sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Islamitas egípcios iniciam "semana da ira" e mais de 140 são detidos

A Coalizão egípcia para a defesa da Legitimidade, que inclui a Irmandade Muçulmana e outros grupos afins, convocou uma semana de protestos, a partir de hoje, em todas as províncias do país contra o governo egípcio, e até agora 147 pessoas já foram detidas.
"Os injustos terroristas passaram dos limites (...) e chegou o momento de aumentar a ira", diz a nota divulgada pelo grupo que assegura também que o que qualificaram como 'semana da ira' começará com "força e pacifismo".
O comunicado afirma ainda que a intensificação dos protestos surge como reação às agressões contra as manifestantes e os detidos islamitas e pelo congelamento das atividades das associações sociais vinculadas com os Irmandade Muçulmana.
"Não ficaremos de braços cruzados diante da agressão contra as mulheres do Egito e os abusos contra os detidos que rejeitam o golpe de Estado e contra as associações de caridade que atendem a 20 milhões de egípcios", ressalta a nota.
Além disso, o grupo explica que não dá importância a "o absurdo dos golpistas" como a declaração da Irmandade Muçulmana como organização terrorista ou a realização, nos próximos 14 e 15 de janeiro, do referendo constitucional.
Nas manifestações, as forças de segurança já detiveram 147 membros da Irmandade Muçulmana, que chamaram de "sabotadores", entre eles, 28 mulheres.
A convocação de manifestações sucede dois dias depois que o governo egípcio classificou como "grupo terrorista" a Irmandade Muçulmana, o que criminaliza a pertinência a este grupo ou a participação em suas manifestações.
A decisão governamental ofereceu a justificativa jurídica às autoridades para congelar as atividades de mais de mil associações de caridade por sua suposta vinculação com a Irmandade, e que continuarão seu trabalho sob o controle do governo para não prejudicar, segundo o Executivo, os cidadãos beneficiados de seus serviços.

uol.

Evangélico, Sam Alves vence The Voice cantando “Hallelujah”. Assista!



Evangélico, Sam Alves vence The Voice cantando “Hallelujah”. Assista!Sam Alves vence The Voice cantando "Hallelujah"
Sam Alves é o vencedor da segunda temporada do The Voice Brasil com 43% dos votos do público. Sam tem 24 anos e surpreendeu os jurados nas audições às cegas e conquistou o público com sua voz e sua história.
Sam venceu Pedro Lima, Rubens Daniel e Lucy Alves. Ele interpretou “Hallelujah”, primeiramente em português e depois em inglês. Sam também dividiu o palco com Claudia Leitte. O participante e sua técnica cantaram “A Camisa e o Botão”, logo após de Claudia cantar “Claudinha Bagunceira”.
Sam Alves no The Voice
Samuel Alves nasceu em 03 de junho de 1989, mas foi abandonado dois dias depois em uma caixa de papelão à porta do então funcionário de escritório Luis e Raquel Alves, dona de casa e artista de gravação de música cristã em Fortaleza, no estado do Ceará, Brasil.

Sam Alves vence The Voice cantando “Hallelujah”
Apesar de não cantar nenhuma música gospel durante suas apresentações no programa, Sam Alves foi criado na igreja e chegou a ser selecionado como um tenor lead (principal) em uma participação em um show do cantor americano Michael W. Smith, um dos principais cantores do segmento cristão nos Estados Unidos.
A participação de Sam no evento de Michael W. Smith levou-o a ser escolhido pelo diretor do Dove Singers para interpretar Jesus em uma turnê musical na área da Nova Inglaterra durante duas semanas que antecederam a Páscoa de 2010.
Sam foi com os pais para os Estados Unidos com apenas quatro anos de idade em busca de uma vida melhor e foi criado em um estilo de vida cristão, seu pai é pastor da Igreja Batista. Sam foi ensinado pela mãe para tornar-se um cantor na igreja local.
Em outubro de 2003, ele voltou para o Brasil com a mãe para trabalho missionário.  Sam ajudou a construir uma nova igreja em Brasília e cantava durante os cultos sozinho ou acompanhado por sua mãe.
Ele chegou a gravar um álbum independente com a mãe em um estúdio de Brasília. Entre as canções estava a música  ”You Are Lord” (“Tu és Senhor”). Durante a gravação, Sam escreveu duas músicas adicionais em português que também foram incluídas. O álbum foi gravado ao vivo no dia 6 de dezembro de 2006, na igreja que sua mãe construiu.
Em 2010 Sam voltou com sua mãe para os Estados Unidos. Ele continuou a cantar em igrejas na região de New England no Canadá e também em Nova York. Depois do show ao lado de Michael W. Smith, Sam Alves foi convidado para liderar uma equipe de louvor e adoração para o grupo de jovens de uma grande igreja no centro de Massachusetts e, em poucos meses, tornou-se líder da equipe principal de louvor da igreja.
Curiosamente o cantor chegou a participar da audição às cegas da 4ª Temporada do programa da NBC “The Voice” cantando “Feeling Good” de Michael Buble, mas acabou sendo rejeitado pelos jurados.

Assista Sam Alves na final do The Voice Brasil:



Gospel Prime

Quando o Pastor Castiga a Ovelhinha Rebelde


"Faze-me ouvir júbilo e alegria, para que exultem os ossos que esmagaste" (Salmo 51:8). 

De vez em quando, uma ovelha adquire o mau hábito de se desviar do caminho. Todas as tardes, quando o pastor conta o rebanho, descobre que está faltando a mesma ovelha. Noite após noite, ele sai para procurar o animal perdido.

Depois que isso acontece várias vezes, ele vai encontrar a ovelha, mas, antes de carregá-la de volta ao abrigo, quebra-lhe a perna. Ao voltar para o aprisco, coloca uma tala na perna fraturada e, nos dias seguintes, carrega a ovelha ferida perto do coração.

Quando a perna começa a sarar, ele a coloca no chão, a seu lado. Para ela, o menor dos riachos parece ser um rio enorme, uma pequena elevação no terreno assemelha-se a uma montanha.

Durante esse período, a ovelha depende totalmente do pastor para carregá-la. Depois que a perna sara, a ovelha aprendeu uma lição: Ela deve ficar sempre ao lado do pastor.

Muitos pensam que o pastor é cruel ao quebrar a perna da pobre ovelha indefesa. Parece que ele é insensível, até que entendemos o que lhe vai no coração. Aí compreendemos que aquilo que parece crueldade é, na verdade, bondade.

O pastor sabe que a ovelha tem que ficar perto dele, para ser protegida dos perigos. Assim, quebra-lhe a perna, não com o intuito de feri-la, mas de restaurá-la. (Haddon Robinson)

Somos Ovelhinhas Tolas e Rebeldes
Senhor, sabes que sou uma ovelha tão tola!
Alimento todo tipo de preocupações
Se vou encontrar pastos
Água fresca e calma
Abrigo à noite
Onde possa sentir-me seguro.
Não.
Só encontro problemas, desejo, perdição.
Afasto-me de Ti para planejar meu caminho rebelde.
Perco-me.
Sigo outros pastores
E até mesmo outras ovelhas tolas.
Então, quando chego a uma montanha escura
Penhascos à frente, animais selvagens atrás
Começo a berrar "Pastor, Pastor", 
Encontre-me e salve-me ou morro!
E me atendes. (Joseph Bayly)

SBT E SUA ESTRATÉGIA DE MARKETING .

O apóstolo Valdemiro Santiago participa do "Programa do Ratinho" (SBT) Primeiro foi o pastor Silas Malafaia dando entrevista no programa de Marília Gabriela. Depois foi a vez do apóstolo Valdemiro Santiago, que gravou participações no "Programa do Ratinho" e no próprio "Programa Silvio Santos". Por fim, padre Marcelo foi a estrela do último "Domingo Legal" e também já tem convites para participar de outros programas da emissora de Silvio Santos. Ao lado da Globo, o SBT é a única emissora aberta que não vende horários da programação para igrejas, mas isso não quer dizer que esteja desatento com o que dá ibope e repercussão. O fato é que todos os programas estão liberados para fazer convites aos líderes religiosos mais importantes do país. quanto mais polêmica, melhor.
Leonardo Nones/Divulgação/SBT
O apóstolo Valdemiro Santiago participa do "Programa do Ratinho" (SBT)
FALANDO EM POLÊMICA
Gente da produção de Ratinho há meses já fez convite para o bispo Edir Macedo, dono da Record, participar do programa no quadro "Dois Dedos de Prosa". O staff de Macedo disse não. E, após a ida de Valdemiro Santiago ao quadro, as chances de ida baixaram a zero.
INTERESSE ÚLTIMO
Silvio Santos tem até gostado das participações de Valdemiro Santiago na casa. Foi o motivo que o fez convidá-lo para seu dominical. O apóstolo não recusa convite nenhum do SBT, pois ainda tem esperanças de comprar ao menos uma horinha das madrugadas do SBT. Se bem que o que ele queria eram cinco horas –toda a madrugada, da 1h às 6h.

FONTE . FOLHA/UOL

Papa denuncia discriminação e violência contra cristãos


O papa Francisco denunciou nesta quinta-feira a discriminação contra cristãos, inclusive em países onde a liberdade religiosa é, teoricamente, garantida por lei.

O pontífice realizou a tradicional oração de meio-dia e discursou para milhares de pessoas reunidas na Praça de São Pedro no dia em que a Igreja Católica celebra Santo Estêvão, o primeiro mártir do cristianismo.

O papa argentino, de 77 anos, pediu à multidão um minuto de oração silenciosa pelos "cristão que são injustamente acusados e alvo de todo tipo de violência".

Francisco, que celebra o Natal pela primeira vez como papa, disse que "limitações e discriminações" contra os cristãos acontecem não apenas em países que não garantem a liberdade religiosa completa, mas também em lugares onde "no papel, a liberdade e os direitos humanos são protegidos".

"Essa injustiça precisa ser denunciada e eliminada", afirmou.

Francisco não especificou nenhum país, mas o Vaticano há bastante tempo pede que a Arábia Saudita, onde ficam os lugares mais sagrados do islamismo, suspenda as restrições a orações de cristãos em público.

Diversos incidentes de intolerância religiosa aconteceram em 2013 em países com minoria cristã como Egito, Indonésia, Iraque, Sudão, Nigéria e outros lugares onde os direitos são protegidos por lei.

Francisco, saindo do discurso preparado, disse ter certeza que os cristãos que sofrem com discriminação e violência "são mais numerosos hoje do que nos primeiros dias da Igreja".

No passado, o Vaticano já manifestou preocupação com o que o ex-papa Bento 16 descreveu como as "formas sofisticadas de hostilidade" contra os cristão em países ricos, como restringir o uso de símbolos religiosos em locais públicos.

Papa Francisco faz apelo pela união de crentes e ateus

Comemorando seu primeiro Natal como líder da Igreja Católica, o Papa Francisco pediu nesta quarta-feira pela união de ateus e crentes de todas as religiões como forma de espalhar a paz ao redor do mundo.

Falando para cerca de 70 mil pessoas a partir da varanda da Basílica de São Pedro, o mesmo local de onde emergiu para o mundo quando foi eleito papa, Francisco novamente apelou para a salvação do meio ambiente da "ganância humana e da rapacidade".

O papa disse que pessoas de outras religiões também rezam pela paz, e pediu pela união de crentes e ateus.

"Eu convido até os descrentes para desejar a paz. (Junte-se a nós) com seu desejo, um desejo que alarga o coração. Vamos todos nos unir, seja com preces ou desejo, mas todos pela paz", afirmou Francisco, sendo ovacionado pela plateia.

A aproximação do Papa Francisco aos ateus e pessoas de outras religiões marca um contraste com a atitude do Papa Bento XVI, do papado anterior, que às vezes relegava não católicos a crentes de segunda classe.

Francisco pediu também pela "harmonia social do Sudão do Sul, onde as recentes tensões causaram inúmeras vítimas e são uma ameaça para a coexistência pacífica naquele jovem país".

Fonte: Reuters

Homem mata mãe e vai à igreja pedir perdão


Após cometer o crime no dia de Natal, ele foi até uma igreja, e pediu perdão, depois ele se entregou à polícia e confessou o matricídio.

Um ato de extrema violência em âmbito familiar marcou o Natal (25 de dezembro) em Londrina. Um homem de 45 anos assassinou a própria mãe na quarta-feira (25) porque queria dinheiro para comprar droga e a progenitora teria se recusado a dar. Após cometer a barbaridade, elefoi até uma igreja, onde pediu perdão antes de se entregar à polícia e confessar o matricídio. O crime aconteceu em um apartamento do Jardim dos Estados, na zona norte de Londrina.

Zenir Alves Correa, 69 anos, era esperado por vizinhos para um almoço de Natal, porém, ela não foi ao local da confraternização, o que deixou amigos da idosa apreensivos. Eles então foram ao apartamento do Residencial Bourbon, onde a aposentada residia, encontraram rastros de sangue na parede e acionaram a Polícia Militar.

Conforme a PM, a mulher foi encontrada morta ao lado de um pedaço de madeira ensanguentado. O porteiro do residencial contou que viu quando o filho da vítima, Aguinaldo Alves Correa chegou no apartamento por volta das 4h30 de quarta-feira. Ele relatou que ouviu uma discussão e novamente acompanhou a saída de Correa, por volta das 6 hiras.

O corpo de Zenir só foi encontrado no início da noite e cerca de duas horas depois dos policiais terem deixado o local do homicídio, o filho da vítima ligou e informou que gostaria de se entregar. Ele foi preso em frente ao 5º Distrito Policial e contou que brigou com a mãe, pois exigia dinheiro para comprar drogas.

Transtornado pela negativa da mulher em entregar o dinheiro, ele jogou um criado-mudo na cabeça da idosa e depois usou os pés do móvel para atacá-la a pauladas até a morte. Em seguida, ele pegou o veículo da mãe e foi até uma igreja para pedir perdão, pois estaria arrependido de assassinar a própria mãe.

Fonte: TN online

Chefe da igreja anglicana denuncia 'massacres' a cristãos no Oriente Médio


O arcebispo de Canterbury, Justin Welby, chefe espiritual de cerca de 85 milhões de anglicanos no mundo, denunciou nesta quarta-feira, em sua mensagem de Natal, "as crescentes injustiças" contra os cristãos, "atacados e massacrados" no Oriente Médio.

"Enquanto cantamos os louvores de Belém, hoje vemos injustiças na Palestina e em Israel, onde terras são tomadas, se lançam mísseis e inocentes sofrem", declarou Justin Welby durante sua primeira mensagem de Natal como arcebispo de Canterbury.

"Constatamos crescentes injustiças que ameaçam as comunidades cristãs no Oriente Médio. Essas são atacadas e massacradas, forçadas a abandonar uma região onde sua presença sempre foi essencial", acrescentou.

Na Síria, mergulhada em um conflito em que a maioria dos cristãos apoiaram o presidente Bashar al-Assad, os combates levaram 450.000 cristãos a abandonar seus lares, disse em novembro o patriarca sírio, Gregorio III Laham.

"Recebemos terríveis notícias do Sudão do Sul, onde as ambições políticas levaram a um conflito étnico. No sábado falei com um bispo assediado em uma propriedade cheia de pessoas a ponto de morrer", afirmou Welby, que preside a comunhão anglicana, ou seja, 44 igrejas em 165 países.

Na missa do Galo, o chefe dos católicos da Inglaterra e do País de Gales, Vincent Nichols, informou nesta terça-feira também que "para muitos (cristãos) ir à igreja é um ato de coragem, porque arriscam sua vida".

"Os cristãos são o grupo religioso mais perseguido atualmente no mundo", acrescentou Nichols, que fez especialmente referência à situação no Egito, Iraque e na Síria.

Fonte: AFP

Foragido da justiça se converte e se entrega à polícia


Foragido da justiça se converte e se entrega à políciaForagido da justiça se converte e se entrega à polícia
Depois de participar de um culto em uma igreja Assembleia de Deus o foragido da justiça Liberman Dias de Oliveira, 34 anos, resolveu se entregar à Polícia Militar da cidade de Cruzeiro do Sul (AC).
Oliveira fugiu da penitenciária de Rio Branco no mês de junho, ele cumpria a pena em regime semi-aberto por ter participado da morte de um vigia da Universidade Federal do Acre em 1998.
Ao fugir da cadeia ele se abrigou na cidade de Cruzeiro do Sul e no último dia 22 ele aceitou o convite de assistir um culto evangélico e se sentiu tocado por Deus.
“Eu decidi me entregar, fui tocado pelo amor de Deus, não quero mais essa vida para mim, eu estava usando muita droga aqui fora, mas depois que fui na Assembléia de Deus no bairro do Remanso senti que essa era a coisa certa a ser feita”, disse Liberman ao jornal “Tribuna do Juruá”
O foragido é conhecido como “Ronaldinho” e mesmo depois da condenação nega que tenha participado da morte do vigia. Em sua defesa ele diz que estava com o menor, mas não chegou a tocar na vítima.
“O rapaz que estava comigo era menor na época e disse que eu tinha mandado matar o homem, e eu respondo como mandante do crime, mas na verdade não fiz nada”, alega.
É em Cruzeiro do Sul que mora a família do rapaz, por este motivo ele deixou Rio Branco para poder rever seus parentes. “Eu sentia falta deles e decidi vir pra cá. Já pedi diversas vezes que a juíza me transferisse para cá, mas ela não fez isso”, justificou.
O delegado da cidade afirmou ao jornal que o homem está sob custódia e que será encaminhado novamente para a capital do Estado para terminar de cumprir a pena na Penitenciária Manoel Nery da Silva.

Rachel Sheherazade diz que não há espaço para Jesus no Natal


Rachel Sheherazade diz que não há espaço para Jesus no NatalRachel Sheherazade diz que não há espaço para Jesus no Natal
Foram mais de meio milhão de visitas somente nos primeiros dois dias. O vídeo mais recente de Rachel Sheherazade, âncora do telejornal SBT Brasil a fazer sucesso nas redes sociais é sobre o Natal.
Como sempre, o material reflete as fortes opiniões da jornalista, que no passado já foi criticada por defender valores cristãos. No início do ano, ela foi abertamente criticada por funcionários doSBT por dar opiniões consideradas por eles “reacionárias e conservadoras” durante o quadro “Opinião” que faz parte do SBT Brasil.
Sheherazade já disse que é cristã, mas não é evangélica. Esta semana, apareceu na lista dos 10 maiores inimigos da comunidade gay. Segundo o ativista Rafael Puetter, “ela transforma sua fé em opinião editorial e a leva a um telejornal… O que não falta é maluco batendo palma pra ela na internet”.
Compartilhado milhares de vezes, seu vídeo sobre o Natal obviamente dividiu opiniões. Enquanto muitos concordam com o que ela disse integralmente, há quem a acuse de exagero e até quem discorde frontalmente.
“Sabe quem vai faltar na festa de Natal? O aniversariante do dia!  Como na noite do seu nascimento, ninguém lhe abriu as portas, e Jesus não tem onde repousar. Não há espaço para ele nas casas dos hipócritas, de ceias fartas e corações vazios… No teatro do Natal, entre simpáticos papais noéis, pinheiros reluzentes e embrulhos de presentes, Cristo passa até despercebido. Como se o “bom velhinho” fosse fato e o bom Deus é que fosse lenda!  Eu não acredito no Natal-consumo, de gentilezas fugazes, do altruísmo anual… Natal são as boas novas eternas de um Deus que se fez servo, do verbo que se fez carne, do profeta que revolucionou o mundo pela paz e pelo amor. E é por amor a esse Deus-menino que os cristãos genuínos celebram o verdadeiro Natal: ‘Nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor! Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens de boa vontade’”, diz o discurso.

GP