segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Evangélicos propõem mudanças em campanha sobre camisinha no carnaval

Os parlamentares evangélicos e católicos querem que a campanha promova a abstinência e a importância da procriação para a formação familiar.
Parlamentares evangélicos e católicos, propõem modificações no teor das mensagens das campanhas de prevenção às doenças sexualmente transmissíveis (DST) do Ministério da Saúde. Eles reivindicam que as campanhas promovam a abstinência e a importância da procriação para a formação familiar.

"Neste Carnaval, não transe. Se preserve para o casamento, porque família é bom" foi um dos slogans sugeridos pelos evangélicos ao ministro da Saúde, Alexandre Padilha, em reunião da Frente Parlamentar da Família, na noite desta quarta-feira.

Os religiosos estavam descontentes que os lemas das campanhas que pregavam no carnaval as relações sexuais seguras com o uso da camisinha, como forma de prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST).

As duas mensagens do ministério para o Carnaval, - "Sem camisinha, não dá" e "Seja qual for a fantasia, use sempre a camisinha" - desagradaram aos religiosos.

O ministro já admitiu que pode fazer uma campanha direcionada para os religiosos, porém, não falou em mudar o tom das atuais campanhas de carnaval, de acordo com O Globo.

Uma reunião entre parlamentares evangélicos e o ministro Alexandre Padilha foi organizada pelo senador evangélico Magno Malta.

“Segundo Malta, o ministro foi extremamente receptivo e nos prometeu elaborar uma cartilha com as nossas mensagens. E não aquelas do Temporão (ministro da Saúde no governo Lula), que estimulavam relação homossexual e até distribuíam cachimbo para viciados”, disse.

No encontro, o ministro citou a Bíblia e falou da relação entre religião, família e vida saudável. “Somos todos irmãos. O governo tem que ouvir todos os setores organizados da sociedade em busca de bem-estar para a população. Aids, drogas e alcoolismo são exemplos de doenças que precisamos combater com a ajuda da família”, disse Padilha no encontro.

A deputada evangélica Benedita da Silva (PT-RJ) participou do encontro e afirmou que outros assuntos foram tratados, como combate à dengue e gravidez precoce.

Uma outra reivindicação encaminhada ao ministro foi a criação da Secretaria da Família, para, entre outras atribuições, lidar com jovens viciados em drogas.

Fonte: The Christian Post

#Eu escolhi esperar! E você?

Campanha incentiva jovens a buscarem santidade no namoro

#Eu escolhi esperar! E você?
A campanha “Eu Escolhi Esperar” – uma mobilização que tem o objetivo de fortalecer, encorajar, apoiar e dar suporte àqueles que abraçaram a vontade de Deus para suas vidas – tem ganhado força em todo o país. Se você ainda não entendeu, calma que eu te explico. Trata-se da decisão de esperar no Senhor o tempo, a pessoa e a forma certa para os relacionamentos.

Os jovens abraçaram a campanha nas redes sociais e a notícia se espalhou de forma acelerada. Nos quatro primeiros meses da campanha no Twitter, foram mais de 26 mil seguidores, hoje já são mais de 80 mil; e no Facebook, mais de 213 mil acompanham a fan page. A mobilização já foi divulgada em grandes mídias nacionais, como na Revista Época, Revista Galileu, além de diversos portais de notícias, inclusive no G1.

Quer mais? O tema foi, por diversos dias, um dos mais comentados nos twitter, chegando ao topo dos Trending Topics. O Ministério utiliza a rede para realizar os chamados twitcams - entrevistas ao vivo por vídeo com cantores evangélicos e pastores pela rede social.

A Campanha é realizada pela Ong Mobilizando o Brasil, de Vila Velha (ES), que difunde campanhas coordenadas por igrejas evangélicas de todo o Brasil. O pastor Nelson Junior, idealizador da Campanha e diretor da Ong, conta que trabalha há 20 anos com adolescentes e jovens. “Com 10 anos recebi Jesus como Senhor da minha vida e com 12 tomei a segunda decisão mais marcante: eu escolhi esperar. Esperar pelo que? Pela vontade e plano de Deus para minha vida. Abri mão das minhas vontades e prazeres e abracei a vontade do Pai para mim. Agora casado, pai e ministro, recebo esse presente de Deus: coordenar uma campanha para fortalecer aqueles que, como eu, um dia escolheram esperar a vontade de Deus”.

#Virgindade


Pode até parecer estranho falar de virgindade nos dias atuais, onde os valores morais estão cada vez mais deturpados. No entanto, para nós, jovens cristãos, interessa agradar a Deus e não ao mundo. Por isso, a campanha pretende mostrar a importância de se viver uma vida sexual e emocional de forma pura e santa. Dessa forma, a virgindade deixará der ser o foco e se tornará a consequência na vida daqueles que buscam santidade.

“Deus quer muito mais do que a sua virgindade. Ele quer santidade e pureza. E não apenas isso! Ele quer que você guarde seu corpo? Sim! E também o seu coração. O foco é sermos santos, porque Ele é santo. Se um jovem mantiver puro o seu caminho, ele vai casar virgem” ensina o coordenador da campanha.

Pesquisadores estão comprovando os benefícios da espera. Um pesquisador de uma universidade americana entrevistou 2.035 pessoas, religiosas ou não, com idade entre 19 e 71 anos e períodos de casamento que variam de seis a 20 anos. Os casais que dizem NÃO ter feito sexo antes do casamento apresentaram um relacionamento melhor em quatro aspectos: comunicação, satisfação com o relacionamento, percepção da estabilidade e até qualidade sexual.

#Fica a dica
Você tem consciência de que é preciso esperar, de que Deus se agrada dessa decisão e até tem vontade de seguir esse ensinamento bíblico, mas deve estar se perguntando: como controlar meus impulsos?

“A Bíblia diz que ‘o homem é escravo daquilo que o domina’ (2 Pe. 2.19). Mas o domínio próprio é fruto do Espírito (Gl 5.22) . Para ver todas as áreas da sua vida sob o controle é necessário andar com Deus. A carne é fraca, mas pecado não serve de vitamina para ninguém. Vida com Deus e experiências com o Espírito Santo cooperam no fortalecimento do nosso homem interior”, aconselha pastor Nelson.

“O grande erro dos que esperam é viver uma vida esperando um alguém. Não esperem por uma pessoa, esperem NA pessoa (de Deus). Os que esperam por alguém se cansam. Os que esperam no Senhor renovarão as suas forças. É promessa, e não é a única. Sua vida não é como carros, que as pessoas entram, testam e escolhem se vão querer ou não. Deus tem um plano para todos nós, em todas as áreas das nossas vidas, inclusive na sentimental.

#Seja mais um!


No Brasil, milhares de jovens estão dizendo NÃO ao sistema mundano que estimula as pessoas à sexualidade, devassidão, descompromisso, desonra, imoralidade sexual, vícios e a banalização de relacionamentos. A decisão de “esperar no Senhor”, não é nada fácil. E para alguns, manter o compromisso de esperar se torna um fardo pesado.

A decisão de esperar é uma escolha voluntária e não pode ser fruto de uma pressão, senão ela falha. A decisão precisa vir de uma experiência pessoal com Deus, e revelação da Sua vontade. Inicia-se então um processo: a renovação da nossa mente (Rom. 12:2) e desconstrução de falsas ideias aprendidas no mundo. E assim a jornada é corresponder com o padrão de Deus para os relacionamentos.

#Líderes de jovens, um alerta!

Um dos possíveis motivos porque a campanha possa ter conquistado tantos adeptos talvez seja a falta de ações para essa faixa etária sobre assuntos como sexo e relacionamentos nas igrejas. “Muitos jovens estão mal informados a respeito da sexualidade nos padrões de Deus. O assunto ainda é um tabu em muitas famílias, os pais não ensinam o conceito de Deus sobre o relacionamento para seus filhos; o tema ainda é evitado nos templos. Então, muitos adolescentes vão aprender de forma errada no mundo, e depois trazem todo o aprendizado para dentro da igreja e para seus futuros relacionamentos. E pior, casam debaixo desses conceitos”, adverte.

#Não sou mais virgem, e agora?


Aos que se arrependeram e deixaram a vida de pecado, eu tenho uma boa notícia: Deus é um Deus de recomeços. “Ele faz nova todas as coisas. Ele regenera o homem, Ele escreve uma nova história. O fato de você ter tido experiências anteriores, uma vez arrependido, creia que Deus faz tudo novo, de novo. Ele é ‘expert’ nisso. Para aqueles que ainda vivem uma vida dupla, uma na igreja e outra fora dela, digo, nunca é tarde para se fazer aquilo que é certo, reconcilie-se com Deus já. Ele te ama, Ele te espera”.

“O inimigo de nossas almas tenta gerar culpa, remorso e acusação, porém, Jesus é libertador e purifica o homem de todo pecado. Os erros de ontem não tiram a preciosidade da decisão que é tomada no hoje. Não há condenação para aqueles que estão em Cristo”.

Então decida-se. Eu já escolhi esperar. E você?

Site: www.euescolhiesperar.com
Twitter: @EscolhiEsperar
Interessados em palestras, seminários e workshops sobre o tema?
Envie e-mail para contato@euescolhiesperar.com

VIA GRITOS DE ALERTA
Por Lorena Fraga
Revista GeraçãoJC

Marisa Lobo e o deputado Federal Marco Feliciano promovem abaixo assinado contra a legalização da maconha

Deputado Marco Feliciano manifesta apoio incondicional ao movimento Maconha não e ao Corpo de Psicólogos Pró Família Presidido pela Psicóloga Marisa Lobo, para lutar contra a legalização da Maconha e de qualquer outras drogas, ou seja, substância psicoativa que venha prejudicar a saúde mental física e social do ser humano.

Este abaixo assinado tem por objetivo dizer não a qualquer tentativa de legalização da maconha e ou outras drogas, contraponto os argumentos irresponsáveis, manipuladores egoísta de um movimento nacional inconstitucional disfarçado de descriminalização e ou regulamentação que querem na verdade iludir a opinião pública e alienar a população com informações falsas descaracterizando os reais perigos físicos, mentais sociais e familiares presentes no uso da maconha; diz o Deputado Pr. Marco Feliciano.

Pesquisas internacionais realizadas inclusive por países onde a droga é legalizada constatam o perigo do uso precoce principalmente por crianças e adolescentes que serão os mais expostos ao uso contrariando as diretrizes do estatuto da criança e adolescente que visa à proteção das mesmas.
Sem respaldo da lei, 11.343- de 26 agosto de 2006, que já não criminaliza o usuário será impossível prevenir, argumentar, orientar, esclarecer e educar nossos jovens, incentivando as boas escolhas. Por entender todos esses perigos, precisamos de sua ajuda para fazer valer os direitos da família e do jovem que sonha com um futuro que será bloqueado com acesso fácil e indiscriminado de maconha e outras drogas. Afirma Marisa Lobo.

Todo ser humano tem direito e deveres o meu direito vai onde termina do outro, somos seres sociais dependemos um dos outros, a família é o elo de ligação do ser humano com o mundo, as relações sociais se tornam incapacitantes com uso da droga.Nossa luta deve ser pelo tratamento, prevenção reinserção social, devemos lutar por pesquisas tratamento educando, não propondo uso de droga.
Precisamos de sua ajuda junte-se a nós maconha não, Drogas nem pensar isso sim é segregação, é contra a família.

ACESSE O LINK E VOTE http://www.marcofeliciano.com.br/site/abaixoassinado.asp

VIA GRITOS DE ALERTA.
INF. GUIA ME

Ciência revela que as pessoas não nascem gays, diz autor de livro sobre a homossexualidade

Ciência revela que as pessoas não nascem gays, diz autor de livro sobre a homossexualidadeCiência revela que as pessoas não nascem gays – Em uma entrevista concedida ao jornal espanhol El Pais sobre seu livro “Compreender e sanar a homossexualidade”, Richard Cohen, quem se define a si mesmo com um “ex-gay”, afirmou que a Associação Norte-americana de Psicologia depois de muitas investigações chegou à conclusão de que as pessoas não nascem homossexuais.
O livro do Cohen foi colocado à venda em 2004. Agora em 2012 a editorial LibrosLibres fez uma nova edição que recebeu a aceitação do público incluindo os leitores homossexuais. Entretanto o movimento de lésbicas, gays, transexuais e bissexuais (conhecido pela sua sigla LGTB) pediu que o livro fosse retirado das livrarias o qual foi considerado como um ataque à liberdade de expressão.
Na entrevista ao El Pais e explicando a verdadeira origem da homossexualidade, Cohen afirmou que “em 2008, a Associação Norte-americana de Psicologia disse que embora houvesse muitas investigações sobre as possíveis causa genéticas, biológicas ou hormonais da orientação sexual, não houve descobertas que permitam aos cientistas chegar à conclusão de que a orientação sexual esteja determinada por um ou vários fatores particulares. A ciência diz que as pessoas não nascem gays”.
Ao ser perguntado se a homossexualidade é um fator biológico o autor do livro sustentou que aqueles que experimentam sentimentos homossexuais são homens e mulheres extremamente sensíveis e assinalou que eles “vivem uma relação com seus pais, com seus companheiros e com seu entorno, deferente à dos seus irmãos e às de outras pessoas ao seu redor. Essa sensibilidade pode assentar as bases para os sentimentos homossexuais”.
O autor do livro, que nos últimos 21 anos trabalhou como psicoterapeuta, confessa que suas reflexões partem de uma experiência pessoal e manifestou que “eu mesmo vivi como gay, tive um companheiro gay durante três anos”.
Entretanto durante muito tempo Cohen sofreu por viver nesse estado e reconheceu que não recebeu ajuda porque “muitos terapeutas me diziam que eu tinha nascido gay, que não havia nada a ser feito. Que eu devia aceitar e viver uma vida gay”.
O autor explicou que atrás das pessoas homossexuais quase sempre há uma história de dor que preferem ocultar.
“Sob meu desejo pelos homens havia uma ferida. Não recordava que meu tio tinha abusado sexualmente de mim. É algo que reprimi durante 25 anos, até que fiz minha terapia. Então encontrei a um mentor masculino, heterossexual. Quando experimentei o luto por esse abuso minhas tendências homossexuais desapareceram”.
Ao referir-se às causas da homossexualidade Cohen sustenta que o abuso sexual é uma das razões e explicou que “nunca é uma coisa só. É uma combinação de vários fatores. 50 por cento de meus clientes sofreu abuso sexual por parte de alguém do mesmo sexo”.
Logo depois de assinalar que os homossexuais são uma porcentagem pequena da população e muitos deles seguem sentindo-se mal consigo próprios apesar de seu bom estado físico já que “não importa quantos músculos desenvolvam, mesmo assim eles se sentem inferiores interiormente”.
Richard Cohen explicou logo que é um mito afirmar que se nasce gay porque cientificamente isso não é válido. “Mas tampouco se pode dizer que ser gay seja uma opção. A pessoa não acorda um dia e decide ser gay. Há uma série de fatores combinados que fazem que alguém se comporte como gay. Tratando centenas de homossexuais venho descobrindo que há uma série de contextos comuns em todos eles”, acrescentou.
Finalmente Cohen disse que “nas biografias dos famosos fica claro também: tiveram experiências similares. Rosie O’Donnell, Greg Luganis, Elton John, Ricky Martin, Ellen DeGeneres… todos têm histórias semelhantes.

VIA GRITOS DE ALERTA
Informações: ACI Digital

DENÚNCIA - Evangélicos são proibidos de orar em corredores de hospital em Pernambuco

Religiosos são proibidos de orar e pregar em corredores de hospitaEvangélicos são proibidos de orar em corredores de hospital – O incômodo causado pelo som alto das pregações evangélicas durante a visita a pacientes levou o Hospital Regional do Agreste (HRA), em Caruaru (130 km do Recife), a proibir a partir desse mês que religiosos realizem pregações ou orações em grupo nas enfermarias e corredores da unidade.
Segundo a direção do hospital público, referência no atendimento no agreste de Pernambuco, a determinação atende às reclamações de pacientes e visitantes, que estariam incomodados com as constantes pregações feitas em voz alta durante as visitas nas enfermarias.
Em nota pública, o diretor do HRA, José Bezerra, disse que respeita todas as religiões, mas explicou que as pessoas que quiserem realizar orações terão de utilizar a capela ecumênica da unidade, que estará aberta a todos os visitantes e pacientes que desejarem orar.
“Sabemos que existem pacientes que necessitam de um apoio, de uma palavra de conforto, e encontram tudo isso na religião. No entanto, nem todos os religiosos que fazem as visitas têm essa intenção. Muitos, além de visitar o seu paciente, acabam chamando atenção dos outros – muitas vezes a contragosto, porque não são da mesma religião, para que escutem o que eles têm a dizer”, diz o comunicado do diretor.
Segundo Bezerra, para que “fatos dessa natureza não voltem acontecer”, a direção decidiu liberar a entrada dos religiosos “apenas para visitas.” “Caso eles desejem realizar algum tipo de pregação ou oração em conjunto, podem se dirigir para a capela ecumênica do hospital, que está aberta para receber integrantes de qualquer religião.”
Limites éticos
A decisão do HRA foi elogiada pelo presidente da Associação Interreligiosa do Agreste, padre Everaldo Fernandes. “É uma boa oportunidade de fazermos uma releitura sobre essa pregação. Não vejo como intolerância religiosa, mas como uma forma de impor nossos limites, que me parece correto. O hospital deixa claro que quer a contribuição da religião, mas não pode dar espaço ao constrangimento”, afirmou.
Segundo o padre, a forma de pregação adotada por alguns religiosos já vem sendo discutido pelo grupo há algum tempo. “A religião, assim como a medicina, a advocacia ou qualquer outra crença, tem seus limites éticos. E nós precisamos pensar sobre as nossas práticas, que devem ser éticas, respeitando a todos.”
Para o pastor Arnóbio Silva, da Igreja Evangélica Congregacional Vale da Bênção, a decisão é equivocada. “Sou contra. Temos liberdade religiosa no país, e as visitas aos pacientes termina com uma oração. Se havia excessos, caberia orientar as pessoas que fazem a oração, em vez de proibi-las”, disse.

VIA GRITOS DE ALERTA
Informações: (UOL)

CUIDADO , GOLPE CONTRA IGREJAS - Homem é preso ao tentar trocar cheques roubados em igrejas evangélicas

Estelionatário é preso ao tentar passar cheque roubado igreja em SCEstelionatário tentou dar cheque de R$ 9 mil para igreja, mas pediu ‘troco’.
Suspeito dizia que queria fazer um benefício para evangélicos, diz polícia.
O suspeito de roubo e estelionato foi preso após tentar trocar cheques roubados em algumas igrejas evangélicas em Santa Catarina.
Segundo a Polícia Civil, alegando que faria um benefício para a comunidade evangélica, o homem tentava trocar um cheque roubado no valor de R$ 9.300, dizendo ue deixaria R$ 8 mil como doação para a igreja, mas que precisava do “troco” em dinheiro, para uma viagem.
Para o delegado Adelino Roberto Toigo, o golpe só não deu certo porque as igrejas não tinham o dinheiro disponível no momento e tiveram que procurar uma agência bancária.
A polícia passou a investigar o caso e o suspeito foi preso pela Polícia Militar após tentar trocar cheques roubados em outras igrejas evangélicas e tentar comprar uma gaita por R$2.200, também com cheque roubado.
No momento em que foi preso, ele apresentou o título de eleitor de um homem com mais de 70 anos, já morto. Ele tem 40 anos e também portava outros três cheques roubados que pretendia trocar em igrejas evangélicas, diz a polícia.
O suspeito será transferido para o Paraná, onde a Justiça havia decretado sua prisão em virtude de outros crimes.

VIA GRITOS DE ALERTA
Informações:G1

Fé de atletas evangélicos ganha pessoas para Jesus

Fé de atletas evangélicos ganha pessoas para Jesus
Ao fazer a coreografia da música “Ai se eu te pego” na comemoração de um gol, o astro português Cristiano Ronaldo gerou a curiosidade de milhões de torcedores do Real Madri. Pouco tempo depois, a música de Michel Teló “estourou” na Europa e tornou-se um hit em vários países.
O próprio músico reconheceu que foi Cristiano Ronaldo o responsável pela repercussão do hit. Em pouco tempo outros jogadores de outros times também comemoram seus gols dessa maneira, o que apenas contribui para aumentar o sucesso de Teló.
Mas até que ponto os gostos e opções de um atleta influenciam os seus fãs? Uma vez que o futebol é o esporte mais popular do mundo, a ato de mostrar camisetas com dizeres evangélicos já causou muita controvérsia. A FIFA chegou a proibir tal prática.
O pastor batista Jarbas Aragão conta que numa viagem a Singapura alguns anos atrás conheceu um pastor de Mianmar, onde os cristãos são perseguidos. Na ocasião, o pastor asiático o agradeceu pelos jogadores evangélicos da seleção brasileira de futebol.
Sem entender, o pastor brasileiro perguntou o motivo do agradecimento. Emocionado, o pastor de Mianmar contou que pela primeira vez na história de seu país o nome de “Jesus” apareceu na TV.Ele se referia à comemoração dos jogadores na copa de 2002, quando Kaká, Lúcio e outros vestiram camisetas brancas com referências a Jesus e oraram em campo depois do jogo.
Para Mianmar aquele foi um momento histórico, pois muitas pessoas o procuraram para saber se aquele Jesus dos jogadores era o mesmo que ele pregava.
De maneira semelhante, o astro de futebol americano Tim Tebow tem atraído à curiosidade dos fãs de futebol americano sobre os versículos que costumeiramente pinta em seu rosto. Durante o jogo do seu time, o Denver Broncos, contra o Pittsburg Steelers ele fez um lançamento incrível que culminou num touchdown e lhe garantiu a vitória.
A bola viajou exatas 316 jardas aéreas (290 metros). Quase que imediatamente o termo 316 foi associado ao versículo de João 3:16 que ele costuma pintar no rosto.
O Christian Post registra que “316” foi a expressão mais buscada no Google durante aquele final de semana. Como resultado, a Associação Billy Graham, que tem uma equipe de missionários 24 horas por dia evangelizando online usou isso para gerar tráfico para uma de suas páginas PeaceWithGod.net que explicava o versículo.
Na segunda-feira “John 316” ainda estava entre os termos mais procurados e a Associação missionária já registrava mais de 9 mil atendimentos online. Naquela semana, explica John Cass, líder do web ministério SearchforJesus.net, 170 pessoas que fizeram a busca por “316” aceitaram a Jesus nas salas de bate papo do site que pertence à Associação Billy Graham.
Por vezes, o compromisso dos atletas vai além de testemunho em entrevistas. Kaká, por exemplo, chegou a ser consagrado presbítero pela igreja Renascer. O apoiador Rivaldo acabou de assinar contrato com o Kabuscorp, de Angola.
Pelo Twitter, ele revelou que irá construir uma igreja no país africano e já havia, inclusive, comprado o terreno com essa finalidade há cinco meses. Evangélico, o melhor jogador do mundo de 1999, afirmou que sua ida à África vai muito além do futebol, que é plano de Deus para sua vida.
O pastor José Amâncio Neto, do Ministério Internacional Palavra Viva, já acompanhou a vida espiritual de muitos jogadores. Ele afirma que “o jogador de futebol é sempre uma pessoa visada e tida como referencial. Eles ditam moda e tendências que influenciam a sociedade. Em termos de fé, suas atitudes mostram isso nas comemorações de gols e o fato de não brigarem em campo. Isto causa impactado nos seus fãs e faz com que eles vejam e pensem que pessoas tão importantes para eles têm uma fé viva em Cristo Jesus”.
O pastor Amâncio lembra, inclusive, que em sua igreja há várias pessoas que se converteram pelo testemunho de jogadores. “Uma família de cinco pessoas, que hoje congregam conosco, passavam pela frente da igreja e viam os jogadores no culto. Um dia vieram ver o que eles faziam aqui, ouviram o que Deus fazia em suas vidas e ficaram. Hoje estão todos batizados e servindo ao Senhor

VIA GRITOS DE ALERTA
INF. GOSPEL PRIME

A CADA DIA UMA COISA DOIDA APARECE - “Chocolate espiritual” que usa orações como ingrediente é lançado nos EUA

foto-chocolate.jpgA empresa Intentional Chocolate está lançando um produto até agora inédito. Alegam usar como ingrediente secreto de sua nova linha de chocolates as “boas energias” provenientes de orações. Ela afirma que é a primeira linha 100% orgânica, aprovado pelas rígidas normais judaicas, kasher, e também vegan.
Através de uma “tecnologia revolucionária licenciada”, a empresa acredita que seu produto carrega “boas vibrações e energia positiva”. Esses elementos viriam através das meditações de budistas que passariam para o chocolate ainda na fábrica.
Esse teria sido o primeiro chocolate que o líder budista Dalai Lama já provou. Ele confirmou o fato em um comunicado de imprensa. “Acho que esse chocolate trará grande felicidade para a humanidade”, ele teria dito. Dalai Lama usou o Twitter para confirmar seu endosso.
A Intentional afirma que é cientificamente provado que o seu chocolate pode reduzir o stress e aumentar a energia de uma pessoa em até 67%, segundo os testes realizados pelo The Human Energy System Alliance (HESA). “Os chocolates incorporados com este novo ingrediente chamado de “Intenção” são capazes de diminuir significativamente o stress, aumentar a calma, e diminuir a fadiga daqueles que o consomem”.
Coincidentemente, Jim Walsh, o fundador da Intentional Chocolate também é o presidente da HESA, uma organização que acredita “não somos seres materiais, mas também seres energéticos, participantes de uma rede interconectada de troca energética entre todas as coisas. Há mais na comida do que é simplesmente colocado em nossa mesa. Durante séculos, os religiosos têm abençoado água, pão e vinho.”
A empresa esclarece que doa 20% de seu lucro líquido para “causas intencionais”, ou seja, que tem um propósito maior. O comunicado de imprensa afirma ainda que será “um tipo revolucionário de alimento, que mudará nosso conceito de alimentação, aumentando as vantagens já conhecidas do chocolate e adicionando uma dose extra de bem-estar”. mercado
Algumas publicações já o estão chamando de o primeiro “Chocolate Espiritual” disponível no mundo.


VIA GRITOS DE ALERTA
Traduzido e adaptado por Gospel Prime de Confectionery News e Market Watch

Organizadores do Salão Internacional Gospel comemoram a aprovação da música gospel como manifestação cultural

marcelo-rebelloMarcelo Rebello, diretor de marketing do Salão Internacional Gospel, comemorou a recentemente sancionada lei que considera a música gospel como manifestação cultural.

  • (Foto: MR1 Comunicação e Marketing)
    Marcelo Rebello idealizador do Salão Internacional Gospel.
“A Música Gospel, que tinha espaço apenas dentro das igrejas no início do século XIX, hoje é executada em todos os cantos do mundo”, disse Rebello.
A lei 12.590, que permite a concessão de benefícios com verbas públicas, foi sancionada nesta última segunda-feira, alterando a Lei Rounaet para estender os benefícios da renúncia fiscal também à música religiosa.
Em uma declaração oficial publicada neste sábado, Rebello lembra que pesquisas recentes mostram que tal mercado é um dos mais rentáveis do país, e o estilo presente entre os 10 CDs mais vendidos no Brasil.
“A verdade é que atualmente esse mercado não para de crescer e se multiplicar, movimenta mais de R$ 2 bilhões por ano e é o único segmento fonográfico que cresce em venda de discos no País”, afirmou Rebello.
tem um cantor gospel
O projeto de Lei da Câmara (PLC) 27/2009, cujo autor é o ex-deputado Bispo Rodovalho (PP-DF), propõe a mudança no artigo 31-A. “Para os efeitos desta lei, ficam reconhecidos como manifestação cultural a música gospel e os eventos a ela relacionados, exceto aqueles promovidos por igrejas”, diz o artigo.
O autor justifica que a música gospel é oriunda da tradição norte-americana que se disseminou no

  • Brasil, em grandes eventos. Assim, o estilo pode ser considerado como um gênero musical oficial.
    Para medir a popularização do estilo, Rebello relembra em 2007, a música “Recomeçar” de Aline Barros, incluída na trilha sonora da novela “Duas Caras”. Em 2009, houve o sucesso de “Faz um milagre em mim”, de Regis Danese, que virou tema dos gols do “Fantástico”.
    Em 2011, o próprio Marcelo teve a oportunidade de levar a música gospel para as telinhas e ajudar no popularização do estilo. Ele participou do programa da Eliana na emissora SBT, apresentando pela primeira vez o quadro “Tem um Cantor Gospel lá em casa”. Depois disso, até a Rede Globo abriu suas portas com o Festival e Troféu Promessas.
    Luciana Mazza, Diretora de Comunicação da Agencia MR1 e outra organizadora do Salão Internacional Gospel expressou também na mesma nota as suas palavras de contentamento. "Se 2011 foi um ano bom para a Música Gospel, 2012 será ainda melhor!”.
    “Começamos o mês de Janeiro ao som de Aline Barros no Show da Virada, logo após grandes oportunidades dentro da mídia como o Caldeirão do Huck, depois, a Música Gospel sendo reconhecida como uma manifestação cultural!”

    VIA GRITOS DE ALERTA.
    INF. CRISTIAN POST

    De mudança para Angola, ( MISSIONÁRIO ) Rivaldo anuncia construção de igreja no país africano

    O experiente meia Rivaldo postou em seu Twitter uma foto do terreno onde construirá a igreja
    A passagem de Rivaldo por Angola não se resumirá apenas ao futebol, já que ele defenderá por uma temporada o Kabuscorp, atual vice-campeão do campeonato angolano. Via Twitter, o experiente meia revelou que há cinco meses vem investindo na construção de uma igreja evangélica no país africano.
    “Quero compartilhar algo com vcs (sic): Deus já tinha preparado este meu tempo em Angola. Há cinco meses atrás eu já tinha investido nesta terra sem mesmo imaginar que um dia poderia jogar aqui”, escreveu o jogador, apresentado na última sexta-feira como jogador do Kabuscorp.
    “Minha vinda a Angola vai muito além do futebol. Estou muito feliz, hj (sic) fui visitar o nosso terreno, igreja Shammah ‘Deus esta aqui’”, completou Rivaldo, que também postou uma foto do terreno onde irá erguer a igreja.
    Depois de atuar pelo São Paulo no ano passado, o jogador, eleito o melhor do mundo em 1999, ficou sem clube até fechar contrato com o time angolano.

    VIA GRITOS DE ALERTA