana aceita a ordenação de homossexuais e que recentemente passou a abençoar união homoafetiva. Ele reconheceu, contudo, que ala conservadora da igreja se recusa a adotar esses procedimentos.
O pastor Antônio Hernandes Lopes, da Casa Oração, chorou em uma entrevista na qual criticou a retirada do outdoor. “Eu estou chorando porque estou vendo uma igreja morta. Dormi em um país democrático e acordei em um país ditatorial!”
Marcelo Crivella, pastor licenciado da Igreja Universal e senador pelo PRB-RJ, atacou o veto ao outdoor. Para ele, foi uma “arrogância” contra o direito de expressão de um grupo evangélico.
Fonte: Paulo Lopes

Guerra Santa educacional: Pais e escola brigam por oração antes de aulas

Guerra Santa educacional: Pais e escola brigam por oração antes de aulas
A escola Jardim de Infância da 404 Norte, região central de Brasília, tem sido alvo de uma série de manifestações. De um lado alguns pais de crianças entre 4 e 5 anos que condenam a prática da escola de organizar uma oração no começo das aulas. Do outro, porém, está a maioria de pais de alunos que não enxergam o ato como ensino religioso.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica GospelA direção da escola organiza diariamente um ato chamado de “acolhimento” que é realizado há 40 anos. Antes das aulas iniciarem os 180 alunos se reúnem no pátio da escola e são estimulados a fazer uma “oração espontânea”, como define a diretora Rosimara Albuquerque. A cada dia, crianças de uma turma ficam responsáveis por fazer os agradecimentos a Deus ou ao “Papai do Céu”.
“Pode agradecer pelo parquinho, pelos colegas. Mas houve um questionamento por parte dos pais para que fosse um momento de acolhida um pouco mais amplo já que algumas famílias não comungam dessa religião, que seria basicamente cristã”, conta Rosimara, que está à frente da escola há seis anos.
O caso foi parar na Ouvidoria da Secretaria de Educação do Distrito Federal. Para a radialista Eliane Carvalho, integrante da Associação de Pais e Mestres do colégio, a escola está ultrapassando os limites permitidos pela legislação. Ela e outros pais que protestam contra essas atividades se apoiam no princípio constitucional da laicidade para pedir que práticas de cunho religioso fiquem de fora do ambiente escolar. Além do momento da acolhida, ela conta que notou outros sinais de violação, a partir de informações que o filho de 4 anos levava para casa.
“Não posso dizer que existem dentro da sala de aula práticas religiosas. Mas meu filho não aprendeu em casa a orar em nome de Jesus. Um dia ele me disse que o telefone para falar com Jesus era dobrar o joelho no chão”, relata Eliane que acredita que a prática serve apenas para “arrebanhar fiéis”.
Em resposta à denúncia, um grupo maior de pais organizou um abaixo-assinado a favor da escola e da oração no início das aulas. Alguns alegam que a diretora está sendo perseguida por ser católica e atuante em grupos religiosos. “A forma como eles [professores e direção] estão atuando não é nada abusiva ou direcionada a uma crença específica. Eles colocam a palavra de Deus, como entidade superior, e agradecem à família. São só coisas boas, frutos bons. Quem está incomodado é uma minoria”, defende Thiago Meirelles, que é católico e pai de um aluno.
Para Carolina Castro, mãe de outro estudante, a intenção da escola é positiva e busca a socialização. “Não acho que eles estejam tratando de religião em si, mas passando uma noção de agradecimento do que é precioso na vida. Não acho que isso seja ensino religioso”, diz.
Depois tantas reclamações, na última semana a reza foi substituída por cantigas de roda e outras atividades. “Aí, sim, parecia uma escola, antes parecia uma igreja. Como pai que tem a obrigação de dar uma orientação religiosa à filha, não posso permitir que haja divergência. O mais triste é que, apesar de essas pessoas dizerem que estão pregando o amor e o respeito, elas não têm respeito nenhum pela minha liberdade de que não haja essa interferência [religiosa]”, diz Mafá Nogueira, pai de uma aluna.
Para resolver o problema, a escola vai convocar reuniões com pais, professores, funcionários e representantes da Secretaria de Educação. Já a Secretaria de Educação do Distrito Federal informou que desconhece problemas semelhantes em outras escolas da rede e reiterou que orienta as unidades a seguir a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), que veda qualquer prática proselitista no ambiente escolar.
Fonte: Gospelprime

Se os homossexuais querem respeito precisam respeitar a opinião dos outros, afirma Marcelo Crivella no Senado

Se os homossexuais querem respeito precisam respeitar a opinião dos outros, afirma Marcelo Crivella no SenadoO Senador evangélico Marcelo Crivella lamentou ao outdoor Bíblico na Igreja Casa de Oração em Ribeirão Preto, São Paulo. Em seu discurso no plenário do Senado nesta segunda-feira o Bispo licenciado da Igreja Universal citou versículos bíblicos que condenam a homossexualidade e classificou a atitude como “de maneira arrogante e antidemocrática” e “atentado à liberdade de expressão e de religião”.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Isso aqui é a Bíblia, isso aqui é a palavra de Deus. Isso aqui é o primeiro livro impresso nas prensas de Gutemberg e o mais lido nas civilizações ocidentais de origem cristã. Isso não pode ser censurado. Esse país iniciou-se com uma missa. Esse país começou com princípios cristãos, de família, com a Bíblia aberta nos lares. E nós não podemos abrir mão de que essa palavra seja pregada. Eu não estou fazendo nada mais do que citar a Bíblia.
A Agência Senado ainda afirmou que “Marcelo Crivella argumentou também que, se os homossexuais querem respeito, precisam respeitar também a opinião de quem discorda deles. E enfatizou que a decisão do Supremo Tribunal Federal de reconhecer a união entre pessoas do mesmo sexo não autorizou a censura à Bíblia nem o cerceamento da liberdade de pensamento no país”.
Em um artigo publicado recentemente na Folha de São Paulo, Crivella também reclamou do próprio jornal devido a uma reportagem fazendo denúncia contra militares. O Senador também criticou a imprensa em geral por ter “vício de denuncismo”.



Fonte: Gospel+

Acre é o Estado mais evangélico pentecostal; Sergipe é o menor

A população da Acre é a mais evangélica pentecostal do país, com 24,18% do total. Em Rio Branco, a capital, a proporção é de 28,43%

Em segundo lugar, na relação de Estados, vem Rondônia, com 19,95%, seguido por Pará (19,41%) e Amapá (19,01%). São Paulo ficou em 13º lugar, com 14,62%, e o Rio de Janeiro em 15º, com 14,18%. Esses dados são do Novo Mapa das Religiões elaborado pela Fundação Getúlio Vargas com dados de 2009 da POF (Pesquisa de Orçamento Familiar), do IBGE.

Os fiéis das pentecostais representaram naquele ano 12,76% da população. As igrejas pentecostais são as que mais têm se expandido. O pesquisador Marcelo Néri, o responsável pelo mapa, disse que a Assembleia de Deus já é a segunda maior igreja do Brasil, abaixo da Católica.

Os evangélicos -- pentecostais e de outras denominações -- subiram de 17,9% em 2003 para 20,2% em 2009. Eles são representativos principalmente nas classes D e E, afirmou Néri.

Ranking dos mais evangélicos pentecostais

Estados

1 - Acre: 24,18%
2 - Rondônia: 19,75%
3 - Pará: 19,41%
4 - Amapá: 19,01%
5 - Distrito Federal: 18,87%
6 - Roraima: 18,28%
7 - Goiás: 15,65%
8 - Mato Grosso do Sul: 15,52%
9 - Tocantins: 15,51%
10 - Espírito Santo: 15,09%
11 - Amazonas: 15,09%
12 - Mato Grosso: 14,95%
13 - São Paulo: 14,62%
14 - Paraná: 14,48%
15 - Rio de Janeiro: 14,18%
16 - Pernambuco: 12,24%
17 - Minas Gerais: 11,63%
18 - Maranhão: 11,58%
19 - Rio Grande do Norte: 11,34%
20 - Rio Grande do Sul: 9.78%
21 - Santa Catarina: 9,18%
22 - Ceará: 9,17%
23 - Alagoas: 8,63%
24 - Bahia: 8,44%
25 - Paraíba: 7,80%
26 - Piauí: 6,18%
27 - Sergipe: 4,75%

Região metropolitana (só a periferia da capital)

1 - Belo Horizonte: 24,48%
2 - Curitiba: 24,21%
3 - Salvador: 24,02%
4 - Rio de Janeiro: 20,25%
5 - Belém: 20,05%
6 - Recife: 16,95%
7 - São Paulo: 16,19%
8 - Porto Alegre: 12,69%
9 - Fortaleza: 10,45%

Capitais

1 - Rio Branco (AC): 28,43%
2 - Belém (PA): 22,99%
3 - Boa Vista (RR): 21,21%
4 - Porto Velho (RO): 19,02%
5 - Brasília (DF): 18,82%
6 - Macapá (AP): 18,38%
7 - Palmas (TO): 17,44%
8 - Campo Grande (MS): 17,18%
9 - Curitiba (PR): 16,07%
10 - Manaus (AM): 15,30%
11 - Goiânia (GO): 14,91%
12 - Belo Horizonte (MG): 13,44%
13 - São Luís (MA): 13,11%
14 - Cuiabá (MT): 13,04%
15 - Natal (RN): 12,18%
16 - Maceió (AL): 11,84%
17 - Fortaleza (CE): 11,56%
18 - João Pessoa (PB): 11,01%
19 - Rio de Janeiro (RJ): 10,95%
20 - São Paulo (SP): 10,67%
21 - Recife (PE): 10,36%
22 - Salvador (BA): 10,01%
23 - Vitória (ES): 8,42%
24 - Porto Alegre ( RS): 8,03%
25 - Florianópolis (SC): 6,81%
26 - Teresina (PI): 5,90%
27 - Aracaju (SE): 4,18%

Fonte: Paulopes

Proporção de católicos volta a cair no Brasil; crescem evangélicos e ateus

A Igreja Católica voltou a perder adeptos no Brasil, enquanto cresceu a quantidade de evangélicos e de pessoas que se declaram sem religião, aponta estudo publicado nesta terça-feira pelo Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas.

Segundo o Novo Mapa das Religiões, coordenado pelo pesquisador Marcelo Néri, os católicos passaram de 73,8% da população em 2003 para 68,4% em 2009 - uma queda de 5,4 pontos percentuais.

Ao mesmo tempo, os evangélicos passaram a representar 20,2% da população, contra 17,9% em 2003. O grupo dos “sem religião” (ateus e agnósticos), que era de 5,1% em 2003, subiu para 6,7% em 2009.

O levantamento foi feito a partir de dados de mais de 200 mil entrevistas da Pesquisa de Orçamento Familiar (POF), do IBGE.

A queda na participação dos católicos na população vem sendo lenta, porém constante, desde o início do século passado, mas havia se mantido estável na medição anterior da FGV, entre 2000 e 2003.

“Chegamos em 2009 ao menor nível de adeptos ao catolicismo na nossa história estatisticamente documentada”, diz o estudo. “Observamos a queda na proporção de católicos em todas as faixas etárias. Essa mudança foi menor para os grupos com idade mais avançada e maior entre os jovens.”

Tal redução abriu espaço tanto para ateus e agnósticos como para outras crenças.

“A (igreja evangélica) Assembleia de Deus já é a segunda maior igreja do Brasil (em número de adeptos), com grande importância nas classes D e E”, explicou Marcelo Néri à BBC Brasil. “E a crença espírita já é a segunda maior na classe AB.”

No caso dos evangélicos, o crescimento relativo de adeptos se dá em todas as faixas etárias, embora de maneira mais pronunciada entre os jovens.

Na emergente classe C, os evangélicos representam 21,5% da população – mais do que a média nacional (20,2%).

Religião e renda
O catolicismo é a religião é mais presente nos níveis extremos do espectro de renda (72,7% na classe E e 69% na AB), enquanto as crenças evangélicas pentecostais se popularizam nos níveis intermediários inferiores da distribuição de renda (representa 15,3% na classe D). Os evangélicos tradicionais estão concentrados na faixa AB (8,35%) e C (8,7%).

No que diz respeito à divisão geográfica, a maior concentração de católicos é nos Estados do Nordeste brasileiro - no Piauí, 87,9% da população é católica, contra 68,4% da média nacional.

“Os dados demonstram claramente que a velha pobreza brasileira (como áreas rurais do Nordeste, mais assistidas por programas sociais) continua católica, enquanto a nova pobreza (como a periferia dessasistida das grandes cidades) estaria migrando para as novas igrejas pentecostais e para os segmentos sem religião”, diz o estudo da FGV.

Ao mesmo tempo, porém, a renda familiar per capita dos evangélicos é 6,9% inferior à dos católicos - justamente pelo fato de o catolicismo ainda ter presença relevante na elite econômica brasileira.

Com relação aos gêneros, as mulheres brasileiras, ao mesmo tempo em que são mais religiosas do que os homens, hoje são menos católicas: entre os que possuem religião, 75,3% dos homens são católicos; entre as mulheres, esse índice cai para 71,3%.

“Enquanto os homens abandonaram as crenças, as mulheres trocaram de crença, preservando mais do que eles a religiosidade”, diz a pesquisa.

Religiões no Brasil

- Os católicos passaram de 73,8% da população em 2003 para 68,4% em 2009
- Os evangélicos passaram de 17,9% em 2003 para 20,2% em 2009
- Os sem religião passaram de 5,1% em 2003 para 6,7% em 2009

Fonte: BBC Brasil