quarta-feira, 28 de maio de 2014

AS 10 DIFERENÇAS ENTRE UM CRENTE E UM CRISTÃO

01) UM  CRENTE  CRÊ  EM  JESUS - UM  CRISTÃO  SEGUE  SEUS  COMANDOS  SEM  DUVIDAR EM  NADA ,MESMO  QUE  TUDO  PAREÇA PERDIDO.

02) UM  CRENTE  VAI  A  IGREJA  COMO  UM  BOM  RELIGIOSO -  O  CRISTÃO  É  A  IGREJA  DO  SENHOR  JESUS  SOBRE  A  FACE  DA  TERRA ,  EM   ATITUDES E UNIDADE.

03) UM  CRENTE LÊ  A  BÍBLIA  NAS  HORAS  DIFÍCEIS , QUANDO  TEM  TEMPO - UM  CRISTÃO TEM  NA  PALAVRA  DE  DEUS A  SUA  FONTE D E  VIDA  A  CADA  INSTANTE .

04) UM  CRENTE HORA QUANDO  AS  COISA  FICAM  DIFÍCEIS - UM  CRISTÃO TEM  NA  SUA  ORAÇÃO A  SUA  FORMA  DIÁRIA DE  COMUNHÃO  COM  DEUS .

05) UM  CRENTE  DISTORCE  A  BÍBLIA , PARA   ADEQUA LA  AO  SEU  ESTILO  ERRADO  DE  VIDA - UM  CRISTÃO TRABALHA E  PERMITE  SER MOLDADO SEGUNDO  A  PALAVRA  DE  DEUS INSTRUI .

06) UM  CRENTE  SACRIFICA  QUANDO  LHE  CONVÉM - UM  CRISTÃO  LEVA  UMA VIDA  DE  SACRIFICIO  NO  ALTAR  DE  DEUS .


07) UM  CRENTE  QUER  FAZER  DE  SEU  DIZIMO  UMA  MOEDA  DE  TROCA - UM CRISTÃO DIZIMA  APENAS POR  CONFIAR  EM JESUS .

08) UM  CRENTE  SE  MOLDA  AOS  COSTUMES DO MUNDO -  UM CRISTÃO LEVA  O  MUNDO  A  SE  MOLDAR  NOS  MOLDES   DE  CRISTO.

09) UM  CRENTE  COMPARTILHA  SUA FÉ  QUANDO LHE  CONVÉM - UM  CRISTÃO TEM PRAZER DE  VIVER  UMA VIDA  ONDE  TESTEMUNHA  A  CADA  MOMENTO QUE  JESUS É  O SENHOR  DE  SUA  VIDA .

10) UM CRENTE DIZ  CONHECER  A  JESUS  , MAS  NÃO  VIVE  NADA DO  QUE  FALA  - UM  CRISTÃO CONHECE  E  VIVE  A  CADA JESUS  A  CADA  MOMENTO  DE  SUA  VIDA . VIVE  O  QUE   PREGA .


Bispo Roberto Torrecilhas




Virada Cultural Gospel

Graça e Paz,

O Pastor Peterson Pepe tem a honra de convidar o Sr. (a) para participar neste sábado, 31.05 do "Workshop Cultura Gospel". 
O Movimento Cultura Gospel nasceu de uma visão de Deus para reunir mobilizadores para a criação da Primeira Virada Cultural Gospel do Estado de São Paulo.

Imagine ter em sua igreja ou comunidade, um grupo de teatro, dança ou musical ( Banda, Louvor, Dupla e etc.) com financiamento e incentivo público/privado, para desenvolver projetos sócio-culturais. Pois bem, isso é possível, sem muitas burocracias, já existe e o acesso é só uma questão de informação.

No Workshop falaremos sobre: estimular o aperfeiçoamento das artes, a capacitação profissional, a busca de incentivos e financiamentos públicos. O Workshop é voltado para as áreas MUSICAIS, TEATRAIS, DANÇAS e LITERATURA, contamos com o apoio de profissionais que são referenciais em seus segmentos, entre eles, confirmado para este dia: Esdras Gallo (Produtor do Renascer Praise).

Será um prazer ter a sua presença conosco, iremos compartilhar de um sonho que veio do coração do Pai e que juntos iremos realizar.

31.05 – Às 15:30hrs
Comunidade Plena Adoração
Endereço: Estrada de Itapecerica, 3770 – sobreloja – Próximo ao Metro Capão Redondo.

Agradecemos desde já e responda com o número de pessoas que irão comparecer.

Coordenação Geral
Movimento Cultura Gospel
(11) 99567-0445/ (11) 98350-9644
www.viradaculturalgospel.com.br
www.facebook.com/PastorPetersonPepe
www.instagram.com/Petersonpepe10
Youtube.com.br/petersonpepe10
www.Twitter.com/petersonpepe10

Apóstolo ministra em culto de aniversário da Fonte de Vida

A Igreja Apostólica Fonte de Vida está completando 20 anos de história. As celebrações serão realizadas nas congregações espalhadas pelo Brasil.
 
 
Na sede internacional do ministério, localizada na cidade de Goiânia (GO), os cultos contarão com participações especiais, entre elas, Apóstolo Estevam Hernandes, que ministra nesta quarta-feira (28/5), a partir das 19h30.
 
“Estou muito honrado com o convite. Com certeza, será um tempo muito especial ao lado do nosso querido Apóstolo Cesar Augusto”, declarou o líder da Renascer em Cristo.
 
Aline Barros, Pastor Silas Malafaia, Pastora Ludimila Ferber e o Ministério Pedras Vivas também farão parte do calendário comemorátivo, que vai até o dia 1 de junho (clique aqui e saiba mais).
 
Serviço:
Culto de Celebração dos 20 anos da Igreja Apostólica fonte de Vida, com Apóstolo Estevam
Data: 28 de maio (quarta-feira)
Horário: 19h30
Endereço: Av. Edmundo Pinheiro Abreu, - Setor Pedro Ludovico (Goiânia/GO)
 
 
Redação iGospel

Mara Maravilha fica noiva e vai se casar: “É uma bênção o que eu estou vivendo”

Mara Maravilha é só felicidade. A cantora, que está lançando seu novo trabalho, intitulado Vai Tudo Bem,  que acaba de ficar noiva e que em breve vai se casar com o empresário Augusto César Vicente.  

— Tem um ano que a gente se conhece. O conheci logo depois que minha mãe faleceu. O que eu posso dizer é que está sendo uma bênção. O Augusto é uma pessoa muito distinta, um gentleman. Ele ganha em educação, sem dizer que é muito simpático. 

Morando sozinha em uma cobertura de São Paulo, Mara já se prepara para se mudar para Alphaville, Barueri, onde hoje vive o empresário. 

— Continuo morando na cobertura onde morava com a minha mãe, no entanto, meus planos são de ir morar com ele.

Animada, Mara contou que o amado vem insistindo em selar a união há algum tempo.

— Ele me pede em casamento todos os dias! Ele vive me galanteando, mandando flores, me presenteando.

Sem querer dar mais detalhes sobre a cerimônia, a cantora garantiu que não fará uma grande festa.

— A ideia é reunir as famílias para um almoço na Bahia, e de lá fazer uma viagem. Quem sabe para a África?  


R7

O pastor e o pornô

foto cartas Pr Giuliano Ferreira
Giuliano Ferreira, 35, dançou na vida até virar pastor evangélico.
Antes de chegar à Assembleia de Deus, ele viajou o mundo com a trupe de dançarinos da travesti Eloína dos Leopardos –era um dos moços-felinos nus ao redor da amiga de Rogéria. As duas transformistas criaram “A Noite dos Leopardos” nos anos 1980, numa galeria em Copacabana onde fica hoje uma Igreja Universal.
Foi go-go boy em casas noturnas, “daquelas elitizadas”, em São Paulo e no Rio. Sem revelar nomes, diz ter se engraçado com “um verdadeiro furacão”, que na época “trabalhava numa grande emissora de TV”.
Descreve o ofício “como um show de stripper, cada um tinha um personagem”. Seu predileto: o cauboi. “Também já virei Zorro, Mister M., ‘Titanic’, que fazia sucesso  na época… Quando algo se destacava, eu aproveitava”.
Dos 18 anos 24 anos, enfim, Giuliano era o rei do mundo –pornô.
“Com a ascensão das minhas performances, recebi o convite para os filmes”, conta. Começou com cachês pequenos, que hoje calcula equivalerem a R$ 200 por cena.
No auge, como Julio Vidal ou Juliano Ferraz, seus dois pseudônimos garanhões, chegava a tirar R$ 1.500 por dia. Até decidir largar tudo para virar evangélico e viver da venda de Bíblias, CDs, DVDs e livros (não revela a nova renda).
Um dos produtos para aumentar o caixa foi lançado em abril. Na autobiografia “Luz, Câmera, Ação e Transformação (editora Semeando, R$ 19,90, “frete incluso”), o evangelista evidencia esse “antes” e o “depois” em sua vida.
Na capa, ele como go-go boy, com blusa de marinheiro ajustada a uma cordilheira de músculos. Na contracapa, a versão convertida, de paletó e Bíblia na mão.
capa livro
Giuliano estima ter feito 300 filmes, atuando com homens (“no começo de carreira”) e mulheres. O mais famoso: “A Primeira Vez de Rita Cadillac”, de 2006. A obra da produtora Brasileirinhas trazia uma inédita cena lésbica da protagonista, já cinquentona.
Giuliano conta ter contracenado com a ex-chacrete na frente da câmera e a consolado após o diretor gritar “corta!”.
“Quem a conhece sabe que a Rita é um personagem, como eu era. Não sou nada daquilo que passava no filme. Ela também não. É até um pouco tímida. Chorava muito. ‘Cara, estou fazendo isso por pura necessidade’, dizia. Eu a entendi plenamente. As pessoas pensam que ali atua um bando de pervertidos. Mas ali tem pai e mãe de família buscando o sonho de uma vida melhor.”
TITANIC
Na adolescência, trabalhou como contínuo no setor de transporte da Folha e, depois, como auxiliar de redação de outra publicação da casa, a extinta “Notícias Populares”. Ao perder o emprego, sentiu a vida ir a pique. Como o Titanic.
Aos 18 anos, engravidou uma menina mais nova, que largou o filho a seus cuidados. Desempregado e pai solteiro, viu na indústria pornô uma boia de salvação.
Aos 24 anos, com carreira consolidada no circuito para maiores de 18, sentiu a “mão de Deus” guiando a mão não tão habilidosa de um dentista trapalhão.
Durante uma gravação, sentiu o dente inchado. Procurou ajuda odontológica para extrair o ingrato, mas a coisa degringolou para uma infecção generalizada. Foram cinco dias de coma, afirma.
“Mas não culpo o dentista. Vejo a mão de Deus em tudo isso. Para eu poder parar e tomar um rumo.”
O rumo, na ocasião, foi a Igreja Batista, seu primeiro “pit-stop” evangélico. Acabou estudando teologia num núcleo de membros da Assembleia de Deus. “Até que aceitei o chamado de Deus para pregar a palavra.”
VIRA A PÁGINA
Casado  há 11 anos, com um filho e um enteado, Giuliano mora em São Carlos, a 244 Km de São Paulo. Pode até ter transformado seu passado num livro aberto. Mas garante que fez questão de virar essa página.
Hoje, condena qualquer tipo de pornografia –vê seu antigo ramo como uma espécie de “prostituição, segundo a Bíblia”. E defende “princípios da família”, como casar virgem.
“Tenho a certeza que uma pessoa que se casa gostaria de saber que sua esposa não se relacionou com outra pessoa e se guardou somente para ele”, diz.
“Agora vão falar: ‘Que isso, você fazia filmes  e agora tá assim careta!’”, reconhece. “Amo minha mulher e respeito muito ela, que rompeu as barreiras e se casou comigo, um cara que tinha já tido muitas pessoas na vida.”
O pastor diz que ainda há quem o olhe de um jeito “meio diferente” nos cultos. Mas que a igreja, no fim, cumpre sua “vocação”.
“Ela é para acolher, independentemente se é ex-drogado, ex-homossexual, ex-prostituta. O próprio Jesus disse: eu vim para os doentes, não para os sãos”, afirma o hoje engravatado pastor Giuliano, com a camisa abotoada até a última casinha.
O rei do pornô não está mais nu.


http://religiosamente.blogfolha.uol.com.br/2014/05/28/o-pastor-e-o-porno/

Cientistas descobrem por que crianças ignoram o que acontece ao seu redorComentários


Não há pai quem não tenha, ao menos uma vez na vida, sido ignorado por uma criança, que prefere continuar assistindo à TV, jogando videogame ou brincando com o celular a acatar as ordens recebidas.

Porém, esse comportamento, capaz de tirar qualquer um do sério, pode não ser proposital, mas estar relacionado à forma como os cérebros dos pequenos se desenvolvem.

É o que sugere uma série de pesquisas realizada por cientistas britânicos, para quem as crianças não ignoram solenemente os adultos, mas sofrem do que eles chamam de "cegueira não intencional".

A cegueira, nesse caso, seria uma falta de percepção, especialmente quando algo foge do foco imediato de atenção delas.

Segundo a professora Nilli Lavie, do Instituto de Neurociência Cognitiva da Universidade College London, no Reino Unido, as crianças têm menor noção periférica do que os adultos.

"Pais e professores devem entender que até quando focam em coisas simples, as crianças têm menor percepção do que está ao redor delas, em comparação com os adultos".

"Uma criança tentando fechar o zíper do casaco enquanto cruza a rua, por exemplo, pode não ser capaz de prestar atenção no tráfego de automóveis, enquanto um adulto com plenas faculdades mentais não teria problema nenhum em exercer esses dois movimentos simultaneamente", acrescenta Lavie.

"Em resumo, a capacidade de percepção do que está fora do foco de atenção se desenvolve com a idade. Dessa forma, crianças menores têm maior risco de sofrer o que chamamos de 'cegueira não intencional'", conclui a cientista.

Experimento

A constatação de Lavie é baseada em um experimento que ela conduziu recentemente para testar os níveis de "cegueira não intencional" em crianças e adultos.

Lavie pediu a mais de 200 visitantes do Museu de Ciência de Londres para escolher a linha mais longa de uma tela com sete exemplos diferentes.

Em uma das telas, um quadrado preto piscava e, em seguida, participantes tinham de responder se viram a figura.

Enquanto 90% dos adultos foram capazes de perceber a presença do quadrado durante praticamente todo o tempo, menos de 10% das crianças abaixo de 10 anos detectaram o objeto.

Já crianças de 11 a 14 anos demonstraram uma maior capacidade de percepção, enquanto essa aptidão diminuía à medida que a dificuldade da tarefa aumentava.

Essa descoberta surpreendeu Lavie.

"Nas crianças, o córtex visual primário não respondia ao objeto presente na tela e isso parece se desenvolver com a idade, até os 14 anos e depois disso também. Mas eu não esperava que crianças mais velhas também sofressem de 'cegueira não intencional'. Seria interessante ver até que ponto esse comportamento se desenvolve".

Pesquisas anteriores em cérebros de adultos sugerem que o córtex visual primário é a parte do cérebro responsável pela percepção dos objetos. Pacientes que sofreram algum tipo de dano nessa região tendem a experimentar menor noção periférica.

Há, também, implicações óbvias do desenvolvimento tardio desse comportamento. Digitar no celular ao cruzar uma rua, por exemplo, se torna muito mais perigoso se tal percepção não estiver totalmente desenvolvida, por exemplo.

Vantagens

Mas há um lado positivo na cegueira não intencional.

Quem quer ser distraído por tudo e por todos? Certamente a falta de consciência periférica significa que podemos reter nosso foco e concentrar.

Psicólogos argumentam que todos temos uma capacidade limitada de atenção até certo nível, e quando executamos tarefas árduas, ignorar o que está à nossa volta é fundamental.

Para Richard Wiseman, professor de psicologia da Universidade de Hertfordshire, o processamento da visualização humana "é enormemente complicado".

"Grandes partes do cérebro são dedicadas a essa função. É muito difícil, então não queremos processar o que não é importante".

"É por essa razão que precisamos da cegueira não intencional. Do contrário, não seríamos capazes de focar numa determinada tarefa", diz ele.

Uma vez que o cérebro cria a ilusão de que está constantemente monitorando tudo, alega o pesquisador, normalmente nos surpreendemos quando não percebemos algo que beira o óbvio.

Para comprovar sua teoria, Wiseman deu nova roupagem a um teste famoso de atenção seletiva, criado pelo cientista Daniel Simons, para demonstrar quão facilmente deixamos de notar a presença de um gorila em um vídeo.

Enquanto assistiam ao vídeo, os pesquisadores pediam que as pessoas se concentrassem em outras coisas, como, por exemplo, quantas vezes uma bola era passada entre pessoas jogando basquete.

Em outro experimento, Wiseman pediu às pessoas que se concentrassem em um truque de cartas. Durante o truque, alguns itens ao fundo mudavam de cor, mas poucos perceberam a mudança uma vez que estavam focados nas cartas.

Segundo o especialista, pessoas criativas tendem a ter um desempenho melhor nesse tipo de teste, enquanto indivíduos ansiosos ou muito preocupados com a tarefa tendem a notar menos o que foge do seu centro de atenção.

Wiseman acredita que há muitas ocasiões na vida em que não percebemos "o óbvio" porque estamos totalmente focados em outros problemas.

Um exemplo ocorre quando motoristas acabam atropelando pedestres porque estavam prestando atenção em outra coisa, ou pilotos de avião que relatam não ter percebido as luzes de emergência na cabine porque estavam ocupados com outros assuntos.

"Um adulto está constantemente aprendendo a julgar o que é ou não é importante, então estamos mais propensos a cometer esses deslizes", resume Wiseman.

Fonte: BBC Brasil

Líderes religiosos de todo mundo se reúnem em Curitiba no período da Copa


O Ame Brasil, uma iniciativa de igrejas evangélicas brasileiras e internacionais, começa a receber líderes religiosos e voluntários que vão atuar na Copa do Mundo nas 12 cidades-sede do evento.

Curitiba terá cerca de 50 voluntários do Peru e dos Estados Unidos, que vão participar de ações sociais em igrejas, asilos e orfanatos, além de ensinar esportes para crianças carentes e ajudar na orientação de turistas que estarão na cidade.

“A partir do dia 4 de junho uma série de líderes religiosos se reúne aqui e teremos um grande evento no dia 7, com cultos e a recepção aos voluntários”, conta Lucas Dutra, responsável pelo evento em Curitiba. Os líderes vêm de vários países, como Alemanha, Estados Unidos, Peru, Colômbia, Panamá, Filipinas, Uganda, Ruanda, Austrália, Quênia e Indonésia. Quem comanda o encontro é o pastor brasileiro radicado em Nova York Elias Dantas. No dia 7 o evento será na 1ª Igreja Batista de Curitiba, no bairro do Batel.

Além das ações sociais, algumas igrejas evangélicas ligadas ao projeto Ame Brasil estarão abertas nos dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo. “As igrejas têm telão, estrutura de som e vão receber muito bem a população interessada em acompanhar as partidas”, conta o pastor Fernando Klinger, representante do Ame Brasil em Curitiba.

Mais informações sobre o projeto de voluntariado podem ser encontradas no endereçowww.amebrasil2014.com.br.


Fonte: Bem Paraná

Em retaliação à Globo, Edir Macedo decreta jejum da Copa do Mundo


Dono da Record e líder da Igreja Universal, Edir Macedo pede abstenção de 40 dias sem televisão aos fiéis durante a Copa do Mundo.

O pastor Edir Macedo, dono da Rede Record, lançou no último domingo (25) um decreto no qual pede aos fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus que parem de assistir à televisão durante 40 dias a partir de 10 de junho. "Nós vamos começar o jejum de Jesus, um jejum de informação, de rádio, televisão, distrações e diversões. Nós estamos propondo que vocês tenham esta experiência com Jesus para que se tornem novas criaturas", disse em um comunicado oficial pelo canal da Universal no Youtube.

No vídeo, Macedo prega seu 'sacrifício midiático' exatamente no período em que será realizada a Copa do Mundo, exibida com exclusividade pela TV Globo. "Nós estaremos fora da Copa por completo, sem futebol. Você terá direito apenas a assistir a séries como 'Milagres de Jesus' e filmes bíblicos", deixando claro sua retaliação à audiência da concorrente e a cobertura da qual a Record está fora.

A assessoria da Universal explicou que o motivo do jejum é a inauguração do Templo de Salomão, em São Paulo. "Não tomamos decisões espirituais baseadas na audiência de qualquer canal de televisão", garantiu um representante da igreja. Já a assessoria da Rede Record, que parece ter sido pega de surpresa com a ação do patrão e líder religioso, ainda não se pronunciou sobre o assunto. A nova novela da emissora, "Vitória", está prevista para estrear dia 2 de junho.

Uma seguidora da Igreja Universal que trabalha na Record explica que foram dadas opções aos fiéis que não podem deixar de assistir à televisão por conta de suas funções na empresa.

“Como o jejum não é obrigatório e só fará quem quiser, quem optar por seguir e não puder ficar fora da TV, como eu, pode cumprir o jejum de outra forma, como abrindo mão do cinema, do rádio e até de música e comida”, explicou ela, que preferiu não ser identificada com receio de possíveis represálias.

A atriz Flávia Monteiro é uma das contratadas da emissora, e está no elenco de “Vitória” e da próxima série da emissora “Plano Alto”. Ela, que desconhecia o jejum, afirma que não vai fazer parte.

“Não faço parte da igreja, minha religião é outra, então só trabalho na empresa do Edir Macedo. Da minha parte vou continuar assistindo à televisão e fazendo minhas coisas, principalmente porque vivo de televisão, da divulgação do meu trabalho e da mídia”, disse ela, que não consegue ponderar o quão ruim para a emissora e a novela uma decisão desta pode se tornar.

“Não sei se afeta nós atores, porque nosso trabalho continuará a ser feito. Porém, se as pessoas seguirem à risca estas orientações, vai prejudicar, sim, a novela. Espero que no global, tudo acabe bem no assunto audiência."

Fonte: Tribuna da Bahia e O Tempo

“A igreja pode mudar a história deste país”, diz Wagner Medina


“A igreja pode mudar a história deste país”, diz Wagner Medina"A igreja pode mudar a história deste país", diz Wagner Medina
O Rio Grande do Sul aparece em pesquisas realizadas pelo Datafolha com o menor índice de evangelização e maior índice de crescimento de religiões espiritas e de raiz africana. Os evangélicos na região sul do país tem o pior crescimento em comparação com outras regiões.
Mas é justamente neste ambiente hostil que Wagner de Moura Medina, pastor da Igreja Assembleia de Deus Ministério União, comanda a Associação Missionária e Evangelística Luz das Nações há pelo menos seis anos.
Medina é casado com a advogada Nadia Andrade Neves, diretora de um dos mais respeitados escritórios de advocacia do Rio Grande do Sul. O casal tem um filho chamado Lucas Andrade Neves Medina, vice presidente da AME Luz das Nações.
Com o objetivo de acabar com a desigualdade social no Estado Wagner Medina fundou a associação AME Luz das Nações há seis anos e passou a desenvolver diversos trabalhos de ajuda em comunidades carentes. Hoje com mais de 90 igrejas ligadas diretamente a associação, Medina alcançou cerca de 14 projetos missionários no Brasil e 35 em outros países.
Para divulgar o projeto e conscientizar os brasileiros sobre a importância dos trabalhos sociais desenvolvidos pelas igrejas evangélicas, Medina passou a organizar anualmente um congresso missionário com a participação dos principais nomes no senário gospel.
Entre os pregadores do evento está o deputado federal, Pastor Marco Feliciano, um dos nomes mais comentados nos últimos anos devido a sua atuação como parlamentar. O congresso também conta com a participação de muitos cantores, como Cassiane, Elaine de Jesus e Vanilda Bordieri.
Wagner Medina falou com exclusividade ao Gospel Prime sobre os trabalhos da Associação Missionária e Evangelística Luz das Nações. Leia a entrevista a seguir:
Gospel Prime – O Rio Grande do Sul é o Estado menos evangelizado da nação brasileira. Como a AME tem trabalhado para mudar este quadro?
Wagner Medina – A região Sul é a região com o menor índice de evangelização e maior índice de crescimento do espiritismo e secularismo. O Rio Grande do Sul se destaca como o estado com a menor taxa de crescimento (TCA) do país, 3,15%. Em toda a região Sul o crescimento dos evangélicos foi somente 4,32% comparado com um crescimento geral do país de 7,43%. Nos pampas gaúchos, o aumento da população não religiosa amplia-se quase duas vezes mais rapidamente do que aquele demonstrado pela igreja evangélica. Queremos mudar este quadro através de parcerias e alianças com varias denominações, apoiando nossos projetos de tendas evangelísticas, para isso estamos realizando cruzadas em muitas cidades do Rio Grande do Sul. A cada ano aumenta o numero de igrejas parceiras nestes projetos evangelísticos, porque acreditamos que a união de homens visionários e apaixonados por fazer a obra missionaria pode mudar a historia do nosso estado.
Por que o trabalho de evangelização é tão difícil no Rio Grande do Sul?
Wagner Medina – O povo gaúcho é muito carente espiritualmente e se apega muito as tradições. Esse tradicionalismo acaba endurecendo o coração do povo e dificultando o trabalho de evangelismo. A maior dificuldade é quebrar estes paradigmas de ser um estado gelado e frio.
Além disso, por ser um Estado de cultura extremamente inteligente, com índices de educação entre os mais altos do país e entre os menores índices de desigualdade social existe uma dificuldade ainda maior, pois há uma cultura anticristã promovida por muitos intelectuais.
A AME promove o maior congresso de missões do Rio Grande do Sul. Qual a importância deste evento para a associação?
Wagner Medina - Hoje já temos mais de 90 igrejas ligadas diretamente na AME. No ano de 2013 passaram pelo congresso da AME, cerca de 34 mil pessoas, este ano esperamos aproximadamente 40 mil pessoas.  O congresso tem a importância de reunir muitas pessoas para uma conscientização evangelística e missionaria.
Como são desenvolvidos os trabalhos sociais da AME?
Wagner Medina – Realizamos projetos de evangelização em diversas partes do Brasil e do mundo. Nosso foco é principalmente realizando trabalhos de apoio social. Promovendo doações, apoio espiritual e físico, educação, etc.
A AME é uma associação de apoio aos governos e políticos, pois visamos principalmente o fim da desigualdade social e da pobreza extrema entre os povos.
Através de projetos e campanhas, em parceria com a população e entidades privadas, procuramos atender os cidadãos e levar a Palavra de Deus aos povos. Mas sempre com muito sacrifício, mudanças em uma cultura como a nossa sempre será uma tarefa desafiadora.
O senhor acredita que o trabalho social das igrejas evangélicas pode ajudar a melhorar a qualidade de vida dos cidadãos?
Wagner Medina – Se eu não acreditasse teria desistido no primeiro ano da AME. Se os governos entendessem que são as igrejas que fazem este trabalho social com excelência, muita coisa mudaria em nosso país. Mas ainda creio em governantes que Deus vai levantar com esta visão de priorizar a “família”.  Os trabalhos feitos pelas igrejas são hoje modelos em muitas cidades do Brasil, pena que são pouco divulgados pela mídia.
A igreja pode mudar a história deste país. Nenhuma ONG consegue realizar um trabalho de inclusão social como as igrejas promovem. A igreja pode por fim na desigualdade social e tirar milhares de famílias da pobreza extrema.
Quantos missionários a AME tem ao redor do mundo e qual o tipo de trabalhos que eles desenvolvem?
Wagner Medina – Hoje a AME tem ajudado, em parcerias com outras entidades, 14 projetos missionários dentro do Brasil. Em outros países são 35 missionários trabalhando com aproximadamente 400 famílias.  Ainda temos um trabalho sendo realizado dentro do presidio central de Porto Alegre que tem tido um grande avanço. São cerca de 90 famílias beneficiadas pelo trabalho da AME no presídio de Porto Alegre.
Os missionários realizam trabalhos diferentes, de acordo com suas localidades. Esses trabalhos são feitos através de atendimento a pessoas carentes, crianças e também pessoas idosas.
Procuramos em outros Países trabalhar com missionários nativos por conhecerem melhor a região, costumes e dialetos. Isso facilita muito para que o projeto se desenvolva mais rápido e de maneira eficiente. Eles levam alimentos, roupas, material escolar, serviço de enfermagem, além de apoio espiritual através da Palavra de Deus.
A AME recebe alguma ajuda do Governo em seus trabalhos sociais?
A AME é sustentada de maneira única e exclusiva através das contribuições de pessoas e parceiros. O Congresso promovido pela associação tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância de contribuírem para o sustento deste e de muitos outros trabalhos promovidos por diversas igrejas do Brasil.
Não recebemos ajuda do Governo. A AME recebe contribuições no congresso e os carnês, além das contribuições feitas diretamente nas contas bancárias da associação.
Como as pessoas podem contribuir com os trabalhos sociais da AME?
Wagner Medina – Através do carnê, disponibilizado no congresso e que também pode ser solicitado através do site da AME, depósitos nas contas bancarias da Ame Luz das Nações e doações de alimentos, roupas, brinquedos, etc.
As pessoas que são alcançadas pela AME são encaminhadas exclusivamente para o Ministério GP – União ou os missionários indicam uma igreja mais próxima?
Wagner Medina – A Assembleia de Deus Ministério União é somente a igreja ao qual eu congrego, é preciso fazer esta separação. A AME é uma associação que tem parcerias com diversos ministérios, por isso não podemos dar esta exclusividade ao Ministério União, pregamos para reino e trabalhamos com missões Portanto qualquer que for alcançado pela AME pode ser encaminhado a igreja mais perto da sua casa.
Por que o senhor decidiu investir neste projeto?
Wagner Medina – As igrejas precisam entender que nosso objetivo não é apenas pregar o evangelho. Claro que isso já é de grande valia. Mas as pessoas precisam ver um trabalho concreto e este trabalho só pode ser exercido através da ajuda comunitária.
Eu sempre tive o desejo de ajudar as pessoas e creio que Deus me escolheu para isso, por isso investi neste projeto. Claro que ninguém pode fazer nada sozinho e neste sentido tenho recebido a ajuda de muitos parceiros.


GP

NOVO SITE DA III FLIC SALÃO GOSPEL JÁ ESTÁ NO AR


Já está disponível na internet o novo site da III FLIC SALÃO GOSPEL, feira que representa o setor perante a sociedade. A nova cara na web oferece aos expositores, a toda família evangélica e a pessoas interessadas em conhecer um pouco mais sobre o segmento um acesso rápido e seguro, seja no PC, tablet ou smartphone, direto no navegador, sem precisar baixar aplicativos.
Os internautas encontram no site todas as informações referentes ao evento, expositores, planta da feira, mapa do local, números e perfil do setor, apoiadores, fotos atuais e das edições anteriores, link para as redes sociais e um novo canal de comunicação direta com os promotores, onde é possível fazer o credenciamento antecipado de visitantes e jornalistas, enviar mensagens que são respondidas pela equipe de atendimento em poucas horas e ter acesso a tabela de preços de estandes, benefícios para o expositor e a grade de programações que a partir de agora é atualizada constantemente.
“Utilizamos o que há de mais moderno em tecnologia web para que as pessoas tenham uma ferramenta que possibilite uma experiência prática, objetiva e funcional, que conversa simultaneamente com todos os sistemas operacionais e, principalmente, que traduza de forma simples e completa toda a gama de possibilidades que a feira disponibiliza gratuitamente para todos os visitantes, a fim de que possam se preparar antecipadamente para aproveitar ao máximo o que os realizadores, organizadora e expositores estão preparando com muito carinho e dedicação.”, explana Marcelo Rebello, diretor executivo do Grupo MR1.

Luciana Mazza
Grupo MR1
III FLIC SALÃO GOSPEL
013 78135186

O QUE SIGNIFICA 5777--"LEI PERFEITA, LEI DA LIBERDADE"

(TG 2:8; 1:25)(ler -2 Co 3:16 a18)."SE CRISTO VOS LIBERTAR SEREIS VERDADEIRAMENTE LIVRES."(JO 8:36)-- Para que...