Postagens

Mostrando postagens de Agosto 26, 2015

VANDALISMO TOTAL - IGREJA MADUREIRA TEM SUAS PAREDES PICHADAS .

Imagem
Pichação contra Eduardo Cunha, em igreja de Campinas, foi apagada (Foto: Reprodução Facebook e G1) Pichada após ser mencionada em denúncia da Procuradoria Geral da República contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a igreja evangélica Assembleia de Deus, em Campinas (SP), apagou o protesto que pedia "cadeia" para o peemedebista. De acordo com o documento enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado teria orientado dois depósitos à instituição, que somam R$ 250 mil, para lavar dinheiro de propina no esquema de corrupção da Petrobrás. O político se diz inocente.

G1 foi ao templo localizado na Rua Barão de Parnaíba, uma das vias mais antigas da região central, nesta terça-feira (25). Em meio às obras que visam garantir mais acessibilidade aos fieis na entrada principal, a igreja mantém a rotina de cultos e silêncio sobre o suposto envolvimento na Operação Lava Jato. Tanto que um voluntário garantiu desconhecer o protesto contra Cunha registrado na facha…

Boko Haram já matou cerca de oito mil fiéis de uma única denominação cristã, segundo pastor nigeriano

Imagem
O Bokom Haram já matou cerca de oito mil cristãos, membros de uma única denominação - desde a fundação da comunidade cristã até hoje - na Nigéria. As informações foram confirmadas pelo próprio líder da "Church of the Brethren" ("Igreja dos Irmãos"), que tem congregações espalhadas por todo o país. De acordo com o Christian Post, reverendo Samuel Dali disse que o grupo terrorista destruiu cerca de 70 por cento das igrejas. "70% das nossas igrejas foram destruídas pelo Boko Haram nos estados de Adamawa, Yobe e Borno. Mais de oito mil de nossos membros foram mortos, 176 das meninas sequestradas em Chibok são de nossas igrejas", disse Dali, que é o presidente nacional da denominação. Muitos pastores que cuidavam destas igrejas perderam seus EMPREGOS desde que foram destruídas. O Boko Haram tem lutado contra as forças armadas nigerianas para controlar cidades no nordeste da Nigéria. Na semana passada, o grupo matou cerca de 150 pessoas que tentavam invadir a aldei…