terça-feira, 12 de março de 2013

Em julgamento no Rio, Beira-Mar diz que estuda teologia em presídio

Beira-Mar é ouvido pela Justiça no Rio (Foto: Priscilla Souza/G1)Interrogatório de Beira-Mar começou por volta das 15h (Foto: Priscilla Souza/G1)
Em julgamento iniciado por volta das 14h desta terça-feira (12), com uma hora de atraso, no Tribunal de Justiça, no Centro do Rio, o traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, negou que tenha orquestrado a morte de três homens. O criminoso, que chegou de helicóptero por volta de 11h, vindo de Bangu 1,  e responde por homicídio qualificado, disse ainda que está estudando teologia, à distância, do presídio de Catanduvas (PR), para onde foi transferido em setembro de 2012.
Segundo o réu, ele tem vontade de trabalhar na área, mas a prisão não tem este tipo de serviço. Na chegada ao tribunal, escoltado por quatro agentes do Departamento Penitenciário Federal, a serviço do Ministério da Justiça, ele sorriu, acenou e mandou beijos.
Beira-Mar é acusado de orquestrar a morte de Antônio Alexandre Vieira Nunes, Edinei Thomaz Santos e Adaílton Cardoso de Lima, de dentro da penitenciária Bangu 1, onde estava preso em 2002. Apenas o terceiro sobreviveu.
Às 15h, começou o interrogatório. Antes, a defesa pediu a suspensão da sessão porque nenhuma das seis testemunhas compareceu. A promotoria, no entanto, disse que não seria necessário, e o juiz Murilo Kieling decidiu prosseguir com o julgamento, e perguntou se o réu usaria de seu direito de permanecer em silêncio. Beira-Mar preferiu responder.
O juiz perguntou, então, se o réu teria ordenado os homicídios. "Não, de forma alguma", respondeu. "Tanto que eu mandei socorrer o Adaílton, que era meu olheiro", disse sobre o sobrevivente, desaparecido após o crime e, portanto, uma das testemunhas ausentes.
Beira-Mar contou que apenas ordenou a realização de uma reunião na favela Beira-Mar, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, para esclarecer uma guerra que estava acontecendo entre traficantes da comunidade. Nesta época, segundo ele, que estava em Bangu 1, a ordem foi dada por meio de um dos telefones celular que ficavam à sua disposição no presídio. Ainda de acordo com o réu, durante a reunião, o traficante conhecido como Pepito teria se descontrolado e atirado a esmo, matando inclusive inocentes.
Questionado pelo MP sobre o interrogatório anterior, em que negou ter conhecimento das mortes e que não se tratava de sua voz nas escutas telefônicas, Beira-Mar admitiu que mentiu para não produzir provas contra si mesmo. "Na época, eu tinha uma outra visão de vida. Estou sofrendo bastante e quero pagar o que devo à Justiça", disse o traficante, acreditando que quem tiver acesso às escutas telefônicas perceberá que não partiu dele a ordem para os homicídios.
Gravações telefônicas feitas pela Polícia Federal em 2002 mostrariam o traficante ordenando as mortes das vítimas pelo telefone, de dentro da cadeia. Logo depois, sons de tiros são registrados no áudio gravado.
Intervalo
Às 15h45, após o fim do interrogatório, foi iniciado um intervalo previsto de 10 minutos, mas que durou 40 minutos, antes da fase de debates. Beira-Mar foi retirado do plenário e os jurados foram para a sala secreta.

Às 15h45, após o fim do interrogatório, foi iniciado um intervalo previsto para 10 minutos, mas que durou 40 minutos, antes da fase de debates. Beira-Mar foi retirado do plenário, escoltado por quatro agentes do departamento penitenciário federal, a serviço do Ministério da Justiça, e  os jurados foram para a sala secreta.
No retorno, o promotor Marcelo Martins Neves apresentou aos jurados reportagens do "Fantástico" e do "Jornal Nacional" sobre o traficante.
Não há previsão para o fim do julgamento. As testemunhas serão ouvidas e depois haverá um debate entre acusação e defesa. Apenas depois disso, os sete integrantes do júri irão se reunir e o juiz dará a sentença.
O traficante chegou à penitenciária Bangu 1, no Rio, na tarde desta segunda para comparecer à audiência, segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).
O réu cumpre pena na Penitenciária Federal de Catanduvas (PR). Antes, o traficante estava preso na Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Porto Velho (RO).
FONTE . G1.COM.BR
 

(Evangélica ), Piovani diz que só faria nu frontal por muito dinheiro

Luana Piovani falou sobre suas polêmicas no Twitter Foto: Twitter / Reprodução
Luana Piovani falou sobre suas polêmicas no Twitter
Foto: Twitter / Reprodução
Luana Piovani concedeu uma entrevista à coluna Direto da Fonte, do jornal O Estado de S.Paulo, e voltou a falar sobre a possibilidade de posar nua. A atriz de Guerra dos Sexos, mãe de Dom, de um ano, contou que para fazer o tal ensaio, só se fosse por muito dinheiro ou uma casa no Jardim Pernambuco, no Leblon, um dos locais mais caros do Rio de Janeiro.

A atriz, que vai se casar em julho, contou que é evangélica e Pedro Scooby, seu noivo, é católico. Assim, eles ainda estão decidindo se vão pedir que alguém abençoe a união dos dois. A loira afirmou que os dois são muito "espiritualizados" e querem, de alguma forma, "ter Deus ali". A cerimônia acontecerá na Casa das Canoas, no Rio.

Piovani também falou sobre as polêmicas que causa ao falar o que pensa no Twitter. A estrela de Guerra dos Sexos disse que bater boca é de sua natureza. Segundo ela, "já bateu boca na vida, com a polícia", e é um direito que ela tem. A atriz disse ainda que até quando estiver mais velha, será daquelas que fará confusão se ninguém levantar para ela sentar em um ônibus, por exemplo.

Terra

Kaká é o jogador evangélico mais rico do mundo

O site Goal.com apresentou sua lista anual dos 50 jogadores de futebol mais ricos do mundo. Kaká (Real Madrid) tem um patrimônio de 232.7 milhões de reais.

O primeiro lugar é do inglês David Beckham (PSG), e o segundo é de Lionel Messi (Barcelona), em terceiro vem Cristiano Ronaldo (Real Madrid) e em quarto o brasileiro Kaká.

Segundo a reportagem, Kaká (Real Madrid) tem um patrimônio de 232.7 milhões de reais. Embora esteja na reserva ultimamente sua fortuna acumulada aos 30 anos de idade é considerável.

Abertamente evangélico, já disse várias vezes que tem o desejo de ser pastor depois que se aposentar dos campos. Além de uma mansão de R$17.5 milhões em Madrid, além de várias casas em Natal e, três apartamentos luxuosos em Manhattan, Nova York. Além do salário milionário do Real, sua receita inclui contratos de patrocínio com a Adidas, EA Sports, Sony e Guaraná Antártica. Ele também é ‘modelo’ da grife Armani desde 2007.

Em nono lugar na lista aparece Rivaldo (São Caetano), com 159.25 milhões de reais de capital acumulado. Aos 40 anos, o jogador continua em atividade. Ele já foi um dos jogadores mais bem pagos do mundo, quando estava no Barcelona. Mas ganhou muito bem em clubes menos expressivos como o Bunyodkor, do Uzquebequistão, onde ganhava R$ 17.5 milhões de salários e mais R$7 milhões pelos direitos de imagem.

Rivaldo tem ações de uma companhia de viagens e de uma empresa de arte e design, além de várias propriedades no Brasil e em Angola, onde chegou a construir uma igreja quando jogou por lá.

O jovem Neymar (Santos), 21 anos, está na trigésima terceira posição da lista do Goal.com. Ele já acumulou 70 milhões de reais. Além do alto salário no clube que o revelou, ele tem contrato individual com 11 patrocinadores: Nike, Panasonic, Heliar, VW, Claro, Unilever, Santander, Guaraná Antarctica, Red Bull, Tenys pé e Lupo.

Atualmente ele tem uma mansão de R$4.3 milhões em Santos, um triplex de luxo avaliado em R$1.7 milhão e um apartamento de R$350 mil em São Paulo. Também comprou uma cobertura de R$2.1 milhões para a mãe do seu filho. Possui ainda um iate de R$17.5 milhões e dirige um Porsche Panamera Turbo de R$ 1.2 milhão.

O site esportivo disse que para elaborar sua lista, levou em conta além dos salários declarados, contratos de patrocínio, bens em seus nomes e participação em negócios diversos. O diretor de conteúdo do Goal.com Amar Singh, explica que “Os jogadores de futebol atualmente não podem mais ser vistos apenas como atletas – eles se tornaram poderosas marcas internacionais. Nossas pesquisas mostram o quanto os atletas conseguem acumular apenas aproveitando esse fator.

Longe do estereótipo comum do amante de joias, ou do colecionador de carros velozes, a maior parte dos jogadores de futebol nos 50 Mais Ricos de Goal.com está investindo seu dinheiro positivamente, tanto na criação de fundações de caridade quanto de iniciativas para a comunidade em geral”.

Fonte: Gospel Prime

Marco Feliciano desiste de processar Xuxa

O deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), 40, pretendia processar Xuxa Meneghel (foto), 49, após a apresentadora postar uma mensagem contrária à sua eleição como presidente da Comissão de Direitos Humanos.

A informação é do portal "F5", publicada na segunda-feira (11). Durante a tarde desta terça-feira, no entanto, ele desistiu da ação.

"Xuxa foi injustiçada e caluniada", como ele está sendo agora, afirmou o pastor em uma mensagem no Twitter. "E por isso não moverei ação nenhuma contra ela. O tempo mostrará que fui vitima de calúnias. Pois sei que ela é sensata e do bem. Deus a abençoe", concluiu.

No domingo (10), o deputado publicou a seguinte mensagem no microblog. "Sobre o que disse Xuxa, minha assessoria jurídica prepara o processo. Durmam em paz".

Xuxa ficou indignada ao saber da eleição de Feliciano no dia 7 de março. A loira se pronunciou no seu perfil no Facebook na última sexta-feira (8)."Meu Deus. Eu tava lendo agora sobre esse 'pastor'. Que Deus nos ajude, gente! Socorro! Vamos fazer alguma coisa!", escreveu.

A apresentadora escreveu uma mensagem longa, que ainda dizia: "Esse 'deputado' disse que negros, aidéticos e homossexuais não têm alma. Existem crianças com AIDS. Para este senhor elas não tem alma? Todo mundo sabe o quanto eu respeito todas as religiões, mas esse homem não é um religioso, é um monstro. Em nome de Deus ele não pode ter poder. Como vamos nos proteger desse tipo de pessoa? Esta pessoa não pode ser presidente da Comissão de Direitos Humanos. Ele não pode ter este espaço para usar, pisar e denegrir o ser humano."

Marco Feliciano é acusado de ser racista e homofóbico, e responde a dois processos, por homofobia e estelionato, no STF.

Fonte: Yahoo

Evangélicos pedem boicote ao "Pânico na Band"

 
Evangélicos pedem boicote ao “Pânico na Band”
O programa Pânico por várias vezes já ridicularizou as igrejas evangélicas em breves esquetes. Mas o novo “quadro” A Turma do Didimaiscedo” causou a ira de vários segmentos evangélicos, especialmente os fieis da Igreja Universal do Reino de Deus.
Como é característico do programa, uma mistura de humor non sense e piadas de gosto duvidoso, o humorista conhecido como Carioca faz uma imitação do Bispo Edir Macedo num estúdio que lembra o programa “Fala que eu te escuto”.  Ele interage com outros bispos, quase todos vividos por Eduardo Sterblitch.
A “Igreja Univernelson do reino de Nelson” mostrou um exorcismo e teve inclusive um “louvor” em ritmo de funk.
Nas redes sociais é visível o descontentamento de evangélicos, especialmente levando em conta os acontecimentos recentes envolvendo o nome do pastor Marco Feliciano.
Enquanto várias pessoas simplesmente criticam o programa e pedem “boicote à Band” outros ofendem e condenam os humoristas ao inferno.  Curiosamente, o programa entrevistou Silas Malafaia duas semanas atrás.

GP

Após reunião, PSC mantém pastor na Comissão de Direitos Humanos

O deputado federal e pastor Marco Feliciano (PSC-SP) foi eleito na última quinta-feita (7) presidente da CDH (Comissão de Direitos Humanos e Minorias) da Câmara
  • Foto Alexandra Martins/Ag. Camara
    O deputado federal e pastor Marco Feliciano (PSC-SP) foi eleito na última quinta-feita (7) presidente da CDH (Comissão de Direitos Humanos e Minorias) da Câmara
Após reunião na tarde desta terça-feira (12), a bancada do PSC decidiu manter o deputado pastor Marco Feliciano (SP) como presidente da Comissão de Diretos Humanos e Minorias (CDH) da Câmara. O deputado tem sido acusado de homofobia e racismo.
Segundo o líder do PSC na Câmara, deputado André Moura (SE), a decisão foi unânime. Na saída da reunião, Feliciano não falou com a imprensa, mas disse que fará um pronunciamento na reunião da comissão nesta quarta, às 14h.
Mais cedo, deputados do PT e do PSOL reuniram-se para definir uma estratégia para tentar reverter a a eleição de Marco Feliciano para a presidência da comissão. Eles vão entrar com mandado de segurança no STF (Supremo Tribunal Federal) questionando a decisão do presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), de convocar uma reunião fechada para eleição do presidente da CDH.
Segundo esse grupo de deputados, a decisão do presidente da Casa fere o regimento, porque apenas o presidente da comissão poderia fazer esse tipo de convocação.


VIA GRITOS DE ALERTA / INF. UOL

O POVO COME RATO E A DILMA FAZ O QUE PARA RESOLVER ISSO ? VAMOS NÓS AJUDAR AQUELE POVO .

 VAMOS NOS MOBILIZAR E FAVOR DO POVO  DE BREJINHO.

MONTAMOS UMA CENTRAL PARA  ARRECADAÇÃO DE ALIMENTOS EM FAVOR DESSES POVO SOFRIDO  .
MOBILIZE SUA EMPRESA, ESCOLA , IGREJA ETC.


VEJA A MATÉRIA E ABRA SEU CORAÇÃO PARA AJUDAR.
NÃO ESTAMOS PEDINDO DINHEIRO , SOMENTE ALIMENTOS NÃO PERECIVEIS E ROUPAS . AJUDE A QUEM PRECISA.
 


ALMOÇO DO POBRE DE BREJINHO
A comida escassa devido a  seca esta fazendo piauienses cassarem roedores para complementarem a alimentaçâo. No distrito de Brejinho, no municí­pio de Assunção do Piauí­ (273 km de Teresina), todos os dias no fim da tarde à comum ver moradores saindo para as areas de grutas para colocarem armadilhas para pegar o "rato rabudo".


Dilma brinda com o presidente Georgi Parvanov durante jantar em Sófia (Imagem:Roberto Stuckert Filho/PR)
JANTAR DA DILMA . VOCÊ VÊ ALGUMA DIFERENÇA ?

A cassa ao animal é artesanal, e a armadilha é feita com pedra e gravetos. "Quando o rabudo passa pela armadilha, a pedra cai em cima e ele morre sufocado. No dia seguinte a gente vai logo cedo ao local buscar o animal para  ser consumido no almoço", disse o morador de Brejinho Genivaldo Bezerra, 35.

Apesar de a maioria dos moradores de Brejinho ter acesso ao programa Bolsa Famí­lia, eles afirmam que o dinheiro que recebem não da para comprar a "mistura" para o almoço e acabam saindo a  caça de ratos para servir de carne na alimentação. A dona de casa Francisca Ramos da Silva, 41, não se incomoda em contar que a única carne consumida na casa dela  é rato.

"A gente tem de se virar. não plantamos nada esse ano por conta da chuva que não veio. Ninguém  aguenta almoçar com a comida pura, e como o dinheiro que recebemos só  para comprar arroz, feijão e macarrão, comemos o rabudo para complementar", disse Francisca, informando que a carne do RATO é  saborosa" e é sempre uma festa quando conseguem caçar alguns ratos.





 
é triste saber que ainda existem pessoas que devido as necessidades que passam se submetem a se alimentarem de rato. Mas devido a pobreza no Nordeste não de se estranhar que se aventurem numa coisa dessa porque a fome, sentir fome por diversos dias, da desespero.


PARA ENCAMINHAR SUAS DOAÇÕES DE ALIMENTOS                 - INF. 019 9137 1059

OBS. LOTAREMOS OS CAMINHÕES COM OS ALIMENTOS E PARTIREMOS PARA ESSA LOCALIDADE PARA AS DOAÇÕES NO DISTRITO DE BREJINHO EM ASSUNÇÃO , NO PIAUÍ .
PARTICIPE .


BISPO ROBERTO TORRECILHAS.

Bento 16 foi o papa mais fraco da história da Igreja Católica, diz jornalista alemão

Foi o que disse Andreas Englisch, correspondente alemão no Vaticano e autor de "O homem que não queria ser papa", da editora Universo dos Livros, durante uma entrevista concedia com exclusividade ao UOL,

A fraqueza do papado de Bento 16, segundo Englisch, foi caracterizada por sua falta de poder na Santa Sé. "Ele permitiu que o secretário de Estado tomasse todas as decisões políticas. Mesmo durante a grande crise com a chanceler alemã, Angela Merkel, o secretário de Estado nem sequer pediu sua opinião, tampouco o informou antes de enviar uma mensagem dura em seu nome", conta.

Para ele, o erro começou na própria eleição de Bento 16. "Eleger um papa que disse claramente que nunca havia desejado ser pontífice foi definitivamente um risco", afirma Englisch. "Tinha certeza de que seria um papado muito difícil no momento Ratzinger descreveu sua eleição como sua execução."

Mas, para que o erro de 2005 não seja repetido na eleição do sucessor de Bento 16, Englisch diz ser necessário que os cardeais escolham um candidatado que realmente deseja fazer o trabalho de um "papa".

Na entrevista, Englisch também falou sobre os erros de Bento 16, assim como sobre sua solidão e uma suposta conspiração contra o pontífice que vinha da própria Cúria Romana. Ele diz ainda que este é o momento da eleição de um "papa sul-americano", como alternativa para o rompimento da perda massiva de fiéis na América Latina, e aponta o cardeal brasileiro Odilo Scherer como seu candidato favorito.

Fonte: UOL

O AMIGO DE VERDADE




EU APRENDI UMA COISA . QUE  MEUS AMIGOS DE VERDADE FORAM ESCOLHIDOS POR DEUS PARA MIM , POIS OS FALSOS FORAM IMPLANTADOS PELO DIABO.

OS FALSOS AMIGOS SÃO IMPLANTADOS EM NOSSAS VIDAS PELO REI DAS TREVAS  , APENAS COM O INTUITO  DE NOS ENTRISTECER , NOS ATACAR E NOS LEVAR PARA DISTANTE DE DEUS .


MAS JESUS CRISTO , SENDO O VERDADEIRO AMIGO , NOS LIVRA DESSES FALSOS AMIGOS  E NOS LEVA PARA PERTO DELE , PARA  VIVERMOS  UM AMOR VERDADEIRO E INCONCICIONAL .


IRMÃOS , LIBERE PERDÃO AOS QUE PRATICARAM MALDADES CONTRA SUA VIDA TE FIZERAM SE INTRISTECER, AQUELES QUE TE ATACARAM , QUE ATACARAM SUA FAMÍLIA E MINISTÉRIO .
 TIRE OS OLHOS DESSES E OLHE PARA JESUS CRISTO , POIS ELE SIM É SEU AMIGO DE VERDADE , POIS ELE DEU A VIDA DELE EM SEU FAVOR. 


DEUS ABENÇOE SUA VIDA EM NOME DE JESUS .

'Não se pode medir um homem com 140 caracteres', diz Marco Feliciano

Feliciano deu entrevista antes de culto em Ribeirão Preto, SP (Foto: Reprodução/EPTV)Feliciano deu entrevista antes de culto em Ribeirão Preto, SP (Foto: Reprodução/EPTV)
Durante um culto em sua igreja evangélica em Ribeirão Preto (SP) na noite de segunda-feira (11), o pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) criticou os ataques que vem sofrendo desde que assumiu a presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, em Brasília (DF), este mês. Em um encontro com 30 pastores na Catedral do Avivamento, da Assembleia de Deus, cuja entrada com câmeras foi proibida aos jornalistas, o deputado exaltou aos fieis sua história pessoal em contraponto aos protestos, como o que acontecia do lado de fora do mesmo templo por volta das 20h30.
 
“Não se pode medir um homem com 140 caracteres de Twitter”, disse Feliciano, referindo-se às declarações que fez sobre homossexuais e negros em 2011 e que contribuem para a recente onda de protestos. Na época, o deputado causou polêmica ao escrever que: "sobre o continente africano repousa a maldição do paganismo, ocultismo, misérias, doenças oriundas de lá: ebola, Aids, fome... Etc", e que: "a podridão dos sentimentos dos homoafetivos leva ao ódio, ao crime e à rejeição".
Para refutar essa imagem, ele falou de sua origem humilde e do trabalho no campo durante a infância, suas missões pelo mundo, inclusive no continente africano, e suas raízes familiares. “A vida não foi fácil para mim. (...). Não me envergonho do que sou, não me envergonho da minha mãe negra. (...). Nunca pratiquei violência contra quem quer que seja”, afirmou.
Não me envergonho da minha mãe negra"
Marco Feliciano, deputado federal
As manifestações que Feliciano acumula contra si foram classificadas por ele como um “ativismo inconsequente” e um “teatro horrível onde querem perseguir um homem por causa de sua fé”. Além disso, de acordo com o líder religioso, os protestos têm atraído pessoas que são contra a liberdade religiosa e de pensamento. “Se não fizermos alguma coisa agora voltaremos ao tempo da inquisição.”
Feliciano também ressaltou que, embora "esteja deputado", nunca deixará de ser um pastor e que quer deixar um legado de luta contra a opressão - na qual ele combate, por exemplo, a educação sexual para crianças de até 6 anos. “O povo me colocou para defender preceitos cristãos”, disse, sobre os 212 mil votos obtidos nas últimas eleições e que o levaram à Câmara.
Protestos
Enquanto Feliciano falava aos seus fieis dentro da Catedral do Avivamento, do lado de fora um grupo de manifestantes fazia um protesto contra o pastor, em repúdio à sua recente eleição como presidente da Comissão dos Direitos Humanos da Câmara. Segundo os organizadores, ao menos 300 pessoas participaram do manifesto, que foi acompanhado pela Polícia Militar. Em dois dias, esta foi a segunda manifestação na região contra o pastor.

No domingo (10), Feliciano também foi alvo de manifestantes em Franca (SP). Eles permaneceram o tempo todo do lado de fora da igreja, e gritaram palavras de ordem. Ao fim do culto, o carro em que o deputado deixou o local foi cercado pelo grupo. De acordo com a assessoria do parlamentar, a família do político também estava no veículo e os filhos dele se assustaram com os protestos.
Em nota publicada em seu site, ele disse que já está procurando as autoridades para tomar todas as medidas cabíveis e que repudia qualquer ato de violência.

G1.COM.BR
 
 

Vaticano é acusado de gastar R$ 58 mi em apartamentos em complexo que abriga maior sauna gay da Europa


O cardeal indiano Ivan Dias chega ao Vaticano nesta segunda (11) para reunião do conclave

A apenas um dia antes do início do conclave no Vaticano, a notícia de que a Santa Sé teria gasto 23 milhões de euros (cerca de R$ 58,7 milhões) na compra de um complexo de apartamentos em Roma, que abrigaria também a maior sauna gay da Europa, irrompeu nos sites internacionais.


  

O site inglês "The Independent" classifica a denúncia como um escândalo e relata que 18 apartamentos pertenceriam ao Vaticano, a maioria deles abriga padres.
Segundo a reportagem, o cardeal indiano Ivan Dias, 76, figura sênior do Vaticano que é chefe da Congregação para a Evangelização dos Povos, e também deve participar do conclave, é quem mais estaria preocupado com a repercussão da notícia.
Dias teria um apartamento de 12 quartos no primeiro andar do bloco, a poucos metros do local onde fica a suposta sauna.
A sauna é conhecida por suas "noites de urso", anunciada em sua página na internet.




   Notícias Bol

VEM AI O SEGUNDO SALÃO INTERNACIONAL GOSPEL

 
bannerO tema da segunda edição da feira – a maior feira de música e cultura gospel da América Latina – é "Músicas que transformam vidas" e trará diversos artistas expoentes da cena gospel para se apresentar e dividir com o público suas experiências e seu trabalho, entre eles DJ Max, Comando Rap Cristão e Diogo Vasconcelos.
Stands de diversos segmentos, como marcas de instrumentos musicais, lojistas, formadores de opinião,revistas e músicos farão parte da feira.
Além disso, outros eventos paralelos serão destaque da feira, como 2º Fórum de Música Gospel, Sing Festival 2, Cine Gospel, Exposição Cultural Gospel Vinil, Espaço Arte, Dança e Espaço Hip Hop.
De acordo com os organizadores do evento, o II Salão Internacional Gospel irá aprimorar o trabalho e abraçar a família cristã de forma comprometida com Deus e com o mercado musical cristão. A intenção do Salão é "aproximar os artistas do seu público, os lojistas dos seus consumidores diretos e a imprensa do evento", dizem os organizadores.
"O evento tem uma proposta totalmente inovadora e o que o torna diferente é exatamente o comprometimento com Deus e com o mercado musical e cultural cristão, independentemente de tamanho, raça, cor, denominação, tribo ou poder aquisitivo", afirma a organização do evento.
Confira as atrações que já confirmaram participação no II Salão Internacional Gospel
19 de Abril
14h: Palestra com Maestro Eduardo Roz sobre instrumentos de sopro, curiosidades, fabricação, mercado de trabalho, sonoridades e workshop.
15h: Workshop com Bal Furtado de Bateria Gospel
15h30: Workshop com Ted Furtado de Contra-baixo Gospel
16h: Workshop com Salsinha de Guitarra Gospel
20 de Abril
17h: Dj Max
19h: Apresentação de Wilson Werneck e Germano
19h30: Homenagem ao Comando Rap Cristão
19h30: Apresentação de Diogo Vasconcelos
21 de Abril
18h: Peça teatral "As canções que fiz pra você!"
 
VIA  GRITOS DE ALERTA

CATÓLICOS E EVANGÉLICOS SE UNEM PEDINDO A CASSAÇÃO DO DEPUTADO JEAN WYLLYS

banner

Uma campanha no facebook tem exigido a cassação do deputado federal e ativista gay Jean Wyllys (PSOL-RJ) por falta de Decoro Parlamentar e transgressão a carta mágna da Constituição Federal Brasileira. Veja a campanha no facebook clicando aqui.

Não obstante, circula ao mesmo tempo um abaixo assinado visando a cassação dseu mandato.


Católicos e evangélicos se unem para solicitar a cassação do mandato do deputado que, segundo afirmam, vêm agindo de forma heterofóbica e contra a família brasileira.

Veja na integra o conteúdo do abaixo assinado.

Para: Câmara dos Deputados e Sociedade Civil

Exigimos a cassação do deputado federal e ativista gay Jean Wyllys (PSOL-RJ) por falta de Decoro Parlamentar e transgressão a carta mágna da Constituição Federal Brasileira, em específico ao Art 5º IV – é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. 

Esse deputado vêm, com frequência, agindo de forma heterofóbica e contra a família brasileira, através de projetos de leis imorais que visam destruir a família brasileira, a moral e os bons costumes. 

Não podemos aceitar que algo desse tipo seja praticado em nossa sociedade e que os deputados como o Jean Wyllys usem de seu poder e autonomia para perseguir, destruir , desmoralizar e arrazoar com a família brasileira e pessoas de bem. 

Após repetitivos ataques contra o povo brasileiro, à igreja e contra qualquer um que se oponha às exigências feitas pelo deputado, pela falta de respeito para com a família brasileira e pela apologia que ele tem feito de uma “liberdade” que fere vários incisos da nossa Constituição, nós pedimos a cassação do deputado Jean Wyllys. 

Os signatários

Para acessar o abaixo assinado e assinar acesse aqui.

BA: jovens de 12 e 18 anos são detidos por matarem padre a pauladas

Rodrigo, de 18 anos, informou que frequentava a residência do padre há algum tempo
Foto: Polícia Civil da Bahia / Divulgação

    Rodrigo, de 18 anos, informou que frequentava a residência do padre há algum tempo  Foto: Polícia Civil da Bahia / Divulgação

Rodrigo Gabriel da Silva Souza, de 18 anos, e um garoto de 12 anos confessaram, nesta segunda-feira, a autoria do assassinato do padre Raimundo Reinan Vallente, de 53 anos, pároco da cidade de Angical (BA), morto a golpes de facão e a pauladas, na noite de domingo, no quintal da casa paroquial.

Preso em flagrante no Distrito de Roda Velha, em São Desidério, quando tentava vender um carro pertencente à igreja, Rodrigo e o comparsa pré-adolescente foram interrogados pelo delegado Carlos Roberto de Freitas, titular da 2ª Delegacia Territorial de Barreiras (DT), no final da tarde.

Rodrigo informou que frequentava a residência do padre há algum tempo e, segundo apurou a polícia, ele tinha, inclusive, acesso ao controle remoto do portão da garagem, possivelmente utilizado para entrar no imóvel, em companhia do garoto de 12 anos e de um segundo comparsa – um adolescente de 17 anos, que é procurado. Depois de consumir bebida alcoólica em uma festa próxima, ele se uniu aos outros envolvidos e atacaram o pároco da cidade de Angical, enquanto este dormia.

Atingido por uma pedra na cabeça, Raimundo Reinan despertou, atordoado, mas conseguiu fechar a porta do quarto, posteriormente arrombada pelos criminosos. Armados com um facão e uma faca, eles passaram a golpear a vítima, que correu para o quintal da casa, morrendo em consequência das agressões.

Rodrigo e o cúmplice, de 17 anos, fugiram levando o veículo, enquanto o menino deixava o imóvel a pé. A carteira do padre, com documentos pessoais e certa quantia de dinheiro, também foi subtraída.

 

Terra

Pastor Marco Feliciano diz que não renunciará à presidência de comissão

O pastor e deputado Marco Feliciano (PSC) afirmou na noite desta segunda-feira (11) que não renunciará à presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados. A declaração foi feita durante culto celebrado na igreja que ele preside, a Catedral do Avivamento, em Ribeirão Preto (313 km de São Paulo), e foi uma resposta à possibilidade de a indicação dele para o cargo ser reavaliada pelo seu partido.O parlamentar é acusado de dar declarações homofóbicas e racistas.
Marco Feliciano reuniu cerca de 350 pessoas, metade dos assentos existentes do templo, e cerca de 30 pastores. O público foi chegando aos poucos ao local e ultrapassou, por volta das 20h, os cerca de 200 manifestantes reunidos do lado de fora da igreja. O culto começou às 19h. Ele havia convocado simpatizantes para um ato hoje na cidade, contra uma suposta perseguição religiosa da parte de "ativistas gays".
Divulgação Marco Feliciano declarou que é perseguido e cerceado no seu direito de se manifestar. Também relatou que ele e sua família recebe ameaças de morte. “Estou passando por um teatro de horrores. Hoje isso se passa comigo, amanhã serão outras pessoas. Mas eu não vou desistir. Já nasci campeão”, afirmou.

   Feliciano afirmou que, caso a homofobia se torne crime no país, mediante a aprovação do projeto de lei 122/2006, que está no Senado, haverá a volta da “Inquisição ao contrário, vão jogar nossas vidas na lama”.

O deputado afirmou que defende a família brasileira e não concorda que crianças de zero a seis anos de idade tenham sexualidade indefinida, como, segundo ele, defendem o MEC (Ministério da Educação) e o Conselho Federal de Psicologia.

"Aleluia"

“Não posso concordar que uma criança toque no órgão genital da outra e não se fale nada. Se ensinamos o caminho que [as crianças] devem andar, elas não se desviarão dele.” As falas de Feliciano foram respondidas com gritos de “aleluia” da plateia.
O deputado declarou que recebeu o apoio da igreja católica e de pastores evangélicos com relação às manifestações de repúdio a sua pessoa. Entre os pastores está Silas Malafaia, da Assembleia de Deus.
Feliciano disse que, na próxima segunda-feira (18), voltará a celebrar culto na igreja em Ribeirão Preto e pediu que cada um dos presentes levasse mais alguém junto.
Feliciano discursou por cerca de 30 minutos. No final, deixou o local por uma saída que evitou que ele e os manifestantes do lado de fora se encontrassem.
O culto durou cerca de 90 minutos, durante os quais pastores discursaram, sem mencionar diretamente a situação do deputado, e cantaram. Feliciano também cantou em três das sete canções entoadas.

FONTE . BOL

UMA DAS COISAS MAIS CHATAS DO MUNDO É SABER QUE QUASE TODAS AS PESSOAS QUE AJUDAMOS SÃO INGRATAS . ESTENDEMOS AS MÃOS PARA AJUDAR , E O QUE GANHAMOS EM TROCA ? FOFOCAS , MENTIRAS , INTRIGAS , FALCIDADES E NUNCA UM OBRIGADO . ABRIMOS NOSSO CORAÇÃO , CASA , FAMÍLIA E O QUE RECEBEMOS ? . É , HUMANAMENTE FALANDO , AS VEZES DA VONTADE DE NÃO AJUDAR MAIS NINGUEM . MAS DEUS SABE DE TODAS AS COISAS E NOS RENOVA A CADA DIA .

Pastor Marco Feliciano vai processar Xuxa

Pastor Marco Feliciano vai processar Xuxa
Pastor Marco Feliciano vai processar Xuxa
As declarações de Xuxa Meneguel sobre a eleição do deputado federal, Pastor Marco Feliciano (PSC-SP), para o cargo de presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, vão parar na justiça.
Após duras críticas da apresentadora através de sua fanpage no Facebook o parlamentar prepara uma interpelação judicial contra ela. Feliciano disse através de sua conta no Twitter que sua assessoria jurídica estaria preparando um processo.
“Já estou com um dossiê pra entregar a polícia federal com dezenas de páginas impressas com ameaças de morte. Me ajudem em oração! E sobre o que disse Xuxa, minha assessoria jurídica prepara o processo. Durmam em paz”, comentou Feliciano.
Ironicamente semana passada o pastor Marco utilizou seu programa na CNT para desmistificar os boatos recorrentes sobre a apresentadora.

Xuxa usou seu Facebook na sexta-feira (8) para chamar Feliciano de “monstro”. Além disso, a apresentadora afirmou que o deputado teria dito que “negros, aidéticos e homossexuais não tem alma”.
Leia a publicação de Xuxa na íntegra:
xuxa Pastor Marco Feliciano vai processar Xuxa


FONTE . GP