domingo, 10 de julho de 2011

Ministério de mobilização em prol dos muçulmanos comemora 50 anos

Ministério de mobilização em prol dos muçulmanos comemora 50 
anos

Orações e criativos eventos evangelísticos marcarão comemoração no decorrer de um ano
A Operação Mobilização está comemorando 50 anos de ministério com a conferência “Transforme 2011” que acontecerá neste mês em Roma.

Durante o evento uma corrente de oração será iniciada por uma equipe que estará integralmente dedicada à adoração e oração pelo povo muçulmano. Eles irão orar por duas semanas e depois passar o bastão para outra equipe de oração do Operação Mobilização e assim por diante.

O bastão de oração será passado entre as equipes de semana a semana, até a conferência Transforme 2012, em Julho do próximo ano. Várias semanas contarão com a participação de diferentes grupos muçulmanos, para que todos possam ser cobertos com oração.

Esta iniciativa de comemorar seu aniversário através da oração é apropriada, considerando que o próprio ministério “Operação Mobilização” nasceu após a fervorosa oração de um jovem estudante universitário. Deus deu ao fundador George Verwer (foto) uma visão para missões quando ele ainda estava freqüentando o Instituto Bíblico Moody.

Em outubro de 1961, Operação Mobilização iniciou a sua primeira evangelização muçulmana na Turquia. Desde então, cresceu e atualmente conta com centenas de trabalhadores em 50 países diferentes. E tudo começou com o poder da oração!

Esta semana (de 4 a 10 de julho) é dedicada à oração pelos muçulmanos na Turquia. Em seu boletim de oração, a Operação Mobilização afirma: "Para eles, ser um turco é ser um muçulmano." Aparentemente, a maioria das províncias turcas ainda não foi alcançada pelo Evangelho, e eles vêm com esse pressuposto de que seguir o Islã é a única forma de viver.

Além disso, mais de 40% da população turca está sob a idade de 21 anos. Mesmo com essa estatística, ainda há pouco esforço para alcançar essa juventude na Turquia.

Para as próximas semanas de oração deste mês, as áreas de foco serão no Líbano, Egito e Qatar. Eventualmente, o povo muçulmano em mais de 20 países da região mediterrânica será coberto com as orações dos crentes. 450 milhões de pessoas vivem nesses países, mas muito poucos conhecem a mensagem de redenção através de Jesus Cristo.

Além de oração, os membros da equipe “Transforme” estarão se reunindo nesta semana para se preparar para irem em várias missões, a começar neste sábado (9). Trinta equipes irão viajar para 17 países diferentes para ministrar aos muçulmanos nessas regiões. Eles vão anunciar o Evangelho através do esporte ministérios, drama, espetáculos de marionetes, esquetes e dança.

Fonte: Christian Telegraph / Redação CPAD News

Centro Ministerial Diante do Trono Atende Mais de 500 em Aquidauna

CMDTO Centro Ministerial Diante do Trono (CTMDT) realizou oficinas na Fundação de Cultura de Aquidauna, atendendo mais de 500 pessoas.
(Foto: Centro Ministerial Diante do Trono (CTMDT))
O Centro Ministerial Diante do Trono (CTMDT) realizou oficinas na Fundação de Cultura de Aquidauna, atendendo mais de 500 pessoas.
As oficinas nas áreas de louvor, dança, teatro, evangelismo social e outros, foram prestigiadas pelos participantes entre os dias 04 e 07 de julho.
O treinamento também preparou uma apresentação musical “Quem é Este?” na noite de terça-feira, contando a morte, os milagres e a ressurreição de Cristo.
“A apresentação encheu os corações dos participantes de alegria e um espírito de júbilo tomou conta de todos que oraram por Aquidauana, pularam e dançaram de alegria ao som da banda CTMDT”, afirmou o pastor Abraão Izumi, segundo a Agecom.
Os líderes evangélicos foram treinados por um centro que representa a vanguarda das ações evangelísticas e, segundo o organizador do evento, pastor Abraão Izumi, esta foi uma grande oportunidade para eles.
Abraão Izumi, presidente da Associação Ação Evangélica do Brasil, revelou que não tinham condições para realizar o evento mas foi uma benção e um milagre de Deus.
“Vejo o milagre se materializando nas vidas dos nossos parceiros que foram canais de Deus para que o evento pudesse acontecer”, declarou Abraão.
O Centro Ministerial Diante do Trono surgiu a partir de um curso de louvor e adoração que teve a primeira turma recebida em 2004 como resultado de um projeto planejado pela líder do Diante do Trono, Ana Paula Valadão. Depois disso houve uma fusão do curso de louvor com o curso de missões já existente. A partir dai, missão e louvor caminharam juntos no treinamento de mais de 420 estudantes graduados.
A direção da escola tem como responsável o pastor Gustavo Borja Bessa. A escola visa promover conhecimento bíblico e teológico, crescimento espiritual e capacitação técnica. São realizados também ao longo do ano projetos sociais em comunidades carentes, viagens de curto e longo prazao e impactos evangelísticos.

Marina Silva Não Quer Rótulo de Líder Messiânica

Marina Silva, que projetou seu nome e os ideais no Partido Verde, agora com sua saída, marca agora uma tendência do PV talvez negativa. Ganhando o carisma de muitos, a senadora evangélica disse que quer evitar ser rotulada de messiânica.

No dia que marcou sua saída do PV, Marina Silva recebeu críticas de uma suposta tendência messiânica. A senadora disse que tem que “administrar o seu carisma” com os seus seguidores.
"A coisa mais difícil que tem é administrar o carisma. Porque as lideranças carismáticas podem pensar que podem tudo. E isso é uma ilusão, não podem”.
Para Marina Silva, a melhor forma é saber que o carisma não deve ser usado de qualquer forma e que "as lideranças carismáticas, messiânicas, talvez tenham cumprido um papel na História."
"Jesus nunca se deixou aprisionar pelas armadilhas nem do seu carisma nem do seu poder", afirmou ela em discursos anteriores.
Apesar de seu carisma, a senadora Marina tem que agora lidar com o problema que ela vai estar sem partido, pela primeira vez em 30 anos. Ela reconhece que vai perder visibilidade ainda que não queira criar ansiedade com esse fato.
"Temos que abaixar a ansiedade com essa coisa de ser visto. Não vou ficar com uma melancia no pescoço, fazendo cambalhota para ser vista", disse Marina à Folha.
Com isso, seus aliados ficam preocupados, e planejam uma sigla para concorrer novamente às eleições em 2014.
Marina Silva declarou a desfiliação do Partido Verde no evento “Encontro por uma nova política”, realizado em São Paulo, nesta quinta-feira.
Juntamente com seus aliados que também estão saindo do partido, Marina prevê a criação de um movimento para discutir política com o lema “verde e cidadania”.
O Partido Verde, com sua saída, perde 20 milhões de votos ganhos por ela nas eleições para presidente em 2010, segundo especialistas da área.
Marina Silva deve continuar o seu foco na luta socioambiental e neste momento, sem gabinete, a senadora pretende usar órgãos como o Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS) e o fórum de ex-ministros do Meio Ambiente.

EUA: marido de candidata à presidência tenta "curar" gays

A clínica aconselha aos homossexuais que buscam seus serviços que rezem e compareçam à igreja para solucionar o problema.

Uma clínica de recuperação para gays, que pertence ao marido da integrante do Tea Party, partido conservador americano, Michele Bachmann, aconselha aos homossexuais que buscam seus serviços que rezem e compareçam à igreja para "solucionar o problema".

Segundo matéria do jornal The Nation, o tratamento inclui sessão com um psicólogo, que tenta encontrar o momento da vida em que algo fez com que o "paciente" tivesse o "impulso gay".

A clínica já recebeu US$ 161 mil em verbas federais e afirma que consegue a mudança "por intermédio de Jesus Cristo".

Michele Bachmann, que faz parte do congresso americano, começou a fazer campanha pela vaga do partido na candidatura às eleições presidenciais americanas. Bachmann afirmou que está em campanha "não por vaidade", mas porque os eleitores "devem fazer uma escolha ousada, se queremos assegurar a promessa do futuro".

Fonte: Terra

Pastor brasileiro acusado em Portugal de pedofilia foge para o Brasil

O pastor brasileiro Celso Miranda teria violentado um rapaz durante aulas de músicas na igreja.

As autoridades portuguesas informaram que o pastor brasileiro Celso Miranda (foto), 43, da Assembleia de Deus, fugiu para o Brasil por estar sendo acusado de abusar sexualmente de um adolescente de 13 anos.

O pastor teria violentado o rapaz durante aulas de músicas na igreja de Odivelas, uma cidade de 154 mil habitantes da Grande Lisboa.

A imprensa portuguesa noticiou que o padrasto do rapaz, quando soube do abuso ao final de junho, procurou o pastor na igreja para “fazer justiça com as próprias mãos ”, mas não o encontrou porque ele já teria fugido.

De acordo com a PJ (Polícia Judiciária), Miranda saiu de Portugal rumo a Espanha e de lá foi para o Brasil.

As autoridades portuguesas pediram a ajuda da Polinter (Polícia Internacional) e do Brasil para a captura do evangélico pedófilo.

Fonte: Correio da Manhã

Manoel Ferreira é acusado de usar laranja para abrir faculdade

Líder da Assembleia de Deus, Manoel Ferreira é acusado de usar laranja para abrir faculdade, dar golpe nos sócios e sonegar milhões em impostos.

É usual no País que Igrejas de diferentes confissões religiosas apoiem a criação e a manutenção de instituições de ensino, como escolas e faculdades. Mas deve ser um serviço voluntário, sem fins lucrativos.

O bispo Manoel Ferreira, ex-deputado pelo PR e presidente da Convenção Nacional das Assembleias de Deus (Conamad), teria invertido essa lógica. Lançando mão de expedientes pouco republicanos, teria recrutado laranjas, assinado contratos de gaveta e se tornado proprietário de um lucrativo negócio: a Faculdade Evangélica de Brasília.

Ferreira também teria demitido funcionários sem pagar direitos trabalhistas, sonegado milhões de reais em impostos federais e dado um golpe nos próprios sócios. Um desses sócios, o pastor Donizetti Francisco Pereira, resolveu quebrar o pacto de silêncio imposto por Ferreira em sua Igreja e procurou ISTOÉ para denunciar o caso. “Fui apunhalado pelas costas”, afirma Pereira. Sem dinheiro, impedido de trabalhar e com o nome sujo no SPC e no Serasa, ele tenta há meses contatar o bispo para negociar um acordo. “Não sou a única vítima dele, só que os outros sócios e professores têm medo de represálias”, diz.

Formado em teologia e administração, Donizetti entrou para a Conamad no início da década de 1990. Em 1999, chegou a vice-presidente da Faculdade de Teologia e dava aulas como voluntário. Em 2003, foi convocado a fundar, junto a outros pastores, a Faculdade Evangélica de Brasília Ltda, que só funcionaria dois anos mais tarde.

Com a entrada do dinheiro das mensalidades, começaram os desentendimentos entre os sócios. Teriam sido feitas, então, quatro alterações contratuais, sendo que a última estabelecia a divisão societária entre três pessoas: o pastor Eduardo Sampaio de Oliveira, com 20% das cotas, e os empresários Ricardo Luis Pereira e Ronaldo José Pires, dono do Salão do Automóvel de Brasília, ambos com 40%.

Entretanto, em 25 de julho de 2007, os sócios realizaram uma assembléia extraordinária que determinou a divisão da sociedade apenas entre dois sócios, Ricardo Pereira (47,5%) e a Conamad (52,5%). A ata da reunião, uma espécie de contrato de gaveta, foi assinada por todos os sócios, inclusive pelo bispo Manoel Ferreira, que passou então a figurar como sócio oculto da empresa.

A maracutaia é admitida pelo próprio pastor-laranja Eduardo Sampaio de Oliveira, que virou alvo de dezenas de ações de execução trabalhistas movidas por ex-funcionários contra a Faculdade Evangélica.

Para tentar evitar o bloqueio de seus bens, o advogado de Oliveira interpôs na Justiça do Trabalho recurso alegando que seu cliente “nunca foi sócio” da instituição de ensino. “No que pese 20% das cotas da Faculdade Evangélica de Brasília constarem do contrato social, a rigor este percentual nunca lhe pertenceu. A bem da verdade, as cotas são de propriedade da Conamad (Convenção Nacional das Assembleias de Deus no Brasil – Ministério Madureira), presidida pelo Bispo Manoel Ferreira”, escreve o advogado Raimundo Pereira, o advogado de Sampaio.

O próprio advogado reconhece que a Conamad, por ser entidade religiosa sem fim lucrativo, “não pode figurar como sócia em contrato social de empresa comercial”. E conclui como seu cliente virou laranja do bispo: “Por determinação do bispo Manoel Ferreira, ele foi designado para figurar no contrato, ficando a Conamad na condição de sócia oculta”. Uma verdadeira confissão de culpa.

Pelo que sugerem os documentos reunidos pelo pastor Donizetti Pereira, a tentativa de dar uma fachada de legalidade para o negócio é apenas um dos muitos pecados do bispo Manoel Ferreira. Após seis anos de existência, a Faculdade Evangélica está afundada em dívidas, é alvo de 140 ações trabalhistas, 18 ações de execução judiciais que superam R$ 1,6 milhão, além de pendências no Serasa e 108 protestos.

A faculdade também emitiu nada menos que 89 cheques sem fundo, de valores que variam R$ 45 a R$ 50 mil. “Eu recebi quatro cheques de R$ 50 mil por conta da venda das minhas cotas na sociedade. Quando fui sacar, eles sustaram os cheques”, afirma o pastor Donizetti Ferreira, que retirava mensalmente um pró-labore de R$ 3 mil. Ele conta que, além dos sócios que tomaram calote, há dezenas de professores, demitidos sem receber seus direitos trabalhistas. “Alguns sequer tiveram seus salários depositados no mês em que saíram da Faculdade”, afirma. A par da gestão temerária da instituição, o pastor revela que a Faculdade Evangélica não depositou o FGTS e o INSS dos funcionários, e recentemente foi multada pela Receita Federal em cerca de R$ 2 milhões por sonegação.

Consultados por ISTOÉ, o bispo Manoel Ferreira e o pastor Eduardo Sampaio não retornaram o contato. Resta saber que explicação eles darão a seus fiéis e à Justiça.

Fonte: Revista Isto É

Com ataque à Globo, Domingo Espetacular debate a arte com apologia à pedofilia

Programa Domingo Espetacular, na Record TV O debate sobre as exposições de arte com apologia à pedofilia e outros temas no Brasil marc...