domingo, 10 de junho de 2012

Pastores sofrem: veja razões por que eles se afastam dos púlpitos

pastoresPesquisas americanas têm mostrado recentemente que grande quantidade de pastores terminam sofrendo de baixa autoestima e depressão ao longo de seus ministérios.

  •  
 
 
Segundo estatísticas compiladas de estudos do Instituto Fuller, Instituto de Pesquisas George Barna e Site Pastoral Care Int. por Jim Fuller, pelo menos 45,5% dos pastores pesquisados nos Estados Unidos, disseram que estão deprimidos.
Além disso, 70% afirmaram que sofrem de baixa autoestima e 85% que estão cansados de lidar com o problema de outras pessoas, incluindo de líderes da própria igreja.

Em uma matéria do Cristianismo Hoje, pastores brasileiros revelaram as causas de suas angústias e como desistiram dos púlpitos temporariamente ou permanentemente.
O pastor evangélico da Igreja Presbiteriana Independente, José Nilton Lima Fernandes, 41 anos, afirmou que depois de longo tempo como pastor, passou a duvidar de seu chamado pastoral.
Fernandes, que começou liderança da mocidade já aos 16 anos e depois pastoreou uma igreja pentecostal também, diz que experimentou intrigas, desgastes por causa da “estrutura de corrupção” e outras dificuldades que o levaram a um enfraquecimento emocional e queda no seu casamento.


A situação o levou a pedir uma licença da igreja, passando a exercer desde 2011, outras funções, no meio secular.

“Acho possível servir a Jesus, independentemente de ser pastor ou não”, afirmou ele à revista.
Nilton acabou casando-se novamente e retornou aos púlpitos em uma outra igreja, não descartando a possibilidade de um outro “freio”.

Segundo a publicação, outras pesquisas nos Estados Unidos, como a do ministério LifeWay apontaram que muitos dos pastores se sentiam solitários em seus ministérios e reclamaram de problemas.

Outras pesquisas já mostraram que o abandono dos pastores ocorre por causa de desvios morais, esgotamento espiritual ou conflitos dentro da igreja.

Segundo o diretor da Faculdade Teológica Batista de São Paulo, Lourenço Stélio Rega, quase metade dos alunos que iniciam a Faculdade de Teologia desistem antes de acabar o curso.

Rega afirma que muitos percebem que a luta e as dificuldades não são provisórias, mas sim uma constante durante a vida ministerial. De acordo com ele, a própria Bíblia antecipa isso.

Gedimar de Araújo, pastor da Igreja Evangélica Ágape, no Espírito Santo, resume a situação desta maneira: “O ministério é algo muito sério”.

“Se um médico, um advogado ou um contador erram, esse erro tem apenas implicação terrena. Mas, quando um ministro do Evangelho erra, isso pode ter implicações eternas”, disse ele, de acordo com a revista.


VIA GRITOS DE ALERTA
Inf. Cristian Post

Membros da igreja Deus é Amor fazem marcha em comemoração ao jubileu da denominação


Membros da igreja Deus é Amor fazem marcha em comemoração ao jubileu da denominaçãoA igreja pentecostal Deus é Amor, fundada em 03 de junho de 1962 pelo missionário David Martins Miranda, completou esse ano 50 anos de existência. Em comemoração ao jubileu da denominação, os fiéis da igreja organizaram uma marcha que acontecerá no bairro do Gileade, em São Paulo, onde fica a sede da igreja.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Segundo o The Christian Post, os organizadores esperam cerca de mil pessoas para o evento, em caravanas de vários países como, Bolívia, Argentina, Paraguai, Uruguai e Peru, além de vários pastores representantes da América Central e da América do Sul. A marcha terá início às 12h e finalizará em um culto especial dentro do templo sede.
O fundador da igreja explica a história da igreja contando que foi visitado por seres celestiais que confirmaram a ele que seria enviado aos povos para levar a cura e que Deus lhe daria o nome do novo ministério. Após 21 dias de oração David Miranda recebeu o nome da igreja Deus é Amor. “Esperava que Ele dissesse o nome de uma igreja já bastante conhecida e abençoada, todavia para minha surpresa, após vinte e um dias de oração, Ele me disse o nome DEUS É AMOR”, conta Miranda.
“Depois que recebi o nome, fui procurá-la e fiz isso incansavelmente, mas não conseguia encontrá-la; já pensava até que deveria ser uma igreja em outro estado e não em São Paulo. Foi quando Deus me orientou dizendo, através de divina revelação do Espírito Santo, que eu deveria fundar uma igreja, colocando o nome revelado por Ele”, completa o missionário, no site oficial da igreja.
Em seus 50 anos de atuação, o ministério liderado por David Martins Miranda tomou grande proporção e hoje é uma das maiores igrejas do Brasil com mais de 11 mil templos espalhados em todo país e mais de 136 mil por todo mundo.


G+

EU NÃO FAÇO - Dinamarca aprova casamento gay em igreja evangélica; Pastores poderão decidir se realizam ou não as cerimônias


Dinamarca aprova casamento gay em igreja evangélica; Pastores poderão decidir se realizam ou não as cerimôniasO parlamento dinamarquês aprovou a possibilidade de a cerimônia de casamento gay ser realizada na igreja oficial do país, porém os pastores terão direito a veto, caso não queiram fazê-lo.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
A Dinamarca foi o primeiro país do mundo a reconhecer e permitir a união civil entre pessoas do mesmo sexo, e desde 2009, os casais homossexuais possuem permissão para adotar crianças, segundo informações do Terra.
A nova lei, aprovada na última quinta-feira, 07/06, permite que os casais solicitem uma cerimônia de casamento na Igreja Evangélica Luterana, que é a denominação oficial do Estado Dinamarquês, porém a decisão final pertence ao pastor de cada templo.
A aprovação da lei no parlamento dinamarquês se deu por 85 votos a favor e 24 contra, além de duas abstenções.


VOLTO A FALAR.

SE AQUI NO BRASIL FOR APROVADO ISSO , NÃO VAI TER LEI QUE ME OBRIGUE A FAZE LO.

BISPO ROBERTO TORRECILHAS.

Ex-presidente do Banco do Vaticano teme ser morto por integrante da Igreja

Economista e ex-presidente do Banco do Vaticano, Ettore Tedeschi, entregou, para amigos, relatórios com as irregularidades da instituição.

O economista Ettore Gotti Tedeschi, 67, ex-presidente do Banco do Vaticano, elaborou um relatório sobre as irregularidades da instituição para ser entregue a dois seus amigos, um advogado e um jornalista do Corriere della Sera, caso ele venha a ser assassinado. A informação é do jornal El País

Na versão do jornal, Tedeschi teme ser morto por alguém da cúpula do Vaticano desde que começou a investigar algumas contas numeradas do banco, as quais seriam de dinheiro sujo de empresários, políticos e integrantes da máfia.

A convite do papa Bento 16, de quem é amigo, Tedeschi, um membro importante da ordem ultraconservadora Opus Dei, assumiu em 2009 o Instituto para Obras Religiosas (nome oficial do Banco do Vaticano) com a missão de tornar transparentes os seus demonstrativos, o que era (e continua sendo) uma exigência de instituições financeiras internacionais, de modo a evitar a lavagem de dinheiro.

O economista foi demitido sumariamente em maio, um dia depois da detenção de Paolo Gabriele, o mordomo do papa e apontado como um dos responsáveis pelo vazamento de documentos confidenciais do Vaticano.

A rede de intriga no Vaticano que tem vindo à tona se apresenta tão densa, que, só pelo noticiário, é difícil localizar o seu eixo.

Fala-se que, além do dinheiro sujo do Banco do Vaticano, está em jogo o cargo de dom Carlo Maria Viganò, responsável pelo pelas aquisições de suprimentos – ele estaria atolado em casos de corrupção.

Há ainda uma versão de que tudo faz parte de um plano para assassinar Bento 16 e antecipar, assim, a sua substituição. Um dos inimigos de Tedeschi é o cardeal Tarcísio Bertone, secretário de Estado e um dos cogitados para suceder Bento 16, que está com 85 anos.

Se tantas implicações fossem apresentadas em um filme sobre o Vaticano, alguém poderia dizer que se trata de um enredo por demais fantasioso.

Pablo Ordaz, correspondente em Roma do El País, escreveu que o Vaticano teme que o relatório confidencial de Tedeschi venha a ser investigado pelo Ministério Público italiano, expondo a feroz luta pelo poder que ocorre na hierarquia da Igreja Católica, além da lavanderia que é o Banco do Vaticano.

Na sexta-feira (8), a propósito do vazamento de documentos, a Santa Sé soltou uma nota onde afirma ter confiança nas autoridades judiciais italianas, mas que a soberania do Vaticano tem de ser respeitada.

"A Santa Sé (...) está analisando com muito cuidado a nocividade possível das circunstâncias", disse a nota. Para o El País, esse trecho quis dizer: “Não se metam em nossos assuntos”.

Fonte: Paulopes

Morre o pastor J. Mello, da dupla José e Dulce

Morre o pastor J. Mello, da dupla José e Dulce
O pastor José Avelino, também conhecido como pastor J. Mello, faleceu na última terça-feira (5) vítima de uma pneumonia causada pela demora de um implante de um marca-passo.
José Avelino tinha 84 anos e estava viúvo há seis anos, ele foi casado com Dulce Rifino Avelino com quem montou a primeira dupla sertaneja evangélica, José e Dulce, em 1961.
O casal teve três filhos e quatro netos, um deles, o bispo Antônio Carlos Avelino conta como foi que o pastor faleceu:
“Ele estava internado no PA do Cervezão, depois foi para o Pronto Socorro Municipal Integrado e, com muito custo, conseguimos transferi-lo para a UTI do PSMI. Mas, no mesmo local, para sair do pronto socorro para a UTI, todo o processo é anulado e é feito um novo pedido de marca-passo.
Depois, ele recebeu alta e foi para a Clínica São Lucas, novamente o processo de pedido do marca-passo foi anulado. Conseguimos levá-lo para Piracicaba, no Hospital dos Fornecedores de Cana, e lá implantaram o marca-passo. Mas, devido à demora, ele desenvolveu uma pneumonia e a situação já estava aguda. Ele voltou à Clínica São Lucas e, por conta das complicações, veio a falecer. Ao todo, foram 40 dias internado”.
O ilustre missionário foi um dos responsáveis pela construção da Igreja do Evangelho Quadrangular na cidade de Rio Claro na década de 60. Depois de se afastar dessa denominação ele passou a ser o presidente da Igreja Missionária Brasileira dos Novos Horizontes. Sua morte deixou a muitos indignados com o caos da saúde pública.
“Meu pai foi vítima da situação burocrática, administrativa e política da Saúde. Será que é realmente preciso anular um processo no mesmo hospital para começar tudo do zero de novo, sendo que o paciente já se encontrava em situação emergencial? A demora para o implante do marcapasso foi o que matou meu pai. A Saúde está um caos, matando pessoas não apenas em Rio Claro, como em todo o país. Agora, quem é o responsável pela vida dele e de muitos outros? A situação é muito complicada e quem paga o preço com a vida somos nós”, desabafa o bispo Tony Carlos.

VIA GRITOS DE ALERTA
Com informações Jornal da Cidade / Gospel Prime

PORQUE EM VEZ DE PERSEGUIREM IGREJAS , NÃO PROCURAM PRENDER POLITICOS BANDIDOS ? MP pode pedir a demolição da sede da Igreja Mundial em Santo Amaro

MP pode pedir a demolição da sede da Igreja Mundial em Santo Amaro
O Ministério Público Estadual estuda pedir a demolição da nova sede da Igreja Mundial do Poder de Deus que está sendo construída no bairro de Santo Amaro, zona Sul da capital paulista.
A obra começou em 2011, mas não tem o alvará da prefeitura e, além disso, fecha o prolongamento da Rua Bruges que seria ligada à Rua Benedito Fernandes, obras que já foram autorizadas pela Câmara municipal, mas que acabou sendo desautorizada pelo prefeito Gilberto Kassab.
O prédio fica na Rua Bruges e tem cerca de 14,3 mil m², ocupando um quarteirão. Partiu dos vizinhos a denúncia sobre as irregularidades dessa construção que alterava um traçado viário urbano que foi aprovado em 1988.
O jornal O Estado de São Paulo fez uma reportagem ligando as obras ilegais da IMPD com o envolvimento do departamento de Aprovação de Edificações (Aprov), setor da Prefeitura de São Paulo que era comandado por Hussain Aref Saab, afastado da prefeitura por suspeitas de enriquecimento ilícito.
Ele teria aprovado diversas manobras ilegais para que a construção do novo templo não fosse descontinuado. A Secretaria Municipal de Habitação, à qual o departamento de Aref estava subordinado, já informou que todas as aprovações emitidas por Aref serão investigadas.

VIA GRITOS DE ALERTA

Samuel Câmara quer apresentar liminar para cancelar a 5ª AGE da Assembleia de Deus

Samuel Câmara e José Wellington.
O pastor Samuel Câmara, por meio de seu advogado, vai entrar com uma liminar para cancelar a 5ª Assembleia Geral Ordinária da Convenção Geral das Assembleia de Deus do Brasil (CGADB) que aconteceu em Alagoas entre os dias 6 e 8 de junho.
Mesmo sem ter pautas ligadas à eleição da CGADB, o pastor da AD de Belém quer ter voz nas decisões da AGE para poder votar nas alterações dos estatutos.
Para poder aprovar cada pauta da AGE é necessário ter dois terços de votos positivos no quorum, mas pelas contas de Samuel Câmara ele tem quase a metade dos pastores como aliados.
Mais de 2,2 mil pastores estavam inscritos, mas menos de 2 mil compareceram, como cerca de mil pastores são aliados de Câmara o plenário não poderia ter os votos de dois terços para realizar as aprovações, pois Silas e sua base aliada votariam contra.
Os temas votados dizem respeito apenas à alteração do Credo cristão das Assembleias de Deus e a inclusão dos parâmetros bíblicos referentes ao casamento entre homem e mulher. Ou seja, são assuntos de interesse geral que não deveriam intervir entre as questões eleitorais que envolvem ele e o atual presidente da CGADB, o pastor José Wellington Bezerra da Costa.
O pastor Antônio Mesquita relatou o caso em seu blog, Fronteira Final, e disse que a atitude casou grande desconforto entre os pastores presentes. “Durante a reunião de ontem à tarde, houve muito desconforto entre homens tementes e que não viam nenhum propósito na realização dessa AGE, em função das notabilizadas intolerâncias, por meio de atitudes que depõem contra qualquer cristão e que se agravam quando se trata de ditos ministros do Evangelho”, escreveu.



VIA GRITOS DE ALERTA.
INF. Gospel Prime

A QUEM VOCÊ ESTÁ SE OFERECENDO?


Marcos 14:3-10

Deus espera que deixemos um exemplo claro da nossa verdadeira adoração a Ele, às gerações futuras.

Este acontecimento se deu seis dias antes da Páscoa. ( Jo.12:1-3)
• Marcos faz um contraste entre a traição de Judas e dos líderes religiosos e o amor e lealdade de Maria, irmã de Marta e Lázaro.
• Maria expressa o seu amor pelo Seu Messias, pois Ele estava prestes a morrer na cruz por ela.

Maria deu a Jesus um presente caríssimo.
• O óleo de nardo era importado da Índia e um jarro custava o equivalente ao salário de um ano inteiro de trabalho.
• Maria ofereceu o que de mais caro possuía com amor, generosidade e ela não se envergonhou de seu ato.

Sua atitude de amor provocou três conseqüências:
1. Ao ungir a cabeça e os pés de Jesus, toda a casa se encheu com o perfume maravilhoso do bálsamo caríssimo. A casa ficou toda perfumada. ( Jo.12:3) Haverá sempre uma “fragrância rica e espiritual” no ambiente onde Jesus é adorado.
2. Liderados por Judas (cf. Jo.12:4), todos passaram a criticar Maria por tamanho desperdício. (v.4) Judas deu ares de piedade aos pobres, mas o perfume que exalava de si não era de adoração e sim de ganância, pois queria roubar o dinheiro. ( Jo.12:4-6)
3. Maria é elogiada por Jesus e aceitou o seu presente valioso. Jesus era o Único que conhecia o coração de Judas, mas também conhecia o coração de Maria e não hesitou em defendê-la. (vs.4-8)

O apóstolo João diz:  Então Maria pegou um frasco cheio de um perfume muito caro, feito de nardo puro. Ela derramou o perfume nos pés de Jesus e os enxugou com os seus cabelos; (...). (Jo.12:3 )

O que ela praticou foi um ato de profunda humildade e entrega, ao ungir a cabeça como os pés de Jesus e enxugá-los com os seus cabelos. Observemos três coisas:
• Uma mulher na cultura judaica, jamais soltava os seus cabelos diante das pessoas, pois isso significava desonra, mas assim o fez para oferecer todo o seu amor, entrega, honra e submissão ao Seu eterno Senhor!
• Ela ofereceu mais que um perfume caro, ela ofereceu o que de mais precioso possuía, a sua vida ao Seu Mestre e Salvador!
• O seu ato a abençoou com a aprovação de Deus. Ela seria lembrada como exemplo de uma verdadeira adoradora por todas as gerações.

Quando por meio de Cristo você adora a Deus, oferecendo o que tem de melhor e mais rico, espere o ataque do inferno, pois você adquire o aroma do próprio Senhor Jesus e isso incomoda o inferno!

A Bíblia diz:  Porque somos como o cheiro suave do sacrifício que Cristo oferece a Deus, cheiro que se espalha entre os que estão sendo salvos e os que estão se perdendo. 16 Para os que estão se perdendo, é um mau cheiro que mata; mas, para os que estão sendo salvos, é um perfume muito agradável que dá vida. (...) (2 Co.2:16,16 )

As pessoas que estão à nossa volta, precisam conhecer a razão verdadeira da nossa entrega a Jesus.
• Elas precisam saber que nós não estamos fazendo um “negócio ou barganha” com Jesus; mas, que se trata de uma entrega de amor com a compreensão de que Nele nós temos uma missão.
• De que nós queremos ter a mente de Cristo para seguirmos os Seus passos, pois ele foi ungido por Maria na “cabeça” e nos “pés”.
• Que a entrega “custa alguma coisa”!

Infelizmente, muitos aprendem a se oferecer aos preceitos de líderes inconseqüentes, cujo desejo único é o domínio e a extorsão.
• As pessoas se entregam pelo fator do convencimento psicológico de ganhar e ganhar, de uma falsa piedade e não de amar, servir e produzir para a glória de Deus.
• Elas não morrem para si mesmas, pois como Judas, acreditam que dar para Deus é “perda”, é desperdício e conhecemos como a sua ganância determinou o seu fim.

Termino com as palavras de Paulo:  (...) meus irmãos, por causa da grande misericórdia divina, peço que vocês se ofereçam completamente a Deus como um sacrifício vivo, dedicado ao seu serviço e agradável a ele. Esta é a verdadeira adoração que vocês devem oferecer a Deus. (Rm.12:1 )


VIA GRITOS DE ALERTA
ATOS DOIS