Postagens

Mostrando postagens de Março 7, 2014

Homem que diz ser pastor de igreja evangélica é preso por estupro

Segundo a polícia, homem cometia crime às quintas no mesmo horário.
Ele foi preso após estupro de jovem que ia para faculdade.

Um homem de 31 anos foi preso, nesta quinta-feira (6), suspeito de estuprar uma adolescente de 17 anos que estava a caminho de uma parada de ônibus, no bairro Alfredo Nascimento, Zona Norte de Manaus. A vítima seguia para uma faculdade. O suspeito nega participação no crime e diz ser pastor de uma igreja evangélica que, segundo a polícia, não existe.

De acordo com a polícia, o crime aconteceu por volta das 5h desta quinta. Investigadores foram até o local do crime para averiguar informações sobre o caso e, ao ouvirem as características do suposto autor do crime, suspeitaram de que pudesse se tratar de um homem já investigado anteriormente, que teve pedido de prisão preventiva expedido.

Ainda segundo a investigação, o suspeito atuava sempre no mesmo horário, às quintas-feiras, e ficava sozinho à espera das possíveis vítimas. Uma equipe foi até a residência do suspe…

Casal gay milionário abre processo para igrejas serem obrigadas a celebrar casamentos gays

Um casal gay milionário abriu um processo contra a decisão legal do governo, que permite que as igrejas tenham o direito de escolher quando desejam não celebrar um casamento ente duas pessoas do mesmo sexo no Reino Unido.

De acordo com o casal Drewitt-Barlow, eles se sentem no direito como paroquianos de sua comunidade "para utilizar a igreja que querem e questão decididos se casar" sem nenhum impedimento da justiça.

"Não é uma reflexão sobre a nossa igreja local, que tem dado todo apoio para nós. O fato é que entendemos que as suas mãos estão atadas por um grupo maior de pessoas dentro da igreja", avaliou Barrie Drewitt-Barlow.

O casal conta que não se sente à vontade de levar cristãos a um tribunal para reconhecê-los. Contudo, eles enxergam que não haveria outro caminho de efetuar sua vontade, a não ser que fossem até a última instância legal.

"Isso me incomoda muito, pois eu quero muito uma cerimônia grande, com tudo que se tem direito. Eu só não vejo que isso …

VACINA CONTRA HPV - JAPÃO RETIRA APOIO APÓS EFEITOS ADVERSOS GRAVES.

Imagem
O Ministério da Saúde do Japão está expondo os efeitos colaterais destrutivos provenientes das populares vacinas contra o HPV como a Gardasil (escolhida para o Brasil) e a Cervarix,  promovidas mundialmente. Até hoje, cerca de 3,28 milhões de japoneses exclusivamente foram inoculados com estas vacinas contra a HPV. Até o momento, 1.968 casos adversos foram apresentados ao governo japonês, detalhando efeitos colaterais médicos graves.

Gardasil é fabricada pela Merck e Cervarix é fabricada pela GlaxoSmithKline.

Os japoneses estão relatando efeitos colaterais variando desde "dor prolongada e dormência à infertilidade e paralisia." Na esteira destas queixas, o governo japonês decidiu retirar seu apoio a estas amplamente difundidas e controversas vacinas contra o HPV.


Organizações globais empurram vacinas a todo custo

Independentemente disso, a Organização Mundial de Saúde destaca a eficácia  pela vacinação contra o HPV, acreditando que elas sejam ferramentas úteis para "prevenç…