domingo, 1 de julho de 2012

2 MOEDAS ANTIGAS DESCOBERTAS NO MONTE DO TEMPLO



Duas moedas antigas, uma de meio shekel utilizada para pagar a "taxa do Templo" e uma outra ligada a uma figura central relacionada com a história do Hanukkah foram descobertas no meio do lixo que tem sido removido do Monte do Templo e despejado num local próximo ao Monte das Oliveiras.

A primeira moeda, um meio shekel em prata, foi aparentemente moldada no próprio Monte do Templo pelas autoridades do Templo durante o primeiro ano da "Grande Revolta contra os Romanos" no ano 66-67 d.C.

A Bíblia ordena a cada judeu que contribua com um meio shekel para a manutenção do Templo em Jerusalém. A segunda moeda tem a imagem do governador grego Antíoco Epifâneo IV (175 - 163 a.C.) que suprimiu a prática do Judaísmo até que a revolta dos Macabeus restaurou a soberania judaica e purificou o Templo.

Mais um presente para a arqueologia bíblica!

Shalom, Israel!

Missionários da Christian Aid são alvo de ataques de terroristas islâmicos na Nigéria

Missionários da Christian Aid são alvo de ataques de terroristas islâmicos na Nigéria
Os ataques de grupos extremistas muçulmanos a cristãos na Nigéria tem se tornado a cada dia mais intensos. Após os extensivos ataques a igrejas nos últimos meses, missionários que trabalham com a Missão Christian Aid (Ajuda Cristã) estão sob ataque no país, segundo a CBN.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Inicialmente os alvos principais dos ataques eram as escolas e delegacias de polícia em áreas muçulmanas, mas agora os cristãos estão sob cerco. De acordo com a Christian Aid, a localização de um ministério indígena missionário na Nigéria que á apoiado pela instituição desde 1986, é bem conhecido de todos. Apesar de sua localização em um estado islâmico, nunca esteve em perigo de violência até os últimos meses, quando agressivos ataques terroristas se tornaram mais ousados.
Os ataques são liderados pelo grupo terrorista islâmico Boko Haram, que exigiu a lei Sharia seja estabelecida na Nigéria. Desde 2009 o grupo já assassinou mais de 3 mil pessoas no país, além de outras milhares que foram feridas e mutiladas.
Recentemente, os ataques tem se tornado mais ousados e mais frequentes, muitas vezes dois ou três por semana.

Cristãos são presos por explicarem a Bíblia para homem

Cristãos são presos por explicarem a Bíblia para homem
Quatro cristãos foram presos em Laos por serem surpreendidos pela polícia enquanto tentavam explicar a Bíblia para um homem. Dois deles eram cidadãos tailandeses.
O caso aconteceu na aldeia de Luang Namtha na segunda quinzena do mês de junho e só foi divulgado dias depois por agências internacionais. Os relatos afirmam que supostamente um ex-policial ficou chocado por ver esses homens citando a Bíblia e resolveu denunciar. Os presos estavam dentro de uma casa fazendo visitas e falando sobre o Livro Sagrado para o morador.
“Quando a polícia chegou eles procuraram e acharam entre os pertences desses cristãos discos de história da Bíblia e um livro de figuras em preto e branco. A medida da polícia foi tomar os passaportes de todos eles”, disse Prasertsee que é diretor da ONG HRWLRF que defende dos direitos humanos.
“De noite a polícia voltou para prendê-los e os transportaram para a prisão”, continuou Prasertsee. “Todos os pertences, inclusive dinheiro, fones e coisas pessoas foram confiscados”, denuncia.
As famílias estão preocupadas com os prisioneiros, dois dos tailandeses tiveram os nomes divulgados: Phanthakorn, de 40 anos, e Wiwardamrong, de 54. A preocupação se dá pelo fato de que em Laos os prisioneiros não recebem alimento, é a família deles quem fornecem comida.
“As famílias estão se esforçando para ter contato com os presos, mas as autoridades de Laos tem dificultado essa relação”, afirma o direto da HRWLRF.
Traduzido de Worthynews.com

Avião israelense é recebido com fogo, diz ministro sírio

Avião israelense é recebido com fogo, diz ministro sírio
O ministro da Informação sírio, Omran al Zubi, disse essa semana que os soldados sírios só atacaram os aviões da Turquia porque pensaram que eram aviões israelenses.
O ataque aconteceu na sexta-feira da semana passada criando uma tensão entre os dois países. “Os aviões turcos e israelenses são parecidos”, disso o ministro que confessou que todos os aviões vindos de Israel são recebidos com fogo.
“Se um avião israelense entrar na Síria daremos as boas vindas a ele com fogo. Imaginamos que o avião turco era um israelense, não queríamos derrubar um avião turco”, disse ele.
A Turquia não sabia desse mal entendido e por isso reforçou sua fronteira colocando militares na divisa com a Síria. Além desses soldados tanques de guerra também passaram a circular pela cidade de Dyarbakir, se aprontando para um possível contra-ataque.
Continuando a explicar o incidente, o governo Sírio disse que o abatimento do avião turco aconteceu “pela resposta automática” de um oficial que comanda uma posição antiaérea na Síria. Mas para os turcos o mal entendido foi “um ato hostil” e por isso eles continuarão em alerta.
Israel tem muito inimigos, o clima do Oriente Médio é sempre de guerra, com possibilidades de ataques e contra-ataques a qualquer momento. No momento o Irã é o país que mais representa perigo para os judeus, já que o presidente Mahmoud Ahmadinejad já prometeu “varrer” Israel do mapa.
Traduzido de Worthynews.com

Novo Código Penal prevê prisão por preconceito sexual e liberação do aborto

Entrega do anteprojeto do Código Penal (Foto: Nathalia Passarinho / G1)O anteprojeto de reforma do Código Penal foi entregue, nesta quarta-feira (27), ao Senado. Uma comissão de juristas elaborou a propostas, que foi direcionada ao presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP).
Durante os sete meses de trabalhos dos juristas, um leque de mudanças foram propostas para segundo eles, “modernizar” o Código Penal, que é de 1940.
Entre as inovações está a abertura da possibilidade da mulher realizar o aborto caso seja constatado por meio de laudo médico ou psicológico que ela não teria condições psicológicas de arcar com a maternidade. Além disso, segundo o G1, a interrupção da gravidez seria autorizada em caso de emprego não consentido de técnica de reprodução assistida e também quando há anencefalia ou feto com graves e incuráveis anomalias.
A proposta causou polêmica por consentir o aborto, contrariamente à norma já vigente. “Desde quando um médico ou um psicólogo tem dados científicos para dizer que uma mulher não está preparada para ser mãe?”, questiona o pastor da igreja Vitória em Cristo, Silas Malafaia.
Para ele, a mulher, por natureza, já foi formada para ser mãe. “É uma maneira descarada de aprovar o aborto, contrário a princípios constitucionais que protegem a vida”.
Outra questão controversa foi a inclusão de pena para o preconceito e discriminação por gênero, identidade e orientação sexual como passíveis de punição. O delito foi equiparado ao racismo, e este pode ainda ser, de acordo com as novas regras, considerado crime hediondo.
Na prática, caso o novo código seja aprovado como está no anteprojeto, darão cadeia, também, preconceito ou discriminação por gênero, identidade, orientação sexual, “ou outro motivo assemelhado, indicativo de preconceito ou intolerância”.
“Comparar comportamento homossexual com racismo. Raça você não pede para ser ou não decide ser, é! Homossexualismo é comportamento!”, salientou Malafaia sobre o tema controverso.
O projeto do novo código ainda “moderniza” a questão do tráfico de drogas e descriminaliza o porte de entorpecentes para uso pessoal ou mesmo ou cultivo de plantas destinadas à preparação de drogas para uso pessoal.
“Uma verdadeira palhaçada!”, declarou Malafaia sobre o assunto. “Todo mundo sabe que a liberação de drogas aumenta o seu consumo, e as drogas são um dos elementos mais terríveis como produtora de violência”, disse.
O anteprojeto inclui ainda a inserção do tipo penal que criminaliza o “bullying”. Pela proposta, a intimidação, constrangimento, ameaça, assédio sexual ou ofensa que causem sofrimento pode levar à prisão de 1 a 4 anos.
Muitas das questões polêmicas feitas pelos juristas já sofrem resistência no Congresso Nacional. O uso de drogas e a homofobia são exemplos de assuntos que serão alvos de pressão para serem modificadas pelos parlamentares, segundo o jornal O Povo.
De acordo com o Senado, mais de seis mil manifestações sobre o novo código foram recebidas por meio da internet e telefone. A maior parte delas pedia o endurecimento da legislação.
A proposta reduz os 1.757 tipos penais (crimes e contravenções penais, punidas com penas menores) atuais para cerca de 500.
O anteprojeto seguirá agora o caminho do processo legislativo, e irá para a Câmara dos Deputados. Segundo José Sarney, ele espera que o andamento seja rápido e que se encerre até o fim do ano.

7° FESTIVAL GOSPEL DE JAGUARIÚNA CORRE O RISCO DE SER CANCELADO.

ATENÇÃO EVANGELICOS DE JAGUARIÚNA E REGIÃO . POR CAUSA DA IMCOMPÊTENCIA ADMINISTRATIVA DA PREFEITURA DE JAGUARIÚNA CORREMOS O RISCO DE FICARMOS SEM O  FESTIVAL GOSPEL DESSE ANO . AINDA ESTA UMA ENCOGNITA , NÃO SABENDO SE OCORRERA OU NÃO . PELA PALAVRA DO PRESIDENTE DO CONSELHO O FESTIVAL DESSE ANO JÁ FOI CANCELADO  . INFORMAREI  MAIS DETALHES NESSA SEMANA EM HTTP://JORNALIMPACTOREAL.BLOGSPOT.COM

Exposição que mostra pedofilia e zoofilia provoca bate boca entre deputados

Não foi só nas redes sociais que a mostra “QueerMuseu” gerou debates e bate boca. Na noite desta terça-feira (12) o assunto foi amplam...