segunda-feira, 18 de março de 2013

Barack Obama é o "diabo" em série bíblica

Barack Obama diabo Barack Obama é o diabo em série bíblica 
O presidente Barack Obama sempre foi alvo de críticas dos religiosos conservadores nos Estados Unidos por causa de sua posição sobre aborto e casamento de homossexuais.  Por isso, já foi inclusive chamado de Anticristo.

Barack Obama é o “diabo” em série bíblicaMas ontem as coisas pareceram sair do controle quando foi ao ar o novo capítulo da série “The Bible”, que é sucesso de audiência desde sua estreia. Ao mostrar a tentação de Jesus no deserto, o ator Mehdi Ouzaani, que interpretava Satanás tinha uma grande semelhança com o presidente Obama.
O Twitter “explodiu” de comentários e o assunto atingiu o topo do microblog na noite de ontem.  Para se ter uma ideia da repercussão, a série bíblica bateu em audiência o programa de maior sucesso da televisão nos EUA, o “American Idol”.
O seriado do History Chanel, produzido por Mark Burnett e sua esposa Roma Downey está recontando as principais histórias das Escrituras, de Gênesis até o Apocalipse, e seu último capítulo vai ao ar dia 31 deste mês, na Páscoa.

Burnett e a esposa (que interpreta Maria, mãe de Jesus) são cristãos e disseram à revista Entertainment Weekly que “A mão de Deus estava sobre a produção”, durante as filmagens. Embora não tenham comentado oficialmente sobre a semelhança apontada pelos telespectadores entre o presidente e a imagem do demônio, disseram que “coisas estranhas” ocorreram durante as filmagens.

O ator português que interpretou Jesus afirmou ter vivido uma profunda experiência espiritual. Em uma cena filmada durante uma noite quieta no deserto, Jesus diz a Nicodemos, “O Espírito Santo é como o vento.” Segundo o produtor: “Naquele momento, um vento, forte como um avião 747 decolando, soprou sobre o lugar onde estávamos, durante quase 20 segundos. Todo mundo ficou se olhando e perguntou “O que aconteceu?”. Com informações Daily Mail.

Presidente do PT pede saída de pastor de comissão.

 Em março do ano que vem, petistas voltam a puxar o saco dos “crentes”. Ou: Promessa de Gilberto Carvalho de PT disputar espaço com evangélicos está sendo cumprida


Em 2010, o PT buscou desesperadamente o voto dos evangélicos. O deputado Marco Feliciano (PSC-SP), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, conforme ele mesmo revela em vídeo, foi uma das lideranças evangélicas que negociaram com os petistas. Já expus detalhes dessa relação.
Muito bem! Nesta segunda, chegou para a festa quem faltava: o presidente nacional do PT, Rui Falcão. Agora ele também quer a saída de Feliciano da Comissão, segundo informa a Folha. Expressou-se nestes termos: “Foi uma péssima indicação; não esperávamos que o PSC fosse indicar um fundamentalista”. O presidente do  diz esperar que o Congresso “possa reconsiderar” a decisão e “convencer o PSC a fazer outra escolha”. Outro chefão petista, Paulo Vannuchi, ex-ministro dos Direitos Humanos e diretor do Instituto Lula, também pediu a saída do deputado pastor: “As coisas são reversíveis. É preciso insistir na linha das manifestações deste sábado e dialogar com o presidente da Câmara, para sensibilizar que é ruim esse ambiente”.
O deputado enfrentou um novo protesto nesta segunda, desta vez em frente à unidade de Ribeirão Preto da Igreja do Avivamento. Cerca de 200 pessoas cobraram a sua saída da comissão, portando cartazes com acusações de homofobia e racismo. Ele seria homofóbico porque se opõe ao casamento gay e racista por conta de uma frase escrita no Twitter. Já expliquei por que tanto o tuíte como a a acusação são ridículas. O nome disso é, sim, intolerância. Mas intolerância de quem mesmo?
A suposição de que só alguém “que pensa o que a gente pensa” pode presidir uma comissão fala por si mesma. Desde o começo, os petitas davam apoio de bastidores ao movimento contra Feiciano. Agora que veio a público o entendimento eleitoral entre o deputado e o partido, revelado no vídeo aqui divulgado, Falcão resolveu tirar o corpo fora.
Eis aí. Está sendo ministrada uma importante lição às correntes evangélicas que começaram a chamar os petistas de “companheiros”. Têm a solidariedade do partido só até a página 13. Dali para diante, se preciso, o partido entrega os aliados aos leões sem pestanejar.
Falta um ano e sete meses para a eleição. Ali por volta de março do ano que vem, os petistas mandam, de novo, seus emissários procurar as lideranças evangélicas com promessas e primícias. Esses líderes até podem ser “abençoados” com prebendas, mas o eleitorado, é certo, estará sendo enganado.
Tudo está saindo conforme o planejado. Gilberto Carvalho avisou em janeiro de 2012 que a próxima tarefa do PT seria disputar influência com os evangélicos. É o que o partido está fazendo. Lideranças petistas estão procurando representantes dessas correntes religiosas para desqualificar Feliciano e para demonstrar que ele não tem o apoio nem dos fiéis de denominações similares à sua.
Escrevo pela enésima vez: não tenho a menor simpatia pela prática política (e, até onde vi, nem pela religiosa) de Feliciano. Mas as duas acusações são absurdas, muito próprias de um tempo em que esses movimentos militantes decidem quem vai e quem não vai ser demonizado, quem pode e quem não pode dizer o que pensa. São verdadeiros tribunais de linchamento público. Não basta ser contra o casamento gay para ser homofóbico. A acusação de racismo, então, avança a linha do mau-caratismo. Segundo os critérios daqueles mesmos que estão nas ruas, Feliciano é filho de uma negra. O que ele falou sobre a  descendente de Noé e a África é só uma bobagem, não racismo.
Posso detestar tudo o que Feliciano pensa, mas não me venham pedir para silenciar diante desse espetáculo grotesco de intolerância. Menos ainda para participar do linchamento a que aderiram setores “progressistas” da imprensa, que não cumprem o mínimo da nossa profissão: explicar por que as duas acusações não fazem sentido. E nem por isso precisam defender que Feliciano fique lá. No debate público, é perfeitamente possível escolher uma coisa ou seu contrário sendo honesto intelectualmente tanto num caso como noutro. O que está em curso é de uma desonestidade intelectual assombrosa.
Por Reinaldo Azevedo  / vejablog

Jorginho prega profissionalismo e deixa religião em segundo plano no Fla

Thiago Bernardes/UOLEm seu começo de carreira como treinador, Jorginho chamou a atenção por ter um discurso radical em relação à religião. Evangélico, o ex-lateral pregava os ensinamentos de sua crença entre os jogadores. No episódio mais famoso, quis trocar a tradicional mascote do América, o diabo, por uma águia.   No Flamengo, o técnico diz que será mais tolerante.
“Este assunto de religião não tem nada a ver. Aqui a coisa é profissional. O tempo passou, nós amadurecemos. É cada um com seu cada um, como diz o Aílton (Ferraz, seu auxiliar técnico)”, disse Jorginho em sua apresentação.
Jorginho revelou que guarda grande admiração por dois treinadores que trabalhou durante sua carreira como jogador. O principal deles é o craque alemão Franz Beckenbauer, que treinou o ex-lateral entre 93 e 94, em sua passagem pelo Bayern de Munique. Além dele, outra referência é Carlos Alberto Parreira, comandante da seleção brasileira tetracampeã mundial em 94.
“Falar de treinador é difícil porque tive muitos e também a oportunidade de trabalhar com grandes técnicos. Existem muitos outros que não tiveram tanto nome e que marcaram muito. São pessoas que marcaram minha vida. Peguei um pouquinho de cada um deles. peguei sagacidade e categoria do Beckenbauer. Gosto do ‘gentleman’ que é o Parreira também”, disse o treinador rubro-negro.
Jorginho comanda seu primeiro treinamento no Flamengo na tarde desta segunda-feira, no Ninho do Urubu. Sua estreia será no sábado, às 18h30, contra o Boavista, no Engenhão, pela segunda rodada da Taça Rio.
JORGINHO É CONTRATADO, E FLA CONSEGUE ECONOMIA DE R$1 MI POR MÊ.
Em busca de equilíbrio financeiro, o Flamengo tomou mais uma decisão importante ao demitir Dorival Junior. No total, a comissão técnica comandada pelo profissional passaria a consumir cerca de R$ 1,2 milhão por mês dos cofres rubro-negros a partir de maio. A contratação de Jorginho – confirmada na noite deste domingo – dá fôlego ao clube da Gávea. Com o ex-auxiliar de Dunga na seleção brasileira, o Flamengo economizará cerca de R$ 1 milhão mensais em sua folha no departamento de futebol.

ESPORTE UOL

Governo federal recolhe "kit gay"

Governo federal recolhe kit educativo anti-homofobia
O ministro da Saúde, Alexandre Padilha abriu um processo administrativo procurando identificar quem são os responsáveis pela distribuição do material que havia sido proibido pela presidente Dilma Rousseff em 2011.
Na ocasião, a pressão da bancada evangélica no Congresso Nacional conseguiu fazer o governo recuar na produção do que foi chamado de “kit gay”. Era um material “anti-homofobia”,  produzido pelos Ministérios da Educação e da Saúde e que deveria ser distribuído nas escolas do país. Dilma fez uma promessa de que aquele material não seria impresso nem distribuído.
Contudo, milhares dessas revistas em formato de histórias em quadrinhos e voltadas para o público adolescente chegaram este ano a Secretarias de Saúde de 13 estados das regiões Norte e Nordeste.
Inicialmente seria parte de um programa de prevenção de doenças sexualmente transmissíveis  e Aids do Governo Federal. O problema é que entre os seis volumes do material, um mostra a transmissão da Aids nas relações entre pessoas do mesmo sexo  e aborda a homofobia nas escolas.
Oficialmente, a proibição do material surgiu pelo fato de o kit não ter passado por “mecanismos de controle” do conselho editorial. Mas especula-se que o governo teme uma nova onda de protestos por parte dos evangélicos, em especial depois da repercussão negativa da presidência da Comissão de Direitos Humanos, que trataria de questão da homofobia, ter ficado nas mãos do pastor Marco Feliciano.
A divulgação do envio das revistas e o veto do ministro Padilha foi matéria do jornal “O Estado de S. Paulo” no sábado (16). Segundo a reportagem, além da homossexualidade, as revistas tratam da gravidez na adolescência e do uso de camisinha.
Embora o Ministério da Saúde diga que este não é o mesmo material que foi vetado em 2011, o Palácio do Planalto pediu a interrupção da distribuição do novo kit após 15 mil revistas terem sido remetidas aos estados. Afirma ainda que já começou a investigar de onde partiu a remessa do material, embora tenha apurado que os 13 estados receberam o envio do Departamento de DST/Aids da pasta, vinculado à Secretaria de Vigilância em Saúde. Com informações O Globo.

Casamento gay é "um ataque destrutivo ao plano de Deus", disse papa

 
Casamento gay é “um ataque destrutivo ao plano de Deus”, disse papaEm julho de 2010, quando atuava como arcebispo de Buenos Aires, Jorge Mario Bergoglio foi contra a decisão do Senado da Argentina que aprovava o casamento entre pessoas do mesmo sexo e disse que a união gay era “um ataque destrutivo ao plano de Deus”.
Além de ser contra o casamento, Bergoglio também se posicionou contra a adoção de crianças por homossexuais e acabou sendo criticado pela presidente Cristina Kirchner.
Ao saber sobre as declarações do religioso, Kirchner que estava na China respondeu dizendo que o arcebispo e outros religiosos estavam “nos tempos das cruzadas” enquanto o governo só estava olhando a realidade da sociedade argentina.
Nascido na capital argentina em 17 de dezembro de 1936, Jorge Mario Bergoglio foi ordenado como sacerdote aos 32 anos e ordenado como bispo titular de Auca e auxiliar de Buenos Aires em 1992 pelo então papa João Paulo 2º.
Sua nomeação como arcebispo também foi feita pelo papa falecido que em 2001 o recebeu como cardeal.
Bergoglio é jesuíta e se formou como técnico químico antes de ir para o seminário de Vila Devoto, em Buenos Aires. Ele também estudou teologia em seu país e foi para a Espanha aprofundar seus conhecimentos na universidade Alcalá de Henares.

VESTE BRANCA X MEIA PRETA

Um certo rei , em um reinado muito prospero resolveu dar uma festa .
Mandou imprimir os convites , os quais deveriam ser entregues a todos habitantes.
Também mandou seus mordomos prepararem tudo , para que a festa fosse a melhor de todas , onde todos participantes se sentariam na mesa com ELE.
No convite tinha escrito qual traje os convidados deveriam estar usando no dia da grande festa ,pois o palácio era um lugar de muito glamour  com mármores e muito ouro.
As vestimentas para os homens eram  CALÇA BRANCA, CAMISA BRANCA , MEIA BRANCA E SAPATO BRANCO  , e para as mulheres UM VESTIDO BRANCO BEM LONGO.
Um desses convites chegou nas mãos de um morador do reinado  , e ao recebe lo muito se alegrou .
Começou a cantar , a pular , pois era tão grande a sua felicidade .
Ele foi ao guarda roupas e viu que tinha a calça , a camisa, o sapato , todos brancos , mas ele não tinha meia branca.
Então ele pensou .
Como meu sapato branco e de cano longo , colocarei a meia preta e ninguém vai perceber .
Chegado o dia da grande festa ele se arrumou .
Tomou um belo banho e começou a se preparar para a festa.
Colocou as meias pretas , a calça branca , a camisa branca e por fim o sapato branca.
E partiu para participar da grande festa.
Chegando na frente do palácio , tinha uma fila bem grande ,pois muitos eram os convidados .
E lá se foi ele para o final da fila .
De vez em quando ele dava uma forçada na calça para abaixa la um pouco mais , pois não queria correr o risco de verem a cor de sua meia.
Podia se notar a alegria estampada nele e na face de cada convidado.
E aquele convidado caminhava conforme a fila andava e os convidados confirmados entravam no palácio real.
Quando a fila andou bastante , e ele já estava próximo da porta de entrada , ele olhou para o lado e teve uma surpresa muito grande.
UM MONTE DE SAPATOS COLOCADOS DO LADO E FORA.

PARÁ ENTRAR NO PALÁCIO REAL ERA OBRIGADO TIRAR OS SAPATOS ,POIS O PISO ERA DE MÁRMORE E NÃO PODERIA RISCA LO .
ENTÃO TODOS DEVERIAM TIRAR OS SAPATOS .

Quando ele viu aquilo , sua cor mudou , o suor escorreu pelo rosto , a decepção se tornou uma realidade.
Pois por causa de um ato errado em achar que poderia esconder a meia ele foi banido e não pode entrar , nem participar da grande festa do REI.







Apocalipse 7 : 13 a 15 - E um dos anciãos me falou, dizendo: Estes que estão vestidos de vestes brancas, quem são, e de onde vieram?

E eu disse-lhe: Senhor, tu sabes. E ele disse-me: Estes são os que vieram da grande tribulação, e lavaram as suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro.

Por isso estão diante do trono de Deus, e o servem de dia e de noite no seu templo; e aquele que está assentado sobre o trono os cobrirá com a sua sombra.



que esta palavra sirva de alguma forma para sua vida , pois chegará um dia em que as meias pretas serão descobertas.


PODE COPIAR , MAS CITE A FONTE . HTTP://GRITOSDEALERTA.COM.BR

BISPO ROBERTO TORRECILHAS


segue um pequeno estudo.

Tipos de Vestes na Vida do Cristão


       Falar da importância das vestimentas para certas ocasiões, e mesmo o significado das vestes sacerdotais que apontavam para as coisas espirituais, tudo, até mesmo as cores Deus ordenou para que tivesse sentido espiritual, o peitoral, a mitra, o éfode, etc. Transição: Conforme o texto as vestes de Arão representavam o sacerdócio eterno de Cristo. Cada elemento das vestes falava de um traço ou característica da qualificação de Jesus para assumir o nosso lugar – o cinto representa o seu zelo; a sobrepeliz e a estola, sua beleza e glória; o peitoral, que nossos nomes estavam escritos no seu coração; o urim e tumim, sua sabedoria para governar; a mitra sua santidade.



I – Vestes da Salvação 

" Eu me regozijo muito no Senhor; a minha alma se alegra no meu Deus. Pois Ele me cobriu com vestes de salvação, e me envolveu com o manto da retidão, como o noivo que se adorna com um turbante, e como a noiva que se enfeita com suas jóias".   IS. 61.10 



       O homem encontrava-se despido na presença de Deus, perdido procurando folhas de figueira para se cobrir, essa nudez não era apenas física, mas também moral e espiritual.

Nestas condições faltava-lhe a alegria, a paz, e distante de Deus, condenado à morte e às trevas vagava procurando algo que pudesse satisfazer e se cobrir.

       Somente vestido de salvação o homem consegue obter alegria e paz para sua alma como certeza de vida eterna, conforme expressão do salmista "...me regozijo...minha alma se alegra... pois me cobriu (vestiu) com vestes de salvação..."

       Muito mais nestes dias o homem necessita destas vestes, o homem do século XXI, do terceiro milênio continua despido, nu como a Igreja apocalíptica de Laodicéia (Apc. 3.17). Achava-se rica e de vestes imponentes, porém o texto diz: "...és um coitado, e miserável, e pobre, e cego, e nu".

       Aquela Igreja apesar de pronunciar o nome de Deus e professar sua fé Nele, precisava das vestes de Salvação.

       Ainda em Isaías 52.1b diz: 
"... veste-te dos teus vestidos formosos, ó Jerusalém, cidade santa. Nuca mais entrará em ti incircunciso nem imundo"  Isaías 52.1b

ou seja, nunca mais entrarão aqueles cujas vidas estão na perdição.
       Em Rm. 6.23 diz: "Todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus". Toda a humanidade necessita das vestes da salvação.

       Sl 132.16 – " Vestirei de salvação seus sacerdotes, e os seus santos exultarão".

       Deus quer vestir-nos com as vestes de salvação, esse foi o simbolismo da morte do cordeiro que o próprio Deus matou para vestir Adão, em Gên. 3.21
"Fez o Senhor Deus de peles para Adão e sua mulher, e os vestiu".  Gên 3.21



       Mostrando que foi necessário que Jesus, "o cordeiro de Deus", morresse na cruz para que fôssemos vestidos de salvação. Através dele alcançamos perdão para nossos pecados e livre acesso à presença gloriosa de Deus.



II - Vestes da Purificação 

"Então respondeu, aos que estavam diante dele, dizendo: Tirai-lhe estas vestes sujas. E a Josué disse: Eis que tenho feito com que passe de ti a tua iniquidade, e te vestirei de vestes finas. E disse eu: ponha-lhe uma mitra limpa sobre a sua cabeça. E puseram uma mitra limpa sobre a sua cabeça, e vestiram-no das roupas; e o Anjo do Senhor estava em pé".  Zc. 3. 4-5



       O pecado sempre foi representado pela sujeira, vestes sujas, etc. Como no caso do sumo sacerdote Josué, suas vestes estavam sujas, símbolo do pecado e o opositor (satanás) já estava pronto para se lhe opor, caso o Anjo do Senhor não interferisse e trocasse-lhe as vestes por vestes limpas, brancas.

       Esta é uma veste que não pode faltar no guarda – roupas do cristão, pois a santidade (pureza) convém aos santos do Senhor

       As vestes da purificação ou santificação são representadas pelo branco ou pelo linho fino
"O que vencer será vestido de vestes brancas. De maneira nenhuma riscarei seu nome do livro da vida, mas confessarei o seu nome diante de meu pai e diante dos seus anjos".  Apc. 3.5



       Ainda em Hb. 13. 12
  "E por isso também Jesus, para santificar o povo pelo seu próprio sangue, padeceu fora da porta".  Hb 13.12



       No mundo de hoje cheio de corrupções, com aumento do pecado, a iniquidade, o amor tem se esfriado e também a pureza e a santificação têm sidos esquecidos nas Igrejas.

       Muitos púlpitos já deixaram de pregar a santificação, dizendo que Deus só quer o coração.

       Ser cristão virou moda e dá status na mídia e muitos artistas se dizem convertidos a Cristo, mas não se vê neles nenhuma mudança ou transformação (muitos continuam na prostituição, posando nus para revistas pornográficas, etc.) , são vidas incompatíveis com o evangelho de Cristo.

       Mensagens que convidam ao pecador a vir como está (cheio de impurezas) e a permanecer como veio, não é o evangelho de purificação e santificação pregado por Jesus que ao absolver a mulher adúltera lhe diz : "... Vá e não peques mais" ( João 8. 11c ), ou seja não se contamine mais, não se suje mais.

       Todos querem um evangelho sem mudanças, sem transformações, sem renúncias, sem santificação, sem compromisso, despreocupado.

       Mas o evangelho de Cristo é um evangelho de impacto, transformação, mudança de vida, desejo de santificação e pureza, um evangelho que convida o pecador a vir como está, mas a não conformar-se com estilo de vida levando a uma mudança completa de atitudes como expressa Paulo em Ef. 4. 28:
"Aquele que furtava, não furte mais, antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o necessitado". Ef 4.28



    Sem esta santificação não se poderá ver ao Senhor, nem entrar em sua presença conforme Heb.12.14

       O salmista recomenda:
" Exaltai ao Senhor nosso Deus, e adorai-o no seu santo monte, pois o Senhor nosso Deus é santo". ( Sl 99.9)



       Paulo a Timóteo diz: " De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para o uso do Senhor, e preparado para toda boa obra".

       Jesus virá buscar uma Igreja pura, santa, posso afirmar que para morar com Jesus na eternidade é necessário Ter e fazer uso das vestes da purificação.

       Peça a Jesus hoje estas vestes, se você as não tem, pois ele derramou seu sangue para te dar vestes limpas de santificação, assim como os anjos vestiram ao sacerdote Josué, Ele quer vestir você, tirando as roupas sujas do pecado e te dando uma nova vida.



III – Vestes da Unção 

" Assim tomou Samuel o vaso de azeite, e ungiu-o no meio de seus irmãos, e daquele dia em diante o Espírito do Senhor se apoderou de Davi". I Sm. 16. 13

       Quando leio na Bílbia sobre unção, meu coração palpita mais forte, porque há uma necessidade de estarmos vestidos de unção para atravessarmos o deserto de nossas vidas. A unção foi essencial na vida de Davi, na vida de Elias, Eliseu, enfim de todos os heróis da fé.       O Salmo 133 expressa com clareza essa unção na vida do cristão que começa na cabeça e vai descendo sobre a barba e até a orla das vestes de Arão, uma unção completa.

       Também precisamos nos vestir da unção com o azeite novo do Pentecostes. A unção que vem do Espírito Santo.

" mas vós tendes a unção que vem do santo, e sabeis tudo. E a unção que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine."  I João 2.20, 27 

        Sem a unção a Igreja pára, não cresce, não há frutos, nem manifestações de Deus.

   A unção é necessária para manter o cristão em pé na presença de Deus, para impulsioná-lo a pregar, testemunhar, e ganhar almas para Deus.

Pedro se tornou uma grande benção apenas depois da unção do pentecostes, antes era medroso, covarde, precipitado, mas após a unção se tornou um grande líder e exemplo de fé.

       Jesus sempre ministrou na unção e assoprou sobre os discípulos o hálito do Espírito para que eles pudessem dar continuidade ao seu ministério na mesma unção.

       Nesta noite Deus quer nos vestir de unção, pois as batalhas são tremendas, o inimigo a ser vencido é forte, mas na unção de Deus venceremos os ursos, leões e até mesmo gigantes, como Davi o fez após aquela unção.

     O Senhor quer uma Igreja não apenas vestida de poder e unção, mas também revestida, que significa vestida de novo, duas vezes, porção dobrada, etc.

       Há muitos que estão desistindo da carreira cristã porque estão fracos, abatidos, derrotados, lhes falta a unção.

       Mas aqui agora você tem a oportunidade de se revestir da unção de Deus, pois o Senhor já derramou o seu precioso óleo da unção sobre a igreja (pentecostes), e este óleo derramado continua jorrando sobre a Igreja de hoje, basta você querer, desejar e pedir que ele te dará.



VIA  GRITOS  DE ALERTA

Com ataque à Globo, Domingo Espetacular debate a arte com apologia à pedofilia

Programa Domingo Espetacular, na Record TV O debate sobre as exposições de arte com apologia à pedofilia e outros temas no Brasil marc...