quinta-feira, 5 de julho de 2012

Conselho de igrejas evangélicas da França decide banir teologia da prosperidade de suas doutrinas

Conselho de igrejas evangélicas da França decide banir teologia da prosperidade de suas doutrinasAs polêmicas envolvendo a teologia da prosperidade ganharam um novo capítulo no meio cristão, com a decisão do Conselho Nacional dos Evangélicos da França (CNEF), de considerar a prática que coloca o plano da salvação e o enriquecimento material num mesmo nível, como algo que as igrejas evangélicas daquele país devam ignorar.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica GospelO órgão funciona como uma espécie de agência reguladora de doutrinas para as igrejas evangélicas da França, e junto de sua decisão a respeito da teologia da prosperidade, tomou a iniciativa também de ensinar a respeito dos erros dessa doutrina.
Em Maio, o CNEF divulgou um estudo que havia sido elaborado por teólogos e aprovado unanimemente por todos os representantes de denominações que fazem parte do órgão. Entre as denominações, haviam desde pentecostais até tradicionais, como batistas e ortodoxos. O documento classifica a prática como “errônea”, com “distorções” da mensagem cristã.
O documento divulgado pelo CNEF é uma postura mais enfática de um parágrafo da declaração de Lausanne III, que em 2010, foi promulgada por 4.200 lideranças evangélicas de todo o mundo, criticando a teologia da prosperidade.
Segundo o pastor batista Thierry Huser a teologia da prosperidade erra ao colocar “no mesmo plano a salvação e a prosperidade física (saúde) e material (riqueza), enquanto a salvação cristã, que é o ‘coração’ do evangelho refere-se principalmente à relação com Deus e à reconciliação com ele por meio de Cristo”.
O documento ainda ressalta, segundo informações do jornal “La Croix”, que a teologia da prosperidade “’instrumentaliza’ Deus, colocando-o a serviço da prosperidade do fiel”, e emenda, afirmando que “segundo seus defensores, o fiel deve acreditar que tudo, incluindo a riqueza, lhe foi conquistado por Cristo. Portanto, lhe bastaria manifestar a sua fé na promessa do Evangelho doando dinheiro para obter a recompensa”.
O pastor batista pontua que a doutrina que enfatiza a prosperidade ignora “toda a pedagogia de Deus na nossa vida, que às vezes quer nos dar ensinamentos a partir de situações difíceis”, embora, segundo ele, as igrejas que não pregam o enriquecimento como obrigação divina, acreditem na intervenção de Deus: “Nas nossas Igrejas, acreditamos em um Deus que intervém na nossa vida e pode dar sinais milagrosos da sua ação, mas não é preciso sistematizá-los”.
Segundo o texto do estudo divulgado pelo CNEF, quando os adeptos da teologia da prosperidade arrecadam ofertas sob argumento de que essas trarão bênçãos, jogam a responsabilidade de suas promessas em Deus: “Os profetas da prosperidade protegem-se, assim, de todo questionamento das suas promessas. Ao contrário, todo o peso do eventual insucesso recai sobre o fiel, que esperou, orou, doou”, frisa o documento.

ALERTA GERAL - NOVO KIT GAY ESTA SENDO DISTRIBUIDO EM ALGUMAS ESCOLAS .

Segundo o pedagogo e diretor de escola em São Paulo, Felipe Nery, um material similar estaria sendo distribuído entre alunos da rede pública e privada, com aval do MEC.

O kit-gay, material lançado pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) durante o mandato de Fernando Haddad, foi vedado pela presidente Dilma Rousseff após pressão da bancada evangélica, porém, segundo o pedagogo e diretor de uma escola em São Paulo, Felipe Nery, um material similar estaria sendo distribuído entre alunos da rede pública e privada, com aval do MEC.

Nery foi ouvido na última terça-feira, 04/07, pela Frente Parlamentar Evangélica durante uma reunião sobre o assunto. O pedagogo afirmou que os livros trazem figuras com apologia à homossexualidade, bissexualidade e transexualidade.

O pedagogo é membro do Instituto de Ensino Superior de São Paulo, e apresentou três livros que fazem parte do suposto novo kit-gay que o MEC estaria distribuindo nas escolhas públicas. De acordo com informações de Sandro Guidalli, do blog Fé em Jesus, os títulos são “Porta Aberta”, voltado para alunos de seis anos, da autora Mirna Lima e editado pela FTD; “Aprendendo a Viver, Sexualidade”, voltado para alunos de 10 e 11 anos, das autoras Patricia Mata e Lydia R. e editados pela Ciranda Cultural; e “Menino brinca de boneca?”, para todas as idades, de Marcos Ribeiro e editado pela editora Moderna.

Felipe Nery relata que os livros fazem apologia explícita à homossexualidade: “Nos livros podemos ver que são apresentadas figuras, dentre as quais há uma família dita normal mas onde também colocam dois homens e uma criança, duas mulheres e uma criança, criança sem o pai, os avós cuidando, filhos adotivos, etc. Isso não deveria nem constar nos livros para crianças de seis anos de idade que estão trabalhando a história desta forma. O ‘kit-gay’, de uma outra maneira, entrou nas escolas brasileiras”, afirmou.

O primeiro livro traz um “jogo da memória” com figuras que representem casais homossexuais com filhos, enquanto que no segundo, são apresentadas imagens com instruções para usar preservativos. O livro “Menino brinca de boneca?” traz no prefácio um texto da senadora Marta Suplicy (PT-S), defensora do PL 122.

Essa distribuição acontece nos casos de escolas que não possuem um projeto pedagógico completo, segundo Nery: “O colégio tem a opção de ter o seu próprio trabalho ou adotar o que o governo apresenta e o que ele apresenta são materiais como esse. Esses que apresentei aqui não são escritos pelo governo mas qualquer material que tem o símbolo do MEC vem com esta ideologia, não há diferença nenhuma nas editoras, há apenas um viés ideológico favorável ao homossexualismo, bissexualismo e transsexualismo”.

O pedagogo alerta que os pais devem acompanhar o material que é usado na educação de seus filhos: “O problema é que nós, pais, muitas vezes não vemos isso aqui. O diretor de colégio não vê isso aqui, ele confia no professor. Para o diretor é muito difícil ver todos os livros porque são pilhas e pilhas no final do ano para analisar. O professor é que vai ver o material. Muitas vezes o colégio ganha os livros que vão para a biblioteca e quem vai ver será o aluno. São centenas de editoras que trazem o mesmo tipo de material que é a ideologia implementada pelos ativistas homossexuais”, observou.

Os parlamentares da bancada evangélica farão uma comissão para analisar a denúncia do pedagogo e os livros apresentados por ele durante a reunião. O deputado federal Filipe Pereira (PSC-RJ) afirmou que deverão ser cobradas explicações do atual ministro da educação, Aloízio Mercadante (PT-SP): “Como ação política, antes mesmo de qualquer outra de natureza jurídica, defendo ir ao ministro e cobrar dele as explicações devidas”, pontuou.




VIA GRITOS DE ALERTA.

Inf .G+

WIKILEAKS PUBLICA "EMBARAÇOSOS" EMAILS DO REGIME SÍRIO



O grupo WikiLeaks, responsável por expôr milhões de ficheiros secretos, informou esta quinta-Feira que se encontra no processo de publicar material de 2,4 milhões de emails sírios - muitos dos quais alega virem de contas oficiais do governo da Síria.
Sarah Harrison, da WikiLeaks, disse aos jornalistas no London's Frontline Club, que os emails revelam interacções havidas entre o governo sírio e empresas ocidentais, embora ela tenha rejeitado entrar em mais detalhes.
Harrison citou o fundador da WikiLeaks, Julian Assange, como tendo dito que "o material é embaraçoso para a Síria, mas também o é para os opositores do exterior."
A WikiLeaks só publicou um punhado de documentos no seu site esta quinta-Feira, mas a revelação - cuja fonte a WikiLeaks não clarificou - não será a primeira dos emails sírios.
Em Fevereiro passado circulou o rumor de que o Anonymous, o sombrio grupo activista na internet teria conseguido entrar em alguns emails sírios. Em Março passado, o jornal britânico Guardian publicou emails que alegou virem de activistas da oposição síria.
As mensagens apareceram captando a vaidosa esposa do presidente sírio Bashar Assad fazendo compras de sapatos caríssimos enquanto o seu país mergulhava numa guerra civil.
Harrison disse que os emails da WikiLeaks datavam de Agosto de 2006 até Março de 2012 e eram originários de centenas de domínios diferentes, incluindo o ministério sírio para os assuntos presidenciais.
Harrison disse que o seu grupo estava "estatisticamente confiante" de que o corpo de material era genuíno.
Assange, actualmente procurando asilo na embaixada do Equador em Londres, não esteve presente na breve apresentação. Ele é procurado pela polícia inglesa para possível extradição para a Suécia, afim de responder a acusações sobre alegada má conduta sexual na Suécia.
Ele tem negado as acusações, mas enfrenta a prisão no caso de deixar a embaixada.
Harrison reconheceu que a WikiLeaks está enfrentando "um tempo difícil nesta altura", mas afirmou que "estamos continuando a trabalhar apesar disso."
Aquilo que mais se suspeita nestas "revelações" será a ligação do cruel regime sírio a empresas ocidentais para o fornecimento de armas, nada de estranhar neste mundo cada vez mais regulado pelos grandes interesses económicos e cada vez menos pela ética e pelo respeito dos valores humanos. Valores humanos que para o cruel ditador assassino que governa a Síria nada representam, mas que desgraçadamente não fazem dele o único, suspeitando-se que venha a surgir muita coisa embaraçosa da parte de gente que agora condena as atrocidades na Síria mas que certamente forneceu "combustível" para que tal pudesse acontecer...
Shalom!

Sequestrador de Brenda Gabriela é preso no Paraná

Sequestrador de Brenda Gabriela é preso no Paraná
O ajudante-geral Jorge Antunes Cardozo, de 47 anos, suspeito de raptar a menina Brenda Gabriela da Silva, de 4 anos, durante um evento religioso, foi preso na manhã desta quinta-feira na cidade de Maringá (PR).
Ele estava foragido desde 25 de junho, dia em que foi visto pela última vez com a criança na rua Vergueiro, no bairro da Liberdade, em São Paulo.
Na ocasião, Antunes, que é carroceiro, foi visto com Brenda em uma loja de doces onde trabalha Alex Ramos de Carvalho, um vizinho da família da menina. Ele reconheceu a menina e conseguiu recuperá-la, mas o carroceiro fugiu.
Policiais da 6º DP (Cambuci) estavam seguindo pistas – operações bancárias feitas pelo suspeito – que o levaram até Antunes. De acordo com a Veja, ele foi pego enquanto andava em uma rua no centro de Maringá e não ofereceu resistência.
Cardozo já havia efetuado um saque na terça-feira (3), o que fez o delegado assistente do 6º DP, Fábio Bonini Ferrão, acompanhar uma equipe até Maringá. Outras pistas foram as imagens do circuito interno de câmeras de segurança da agência bancária que gravaram o homem, segundo o G1.
Antunes agora deverá passar por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) em Maringá. O suspeito não se manifestou na ocasião da detenção.
Agora ele deverá prestar depoimento em São Paulo. A previsão dos policiais de São Paulo é que ele chegue ao 6º DP por volta das 20h desta quinta.
Após o reconhecimento que deverá ser feito por Brenda e as outras testemunhas, Antunes deverá ser indiciado por sequestro de menor de 18 anos de idade com uso de tortura psicológica e física. Segundo o laudo médico, Brenda não sofreu abuso sexual.

Tese de pastor sobre juros influencia política econômica do governo brasileiro

Tese de pastor sobre juros influencia política econômica do governo brasileiro
Em sua entrevista no programa “Fala Malafaia”, no último domingo (1º), o ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella, debateu a questão da participação dos evangélicos na política brasileira. Ele lembrou a importante influência de um evangélico da Assembléia de Deus, o economista e pastor Rubens Teixeira, na atual política econômica do País.
Teixeira foi autor de trabalho premiado pelo Tesouro Nacional sob o título “A Importância da Credibilidade para o Equilíbrio Fiscal: uma avaliação para o caso brasileiro”. Este trabalho, baseado em sua tese de doutorado em Economia, foi realizado em parceria com Helder Ferreira Mendonça, que acabou por influenciar o governo Dilma na política de redução dos juros vigente atualmente. Na dissertação, o doutorando, que também é engenheiro, fez uma equação diferencial na qual mostrou a importância da queda dos juros para o crescimento econômico da nação.
“Os juros são um instrumento de concentração de renda”, defendeu Crivella, sobre o conteúdo da tese. Os juros são apontados por muitos como o motivo para o enriquecimento de bancos e financeiras em detrimento das classes menos favorecidas.
Quando cursou o doutorado e escreveu sua tese, Teixeira era funcionário concursado do Banco Central, conhecido por ser a autoridade responsável pela definição da taxa de juros básica da economia - a Selic.
“O efeito de juros altos é mais dinheiro para quem tem; e quem não tem, até o que tem lhe é tirado”, resume Teixeira.
Ele explica que enfrentou constrangimentos e lutas por defender a tese no âmbito do órgão responsável pela política monetária brasileira.
Mas, como recompensa pelo esforço redobrado em meio às lutas para a defesa do doutorado, o trabalho ganhou o Prêmio Tesouro Nacional. Um detalhe importante é que Teixeira não era graduado, nem mestre em Economia, e sim em Engenharia e Direito. Seu curso de Direito, feito simultaneamente com o doutorado em Economia, também teve a monografia premiada, além de aprovação no Exame da OAB, ainda no décimo período da faculdade.
“Esse é um testemunho de vida, uma história bonita e comovente. Que as pessoas possam se inspirar, e usando as armas da mesma fé em Deus, conquistar como fez o Rubens e se tornou para todos nós um grande exemplo da fé em Deus”, diz Crivella no documentário produzido sobre a vida de Rubens Teixeira.
Rubens Teixeira, que veio da pobreza extrema e aos nove anos de idade já havia lido toda a Bíblia, encoraja as pessoas a conhecê-la, afirmando que as Sagradas Escrituras influenciaram profundamente em tudo isso.
“O segredo é não desistir. Lute contra o descrédito, contra a vergonha, a humilhação, a falta de recursos. O segredo é enfrentar. Peça a ajuda de Deus”. Além dos prêmios e distinções, a tese, defendida no trabalho de Teixeira, se mostrou verdadeira, sendo hoje utilizada como política pública em todo o País.


Gospel Prime .

VIA GRITOS DE ALERTA.

ESTAMOS FORMANDO UM GRUPO DE CRISTÃOS DISPOSTOS A LUTAR CONTRA A CORRUPÇÃO NA POLITICA BRASILEIRA . SE ESTA DISPOSTO A PARTICIPAR MANDE SEUS DADOS PARA - ubpes@yahoo.com.br

Exposição que mostra pedofilia e zoofilia provoca bate boca entre deputados

Não foi só nas redes sociais que a mostra “QueerMuseu” gerou debates e bate boca. Na noite desta terça-feira (12) o assunto foi amplam...