Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 6, 2013

ANTICRISTO

Imagem
"Sua influência é mundial". (Apocalipse 13:8, pág. 333) Deus revelou na Torre de Babel (Gênesis 11:1-9) que Seu plano para as nações do mundo é a existência de nações soberanas, nenhuma delas com controle absoluto sobre todo o mundo. No entanto, durante os últimos dias, o Anticristo exercerá uma ditadura suprema sobre todo o globo. Essa ditadura será política, espiritual e econômica. Vemos esse controle político em Apocalipse 13:16, em que ele força tanto pequenos e grandes a receber a Marca da Besta. A palavra "grande" aqui significa literalmente aqueles que são poderosos politicamente. Vemos o aspecto espiritual em forçar a todos a adorá-lo. (Apocalipse 13:8) Finalmente, vemos a ditadura econômica em Apocalipse 13:16-17, em que ninguém pode comprar ou vender nada sem a Marca do Anticristo. "Ele elimina três reis em sua ascensão ao poder". (Daniel 7:8, 24, pág. 333) Interessantemente, esses três reis a quem o Anticristo destruirá em sua ascensão ao poder …

Fernandinho não se apresenta em festival gospel e gera polêmica

Imagem
O cantor gospel era a grande atração do festival gospel Sou De Cristo, na cidade de São Raimundo Nonato, Piauí. Ele não compareceu e o evento foi cancelado.

Em julho, Thalles Roberto cancelou um show na cidade de União dos Palmares, em Alagoas, alegando falta de som. O pastor Ivonélio Abraão, o contratante, disse diante de 500 pessoas que o cantor se negou a cantar pela falta de pagamento e pela falta de público e as pessoas chamaram o músico de mercenário.

Embora Thalles tenha se justificado posteriormente, o caso teve grande repercussão. Na verdade, foi parar na justiça, pois o pastor pede R$100 mil de indenização ao cantor, para cobrir o prejuízo que teve, já que não houve show.

Nesta semana, algo similar aconteceu com o cantor Fernandinho. O cantor gospel era a grande atração do festival gospel Sou De Cristo, na cidade de São Raimundo Nonato, Piauí. Ele não compareceu e o evento foi cancelado.

Os organizadores divulgaram que Fernandinho pediu o pagamento antecipado do cachê de R$ 45.0…

Senadores evangélicos querem enterrar proposta que criminaliza homofobia

Uma das preocupações de religiosos é que a nova lei puna criminalmente manifestações de igrejas contrárias a determinada orientação sexual.

A discussão em torno da proposta que define os crimes de discriminação ou preconceito de orientação sexual (PLC 122/2006) promete travar uma batalha no Congresso entre religiosos e apoiadores do movimento LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais). A proposta, que estava na pauta da Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado, foi alvo nesta quarta-feira de críticas por representantes da bancada evangélica.

O senador Magno Malta (PR- ES) disse que o relatório que será posto em discussão na CDH, de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS) não tem consenso. "É uma mula de sete cabeças, é um monstrengo, uma anomalia. No texto do senador Paim, se você é hetero (heterossexual) no Brasil, você não tem direito a mais nada. No Brasil, para ter direito a alguma coisa, você precisa ser negro, velho, índio, portador de deficiência ou homosse…

Senadores evangélicos querem enterrar proposta que criminaliza homofobia

Uma das preocupações de religiosos é que a nova lei puna criminalmente manifestações de igrejas contrárias a determinada orientação sexual.

A discussão em torno da proposta que define os crimes de discriminação ou preconceito de orientação sexual (PLC 122/2006) promete travar uma batalha no Congresso entre religiosos e apoiadores do movimento LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais). A proposta, que estava na pauta da Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado, foi alvo nesta quarta-feira de críticas por representantes da bancada evangélica.

O senador Magno Malta (PR- ES) disse que o relatório que será posto em discussão na CDH, de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS) não tem consenso. "É uma mula de sete cabeças, é um monstrengo, uma anomalia. No texto do senador Paim, se você é hetero (heterossexual) no Brasil, você não tem direito a mais nada. No Brasil, para ter direito a alguma coisa, você precisa ser negro, velho, índio, portador de deficiência ou homosse…

Senadores evangélicos querem enterrar proposta que criminaliza homofobia

Uma das preocupações de religiosos é que a nova lei puna criminalmente manifestações de igrejas contrárias a determinada orientação sexual.

A discussão em torno da proposta que define os crimes de discriminação ou preconceito de orientação sexual (PLC 122/2006) promete travar uma batalha no Congresso entre religiosos e apoiadores do movimento LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais). A proposta, que estava na pauta da Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado, foi alvo nesta quarta-feira de críticas por representantes da bancada evangélica.

O senador Magno Malta (PR- ES) disse que o relatório que será posto em discussão na CDH, de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS) não tem consenso. "É uma mula de sete cabeças, é um monstrengo, uma anomalia. No texto do senador Paim, se você é hetero (heterossexual) no Brasil, você não tem direito a mais nada. No Brasil, para ter direito a alguma coisa, você precisa ser negro, velho, índio, portador de deficiência ou homosse…

Nelson Mandela morre aos 95 anos

Imagem
O líder sul-africano Nelson Mandela, 95, morreu nesta quinta (5) em sua residência, em Johannesburgo, para onde havia sido levado no dia 1º de setembro após passar quase três meses internado para tratamento de uma infecção pulmonar.

O ex-presidente vivia em Johannesburgo com a mulher Graça Machel, viúva de Samora Machel (1933-1986), ex-presidente moçambicano.

Mandela foi o maior símbolo de combate ao regime de segregação racial conhecido como apartheid, que foi oficializado em 1948 na África do Sul e negava aos negros (maioria da população), mestiços e asiáticos (uma expressiva colônia de imigrantes) direitos políticos, sociais e econômicos.

A luta contra a discriminação no país o levou a ficar 27 anos preso, acusado de traição, sabotagem e conspiração contra o governo em 1963. Condenado à prisão perpétua, Mandela foi libertado em 11 de fevereiro de 1990, aos 72 anos. Durante sua saída, o líder foi ovacionado por uma multidão que o aguardava do lado de fora do presídio.

Em 1993, Nelson Ma…