segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Igrejas no Uzbequistão sofrem restrições


Igrejas no Uzbequistão sofrem restrições
Autoridades no leste do Uzbequistão têm alertado as igrejas locais que permitiram mais que jovens e crianças assistam os cultos e que atividades missionárias e evangelização serão consideradas atividades de “proselitismo”, segundo informações de cristãos e ativistas locais.

A notícia surgiu na quinta-feira, 8 de dezembro, depois que o Chefe Adjunto de Administração, Saidbrahim Saynazirov falou com os líderes de igreja da cidade de Angren, que fica a leste da capital do Uzbequistão, Tashkent.

Saidbrahim teria se reunido com os líderes da Igreja Católica, Igreja Ortodoxa Russa, Presbiteriana, Adventista e Batista, mas ele não conversou com os representantes das igrejas que não são registradas pelo Estado, disseram observadores.

“Todas as atividades não registradas pelo governo são consideradas uma ofensa criminal, fato que se torna um grande desafio para a Comunidade Internacional de Direitos Humanos para resolver”, explicou um grupo de defesa que tem acompanhado o caso de perto.

Saidbrahim supostamente exigiu dos líderes cristãos uma lista com o nome de todos os seus membros, atitude semelhante que fazia parte de um dos métodos de controle na extinta União Soviética.

Os líderes das igrejas se recusaram a entregar as listas com os nomes dos membros de suas congregações, com medo de que as autoridades pudessem utilizar os dados das pessoas para pressioná-las para desistir de sua fé.


Fonte: Portas Abertas

Voltando de um culto, adolescente cristão é morto com a bíblia na mão

Voltando de um culto, adolescente cristão é morto com a bíblia na mão
Um adolescente cristão de 17 anos foi assassinado com quatro tiros quando voltava de um culto, na região metropolitana de Belém-PA. O nome do adolescente não foi divulgado obedecendo às normas do Estatuto da Criança e do Adolescente. Ele estava com a Bíblia na mão quando seu corpo foi encontrado.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Segundo o Diário do Pará, o jovem estava de bicicleta, e foi atingido por 4 tiros na cabeça. Os vizinhos afirmaram não ter visto quem executou o garoto: “Só quando passou um bom tempo é que saí para olhar pela janela e vi a bicicleta caída e um vulto de um homem ao lado” disse um morador do bairro em que o jovem morava com a família.
A mãe do adolescente estava inconsolável e acusava aos gritos uma mulher chamada Dalva, de ser a mandante do crime. A delegada responsável pelo caso, Cláudia Renata, está investigando o caso, e as informações por enquanto são bastante confusas. Moradores afirmaram que a suspeita estaria mandando matar possíveis responsáveis pela morte de seu marido. Outras informações especulam que ela teria mandado matar o garoto porque um namorado dela havia sido preso após denúncias da vítima.
Um vizinho contou que o jovem era integrante de uma banda local chamada “Voou”, porém havia abandonado a carreira e estaria frequentando uma igreja evangélica há dois meses. A mãe do adolescente confirmou o relato enquanto lamentava a morte do unigênito: “Ele estava na igreja e já estava falando a língua dos anjos”.

VIA GRITOS DE ALERTA
INF. G+

Liderança evangélica se reúne com o Governo do RS amanhã

Liderança evangélica se reúne com o Governo do RS amanhã
Proposto pelo Governo de Tarso Genro, representantes da liderança evangélica do Rio Grande do Sul, participam de um almoço com o governador, nessa terça-feira, 13 de dezembro.

A iniciativa faz parte do estabelecimento de um novo canal direto de comunicação entre os evangélicos e as autoridades governamentais.

O almoço será realizado dia 13 de dezembro no centro de eventos 'Casa do Gaúcho', dentro do Parque Maurício Sirotsky Sobrinho (Parque da Harmonia).

No encontro, o pastor Joel Engel irá apresentar ao governador o trabalho que realiza há mais de 30 anos com viciados em drogas. Ele pede que 'salvar esta geração do vício' seja prioridade das autoridades.

Com o tempo na luta pela recuperação de viciados, Engel adquiriu experiência e sabe como o trabalho deve ser conduzido. "O inimigo é grande e necessitamos unir nossas forças (governo e igreja) para combatê-lo ... Quero que todos conheçam o poder da unção para tirar o jovem do vício”, afirma o pastor.

Conheça mais do trabalho do pastor Joel Engel na luta contra as drogas

"Eu, Joel Engel, estou hoje orando pelo Governo de nosso estado (RS) em especial porque Deus ordena em 1 Tm 2: 1 a 8 que nós, os Apóstolos, devemos orar por nossos governantes e autoridades e também porque nosso Governador Tarso Genro foi escolhido por Deus para este tempo e foi ungido para governar.

Também porque ele é o governador que mais deu abertura se aproximou do povo evangélico até os dias de hoje, e devemos honrar aquele que merece ser honrado (Rm 13:)

Meu desejo é que se cumpra 1 Tm 2: ... que todos os homens se salvem e venham ao conhecimento da Verdade. Porque há um só DEUS, e um só mediador entre Deus e os homens, JESUS CRISTO, homem, o qual se deu á si mesmo em preço de redenção por todos, para servir de testemunho a seu tempo."

Fonte: Assessoria

CARTÕES DE VISITA - OS MELHORES PREÇOS VOCÊ ENCONTRA NO PORTAL DOS BRINDES

Recentes acusações de abuso sexual de crianças em Hollywood são apenas a ponta do iceberg, dizem os especialistas

Allison Arngrim (esquerda) estrelou a série “Os Pioneiros”. Ela afirma que boatos sobre abusos sexuais sofridos por Corey Feldman e Corey Haim (direita) quando eram estrelas mirins eram comuns nas décadas de 80 e 90.
NBC / Warner Bros

Se a recente enxurrada de acusações for provada, Hollywood pode ter em mãos uma horrível epidemia. Nas duas últimas semanas houve três notícias diferentes de acusações de abuso sexual na indústria de entretenimento.

Em 1º de dezembro, Martin Weiss, um agente empresarial hollywoodiano de 47 anos e representante de atores mirins, foi acusado do abuso sexual de um ex-cliente. Seu acusador, que era menor de 12 anos na época do suposto abuso, relatou às autoridades que Weiss havia dito que “o que eles estavam fazendo era prática comum na indústria do entretenimento”. Weiss foi declarado inocente.

Em 21 de novembro, Fernando Rivas, de 59 anos, compositor premiado pela série “Vila Sésamo”, foi processado por coagir uma criança a “adotar condutas sexualmente explícitas” na Carolina do Sul. O compositor, formado pelo conservatório de Juillard, também foi acusado de produção e distribuição de pornografia infantil.

Jason James Murphy, de 35 anos, registrado na base de dados de criminosos sexuais da Califórnia, trabalhou como assistente de seleção de elenco em Hollywood durante anos, até que foi revelado no jornal Los Angeles Times de 17 de novembro que no passado ele havia sequestrado e abusado de um garoto. Seu currículo inclui ter convocado jovens atores para filmes de censura livre como “Sujou... Chegaram Os Bears”, “Escola de Rock”, “Doze É Demais 2” e para o remake de “Os Três Patetas”, ainda não lançado.

Revelações desse tipo não são novidade para o ex-astro mirim Corey Feldman.

Hoje com 40 anos, ele próprio sobrevivente de abuso sexual na infância, alertou o mundo enfaticamente em agosto deste ano sobre os pedófilos que são atraídos pela indústria do entretenimento. “Posso dizer que o problema número um de Hollywood foi e sempre vai ser a pedofilia”, disse Feldman ao noticiário Nightline da emissora ABC. “Esse é o maior problema para as crianças nessa indústria... É o grande segredo”.

Outro astro mirim do passado concorda que Hollywood tem um problema de longa data com a pedofilia. “Quando eu vi aquela entrevista, me veio à mente uma série de nomes e rostos da minha história”, disse à FOXNews.com Paul Peterson, hoje com 66 anos, ex-astro da série de comédia The Donna Reed Show, famosa nas décadas de 50 e 60, e atual presidente da organização A Minor Consideration. “Alguns deles, que eu conheço muito bem, ainda estão lá”.

“Isso vem acontecendo há muito tempo” concorda a ex-estrela de “Os Pioneiros” Alison Arngrim. “O boato corria na década de 80. As pessoas diziam, ‘Ah, os Coreys, todo mundo já pegou’. Falavam sobre isso como se não fosse nada demais”.

Arngrim, hoje com 49 anos, se referia a Feldman e seu parceiro de cena em “Os Garotos Perdidos”, Corey Haim, que morreu em março de 2010 depois de anos de abuso de drogas.

“Eu ouvi literalmente que eles eram ‘rodados’”, afirma Arngrim. “O boato era que lhes davam drogas e faziam sexo com eles. Era horrível. Esses garotos não tinham nem 18 anos. Havia todo tipo de estória sobre todo mundo, até os seus ditos ‘responsáveis’, abusando sexualmente deles e corrompendo-os de todas as formas possíveis".

Realmente, é a própria natureza da TV e do cinema que atrai predadores, afirmam os especialistas.

“Um set em Hollywood com crianças pode se tornar um atrativo para pedófilos, porque as crianças costumam ser vulneráveis e menos predispostas”, explica a psicoterapeuta de Beverly Hills Dra. Jenn Berman. “Se há uma coisa que sabemos sobre atores, psicologicamente falando, é que são pessoas que gostam de muita atenção. As crianças naturalmente gostam de muita atenção, e quando se coloca uma criança em um set de filmagem sem supervisão para receber a atenção de alguém poderoso, isso cria uma propensão para uma situação muito perigosa”.

Feldman, que relatou estar “cercado” de pedófilos quando tinha 14 anos, afirma que o abuso sexual por um “magnata hollywoodiano” anônimo levou à morte seu amigo Haim aos 38 anos. “Essa pessoa precisa ser exposta, mas infelizmente eu não posso ser quem vai fazê-lo”, disse Feldman ao Nightline.

“Há muito mais do que uma pessoa para culpar”, afirma Arngrim. “Tenho certeza que não foi uma pessoa só que abusou de Corey Haim, e tenho certeza que não era somente ele e Corey Feldman que sabiam sobre isso. Tenho certeza de que dezenas de pessoas estavam cientes da situação e preferiram ficar caladas”.

Arngrim, que também é diretora e porta-voz nacional da protect.org, uma organização que trabalha para proteger crianças de abuso físico, sexual e emocional, declara que a ganância de Hollywood permite que os predadores prosperem. “Ninguém quer parar o trem da alegria", afirma Arngrim. “Se um ator mirim for abusado sexualmente por alguém da equipe, será que a família, os agentes e os gerentes (que estão recebendo o dinheiro) vão dizer ‘Ok, vamos registrar ocorrência?’ Não, porque isso irá paralisar toda a produção, e cancelar todos os pagamentos. Ou seja, a pressão é para não dizer nada”.

“É quase um sacrifício voluntário para o qual muitos pais não atentam; em que tipo de ambiente eles acham que estão colocando seus filhos?” afirma Peterson. “O ‘teste do sofá’ é real, e às vezes uma simples entrevista leva as pessoas a tomarem medidas desesperadas”.

Arngrim, que revelou o próprio abuso sexual em sua autobiografia de 2010, Confessions of a Prairie Bitch (Confissões de uma Prostituta dos Pioneiros), explica: “Escutei vítimas de todo o país. Todos contam a mesma história, a todos mandam guardar segredo, todos são ameaçados com algo. Corey Feldman pode ter aberto uma caixa de marimbondos ao revelar sua história, mas, sim, isso ainda continua”.

Mesmo que Feldman tenha sido sincero sobre o abuso, ele não deu o nome do predador. “As pessoas não querem falar sobre isso porque temem por suas carreiras”, afirma Peterson. “Do meu ponto de vista, o que Corey fez foi muito corajoso. Seria maravilhoso se suas alegações penetrassem todas camadas de proteção e identificassem os reais envolvidos nessa rede internacional de pornografia infantil, porque ela é enorme e não respeita fronteiras, assim como não respeita a idade da criança envolvida”.

Traduzido por: Luis Gustavo Gentil
Título original: Recent Charges of Sexual Abuse of Children in Hollywood Just Tip of Iceberg, Experts Say
Fonte em português: www.juliosevero.com

MEDITAÇÃO DO DIA


Iniciativa



O que as suas mãos tiverem que fazer, que o façam com toda a sua força. Eclesiastes 9:10


Você já escutou que há três tipos de pessoas: as que fazem as coisas acontecer, as que veem as coisas acontecer e aquelas que perguntam: O que aconteceu? A maioria das pessoas está no segundo e terceiro grupos. Essas apenas observam e são curiosas.


Diante daquilo que precisa ser feito, podemos reagir de três maneiras diferentes: “Espero, pergunto ou faço?” Segundo o velho ditado que diz: “É mais fácil conseguir perdão do que permissão”, parta para a ação.


Uma definição de iniciativa é: “Fazer o que precisa ser feito, mesmo sem ser solicitado”. A Bíblia contém inúmeros exemplos de pessoas que fizeram acontecer porque tomaram a iniciativa. Os amigos do paralítico furaram o teto da casa e o desceram diante de Jesus. Maria tomou a iniciativa de presentear Jesus com o vaso de alabastro. As mães tomaram a iniciativa de levar as crianças até Jesus. Outro grupo teve a iniciativa de colocar Paulo dentro de um cesto, descendo-o pelo muro de Damasco, o que lhe salvou a vida.


Se você é daqueles que dizem: “Só faço se tiver certeza de que vai dar certo”, está fazendo parte do time da inércia. Se estiver entre aqueles para quem tudo precisa estar “enlatado”, sob medida, também está votando pela inação.


Os versos de Geraldo Vandré são um empurrão para aqueles que precisam de iniciativa: “Vem, vamos embora que esperar não é saber. / Quem sabe faz a hora, não espera acontecer.” É isso mesmo, chega um momento em que você precisa parar de planejar, lançar fora a dúvida, pular dentro do barco e começar a remar. “É mesmo mais desculpável tomar uma decisão errada, às vezes, do que ficar sempre a vacilar, hesitando ora para uma, ora para outra direção”


Michael Jordan, ao contar sua história desde o tempo em que foi aluno universitário até chegar à NBA (Liga de Basquetebol dos Estados Unidos), disse: “Sempre acreditei que, se trabalhasse com dedicação, os resultados viriam. Não costumo me empenhar em nada pela metade, pois sei que agindo assim só poderia esperar por meio resultado. É por isso que encarava os treinos com a mesma intensidade que os jogos.”


“Tudo o que você tiver que fazer faça o melhor que puder” (Ec 9:10, NTLH)


Que iniciativa você vai tomar hoje para tornar sua vida, sua casa, seu ambiente de trabalho mais alegres e cordiais?

Responsáveis por filme que mostra Jesus sendo esfaqueado na cruz são presos

Responsáveis por filme que mostra Jesus sendo esfaqueado na cruz são presosTrês homens foram presos em Mumbai, na Índia, acusados insulto a crenças religiosas. Segundo a Cathnews Índia eles foram acusados também de violar as leis cinematográficas do país.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
O diretor Ejaz Ahmed, o produtor Washim Sheik e o publicitário Jauhar KA foram presos por causa do filme “Kaun Waha hai?” (Quem está lá), o cartaz do filme mostra uma imagem de Jesus na cruz, sendo esfaqueado por um homem. O cartaz do filme trás também a frase: “Desta vez, o mal vai vencer”.
A publicidade do filme aumenta a polêmica transmitido mensagens como: “Espere uma verdade inesperada” e “Nós vamos dizer quem realmente é Jesus Cristo”, enquanto outras imagens mostram a cruz de Jesus de cabeça para baixo, sendo espancado com punhais.
Segundo a agência Fides entidades religiosas como o Foro Secular Católico (CSF), a Association of Concerned Catholucs (AOCC) e a CROSS exigem um castigo mais severo aos responsáveis pelo filme.
“É um filme que ofende a fé e os sentimentos dos cristãos e ajuda a espalhar o ódio contra os cristãos. A Igreja pediu a retirada das salas. Há muitas forças na Índia, que querem criar conflitos sociais, sob o fator religioso. A fé cristã muitas vezes é mostrada de uma maneira falsa e enganosa, depreciativa e incentiva o ódio. Não está claro quem está por trás do filme em questão, mas sabemos que existem elementos e as forças extremistas hindus estão dispersos na sociedade e na mídia “, disse o porta-voz da Conferência Episcopal da Índia, Babu Joseph.
A CSF, iniciou também uma petição que já conta com mais de 2.000 assinaturas de bispos, pastores, padres, ativistas, líderes de ONGs, exigindo que o filme seja proibido imediatamente.


Fonte: Gospel+

Igreja Vitória em Cristo, liderada pelo Pastor Silas Malafaia, abre filiais no sul do Brasil

Igreja Vitória em Cristo, liderada pelo Pastor Silas Malafaia, abre filiais no sul do BrasilApós a construção do templo da Assembléia de Deus Vitória em Cristo em Curitiba-PR (foto), foram iniciadas as obras para a inauguração de mais duas igrejas, dessa vez em Santa Catarina. A filial de Mafra, dirigida pelo pastor Marcelo Graça, e a de Joinville, pelo pastor Almir Arruda, já iniciaram seus cultos.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
O objetivo de alcançar o Sul do Brasil está se concretizando. As reuniões em Mafra (SC) ocorrem no segundo andar do prédio, onde está sendo reformado o templo da ADVEC, todas às quartas e sextas-feiras, às 20h, e aos domingos, às 18h30.
Constituída há apenas um mês, a filial de Mafra conta com cerca de 35 congregados. As obras de edificação do templo iniciam até o final de julho.
Os trabalhos em Joinville (SC) começaram no dia 15 de maio, no espaço cedido por um clube. São quase 50 pessoas por culto. Aos domingos, a Escola Bíblica Dominical acontece às 9h, e o culto às 19h.
Durante a semana são realizados o Culto da Palavra, às segundas-feiras, às 19h30, e o Culto da Vitória, às quartas-feiras, no mesmo horário. A estrutura do templo está em construção no bairro Bucarein. A ADVEC Mafra situa-se à rua Gustavo Friedrich, s/n, no bairro Vila Nova, em frente ao Lar dos Velhinhos.
A Assembléia de Deus Vitória em Cristo em Joinville funciona, temporariamente, no salão da M4 Festas e Eventos, na Avenida Getúlio Vargas, 653, bairro Bucarein.

Fonte: AD Vitória em Cristo

Igreja Luterana cria “culto tecno” para atrair jovens

Igreja Luterana cria “culto tecno” para atrair jovensA Igreja Luterana da cidade de Estocolmo, na Suécia, criou uma nova opção para as noites de sexta feira. O projeto que tenta atrair os jovens é um “culto tecno” onde o público pode curtir música eletrônica antes de ouvir o sermão do pastor.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Segundo o G1 a idéia par o projeto foi do reverendo Olle Idestrom, líder da Igreja de Todos os Santos (apesar do nome, a igreja não tem ligação nenhuma com a fé mórmon), que deseja fazer com que o público jovem seja atraído para dentro da igreja.
O “culto tecno” da Igreja Luterana que acontece todas as sextas feiras tem um ambiente muito parecido com boates e danceterias. Varias igrejas no Brasil também já adotaram os “cultos tecnos” para atrair o público jovem e apresentar a palavra de Deus tornando essa prática também bastante comum no nosso país.

VIA GRITOS DE ALERTA
INF. G+

Pastor pede que fiéis façam sexo 7 dias por semana

O pastor de uma igreja de Dallas, no Estado americano do Texas, desafiou seus fiéis a ter relações sexuais sete vezes por semana. Porém, a regra só se aplica a pessoas casadas, informa o diário online Metro.

O referendo Ed Young defendeu sua idéia dizendo que a sociedade incentiva o sexo promíscuo e não nas relações conjugais.

Young, 47 anos, que comanda uma igreja com 20 mil fiéis, disse que "o sexo deve ser um estímulo, um ato que reforça a união espiritual". Segundo ele, "Deus diz que o sexo deve acontecer entre um homem e uma mulher casados".

Fonte: JB Online

PRESENTINHO E FINAL DE ANO

Além do pacote de R$ 386 milhões, Câmara ainda negocia passivo de R$ 200 milhões com servidores (Foto: Castro Júnior/Agência Câmara)
Além do pacote de R$ 386 milhões, Câmara ainda
negocia passivo de R$ 200 milhões com servidores
(Foto: Castro Júnior/Agência Câmara)

A Câmara dos Deputados deve aprovar nesta quarta-feira (9) um "pacote de bondades" para servidores, que inclui reajuste para concursados e comissionados, aumento da verba de gabinete e criação de cargos. Com as medidas, a despesa extra para o orçamento da Casa é estimada em R$ 386 milhões por ano.

Desse montante, a maior parte, R$ 320 milhões, irá custear um novo plano de carreira, com aumentos que variam de 10% a 39% a funcionários efetivos, que passaram por concurso, e comissionados, que ocupam cargo por indicação política. O maior reajuste será para servidores de nível médio. O primeiro secretário da Casa, deputado Eduardo Gomes (PSDB-TO), responsável pela administração interna, diz que o aumento é necessário para não perder os funcionários.

"Cerca de 40% das pessoas que passaram no último concurso da Câmara não assumiram os cargos porque passaram em outros concursos com salários maiores. Temos carreiras com salário inicial muito defasado em relação aos outros poderes. A gente acaba perdendo os funcionários", disse.

De acordo com o deputado, também deve ser aprovada nesta semana proposta de aumento da verba de gabinete, com impacto anual de R$ 56 milhões. Atualmente em R$ 60 mil mensais, a verba poderá chegar a R$ 90 mil. "Ainda não fechamos os valores, pode passar a R$ 70 mil, R$ 80 mil ou R$ 90 mil. Estamos negociando", disse Gomes. O objetivo é reajustar os salários dos assessores pessoais dos deputados, lotados no gabinete, que são pagos com essa verba.

Além de reajustar as remunerações, a Câmara criará entre 60 e 70 cargos temporários para o PSD, partido criado neste ano pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, e que já tem a terceira maior bancada da Casa, com 55 deputados. O impacto ao orçamento será de R$ 10 milhões anuais até a próxima legislatura.

Passivo
Os parlamentares também estudam como solucionar um "passivo" de R$ 200 milhões a ser pago aos funcionários de carreira. A dívida foi contraída por conta de uma lei que vincula o salário dos servidores ao dos deputados, que tiveram aumento de 61% em dezembro de 2010. Atualmente o salário de um deputado federal é de R$ 26,7 mil, fora benefícios.

Segundo Eduardo Gomes, a Câmara deve deixar a discussão sobre esse "passivo" para 2012. "Tem gente que analisa que a demanda por esses R$ 200 milhões pode ser absolvida pela aprovação do plano de carreira. Assim, o passivo seria analisado depois".

O presidente da Câmara, Marco Maia, defende a desvinculação do salário dos servidores ao dos deputados e diz que está "discutindo" uma solução. A modificação está prevista no projeto que cria o plano de carreira.

Deputado Eduardo Gomes (PSDB-TO), que administra Câmara, diz que há ambiente a favor para aprovar pacote (Foto: Beto Oliveira/Agência Câmara)"O reajuste dos servidores da Câmara é legal, eles têm direito. Nós, desde o ano passado, não concedemos o reajuste porque entendemos que não é justo ter uma vinculação direta com os salários dos deputados. Agora, nós temos que mudar isso", afirmou Maia.

Deputado Eduardo Gomes (PSDB-TO) diz que "tem
ambiente" para votar pacote de bondades
(Foto: Beto Oliveira/Agência Câmara)

Clima para aprovar
O primeiro secretário da Câmara afirmou que as negociações estão "avançadas" e que há "clima" para aprovar o pacote. "Tem ambiente para votar. Quem vê de fora tem uma visão de que é uma providência recente, de última hora e fica com a ideia de um 'pacote de natal'. Mas é uma questão antiga, faz um ano que estamos segurando isso", argumentou.

Eduardo Gomes criticou a pressão do governo federal para que não sejam incluídos reajustes salariais no Orçamento de 2012. "O governo cria cargos no Executivo e fala em política de incentivo ao consumo. Uma forma de gerar consumo é aumentar o poder aquisitivo dos funcionários", disse.

O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), afirma que a Casa já contribuiu com a política de contenção de gastos através de orçamentos "austeros" nos últimos anos. "O Poder Legislativo tem orçamento próprio e, em todos os anos, a Câmara devolve dinheiro [não gasto] ao Tesouro Nacional. A minha avaliação é que a Câmara fez contenção de gastos e teve austeridade", disse Vaccarezza.


Outras votações
Além do "pacote de bondades", os deputados pretendem votar na próxima semana o projeto que cria Fundo de Previdência Complementar do Servidor Público da União (Funpresp) e a chamada PEC da Música.

A votação do Funpresp deve ser iniciada na terça-feira (13). O objetivo do governo é aprovar a matéria no mesmo dia, mas o DEM já anunciou que irá obstruir a votação porque o presidente da Câmara não aceitou colocar em pauta no início de 2012 a PEC 300, que estabelece um piso salarial nacional para bombeiros e policiais militares.

O Funpresp prevê para o funcionalismo público aposentadoria até o teto do INSS, que atualmente é de R$ 3,6 mil. Para receber mais, o servidor deverá contribuir para o fundo, que lhe pagará uma aposentadoria extra a partir de 35 anos de contribuição. A finalidade do projeto é reduzir o deficit da Previdência.

Pelo projeto, o governo fará um aporte neste fundo de 7,5% sobre o salário que exceder o teto de benefícios do Regime Geral da Previdência Social (RGPS), cujo valor atual é de R$ 2.894,28. Parte dos deputados defende uma alíquota de até 8,5%, mas o líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza, diz que a tendência é o Congresso é aprovar uma contribuição de 8%. O servidor pagaria 7,5% sobre o excedente mais 11% do próprio teto.

Matéria de consenso, a PEC da Música deverá ser votada em 2º turno entre terça (13) e quarta (14). A proposta concede isenção de impostos para a produção de CDs e DVDs com obras de artistas brasileiros. Segundo Vaccarezza, no dia da votação, artistas de todo o país farão apresentações de música em diferentes pontos da Câmara.

A base aliada planeja ainda votar na semana que vem uma PEC que transfere da União para o Distrito Federal a responsabilidade de organizar e manter a Defensoria Pública do Distrito Federal.

Se for concluída a votação do Funpresp na terça, o governo poderá colocar a Lei Geral da Copa na pauta de quarta do plenário. A proposta atende exigências da Fifa para realização no evento no Brasil, dando poder à entidade para fixar preço dos ingressos, ter exclusividade no uso das marcas associadas e regular a transmissão dos jogos. A avaliação dos líderes da base, porém, é de que será "difícil" votar a proposta ainda neste ano.

O presidente da Câmara, Marco Maia, também já adiantou que a Casa não votará o projeto que altera o Código Florestal em 2011. "Não teremos tempo hábil para votar o Código Florestal antes do início do recesso. É difícil. Qualquer pessoa que olhar para a pauta da Câmara, olhar para as medidas provisórias e olhar para o Funpresp, vai entender que dificilmente votaremos o Código neste ano", disse. A proposta foi aprovada pelo Senado no início deste mês e, depois da Câmara, segue para sanção.

CÂMARA / G1
VIA GRITOS DE ALERTA