terça-feira, 27 de março de 2012

CARAPICUIBA É DO SENHOR JESUS .

Prefeitura inaugura portal com a frase “Carapicuíba é do Senhor Jesus” e gera polêmica
Para comemorar os 47 anos de emancipação da cidade de Carapicuíba, São Paulo, a prefeitura inaugurou um portal com a inscrição “Carapicuíba é do Senhor Jesus”, frase que gerou muita polêmica entre os moradores.
De um lado alguns consideram desnecessário fazer um portal só para declarar uma fé que não é a de todos naquela cidade, mas por outro lado muitas pessoas elogiaram a atitude da prefeitura.
“Eu moro na favela da Cohab I, faz três anos que moro aqui, onde consegui emprego, e para mim tudo melhorou. Eu gosto dessa frase sobre Jesus, porque abre as portas”, disse Meire Miranda, 32 anos, ao Mural da Folha de São Paulo.
Mas para Jorge Luís, 48 anos, a construção desse portal gerou expectativas na população que esperava por uma passarela de pedestres. “Eles preferem fazer propaganda religiosa que salvar vidas”, diz ele falando que no local onde o portal foi construído muitas pessoas já morreram atropeladas.
A inscrição está localizada na rua Consolação, que é a principal via de acesso aos viadutos que separam Carapicuíba de Barueri. Mas a prefeitura garante que não gastou dinheiro com o portal, pois ele foi patrocinado pela Marabraz.
E sobre a construção de uma passarela foi informado que é inviável realizar esse pedido dos moradores, uma vez que a linha de trem de carga do IBC (Instituto Brasileiro do Café) que passa ao longo da via.
Antes de se tornar independente o município de Carapicuíba pertencia a cidade de Barueri até que uma emancipação político-administrativa autorizou a separação das cidades.


VIA GRITOS DE ALERTA /
Com informações Folha de São Paulo/ Gospel Prime

Pastor Yousef Nadarkhani escreveu carta na prisão falando a todos os cristãos sobre as acusações do Irã contra ele. Leia na íntegra

Pastor Yousef Nadarkhani escreveu carta na prisão falando a todos os cristãos sobre as acusações do Irã contra ele. Leia na íntegra

Preso no Irã acusado de apostasia, o pastor Yousef Nadarkhani foi sentenciado à morte por enforcamento. Recentemente o Portas Abertas publicou uma carta escrita pelo pastor no dia em janeiro de 2011, poucos meses depois de receber o veredicto por escrito confirmando sua sentença de morte.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Na carta, Nadarkhani fala sobre perseverança e sobre o trabalho de levar o evangelho a todos. Falando também sobre conversão e sobre as escrituras o pastor citou Salmo 1:2, que diz: “Mas o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite”.
O pastor iraniano falou também de como Jesus se apresentou como modelo a ser seguido por todos e ressaltou a importância de “uma igreja baseada nos ensinamentos de nosso Senhor Jesus Cristo”.
Leia na íntegra a carta do pastor:
“Graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo”.
Portanto, tambem nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos foi proposta, tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé. Ele pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus. Hebreus 12:1-2.
Quando alguém compreende a revelação da verdade, essa pessoa estará disposto a compartilhá-la com outras pessoas e com as gerações futuras. Somos gratos às pessoas que, no passado, lutaram pela Verdade, que nos permitem ter acesso a esta gloriosa revelação de Jesus Cristo. Esses crentes entenderam a riqueza e a beleza da revelação, e estavam prontos para lutar a fim de passar adiante o fruto da revelação.
Como podemos dar frutos semelhantes para a vida eterna? Depende esolhas que fizermos. Primeiro temos que fechar os ouvidos para a voz das trevas, como está escrito no salmo primeiro: Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Salmo 1:1.
A segunda coisa é abrir os nossos ouvidos à voz do Espírito falando através da Palavra de Deus, como está escrito: Mas o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. Salmo 1:2.
O fruto da A comunhão com o Senhor através da Sua Palavra Vivificante é o que garante a estabilidade nesta vida e impacta a vida de outros gerando frutos eternos, como dizem as Escrituras: E ele será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, que dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará. Salmo 01:03.
“Um passo de fé”
Muitas pessoas admiram Jesus como um modelo único a ser seguido por gerações, muitos gostariam de imitá-lo. Jesus não veio para ser apenas admirado, mas nos trouxe um modelo perfeito a ser seguido. Se queremos ser como Ele, precisamos dar um passo de fé, como Pedro. Quando Pedro viu o seu Senhor andando sobre o mar furioso, ele pediu para ir ao encontro de Jesus sobre as águas. Então Jesus disse: “Vem!”.
Todos quanto escolheram seguir o Senhor, de alguma forma ouviram antes uma ordem D’ele, dizendo: “Vem!” Uma ordem que implica um passo de fé. Como é evidente nas Escrituras, aquilo que somos capazes de ver não é fé. A fé é bíblicamente definida como: “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem.”
Temos que dar um passo de fé “apesar das dificuldades” “, a fim de experimentar o poder de Deus. Mas precisamos lembrar que tudo deve ser feito de acordo com a Palavra de Deus. Pedro não experimentou a possibilidade de andar sobre as águas porque ele simplesmente decidiu abandonar o barco, mas por causa da Palavra, da Ordem do Senhor. A Palavra de Deus nos diz que “deveremos passar por dificuldades” e desonra por causa do Seu Nome. A nossa fé não será genuina se ignorarmos estas palavras, se não manifestarmos a paciência do Senhor em nossos sofrimentos. Qualquer um que ignora-las será envergonhado naquele dia.
É bom lembrar que muitas vezes o passo de fé nos coloca diante de algumas dificuldades. Assim como a Palavra levou os filhos de Israel a sair do Egito e os colocou diante de um obstaculo chamado Mar Vermelho. Essas dificuldade se colocam entre as promessas de Deus e cumprimento delas e servem para desafiar e fortalecer a nossa fé. Os crentes devem aceitar esses desafios como uma parte de sua caminhada espiritual. O Filho foi desafiado no Calvário, no caminho mais difícil, como está escrito nas Escrituras: “Durante os dias de vuda na terra, Jesus ofereceu orações e súplicas, em voz e com lágrimas, àquele que o podia salvar da morte, sendo ouvido por causa da sua reverente submissão; Embora sendo Filho, ele aprendeu a obedecer por meio daquilo que sofreu “. Hebreus 5:7-8.
O clamor “Eli, Eli, lamá sabactâni?” É suficiente para expressar os sofrimentos de nosso Senhor no Calvário. Por trás desse pedido de socorro, podemos identificar a grande fé que o levou a aceitar a vontade do Pai. Sim, Ele sabia que Deus não permitiria que “seu Santo sofresse decomposição”, e que, em três dias, ele ressuscitaria dentre os mortos. Além do poder da morte, o Senhor enxergou o poder da ressurreição vitoriosa.
Eu não preciso escrever mais nada sobre a base da fé. Lembremo-nos que indenpendente de momentos bons ou ruins, apenas três coisas permanecem: a Fé, a Esperança e o Amor. É importante para os cristãos se certificarem que tipo de fé, esperança e amor permanecerão. Somente o que recebemos de acordo com a Palavra permanecerá para sempre. Eu quero encoraja-lo a viver de forma digna do chamado da Santa Palavra. Permitam irmãos, vocês que são herdeiros da glória de Cristo, serem exemplos para outros, a fim de ser um testemunho do poder de Cristo para o mundo.
Peço-lhes que vivam segundo a Palavra de Deus, a fim de rejeitar as ações das trevas que geram dúvidas em seus corações. A verdadeira vitória que elimina as dúvidas, vem pelo ouvir a Palavra de Deus com fé.
Somente uma igreja baseada nos ensinamentos de nosso Senhor Jesus Cristo subexistirá, longe do auxilio e da proteção da Palavra de Deus o devorador o destrurá.
“Vamos dar um Testemunho Santo. ”
Seu irmão em Cristo,
Yousef Nadarkhani

VIA GRITOS DE ALERTA

islâmicos expulsam 90% dos cristãos de cidade da Síria

Militantes islâmicos expulsam 90% dos cristãos de cidade da Síria

A agência de notícias católica Fides, do Vaticano, denunciou em seu site que mercenários estão fazendo uma “limpeza étnica” na cidade síria de Homs. Cerca de 90% dos cristãos da cidade já foram expulsos e perderam as suas casas. Além da questão religiosa, a maioria dos cristãos apóia o atual líder do país, o presidente Bashar Assad, que defende a liberdade religiosa.
Essas informações foram dadas pela Igreja Ortodoxa, denominação cristã majoritária na Síria. Esse grupo de mercenários inclui sírios, líbios e iraquianos e atendem pelo nome de Brigada Faruq. Esse e outros grupos terroristas similares seriam financiados e armados, segundo as denúncias, pela CIA. Outras notícias dão conta que a brigada é ligada religiosamente à Al Qaeda.
Os militantes islâmicos armados já conseguiram expulsar 90% dos cristãos de Homs. O Vigário Apostólico Dom Giuseppe Nazzaro explica que “essas informações começam a quebrar o muro de silêncio até hoje construído pela imprensa em todo o mundo, numa situação em que estão crescendo os movimentos terroristas”.
Ele lembra ainda de alguns episódios recentes: “No domingo passado, um carro-bomba explodiu em Aleppo, nas proximidades da escola dos padres franciscanos. Por algum milagre foi evitado um massacre de crianças do centro de catequese da Igreja de São Boaventura: o franciscano responsável, percebendo o perigo, fez as crianças sair 15 minutos antes da hora habitual”.
Os cristãos que ainda permaneceram na cidade de Homs procuram levar conforto e ajuda humanitária a pessoas em estado de necessidade de extrema miséria, bem como a refugiados.
Enquanto as forças de oposição tentam livrar a síria de seu ditador e o país vive um clima de guerra civil, há constantes atos de violência, abusos e torturas, conforme mostra o relatório da ONG “Human Rights Watch”.
Segundo dados das Nações Unidas, nos últimos anos já morreram mais de oito mil pessoas, incluindo centenas de crianças, por causa da repressão do governo, que por sua vez acusa a grupos terroristas pelas mortes.
Dos 23 milhões de habitantes do país, apenas cerca de 10% são cristãos. A Igreja Ortodoxa Síria reúne cerca de 60% deles, os católicos são o segundo grupo mais numeroso.
Segundo fontes da igreja ortodoxa, os militantes foram de porta em porta em diversos bairros, obrigando os cristãos a fugir, sem ter a chance de pegar seus pertences. Um número não revelado de cristãos foi morto ao tentar resistir.
Já passou de um ano o início da revolta contra o regime sírio e, devido aos bombardeamentos na província de Homs, mais de 10 mil pessoas continuam buscando refúgio nos países vizinhos.
Segundo um pediatra do hospital de Damasco, na Síria, as crianças não são isentas de torturas e massacres. Recentemente, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) denunciou o assassinato de crianças muito pequenas e mulheres na aldeia de Karm el Zaitun, em Homs.
Traduzido e adaptado de Christian Post


Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/militantes-islamicos-expulsam-90-dos-cristaos-de-cidade-da-siria/#ixzz1qJaShpGD

QUAIS OS SINAIS DOS FINS DOS TEMPOS ?

Mateus 24:5-8 nos dá algumas indicações importantes para que possamos discernir a aproximação do fim dos tempos: “Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos. E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. Mas todas estas coisas são o princípio de dores.” Um aumento de falsos messias, um aumento de guerras e aumento em fomes, pragas, desastres naturais: estes são “sinais” do fim dos tempos. Mas mesmo nesta passagem, entretanto, estamos sendo advertidos. Não devemos nos deixar enganar (Mateus 24:4), pois estes acontecimentos são apenas o “princípio de dores” (Mateus 24:8), e o fim dos tempos ainda está por vir (Mateus 24:6).

Muitos intérpretes apontam cada terremoto, cada agitação política e cada ataque a Israel como um sinal preciso de que o fim dos tempos está rapidamente se aproximando. Mesmo sendo estes eventos sinais de que o fim dos tempos se aproxima, não são necessariamente indicadores de que o fim dos tempos já chegou. O Apóstolo Paulo avisou que os últimos dias trariam um notável aumento nos falsos ensinamentos. “Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios” (I Timóteo 4:1). Os últimos dias são descritos como “tempos perigosos” por causa do aumento do caráter maligno do homem e pessoas que ativamente “resistem à verdade” (II Timóteo 3:1-9; veja também II Tessalonicenses 2:3).

Outros possíveis sinais incluiriam a reconstrução de um templo judaico em Jerusalém, aumentada hostilidade para com Israel e avanços para um único governo mundial. O sinal mais importante do fim dos tempos, entretanto, é a nação de Israel. Em 1948, Israel foi reconhecido como um Estado soberano pela primeira vez desde 70 d.C. Deus prometeu a Abraão que sua posteridade possuiria Canaã como uma “perpétua possessão” (Gênesis 17:8), e Ezequiel profetizou uma ressurreição física e espiritual de Israel (Ezequiel 37). Ter Israel como nação em sua própria terra é importante à luz da profecia do fim dos tempos, por causa da distinção de Israel na escatologia (Daniel 10:14; 11:41; Apocalipse 11:8).

Tendo em mente estes sinais, podemos ser sábios e discernir em relação à expectativa do fim dos tempos. Não devemos, entretanto, interpretar qualquer destes eventos únicos como uma clara indicação da iminente chegada do fim dos tempos. Deus nos deu informações suficientes para que possamos estar preparados, mas não informação suficiente para que nos tornemos arrogantes.

VIA GRITOS DE ALERTA

teorias sobre a expiação , Quais são elas ?


 
Por todo o curso da história da igreja, várias opiniões ou teorias diferentes sobre a expiação têm sido propostas por indivíduos ou organizações diferentes, algumas delas sendo verdadeiras, outras sendo falsas. Um dos motivos para isso é que o Velho e o Novo Testamento revelam muitas verdades sobre a expiação de Cristo, então é difícil, se não impossível, achar apenas uma “teoria” que engloba ou explica a riqueza dessa doutrina por completo. Ao contrário, o que descobrimos à medida que estudamos as Escrituras, é um retrato rico e de muitas faces sobre a redenção que Cristo tem executado. Um outro fator que contribui à existência de tantas teorias sobre a expiação é que muito do que podemos aprender sobre a expiação precisa ser compreendido da experiência e perspectiva do povo de Deus sob o sistema de sacrifícios do Velho Testamento. Já que ter uma opinião correta da expiação de Cristo é fundamental para entender a Bíblia como um todo, até mesmo uma análise das teorias diferentes pode nos ser útil.

A expiação de Cristo (seu propósito e o que cumpriu) é tão rica que muito tem sido escrito sobre esse assunto. O propósito desse artigo é providenciar um simples resumo das muitas teorias que têm sido propostas durante o percurso da história da igreja. Ao estudar as opiniões diferentes sobre a expiação, não devemos nunca esquecer do fato de que qualquer opinião que não reconhece o pecado do homem e o aspecto substitucionário da expiação é deficiente e herege.

Teoria do Resgate pago a Satanás: Essa opinião enxerga a expiação de Cristo como um resgate que foi pago a Satanás para comprar a liberdade do homem depois de ter sido seu escravo. Ela é baseada na crença de que a condição espiritual do homem é como um escravo de Satanás e que o significado da morte de Cristo foi para assegurar a vitória de Deus contra Satanás. Essa teoria tem pouco sustento bíblico (se é que tem qualquer sustento) e poucas pessoas defenderam essa opinião durante o curso da história da igreja. É herege porque acha que Satanás, e não Deus, foi quem exigiu o pagamento pelo pecado e completamente ignora as exigências da justiça de Deus como vemos nas Escrituras. Também tem uma opinião de Satanás ocupando uma posição mais alta do que a realidade e tendo mais poder do que ele realmente tem. Não há nenhum sustento bíblico para a idéia de que pecadores devem qualquer coisa a Satanás, e ao ler a Bíblia podemos ver que Deus é quem exige um pagamento pelo pecado.

Teoria da Recapitulação: Essa opinião enxerga a expiação de Cristo como uma ação para reverter o percurso da humanidade de desobediência a obediência. Ela acredita que a vida de Cristo resumiu todos os estágios da vida humana e ao fazer isso reverteu o percurso de desobediência iniciado por Adão. Essa teoria não tem nenhum sustento bíblico.

Teoria Dramática: Essa teoria enxerga a expiação de Cristo como tendo dois propósitos: assegurar a vitória em um conflito divino entre o bem e o mal, e ganhar a liberação do homem de sua escravidão a Satanás. O significado da morte de Cristo foi para assegurar a vitória de Deus contra Satanás e providenciar um caminho para redimir o mundo de sua escravidão ao mal.

Teoria Mística: Essa opinião enxerga a expiação de Cristo como um triunfo de Cristo contra a Sua própria natureza pecaminosa através do poder do Espírito Santo. Aqueles que defendem essa opinião acreditam que conhecimento dessa vitória vai influenciar o homem de uma forma mística e despertar sua “consciência de deus”. Eles também acreditam que a condição espiritual do homem não é o resultado do pecado, mas simplesmente uma falta de “consciência de Deus”. Claramente essa é umas das teorias mais hereges de todas, porque acreditar nessa teoria significa acreditar que Cristo tinha uma natureza pecaminosa. As Escrituras são bem claras ao declarar que Cristo era o perfeito Deus-homem e sem pecado em todo aspecto da Sua natureza (Hebreus 4:15).

Teoria de Exemplo: Essa opinião enxerga a expiação de Cristo como um exemplo de fé e obediência para encorajar o homem a ser obediente a Deus. Aqueles que defendem essa opinião acreditam que o homem é espiritualmente vivo e que a vida de Cristo e a Sua expiação foram simplesmente um exemplo de fé verdadeira e obediência e deve servir como inspiração aos homens a viver uma vida semelhante de fé e obediência. Essa e a teoria da influência moral são semelhantes, pois ambas negam que a justiça de Deus exige um pagamento pelo pecado e que a morte de Cristo na cruz foi o pagamento. A diferença principal entre a teoria da influência moral e a teoria de exemplo é que a primeira diz que a morte de Cristo nos ensina o quanto Deus nos ama e a segunda diz que a morte de Cristo nos ensina a viver. Claro que Cristo com certeza é um exemplo que devemos seguir, até mesmo em Sua morte, mas a teoria do exemplo deixa de reconhecer a verdadeira condição espiritual do homem- morto em delitos e pecado (Efésios 2:1) – e que a justiça de Deus exige pagamento pelo pecado, o qual o homem não é capaz de pagar de forma alguma.

Teoria de Influência Moral: Essa teoria enxerga a expiação de Cristo como uma demonstração do amor de Deus que causa o coração do homem a abrandar e arrepender-se. Aqueles que defendem essa teoria acreditam que o homem é espiritualmente doente e precisa de ajuda e que o homem é levado a aceitar o perdão de Deus ao ver o amor de Deus pelos homens. Eles acreditam que o propósito e significado da morte de Cristo foi demonstrar o amor de Deus pelos homens. Enquanto é verdade que a expiação de Cristo foi o exemplo supremo do amor de Deus, essa opinião também é herege porque nega a verdadeira condição espiritual do homem e nega que Deus realmente exige um pagamento pelo pecado. Essa teoria da expiação de Cristo deixa a humanidade sem um sacrifício verdadeiro e sem o pagamento pelo pecado.

Teoria Comercial: Essa teoria enxerga a expiação de Cristo como algo que traz honra infinita a Deus. Isso fez com que Deus desse a Cristo uma recompensa da qual Ele não precisava, e Cristo deu essa recompensa ao homem. Aqueles que defendem essa teoria acreditam que a condição espiritual do homem é uma que desonra a Deus e a morte de Cristo, a qual trouxe honra infinita a Deus, pode ser usada pelos pecadores para obter salvação. Essa teoria, como muitas outras, nega o verdadeiro estado dos pecadores não regenerados e sua necessidade de uma natureza completamente nova, disponível apenas em Cristo (2 Coríntios 5:17).

Teoria Governamental: Essa teoria enxerga a expiação de Cristo como demonstrando o quanto Deus valoriza Sua lei e como Ele encara o pecado. É através da morte de Cristo que Deus tem um motivo para perdoar os pecados daqueles que se arrependem e aceitam a morte substitucionária de Cristo. Aqueles que defendem essa opinião acreditam que a condição espiritual do homem é uma de quem tem violado a lei moral de Deus e que o significado da morte de Cristo foi para ser um substituto pela penalidade do pecado. Porque Cristo pegou a penalidade do pecado, é possível que Deus perdoe legalmente aqueles que aceitam Cristo como seu substituto. Essa teoria falha em não ensinar que Cristo realmente pagou pela penalidade dos pecados reais de qualquer povo, e mostra ao invés disso que Seu sofrimento apenas mostrou à humanidade que as leis de Deus foram quebradas e que algum tipo de penalidade foi paga.

Teoria da Substituição Penal: Essa teoria enxerga a expiação de Cristo como sendo um sacrifício substitucionário que satisfez as exigências da justiça Deus sobre o pecado. Ao fazer isso, Cristo pagou a penalidade pelo pecado dos homens por trazer perdão, por imputar justiça e por reconciliar o homem a Deus. Aqueles que defendem essa teoria acreditam que todos os aspectos do homem - sua mente, vontade e emoções- têm sido contaminados pelo pecado. Também acreditam que o homem é espiritualmente depravado e morto. Essa teoria acredita que a morte de Cristo pagou a penalidade do pecado por aqueles que Deus elegeu e escolheu salvar, e que através de arrependimento o homem pode aceitar a substituição de Cristo como pagamento pelo seu pecado. Essa teoria se alinha com a Bíblia de uma forma mais correta em sua opinião do pecado, da natureza do homem e sobre os resultados da morte de Cristo na cruz.


gotquestions.org
VIA GRITOS DE ALERTA

A igreja brasileira é lastimavel" diz Marco Feliciano

Em recente pronunciamento, o deputado federal e também pastor Marco Feliciano comentou os últimos acontecimentos da igreja evangélica brasileira.

Para ele Os últimos acontecimentos com a igreja evangélica brasileira é lastimavel, e isso é inegável. É vergonhoso, vexatório e isso é fato. É desonroso, decadente, é mórbido.
"As consequências da exposição dos escandalos na mídia são imensuráveis. A fé dos pequenos, dos carnais e dos mais ortodoxos foi abalada" diz ele.

Leia o pronunciamento na íntegra:

Os últimos acontecimentos com a igreja evangélica brasileira é lastimavel, e isso é inegável. É vergonhoso, vexatório e isso é fato. É desonroso, decadente, é mórbido.
As consequências da exposição dos escandalos na mídia são imensuráveis. A fé dos pequenos, dos carnais e dos mais ortodoxos foi abalada.

O efeito ja esta sendo visto, templos esvaziando-se, arrecadação dos dizimos e ofertas, que sustentam igrejas sérias, caindo, e mais uma vez, os “ecléfobos” se deliciam vociferando injurias, destilando ódio, e maquiavelicamente tramando como usar estes episódios para desacreditarem o maior numero possivel de pessoas a cerca da fé, da igreja, do sagrado.

Meditei muito sobre o assunto. Fui questionado, pediram minha opinião, e em certo momento, usei a seguinte frase: “Quando dois leões lutam entre si, nenhum vence, ambos saem feridos”. E então resolvi escrever este artigo.

A velha e bela história sobre a ARCA DE NOÉ, será o terreno da minha visão.

Pedindo apenas que, os que lerem, leiam com o coração, usando a fé, deixando de lado as argumentações mesquinhas de que é impossivel, de que é uma insanidade crer em tal assunto, etc e tal.
Se não der pra crer literalmente, como eu creio, leia como uma história lúdica, e, após, medite com a alma.

O neto de Matusalem, Noé, tornou-se o protagonista de uma das mais conhecidas histórias da bíblia. Ele e sua familia viviam num mundo pérfido, sujo e tão violento que Deus resolveu intervir. De tão justo, Deus escolhe Noé, e lhe da um projeto que levaria 120 anos para executar, e ele com uma idade de 600 anos viu acontecer exatamente como o Senhor lhe havia dito.

Noé então constrói com o auxilio dos filhos, um grande barco, com 135metros de comprimento, 22,5 metros de largura, 13,5 metros de altura, 3.037m² de área de um pavimento.

Noé, sua familia (esposa, 3 filhos e 3 noras) e os animais, passam 371 dias dentro desta arca, ou seja, 1 ano e 6 dias.

Após estas informações “técnicas”, queria esboçar meus pensamentos.

Supondo que num barco tão grande, com 3 pavimentos, couberam cerca de 4 mil pares de animais, devidamente organizados em pequenos estabulos, e que durante um ano, precisaram ser cuidados e alimentados, lembrando que haviam 8 seres humanos na arca. Supondo que 8 seres humanos tenham que cuidar de 4 mil pares de animais (8 mil animais), cabe a cada um deles mil animais para serem tratados diariamente, cada um dos seres humanos naquela arca, levavam cerca de 16 horas por dia, para executarem o trabalho.

Ainda lembrando que 8 mil animais, produzem toneladas de excrementos diariamente, mais milhares de litros de urina absorvidos pela madeira da arca.

Acredito que o cansaço, a fadiga e o desespero eram constante entre os humanos na arca. Acredito tambem que todos os dias, após algumas semanas dentro da arca, eram o suficiente para fazerem fila no terceiro pavimento da arca, diante de uma escotilha aberta, para ver quem teria coragem de sair da arca em busca do ar fora da arca, pois, toneladas de excrementos mais milhares de litros de urina juntos, num ambiente fechado, somado ao barulho ensurdecedor dos animais, levavam ao desespero a familia de Noé. Creio, que houveram dias em que eles desejavam não estar ai. Mas ao abrirem a escotilha e olharem para fora da arca, tinham a visão mais horrivel que ja tiveram. Pior do que os excrementos, a urina, o trabalho estressante, o cansaço latente dentro da arca, era ver, boiando sobre as aguas do diluvio, milhares de cadaveres em estado de putrefação. Cadaveres de homens e mulheres que impiamente debocharam de Noé e sua familia, debocharam do Deus de Noé e de sua palavra.

Após alguns momentos contemplando a desgraça que caira sobre o mundo, fechavam a escotilha, olhavam para a arca e, creio eu, diziam uns aos outros, POR PIOR QUE SEJA ESTAR AQUI DENTRO, NO MEIO DESTA SUJEIRA, DESTA PODRIDÃO, DESTE MAU CHEIRO, DESTE LUGAR ESTRESSANTE, com todos estes defeitos, AQUI, DENTRO DA ARCA AINDA É MELHOR DO QUE LA FORA, por que aqui ainda há ESPERANÇA!

Aos fiéis que lerem este artigo, meu conselho: Por pior que seja estar numa igreja cheia de escandalos, com lideres corrompidos, com uma carga de pesados jugos, convivendo com a podridão de dirigentes sem escrupulos, por pior que seja ter que ver na TV as desgraças de pessoas que perderam a visão de reino e visam dinheiro, por mais desgastante que seja ver pessoas nos humilharem, nos perseguirem, dizendo que somos idiotas, otários por estarmos em uma igreja, onde homens nos enganam, com tudo isso, AINDA A IGREJA É O MELHOR LUGAR PARA SE ESTAR, pois, quando olhamos para FORA DA IGREJA, o que vemos? Um mundo maligno, cheio de violencia, governado por pessoas egoistas, onde somos cercados por gente que não teme a Deus, e que a qualquer momento farão de tudo para nos derrubar, nos liquidar!
Por pior que seja conviver numa igreja CHEIA DE PODRIDÃO ECLESIASTICA, a igreja é como a ARCA DE NOÉ, ruim dentro dela? Um bilhão de vezes PIOR FORA DELA! Pois dentro dela, com todos os defeitos, ainda há esperança, pois se temos alguns que apostataram da fé, ainda temos um numero infinitamente maior de pessoas que oram, que choram, que clamam a Deus por justiça, por paz, por fé! Ainda existem alguns abnegados que vivem pelo seu semelhante. Ainda existem as irmãs de coque na cabeça que dobram seus joelhos nas madrugadas! Ainda temos os evangelistas anonimos, que saltam de vagão em vagão de trens e metrôs dizendo que Jesus salva. Ainda temos grupos de jovens que resolveram ESPERAR NO SENHOR, ainda temos pastores e pregadores que não se corromperam! E melhor que tudo isso, sabemos que nosso REDENTOR VIVE E EM BREVE SE LEVANTARÁ PARA NOS SOCORRER!

Abra a escotilha, observe a desgraça existente num mundo sem Deus, onde o capitalismo engole as almas que não se saciam com o que tem e lhes roubam o sono. E dentro da igreja, nossa arca, com todos os problemas, ainda existe para nós O SONO DO JUSTO!

Em nome de Jesus, refaça sua aliança! Reuna sua familia, e traga outras familias para perto da sua, e juntos façam cultos familiares, orem, cantem louvores, e aguardem a volta do Messias! Congreguem! Insistam e não desistam! Vamos hiperlotar nossos templos, vamos jubilar e mostrar ao unico interessado em ver essa destruição acontecer que as palavra de JEsus são verdadeiras:

“…e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela”;

Mateus 16:18
Pr. Marco Feliciano


Fonte: Guia-me

Pastor Marcos Pereira fala sobre denúncias de estupro, tortura e ameaça de morte

Diante das acusações feitas ao Pastor Marcos Pereira, ele concedeu entrevista ao jornalista Roberto Cabrini do programa Conexão Repórter, que teve depoimentos de pessoas ligadas ao pastor como também do próprio.

O Conexão Repórter desta quinta, 22 de março, mostrou as várias faces de um homem. Marcos Pereira, o pastor que prega entre os mais perigosos bandidos. Roberto Cabrini seguiu os passos do homem que interrompe bailes em comunidades dominadas pelo tráfico e derruba criminosos com um simples toque. Visto como um Deus por muitos. Agora, ele é um homem na linha de fogo. O pastor é acusado de cometer estupros dentro de sua própria igreja. De promover encenações para aparecer como herói. De enganar, manipular, ordenar atos criminosos, mandar executar seus inimigos e torturar crianças. Afinal, quem é o verdadeiro homem atrás do líder religioso?

Documentos em forma de imagens. E são elas justamente o fio da meada para o início da uma série de acusações contra o pastor. O escândalo envolvendo o nome de Marcos Pereira veio a partir dos depoimentos de José Júnior(foto), fundador do Afroreggae, uma ong que desenvolve projetos culturais em comunidades carentes dos morros cariocas. Um homem com livre acesso nos morros, onde muitas vezes a bandidagem impera. Os caminhos de José Júnior e Marcos Pereira se cruzam entre os anos de 2006 e 2007. Segundo conta foi em sua companhia que Marcos Pereira, pela primeira vez, colocou os pés em uma penitenciária carioca. Hoje, José Júnior diz ser um homem ameaçado de morte e afirma ter informações de pessoas ligadas à Marcos Pereira, de que o pastor tem um plano para matá-lo.

Ao lado de Júnior, nas ameaças de morte, está um antigo homem de confiança do lider da Assembléia de Deus dos Últimos Dias. Trata-se de um outro pastor: Rogério Ribeiro de Menezes(foto). Foram dezessete anos na igreja e durante seis, ele foi o braço direito de Marcos Pereira. Rogério revela detalhes dos bastidores envolvendo as aparições públicas do líder religioso em seus resgates nas comunidades e presídios cariocas. Segundo Rogério, o pastor Marcos Pereira teria ordenado outros atos criminosos, como a série de ataques violentos contra o Rio de Janeiro, em 2006 e 2010. Na época, delegacias, carros e cabines da Polícia Militar foram alvos dos bandidos. Ônibus foram incendiados. Os episódios são confirmados por um ex-membro da igreja. Rogério fala com a autoridade de quem sempre esteve ao lado de Marcos Pereira em suas expedições de fé. Tivemos acesso a imagens em que ele aparece com o pastor durante uma pregação na Polinter. Segundo o ex-braço direito do lider relioso, Marcos Pereira cobrava até vinte mil reais dos chefões para pregar nas favelas. Outras quantias também eram exigidas, conforme relata uma outra testemunha, um ex-traficante.

O que de fato acontece dentro da igreja do pastor? Testemunhas afirmam que Marcos Pereira costuma usar seu poder para abusar sexualmente das mulheres da igreja incluindo, segundo ela, menores de idade. A primeira a falar é a atual esposa do Pastor Rogério Menezes. Ela aceita ser identificada, mas pede para que seu rosto não seja mostrado. Outras duas mulheres que foram da igreja de Marcos Pereira confirmam as acusações. As duas também prestaram depoimento. Suas identidades serão preservadas. Um outro ex-membro da igreja também fala sobre abusos sexuais.

Segundo as testemunhas, os abusos aconteciam, principalmente, no templo da Assembléia de Deus dos Últimos Dias, na zona norte carioca. Aparecem também denúncias de violência contra crianças. Uma delas, de nove anos, relata que foi agredida diversas vezes por não ter um comportamento considerado adequado por Marcos Pereira. Segundo o ex-membro da igreja o Pastor Marcos Pereira teria ordenando o assassinato de inimigos.

Assista a matéria na integra:




VIA GRITOS DE ALERTA
Fonte: O Diário

Soldados interrompem conferência cristã em Mianmar


Soldados interrompem conferência cristã em Mianmar
O governo ainda interfere nas reuniões e atividades de praticamente todas as organizações, inclusive as religiosas, de maneira explícita e implícita

Em um novo incidente público contradiz a imagem de paz passada pelo governo do Estado de Chin, em Mianmar. Soldados do exército do país interromperam uma conferência cristã e ameaçaram um líder Chin com uma arma.

Na sua declaração divulgada hoje, a Organização dos Direitos Humanos Chin (CHRO) disse que os soldados do Batalhão de infantaria interromperam uma reunião cristã que estava sendo realizada na aldeia de Sabawngte, em Matupi Township, no dia 10 de março de 2012.

O capitão Aung Zaw Hteik e o capitão Myo Min culparam o líder da comunidade pelo ataque, mas não informou para as autoridades sobre o evento que iria acontecer, embora os cristãos possuíssem uma autorização prévia para a realização do evento que foi concedida pelo sistema administrativo da região.

Pu Van Cin, líder da região e eleito pelo Partido Nacional do Desenvolvimento Étnico, foi ameaçado com uma arma pelos soldados que estavam vestindo trajes de civis quando entraram no local.

A conferência cristã que estava sendo realizada reunia cerca de 80 igrejas, filiais da Igreja Evangélica Mara (que fica no Estado Chin), e aconteceria dos dias 8 a 13 de março de 2012.

Embora os grupos de resistência tenham assinado um acordo de cessar-fogo contra o Estado Chin em janeiro deste ano, a região permanece fortemente militarizada.


Fonte: Portas Abertas

Deputados federais prestam apoio a Valdemiro Santiago e aos membros da Igreja Mundial

Deputados federais prestam apoio a Valdemiro Santiago e aos membros da Igreja Mundial
Sete deputados federais saíram de Brasília e foram até São Paulo prestarem apoio ao apóstolo Valdemiro Santiago que tem sido alvo de acusações que afirmam que ele desvia dinheiro dos dízimos da Igreja Mundial do Poder de Deus para comprar casas e fazendas.
Entre os presentes estavam o deputado missionário José Olimpio (PP-SP), José Nunes (PSD-BA), Francisco Floriano (PR-RJ), Carlos Magno Ramos (PP-RO) e outros que se solidarizaram com o líder da IMPD diante de tantas acusações vindas da Igreja Universal do Reino de Deus através da Rede Record.
Comparando com as perseguições que os políticos também passam, motivadas pela disputa, eles enviaram palavras de ânimo ao líder religioso. “O senhor está combatendo o bom combate” disse o deputado Waldir Maranhão (PP-MA) que se declara católico, mas presta apoio e solidariedade para Santiago.
O deputado federal Geraldo Thadeu (PSD-MG) também estava presente e disse que “Cristo não dá a ninguém o que não pode carregar”. Ele acredita que a obra da IMPD é muito importante por dar apoio espiritual a tantas pessoas.
Pelas reportagens da Record o apóstolo tem fazendas em Mato Grosso que valem R$50 milhões e três residências em cidades de alto padrão na Grande São Paulo, imóveis que teriam sido comprados com o dinheiro dos fiéis.
As denúncias começaram a ser divulgadas no dia 18 de março durante uma reportagem de quase 30 minutos no programa Domingo Espetacular e ganharam repercussão em outros programas da emissora.
Veja a participação dos deputados no programa da IMPD:


Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/deputados-federais-prestam-apoio-a-valdemiro-santiago-e-aos-membros-da-igreja-mundial/#ixzz1qJbr3oZi