Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 3, 2016

O JOSÉ DE ARIMATEIA

José de Arimateia foi um homem que se tornou notável na Bíblia pelo papel que desempenhou no sepultamento do corpo do Senhor Jesus, tanto assim que é mencionado nos quatro Evangelhos (Mateus 27:57-60, Marcos 15:42-46, Lucas 23:50-55, João 19:38-42). Sobre a sua pessoa, somos informados nestas passagens que era um homem rico, vindo de Arimateia, cidade dos judeus de onde era natural, sendo ele um homem bom e justo que também esperava o reino de Deus. Era um ilustre membro do sinédrio e se tornara discípulo de Jesus, mas oculto por medo dos judeus. Somos informados que não havia consentido no conselho e nos atos do sinédrio com relação a Jesus mas, se manifestou a sua oposição, não teve efeito algum. No entanto acabou dando um passo que lhe valeu a sua celebridade, conforme veremos a seguir. Tendo Jesus sido crucificado, após a Sua morte o Seu corpo (como o de todos os crucificados) estava destinado a ser retirado da cruz e lançado no lixo do “vale do filho de Hinom” (ver Jeremias 32:35) …

O CRUZAMENTO DO RIO JORDÃO

Josué capítulos 3 e 4O cruzamento do rio Jordão pelo povo de Israel foi um dos acontecimentos mais representativos na tomada da terra prometida. Quarenta anos antes eles haviam cruzado o mar Vermelho para sair do Egito, sob a direção de Moisés, que representa a lei. Agora eles atravessavam o rio Jordão, comandados por Josué, que representa Cristo. Era um passo decisivo, pois uma vez do outro lado estavam pisando a terra prometida, e teriam que enfrentar os seus moradores, em batalha com seus exércitos. Não podiam voltar para trás, pois ali ficava o deserto. Desta vez, a arca tomou a vanguarda, carregada pelos levitas sacerdotes. A arca era o símbolo da presença e do poder de Deus, e toda ela nos fala de Cristo, tanto a sua estrutura como o seu conteúdo. O povo foi instruído a ficar espalhado a uma distância de um quilômetro da arca, para que todos a pudessem ver e saber o caminho a seguir. Josué mandou que o povo se santificasse em preparação para o milagre da passagem do rio Jordão. Era…

O TERCEIRO AI - OS DIAS DA SÉTIMA TROMBETA

APOCALIPSE 11:15 to 12:17A narrativa continua, vindo agora o terceiro ai com o tocar da sétima trombeta pelo sétimo anjo, introduzindo a segunda metade do período da tribulação. Ela abrange a grande tribulação de Israel, as bestas, as proclamações dos três anjos, o julgamento da colheita, o julgamento das sete taças, a destruição da Babilônia Mistério e da Grande Babilônia. Termina com a volta de Cristo, e a sua vitória sobre os rebeldes preparando o mundo para o Milênio. Tendo já em vista essa conclusão, haverá a proclamação por grandes vozes no céu que Cristo tomou posse do seu reino sobre o mundo; a proclamação é seguida pela adoração dos vinte e quatro anciãos, antecipando o julgamento final da humanidade (que virá depois do milênio - capítulo 20). O santuário de Deus e a arca da aliança mencionados aqui se acham no céu: os que se encontravam na terra eram cópia e sombra deles. A arca da aliança na terra era um símbolo de Cristo (Hebreus 8:5), contendo (Hebreus 9:4): as táboas do Test…

O Simbolismo da Arca da Aliança

Imagem
"Também farão uma arca de madeira de acácia; de dois côvados e meio será o seu comprimento, de um côvado e meio, a largura, e de um côvado e meio, a altura. De ouro puro a cobrirás; por dentro e por fora a cobrirás e farás sobre ela uma bordadura de ouro ao redor. Fundirás para ela quatro argolas de ouro e as porás nos quatro cantos da arca: duas argolas num lado dela e duas argolas noutro lado. Farás também varais de madeira de acácia e os cobrirás de ouro; meterás os varais nas argolas aos lados da arca, para se levar por meio deles a arca. Os varais ficarão nas argolas da arca e não se tirarão dela. E porás na arca o Testemunho, que eu te darei." (Ex 25:10-16)

A arca da aliança é o utensílio mais importante do tabernáculo, simbolizando a santa presença de Deus (Nm 10:33-36) e a Sua aliança com o Seu povo (Js 3:3).

O termo hebraico freqüentemente utilizado para descrever a arca é 'ârôn, que também pode ser traduzido como baú ou caixão. A Bíblia faz referência à arca de a…

A Arca da Aliança

Imagem
A Arca da Aliança é descrita na Bíblia como o objeto em que as tábuas dos Dez mandamentos teriam sido guardadas, e também como veículo de comunicação entre Deus e seu povo escolhido. A Arca foi objeto de veneração entre os hebreus até seu desaparecimento, especula-se que ocorreu na conquista de Jerusalém por Nabucodonosor,  o profeta Jeremias foi o responsável por esconder a Arca. Origem A Arca é primeiro mencionada no livro do Êxodo. Sua construção é orientada por Moisés, que por sua vez recebera instruções divinas quanto à forma e tamanho do objeto. Na Arca estavam guardadas as duas tábuas da lei; a vara de Aarão; e um vaso do maná. Estas três coisas representavam a aliança de Iahweh com o povo de Israel, para judeus e cristãos a Arca não era só uma representação, mas era a própria presença de Deus. Construção A bíblia descreve a Arca da Aliança (Êxodo 25:10 a 16) da seguinte forma: caixa e tampa de madeira de acácia, com 2 côvados e meio de comprimento (um metro e onze centímetros ou 1…

Rafiq publica texto em defesa do Ap Roberto Torrecilhas . Defendendo o indefensável: Islam

Imagem
Jihadistas Defendendo o Islam Invasor No blogGRITOS DE ALERTA Ap Roberto Torrecilhas, (não conhecia nada sobre ele ate ler algo no blog Nova Cruzada), traz periodicamente, artigos que expõem a verdadeira cara do Islam no MUNDO (o Brasil esta incluído). Parabéns BISPO! Continue assim. Mas o nosso “caro amigo” Jihadista Omar Israfil Dawud Bin Laden se sentiu “ofendidinho”, e fez beicinho porque o Bispo expôs a verdade crua e nua do Islam e postou uma RESPOSTA ao Bispo no blog dele. Eu tenho que admitir, o Omar tem uma habilidade invejável de falar muita besteira com poucas palavras. Meu objetivo é dar uma RESPOSTA ao Jihadista. Alguns podem estar se perguntando porque eu estou pegando pesado no Omar e nos convertidos ao Islam. Alguns argumentam: Porque não tentar convence-los pelo “amor”? Alguns podem ate dizem que esta não foi a atitude de Jesus. Deixa-me esclarecer: Tudo o que eu escrevo é motivado pelo amor aos muçulmanos. Meu objetivo principal neste espaço não é tentar c…