terça-feira, 10 de setembro de 2013

Pastor Álvaro Sanches assume a tesouraria da CGADB


A eleição aconteceu com pouco mais de 2.500 pastores que se inscreveram para participar da reunião em SP.

Na 6º Assembleia Geral Extraordinária (AGE), que aconteceu na segunda-feira passada (2) em São Paulo, os pastores e obreiros 
decidiram pela expulsão do pastor Ivan Bastos que era o 1º Tesoureiro da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) e, em seguida, votaram em um novo nome para o cargo.
A eleição começou por volta das 14h e a contagem de votos se deu às 16h, a apuração revelou que com 1.936 votos o pastor Álvaro Sanches assumiu a posição que antes era de Ivan Bastos.

Com o resultado das eleições, o pastor José Wellington Bezerra da Costa, presidente da CGADB, anunciou o novo 1º Tesoureiro aos presentes e também já anunciou que agora ele estará exercendo a função.

Vale lembrar que a expulsão de Ivan Bastos se deu por conta de um processo disciplinar movido contra ele e contra outros três pastores: Samuel Câmara, Jônatas Câmara e Sóstenes Apolos (já falecido). Eles foram acusados de tumultuar a AGE de 2012 que aconteceu em Maceió. O processo disciplinar resolveu expulsar todos os quatro pastores da convenção.



GP

Mobilização contra o crack



Ação será realizada em Belo Horizonte no próximo dia 14

A ONG Instituto Inconformados realiza no próximo sábado, dia 14 de setembro, mais uma Mobilização contra o Crack. O encontro será 9 horas na Praça Sete, no centro de Belo Horizonte.

Cerca de 120 toneladas de crack são consumidas por ano na Grande BH, uma média de cinco pedras da droga por dia/dependente. O Brasil contabiliza cerca de três milhões de usuários de crack, segundo o Ministério da Saúde.

Tiago Guedes, vice-presidente da ONG, conta que o encontro tem o objetivo de mobilizar a sociedade na luta contra as drogas e gerar, no coração de todas as pessoas, o interesse em cuidar dos dependentes químicos. “Podemos não ter um dependente químico na família, mas certamente conhecemos ou já cruzamos com um perto de nossas casas. É uma epidemia e precisamos agir”, ressalta Tiago.

A mobilização serve para trazer esperança de vida para os usuários, despertar os jovens e toda a sociedade quanto à importância de ajudar, apoio aos familiares dos usuários, direcionar usuários às comunidades terapêuticas. Com faixas, cartazes e camisetas os participantes da mobilização chamam a atenção de todos que veem atrás de informações e também se aproximam para pedir a ajuda.

A ONG é formada por mais de 80 jovens que desenvolvem ações para suprir as demandas dos mais necessitados, levando o amor através das habilidades naturais. Eles estão divididos em vários núcleos: teatro, música, dança, saúde, consolidação, evangelismo, ação social, e etc. Visão sempre o bem estar espiritual e social de todos. Eles desenvolvem um trabalho contínuo hoje no bairro Concórdia, Pindorama e Morro das Pedras.
A mobilização será realizada com o apoio do CREDEQ (Comunidade Terapêutica), Igreja Batista da Lagoinha, Ministério Vida Loka e Marca de Camisas Vira.

Mais informações: www.Institutoinconformados.org 

Menina de 8 anos morre no Iêmen durante lua de mel com homem de 40

Foto: AP - Ilustração
Uma criança de oito anos morreu no último sábado (07/09) no Iêmen após a lua de mel com o marido de 40 anos, informaram nesta segunda-feira (09/09) as agências dpa e AFP. Segundo os médicos, a menina morreu com ferimentos no útero. 
A jovem, chamada Rawan, foi vendida pelo padrasto para um saudita por cerca de R$ 6 mil, segundo o jornal alemão Der Tagesspiegel. A morte aconteceu na área tribal de Hardh, na fronteira com a Arábia Saudita.
Ativistas de direitos humanos pressionam para que o saudita e a família da menina sejam responsabilizados pela morte. “Após este caso horrível, repetimos nossa exigência para uma lei que restrinja o casamento para maiores de 18 anos”, afirmou um membro do Centro Iemenita de Direitos Humanos para a dpa.

TRIBUNA HOJE

Dilma não conseguiria vencer eleição no primeiro turno, diz pesquisa


Dilma no Palácio do Alvorada, em Brasília Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil
 

Se a eleição presidencial fosse realizada hoje, a presidente Dilma Rousseff não conseguiria vencer os adversários no primeiro turno em nenhum dos cenários formados. Os dados são da pesquisa do Instituto MDA encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). O levantamento, divulgado nesta terça-feira, ouviu 2.002 pessoas entre os dias 31 de agosto e 4 de setembro. As entrevistas foram realizadas em 135 municípios de 21 unidades da federação nas cinco regiões. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.


Segundo o levantamento, Dilma teria 36,4% dos votos na pesquisa estimulada, quando os nomes são citados aos entrevistados. A ex-senadora Marina Silva (sem partido) aparece em segundo lugar, com 22,4% das intenções de voto. O senador Aécio Neves (PSDB-MG) vem na terceira posição, com 15,2%, e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), aparece em quarto lugar, com 5,2% das intenções de voto.

Em cenários virtuais de segundo turno, Dilma venceria em todos, mas teria algumas complicações. A disputa mais acirrada seria com Marina Silva. A presidente teria 40,7% dos votos, contra 31,9% da ex-senadora. Contra Aécio Neves (24,5%), a vantagem de Dilma se ampliaria para 44%. Já se o oponente fosse Eduardo Campos, Dilma venceria com 46,7% dos votos, contra 16,8% do pernambucano.

A rejeição à presidente ainda é muito grande, segundo a pesquisa. Entre todos os nomes colocados à disposição do eleitor, Dilma é que mais recebeu indicações de entrevistados que não votariam nela de jeito nenhum. Foram 41,6%, contra 36,8% de Aécio Neves, 33,5% de Eduardo Campos e 30,8% de Marina Silva. 

Ainda assim, Dilma é a que mais tem citações quando o entrevistado é questionado sobre em quem seria o único no qual votaria. Dilma foi lembrada por 20,2% dos ouvidos na pesquisa. Aécio recebeu 6,5% da intenções, Marina teve 11,1% e Campos, 2%.

Na declaração espontânea de voto, Dilma aparece com 16% das intenções de voto, seguida pelo ex-presidente Lula, com 9,7%. Marina Silva tem 5,8% das intenções, e Aécio vem com 4,7% de preferência do eleitorado. Campos foi lembrado por 1,6% dos entrevistados e apenas 1% declararam voto no ex-governador José Serra (PSDB-SP). O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, foi citado por 0,5% dos entrevistados, mesmo índice marcado pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa.



http://noticias.terra.com.br/brasil/politica/dilma-nao-conseguiria-vencer-eleicao-no-primeiro-turno-diz-pesquisa,f58a0805e0701410VgnCLD2000000ec6eb0aRCRD.html

Padre desaparecido é encontrado morto

Um padre de 50 anos, que estava desaparecido há mais de duas semanas, foi encontrado morto nesta segunda-feira em Campos do Jordão.

Fiéis e amigos da paróquia onde o padre trabalhava na zona norte de São Paulo estavam preocupados com ele, já que estava deprimido e tomava medicamentos.

Há uma suspeita de queima de arquivo, já que o padre teria presenciado uma chacina em que sete pessoas foram mortas.


BAND

Oração evita que mulher seja estuprada

Diante de um inevitável estupro, uma mulher da cidade de Tampa, na Flórida, acabou se livrando de maneira milagrosa. O caso foi relatado pela polícia, que preferiu não divulgar o nome dela.
Charlie Bates, 24, já havia cometido vários estupros na região. Na última quinta-feira à noite, ele invadiu o apartamento da mulher e a mandou tirar a roupa. Enquanto obedecia às ordens do criminoso, ela começou a orar e recitar João 3:16. Ao ouvi-la fazer isso, Bates pediu desculpas pelo que havia feito, permitiu que ela se vestisse e pediu que orasse por ele. Ele a acompanhou durante a prece e depois saiu correndo do apartamento.
Segundo o relato da polícia, a mulher ainda tentou entregar uma Bíblia a Bates, diante da recusa ela arrancou algumas páginas do livro e deu a ele.  Quando percebeu que ele não voltaria, ela chamou as autoridades.
Oração evita que mulher seja estupradaPouco mais de 12 horas depois, Bates morreu em um tiroteio com a polícia. Foi o desfecho de uma verdadeira “caçada humana” após ele ter feito assaltos, roubado um carro e ser perseguido por quase 100 policiais e um helicóptero. As vítimas de Bates dizem que ele sempre ameaçava as mulheres de morte e a polícia continua investigando homicídios que podem ter sido cometidos por ele.
Com uma longa ficha policial, Bates vem cometendo crimes desde 2009, que incluía tráfico de drogas. Somente no mês passado, quatro mulheres já haviam sido estupradas por ele. Ele também havia entrado em casas para roubar e inclusive invadiu uma festa e ameaçou 25 pessoas com uma pistola.  Com informações Charisma News.

Guerra na Síria: mais cristãos decapitados e igrejas destruídas

O papa Francisco pediu que todos os católicos romanos do mundo fizessem neste 7 de setembro um dia de oração e jejum pela paz na Síria. De maneira surpreendente, pediu que as pessoas de todas as religiões se juntassem à iniciativa. Deixou o convite aberto à todas as “pessoas de boa vontade”, mesmo aquelas que não têm religião.
Enquanto isso, os moradores de Maaloula, uma pequena aldeia cristã no norte de Damasco, são forçados a abandonar sua cidade. A antiga cidade fica a 50 km da capital é, possivelmente, o maior símbolo do cristianismo na Síria, no local ainda se fala aramaico, a língua de Jesus.
Guerra na Síria: mais cristãos decapitados e igrejas destruídasNos últimos dias, 80% dos 3.000 moradores do vilarejo abandonaram suas casas e fugiram para Damasco. Desde a quarta-feira (4), grupos armados de rebeldes, muitos deles ligados aos extremistas da Al-Qaeda tomaram o local, que é considerado um dos mais antigos centros do cristianismo no mundo.
Dentro de poucas horas, a cruz que ficava na cúpula do milenar mosteiro ortodoxo foi derrubada. Igrejas foram saqueadas e queimadas, todos os cristãos foram avisados que se não se converterem ao islamismo serão mortos. Algumas dezenas já foram executados. Não é o primeiro relato de assassinato de cristãos em meio a essa guerra, mas talvez seja o mais simbólico.
O Patriarca Gregório III, da igreja Ortodoxa, lançou um apelo “à comunidade internacional, à consciência do mundo inteiro, para salvarem o pequeno vilarejo… que é um símbolo cristão muito importante da história”. Ele conta que há dois anos e meio os cristãos estão no meio dessa guerra politica-religiosa entre dois grupos muçulmanos, os alauitas, que apoia o ditador Bashar al-Assad e a maioria sunita, que tenta derrubá-lo.
Diante do cenário de guerra civil, a mídia internacional tem dado pouca atenção aos massacres de cristãos, similar ao que acontece no Egito, onde centenas de cristãos foram mortos e dezenas de igrejas, destruídas.
A conquista confirmada hoje da aldeia de Maaloula envia duas fortes mensagens ao mundo: os rebeldes estão mais próximos que nunca de tomarem a capital e os rebeldes extremistas muçulmanos tentarão eliminar os cristãos da Síria.
O avanço dos rebeldes na área foi liderado por Jabhat al-Nusra, ligado a grupos jihadistas islâmicos dentro das fileiras rebeldes. Segundo Rami Abdul-Rahman, que dirige o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, com sede no Reino Unido, a liderança da Frente de Libertação Qalamon se mudou para a aldeia, e que cerca de 1.500 rebeldes estão em Maaloula.
Segundo o jornal inglês Daily Mail, os moradores do vilarejo foram surpreendidos pela entrada de centenas de rebeldes que gritavam “Alá é grande”, enquanto atacavam casas de cristãos e igrejas durante a noite, executando pessoas no meio da rua. Ele diz que os soldados falavam árabe com diferentes sotaques, o que indica que são extremistas tunisianos, libaneses, marroquinos e chechenos, o que comprovaria sua ligação com o grupo terrorista da Al-Qaeda. Outro cristão relatou que esses soldados rebeldes agarraram moradores e os levaram a locais públicos gritando “Ou você se converte ao islamismo ou será decapitado”.
Tropas do exército leais a Assad interditaram a estrada que liga a aldeia a capital. A agência de notícias estatal da Síria, SANA, disse que “As operações militares continuam na vizinhança de Maaloula e suas entradas” e que lutavam para reconquistá-la. Um dos grandes impasses dos EUA para um ataque à Síria é justamente o fato de soldados americanos terem de lutar ao lado do exército rebelde ligado à Al-Qaeda. Com informações BBC e Daily Mail.

Bíblias são "mais perigosas que armas químicas", dizem muçulmanos



Nos últimos dias um vídeo feito por soldados islâmicos que travam uma guerra civil na Síria foi amplamente divulgado no mundo árabe. Em um local não identificado, na cidade de Jarablus, todo o material cristão encontrado pelos soldados foi reunido e, sobre ele, um aviso: “Nação de Maomé, acorde, pois há coisas mais perigosas que armas químicas. Cuidado com a campanha de cristianização!”.
Nos últimos meses tem sido amplamente divulgado que milhares de sírios tem se convertido a Jesus após ouvirem o evangelho nos campos de refugiados.
Para muçulmanos da Síria, Bíblias são “mais perigosas que armas químicas”Um narrador mostra todo tipo de literatura, incluindo folhetos, cópias do Evangelho de João, do Novo Testamento e da Bíblia, além de material para evangelização de crianças, que vem junto com uma espécie de bolinho. A voz do vídeo, explica: “Eles exploram as necessidades dos cidadãos sírios, a fim de difundir o pensamento cristão”. Chama ainda os saquinhos com bolos de “derivado da carne de porco”, fornecido “para enganar as crianças ingênuas”. O porco é considerado pelos árabes um animal imundo.
A maioria dos membros do exército rebelde sírio estão ligados ao grupo terrorista islâmico Al-Qaeda. Os jihadistas defendem o fim da “tolerância” histórica do governo sírio com os cristãos, que são menos de 10% da população. Há soldados que foram recrutados em diversos países árabes para lutar contra as forças leais ao presidente Bashar al-Assad. Desde que foram divulgadas na semana passada imagens de pessoas mortas por armas químicas, os Estados Unidos e outros países falam em intervenção militar na Síria.
Neste final de semana, a aldeia cristã de Maaloula foi dominada por centenas de rebeldes que gritavam “Alá é grande”, enquanto atacavam casas de cristãos e igrejas durante a noite, executando pessoas no meio da rua. Segundo o jornal inglês Daily Mail, cristãos relataram que esses soldados rebeldes agarraram moradores e os levaram a locais públicos gritando: “Ou você se converte ao islamismo ou será decapitado”.
As imagens dos últimos dias no país enviam duas fortes mensagens ao mundo: os rebeldes estão mais próximos que nunca de tomarem a capital e os rebeldes extremistas muçulmanos tentarão eliminar os cristãos da Síria.
O presidente Obama aguarda apenas uma autorização do Congresso, que pode ser emitida ainda esta semana. Curiosamente, entre os evangélicos americanos cresce o número de estudiosos que veem essa guerra como um dos sinais do iminente retorno de Cristo. A maioria aponta para profecias envolvendo a Síria que seriam um prenúncio do Armagedom, a batalha final.
O professor e teólogo Joel C. Rosenberg, assevera: “O contexto de Isaías 17 e Jeremias 49 são uma série de profecias do fim dos tempos que lidam com os juízos de Deus sobre os vizinhos e inimigos de Israel que antecedem – e ocorrem durante a – Grande Tribulação”. Estudiosos alertam que o conflito na Síria pode ser o prenuncio de uma Terceira Guerra Mundial, pois o Oriente Médio está repleto de alianças e tensões que ampliam drasticamente o significado de um ataque à Síria. A Rússia e o Irã já disseram que fariam retaliações caso os EUA iniciem um ataque. Com informações WND.

Pesquisa revela que 4 de cada 10 pessoas usam a internet para ler a Bíblia


A pesquisa da Sociedade Bíblica Americana mostrou que 41 por cento dos americanos usaram a internet para ler o livro sagrado.

Em sua mais recente pesquisa sobre o uso da Bíblia, a Sociedade Bíblica Americana revelou que, cada vez mais as pessoas estão migrando sua leitura da Bíblia para os meios digitais, com o uso de celulares, tablets e computadores. Segundo a pesquisa, atualmente a cada 10 pessoas, 4 usam a internet para ler a Bíblia.

Os números levantados pela pesquisa revelam que 41 por cento dos americanos usaram a internet para ler o livro sagrado, com 29 por cento dizendo ter procurado versículos da Bíblia em um telefone celular e 17 por cento afirmando ler a versão eletrônica da Bíblia em um Kindle ou iPad.

A tendência é similar ao que vem acontecendo com os jornais e revistas, com os leitores migrando do papel para o meio digital. Junto aos sites dedicados à leitura bíblica, aplicativos para celulares e tablets estão entre os meios preferidos para a leitura diária do Livro Sagrado do cristianismo.

- Os dados mostram uma mudança contínua de conteúdos digitais. O número de leitores da Bíblia que usam seu smartphone ou telefone celular para pesquisar o conteúdo da Bíblia tem aumentado a cada ano, com um aumento de 6 por cento no uso deste formato a partir de 2012 – disse a entidade.

- O uso da internet para encontrar o conteúdo da Bíblia também tem aumentado, com um crescimento de 4 por cento desde 2011 – completou o texto do relatório.

A pesquisa revelou também que a King James é a versão preferida dos americanos, tendo a preferência de 38 por cento dos entrevistados. Em segundo lugar ficou a New King James, com 14 por cento da preferência, segundo o Washington Examiner.

A Bíblia é também o livro religioso mais lido nos Estados Unidos, sendo citado como preferido por 80 por cento da população, contra 8 por cento de leitores do Alcorão, 4 por cento que preferem a Torá e 3 por cento de leitores do Livro de Mórmon.

Fonte: Gospel+

Tentativa de assalto à igreja termina com pastores baleados

Dois suspeitos já foram presos. Estado de saúde dos religiosos ainda é desconhecido.

Uma reunião entre pastores e funcionários administrativos da igreja Visão Missionária, localizada na Rua Anne Frank, Boqueirão, no Paraná, foi interrompida a tiros, por volta das 13h45 desta segunda-feira (09) depois que três indivíduos armados invadiram o local na tentativa de assaltar as vítimas.

Segundo testemunhas, hoje era dia de pagamento dos funcionários e os marginais chegaram anunciando o assalto. Os pastores Aramis Cavalheiro e Orlando José da Rosa foram baleados durante a tentativa de assalto.

Um deles foi socorrido por terceiros e o outro pelo Siate, sendo ambos encaminhados ao Hospital Cajuru.

Um dos assaltantes foi detido pelos próprios irmãos da igreja, que aguardaram a chegada da Guarda Municipal que efetuou a prisão do indivíduo.

O outro suspeito tentou fugir a pé, mas foi alcançado e preso por policiais do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e o terceiro elemento conseguiu fugir.

Fonte: Paraná Online

Pastor é acusado de fraudar igreja para financiar carreira pop da esposa


Kong Hee, pastor e fundador da maior igreja cristã de Cingapura, é acusado de desviar verbas milionárias da igreja para financiar a carreira da sua esposa, a cantora pop Ho Yeow Sun.

Segundo a agência AFP, o fundador da Igreja da Cidade da Colheita (CHC) e cinco pessoas ligadas a ele foram indiciados no ano passado por conspirar para desviar dinheiro da CHC.

Eles teriam utilizado US$ 24 milhões de fundos para financiar a carreira musical da mulher do pastor. Além disso, outros US$ 26 milhões teriam sido usados para cobrir o primeiro desvio.

Segundo a denúncia, a produtora Xtron, cujo diretor é membro da igreja e que geria a carreira de Ho, também teria servido como canal para desvio de dinheiro. O diretor Choong Kar Weng foi uma das primeiras testemunhas no julgamento.

Dedois do episódio, o site da cantora foi invadido por hackers que deixaram uma mensagem que dizia que ela era uma pessoa que, “havia falhado como mulher, como uma esposa, como uma cantora e, mais importante, como uma ser humana.”

No Facebook da igreja, diversos membros expressaram seus sentimentos com relação ao episódio, com alguns pedindo ao pastor para que ele se arrependa e não deixe o caso ser prolongado mais.

“Por favor, pastor, não deixe isso se prolongar ainda mais! (...) Eu não foi dar meu dízimo sem saber onde meu dinheiro está indo, por favor se arrependa agora”, escreveu uma pessoa identificada como um “membro preocupado”.

O pastor por sua vez agradeceu a muitos da igreja e de sua família que ele diz que estão apoiando a ele e à sua esposa.

O julgamento foi iniciado no final de agosto e deve estender por um mês.

Fonte: The Christian Post

Pastor é sequestrado e queimado vivo com as mãos amarradas, na África

Martin Beneke, de 45 anos, era pastor sênior e fundador da Life in Christ Network. O corpo de um pastor sul-africano foi encontrado tot...