Postagens

Mostrando postagens de Outubro 5, 2015

Entrada de Rússia e Irã na guerra da Síria remete a profecias apocalípticas

Nos últimos dias, França, Irã e Rússia fizeram ataques na Síria contra alvos ligados ao grupo extremista Estado Islâmico. Se a ação francesa foi comemorada, a russa tem sido alvo de críticas abertas de líderes ocidentais.
Na guerra paralela, da mídia, uma série de informações desencontradas apontam que algo mais grave pode estar se desenrolando no Oriente Médio. O senador americano John McCain afirmou que os aviões russos atacaram na verdade grupos financiados e apoiados pela CIA. Ou seja, as bombas russas visavam uma aliança de insurgentes que também lutam contra o EI.
A Rússia comemorou o sucesso de oito ataques aéreos com quatro aviões de guerra Sukhoi, que acertaram quatro alvos considerados “estratégicos”. No entanto, analistas estão apontando que essas áreas não estão sob controle do Estado Islâmico.
O canal de televisão Al-Mayadeen, pró-governo sírio, noticiou que os ataques também afetaram a aliança insurgente chamada de Jaish al-Fatah [Exército da Conquista]. A aliança inclui a …

Estamos no fim dos tempos? Para estudiosos “ciclo profético” está se cumprindo

Os sinais apontados por estudiosos como inegáveis que algo “grande” está prestes a acontecer no mundo estão todos aí: as quatro luas de sangue em dias específicos do calendário judeu, o Shemitá bíblico, o surgimento de um califado islâmico na área onde ficava a Babilônia,  o acordo nuclear que poderá resultar numa terceira guerra mundial.
Para muitos líderes cristãos, a igreja precisa se despertar e manter-se especialmente vigilante nesses dias. Além das advertências proféticas para a Igreja, o mundo testemunha o surgimento de uma grande instabilidade.
Ao mesmo tempo enfrenta crise financeira por causa da China, geopolítica, com os milhões de refugiados de guerra e o inegável caos moral com a crescente legalização do que a Bíblia chama de abominação. Existem ainda crises hídricas em diversas partes, o aquecimento global e o risco crescente de uma conflagração nuclear. Seria essa a junção de sinais no céu e na terra?
Franklin Graham, presidente da Associação Evangelística Billy Graham, af…