segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Antigo manuscrito bíblico pode revelar `segredos´


Antigo manuscrito bíblico pode revelar `segredos´
Diferentes especialistas e líderes cristãos esperam revelar um texto “oculto” no Codex Zacynthius, antigo manuscrito do Novo Testamento, datado do sexto ou sétimo século.
Durante mais de 200 anos o Codex estava no museu da Sociedade Bíblica Britânica e Estrangeira, que decidiu vende-lo recentemente para arrecadar fundos. A Biblioteca da Universidade de Cambridge pagou 1.700.000 dólares por ele.
Agora, os peritos da universidade se dedicam a analisar suas 176 páginas. Cerca de 700 anos após ser escrito, partes do texto do Evangelho de Lucas desapareceram e novas entradas foram feitas sobre o original. Eles acreditam que a análise com a tecnologia atual oferecerá revelações sobre como o evangelho foi transmitido.
Conhecido desde 1861, quando foi traduzido pela primeira vez, acredita-se que continha erros e partes dele foram raspadas e reescritas no século 13. Embora fosse prática comum numa época em que era rara a redação desse tipo, agora poderá mostrar que tipo de modificação foi feita nas suas folhas de couro de animal tratado.
“A descoberta e identificação do texto apagado é uma fascinante história de detetive,” disse o Dr. Rowan Williams, ex-líder da Igreja da Inglaterra. “Ao analisar o manuscrito, esperamos que técnicas de imagem multiespectrais permitam que os estudiosos recuperem totalmente o texto oculto”. O que faz o Codex Zacynthius ser tão valioso é o fato de ser o mais antigo manuscrito do Novo Testamento com um comentário ao lado do texto, que poderá lançar uma nova luz sobre o desenvolvimento e a interpretação do Evangelho de São Lucas. 

Igreja Renascer realiza culto para empresários nesta segunda

Nesta segunda-feira (15.09), a partir das 20 horas, acontece a reunião da AREPE (Associação Renascer de Empresários e Profissionais Evangélicos), em todas as igrejas Renascer em Cristo, com a ministração do oitavo dia da campanha "12 Encontros de Conquistas".
 
O culto é direcionado a empresários, profissionais liberais e para pessoas que precisam de restauração e um direcionamento na área profissional.
 
No Renascer hall, sede internacional da Renascer em Cristo, em São Paulo, as PALESTRAS são ministradas pelo Apóstolo Estevam Hernandes.
 
 
Relembre os últimos temas da campanha:
 
1º dia: Encontro de Abraão
2º dia: Encontro de Jacó 
3º dia: Encontro de José 
4º dia: Encontro de Elias 
5º dia: Encontro de Daniel 
6º dia: Encontro de Ester
7º dia: Encontro de Isaque
 
 
Serviço:
Culto da AREPE
Data: todas as segundas-feiras
Horário: 20 horas
Local: Todas as igrejas Renascer em Cristo
Endereço da sede internacional: Rua Dr. Almeida Lima, 1290 - Mooca (São Paulo/SP)

Deputados evangélicos aparecem na lista dos mais atuantes no Congresso

Entre os 20 deputados federais mais atuantes no Congresso Nacional, três são evangélicos. O ranking com todos os nomes de parlamentares foi montado pelo site Atlas Político que avaliou cinco dimensões dando pontos de 0 a 1 para cada uma delas, o parlamentar com pontos mais próximos do 5 aparecem nas primeiras posições.
As dimensões analisadas foram: Representatividade, Campanha Responsável, Ativismo Legislativo, Debate Parlamentar, e Fidelidade Partidária, que juntas formam o que o site chama de 5D. O conteúdo das propostas e se são candidatos da esquerda ou direita não foram avaliados, apenas a participação ativa de cada um dos deputados.
Entre os evangélicos, o primeiro a aparecer é o deputado Roberto de Lucena (PV-SP) que ocupa o quinto lugar do ranking 5D com 3.97 pontos. Lucena é pastor da Igreja O Brasil Para Cristo de Arujá, Grande São Paulo, e está em seu primeiro mandado.
Já o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) está em 15º lugar com 3.54 pontos. Candidato ao Governo do Rio de Janeiro, como deputado ganhou nota máxima (1) na dimensão de “Debate Parlamentar” e também pela “Representatividade”.
O Pastor Marco Feliciano está em 17º lugar com 3.52 pontos tendo como nota máxima 0.92 em relação a “Fidelidade Partidária”. Eleito com mais de 213 mil votos, Feliciano ganhou destaque na imprensa ao assumir a Comissão de Direitos Humanos e Minorias em 2013, cargo que exerceu após ser indicado pelo partido e eleito pelos participantes da Comissão. Veja a lista completa dos deputados aqui.

“Não chame meninas de princesas”, diz campanha da Avon

Uma campanha da Avon tem gerado polêmica nas redes sociais por pedir aos pais que não chamem suas filhas de “princesas”, dizendo que o elo...