quarta-feira, 13 de junho de 2012

Golpe no Brasil burla sistemas antifraude de bancos e rouba dinheiro direto do PC da vítima

Se antes os cibercriminosos direcionavam vítimas brasileiras para sites fraudulentos para roubar dados bancários, agora uma nova modalidade de golpe burla sistemas antifraude e é aplicada direto no computador das vítimas.

A tendência foi detectada e divulgada nesta quinta (31) pela Kaspersky, empresa de segurança.

De acordo com a empresa, os golpistas copiaram alguns recursos existentes em antigos cavalos de troia (trojans) bancários, como o Zeus e o Carberp. Uma vez instalados no computador da vítima, esses programas maliciosos burlavam sistemas antifraude e faziam transações bancárias não-autorizadas de lá.

Os novos cavalos de troia que atacam contas de bancos no Brasil podem ser instalados automaticamente na máquina da vítima ou ficam escondidos em plug-ins de navegadores de internet. Quando a vítima faz login no internet banking, o programa malicioso instalado no computador dela realiza automaticamente uma série de operações bancárias, em segundo plano, sem que ela perceba.

A Kaspersky alerta ainda que mesmo bancos que possuem o sistema de cadastramento de computadores (que só permitem a realização de internet banking de máquinas previamente autenticadas pela instituição financeira) podem sofrer o ataque na internet. O sistema acaba não reconhecendo e barrando a operação ilegal feita pelo programa malicioso.

Outro sistema antifraude adotado por algumas instituições financeiras, os CAPTCHAS (palavras, expressões ou códigos alfanuméricos que devem ser digitados pelo usuário do site para acessar uma operação), também já são quebrados pelos golpistas.

Para evitar cair nesse tipo de golpe, o usuário deve evitar clicar em links suspeitos, sejam recebidos por e-mail, mensagens instantâneas ou presentes em sites, pois eles podem conter o trojan, que será automaticamente instalado no computador. Outra dica é não instalar plug-ins de navegadores sem antes verificar a reputação da fabricante daquela aplicação. Alguns programas de antivírus oferecem ferramentas de navegação segura, que registram o endereço do banco e permitem o acesso à páfina de um ambiente protegido.

Fonte: UOL

Namoro sem beijo e sem sexo: casal evangélico defende a pureza em busca de amor verdadeiro



O namoro do casal Rafael Almeida, de 22 anos, e Heloísa Lugato, de 24 anos, tem se mantido assim, sem beijo e sem sexo, a mais de um ano, eles garantem.
O casal defende o estilo do namoro para alcançar o objetivo de conhecer o amor verdadeiro.
Eles comentam que os dois são adeptos da pureza sexual até o casamento e durante este período de relacionamento não tiveram relação sexual.
O casal ainda relata que optaram pelo modelo de namoro “corte”, que preserva o conhecimento do casal baseado na amizade, no sentido de resgatar valores que se perderam.
“Preferi me preservar. Nos abdicamos do contato físico, do toque, para focar nosso relacionamento na amizade e em conhecer um ao outro”, comenta Rafael em entrevista ao jornal G1.
Rafael destaca também que a escolha ajuda ainda em ter uma vida emocional equilibrada, mas que não é uma tarefa fácil. Ele aponta que o preconceito da sociedade é grande e que a castidade é um assunto polêmico.
Rafael que esta cursando engenharia civil e comenta que já foi até chamado de louco por colegas. Ele ressalta que as pessoas tem dificuldade em aceitar esta postura em pleno século 21.
“A postura vai contra as regras ditadas pela sociedade”.
Para Heloísa, a união do casal está baseada na santidade e em princípios que estão descritos na bíblia. Ela argumenta que o contato físico pode contribuir para que o namoro saia do foco e, por conta disso, o máximo que fazem é pegar na mão e abraçar.
“Sabemos que o beijo não é pecado, até porque a Bíblia não se refere a isso. Porém, o sexo é, por isso evitamos. Mas não se trata de uma regra. Somos livres para optar e escolher”, disse ela ao g1.
Heloísa disse que já teve outros relacionamentos fora da igreja e que as experiências só reforçam o estilo adotado no namoro atual.
“Somos guardados do prejuízo que é ter um coração machucado e ferido”.
O casamento de Rafael e Heloísa esta marcado para Março de 2013.
Corte
Muitos jovens evangélicos têm adotado este princípio para vivenciar um relacionamento “emocionalmente saudável” e de acordo com os princípios bíblicos.
Responsável por trabalhos desenvolvidos com jovens e adolescentes na Igreja Videira, Cuiabá, o pastor Heitor Henrique Laranjo, de 27 anos, explica que a área sentimental é a que mais aflige o solteiro.
O pastor explica que muitos jovens vivem diversos relacionamentos frustrantes e chegam até ao casamento sem amadurecimento, sem capacidade de sustentá-lo e acabam percebendo que casaram com a pessoa errada.
“Por isso a corte é diferente do namoro, pois preserva o conhecimento entre o casal. Não é respaldado em beijo ou sexo. Voltamos ao tempo em que nossos pais e avós namoravam na sala com a presença da família toda”, reforça segundo g1.
Segundo o pastor Heitor Henrique, a adesão ao corte é feito por casais, preferencialmente a partir de18 anos e que têm o objetivo de casamento.
“É muito maior que um movimento de pró-sexualidade. É o resgate das veredas antigas”, observa.

Pesquisa revela que 74% dos brasileiros são a favor da prisão perpétua: Magno Malta comenta

Pesquisa revela que 74% dos brasileiros são a favor da prisão perpétua: Magno Malta comenta
Uma pesquisa realizada pelo Portal Todos Contra a Pedofilia MT revelou que um grande percentual dos internautas brasileiros defende a aplicação de penas mais graves para crimes relacionados à pedofilia. Dos índices divulgados, 10% revelam posicionamentos a favor da pena de morte, já 74% apoiam a aplicação da prisão perpétua aos pedófilos. A medida está sendo defendida pelo Senador Magno Malta, propondo alterações na Lei.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
O vereador de Várzea Grande, Mato Grosso, Toninho do Glória, um dos políticos que tem se aplicado na luta contra a pedofilia, criticou a legislação brasileira por não aplicar penas cabíveis ao crime de pedofilia, “Uma pequena pena vai resolver o problema do pai tarado que seviciou as próprias filhas, inclusive fazendo filhos nelas, como ocorreu aqui, pertinho de nós? Claro que não. Então, nossas autoridades e os responsáveis pelas leis preferem ver nossas crianças sendo atacadas todos os dias por criminosos incorrigíveis, do que trata-los como são: doentes de uma patologia que não tem cura.”, disse o vereador referindo-se a um caso de pedofilia que aconteceu no Mato Grosso.
A maioria dos internautas apoia a proposta do Senador Magno Malta (PR), que propôs uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional) para alterar o Código Penal, instituindo a prisão perpétua para a pedofilia. O projeto de Malta tem como barreira uma cláusula pétrea da Constituição, que versa sobre a liberdade e não pode ser alterada. Porém, ele se baseia no Artigo 227, §4°, da Carta Magna, que dispõe, “A lei punirá o abuso, a violência e a exploração sexual da criança e do adolescente.”.
Magno Malta argumenta, “As cláusulas pétreas não podem ser alteradas, a não ser por constituinte, mas minha proposta é de adicionar ao parágrafo sobre a defesa da criança, os casos de pedofilia. Se a criança é inviolável, como o pedófilo é solto?”.
“Psicopatas irrecuperáveis”, diz o Senador sobre os pedófilos. “Eles são diferentes de estupradores, são monstros dissimulados. Se houvesse prisão perpétua para esses casos, o criminoso de Mato Grosso não teria saído da cadeia e a família do Kaito Guilherme Nascimento Pinto (10) estaria feliz agora”, finalizou Malta.


G+

Ilustre desconhecido ou um corrupto conhecido?


Ilustre desconhecido ou um corrupto conhecido?Para algumas pessoas, mais vale o poder de vomitar besteiras boca à fora, prevalecendo através de bens materiais recebidos através de trocas de favor espúrias do que estar no centro da vontade de Deus. Mais vale ser queimado pelo brilho dos holofotes do que fazer diferença nas trevas onde estão reunidas as células dos desesperados. Mais vale gastar milhões em imagem do que em matar a fome dos pobres e ajudar na árdua tarefa da evangelização mundial.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Ser ou não ser um ilustre desconhecido, eis a questão? Vamos aos fatos. Jesus, o Deus encarnado foi sem dúvida o maior de nossa classe (os ilustres desconhecidos), tanto é que para que a guarda que o prendeu pudesse reconhecê-lo entre os outros discípulos que estavam com ele, foi preciso que alguém que o conhecia fisicamente o entregasse com um beijo no rosto. traidor.
traidores tem o que merecem não é? Judas teve o que merecia, recebeu suas moedas, seu prêmio por ter se vendido e com isso vendeu o ilustre desconhecido e seu povo. Ah, o fim de Judas também foi bem triste, como é o fim de todo traíra, ele foi dos holofotes, do mega estrelato ao fundo de um campo de sangue (que era sua posse também) ensanguentado depois de se enforcar de remorso. Ficou conhecido como poucos, recebeu sua porção aqui na terra, e encerrou a carreira sozinho, corrompido e sem nenhum mérito, porque não há mérito na traição de seu povo, nem tampouco na disseminação de heresias.
Bem, eu prefiro ser esse ilustre desconhecido que deita a cabeça no travesseiro e dorme em paz, que não tem muitas posses, nem tanta influência, mas tem em Deus seu sustento e seu total provedor. Ilustre desconhecido para mim é um elogio e não uma depreciação! Posso não ser famoso, não ter jatinho, nem carro blindado ou relógio de ouro, mas jamais carregarei sobre as minhas costas o peso de entregar o nosso povo, nem de fazer aliança com quem não tem aliança com Deus. Quem gosta disso se iguala a Judas com suas moedas e seu campo de sangue.
São os ilustres desconhecidos que giram o mundo, Jesus é o exemplo máximo disso! Os conhecidos corrompidos só servem para ser “buchas” de estruturas que não podem dominar. Uma pena, quem ama o dinheiro nunca se fartará dele, e quem não consegue dominar o poder, se torna escravo do mesmo. Sou um desconhecido livre, e garanto a você, é muito melhor que ser um escravo conhecido.
E no mais, tudo na mais santa paz!

GOSPEL PRIME

Convenção Geral das Assembleias de Deus é anulada por decisão judicial


Convenção Geral das Assembleias de Deus é anulada por decisão judicialNo último fim de semana a recente Assembleia Geral Ordinária da CGADB (Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil), realizada nos dias 6 e 8 de junho de 2012 em Alagoas, teve seu efeito cancelado por uma liminar. O motivo para o cancelamento foram supostas denúncias de irregularidade.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Depois da afirmação do pastor Samuel Câmara, que afirmou que as pautas da Assembleia Geral não poderiam ser aprovadas sem o mínimo de dois terços de votos favoráveis dos presentes, a CONFRATERES (Convenção Fraternal do Estado do Espírito Santo e outros) que se identifica com a proposta do Pr. Samuel Câmara, conseguiu neste domingo dia 10/06 uma Liminar que anulou a Reforma do Estatuto.
No final da Seção da quinta-feira dia 07/06 o Pr. José Wellington aprovou a mudança no Estatuto apesar de intensos protestos que levou a interrupção também pela primeira de uma AGE.
De acordo com a liminar, emitida pelo juiz Ayrton de Luna Tenório, a Convenção está proibida de registrar a ata da sua assembleia. Segundo o juiz,
Segundo a decisão judicial, para realizar uma mudança no estatuto é necessário dois terços do número total dos pastore presentes. Estavam presentes 2262 pastores, sendo que seriam necessários os fotos de 1508 deles para negociar a mudança. Porém apenas no documento encaminho pela CONFRATERES constam as assinaturas de 196 pastores, o que inviabiliza a eleição.
Além disso, entre os pastores inscritos para votarem a Reforma do Estatuto, estavam presentes somente dois membros da Mesa Diretora (Pr. José Wellington Bezerra da Costa e Pr. José Antônio dos Santos) os outros 11 membros da Mesa Diretora perderam o prazo e não se inscreveram como determinava o Edital de convocação.
Leia na íntegra a liminar:



Correção feita pelo juíz em termo incorreto escrito na liminar:

Fonte: Gospel+

IGREJA ANGLICANA SE POSICIONA . SOMOS CONTRA O CASAMENTO GAY .

A Igreja da Inglaterra condenou nesta terça-feira a proposta do governo britânico de legalizar os casamentos homossexuais civis, alegando que danificará os estreitos vínculos que mantém com o Estado há cinco séculos.

Em resposta a uma consulta lançada pelo governo sobre este polêmico projeto de lei, a Igreja anglicana considerou que, se for aprovada, o despojará de seu direito de registrar os casamentos por conta do Estado.

"O único lugar da Igreja da Inglaterra na atual lei matrimonial inglesa significa que as propostas terão potencialmente um impacto muito significativo em nossa capacidade de servir às pessoas deste país como sempre fizemos", afirmou.

No Reino Unido, diferentemente de muitos outros países, as pessoas que se casam pela Igreja oficial não têm necessidade de passar também pelo registro civil para dar validez legal.

Por isso, a Igreja considera que a aprovação dos casamentos homossexuais provocaria um conflito entre o direito canônico - que considera que é apenas entre um homem e uma mulher - e o direito civil, ao introduzir dois tipos de casamento diferenciados.

O bispo de Leicester, Tim Stevens, lembrou que a Igreja anglicana apoiou na época a introdução das uniões civis e que defende a "plena inclusão" dos homossexuais na sociedade.

"Mas isto não equivale a uma base para introduzir uma redefinição completa do conceito de casamento baseado em um processo de consulta que é, no mínimo, rápido", acrescentou, classificando esta consulta de três meses que termina na quinta-feira de "insensata e desconsiderada".

A Igreja anglicana considerou, por sua vez, que a proposta levanta muitos problemas "legais", já que autorizar aos casais do mesmo sexo o acesso apenas aos casamentos civis abre caminho para processos judiciais por discriminação.

Segundo a lei vigente, qualquer residente legal tem o direito de se casar com alguém do sexo oposto em uma igreja anglicana independentemente de sua religião, e o pároco tem o dever de celebrar e registrar o matrimônio.

Fonte: AFP

Novo apóstolo ‘não evangélico’ do Brasil mostra exorcismo, transe espiritual e sincretismo

Open in new windowWalter Sandro é o fundador da Igreja Templária de Cristo na Terra (ITCT), igreja não evangélica que prega uma religião sincrética com símbolos de várias religiões desde a católica até a budista.

Walter Sandro deu uma entrevista recente à Carta Capital onde informou como lhe foi revelado através do “Arcanjo Miguel” que deveria abrir a igreja templária.

“O Arcanjo Miguel materializou-se e disse para eu abrir a igreja. Foi tão forte que tive uma crise de cálculo renal. Fui ao banheiro e ele veio e disse pra botar a mão na urina. Eu pus. E saiu uma pedra do tamanho de meio grão de feijão”, disse Walter Sandro ao jornalista Willian Viera, da Carta Capital.

A auto-nomeação do apóstolo vem despertando além da curiosidade, o espanto no meio evangélico, que teme que tal sincretismo confunda a população evangélica.

Segundo apologista Johnny Bernardo, o apóstolo Walter se dedicava à Psicologia e chegou a dar estudos esotéricos, envolvia reiki, ioga, sessões espíritas e sociedades secretas.

Em um artigo do seu blog, Bernardo apontou que já existem dez igrejas no Brasil, com um número de adeptos em torno de 10 mil, sendo que a sede mundial, é uma igreja com capacidade para 5 mil pessoas e composta por 44 salas e 2 auditórios.

A igreja possui um púlpito no formato da Cruz Templária e há figuras de budas, faraós e santos católicos. Segundo Bernardo, nas reuniões, os louvores são inspirados nas igrejas neopentecostais onde multidões entram em transes espirituais.

O credo doutrinário da igreja é caracterizado pela “maldição hereditária”, “reencarnação”, “espiritualismo” e outras crenças oriundas do cristianismo. Algumas regras como não ingerir café, carne ou açúcar ( com exceção do mascavo) são impostas aos adeptos.

Relata-se que Walter vive uma vida humilde em uma casa na cidade de São Bernardo do Campo. Ele não pode se casar e vive com sua mãe e nove ministros. Além disso, ele tem como uma de suas obras da igreja o cuidado com animais, possuindo em sua casa cerca de 80 cães que foram resgatados das ruas.

Fonte: The Christian Post

Igreja Renascer em Cristo não é uma organização criminosa, decide STF

Igreja Renascer em Cristo não é uma organização criminosa, decide STF
O advogado e pré-candidato do PTB à Prefeitura de São Paulo, Luiz Flávio Borges D’Urso, atuou como defensor do casal Estevam e Sônia Hernandes, fundadores da Igreja Apostólica Renascer em Cristo.
A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal emitiu hoje o Habeas Corpus (HC 96007) decidindo por unanimidade encerrar o caso. Com isso, Hernandes e Sonia que respondiam a processo na Primeira Vara Criminal da capital paulista foram inocentados da acusação de comandarem uma suposta organização criminosa que “se valeria da estrutura de entidade religiosa e de empresas vinculadas para arrecadar grandes valores em dinheiro, ludibriando os fiéis mediante variadas fraudes, desviando os numerários oferecidos para determinadas finalidades ligadas à igreja em proveito próprio e de terceiros”.
Além disso, eles eram acusados de “lucrar na condução das diversas empresas, desvirtuando as atividades eminentemente assistenciais e aplicando seguidos golpes”.
Segundo a defesa do casal Hernandes, a Lei 9.613/98 afirma que para se configurar o crime de lavagem de dinheiro é necessária a existência de um crime anterior, que a denúncia aponta ser o de organização criminosa. Para o advogado, contudo, não existe no sistema jurídico brasileiro o tipo penal “organização criminosa”, o que exige a extinção da denúncia.
“É um processo que traz efeito sobre todos os processos relacionados a ‘organização criminosa’. O Supremo entendeu que não existe essa figura ‘organização criminosa’ na legislação. É uma decisão histórica”, explica.
D’Urso comemorou hoje o arquivamento do processo que corria no STF contra os religiosos e agora dedica-se integralmente ao caso do assassinato do executivo Marcos Matsunaga, pois atua como advogado da família do empresário morto e esquartejado pela esposa.
Com informações IG e JusBrasil

CUIDE DE SEUS FILHOS - Menina desaparece durante caminhada de igreja no Centro de SP


Uma menina de 4 anos sumiu no último domingo (10) durante a caminhada de comemoração dos 50 anos da igreja pentecostal Deus é Amor, no Centro de São Paulo. Ela estava com a mãe e o irmão e desapareceu no meio da multidão.

Cerca de 60 mil pessoas participavam do evento. A mãe de Brenda, Geiza Mari Silva, conta como percebeu que a filha havia sumido. “Fui lá para receber a oração, como não sei ler pedi param minha irmã escrever, eles estavam nas minhas costas, eu com nenê e duas sacolas. Na hora que eu virei, vi sozinho o Lucas, comecei a procurar”, contou.

A mulher percebeu o desaparecimento da filha às 16h. Ela passou a procurar a filha, e como não a encontrou, procurou a polícia e a organização do evento já na parte da noite.

As câmeras da igreja estavam desligadas. A polícia aguarda imagens de uma empresa que registrou o evento para tentar ter pistas sobre a menina. Quem tiver alguma informação sobre Brenda pode ligar para a polícia pelo telefone 190 ou ir a uma delegacia.

G1