quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Jovem dada como morta apresenta sinais vitais durante doação de órgãos


Uma jovem de 24 anos, dada como morta pelo diagnóstico médico apresentou sinais vitais na hora da retirada dos órgãos que seriam doados.
O fato curioso foi registrado na cidade de Curitiba, capital do Paraná. A mulher que não teve o nome divulgado, foi internada no dia 16 de dezembro, após sofrer um acidente de trânsito.
Ela apresentava lesões graves no pescoço. No dia 31 o hospital atestou a morte da jovem. Diante das circunstâncias, a família autorizou a doação de órgãos.
Na mesa de cirurgia a jovem apresentou sinais vitais e foi transferida à UTI. A mãe da moça, Maria das Graças, contou ao portal Banda B que o estado de saúde dela é bastante grave, mas estável.
Segundo os médicos a mulher está com problema no rim e precisa passar por hemodiálise. O caso chegou ser registrado pela polícia para que fosse descoberta a causa da morte, mas diante dos fatos o registro foi cancelado.

http://cgn.uol.com.br/noticia/77166/jovem-dada-como-morta-apresenta-sinais-vitais-durante-doacao-de-orgaos

MONTE FORTE BUSINESS - AQUI FAZEMOS BONS NEGÓCIOS


VERGONHOSO - Em meio a crise, Maranhão agora licita uísque escocês, champanhe e caviar

Em meio à crise nos presídios e na segurança pública do Maranhão, o governo Roseana Sarney (PMDB) abriu novo pregão de R$ 1,3 milhão para comprar itens como uísque escocês, champanhe e canapés de caviar para coquetéis e eventos oficiais.
O edital foi divulgado nesta quinta-feira (9) no site da Comissão Permanente de Licitação do Estado. A licitação está marcada para o dia 17. Procurada pela Folha, a assessoria de Roseana ainda não informou se vai se pronunciar sobre o caso.
Ontem o governo adiou o pregão que previa a compra de 80 kg de lagosta para as residências oficiais de Roseana, após a concorrência ter sido revelada pelo "Painel".
A nova licitação prevê a compra de bebida "em quantidades suficientes para atender a contendo todos os convidados", incluindo vinho importado "de primeira qualidade" (francês, italiano, chileno, espanhol e português) e champanhe "de primeira qualidade" (extra brut, brut, sec e demisec).
As refeições, com valor estimado em R$ 988 mil, incluem pratos como risoto de lagosta, camarão e caranguejo, cabrito ao vinho, caldeirada de camarão, bacalhau com natas e filé mignon à provençal.
De entrada, os eventos terão no cardápio casquinha de caranguejo, carpaccio de salmão e coquetel de mariscos. Já os convidados dos coquetéis oficiais do governo poderão comer canapés de salmão e caviar, "cartuchos de lagosta" e empanadas de camarão.
Ainda está prevista a compra de comida e bebida para "coffee breaks" e "brunches" promovidos pelo Estado.
TAPETE PERSA E LUSTRE DE CRISTAL
O governo Roseana prevê gastar R$ 403 mil para bancar a estrutura, a decoração e a equipe dos eventos. As recepções deverão ter lustre com estrutura de cristal e tapete persa dos tipos Golpayagan Sherkat e Kashmar.
O edital ainda inclui a contratação de decorador, cantor e recepcionistas bilíngues, todos sujeitos a "aprovação prévia" pelo Estado.
O cantor, por exemplo, deve ser apto a "interpretar canções de repertório popular, inclusive regionais, música ambiente, instrumentais e religiosas". Tudo conforme orientação do cerimonial da governadora.


http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2014/01/1395344-em-meio-a-crise-maranhao-agora-licita-uisque-escoces-champanhe-e-caviar.shtml

Bancada evangélica prevê muitas lutas para 2014


Bancada evangélica prevê muitas lutas para 2014Bancada evangélica prevê muitas lutas para 2014
2014 é um ano eleitoral e muitas decisões políticas serão tomadas levando isso em consideração. As bancadas evangélicas da Câmara e do Senado estão se articulando para barrar mudanças no Código Penal que devem ser votadas em breve.
Os principais alvos dos parlamentares religiosos são conhecidos: aborto, drogas e criminalização da homofobia. No final do ano passado, os políticos evangélicos conseguiram evitar que a PL 122 fosse adiante ao anexá-la à reforma do Código Penal.
Ao longo deste ano, eles tentarão fazer com que a criminalização da homofobia também seja retirada da reforma. Sabe-se que os parlamentares da bancada evangélica não querem algumas mudanças no texto do Código Penal, que data de 1940. Desde 2012 o texto do novo Código, elaborado por uma comissão de juristas, vem gerando polêmica ao abordar uma série de temas que ainda são tabu na sociedade.
O argumento principal é que a aprovação dos projetos acabará dando espaço para a “legitimação da pedofilia”, assegurando “privilégios aos homossexuais”, a legalização do aborto e a descriminalização do consumo de drogas.
De acordo com o deputado Marcos Rogério (PDT-RO), a proposta é de se diminui de 14 para 12 anos a idade máxima para tipificação de violência sexual contra vulneráveis. “Isso significa legalizar a pedofilia no Brasil”, disse o deputado.
Pouco conhecido, o Projeto de Lei do Senado 236/2012 foi aprovado em comissão especial no final do ano passado. Ele deve seguir em breve para ser votado na Comissão de Constituição e Justiça. Seu relator, o senador Pedro Taques (PDT-MT), disse que retirou a permissão de aborto nas 12 primeiras semanas de gravidez a pedido dos evangélicos.
“Em relação ao aborto, o relatório aprovado, do senador Pedro Taques, já atendeu à bancada evangélica. No entanto, enquanto o texto não for aprovado em plenário, alguém pode destacar e mudar tudo. É por isso que estamos vigilantes”, explica o deputado evangélico Marcos Rogério.
Os líderes da bancada religiosa afirmam estar atentos, pois como o texto ainda não foi para o plenário, qualquer deputado pode alterá-lo. O senador Magno Malta (PR-ES), que é membro da Frente em Favor da Família Brasileira, tem defendido que muitas dessas mudanças são, na verdade, “atentados contra a família”.“Isso não é coisa só de evangélico não, como se fossem só os evangélicos contra o resto do mundo. Tem católico, tem pessoas de várias religiões. Nossa atuação é em favor da família”, defendeu o senador.
É sempre importante que os eleitores cristãos fiquem de olho para saber como os seus deputados e senadores estão votando. De maneira especial quando os temas são tão relevantes:
Aborto: o texto original permite que a gestante interrompa por vontade própria a gravidez até a 12ª semana de gravidez. Embora tenha sido retirado, pode voltar a discussão quando for a plenário.
Uso de drogas: prevê a descriminalização da pessoa portadora de substância ilegal, porém, continua proibido o consumo em locais públicos.
Prostituição: legaliza as casas de prostituição e estabelece pena de nove anos em regime fechado para o dono da casa/ prostíbulo que obrigar uma pessoa a se prostituir.
Atualmente, a Frente Parlamentar Evangélica é formada por 73 parlamentares, sendo 70 deputados e três senadores. A Assembleia de Deus tem 22 representantes e está na coordenação da bancada através do deputado João Campos (PSDB-GO). São ainda 11 representantes da Igreja Batista, 8 da Igreja Presbiteriana, um da Igreja Universal, 3 da Igreja Quadrangular e 3 da Igreja Internacional da Graça de Deus. Outros 14 deputados pertencem a outras denominações. Os líderes da Bancada evangélica preveem um crescimento de 30% nas próximas eleições. Eles acreditam que podem alcançar 95 das 513 cadeiras da Câmara.
Com informações de Revista Forum e Congresso em Foco  GP

Silas Malafaia vai pedir para evangélicos não votarem em senador


O jornalista Lauro Jardim, do Radar on-line, adiantou o assunto que o pastor Silas Malafaia irá tratar em seu próximo programa: a posição do senador Walter Pinheiro diante da votação sobre o fim do Projeto de Lei 122/2006.

Nos últimos anos Malafaia prestou apoio ao senador, e por este motivo ficou desapontado ao ver que ele preferiu não votar no projeto que apensou a “lei da homofobia” ao projeto de Reforma do Código Penal.

Ao comentar a vitória sobre o fim do polêmico projeto, Mafalafaia afirmou que Pinheiro se acovardou ao omitir seu voto, mesmo sendo evangélico, para não desagradar o PT. Enquanto falava sobre a posição de Walter Pinheiro, Malafaia elogiou o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) que votou a favor do apensamento.

“Tenho eu aqui que ressalvar a atitude corajosa do senador Lindbergh Farias que contrariando a decisão partidária, votou pelo fim do PLC 122/06, ao contrário do senador Walter Pinheiro do PT da Bahia, que é membro da Igreja batista em salvador, e que muitas vezes eu o apoiei, de maneira covarde se ausentou do plenário na hora da votação”, escreveu ele no site Verdade Gospel.

Esse deve ser o discurso de Malafaia no próximo programa Vitória em Cristo, uma vez que no mesmo texto ele pediu para que os eleitores ficassem em alerta em relação ao nome dos senadores que votaram contra e a favor do projeto de autoria do senador Eduardo Lopes (PRB-RJ).

Sempre que se manifesta a respeito de assunto políticos Malafaia explica ao seus telespectadores que fala não como líder religioso, mas como cidadão que tem o direito de expressão sua opinião a respeito de qualquer tema como está garantido na Constituição Federal.

Mesmo fazendo sérias críticas ao Partido dos Trabalhadores, o pastor evangélico afirma que não demoniza partidos e lembra que já fez campanha para o ex-presidente Lula, e se mostra disposto a apoiar a candidatura de Lindebergh Farias para o Governo do Estado do Rio de Janeiro.

Fonte: Gospel Prime

Notícia sobre pastor que morreu ao tentar andar sobre as águas é falsa


Após constatar que a notícia tratava-se de um Hoax, termo em inglês usado para boatos na internet, o portal FolhaGospel.com excluiu a notícia de seu banco de dados.

A notícia dizia que um pastor africano chamado Franck Kabele, líder de uma Igreja em Libreville, capital do Gabão, teria recebido uma revelação que, se os fiéis tivessem fé o suficiente, seriam capazes de andar sobre as águas como Jesus. Ao tentar repetir o milagre bíblico, morreu afogado. As fontes indicadas são uma revista chamada Celebrity e um jornal de nome Glasgow Daily Record.

Uma pesquisa no site do jornal indica que tal matéria nunca foi publicada. O mesmo vale para a Celebrity, que como o nome indica, só apresenta fofocas de celebridades europeias, sem espaço para notícias de pessoas desconhecidas.

Em uma rápida pesquisa na internet, foi encontrada essa mesma notícia com data de 30 de agosto de 2006, vinda de uma única fonte. O fato de ser de um site dos EUA e não do Gabão é um sinal de alerta. Todas as demais matérias são cópias, algumas mudam um detalhe ou outro.

Para evitar que mais pessoas possam ler a notícia, mesmo que ela tivesse uma nota de errata, o portal FolhaGospel resolveu excluir a notícia para evitar que ela continue se propagando como verdadeira.

VIA  GRITOS DE ALERTA

Igreja só para ateus conquista fiéis pelo mundo e já tem sedes em 4 países


Em vez de sermão, conversas sobre sexo, gastronomia, viagens e outras coisas. Em vez de música religiosa, Beatles, Rolling Stones e Jerry Lee Lewis.

Uma igreja para quem não acredita em Deus. Pode parecer um absurdo, mas este é o conceito da Assembleia de Domingo (Sunday Assembly Church), que tem arregimentado cada vez mais fiéis na Austrália, no Canadá, nos Estados Unidos e no Reino Unido.

Open in new windowFundada no ano passado pelos comediantes britânicos Sanderson Jones e Pippa Evans, a igreja começou a se espalhar pelo mundo após uma campanha de arrecadação de fundos que incluiu turnês de shows de stand up da dupla. "Queríamos fazer algo parecido com uma igreja, mas sem Deus", explicou Jones à BBC.

Em sua página oficial na internet, a Assembleia de Domingo se apresenta como um lugar para celebrar a vida, sem doutrinas, onde qualquer um é benvindo e está sempre pronto a ajudar o próximo.

A igreja disponibiliza ainda documentos e diretrizes incentivando as pessoas a abrir sua própria filial da assembleia. Em Los Angeles, por exemplo, um braço relativamente novo da organização já organiza cultos para até 900 pessoas.

Fonte: Paraiba

Católicos entram com ação na Justiça contra pastor pelo crime de intolerância religiosa


Segundo os católicos, o pastor denegriu a imagem da Igreja Católica e dos fiéis ao declarar que o choro de uma imagem de Nossa Senhora de Fátima foi obra do demônio.

Um grupo de católicos está entrando com ações na justiça contra o senhor Luiz Lourenço, mais conhecido como “Pastor Poroca”, da cidade de Marizópolis, no Sertão da Paraíba, pelo crime de intolerância religiosa.

Open in new windowSegundo os católicos, o pastor “Poroca”, denegriu a imagem da Igreja Católica, bem como dos fiéis, através de suas declarações.

A última declaração de 'Poroca' foi a respeito da imagem de Nossa Senhora de Fátima, que teria chorado, durante um velório na cidade de Marizópolis. Para o pastor, isso foi obra do demônio.

A declaração não agradou em nada os fiéis católicos que, prometem ingressar com ações na Justiça contra o pastor.

A polêmica do choro da santa católica

O pastor Luiz Lourenço, mais conhecido como "Pastor Poroca", creditou ao demônio suposto de choro da imagem de Nossa Senhora de Fátima durante o velório do aposentado Antônio Nonato, no último domingo, em Marizópolis, Sertão paraibano.

De acordo com testemunhas, um dos funcionários da funerária percebeu que havia lágrimas nos olhos da imagem da santa que estava pendurada em uma parede ao lado do caixão do morto.

Poroca afirmou que não procede a informação que a Santa chorou. “É mentira, nem os vivos estão mais chorando no mundo de hoje, imagine só uma imagem feita de papel, é tudo espírito de demônio”, disse o reverendo.




Fonte: Paraíba

MUNDO VIRADO - Líder religioso deve ser acusado de crime de homofobia ao pregar contra homossexuais, revela pesquisa


Pesquisa do IBOPE Inteligência/CNT revelou entre outras, que maioria é a favor de um novo casamento religioso para divorciados e que a população fica dividida quando perguntada se ser homossexual é ferir os preceitos de uma religião.

Numa pesquisa para a revista “Época”, o Ibope Inteligência/CNT (Confederação Nacional dos Transportes) perguntou a 2.002 entrevistados se um líder religioso deve ser acusado pelo crime de homofobia ao pregar contra homossexuais. A maioria (60%) declarou que sim. O estudo também revelou que 73% dos entrevistados não consideram que os preceitos de uma religião são feridos com o uso da camisinha e 55% acham que o tema homossexualidade deve ser incluído no currículo das aulas de educação sexual. O site do Ibope publicou outros resultados do estudo. Leia na íntegra:

Quase sete em cada dez brasileiros (65%) são a favor de que a Igreja Católica passe a aceitar que padres possam se casar e constituir família. É o que mostra uma pesquisa do IBOPE Inteligência/CNT (Confederação Nacional dos Transportes) para a revista Época.

Ainda segundo o estudo, a população se divide com o fato de que mulheres exerçam o papel de padres: 48% são contra e 46%, a favor. Por outro lado, a maioria (74%) é contra a ideia de que a Igreja Católica aceite padres homossexuais/gays e 64% são contra a possibilidade de pessoas que não fizeram seminário celebrar missas.

O estudo também mostra que para 60% dos brasileiros, atualmente, o maior problema da Igreja Católica são os casos de pedofilia, seguidos da corrupção (16%) e do distanciamento da realidade dos fieis (8%).

Quando questionados se um pessoa fere os preceitos de sua religião, independente de qual seja, se fizer aborto, 69% dos entrevistados respondem que sim e 27%, que não. Já para o uso de pílula anticoncepcional ou camisinha, o resultado inverte: a maioria (73%) não considera que os preceitos de uma religião são feridos ao utilizar esses métodos contraceptivos, assim como 61% dizem que sexo antes do casamento não fere os princípios de uma religião. Mas, a população fica dividida quando o tema é homossexualidade: para 45%, ser homossexual é ferir os preceitos de uma religião, enquanto 49% discordam.

A pesquisa também perguntou se um líder religioso deve ser acusado pelo crime de homofobia se pregar contra homossexuais: grande parte (60%) declara que sim e 55% também acham que o tema homossexualidade deve ser incluído no currículo das aulas de educação sexual.

Casamento

Oito em cada dez brasileiros (80%) são a favor de que divorciados se casem religiosamente de novo, 76% são favoráveis à ideia de que instituições religiosas celebrem matrimônios entre casais que já tiveram relação sexual e 62% apoiam a celebração religiosa de casamentos entre casais que não praticam a religião na qual vão se casar. Por outro lado, 61% são contra a possibilidade das instituições religiosas realizarem a união entre pessoas do mesmo sexo.

Papa

Depois da escolha do novo papa, a confiança de 37% dos brasileiros na Igreja Católica aumentou, enquanto apenas 4% dizem que diminuiu. No entanto, para a maioria da população (59%), a confiança permaneceu a mesma.

Dos 2.002 entrevistados entre os dias 5 e 9 de dezembro de 2013, em 141 municípios, 61% são católicos, 24% evangélicos e 4% de outras religiões. Mais da metade (59%) declara ser praticante. Os que não tem religião somam 10%. A margem de erro é de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Fonte: Ibope

Número de cristãos assassinados por causa da fé dobrou em 2013


Número de cristãos assassinados por causa da fé dobrou em 2013Número de cristãos assassinados pela fé dobrou em 2013
Relatório da Portas Abertas mostra que extremismo islâmico é o maior perseguidor da igreja
Os relatos sobre cristãos sendo mortos em todo o mundo por causa de sua fé dobraram em 2013, se comparado com o ano anterior. Somente os casos na Síria superando o total registrado em 2012, de acordo com uma pesquisa anual.
A missão Portas Abertas, que se dedica a prestar apoio a cristãos perseguidos ao redor do mundo, divulgou nesta quarta (8) que documentou 2.123 de “martírios”, comparado com os 1.201 de 2012. Foram 1.213 mortes desse tipo na Síria no ano passado, afirma o documento.
“Este é um levantamento mínimo, baseado naquilo que foi relatado na mídia e que podemos confirmar”, explica Frans Veerman, diretor de pesquisas para a Portas Abertas. Existem outras estimativas similares, feitas por diferente grupos cristãos que afirmam que a o total de cristãos mortos em 2013 pode chegar a 8 mil.
A missão relata que houve um aumento da violência contra cristãos na África. Afirma ainda que grupos muçulmanos radicais são as principais fontes de perseguição em 36 dos países do ranking de perseguição publicada pela missão anualmente.
“O extremismo islâmico é o pior perseguidor da Igreja mundial”, acusa a entidade. Para o Portas Abertas, a Coreia do Norte continua sendo o maior perseguidor, sendo o país mais perigoso para cristãos, posição que ocupa desde que a pesquisa começou a ser realizada pela missão, há 12 anos.
Embora seja difícil confirmar os dados por causa da censura oficial, o relatório afirma que na Coreia do Norte os cristãos enfrentam “a mais alta pressão imaginável” e que mais de 50 mil vivem em campos para presos políticos.
Também é difícil calcular com exatidão os números de cristãos mortos na Líbia, que vive uma guerra civil há mais de dois anos e onde os cristãos se tornaram os maiores alvos dos rebeldes islâmicos, que os consideram apoiadores do presidente Bashar al Assad.
“Na Síria, uma outra guerra está crescendo à sombra da guerra civil – a guerra contra a igreja”, afirma Michel Varton, líder do Portas Abertas na França. Embora a lista do Portas Abertas analise apenas 50 nações, acredita-se que os cristãos enfrentam restrições e ameaças em 111 países. No levantamento do número de assassinatos, a Síria foi seguido pela Nigéria com 612 casos no ano passado (foram 791 em 2012). Paquistão ficou em terceiro com 88 (foram 15 em 2012). O Egito ocupa o quarto lugar com 83 mortes (foram 19 em 2012).
Os 10 países que mais perseguem cristãos
1º Coreia do Norte
2º Somália
3º Síria
4º Iraque
5º Afeganistão
6º Arábia Saudita
7º Maldivas
8º Paquistão
9º Irã
10º Iêmen
Com informações de Reuters e Yahoo

Satanistas querem atrair crianças - Pedido de Templo Satânico provoca debate sobre liberdade religiosa


Satanistas querem atrair criançasSatanistas querem atrair crianças
Até onde vai a liberdade religiosa? No Estado do Oklahoma, a polêmica que se arrasta nos últimos meses é por causa de um pedido assustador para os cristãos.
A organização Templo Satânico pediu para colocar uma estátua com dois metros de altura que em frente à sede do governo. Sua motivação é que grupos cristãos colocam estátuas em locais públicos e, portanto, eles também têm esse direito. Quando deputados deram permissão para a construção de um monumentos aos Dez Mandamentos nos jardins do capitólio de Oklahoma, em 2012 vários grupos religiosos alegaram igualdade de direitos. Desde então ocorre uma batalha legal.
Num primeiro momento, o pedido foi negado pelo governo. Contudo, nesta segunda (6) o grupo assumidamente satanista divulgou como seria a estátua, uma representação de uma ser parte homem e parte bode. Ele está sentado em um trono marcado pelo pentagrama. Embora recebe outros nomes, a imagem é conhecida como Bafomete, essa figura mística que é adorada por grupos satanistas no mundo todo. Alguns grupos maçônicos também usam essa figura, cujo nome teria origem na união de dois vocábulos gregos, “Baphe” e “Metis”, significando “Batismo de Sabedoria”.
senta no satanasSegundo foi divulgado, a estátua custaria cerca de US$ 20 mil [R$ 46 mil] e o grupo satânico está fazendo uma arrecadação online pois só disporia de metade desse valor.
O diferencial dessa iniciativa satânica é a tentativa de parecer amigável, tendo um menino e uma menina ao seu lado. Essa seria uma maneira de mostrar um lado mais “amigável” do satanismo, onde até mesmo as crianças podem se envolver. Para os opositores da ideia, a intenção seria apenas atrair as crianças.
Projeto de estátua de adoração satânica
Lucien Greaves, porta-voz do Templo Satânico, afirma em um comunicado: “Nosso monumento celebra a respeito constitucional pela liberdade religiosa e pela liberdade de expressão. O satanismo é um componente fundamental para a concepção da liberdade em nosso país… A estátua terá um propósito funcional, sendo uma cadeira onde as pessoas de todas as idades poderão se sentar no colo de Satanás em busca de inspiração e contemplação”.
O governo de Oklahoma não tem se pronunciado, limitando-se a dizer que está analisando todas as novas solicitações.
Com informações de Christian Post e Yahoo