sábado, 15 de setembro de 2012

Japão pedirá garantias de segurança para seus cidadãos na China

Protestos contra o Japão crescem em 20 cidades chinesas.
Em Pequim, houve confronto entre manifestantes e policiais chineses.


O chanceler japonês, Koichiro Gemba, pedirá neste sábado (15) ao governo chinês garantias de segurança para os cidadãos japoneses perante os violentos protestos ocorridos nesta sexta-feira (14) em numerosas cidades da China pela recrudescida disputa territorial entre as nações, informou a agência Kyodo.
Milhares de chineses protestam em frente à Embaixada do Japão em Pequim, cujo país disputa controle de ilhas com a China. (Foto: Ng Han Guan / AP Photo)Milhares de chineses protestam em frente à Embaixada do Japão em Pequim, cujo país disputa controle de ilhas com a China. (Foto: Ng Han Guan / AP Photo)
Cerca de 40 mil cidadãos chineses saíram às ruas neste sábado com palavras de ordem contra o Japão em 20 cidades, com especial violência em Pequim, onde mil manifestantes enfrentaram a polícia e romperam parte das barricadas situadas frente à embaixada japonesa, detalhou a agência.
Os manifestantes chineses lançaram garrafas de plástico e ovos na embaixada, que se encontra protegida por cerca de 100 veículos e soldados da polícia chinesa, ao mesmo tempo em que bloquearam o tráfico e ocuparam as principais ruas ao redor do edifício.
Enquanto isso, cerca de 10 mil pessoas participaram dos protestos em Changsha, na província de Hunan (sul), onde foram registrados ataques contra modelos de carros japoneses e atearam fogo em bandeiras japonesas.
Os protestos acontecem após a intensificação da tensão entre os países com a entrada de vários navios patrulheiros chineses nas águas das ilhas Diaoyu/Senkaku, administradas pelo Japão e cuja soberania é reivindicada por Pequim, o que provocou o contundente protesto de Tóquio.
Manifestantes quebram carro de marca japonesa em protesto em província no nordeste da China (Foto: AP Photo)Manifestantes quebram carro de marca japonesa em protesto em província no nordeste da China (Foto: AP Photo)
Por sua parte, na terça-feira (11), o Japão anunciou a compra de três ilhas do desabitado arquipélago, que conta com uma superfície de 7 km² e está situado 150 km ao nordeste de Taiwan e a 200 km ao oeste da ilha japonesa de Okinawa.
A tensão entre os países aumentou no mês passado, quando vários ativistas chineses desembarcaram nas ilhas para reivindicar sua soberania, o que fez com que fossem deportados, e poucos dias depois, um grupo de nacionalistas japoneses realizou outro desembarque não autorizado como protesto.
G1/GRITOS DE ALERTA

Obama diz que não irá tolerar ataques contra norte-americanos

Em discurso no rádio, diz que 'não há desculpa para ataques'.
Protestos contra filme anti-islâmico estão ocorrendo em vários países.


O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, rejeitou neste sábado (15) qualquer difamação contra o Islã, mas disse que não há desculpa para ataques à embaixadas dos EUA, insistindo que ele nunca irá tolerar esforços para prejudicar os norte-americanos.

"Eu já deixei claro que os Estados Unidos têm um profundo respeito por pessoas de todas as religiões", disse Obama em seu discurso semanal no rádio. "No entanto, nunca há qualquer justificativa para a violência... Não há desculpa para ataques contra nossas embaixadas e consulados."
Protestos contra os Estados Unidos têm ocorrido por diversos países em resposta a um filme que insulta o profeta Maomé. Um ataque contra o consulado do país na cidade líbia de Benghazi matou o embaixador norte-americano, Christopher Stevens, e outros três nesta semana.
Um dia depois de Obama conduzir uma cerimônia marcando o retorno dos corpos dos norte-americanos mortos na Líbia, ele reconheceu que uma onda de violência anti-EUA no Oriente Médio é preocupante. O Pentágono irá enviar fuzileiros navais para reforçar a segurança na embaixada dos Estados Unidos no Sudão, após reforços semelhantes na Líbia e Iêmen.
A turbulência no Oriente Médio teve repercussões em uma eleição presidencial disputada nos Estados Unidos, com o republicano e adversário de Obama, Mitt Romney, dizendo que o atual presidente enfraqueceu a autoridade do país ao redor do mundo.

G1/GRITOS DE ALERTA

Suspeito de produzir filme anti-islâmico é interrogado nos EUA


Condenado por fraude bancária, Nakoula se apresentou voluntariamente.
Produção do filme não pode ser considerada um crime nos EUA.

Da Reuters
52 comentários
Um morador do estado norte-americano da Califórnia condenado por fraude bancária foi levado para ser interrogado neste sábado (15) por autoridades que investigam possível violação de liberdade condicional, com base na produção de um filme anti-islâmico que desencadeou violentos protestos no mundo muçulmano.
Nakoula Basseley Nakoula, de 55 anos, deixou sua casa voluntariamente na madrugada deste sábado para apresentar-se a uma delegacia de polícia de Cerritos, subúrbio de Los Angeles, disse o porta-voz do xerife do Condado de Los Angeles, Steve Whitmore.
"Ele será entrevistado por oficiais encarregado da lei federal de liberdade condicional", disse Whitmore, que informou que Nakoula não está sob prisão, mas não iria retornar imediatamente para sua casa. "Ele não foi algemado em nenhum momento… tudo foi voluntário."
Nakoula, acusado de produzir o filme anti-islâmico, é levado de sua casa em Los Angeles neste sábado (15). Ele foi condenado por fraude bancária. (Foto: Bret Hartman/Reuters)Nakoula, acusado de produzir o filme anti-islâmico, é levado de sua casa em Los Angeles neste sábado (15). Ele foi condenado por fraude bancária. (Foto: Bret Hartman/Reuters)
Em um telefonema para um bispo cristão copta, de sua religião, Nakoula negou envolvimento na produção do filme. Vários funcionários da delegacia o retiraram às pressas de sua casa e o colocaram em um carro que os aguardava. O rosto de Nakoula estava escondido por um lenço, chapéu e óculos de sol.

O filme, de 13 minutos, em inglês, zomba do Profeta Maomé. Foi feito na Califórnia e circulou na Internet com vários títulos, incluindo "Inocência dos Muçulmanos". O filme desencadeou um violento protesto na terça-feira diante do Consulado dos Estados Unidos na cidade líbia de Benghazi, durante o qual o embaixador e outros três norte-americanos foram mortos. As manifestações se espalharam por vários países.
Para a maioria dos muçulmanos, qualquer representação do profeta Maomé é uma blasfêmia. Em outras ocasiões caricaturas de Maomé já haviam provocado protestos e condenações de autoridades, líderes religiosos, muçulmanos e muitos cristãos em todo o mundo.
Autoridades dos Estados Unidos disseram que não estão investigando o projeto do filme, e mesmo que seja uma obra inflamada, que provocou violência, a simples produção não pode ser considerada um crime no país, cujas leis garantem plena liberdade de expressão.
Dois advogados estiveram na casa de Nakoula horas antes de ele ser levado para interrogatório e disseram estar lá para consultas.
Condenado por fraude
Nakoula, cujo nome a imprensa vem amplamente associando ao filme, se declarou culpado por fraude bancária em 2010 e foi condenado a 21 meses de prisão, seguidos de cinco anos de liberdade condicional supervisionada, de acordo com documentos da Justiça.
Ele foi acusado de abrir fraudulentamente contas bancárias e de cartão de crédito usando números da Seguridade Social que não correspondiam aos nomes nos formulários, segundo a queixa criminal. Foi libertado em junho de 2011, e pelo menos parte da produção do filme foi feita depois de ter sido solto.
Mas os termos da libertação de Nakoula estipulam algumas cláusulas de comportamentos que ele tem de seguir, incluindo o impedimento de acessar a Internet ou assumir pseudônimos sem a aprovação do funcionário encarregado da supervisão da liberdade condicional.
Um alto funcionário dos EUA encarregado do cumprimento da lei indicou que a investigação sobre o cumprimento da liberdade condicional busca averiguar se ele descumpriu algumas dessas condições. Violações podem resultar no seu retorno a prisão, segundo registros judiciais.

G1/GRITOS DE ALERTA

'Marcha para Jesus deve reunir mais de 12 mil pessoas em Bauru, SP

Concentração será às 16h30 deste sábado (15), na Praça Rui Barbosa.
Durante o trajeto haverá pastores e ministros fazendo orações.

Neste sábado (15) acontece em Bauru, SP, a ‘Marcha para Jesus’, em Bauru, SP. A concentração para a caminhada será às 16h30, na Praça Rui Barbosa, com saída às 17h pelo Calçadão da Batista. Depois, o grupo segue pela Avenida Nações Unidas até o anfiteatro do Parque Vitória Régia.
Durante o trajeto haverá caminhões de som com pastores e ministros fazendo orações e cantando com os participantes. O conselho que organiza o evento espera reunir mais de 12 mil pessoas.

FONTE:G1/GRITOS DE ALERTA

Criança de 1 ano atravessa avenida, cai embaixo de ônibus e sai ilesa em MG

Em Uberlândia, menino viu o pai do outro lado da via e saiu correndo.
Ônibus chegou a encostar na criança que teve ferimentos leves.

Felipe Santos Do G1 Triângulo Mineiro
2 comentários
“Ele está lindo e fazendo bagunça já”, foi o desabafo de um pai aliviado depois de ver um ônibus de transporte coletivo passar por cima do filho de um ano e 11 meses na noite de sexta-feira (15), em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, sem acertá-lo. O incidente aconteceu depois que a criança saiu correndo de dentro do carro onde estava com a mãe e a avó e atravessou uma avenida correndo. O ônibus chegou a acertar o menino que caiu embaixo do veículo, segundo testemunhas.
Segundo a Polícia Militar (PM), o pai da criança, que pediu para não ser identificado, estacionou o carro na Avenida Cesário Crosara, no Bairro Presidente Roosevelt e foi a um supermercado do outro lado da via. “Meu filho saiu do carro correndo quando me viu e atravessou a rua. O ônibus deu uma esbarrada e ele caiu embaixo do veículo”, relembrou o pai confirmando as informaçoes de testemunhas.
O motorista do ônibus afirmou à polícia que não viu a criança e continuou o trajeto. O pai do menino saiu correndo atrás do ônibus, gritando para que ele parasse o ônibus. “Vi meu filho morrer”, disse ele, que segundo a PM, quebrou a porta de entrada do ônibus com um soco que provocou cortes no braço.
Tanto o pai quanto o filho foram medicados na Unidade de Atendimento Integrado (UAI) do Bairro Roosevelt e liberados. Por conta de ter acertado um soco no ônibus, o pai da criança chegou a ser encaminhado à delegacia para prestar esclarecimentos, mas foi liberado. “Agora ele está bem”, concluiu o pai.

FONTE:G1/GRITOS DE ALERTA

Raul Gil manda recado ,durante culto na igreja Mundial .

Raul Gil,apresentador do SBT,esteve em culto na sede da Igreja Mundial,acompanhado de seu filho,Raul Gil Júnior.Durante o culto,foi entrevistado,falou sobre Deus,e seus testemunhos.
O apresentador,que é evangélico,sempre dispõe em seus programas espaço para cantores gospel louvarem a Deus,e tambem está com um projeto de divulgar novos talentos gospel,veja mais em: http://gritosdealerta.blogspot.com.br/2012/09/raul-gil-promove-eventos-pelo-brasil.html




Mobilização pede 30 dias de oração pelas eleições 2012


Eu Oro, Eu Acredito! tem como objetivo juntar uma juventude que clama por um Brasil mais justo
De olho nas eleições que acontecem no dia 7 de outubro o Movimento Dunamis está organizando uma campanha de 30 dias de oração em favor dos resultados das eleições municipais, convocando os jovens a orar e a acreditar em um país mais justo.
A mobilização recebeu o nome de “Eu Oro, eu voto, eu acredito!” e começou no último dia 7 de setembro, feriado da Independência. Os interessados podem participar se lembrando em oração de pedir pela nação brasileira.
No texto postado no site os organizadores alertam que a juventude precisa deixar de ser apática e passar a se interessar pelo futuro do Brasil. “Estamos cansados de alienados que não tomam uma posição e defendem os valores do Reino dos Céus. É chegado um novo tempo!”, diz trecho do texto.
Uma página no Facebook foi criada para divulgar mais a campanha Eu oro, Eu Acredito e mais de 350 pessoas já estão participando desta mobilização. Para saber mais acesse o site www.euoroeuacredito.com.br.
Fonte: Gospel Prime/GRITOS DE ALERTA

Raul Gil promove eventos pelo Brasil com vários cantores Gospel


Raul Gil começou a trabalhar para ajudar os pais, como feirante, vendedor de pastéis, frutas, azeitonas. Também foi metalúrgico, mas desde os 8 anos sonhava em seguir a carreira artística.
Assistiu ao programa de rádio Clube do Papai Noel e ficou encantado. Anos mais tarde, Raul enfrentou um programa de calouros, mas foi rejeitado 17 vezes. Finalmente foi convidado para cantar nos Calouros Toddy, que era apresentado por Hebe Camargo, e foi vitorioso.
A partir daí, começou a trilhar sua trajetória de sucesso: cantou em parques de diversão, circos e festas, entre outros eventos. Conviveu com Adoniran Barbosa, Maria Tereza e toda uma geração de cantores.
Raul Gil integrou a Caravana do Peru que Fala, de Silvio Santosl Foi convidado por Sônia Ribeiro em 1960 para cantar em seu programa. Iniciou nessa época a carreira de cantor profissional, no programa “Alegria dos Bairros”, de Geraldo Blota. Apaixonado por bolero, Raul gravou 8 discos, 3 LPs e 2 CDs com boleros.
Imitava cantores como Gregório Barrios, Vicente Celestino, Cauby Peixoto e o humorista Mazzaropi. Com esse talento artístico todo, virou apresentador de programas.
Raul Gil começou em 1967, substituindo José Vasconcelos. Depois do programa Raul Gil Room, na TV Excelsior, passou pela TV Bandeirantes, Tupi SBT (81-85), Record e TV Bandeirantes novamente.
Agora, Lança  a Caravana Raul Gil , maior divulgador da musica Gospel Brasileira revelou vários talentos evangélicos : Jotta.A, Milena, Jamily, Brenda , entre outros. Vários cantores já passaram pelo programa Irmao Lazaro, Regis Danese, Soraya Moraes, Andre Valadao, Apostolo Estevam Hernandes entre outros.
Dia 27 de setembro estréia a caravana Raul Gil, projeto que deve viajar pelo Brasil com vários cantores Gospel com o maior divulgador da musica Gospel na TV Brasileira Raul Gil.
O inicio da caravana será no espaço de eventos Expresso Brasil,SP com os artistas PG, Jotta A, Soraya Moraes, Irmão Lazaro, Wesley Ros, Robson Monteiro, Marquinhos Gomes, Raiz Coral, Jamily, Brenda e muito mais.
Fonte: Guiame / Jornal Gospel News/GRITOS DE ALERTA

Thalles estrela clipe da canção tema do filme “Três histórias, um destino”


O dia 02 de novembro (sexta-feira) é aguardado com grande expectativa por parte do público evangélico e entusiasta de cinema quando chegará às telas o filme Três histórias, um destino, baseado no livro homônimo escrito pelo Missionário R. R. Soares e lançado em 2004 pela Graça Editorial. Oito anos depois, a Graça Filmes transporta as páginas para as telas dos principais cinemas do Brasil e promete impactar multidões através da história de três pessoas comuns, iguais a nós, que terão seus destinos cruzados em um momento crucial dessa trama.
Para ampliar a divulgação, foi lançado nesta quinta-feira (13), às 21h30, o clipe da canção tema do filme. Escrita pelo Missionário R. R. Soares, Maravilha é interpretada por Thalles Roberto (co-autor da música). Segundo o diretor-executivo da Graça Filmes, Ygor Siqueira, a escolha do cantor veio para ajudar ainda mais na divulgação da película. “Escolhemos o Thalles primeiramente pelo o que Deus tem feito por meio de sua vida no Brasil e precisávamos refletir na música a mensagem do clímax do filme que combinou perfeitamente com o estilo de música do Thalles”.
Dirigido por PC Junior, que já trabalhou com o cantor no clipe Deus da minha vida, a base do vídeo foi feita em um hotel em Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro, e representou um verdadeiro desafio para a equipe. “O Thalles anda com a agenda muito corrida e, na ocasião, ele ia fazer um show na região e tivemos apenas dez minutos para fazer toda a filmagem”, relata o diretor que já roteirizou um novo clipe do cantor que promete ser uma superprodução.
Com produção de André Bastos e edição de Rafa Hernandes, o clipe de Maravilha mescla imagens do cantor com cenas do filme que breve estreará nos cinemas. E a Graça Filmes ainda prepara mais uma surpresa para quem marcar presença na ExpoCristã que acontece de 25 a 30 de setembro no Anhembi (SP): o relançamento do livro Três histórias, um destino totalmente repaginado. Para ter mais informações sobre esse lançamento que irá marcar a história do cinema cristão nacional, acesse: www.treshistoriasumdestino.com.br.

Rafael Ramos
Assessoria de Imprensa – PC Junior
Fonte: Jornal Gospel News/GRITOS DE ALERTA

Garota paquistanesa liberada pela polícia não pode voltar para casa




Seus pais já tinham deixado a residência no subúrbio de Islamabad por medo da violência dos vizinhos.
Garota paquistanesa liberada pela polícia não pode voltar para casa
Garota paquistanesa liberada pela polícia não pode voltar para casaDepois de ser liberada pela polícia, Rimsha Masih foi levada para “um lugar seguro” já que seus país já tinham deixado o subúrbio de Mehrabadi, em Islamabad, com medo da vizinhança que ficou furiosa com a garota de 11 anos, presa por levar páginas do Corão queimadas em um saco de lixo.
Rimsha tem problemas mentais e contou que encontrou o saco em um depósito de lixo, algumas informações prestadas por elas se desencontraram e por isso as autoridades paquistanesas deverão dar sequência as investigações.
Ao deixar a cadeia na sexta-feira passada (7) a garota paquistanesa seguiu de helicóptero até o local escolhido para que ela fique em segurança, não correndo o risco de ser atacada pelos muçulmanos que se revoltaram com o caso, já que a família de Rimsha é cristã.
Dias depois da prisão da garota, o imã Malik Ammad foi preso depois que testemunhas o acusaram de plantar provas para incriminar a jovem na tentativa de tirar os cristãos do bairro. Ammad também vai ser processado pelo crime de blasfêmia.
Com informações Portas Abertas e Gospel Prime
/Gritos de Alerta,

Embrião é uma vida? Evangélicos defendem “adoção” de embriões congelados

Aliança de Evangélicos Confessionais acreditam que adoção é o mesmo que impedir um aborto.
Embrião é uma vida? Evangélicos defendem “adoção” de embriões congelados Embrião é uma vida? Evangélicos defendem “adoção” de embriões congelados
Um embrião congelado em nitrogênio líquido é uma vida? Para os cristãos que condenam o aborto, a vida começa ali. Membros da Aliança de Evangélicos Confessionais defendem essa prática. Gabriel Fluhrer, relações públicas e coordenador editorial da Aliança afirma: “Se vamos ficar contra o aborto, não basta simplesmente protestar em frente a uma clínica”.
Gabriel e sua esposa Callie adotaram um desses embriões em 2010. Eles acreditavam que essa pequena coleção de células era um bebê. Se eles não o tirassem do laboratório onde tinha sido armazenados provavelmente morreria, pois seus pais biológicos decidiram que não precisam mais dele. Esse pequeno embrião foi gestado por Callie e, em dezembro daquele ano, nasceu a menina Anna Fluhrer.
Para os pais, o risco valeu a pena. Eles acrescentam que os membros da Aliança “estão se esforçando ao máximo para adotar crianças em todo o mundo, quer sejam embriões ou órfãos que vivem na China”.
Há muito tempo que evangélicos e católicos deram as mãos na luta contra o aborto. Mas esse grupo tem recebido críticas por seu comportamento “radical”. Recentemente, estão em campanha para incentivar as pessoas que têm embriões congelados para deixá-los disponíveis para adoção.
“Essas famílias estão felizes, e tendem a escrever sobre isso em seus blogs e no Facebook”, disse Reg Finger, um médico afiliado com o Centro Nacional de Doação de embriões.
Autoridades do Vaticano vivem um dilema para incentivar a adoção de embriões, pois isso requer a fertilização in vitro – uma prática proibida pela igreja.
“É preciso reconhecer que os milhares de embriões abandonados representam uma situação de injustiça, que não pode ser resolvida”, escreveu o teólogo do Vaticano em seu tratado sobre bioética em 2008.
As pessoas que escolhem a fertilização in vitro, muitas vezes geram embriões múltiplos, e selecionam o mais saudável para implante. Algumas famílias descartam os que sobram. Aqueles que optam por guardá-los precisam pagar mais de US$ 400 por ano para mantê-los congelados. Estima-se que existam mais de 600 mil embriões congelados em armazenamento somente nos EUA.
O movimentos de doação de embriões e organizações de adoção, a maioria deles com afiliações religiosas evangélicas, começou na década de 1990. A prática ganhou força em 2006, quando o ex-presidente George W. Bush convidou crianças que foram adotadas quando ainda eram embriões, conhecidos como “flocos de neve”, para se juntar a ele na Casa Branca.
“Esses meninos e meninas não são peças de reposição”, disse Bush durante o evento.
Presente naquele evento estavam Maria Lancaster e sua filha Elisha, que foi adotada ainda como embrião. Elas pertencem à Igreja de Cedar Park, uma congregação evangélica perto de Seattle. “Eu queria fortalecer a idéia de que é uma responsabilidade da igreja se levantar e defender a vida humana, incluindo embriões congelados”, disse ela.
A adoção de embriões não é uma questão principal para muitos cristãos, disse Fluhrer, mas isso pode estar mudando. Ele tem um blog sobre a adoção de embriões no Reformation 21, um site sobre teologia que ele edita. “Os primeiros cristãos ficaram conhecidos por oferecer cuidado àqueles que a sociedade descartava”, escreveu ele em seu blog. “A adoção de embriões parece-me uma forma importante de fazer algo parecido no terceiro milênio”. Em 2010, último ano em que havia dados disponíveis, cerca de 2.250 embriões foram “adotados”, mas não se sabe quantos, de fato, foram gestados.
Traduzido de Huffington Post.  Por Gospel Prime c/ infos de Gritos de Alerta.

Mulher pede em nome de Jesus para que corpo do marido seja devolvido


Um diácono foi morto em Nilópolis no último sábado por não ouvir as ordens dos traficantes que comandam o bairro.

Mulher pede em nome de Jesus para que corpo do marido seja devolvido
A esposa do auxiliar de serviços gerais, Alexandre Lima, que foi morto na manhã do último sábado (8) no Parque de Gericinó, em Nilópolis (RJ), deu uma entrevista para o site G1 explicando como tudo aconteceu e revelando ainda que pediu “em nome de Jesus” para que o corpo do marido fosse devolvido pelos traficantes.
A mulher de 36 anos contou também que seu esposo foi assassinado por não ouvir o chamado dos traficantes, pois ele corria pelo parque ouvindo uma rádio evangélica com os fones de ouvido.
“O vizinho contou que o Alex estava andando na mata, quando os caras falaram: ‘Para! Para aí! Levanta a blusa! Levanta a blusa!’ Ele não levantou a blusa e mandaram bala nele”, conta.
Mulher pede em nome de Jesus para que corpo do marido seja devolvidoAlexandre Lima era diácono de uma igreja que ele ajudou a fundar e não tinha nenhuma ligação com o crime, como conta o pastor que não foi identificado pela reportagem do G1.
“Era um homem respeitador, assalariado, que sustentava a família. Era uma pessoa que sempre buscava ajudar o próximo. Perdemos um homem valoroso, não só na igreja, mas na própria comunidade. Foi uma covardia muito grande”, disse o religioso.
Depois que executaram o diácono Alex, os traficantes tiraram o corpo do parque, ao ligar para o celular do esposo, depois de saber da morte dele, a esposa fez contato com os traficantes que atenderam ao telefone pedindo para que eles liberassem o corpo para ser enterrado.
Na primeira ligação os traficantes deram um endereço falso e o corpo de Alex não foi encontrado. A esposa volta a fazer contato e usa o nome de Jesus para convencê-los, dizendo: “Você tem pai, você tem mãe, você tem filho, você tem alguém que você ame? Eu te peço, em nome de Jesus, que você devolva o corpo do meu marido. Em nome de Jesus!”.
O corpo foi deixado no rio próximo à Chatuba, foi um bombeiro parente da esposa quem ajudou a retirá-lo do rio para que ele fosse sepultado. Alexandre Lima foi um dos oito mortos de um sábado sangrento, quando outros seis jovens, todos moradores de Nilópolis, também foram mortos. O casal completou 20 anos de relacionamento e a vítima deixa cinco filhos.

De:GOSPEL PRIME/GRITOS DE ALERTA

Vídeo flagra roda de caminhão que se solta e atinge loja em BH

Impacto provocou buraco na telha do galpão.
Roda atingiu, ainda, um carro estacionado na rodovia.


O circuito de segurança de uma empresa registrou o momento em que uma das rodas de um caminhão se soltou e atingiu o telhado de uma loja, nesta sexta-feira (14), às margens do Anel Rodoviário, na altura do bairro Betânia, na Região Oeste de Belo Horizonte. Nas imagens, é possível ver que a roda passa em alta velocidade, atravessa a pista marginal e atinge o telhado da loja. O impacto provocou um grande buraco na telha metálica.

A roda atingiu, ainda, um carro que estava estacionado e uma placa que registra o número de dias sem acidente de trabalho no local. O caminhão de São Carlos, no interior de São Paulo, seguia no sentido Vitória. O veículo parou no acostamento.

POR G1./GRITOS DE ALERTA.
VEJA MAIS EM:
http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2012/09/video-flagra-momento-em-que-roda-de-caminhao-se-solta-e-atinge-loja-em-bh.html

ESPORTE: Aos São Paulinos,boa notícia,caso Ganso encerrado.

Fim da novela: São Paulo depositará valor da multa para contratar Ganso

Pagamento será feito no início da próxima semana, com o dinheiro da venda de Lucas para o PSG. Santos já foi avisado e concordou com os termos


Ganso falou ao presidente do São Paulo que quer
defender o clube (Foto: divulgação / Santos FC)
Ganso (Foto: divulgação / Santos FC) Acabou a novela: Paulo Henrique Ganso vai jogar no São Paulo. O Tricolor comunicou ao Santos que depositará, no início da próxima semana, os R$ 23,8 milhões,  equivalentes aos 45% dos direitos econômicos a que o clube praiano tem direito. E o Peixe já aceitou os termos com a DIS, dona dos outros 55%.

- Nunca me senti tão tricolor... - manifestou-se Ganso, já no início da madrugada, via SMS, para um amigo que pediu para não ser identificado.

Nesta sexta-feira, o próprio Ganso ligou para o presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, reiterando sua vontade em se transferir para o clube do Morumbi - ele havia acertado salários há quase um mês. Juvenal atendeu a reportagem do GLOBOESPORTE.COM por volta das 21h e relatou que o negócio estava bem encaminhado e que seria fechado neste sábado. Poucas horas depois, um membro da diretoria santista reconheceu que está tudo certo, e que Ganso está de saída para o rival.
O Grêmio ainda tinha esperança. Também na noite desta sexta-feira, o presidente do clube gaúcho, Paulo Odone, afirmou que a negociação com o meia, o clube praiano e a DIS estava bem encaminhada. Mas a vontade de Ganso era mesmo se acertar com o São Paulo.
Ele falou por telefone com Juvenal Juvêncio e, depois da conversa, reiterou aos empresários do DIS que não cogitava a hipótese de atuar no Grêmio. Na quinta-feira, um dos diretores do grupo havia viajado a Porto Alegre e deixado o diretor de futebol Paulo Pelaipe otimista em relação à contratação.
- Retomamos as negociações à tarde e agora estamos esbarrando nessa questão do valor, mas por hoje encerramos, que já está tarde, e amanhã (sábado) vamos recomeçar - afirmou Juvenal, em entrevista ao GLOBOESPORTE.COM.
O jogador quer o São Paulo. Falei com ele hoje à tarde e ele disse que, para sair do Santos e ficar no Brasil, só se fosse aqui"
Juvenal Juvêncio
O presidente não quis dar detalhes de sua conversa com Ganso, mas a disposição do jogador também o motivou a tentar acelerar o acerto. Para chegar aos R$ 23,8 milhões exigidos pelo Santos, o São Paulo vai usar parte do dinheiro da venda de Lucas para o Paris Saint-Germain, da França - o negócio foi concretizado por R$ 104 milhões, o Tricolor receberá cerca de R$ 78 milhões.
No caso Ganso, não há ainda informação sobre a parte da DIS. É possível que o grupo de empresários permaneça com os 55% dos direitos econômicos do meia.
Às 18h30 deste sábado, o São Paulo vai enfrentar a Portuguesa no Morumbi e há possibilidade de, antes da partida, a diretoria tricolor anuncie para a torcida a contratação de Ganso. O clube reservou a camisa 8 para o craque, que, com uma lesão na coxa esquerda, ainda não tem data para voltar aos gramados. Novas inscrições no Campeonato Brasileiro só podem ser feitas até o próximo dia 21.

GLOBO ESPORTE/GRITOS DE ALERTA.

Número de mortos em atos anti-EUA após filme ofensivo ao Islã chega a 8

Manifestações contra longa ofensivo se espalham em países muçulmanos.
Protestos violentos ocorreram durante visita do papa Bento XVI ao Líbano.


Chega a 8 o número de mortos apenas nesta sexta-feira (14) em que milhares de muçulmanos protestaram, em vários países, contra um filme produzido nos Estados Unidos e que é acusado de ofender o Islã e o profeta Maomé.
Houve três mortes na Tunísia, uma no Líbano, país que recebe a visita do papa Bento XVI, três no Sudão e uma no Egito.

No Líbano, um manifestante morreu em confronto e 300 muçulmanos incendiaram um restaurante da rede de fast food KFC em Trípoli, no norte do país.
Em Cartum, no Sudão, cerca de 10 mil manifestantes atacaram as embaixadas britânica e alemã, que foi incendiada e teve sua bandeira nacional substituída por um símbolo islamita. Três manifestantes morreram em confrontos com a polícia, segundo a rádio estatal.

Em Túnis, capital da Tunísia, a polícia não conseguiu conter os manifestantes e muitos invadiram as dependências da embaixada americana, onde era possível ver uma densa fumaça preta em seu estacionamento.
Três pessoas morreram e 28 ficaram feridas, segundo balanço do Ministério da Saúde.
No Cairo, Egito, onde são registradas manifestações em frente à embaixada americana desde terça-feira, um manifestante de cerca de 35 anos morreu baleado próximo ao local.

Em Sanaa, no Iêmen, a polícia disparou para o ar para dispersar centenas de manifestantes que se aproximavam da embaixada americana, informou um correspondente. Também foram utilizados jatos d'água para dispersar os manifestantes reunidos a 500 metros da missão diplomática, onde a bandeira americana foi queimada.
Em Bangladesh, cerca de 10 mil manifestantes queimaram em Daca bandeiras americanas e israelenses e cercaram a embaixada dos Estados Unidos. Após a oração semanal, os manifestantes se reuniram em frente à mesquita de Baitul Mokaram, a mais importante do país.
Na Indonésia, aproximadamente 350 islamitas radicais protestaram em Jacarta contra a "declaração de guerra" representada pelo filme.
Na capital iraniana, Teerã, centenas de pessoas se reuniram, sob os gritos "Morte aos Estados Unidos" e "Morte a Israel", segundo imagens da televisão estatal.
Na Nigéria, a polícia precisou disparar para dispersar a multidão que se manifestava.
Loja da KFC destruída após ataque de manifstantes nesta sexta-feira (14) em Trípoli, no Líbano (Foto: AFP)Loja da KFC destruída após ataque de manifstantes nesta sexta-feira (14) em Trípoli, no Líbano (Foto: AFP)
A poderosa Irmandade Muçulmana, do presidente egípcio Mohamed Morsi, retirou sua convocação para manifestações em todo o país, afirmando que vão organizar uma concentração simbólica no Cairo, na praça Tahrir.
Na Síria, que enfrenta uma crise política interna, cerca de 200 manifestantes organizaram um protesto em frente à embaixada americana em Damasco, que esta fechada há vários meses. Silenciosos, mostravam cartazes contra o filme.
Em Benghazi, leste da Líbia, o tráfego aéreo no aeroporto foi suspenso sem aviso prévio na madrugada de sexta-feira por motivos de segurança e posteriormente retomado, após o ataque de terça-feira contra o consulado americano, que resultou na morte do embaixador americano, Chris Stevens, e de outros três funcionários.
Manifestantes protestam contra o filme em frente à Grande Mesquita de Cartum, no Sudão, nesta sexta-feira (14) (Foto: AFP)Manifestantes protestam contra o filme em frente à Grande Mesquita de Cartum, no Sudão, nesta sexta-feira (14) (Foto: AFP)
Vários países reforçaram a segurança das embaixadas americanas depois deste ataque.
A Índia, que possui uma importante minoria muçulmana, colocou em alerta seus efetivos enviados para os edifícios americanos.
Cartaz com foto de Osama bin Laden é levado em ato anti-EUA na Praça Tahrir, no Cairo, nesta sexta-feira (14) (Foto: Reuters)Cartaz com foto de Osama bin Laden é levado em
ato anti-EUA na Praça Tahrir, no Cairo,
nesta sexta-feira (14) (Foto: Reuters)
A autoridade máxima religiosa muçulmana do Estado da Caxemira pediu aos cidadãos americanos que "abandonem imediatamente" a região.
No Afeganistão, as autoridades estão em alerta máxima e a maioria das embaixadas aumentaram suas medidas de segurança.
O Departamento de Estado dos EUA desaconselhou a seus residentes a ir para a Argélia por risco crescente de atentados. Contudo, as forças de segurança aumentaram sua presença nos arredores da embaixada em Argel.
O Pentágono também anunciou nesta sexta o envio de uma equipe de marines para ajudar a proteger sua embaixada no Iêmen.

A decisão de enviar 50 marines ao Iêmen é "uma medida de precaução", afirmou o porta-voz do Departamento de Defesa, George Little.
O presidente dos EUA, Barack Obama, apelou para que os EUA resistam à violência dos protestos.
POR:G1/GRITOS DE ALERTA

Com ataque à Globo, Domingo Espetacular debate a arte com apologia à pedofilia

Programa Domingo Espetacular, na Record TV O debate sobre as exposições de arte com apologia à pedofilia e outros temas no Brasil marc...