Postagens

Mostrando postagens de Abril 1, 2014

perseguição plena - Procuradoria aceita denúncia do PCdoB contra Rachel Sheherazade

Na última quinta-feira, 27/03, a Procuradoria Geral da República aceitou uma denúncia feita pela deputada Jandira Feghali (PCdoB) contra a jornalista do SBT, Rachel Sheherazade. A parlamentar alegou que as declarações da apresentadora do "SBT Brasil" fazem apologia ao crime. Coincidência ou não, a jornalista cristã entrou de férias nesta segunda-feira, 31/03 e volta somente no dia 14/04. A âncora será substituída durante este período pela jornalista Cynthia Benini. A polêmica teria alcançado proporções maiores, quando Rachel comentou a notícia de "justiceiros" que amarraram um menor infrator a um poste, no Rio de Janeiro (RJ). A jornalista reconheceu naquele ato, a revolta popular ali simbolizada e criticou atitudes de pessoas que defendem os "direitos" destes infratores. Contextualização
Segundo o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, os vídeos que mostram a opinião exposta por Rachel no "SBT Brasil" sobre o caso envolvendo um grupo que pun…

Pastor é morto com dez tiros na frente dos familiares

Um pastor pentecostal foi assassinado na última semana ao chegar em sua residência localizada no município de Eldorado dos Carajás, no Pará. O crime aconteceu na quarta-feira (26) por volta das 22 horas quando Adão Gonçalves, da Igreja Pentecostal Semear do Senhor, se preparava para tomar um banho após ter ministrado o último culto daquele dia. De acordo com a esposa e o filho de 13 anos que são testemunhas do crime, a casa foi invadida por dois homens que arrobaram a porta da cozinha. O pastor Adão tentou fugir, mas os criminosos atiraram e mesmo depois de vê-lo caído, continuaram atirando. O pastor morreu com dez tiros e agora a polícia tenta ligar o crime com o assassinato do filho mais velho do casal, que tinha 20 anos, e da tentativa de assassinato do filho do meio, de 18 anos. Segundo o jornal Diário do Pará, os jovens eram envolvidos com o mundo do crime e sofreram uma emboscada há quatro meses que terminou na morte de um, deixando o outro filho ferido. O cabo Severo, da Polícia Mil…

PERSEGUIÇÃO - Vereadores pretendem denunciar pastor queniano ao MPF por “homofobia”

Imagem
Os vereadores de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, pretendem denunciar o pastor queniano David Owuor, conhecido nos meios evangélicos por um ministério de profecias, por “homofobia” e “desrespeitar a Constituição brasileira,” porque durante culto no Parque das Nações Indígenas, o pastor da África criticou o pecado homossexual e o pecado de mulheres que usam saia curta. Em 27 de março, um grupo, liderado pelo vereador Paulo Pedra (PDT), que é católico liberal, decidiu denunciar o caso ao MPF (Ministério Público Federal), que é o órgão competente para investigar estrangeiros. O requerimento pedindo a investigação por “homofobia” e por desrespeitar o artigo 5º da Constituição Federal, que prevê liberdade individual, obteve o apoio dos vereadores Luiza Ribeiro (PPS), João Rocha (PSDB), Chiquinho Telles (PSD) e Waldecy Chocolate (PP). Eles querem a investigação do pastor pentecostal por ter declarado que os homossexuais não vão herdar o Reino de Deus. O pastor, que reuniu 10 mil pessoas no Pa…