Postagens

Mostrando postagens de Junho 20, 2008

O Desafio dos Povos Não Alcançados

por John Robb
Diretor do Programa para Povos Não Alcançados Visão Mundial Internacional
Tomando uma xícara fumegante do negro café russo num hotel de Moscou pergunto ao novo conhecido se ele já ouviu falar de Jesus. -- Ah sim respondeu imediatamente. Ele não era um japonês?

Fiquei surpreso que um homem letrado como o Dr. M. tivesse tão pouco conhecimento da mais expressiva pessoa em toda a história da humanidade. Mas o Dr. M. era muçulmano do Cáucaso uma área da Janela 10/40 onde vive uma multidão de povos não alcançados. Embora surpreendente era compreensível que ele ainda não tivesse ouvido do amor e da verdade de Jesus. O grupo de seu povo esteve alheio a esse conhecimento através de séculos por muros religiosos culturais e políticos. Se houver cristãos vivendo em sua cidade são muito poucos.

A história tem um final feliz! Mais tarde após ler o Novo Testamento ele não somente veio a crer profundamente como também conduziu seu irmão pai e avô a Cristo e escreveu um folheto descrevendo …

O Desafio dos Povos Não Alcançados

por John Robb
Diretor do Programa para Povos Não Alcançados Visão Mundial Internacional
Tomando uma xícara fumegante do negro café russo num hotel de Moscou pergunto ao novo conhecido se ele já ouviu falar de Jesus. -- Ah sim respondeu imediatamente. Ele não era um japonês?

Fiquei surpreso que um homem letrado como o Dr. M. tivesse tão pouco conhecimento da mais expressiva pessoa em toda a história da humanidade. Mas o Dr. M. era muçulmano do Cáucaso uma área da Janela 10/40 onde vive uma multidão de povos não alcançados. Embora surpreendente era compreensível que ele ainda não tivesse ouvido do amor e da verdade de Jesus. O grupo de seu povo esteve alheio a esse conhecimento através de séculos por muros religiosos culturais e políticos. Se houver cristãos vivendo em sua cidade são muito poucos.

A história tem um final feliz! Mais tarde após ler o Novo Testamento ele não somente veio a crer profundamente como também conduziu seu irmão pai e avô a Cristo e escreveu um folheto descrevendo …

Piada satânica

Olavo de Carvalho

Outro dia um amigo meu me perguntou se eu não havia reparado que, no intervalo de uma geração, condutas descritas pela psiquiatria como neuróticas e até psicóticas passaram a ser aceitas como normais. Não apenas como normais – respondi –, mas como normativas, louváveis e obrigatórias. Os passos seguintes são: (a) marginalizar e criminalizar toda reação de repulsa; (b) tornar a repulsa psicologicamente impossível, expelindo-a do repertório das condutas admitidas na sociedade.

Só a paranóia indisfarçável permite, por exemplo, que, num país onde ocorrem 50 mil homicídios por ano, os assassinatos de 120 homossexuais, espalhados ao longo de um ano num território de oito milhões e meio de quilômetros quadrados, sejam descritos como uma onda genocida homofóbica. No entanto, basta alguém apelar à comparação estatística e instantaneamente ele mesmo, entre gritos de revolta e lágrimas de indignação da platéia, é acusado de homofóbico e apóstolo do genocídio. A hipótese de conf…

“Opor-se ao homossexualismo faz de você um doente”

Presidente do Brasil realiza conferência para lutar contra a “homofobia”

Christina Millerv
© 2008 WorldNetDaily

O presidente do Brasil diz que “se opor” ao homossexualismo faz uma pessoa de doente, e crê que tais pensamentos precisam ser criminalizados.

Poucas décadas atrás, a Associação Psiquiátrica Americana colocou a homossexualidade na lista de doenças mentais, mas logo sucumbiu à campanha pró-homossexualismo para descontinuar essa definição.

Agora o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que ganhou uma reeleição apertada depois de escândalos envolvendo dinheiro em troca de votos, realizou a 1ª Conferência Nacional de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais para condenar a convicção bíblica de que a homossexualidade é errada.

Lula, em 5 de junho, não só fez a abertura oficial do evento para promover o homossexualismo na nação, mas também convocou a conferência por meio de decreto presidencial.

Ele está exigindo a “criminalização da homofobia”, e ele disse que a oposição à homo…

Igreja Anglicana declara ruptura por homossexualidade

Nesta quinta-feira, dia 19, a versão online do jornal inglês The Telegraph publicou que líderes da Igreja Anglicana declararam o fim da comunhão universal de valores entre seus membros, afirmando que não mais se associarão aos liberais que tolerem a homossexualidade na religião.

O pronunciamento formal da cisão interna da Igreja Anglicana está contido em um documento de 89 páginas intitulado “The Way, The Truth and The Life” (O Caminho, A Verdade e A Vida) que será apresentado no encontro entre religiosos anglicanos na próxima semana.

O documento tem o total apoio de dirigentes das igrejas anglicanas africanas, espcialmente da Nigéria, da Uganda e de Ruanda, três países que possem juntos quase a metade de todos os seguidores da Igreja Anglicana mundial.

Segundo o Arcebispo nigeriano Perter Akinola, não há mais esperanças de unificação. “Se falharmos agora, corremos o risco de guiar milhões de pessoas para longe das Sagradas Escrituras e também, mais seriamente, encarar a real possibilida…

As 95 Teses de Martin Lutero

Estudo Introdutório:

Essas teses foram afixadas na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg a 1o de outubro de 1517. Era esse o modo usual de se anunciar uma “disputa”, prática regular da vida universitária. Ao fazer isso, não havia nada de excepcional na atitude de Lutero(1483-1546), pois apenas agia conforme costumes medievais ainda presentes nas universidades européias. Não se tratava de uma ação que deveria ter uma conotação individual, visto que as disputas eram debates que envolviam professores e estudantes, daí o fato de Lutero pedir para aqueles que não pudessem se fazer presentes às disputas que, ao menos, enviassem suas opiniões por escrito para serem lidas. Portanto, as “teses” deveriam ser vistas como “pontos a serem debatidos” em uma plenária. Nesse sentido, trata-se de um ato público envolvendo doutos e/ou seus estudantes, como demonstra o fato de as teses terem sido escritas originalmente em latim e não em alemão (língua familiar de Lutero). Observe-se também que o tom …