quinta-feira, 4 de junho de 2015

Igreja da Maconha tem autorização para funcionar nos Estados Unidos

A Secretaria do Estado de Indiana, nos Estados Unidos, aprovou o registro de uma igreja que tem como sacramento a maconha. A Primeira Igreja dos Cannabis agora é uma religião autorizada e até possui isenção fiscal.
Criada por Bill Levin, a igreja se vale de uma lei aprovada pelo governador Mike Pence que restaura a liberdade religiosa no Estado e assegura o direito de exercer suas crenças.
A igreja da maconha diz que sua crença é baseada no “amor e compreensão com compaixão por todos” e o ato de venerar e aprovar o consumo da erva faz com que a lei aprovada em Indiana ganhe um novo debate, já que até então a briga era entre conservadores e homossexuais.
A lei dá direito às igrejas continuarem pregando que o homossexualismo é pecado, enquanto os movimentos LGBTs tentavam impedir esse tipo de ensinamento. E no meio desse debate aparece Levin que se intitula como “ministro do Amor” criando os 12 mandamentos da Primeira Igreja dos Cannabis.
Entre os mandamentos encontramos: “Ria mais, compartilhe humor”, “Não seja um troll na internet” e “Gaste pelo menos dez minutos por dia contemplando a vida em um espaço silencioso”.
Além de mandamentos, a igreja já divulgou como o dízimo será pago e já coletou US$ 10,8 mil por meio de 634 doações. O problema da igreja é que em Indiana a comercialização da maconha é proibida, então os fiéis terão que plantar e compartilhar a droga. Com informações Época

Igrejas brasileiras realizam o DIP 2015


Igrejas brasileiras realizam o DIP 2015
O Domingo da Igreja Perseguida aconteceu em mais de 7.000 igrejas em todo o país. Isso só foi possível por meio da participação ativa dos organizadores que abraçaram a causa.
O DIP é considerado o maior evento da Portas Abertas Brasil juntamente com seus parceiros. Em 2015, o DIP aconteceu oficialmente no último domingo (31) em todo o Brasil. Os resultados foram os melhores possíveis. O engajamento e dedicação das igrejas têm aumentado a cada ano. Contudo, toda a programação realizada nos cultos não seria possível sem o comprometimento dos organizadores. Eles foram primordiais para o bom desenvolvimento do DIP em cada igreja. 
Todos os organizadores receberam materiais para divulgarem e distribuírem em suas igrejas a respeito dos cristãos perseguidos. Muitos compartilharam suas experiências com o DIP. “É maravilhoso compartilhar com a igreja o sofrimento dos nossos irmãos perseguidos, orar por eles, realizar o culto como se estivéssemos vivendo uma perseguição, com o foco de conscientizar os membros, despertar isso neles. Que os cristãos sejam fortalecidos pelo amor de nosso Senhor Jesus Cristo”, escreveu uma organizadora em nossa página noFacebook.
Também na mesma rede social, Fabia, que levou o DIP pela primeira vez à sua igreja, compartilhou: “Para mim tem sido uma experiência muito edificante, porque tenho dado mais valor à liberdade que tenho.” No culto à noite, emocionada e feliz, ela declarou: “Eu creio que hoje será um divisor de águas na nossa igreja em relação à Igreja Perseguida. Muitos que não conheciam, já estão conhecendo e os que não tinham interesse nenhum, vão ter!”

Marcha para Jesus ocorre nesta quinta em São Paulo

A 23ª Marcha para Jesus acontece nesta quinta-feira (4), em São Paulo, com o tema "Exaltando o Rei dos Reis". Considerada pelos organizadores o maior evento popular cristão do mundo, a marcha sairá da estão Luz do metrô (região central) às 10h e seguirá em direção à praça Heróis da FEB (Força Expedicionária Brasileira), próximo ao Campo de Marte (zona norte), onde estão programados uma série de shows com temática gospel. Entre os músicos e bandas programados estão Renascer Praise, Ao Cubo, Banda DOPA, Thalles Roberto, Marcelo Aguiar, Pregador Luo, Gui Rebustini, Bruna Karla e Aline Barros. A organização pede que os participantes não fiquem na porta do metrô para não atrapalhar a passagem. Também solicita que crianças mantenham um crachá com nome, nome da mãe e telefone para contato. Um modelo pode ser baixado do site do evento (www.marchaparajesus.com.br). Trios elétricos acompanharão a marcha. Antes da saída dos trios, está prevista a Marcha Kids. Segundo a organização, crianças acompanhadas percorrerão todo trajeto embalados por músicas infantis. "A verdade da Marcha é que ela representa a união, a comunhão de todos aqueles que acreditam em Jesus Cristo como filho de Deus e nosso desejo de expressar essa fé", afirma o apóstolo Estevam Hernandes, da igreja Renascer em Cristo. TRÂNSITO Os ônibus de caravanas poderão estacionar na rua Olavo Fontoura, ao lado do Hospital da Aeronáutica. A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo) ainda não divulgou se haverá vias bloqueadas. A Prefeitura de São Paulo alterou o itinerário de 20 linhas de ônibus municipais, que terão trajetos alternativos das 23h desta quarta (3) até as 4h de sexta-feira (5) para facilitar o acesso ao local e dar fluidez ao transporte coletivo.