terça-feira, 30 de novembro de 2010

ESTUDO ------ Dez razões porque o Cristianismo deve ser abolido para a implantação da Nova Ordem Mundial

nova era


1 – Jesus é anunciado e Ele próprio assume-Se como o Verbo de Deus encarnado. Portanto, é a própria Divindade que entra na história e assume a natureza humana para redimi-la: “Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” (Jo 1, 29-33).
A pseudo-espiritualidade da nova ordem mundial propõe o contrário: o homem torna-se deus por seus próprios méritos, através dos mecanismos automáticos da evolução, pela harmonização com as leis naturais, algumas delas somente transmitidas a eleitos, pelo racionalismo, pela lei da adaptação e aptidão dos mais fortes, por meio de práticas e procedimentos, etc.

2 – Jesus apresenta-Se como o único caminho que conduz a Deus: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim” (Jo 14,6). O que implica livre adesão da criatura ao projeto de rendenção de Deus para a humanidade que se concretiza plena e unicamente em Cristo: “A obra de Deus é esta: crer naquele que Ele enviou” (Jo 6,29).
A pseudo-espiritualidade da nova ordem mundial propõe que Jesus é apenas um mestre iluminado entre tantos outros. Ele apenas assumiu sua divindade e qualquer um pode fazer o mesmo. Afirmar que Jesus é o próprio Deus que vem resgatar o homem é cometer o crime de exclusão para com outros mestres espirituais iluminados tão importantes quanto Ele.

3 – Jesus deixa claro que somos seres espirituais e nosso lugar definitivo, assim como nossa verdadeira vida, não são deste mundo: “O meu Reino não é deste mundo” (Jo 18,36).
A pseudo-espiritualidade da nova ordem mundial embora sofisme sobre alguns atributos do espírito, na verdade propõe o advento de um mundo unificado terreno, tutelado por uma governança única que assumirá a liderança de todos os povos e nações. A implantação desse reino se aproxima com o “despertar da consciência”, com a reencarnação de “espíritos evoluídos” que promoverão um “salto quântico evolutivo” em nosso planeta, onde o homem, desperto e auto-iluminado, desfrutará sua própria divindade.

4 – Jesus testemunha através de Sua vida, ensinamentos e ações o código moral da verdadeira lei de Deus, imprescindível para a salvação dos homens. Sua doutrina é a da cruz, que sempre escandalizou o mundo, justamente por significar a defintiva vitória do Espírito sobre este mesmo mundo. Por isso, a proposta de Cristo é clara: “Se alguém quiser vir comigo, renuncie-se a si mesmo, tome sua cruz e siga-me” (Mt 16,24).
A pseudo-espiritualidade da nova ordem mundial propõe o hedonismo, o bem-estar imediato em detrimento do outro, o culto à matéria e a idolatria do eu.

5 – Jesus, vem mostrar ao homem que a obediência é o imprescindível sinal de livre-aceitação da criatura para com seu Criador. Na desobediência e na rebelião a criatura manifesta sua ingratidão e recusa ao amor de Deus. Para nos ensinar isso, Jesus, que revelou ao homem o verdadeiro rosto de Deus, “sendo ele de condição divina, não se prevaleceu de sua igualdade com Deus, mas aniquilou-se a si mesmo, assumindo a condição de escravo e assemelhando-se aos homens. E sendo exteriormente reconhecido como homem, humilhou-se ainda mais, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz” (Fl 2,6-8).
A pseudo-espiritualidade da nova ordem prega a desobediência, a rebelião, a revolução, a negação. Seu lema: “faça o que quiseres pois é tudo da lei”. O resultado disso é a autodestruição e a destruição coletiva, conforme qualquer um pode constatar.

6 – Jesus, para mostrar que os critérios do Criador são completamente opostos aos da criatura, exemplifica: “O que entre vós é o maior, torne-se como o último; e o que governa seja como o servo” (Lc 22,26).
A pseudo-espiritualidade da nova ordem mundial propõe uma mentalidade de dominação e rapina, exaltando o lucro e o sucesso a qualquer preço. E para tanto, “os fins justificam os meios”.

7 – Dos muitos discípulos, durante três anos Jesus separou, preparou e instituiu apenas doze deles, com a missão de evangelizar os povos. Posteriormente, Ele próprio enviou Paulo e Pedro para regarem com seu sangue os alicerces de Sua Igreja (At 23,11 e Jo 21,18): “Como o Pai me enviou, assim também eu vos envio a vós” (Jo 20,21). “Quem vos ouve, a mim ouve; e quem vos rejeita, a mim rejeita; e quem me rejeita, rejeita aquele que me enviou” (Lc 10,16).
A pseudo-espiritualidade da nova ordem mundial prega uma espiritualidade individual ao gosto do freguês, um superecumenismo igualitário entre todos os cultos, sem qualquer distinção, ainda que alguns desses cultos sejam contrários à vida, apregoem o ódio, o crime e a devassidão.

8 – Como instrumentos de misericórdia e reconciliação crom o Criador, e também para atualizar-Se nos séculos que se sucederiam, Jesus, Deus encarnado, faz-se alimento tangível para Seus discípulos: “Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão, que eu hei de dar, é a minha carne para a salvação do mundo” (Jo 6,51); “Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia” (Jo 6,54); “Pois a minha carne é verdadeiramente uma comida e o meu sangue, verdadeiramente uma bebida” (Jo 6,55); “Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele” (Jo. 6,56); “Assim como o Pai que me enviou vive, e eu vivo pelo Pai, assim também aquele que comer a minha carne viverá por mim” (Jo, 6,57)
A pseudo-espiritualidade da nova ordem mundial, rebelde e soberba, volta cinicamente as costas para esse sacrifício que se renova em Si mesmo e, por consequência deste desprezo ao essencial, emaranha-se a passos largos num espinhal de superstições, enganos, idolatria, decepções e negação.

9 – Jesus exemplifica que “ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos” (Jo 15,13).
A pseudo-espiritualidade da nova ordem mundial, de índole egocêntrica e libertina, relativiza os direitos humanos segundo seus propósitos e interesses imediatistas. Por isso, vemos tanto empenho pela descriminalização de assassinatos como o aborto, a eutanásia, ou ainda as alterações nas legislações dos países para o decreto de guerras, ocupações militares, operações secretas e dissimuladas, dissolução moral, etc.

10 – Jesus estabeleceu a “Sua” Igreja...
A pseudo-espiritualidade da nova ordem mundial, que anuncia o advento do “senhor do mundo”, o “novo messias da era aquariana”, labora ativamente para destronar a Igreja ....
Fonte: Fim dos Tempos

Missionário R.R. Soares prentende publicar jornal de notícias gratuito nas capitais do Brasil

rrsoares

Segundo coluna de Mônica Bergamo, publicada nesta quarta-feira, 26 de maio, o missionário R.R. Soares prevê uma novidade.
“Recebido anteontem por Lula em Brasília, R.R.Soares vai lançar um jornal de notícias em formato tabloide, diário, para ser distribuído gratuitamente em capitais do país. Ele já edita o ‘Show da Fé‘, jornal cristão e mensal com tiragem de mais de 1 milhão”.


Fonte: Guia-me / Gospel Prime / Profetico

Evangélicos: Não Precisamos do Ritual de Exorcismo, Somente de Jesus

albert-mohlerCom uma atenção renovada ao ritual de exorcismo, um teólogo decidiu pronunciar a posição evangélica sobre o ritual que hoje poucos praticam.
  • (Foto: AlbertMohler.com)
    Dr. R. Albert Mohler, Jr., presidente do Seminário Teológico Batista do Sul (Southern Baptist Theological Seminary). Com uma atenção renovada ao ritual de exorcismo, ele decidiu pronunciar a posição evangélica sobre o ritual que hoje poucos praticam, 16 de novembro de 2010.
As existência do diabo e seus demônios é real, mas um ritual de exorcismo é desnecessário, disse o Dr. Albert Mohler, presidente da Convenção Batista do Sul dos Estados Unidos, em seu blog popular na segunda-feira.
A única arma que os Cristãos precisam é o nome de Jesus, frisou.
"Os evangélicos não precisam de um ritual de exorcismo, porque ao adotar esse tipo de invenção seria infligir à superioridade do Evangelho," escreveu Mohler.
No fim de semana passado, um grupo de bispos católicos realizou uma conferência a portas fechadas em Baltimore para discutir os fundamentos teológicos do ritual do exorcismo e apresentar, em detalhes, a prática e o uso dos rituais associados com exorcismo.
O Bispo Thomas J. Paprocki de Springfield, Ilinóis, que organizou a conferência, disse que a possessão demoníaca é rara, mas que eles precisam estar preparados.
"A expectativa e objetivo real aqui é fornecer treinamento para que cada diocese, realmente, possa ter os seus próprios recursos para lidar com essas investigações," disse à ABC News.
Nem todos os padres católicos estão de acordo com os esforços de Paprocki.
Um padre que enviou ao National Catholic Reporter uma cópia da carta convite de Paprocki escreveu em maio: "você consegue acreditar nisso em 2010?"
Mohler não nega relatos no Novo Testamento que mostram casos de clara e real de possessão demoníaca. Jesus e o apóstolo Paulo libertaram os indivíduos atormentados, observou ele.
Mas o líder evangélico afirmou que nenhum ritual do exorcismo foi realizado nesses casos e não havia nenhuma noção de um ministério sacerdotal de ordenação de exorcistas. A única coisa envolvida na expulsão de demônios de um indivíduo era "o nome de Jesus e a proclamação do Evangelho."
O que as forças das trevas temem mais é o nome de Jesus, a autoridade da Bíblia e do Evangelho, Mohler ressaltou.
"Não há nada que os demônios temam ou odeiem mais do que evangelismo e missões, onde o Evangelho tira os seus poderes sobrenaturais sobre suas possessões, tornando-os impotentes e incapazes. Toda vez que um crente compartilha o Evangelho e declara o nome de Jesus, os demônios e o diabo perdem seu poder," afirmou.
Ele também observou que não há provas de que os Cristãos - uma vez unidos a Cristo pela fé e recebendo o dom do Espírito que habita em nós- possam ser possuídos por demônios.
"Nós não precisamos de um ritual de exorcismo, só o nome de Jesus," afirmou. "Nós não recebemos o sacerdócio de exorcistas - pois cada crente está armado com a promessa do evangelho, unido a Cristo pela fé, e habitado pelo Espírito Santo."
Alguns dos temas específicos discutidos pelos bispos católicos durante a conferência do fim de semana, incluíram o fenômeno maligno na cultura contemporânea, as estratégias para o cuidado pastoral, um exame de outros fenômenos relacionados com a presença do mal, e assuntos de especial interesse para os bispos relacionados ao fenômeno do mal e do uso do ritual do exorcismo.

RN: dois presos morrem após tentativa de fuga de penitenciária

Dois presos morreram soterrados por volta das 10h30 da manhã desta terça-feira, quando tentavam cavar um túnel para fugir da Penitenciária de Alcaçuz, no município de Nísia Floresta, no Rio Grande do Norte. Outros três detentos, que estavam envolvidos na escavação, escaparam com vida do desabamento.
O coordenador Penitenciário do Rio Grande do Norte, José Beques, disse que, no momento, equipes do Corpo de Bombeiros estão no presídio para tentar retirar um dos mortos soterrados no local. O outro detento que também faleceu já foi retirado. De acordo com Beques, dos três homens que sobreviram, um teve que ser resgatado por bombeiros, enquanto os outros dois conseguiram voltar normalmente.
A fuga começou pelo banheiro da cela 7. "A penitenciária tem um terreno arenoso, de dunas", disse o coordenador. E completou: "Quando a escavação passa o piso, fica fácil de cavar o terreno". Beques afirmou que o túnel era cavado em direção ao muro de saída do presídio. Os presos escondiam a terra em sacolas plásticas, disse o coordenador.

Pastor Media Ação da Polícia Militar para Pôr Fim ao Tráfico no Rio de Janeiro

Brasil-Complexo AlemãoPastor brasileiro da Assembléia de Deus dos Últimos Dias (Adud), Marcos Pereira mediou uma ocupação da polícia no Complexo do Alemão, no estado do Rio de Janeiro, neste domingo, dia 28.
  • Pastor brasileiro da Assembléia de Deus dos Últimos Dias (Adud), Marcos Pereira mediou uma ocupação da polícia no Complexo do Alemão, no estado do Rio de Janeiro, neste domingo, dia 28.
O Dia “D” para o Rio de Janeiro culminou na apreensão de 40 toneladas de maconha. Marcos Pereira que ganhou mídia ao mediar conflitos semelhantes entre policiais e bandidos, disse que enviou equipe ao morro.
“O Governo teve atitude em tomar aquele espaço tomado por algo satânico,” disse o pastor.
Segundo ele, apesar do Governo não considerar oficial a negociação de Marcos Pereira, a equipe da Adud esteve na madrugada no Complexo do Alemão. Alguns traficantes supostamente aceitaram o apelo e se renderam. Marcos Pereira disse que ficou não muito tempo no local para não ser acusado de oportunista pela mídia.
Segundo ele o instituto está dando assistência no local através de voluntários e comemorou o não derramamento de sangue durante a ocupação.
“Cocaína é droga. Algo espiritual. Material bélico, não. Autoridades competentes precisam impedir que isto cheguem às mãos dos traficantes,” declarou.
De acordo com relações públicas do Batalhão de Operações Especiais (Bope), capitão Ivan Blaz, os criminosos cercados no Complexo do Alemão ainda tentaram fugir fingindo ser membros de Igreja evangélica.
O portal iG apontou pelo menos dois indivíduos vestidos de terno e gravata, carregando bíblias, serem detidos pela polícia. Mais cedo, o relações públicas da PM, coronel Lima Castro, havia informado à imprensa que traficantes estariam fugindo pelas redes de esgoto do Complexo.

Christian Post

Homem sem Membros: Viva sem Limites

nick-vujicicMesmo com braços e pernas, a maioria das pessoas não surfaram na praia de Waikiki, conduziram uma orquestra de 60 instrumentos, foram aos bairros pobres da Índia e Egito, ou realizaram acrobacias de circo para um filme de Hollywood. Mas um homem que nasceu sem membros fez tudo isso e mais, aos seus 27 anos.
  • (Foto: Life Without Limbs)
    Nick Vujicic, um palestrante motivacional e cristão evangélico, sem braços ou pernas, fala para uma multidão no país sul-americano, em 2009.
Nick Vujicic, conhecido em todo o mundo através de seus vídeos do You Tube e DVDs, quer desafiar as pessoas a viver sem limites ao observar o que pode fazer apesar de sua descapacidade. Seu novo livro, Vida sem Limites: Inspiração para uma Vida Ridiculamente Boa (Life without Limits: Inspiration for a Ridiculously Good Llife), tem um ponto de vista pessoal em sua luta por crescer, incluindo depressão e pensamentos suicidas, fala como os superou.
“Com demasiada frequência nos dizem que somos suficientemente inteligentes ou suficientemente atrativos ou suficientemente talentosos para perseguir nossos sonhos,” escreveu Vujicic, um orador inspirador e evangelista. “O pior é quando você se considera indigno, está pondo limites à forma em que Deus pode trabalhar através de ti.”
Vuijic compartilhou que ao crescer nem ele nem seus pais podiam imaginar que tipo de carreira ou vida podia haver na idade adulta sem braços nem pernas. Mas agora, ele é um orador motivacional de êxito que tem discursado para mais de 32 países e compartilhado seu testemunho com milhões de pessoas. Também pode tocar bateria, escrever no computador, nadar, e sobretudo cuidar de si mesmo apesar de não ter membros.
“Sem poder reconhecer que o corpo de Deus me deu é em muitos sentidos um presente muito grande e maravilhoso, você pode reconhecer que tuas próprias bênçãos também podem estar disfarçadas, talvez até mesmo habitando dentro de um aspecto de você mesmo que vê como sua maior debilidade?” pergunta.
“Tudo está na perspectiva,” acrescentou. “Se pode respirar, esteja agradecido.”
O orador cristão pôs em destaque que as limitações mais prováveis de uma pessoa e não de forças externas, tais como a situação ou de Deus. Muitas pessoas fisicamente normais, disse, não têm a metade da felicidade que deveriam porque as pessoas permitem que os pensamentos e sentimentos negativos dominem suas vidas e os limites de perseguir seus sonhos.
“Se dizem que estão sem esperança, isso significa que pensa que tem zero possibilidade de que algo bom jamais passe em tua vida,” escreveu. “Zero? Isso é bastante extremo, não parece? O poder de crer em um dia melhor é tão indiscutível que, para mim parece muito mais provável que teu dia vá mudar para melhor.”
As pessoas podem não ser capazes de controlar sua situação, reconheceu o autor, mas podem controlar sua resposta. Vujicic encoraja as pessoas a que não habitem em suas emoções, senão, em vez disso concentrem-se em responder com uma atitude positiva. Os sentimentos de solidão e desespero são sentimentos, mas o amor de Deus é real e nunca muda, relembra os leitores.
“Te prometo que por cada descapacidade que você tenha, você é bendito com mais que suficientes habilidades para superar seus desafios,” afirmou o autor.

Por Michelle A. Vu|Repórter do Christian Post
Traduzido por Rodrigo L. Albuquerque

Lula: documentos do Wikileaks são insignificantes para Brasil

Lula participa de cerimônia de formatura de diplomatas no Palácio do Itamaraty, em Brasília. Foto: Wilson Dias/Agência BrasilLula afirmou que, se fossem importantes, os documentos não teriam sido vazados
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva qualificou nesta terça-feira como "insignificante", em relação ao Brasil, o conteúdo dos documentos de diplomatas americanos divulgados até o momento pelo site Wikileaks. "De vez em quando aparecem essas coisas. Eu acho que as coisas que vi são tão insignificantes que não merecem ser levadas a sério", afirmou o presidente em declarações concedidas nesta terça-feira a jornalistas após visitar as obras de uma hidrelétrica no Maranhão.
"Se fossem importantes (os documentos) não teriam sido vazados", afirmou Lula ao ser perguntado sobre a possibilidade de serem divulgados outros documentos que possam comprometer o governo.
Entre os documentos divulgados está uma conversa do ministro da Defesa, Nelson Jobim, com um diplomata americano na qual o brasileiro teria criticado a suposta ideologia antiamericana do ministro de Assuntos Estratégicos, Samuel Pinheiro Guimarães - Jobim reconheceu que conversou com o embaixador, mas negou as afirmações atribuídas a ele no documento divulgado.
"Não sou obrigado a acreditar num telegrama do embaixador americano ao invés de acreditar no meu ministro", disse Lula sobre as supostos críticas de Jobim.
"Por que eu tenho de acreditar em um americano que não é mais embaixador aqui? Tenho certeza do bom comportamento do Jobim, tenho certeza do comportamento do Samuel, tenho certeza que os dois são amigos e tenho certeza que um não falaria mal do outro", acrescentou.
A maioria dos telegramas sobre o Brasil relata conversas de Clifford Sobel, que foi embaixador dos Estados Unidos no Brasil entre 2006 e 2009, com funcionários brasileiros.
Um dos telegramas assegura que a polícia brasileira prendeu "supostos terroristas" e os acusou de outros crimes, como tráfico de drogas e contrabando, para não chamar a atenção dos meios de comunicação e evitar prejuízos à imagem do país.
Igualmente afirma que, apesar de o Brasil negar a presença e o potencial de ameaça terrorista no país, a polícia investiga supostos terroristas e, inclusive, pediu a "árabes moderados, muitos deles homens de negócios bem-sucedidos, para manterem possíveis instigadores fora da comunidade árabe no Brasil".
Em outro documento, também sobre uma suposta conversa com Jobim, o ministro da Defesa assegura que Lula ofereceu ao presidente boliviano, Evo Morales, se tratar em uma clínica de São Paulo de um tumor detectado no nariz.
Em um dos telegramas, Sobel assegura que, apesar da grande popularidade, Lula terminará um governo salpicado por vários escândalos de corrupção.
EFE

Moradores do Alemão deixam bilhetes para policiais não arrombarem portas 'Por favor, não quebre, aqui mora uma trabalhadora', diz recado. População denuncia possíveis abusos de policiais durante operação.

Na manhã desta terça-feira (30), bilhetes chamavam atenção presos às portas de algumas casas no Conjunto de Favelas do Alemão, na Zona Norte do Rio: moradores pediam que os agentes das forças de segurança não destruam suas casas.
"Por favor, não quebre, aqui mora uma trabalhadora", dizia um bilhete colado à porta de uma casa. "Saí para trabalhar, mas a chave está com o vizinho", explicava um outro morador por meio de bilhete.
Também nesta terça, surgiram novas denúncias de moradores do Alemão sobre supostos abusos de policiais durante a operação no conjunto de favelas. Segundo elas, agentes teriam destruído e até mesmo roubado pertences dos moradores durante as revistas às casas da área. Outras afirmam que policiais teriam agredido inocentes.

A Corregedoria Geral Unificada do Rio de Janeiro afirma que vai apurar todas as denúncias de abuso de poder por parte dos policiais envolvidos na operação.


Do G1, com informações do Jornal Hoje

mulher cristã enfrenta a morte por blasfêmia

 Por Grisanti NBC Carol e ur Rehman Fakhar
ITTAN WALLI, Paquistão - No início de novembro, na cidade empoeirada de Sheikhupura na região central do Paquistão, na Ásia Bibi, uma mulher analfabeta cristã e mãe de cinco filhos, foi condenado à morte por enforcamento por blasfêmia do país.
Seu crime? Ela teria insultado o profeta Maomé.
Quase imediatamente, a pena de morte desencadeou a condenação internacional, e colocou pressão sobre o governo do Paquistão para anular a sentença e alterar as leis do país blasfémia - um resquício de um código penal do século 19 destinadas a proteger as seitas religiosas minoritárias durante o período colonial britânico.
A lei foi radicalizado durante a década de 1980 sob a ditadura militar do general Zia ul Haq. Ele impôs penas de prisão perpétua, até a morte, por blasfêmia para apaziguar os mulás e legitimar sua permanência no poder.
Papa Bento XVI apelou por clemência, mas de linha dura grupos islâmicos ameaçaram uma guerra civil se o governo Bibi perdões ou tentativas de alterar a lei.
marido de Bibi, de 48 anos de idade Ashiq Masih, está desesperado, convencido de grupos radicais islâmicos estão destinados a matar a família. Ele se escondeu, junto com seus filhos, abrigada dentro de uma colônia cristã num bairro periférico de Sheikhupura. Masih insiste que sua mulher foi enquadrada, uma vítima de idade acerto de contas em sua aldeia de Ittan Walli, onde sua família era apenas uma das duas famílias cristãs.
"Ela estava apanhando frutas com outras mulheres, quando ela foi enviada para conseguir água", disse o marido. "Uma das mulheres se recusaram a beber a água depois que minha esposa abaixou a taça para o balde. Essa mulher disse que foi contaminado porque foi tocado por um cristão. "De acordo com Masih, todas as mulheres, em seguida, começou insultando sua esposa, e gritando insultos contra sua mãe e seus filhos. Bibi acabou de repetir os insultos mesmo de volta. "Nunca o nome do santo profeta surgiu."
Na época, Masih disse que achava que era o fim dele. Não foi.
"Cinco dias depois, o clérigo local veio a nossa casa, seguido por uma multidão enfurecida, e arrastou minha esposa para longe", disse ele, recordando o incidente que ocorreu em junho de 2009. Bateram-la, arrancou as roupas dela e acusou-a de insultar o profeta. Em seguida, eles trancaram-na numa casa até que a polícia chegou para levá-la embora. "

Anjum Naveed / AP
Ashif Masih, à direita, marido da mulher cristã na Ásia Bibi, que havia sido condenado à morte, e Sidra filhas Shahzadi e Ashiq Isham ouvir ministro paquistanês de Assuntos Minoritários Shahbaz Bhatti, invisíveis, durante uma reunião em Islamabad, Paquistão, em 24 de novembro.
Em entrevista à NBC News, Qari Mohammed Salem, o clérigo local nos Ittan Walli, Masih acusaram de mentir. "Eu conversei com todos aqueles que testemunharam o incidente e ela é culpada", disse ele. "Ela confessou o crime na frente de toda a aldeia, e então ela pediu perdão", insistiu.
"Ela até me disse que ela disse essas coisas em fúria durante uma discussão acalorada e nunca pensaria de blasfêmia", disse ele. Salem disse que chamou a polícia para prendê-la, somente para protegê-la, porque a multidão enfurecida poderia tê-la matado.
Najma Yousaf, uma irmã de Bibi, ainda vive na casa da família em Ittan Walli, uma aldeia rural de aproximadamente 10.000 habitantes, quase todos muçulmanos. "Eu não tenho medo de viver em nossa casa", disse ela. "Os moradores são todos muito simpáticos comigo, meu marido e nossos filhos. Eles estão irritados com a minha irmã. "
Bibi, 45, é a primeira mulher condenada à morte sob as leis de blasfêmia do Paquistão. Embora ninguém nunca tenha sido executada, a maioria dos acusados - todos homens - definhar na prisão sozinho e esquecido. Grupos de direitos humanos apontam que a lei é uma forma conveniente para acertar as contas, muitas vezes entre a comunidade cristã, que totalizam cerca de 2 milhões de 175 milhões de pessoas no Paquistão.
Em um comunicado divulgado em Nova York, a Human Rights Watch, chamou para o governo do Paquistão imediatamente introduzir legislação para revogar as leis contra a blasfémia.
"A Ásia Bibi sofreu muito e nunca deveria ter sido colocado atrás das grades", disse Ali Dayan Hasan, pesquisador sênior do Sul da Ásia da Human Rights Watch. "A injustiça eo medo da lei da blasfémia desovas só cessarão quando esta lei hedionda é revogada."
outros grupos minoritários são alvos também. O Ahmadis, uma seita minoria islâmica que foi declarado não-muçulmanos sob a lei paquistanesa, são frequentemente vítimas de intimidação e violência e encarcerados sob as leis de blasfêmia. Além disso, eles são os principais alvos do Taleban paquistanês, que, no passado, ter explodido suas mesquitas, matando centenas de pessoas, segundo a Human Rights Watch.
STR / Paquistão / Reuters

Manifestantes segurar cartazes exigindo a libertação da Ásia Bibi, uma mulher paquistanesa cristão condenado à morte por blasfêmia, em um comício em Faisalabad, na província paquistanesa do Punjab, Nov.29.
advogado de Bibi, entrou com um recurso no Supremo Tribunal de Lahore e Presidente do Paquistão, Asif Zardari pode considerar um perdão incondicional se o processo de apelação demora muito tempo.
Até agora, o Ministro dos Assuntos Minoritários Shahbaz Bhatti apresentou um relatório sobre o caso para Zardari. Ele concluiu que as acusações eram infundadas. Em entrevista à NBC News, ele disse que Bibi poderia ser liberado em recurso ao tribunal superior. "Devemos esperar o processo judicial, mas se os atrasos tribunal, então presidente do perdão podem-la na base de que ela é inocente", disse ele.
Bhatti está bem consciente das possíveis conseqüências de uma absolvição. Os juízes foram assassinados para libertar as vítimas e vários acusados foram baleados dentro das prisões ou fora de salas de audiência, enquanto caminhavam livre.
"Nós vamos proteger a Ásia e toda sua família", disse o ministro. "Nenhum mal acontecerá a eles."
Sidra, filha de 18 anos, Bibi, leva suas irmãs mais jovens para a cadeia toda terça-feira para visitar sua mãe. "Minha mãe nos diz para não chorar e ser forte", disse ela. "Mas agora, minha mãe está chorando, então como podemos ser fortes."
Com reportagens de um perdão possível para Bibi, grupos islâmicos linha-dura realizaram manifestações em várias cidades do Paquistão. Eles alertaram Zardari de uma reação grave, se ele comuta sentença de morte dela.
Em um comício, organizado pelo "Movimento para a proteção da honra do Profeta", denunciou a qualquer tentativa de mudar a lei. "Estamos prontos para sacrificar nossas vidas pelo profeta", gritavam.


ver a materia no original .
http://worldblog.msnbc.msn.com/_news/2010/11/29/5543912-christian-woman-faces-death-for-blasphemy?GT1=43001%2Ffrom%2Ftoolba


por Bishop Altaf Anthony Pakistan




Polícia do Rio encontra túnel supostamente usado em fuga de traficantes no Alemão

Policiais civis encontraram no início da tarde desta terça-feira um túnel que teria sido usado na fuga de traficantes no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio.
De acordo com a Polícia Civil, um túnel da rede pluvial com 400 metros de comprimentos tinha abertura no final da rua Joaquim de Queiroz e saída para a rua Arapá. Moradores informaram a polícia que traficantes teriam usado o local para escapar durante o cerco realizado pelas forças de segurança.
Os policiais continuam no local em busca de armas e drogas deixadas pelos criminosos.
Os principais chefes do tráfico no Complexo do Alemão e na Vila Cruzeiro continuam foragidos após as operações de retomada das comunidades pela polícia.
Luciano Martiniano da Silva, o Pezão, que chefiava o Comando Vermelho no Complexo do Alemão, e Fabiano Atanázio da Silva, o FB, comandante do tráfico na Vila Cruzeiro, têm paradeiro desconhecido.
Também está foragido o chefe do Comando Vermelho fora da cadeia, Alexander Mendes da Silva, o Polegar, que, segundo informações da inteligência policial, estava no Alemão.
O Bope investiga denúncias de que bandidos teriam fugido do complexo por meio de galerias de esgoto.
O comandante do Bope, tenente-coronel Paulo Henrique de Moraes, disse que moradores relataram que criminosos obrigaram funcionários das obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) a fazer dutos largos para eles fugirem.
As obras no complexo foram iniciadas em março de 2008 e incluem, além da construção de conjuntos habitacionais, a recuperação de ruas e instalação de redes de saneamento e iluminação pública, além de equipamentos sociais.
O Alemão foi ocupado domingo (28), com o apoio das Forças Armadas, praticamente sem resistência dos traficantes. Na quinta-feira, policiais já tinham entrado na Vila Cruzeiro, favela vizinha ao complexo. As ocupações ocorreram após uma série de atentados ocorridos na cidade, que resultaram em mais de cem veículos queimados.
Para as autoridades, os ataques criminosos foram uma retaliação dos traficantes contra a instalação das UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) nos morros e favelas.
Desde o início das ações violentas, cerca de 50 pessoas morreram durante as operações policiais. Mais de 30 toneladas de drogas foram apreendidas.

folha.com

As Falsas Profecias das Testemunhas de Jeová

As Testemunhas fazem muitas afirmações na tentativa de converter você para a fé deles. Eles dizem ser a única igreja cristã verdadeira, ser os únicos representantes de Deus, ter o único ensino bíblico correto e de serem os únicos verdadeiros anunciadores do reino vindouro de Jeová.
Se eles fossem a única igreja verdadeira e a única voz verdadeira da palavra de Deus então o que eles dizem deveria ser comprovadamente verdade, especialmente em se tratando de profecias. Quanto a predizer o futuro, a organização Torre de Vigia falha miseravelmente. A seguir estão algumas das falsas predições feitas através dos anos pela organização Torre de Vigia. Se você apresentar isto a uma T.J., ele provavelmente dirá alguma coisa como: "Aquilo foi tomado fora do contexto", ou "Eles não disseram que eram profetas de Deus", ou ainda, "A está mais brilhante e agora nós compreendemos melhor as profecias bíblicas", etc. Faça uma cópia destas falsas profecias e dê a eles para que verifiquem.
Lembre-se de Dt 18:22: "Quando o profeta falar em nome do Senhor e tal palavra não se cumprir, nem suceder assim, esta é a palavra que o Senhor não falou; com presunção a falou o profeta; não o temerás." Se alguém faz uma falsa profecia e diz que vem de Deus, então ele é um falso profeta e nós não devemos dar ouvidos a ele.
As Testemunhas de Jeová declararam que são profetas de Deus? Sim.
Em 1972, a revista Sentinela afirmou que as Testemunhas de Jeová são profetas de Deus.
IDENTIFICANDO O "PROFETA" -- "Jeová tem um profeta para ajudá-los, para adverti-los dos perigos e para declarar as coisas por vir? Estas questões podem ser repondidas afirmativamente. Quem é este profeta? ... Este "profeta" não era um homem, mas era um corpo de homens e mulheres. Era um pequeno grupo de seguidores de Jesus Cristo, conhecidos naquele tempo como International Bible Students. Hoje eles são conhecidos como Testemunhas Cristãs de Jeová ... Certamente, é fácil dizer que este grupo atua como um 'profeta' de Deus." The Watchtower, 4/1/72 (Veja Deut. 18:21)

1899 "...a ‘batalha do grande dia do Deus Todo-poderoso' (ap 16:14), que terminará em 1914 com a comleta ruína do atual estado da tera já começou." The Time Is at Hand, page 101 (1908 edition).
1897 "Nosso Senhor, o Rei indicado, está agora presente, desde outubro de 1874," Studies in the Scriptures, Vol. 4, page 621.
1916 "A cronologia bíblica aqui apresentada mostra que seis grandes dias de 1000 anos, começando em Adão, estão terminando e o grande sétimo dia, o reino de 1000 anos de Cristo, começou em 1873." The Time Is at Hand, page ii, (forward).
1918 "Entretanto, nós podemos, confiadamente, esperar que 1925 será marcado pelo retorno de Abraão, Isaque, Jacó e dos profetas, particularmente daqueles nomeados pelo apóstolo em Hebreus 11, para a condição de perfeição humana." Millions Now Living Will Never Die, page 89.
1922 "A data 1925 é mais distintamente indicada nas escrituras que a de 1914." The Watchtower 9/1/22, page 262.
1923 "Nosso pensamento é que 1925 está definidamente indicado pelas escrituras. Assim como Noé, o cristão de hoje tem muito mais em que basear a sua fé do que Noé tinha para basear a sua fé no dilúvio vindouro." The Watchtower, PAGE 106 4/1/23.
1925 "O ano de 1925 chegou. Com grande expectativa cristãos tem esperado por este ano. Muitos estão confiantemente esperando que todos os membros do corpo de Cristo sejam transformados para a glória celestial durante este ano. Isto pode acontecer ou não.  No Seu devido tempo Deus irá cumprir seus propósitos concernentes ao Seu povo. Os cristãos não deveriam estar, estão, ansiosos acerca do que pode acontecer este ano." The Watchtower, 1/1/25, page. 3.
1925 "Era esperado que Satanás tentaria injetar nas mentes dos santos, o pensamento que em 1925 deveriam ver o fim da obra." The Watchtower, Sept, 1925 page 262.
1926 "Alguns anteciparam que esta obra terminaria em 1925, mas o Senhor não estabeleceu isto. A dificuldade é o amigos insuflaram suas imaginações além da razão; e que quando as suas imaginações estouraram em pedaços, eles estavam inclinados a aceitar qualquer coisa." The Watchtower, page 232.
1931 "Existe uma medida de desapontamento da parte daqueles que crêem em Jeová a respeito dos anos de 1917, 1918 e 1925 ... e els também aprenderam a parar de fixar datas." Vindication, page 338.
1941 "Recebendo o presente, a crianças marchando unidas umas às outras, não por um brinquedo ou por um tempo de diversão, mas o instrumento levantado por Deus para a obra mais efetiva nos meses que restam antes do Armageddon." The Watchtower, 9/15/41, page 288.
1968 "Verdade, existiu, no passado, quem predissesse o 'fim do mundo', inclusive especificando uma data. Nada ainda aconteceu. O 'fim' ainda não veio. Eles são culpados de falsas profecias. Por quê? O que estava faltando?  ... Estava faltando aquele povo a quem Deus dirige e evidencia que os está guiando e usando." Awake, 10/8/68.
1968 "Porque você está olhando para 1975?" The Watchtower, 8/15/68, page 494.

Uma T.J. poderá dizer que a organização ainda está aprendendo. Se é assim, quanto eles podem confiar naquilo que eles estão aprendendo agora da Sociedade? O que eles estão aprendendo agora não irá mudar depois?
Um verdadeiro profeta de Deus não erra uma profecia. Somente um falso profeta erra. A organização das Testemunhas de Jeová, que proclama ser profeta de Deus, é na realidade um falso profeta. Jesus avisou-nos a respeito, dizendo: "porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos." (Mt 24:24).

WikiLeaks fará revelações sobre 'importante banco dos EUA' Fundador do site diz que documentos envolvem 'importante instituição'. Documentos poderão quebrar 'um ou dois bancos', disse Assange.

O enigmático fundador da Wikileaks, Julian
Assange. (Foto: Peter Erichsen/NMD/CC)
O fundador do site WikiLeaks, Julian Assange, afirmou que seu próximo vazamento de informação envolverá um importante banco dos Estados Unidos, e ocorrerá "no início" de 2011, segundo entrevista publicada nesta segunda-feira (29) pela revista "Forbes".
Assange prometeu divulgar milhares de documentos que poderão "quebrar um ou dois bancos", e acrescentou que a documentação envolve uma "importante instituição" financeira "dos Estados Unidos".
"Sim, temos informações sobre um banco que cresce, e vai ser um mega-vazamento".
A entrevista foi realizada no início de novembro, antes de WikiLeaks publicar, neste domingo, 250 mil documentos confidenciais de diplomatas dos Estados Unidos.

Da France Presse

GUERRA NO RIO DE JANAIRO -Rio em guerra. Polícia já prepara acção nas favelas a sul da cidade

Depois de assumirem o controlo do complexo do Alemão, as autoridades brasileiras vão agora virar-se para as favelas da zona sul do Rio de Janeiro: Rocinha e Vidigal são o próximo alvo das forças de segurança da cidade, anunciou ontem o secretário de segurança José Mariano Beltrame. A guerra aberta entre traficantes e polícia nas favelas da cidade não é mais do que uma primeira batalha que promete alterar a relação das duas maiores "forças" da cidade. Exército e polícias civil e militar assumiram o controlo do Complexo do Alemão, que abrange 13 favelas da zona norte do Rio de Janeiro e, em apenas nove dias, o cenário é ilustrador da violência: 50 mortes, 109 veículos incendiados, 223 detidos, 40 toneladas de canábis e mais de 50 espingardas apreendidas. Agora o governo do Rio de Janeiro já adiantou que as forças de segurança vão avançar em direcção às favelas da zona sul da cidade. A Secretaria de Segurança explicou ao i que a "acção" no Complexo do Alemão "estava planeada há dois anos". A zona composta por 13 favelas "era um dos lugares mais emblemáticos com convergência de marginais para todo o Rio de Janeiro". No entanto, o atraso da operação é justificado pelas "dificuldades de recursos humanos e tecnológicos", onde se inclui "a formação de polícias e licitações para a compra de blindados".

A colaboração das Forças Armadas foi preponderante na concretização do plano. "Em função dos ataques dos traficantes na cidade, as Forças Armadas suprimiram esta carência e a operação foi desencadeada", relata fonte oficial da Secretaria de Segurança. O i tentou ainda obter esclarecimentos sobre a próxima operação nas favelas da zona sul, mas a única resposta do governo do Estado dá conta que o "projecto de pacificação está em curso". O objectivo é transformar o Rio de Janeiro numa "metrópole com níveis criminais comparáveis a qualquer outra". Até porque a cidade vai receber jogos do Mundial de Futebol em 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016. O primeiro passo foi dado ontem com o anúncio da instalação da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Complexo do Alemão. A operação deverá levar pelo menos seis meses, mas a Secretaria de Segurança sublinha que "não é a ocupação desta favela que vai mudar uma realidade de 30 ou 40 anos, mas sim um trabalho de longo prazo que está a ser feito."

Segundo Round As favelas da Rocinha, entre a Gávea e São Conrado, e do Vidigal, próxima do Leblon, são o próximo alvo. "Vamos chegar à Rocinha e ao Vidigal." A frase do secretário de Segurança do Rio, José Mariano Beltrame, preocupou os cariocas, devido à proximidade com as áreas turísticas da cidade, explicou ao i Francisca Coelho, de 22 anos. Francisca é portuguesa e está a estudar no Rio. Pela primeira vez sente-se ameaçada no percurso entre o Leblon e a PUC (Pontifícia Universidade Católica) no bairro da Gávea: "O Rio está o caos, as pessoas não vão à praia e quase não se vê ninguém na rua, à noite", nota.

A estudante garante ainda que os media não estão a mostrar toda a gravidade da situação, porque "o Rio de Janeiro está em guerra declarada. A Rocinha é mesmo aqui ao lado, estou muito preocupada." Familiares e amigos da estudante estão preparados para uma possível mudança na cidade ou mesmo para passar um longo período sem sair de casa. "A minha prima vai sair do Brasil agora e já me indicou uma moradia (perto de Petrópolis), caso as coisas se compliquem. Na Universidade, as pessoas comentam que fizeram reservas em casa e isto começa a assustar-me."

Rocinha Na favela da Rocinha, os traficantes preparam-se para receber a polícia, mas os moradores já denunciaram às forças de segurança alguns dos principais criminosos da zona. Alguns dos traficantes já estariam a construir "trincheiras e barricadas" em vários pontos da favela e, segundo o "Globo", estão na posse de explosivos de dinamite que foram roubados à empresa Dinacon Indústria e Comércio, do Rio Grande do Sul. Os moradores da Rocinha informaram as autoridades que vários criminosos que fugiram do Complexo do Alemão estão escondido na favela da zona sul do Rio e a polícia já respondeu com agentes disfarçados que se instalaram há quatro dias no morro para investigar as denúncias.

Apesar do sentimento contraditório entre alguns habitantes do Rio, o governo brasileiro mantém o seu total apoio ao governo federal. A afirmação do presidente Lula da Silva é elucidativa. "O Brasil vai ganhar esta guerra." Lula da Silva disse ontem, em declarações a uma rádio brasileira, que a operação levada a cabo por cerca de 2600 agentes foi um sucesso.

PADRE SEM VERGONHA USA DE DESCULPAS PARA ENCOBRIR SUAS ATITUDES ERRADAS - Preso padre suspeito de abusar de menino em rodoviária de PE.


 

 Preso padre suspeito de abusar de menino em rodoviária de PE

Alexandra Torres
Direto do Recife


Um homem foi preso na tarde de quarta-feira sob suspeita de abusar de um menino de 14 anos no Terminal Integrado de Passageiros (TIP), no bairro do Curado, zona oeste do Recife. Segundo a polícia, Josean Dantas Rolim, 51 anos, foi pego em flagrante por seguranças do TIP dentro do banheiro do terminal. Ao ser detido, ele apresentou uma carteira da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) se dizendo padre há quase 20 anos.
O crime ocorreu por volta das 17h30. Em depoimento à Gerência de Proteção à Criança e ao Adolescente (GPCA), o adolescente afirmou que o acusado o abordou quando passava pelo terminal. "Ele me abordou e pediu para tirar fotos, dizendo que era turista. Eu disse que estava apressado, mas ele falou alto e me puxou à força para o banheiro. Pensei que ele estivesse armado, por isso não gritei", contou o menino.
A situação foi percebida por seguranças do TIP que desconfiaram ao ver o garoto sendo levado pelo braço para o banheiro e foram atrás. Segundo a polícia, o padre confessou o crime. Ele contou que estava apenas de passagem pelo TIP, pois vinha de João Pessoa e seguiria para Petrolina, no sertão de Pernambuco, onde reside.
Ainda segundo o padre Josean Dantas Rolim, ele teria sido ordenado na Diocese de Petrópolis, no Rio de Janeiro, e estaria licenciado. "Eu tomo remédio controlado e não posso beber. Mas, ontem, bebi cerveja demais e cometi esse erro. Estou arrependido", declarou.
O acusado foi autuado em flagrante por atentado violento ao pudor e, logo em seguida, foi encaminhado para o Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, na Grande Recife.
Especial para Terra

Assassinatos contra gays: dados manipulados

Segundo reportagem da Agência Câmara, "pesquisas registram mais de 200 assassinatos a homossexuais em todo o país". Sim, mas assassinados por quê? Pelo fato de serem homossexuais? Pelo fato de estarem em ambientes marcados pela violência? Pelo consumo de drogas? Pela libertinagem? Por latrocínios? Pelo fato de estarem de madrugada em ruas e bairros perigosos? Não se cita. Assim sendo, parece que, se um homossexual estiver andando de madrugada na Vila Cruzeiro no Rio de Janeiro e calhar de ele ser assassinado, engrossará as estatísticas de "assassinatos contra homossexuais".
Não bastasse a ausência de detalhes em tais pesquisas, todos os veículos de imprensa falham em mencionar que, no Brasil, no ano de 2007, ocorreram 47.707 assassinatos. Logo, se cerca de 200 são contra homossexuais, então o número de assassinatos contra homossexuais é 0,42% do total.
Homossexuais representam 0,42% da população? Certamente não. Não há pesquisas isentas sobre o número de homossexuais no Brasil, embora os grupos gays mais radicais dizem chegar a 9% da população. No entanto, na Europa, onde a aceitação ao homossexualismo é maior que no Brasil, a porcentagem de gays não chega a passar de 2%.
No Reino Unido, segundo pesquisa da ONS (Office for National Statistics), feita com quase 250.000 pessoas, chegou-se à conclusão que 1,3% dos homens são gays, 0,6% das mulheres são lésbicas e 0,5% são bissexuais. No total, 1,5% das pessoas são gays ou bissexuais.
Na Espanha, pesquisa da INE, baseada em 10.838 entrevistas praticadas no último semestre de 2003, assinalou que somente 1% da população mantém relações exclusivamente homossexuais. A população que reconhece ter tido em alguma ocasião este tipo de relação ao longo de sua vida é de 3%, 3,7% entre os homens e 2,7% entre as mulheres.
No Canadá, pesquisas feitas em 2003 com 121.000 adultos canadenses mostrou que somente 1,4% se consideravam homossexuais.
O fato é que, de uma forma ou de outra, se o número de assassinatos contra gays é de cerca de 200, os gays estão subrepresentados quanto ao total de assassinatos, ou seja, os gays são menos propensos a sofrer violência e assassinatos que o resto da população, ao contrário do que a grande mídia propala.
Alguém poderia dizer: e a agressão contra um homossexual ocorrida recentemente em São Paulo? Eu responderia: Sim, é um caso deplorável, mas se a pessoa agrediu o homossexual, o Código Penal já prevê punição para ela; o que não pode acontecer é o crime se tornar maior pelo fato de o agredido ser homossexual, pois isso configuraria uma discriminação contra todos os não-homossexuais.
Quantas pessoas morrem por ano em filas de hospitais? Seriam menos de 200? E o número de mendigos mortos queimados, principalmente no Nordeste? Seriam menos de 200 por ano? Quantas pessoas inocentes morrem por dia na violência das grandes cidades? Seriam menos de 200 por ano? Quantos policiais morrem vítimas da violência? Quantas pessoas morrem por ano vítimas das drogas? Quantas pessoas morrem por ano em acidentes de trânsito? Seriam menos de 200?
Logo, não faz sentido nenhum as polícias e o Poder Judiciário desviarem a atenção dos 99,58% de assassinados no Brasil (uma vez que a segurança pública brasileira é insuficiente para atender as pessoas que mais precisam dela) para dar tratamento especial a uma minoria de 0,42% que, aliás, está subrepresentada nas estatísticas de assassinatos.
Fonte: Mídia Sem Máscara

Uma igreja do tamanho do Brasil

Igreja Assembleia de Deus faz das comemorações do seu centenário mais um desafio missionário.

Às portas do seu centenário, a Assembleia de Deus está em festa. Maior denominação evangélica e segunda instituição religiosa do país em número de fiéis – atrás, apenas, da Igreja Católica Romana –, a Assembleia de Deus (AD) comemora em 2011 um século de existência, trajetória marcada pelo fogo pen tecostal e pelo ardor missionário. Mais popular das confissões protestantes em território nacional, a AD é uma igreja com a cara do Brasil. Presente das grandes cidades aos vilarejos do interior, ela congrega gente de todo tipo, origem e classes sociais; ao mesmo tempo, mantém a ortodoxia doutrinária e a fidelidade às Escrituras que se tornaram sua marca desde que os fundadores, os missionários suecos Gunnar Vingren e Daniel Berg, aportaram em Belém (PA). Daqueles tempos de pioneirismo e perseguição, ficou na alma dos assembleianos a urgência de anunciar o Reino de Deus. Há quase 100 anos, os crentes da denominação só têm colocado mais e mais pedrinhas em sua coroa – é assim que eles, carinhosamente, chamam as almas ganhas para Jesus.

A ocasião festiva já está sendo comemorada em diversos eventos e a agenda vai ficar cheia até 2011. A coordenação do programa do centenário está a cargo da Convenção Geral das Assembléias de Deus do Brasil (CGADB), entidade que congrega mais de 100 mil igrejas e 35 mil pastores. O número exato de fiéis é impossível de mensurar. “Segundo o Censo de 1991, os assembleianos eram 2,4 milhões; já em 2000, 8,1 milhões de pessoas se declararam membros da AD”, lembra o pastor Silas Daniel, diretor de Jornalismo da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD). “Nove anos depois do último Censo, com base não apenas em projeções, mas em dados de crescimento que nos chegam de alguns ministérios regionais, chega-se a um número estimado de 15 milhões.”

“Sal e luz”

A verdadeira dimensão numérica da AD é menos importante do que seu legado. Ao longo do século 20, a denominação exerceu papel fundamental na evangelização do país. “Há décadas as Assembleias de Deus têm feito a diferença em uma sociedade que diariamente perde os referenciais de ética, integridade, vida espiritual e moral”, destaca o pastor José Wellington Bezerra da Costa, presidente da CGADB. Em abril, ele foi reeleito para seu décimo mandato à frente da entidade numa participação recorde, tendo mais de 13 mil ministros eleitores, derrotando o pastor Samuel Câmara. A primeira vice-presidência ficou com o pastor e conferencista Silas Malafaia. “Deus nos chamou para ser sal e luz, e temos obedecido a esse chamado com poder e autoridade. O trabalho dos pioneiros continua em nossos dias, e o Senhor nos proporcionou os meios para fazê-lo da melhor forma possível.”

Sobre as comemorações, Wellington lembra que a história da AD é caracterizada pelo mover divino. “Cem anos não são cem dias. Contamos tempos trabalhosos, de perseguição, de incompreensão contra a nossa fé, e hoje podemos colher os frutos de um evangelismo pacífico e respeitoso em nossa nação. Deus se fez presente conosco, confirmando sua Palavra e acrescentando à igreja os que vão sendo salvos”. A programação começou oficialmente durante a Assembleia Extraordinária da CGADB em Porto Alegre (RS), ano passado. O marco inaugural foi um cerimonial no Hotel Sheraton, na capital gaúcha, com a presença de líderes de quase todas as convenções regionais e de órgãos ligados à igreja. Ali, toda a programação de 2008 a 2011 foi exibida em vídeo. Na ocasião, foi apresentada também a marca do centenário, que representa o número “100” estilizado com uma chama – lembrando o pentecostalismo – e duas alianças entrelaçadas.

Um dos destaques das comemorações é a série de conferências pentecostais que serão promovidas até 2011, uma em cada região do país. “Serão grandes eventos evangelísticos e de renovação espiritual”, descreve José Wellington. Mas o que está motivando os assembleianos do Brasil é mesmo comemorar os cem anos bem ao seu estilo – ou seja, pregando a Palavra a toda criatura. Uma das metas até 2011 é que cada membro leve ao menos uma pessoa à conversão ao Evangelho. Outro desafio é abrir uma congregação da AD em cada município do país. “Queremos que todas as cidades tenham uma igreja da Assembleia de Deus pregando a salvação em Jesus Cristo”, anuncia o dirigente.

A primeira conferência foi realizada no Centro-Oeste, em outubro de 2008, no Grande Templo da AD em Cuiabá (MT). A segunda será na Região Sul, em Curitiba, ainda este ano. Em seguida, será a vez do Nordeste, na cidade de Recife (PE), em junho de 2010; depois, será a vez da Região Norte, com o evento em Belém do Pará, já em junho de 2011, na semana de aniversário de cem anos da denominação no Brasil. Finalmente, em outubro de 2011, será realizada a última conferência, desta vez no Sudeste, na cidade de São Paulo, ocasião em que será inaugurado o novo templo-central da Assembleia de Deus do Belenzinho (SP).

Fonte: Cristianismo Hoje

JOGADOR EVANGELICO PARA PROMESSA FEITA A SANTA .

Abençoado goleador

Evangélico, Caio acompanha o elenco do Avaí no pagamento a promessa feita a Santa Paulina

Quem diz que santo de casa não faz milagres é porque desconhece os pés abençoados do meia Caio, autor dos três gols da heroica vitória do Avaí sobre o Santos, no último domingo, na Ressacada. Foi com o estado de graça de Caio que o time do técnico Vágner Benazzi chutou para bem longe a ameaça de rebaixamento no Brasileiro.

Ontem, o camisa 10 do Leão centralizou as atenções no Santuário de Santa Paulina, em Nova Trento, a 80 quilômetros de Florianópolis. Dirigentes, comissão técnica e jogadores estiveram no local para pagar uma promessa feita há mais de 15 dias, na véspera da partida contra o Inter, em Porto Alegre. O jogo foi como uma página virada na trajetória do Avaí.

Quase ninguém acreditava na reação. O técnico Vágner Benazzi pediu, então, ajuda aos santos e contagiou o grupo. Coincidência ou não, a partir daquele momento, as coisas passaram a dar certo. O time retomou a confiança, conquistou três triunfos seguidos e permaneceu na elite.

– Todo mundo estava muito tenso, não dormíamos direito nas concentrações, nos sentíamos humilhados pela situação – revelou Caio.

Mais aliviado, o meia, que é evangélico, fez questão de participar do encontro e cumprir a promessa ao lado da esposa Aline. Caio entrou na Capela de São Jorge, onde todos agradeceram a graça alcançada, e depois subiu a rampa que dá acesso à igreja principal do santuário.

Lá, ele foi bastante assediado por fãs de todas as idades para tirar fotos e dar autógrafos. O que poucos sabem é que o hoje idolatrado Caio viveu dias de amargura no clube.

– Muita gente não sabe o que eu passei. Foi um ano bastante difícil. Meu pai morreu, minha filha (Letícia, de três anos) ficou 20 dias internada no hospital (por causa de uma pneumonia), mas jamais desisti. Deus tem sido maravilhoso comigo, tem me confortado muito e só tenho a agradecer – contou.

jean.balbinotti@diario.com.br

Ana Paula Valadão grava especial de Natal no SBT. Confira imagens dos bastidores

Em seu twitter pessoal, Ana Paula Valadão anunciou a gravação de um programa especial de natal para a TV Alterosa (Afiliada do SBT) de MG.

Por Redação OGalileo
Ana Paula Valadão 
grava especial de Natal no SBT. Confira imagens dos bastidores Trata-se de um especial chamado "Don e Juan e Sua História", onde a Ana Paula fará uma participação mais que especial. Ele está previso para ir ao ar um pouquinho antes do Natal e será transmitido para Minas Gerais, Brasília e Campina Grande (PB) pelas afiliadas do SBT. Ana Paula Valadão comentou que esta é "... mais uma oportunidade de falar do Salvador."

Mais uma vez a Ana cortou o cabelo mais curto no Silvio Nogueira



Roney Fares e Luciene Fares comemoravam 25 anos de casados! Bodas de prata.



Ana Paula Valadão se encontra com princesas que encenaram "Aos Olhos do Pai" no especial.



Equipe de direção do especial.



Informações Portal Diante do Trono

Notícias » Brasil » Prefeito de Jaguariúna é expulso do PPS por apoiar Dilma

O prefeito de Jaguariúna, interior de São Paulo, Gustavo Reis, foi expulso do Partido Popular Socialista (PPS), neste fim de semana, por ter manifestado publicamente seu apoio à candidatura de Dilma Rousseff (PT) à Presidência, contrariando decisão do PPS de se coligar a José Serra (PSDB). Reis é o primeiro alvo da ação do partido contra a infidelidade partidária.
Em seu parecer, o presidente do Conselho Nacional de Ética do PPS, Renato Atílio, decidiu que, pela "gravidade dos atos" praticados por Gustavo Reis, só restava ao órgão se manifestar pelo desligamento do prefeito.
O partido iniciou esta semana um processo de reestruturação da legenda que tem como ponto de partida a punição e até expulsão de filiados e detentores de mandato que apoiaram candidatos de outras siglas e coligações nas eleições de 2010. Para isso, o partido aprovou uma resolução no último final de semana, em uma reunião do Diretório Nacional, em Brasília, que estabelece todos os passos do processo contra os militantes que desrespeitaram o Estatuto e feriram a questão da fidelidade partidária. Além das punições individuais, diretórios do PPS considerados infiéis poderão ser dissolvidos em todos os estados e no Distrito Federal.
Segundo o secretário-geral do PPS, deputado federal eleito Rubens Bueno (PR), a reestruturação é fundamental para a preparação do partido rumo as eleições municipais de 2012. "Essa medida sinaliza claramente que o PPS será reestruturado em todo o Brasil com aqueles que defendem o partido, seu programa e tem compromisso com nossos candidatos nas eleições. De nada adianta termos prefeitos, vereadores e deputados que, na hora de uma disputa eleitoral, apoiam candidatos de outros partidos", afirmou.
Redação Terra

prefeito de jaguariuna expulso do partido por apoiar Dilma

  Prefeito expulso do PPS por apoiar Dilma deve ir para o PT , Depois de se dedicar corajosamente à campanha de Dilma Rousseff à Presidência e de Aloizio Mercadante ao governo paulista, o prefeito de Jaguariúna (SP), Gustavo Reis, foi expulso do PPS na tarde desta segunda-feira (29). Seu destino mais provável é o PT, conforme apurou o Vermelho. Mas o anúncio de nova filiação deve ocorrer apenas em 2011.

 

A decisão de desligar Reis do PPS por "questão da fidelidade partidária" foi tomada pelo Diretório Nacional do partido, à revelia da direção estadual — que defendia o prefeito. Em comunicado que formalizou a expulsão, o PPS diz passar por “amplo processo de reestruturação”, após péssimo desempenho eleitoral. O mesmo documento, de forma contraditória, ressalta a necessidade de fortalecer a "democracia interna" — mas traz a promessa de atropelar “atuais debilidades orgânicas".

Nas eleições de outubro, o PPS, apoiador da fracassada candidatura presidencial de José Serra (PSDB), perdeu dez deputados federais (de 22 para 12). Na disputa ao Senado, elegeu apenas Itamar Franco (MG), no rastro da votação do também senador eleito Aécio Neves (PSDB).

Diferentemente de Reis — que mostrou sintonia com os interesses populares e nacionais ao defender um projeto de continuidade ao governo Lula —, o PPS dá sinais de que pretende minguar ainda mais na oposição. Tanto que o presidente do Conselho de Ética do PPS, Renato Atílio, acusou Reis de "atos graves" e afirmou não haver "outra alternativa" ao partido.

Gustavo Reis ingressou na política em 1998 — ano em que se filiou ao PPS. Foi vereador de Jaguariúna de 2001 a 2004, membro do Diretório Nacional do partido e vice-presidente Nacional da JPS (Juventude Popular Socialista). Em 2008, depois de passar quase toda a campanha em terceiro lugar nas pesquisas eleitorais, foi eleito prefeito com 42,5% dos votos, à frente de uma coligação com 14 partidos.

Ainda na segunda-feira, horas depois de ser expulso do PPS, Reis afirmou, em nota, que só da decisão “unilateral” do PPS pela imprensa, sem ter “direito constitucional de ampla defesa, como também prevê o estatuto do PPS".

"Sempre adotei posição aberta, clara, ética e transparente em relação à melhor opção para o povo brasileiro que, na verdade, veio a ser amplamente consagrada nas urnas", registrou Reis. "Minha consciência neste ponto está serena, convicta e coerente com meus 12 anos de PPS, única legenda de minha vida pública e cujo estatuto sempre sustentou os princípios do pluralismo político, dos valores da liberdade e a radicalidade democrática."

O prefeito é apoiado pelo PCdoB, que tem dois dos nove vereadores na Câmara Municipal, além do secretário de Esporte. Jaguariúna tem pouco mais de 41 mil habitantes e se localiza na região metropolitana de Campinas (SP), a 116 quilômetros da capital paulista.

Por André Cintra

Pr Marcos Pereira, famoso por mediações com bandidos, fala sobre o Complexo do Alemão: “Espaço tomado por algo satânico”


Pr Marcos Pereira, famoso por mediações com bandidos, fala sobre o
 Complexo do Alemão: “Espaço tomado por algo satânico”Pastor brasileiro da Assembléia de Deus dos Últimos Dias (Adud), Marcos Pereira mediou uma ocupação da polícia no Complexo do Alemão, no estado do Rio de Janeiro, neste domingo, dia 28.
Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel O Dia “D” para o Rio de Janeiro culminou na apreensão de 40 toneladas de maconha. Marcos Pereira que ganhou mídia ao mediar conflitos semelhantes entre policiais e bandidos, disse que enviou equipe ao morro.
“O Governo teve atitude em tomar aquele espaço tomado por algo satânico,” disse o pastor.
Segundo ele, apesar do Governo não considerar oficial a negociação de Marcos Pereira, a equipe da Adud esteve na madrugada no Complexo do Alemão. Alguns traficantes supostamente aceitaram o apelo e se renderam. Marcos Pereira disse que ficou não muito tempo no local para não ser acusado de oportunista pela mídia.
Segundo ele o instituto está dando assistência no local através de voluntários e comemorou o não derramamento de sangue durante a ocupação.
“Cocaína é droga. Algo espiritual. Material bélico, não. Autoridades competentes precisam impedir que isto cheguem às mãos dos traficantes,” declarou.

Fonte: Christian Today / Gospel+

Traficante ligado a pastores da Igreja Mundial é preso


Traficante ligado a pastores da Igreja Mundial é presoO traficante Bruno Bezerra da Silva, de 28 anos, conhecido como BR, foi preso no bairro Porto da Pedra, em São Gonçalo (RJ), durante cumprimento a mandados de prisão expedidos pela Vara Criminal da cidade, pelos crimes de homicídio e tráfico de entorpecentes. Segundo a polícia, BR comandava o tráfico de drogas do Morro do Martins, em Niterói, e vinha sendo investigado havia cerca de três meses suspeito de fornecer drogas para traficantes do Morro do Santo Amaro, no bairro do Catete, na zona sul do Rio.
Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel Os policiais também revelaram que BR era o traficante que receberia os sete fuzis M15 apreendidos, em março último, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, pela Polícia Rodoviária Federal. O armamento estava sendo trazido por pastores da Igreja Mundial do Poder de Deus. Ainda de acordo com as investigações, Bruno havia adquirido uma casa no Complexo do Alemão, onde passaria a residir ainda esta semana.


Fonte: Agência Estado / Gospel+
Via: Galileo

Evangelização pelo martírio : 70 milhões de cristãos mortos em 20 séculos

Martírio cristão
Martírio cristão
A palavra martírio tem sua origem no grego “martys”, que significa “testemunhar”. Testemunhar por Cristo. Este artigo aborda as estatísticas de martírio elaboradas pela prestigiada Universidade Gordon Conwell dos EUA, a partir de uma pesquisa que durou 30 anos para ser terminada. Leia as conclusões desse estudo.

O estudo identificou os 76 piores casos de genocídio contra cristãos, cada com mais de 100.000 mortes, sendo os últimos os massacres promovidos pelo ex-presidente de Uganda Idi Amin Dada em 1971, o holocausto do Sudão entre 1963 e 1999 e o genocídio de Ruanda em 1994.
O estudo afirma que muitos outras tentativas de genocídio contra cristãos foram evitadas por que os promotores desses genocídios ficaram preocupados com a reação da opinião pública. Por isso a grande importância que todos nós juntos: articulistas e leitores cristãos temos que dar ao trabalho de divulgação dos crimes cometidos contra cristãos.
Faça a sua parte: divulge, redistribua os artigos por email para seus amigos, publique no seu Facebook e Twitter, envie as notícias por email, promova os abaixo-assinados que podem resultar na salvação de vidas cristãs sem que você precise arriscar a sua. Basta clicar no botão “missionário eletrônico” que está no final de cada artigo e enviar para seus amigos.
O estudo sobre o martírio cristão
Segundo o estudo, o efeito do martírio nos resultados da evangelização foi grande. Claro que os cristãos não desejam procurar deliberadamente o martírio, como o fazem os muçulmanos radicais. Nosso martírio, quando ocorre, destina-se a salvar vidas e almas para a fé em Cristo e não em matar mais gente por que não são da fé cristã.
Os resultados do martírio cristão são impressionantes, por que as notícias se espalham amplamente e em muitos casos os descrentes e mesmo os perseguidores se convertem para Cristo, vendo o exemplo da fé em Cristo.
O martírio pode ser considerado o testemunho final, a completa declaração pessoal da fé em Cristo, a maior proclamação da palavra de Deus. Agora os dados:
Tabela 1: histórico do martírio cristão de 33DC a 2000DC
Agora uma tabela que mostra o grande impacto do morticínio causado pela invasão e ocupação árabe-muçulmana de um lado e por outro lado a repressão promovida pelos regimes comunistas:
Tabela 2: confissão cristã dos mártiresNa tabela 2, vemos o sofrimento mortal causado aos cristãos assírios, nestorianos e armênios que passaram vários séculos e até hoje sob o domínio muçulmano.
Mas…e quem são os responsáveis por essa carnificina, esse holocausto milenar que pelos seus números supera nossa capacidade de compreensão? Afinal são 69 milhões de mortos cristãos ao longo da história. É como se 35% da população brasileira, ou como se a população inteira de 10 países do tamanho de Portugal ou quase uma França inteira fosse exterminada. Quem são os genocidas? O estudo mostra:
Tabela 3: os perseguidores dos cristãosAqui fica provada outro exagero dos muçulmanos. Se de um lado até hoje vivem com o espírito de vingança contra as Cruzadas cristãs que duraram 200 anos e que se encerraram há 800 anos atrás, de outro lado acusam os cristãos por causa da Inquisição que realmente causou a morte de bastante gente.
No entanto, a terrível Inquisição, somada com as guerras Protestantes e ainda somada com a ocupação européia de novos continentes causou a morte de 5,5 milhões de pessoas. E os muçulmanos causaram em contrapartida 9,1 milhões de mortes de pessoas da fé cristã.
Para quem pensa que o martírio cristão é coisa do passado:
Tabela 4: os mártires cristãos de hoje
Essa tentativa de lavagem cerebral de certos radicais muçulmanos, que tentam jogar uma culpa eterna contra os cristãos por erros cometidos no passado, é totalmente desmentida pelos números dessa pesquisa.
Ao analisar essas estatísticas do estudo da Universidade Gordon Conwell, nota-se dois grandes promovedores de milhões de mortes cristãs: governos, entre os quais se destacam os governos ditos ateus (comunistas ou socialistas populares) com 31,6 milhões de vítimas e logo em seguida vêm os muçulmanos nas regiões que conquistaram após o ano 637DC com 9,1 milhões de vítimas.
Perante esses números milionários, as mortes causadas pelas Cruzadas cristãs entre os anos 1060 e 1219DC, bem como aquelas causadas na luta pela libertação dos territórios espanhóis, portugueses, franceses, húngaros, austríacos, iugoslavos, búlgaros, gregos e italianos que estavam sob o domínio do invasor muçulmano fosse ele árabe ou turco, foram números relativamente irrisórios.
Outro ponto interessante que essas estatísticas mostram é que para os cristãos a conquista da fé pela violência encerrou-se há algum tempo atrás. Basta notar como são tratados de modo pacífico os muçulmanos que vivem nos países ocidentais de raízes cristãs. Mas nos países de maioria muçulmana, a violência contra a fé cristã é arma utilizada até os dias de hoje contra nossos irmãos de fé que vivem naqueles países.
A próxima vez que você ler ou ver um vídeo de algum mulá muçulmano histérico gritando contra os crimes cometidos pelos cristãos, certamente você não dará ouvidos e buscará a paz em Cristo por que é através dessa paz que muitos estão se convertendo à fé cristã: para fugir do círculo vicioso de ódio e terror de certas ideologias no mundo atual.

Famoso pastor de megaigreja americana rebate acusações de envolvimento homossexual com adolescentes



O Bispo Eddie Long admitiu em tribunal documentos de que ele levou os quatro jovens, acusando-o de abuso sexual em viagens. Mas ele negou as acusações de que ele seduzia.
Um pastor da Igreja Batista New Birth Missionary apresentou respostas a cada um dos quatro processos em Tribunal do Estado do Condado de Dekalb, na segunda-feira. Antes disso, ele recusou-se a abordar as queixas específicas fora do tribunal.
Nunca houve qualquer contato sexual entre Long e os homens, de acordo com a FOX News 5.
Os processos foram abertos em setembro contra o pastor da mega-igreja. Quatro jovens – agora nos seus vinte anos – afirmam que foram seduzidos por Long quando eles eram adolescentes (16-18 anos de idade). Eles alegam que o pregador, que era como um pai para eles, tomou-os em viagens durante a noite, deu-lhes presentes e dinheiro em abundância, os coagiu em prática de atos sexuais e abusou de sua autoridade espiritual.
No domingo, dezenas de manifestantes se reuniram em Atlanta, Geórgia, exigindo que o pastor se demitisse. Entre os participantes estava Reuben Armstrong, autor de Cobras no Púlpito (Snakes in the Pulpit), que há muito tem criticado o novo pastor da New Birth por seu ensino do evangelho da prosperidade e o acusaram de ter relações homossexuais.
  A manifestação foi liderada pelo Profeta H. Walker, da Igreja Pentecostal Luz Ture em Spartanburg, Carolina do Sul.
Long admitiu nas respostas oficiais, segunda-feira, que ele foi um mentor para os jovens, juntamente com outros que têm estado sem um modelo masculino e que eles chamavam de “papai,” “Bispo,” e “Vovô,” conforme relatado pelo jornal-Constituição de Atlanta. Ele também disse que, ocasionalmente, dividia o quarto com membros de sua congregação, mas as alegações de má conduta sexual “não são verdadeiras.”
Ele também disse que deu os presentes aos jovens e ajudou financeiramente, mas observou que ele sempre paga as despesas para os membros da Igreja.
Uma vez que os processos foram arquivados, Long foi amplamente apoiado pela sua forte congregação de 25.000 pessoas. Ele recebeu os aplausos e afirmação enquanto ele lhes disse que o homem a ser retratado nos processos e nos meios de comunicação não era dele.
Ele pintou a batalha pública como uma luta “Davi versus Golias.” Seu porta-voz, Art Franklin, sustentou à CNN que as ações são “uma extorsão de dinheiro por homens com alguns sérios problemas de credibilidade.”

Fonte: Christian Post

Americanos são a favor de gays e lésbicas no exército


Uma pesquisa divulgada pela CNN revelou que 72% dos norte-americanos são a favor de homossexuais servirem as forças armadas dos Estados Unidos.

De acordo com o estudo, 23% se opõem e enquanto 5% não têm uma opinião formada sobre o assunto. Em 1994, uma pesquisa parecida apontava que 52% eram a favor, 34% eram contra e 9% estavam indecisos.

Os mesmos dados revelaram que 49% dos entrevistados disseram ter um membro da família ou amigo próximo que é gay ou lésbica.

A lei que permite as Forças Armadas americanas expulsarem homos, conhecida por “Don’t Ask, Don’t Tell”, foi suspensa por um juíza, voltou a ter efeito e agora está sendo discutida em altas instâncias do Judiciário.
 Fonte: CenaG

Tropas do México acham 18 cadáveres de vítimas do narcotráfico

Ciudad Juarez (MEX) e o local mais perigoso do mundo para jornalistas


A cidade de Ciudad Juarez,no estado de Chihuahua, na na fronteira do Mexico com os Estados Unidos já é um dos locais mais viloentos para o trabalho jornalístico em todo o mundo. Considerada a cidade mais violenta do planeta, só em 2010 os narcotraficantes ja mataram 2 mil mil pessoas, entre elas 11 jornalistas. O número indica que mais de um jornalista foi assassinado por mês. Em sua última edição o jornal Diário de Juarez, pediu aos narcotraficantes uma "trégua " na violência. Na última quinta-feira(¨16) bandidos atiraram de fuzil contra o carro do fotógrafo Luis Carlos Santigo, que morreu na hora . Um jornalista que estava com ele foi ferido mas sobreviveu. Ambos trabalhavam no Diário de Juarez. Em 2008 um outro fotógrafo da mesma empresa havia sido morto por pistoleiros quando saía de casa. Esse ano já foram assassinados 60 jornalistas em todo o México. O país já é considerado o território mais perigoso para o trabalho da imprensa.

CIDADE JUÁREZ, México (Reuters) - Soldados mexicanos encontraram na segunda-feira 18 cadáveres enterrados em uma fazenda próxima à fronteira com o Texas, depois que pistoleiros assassinaram uma chefe de polícia, nos mais recentes episódios da onda de violência no norte do México.
Os soldados encontraram o sítio graças a informações obtidas de vários assassinos de aluguel capturados, e desenterraram os 18 corpos de 11 covas clandestinas no povoado de Palomas, no estado de Chihuahua, disse a polícia.
Não foi possível determinar de imediato quanto tempo os corpos estiveram enterrados nem suas identidades.
A descoberta ocorreu horas depois que supostos matadores de aluguel do narcotráfico assassinaram Hermila García, a chefe de polícia, de 36 anos, do povoado de Meoqui, também em Chihuahua.
García foi morta na manhã de segunda-feira, quando conduzia seu veículo utilitário no local.
A violência do narcotráfico já causou a morte de 31 mil pessoas no México desde o final de 2006, quando o presidente Felipe Calderón lançou sua campanha militar contra os cartéis.
Chihuahua se tornou o estado mais violento nesse período. Só na cidade fronteiriça de Juárez, vizinha de El Paso, no Texas, cerca de 7.200 pessoas morreram desde janeiro de 2008, quando o cabo Joaquím "Chapo" Guzmán lançou uma ofensiva contra o cartel local pelo controle da região.

(Reportagem de Julián Cardona)
Fonte:UOL

Documentos confidenciais revelam que, para EUA, Itamaraty é adversário


Telegramas confidenciais de diplomatas dos EUA indicam que o governo daquele país considera o Ministério das Relações Exteriores do Brasil como um adversário que adota uma "inclinação antinorte-americana". Esses mesmos documentos mostram que os EUA enxergam o ministro da Defesa, Nelson Jobim, como um aliado em contraposição ao quase inimigo Itamaraty.
Mantido no cargo no governo de Dilma Rousseff, o ministro é elogiado e descrito como "talvez um dos mais confiáveis líderes no Brasil".


A Folha leu com exclusividade seis telegramas (leia a íntegra em inglês) de um lote de 1.947 documentos elaborados pela Embaixada dos EUA em Brasília, sobretudo na última década.
Os despachos foram obtidos pela organização não governamental WikiLeaks. As íntegras desses papéis estarão hoje no site da ONG, que também produzirá reportagens em português. O site da Folha divulgará os telegramas completos.
Num dos telegramas, de 25 de janeiro de 2008, o então embaixador dos EUA em Brasília, Clifford Sobel, relata aos seus superiores como havia sido um almoço mantido dias antes com Nelson Jobim. Nesse encontro, o ministro brasileiro contribuiu para reforçar a imagem negativa do Itamaraty perante os norte-americanos.
Indagado sobre acordos bilaterais entre os dois países, Jobim citou o então secretário-geral do Ministério das Relações Exteriores, Samuel Pinheiro Guimarães.
Segundo o relato produzido por Clifford Sobel, "Jobim disse que Guimarães 'odeia os EUA' e trabalha para criar problemas na relação [entre os dois países]".
Não há nos seis telegramas confidenciais lidos pela Folha nenhuma menção a atos ilícitos nas relações bilaterais Brasil-EUA. São apenas descrições de encontros, almoços e reuniões.
Ao mencionar um acordo bilateral, Clifford Sobel diz que caberá ao presidente Lula decidir entre as posições de um "inusualmente ativo ministro da Defesa interessado em desenvolver laços mais próximos com os EUA e um Ministério das Relações Exteriores firmemente comprometido em manter controle sobre todos os aspectos da política internacional".
Num telegrama de 13 de março de 2008, Sobel afirma que o Itamaraty trabalhou ativamente para limitar a agenda de uma viagem de Jobim aos EUA.
Ao relatar a visita (de 18 a 21 de março de 2008), os EUA pareciam frustrados: "Embora existam boas perspectivas para melhorar nossa relação na área de defesa com o Brasil, a obstrução do Itamaraty continuará um problema".
CAÇAS DA FAB
Apesar de elogiado, Jobim nunca apresentou em reuniões nenhuma proposta especial aos EUA a respeito da licitação dos 36 aviões caça que serão comprados pela Força Aérea Brasileira.
Em todos os relatos confidenciais os diplomatas dos EUA em Brasília mencionam frases de Jobim que coincidem com o que o ministro declarou em público.
Em uma ocasião, por exemplo, os norte-americanos escrevem: "Compras de fornecedores dos EUA serão mais competitivas quando [o país] autorizar uma produção brasileira de futuros sistemas militares".
Procurado pela Folha, o Departamento de Estado dos EUA se recusou a comentar as comunicações sigilosas.
Uma porta-voz do departamento enfatizou que os países mantêm boas relações. A Casa Branca não respondeu à reportagem até a conclusão desta edição.

Editoria de Arte/Folhapress

FERNANDO RODRIGUES
DE BRASÍLIA


Wikileaks
 

Com ataque à Globo, Domingo Espetacular debate a arte com apologia à pedofilia

Programa Domingo Espetacular, na Record TV O debate sobre as exposições de arte com apologia à pedofilia e outros temas no Brasil marc...