sábado, 13 de setembro de 2014

NÃO SABIA DE NADA ???? Dilma diz que demitiu Paulo Roberto Costa por falta de `afinidade´


Dilma diz que demitiu Paulo Roberto Costa por falta de `afinidade´
A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta sexta-feira (12), em sabatina do jornal "O Globo", que demitiu o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa por falta de "afinidade" com ele. Sobre as denúncias de que Paulo Roberto participava de um esquema de corrupção dentro da estatal, Dilma afirmou que não sabia "o que ele estava fazendo" na estatal.
O ex-diretor foi preso pela Polícia Federal em março, na operação Lava Jato, que investiga lavagem de dinheiro em todo o país. Ele foi diretor da estatal entre 2004 e 2012. 
"Eu acho que se tivesse sabido de qualquer coisa a respeito do Paulo Roberto, ele teria sido demitido e investigado. Ele não era um pessoa que eu considerava afim com meu governo. Eu tirei o Paulo Roberto. Eu não sabia o que ele estava fazendo. Eu tirei porque eu não tinha afinidade nenhuma com ele", afirmou a presidente.
Ainda ao responder sobre suspeitas de corrupção na Petrobras, Dilma afirmou que o governo dela investiga denúncias "a fundo". Ela também disse que a impressão de que aumentou a corrupção no país se deve ao fato de o atual governo investigar mais do que gestões anteriores. Para ela, o país não tem mais a figura do "engavetador-geral" de denúncias.
"Essa história de que aumentou a corrupção é que quando você não investiga, não aparece. Quando investiga, aparece. Não aumentou a  corrupção. Aumentou a investigação. Não passamos para debaixo do tapete e não engavetamos processos", disse.
"Agora investigamos, porque demos autonomia à PF para fazer e escolhemos na lista do MP aqueles que eles apresentaram, e não um engavetador de ocasião. No Brasil só se punia o  corrupto, e não se punia o corruptor", completou.
Ela disse ainda que em todos os partidos há gente corrupta. Segundo a presidente, há pessoas que se equivocaram dentro do PT, mas que o partido não deve ser "apedrejado".
"Em todos os partidos tem gente corrupta, tem gente que não é corrupta. E os partidos têm seus compromissos históricos. O democrata tem o seu, o republicano americano representa sua trajetória de luta. Se tem equívocos, o meu partido, o PT, tem história de lutas, de militância. Tem pessoas que se equivocaram no PT, mas nem por isso apedreja-se o partido.
Crise financeira internacional
A presidente afirmou também que não é possível o Brasil enfrentar a crise financeira internacional adotando o "modelito" da falta de investimento. Ela deu a declaração em sabatina do jornal "O Globo", no Palácio da Alvorada. Dilma criticou medidas de austeridade adotadas por outros países para conter os efeitos da crise e disse que o Brasil prepara os "alicerces" para retomada da economia.
Ao falar do que chamou de "modelito", que segundo a presidente são medidas austeras de corte de investimentos, ela lembrou que em 2005 o Fundo Monetário Internacional havia liberado o Brasil para investir R$ 500 milhões em saneamento básico, quantia considerada baixa pela presidente.
"Os R$ 500 milhões davam para fazer investimento em Porto Velho (RO). É impossível este país enfrentar a crise fazendo esse modelito, que é o modelito seguinte: para de investir. Parar de investir, não tem como", disse a presidente. "Eu sei o tamanho da crise. Vivenciei em todos os fóruns internacionais a absoluta falta de solução com as políticas de austeridade, que levaram a uma geração de jovens sem emprego na União Europeia", completou.
A presidente disse que adotou postura "defensiva" para lidar com a crise financeira. Ela argumentou que o governo priorizou criação de empregos e aumento de salários, ao contrário do que, segundo ela, se fez em governos anteriores.
"Reagimos garantindo elevação salarial. Reagimos garantindo investimentos em infraestrutura no país. No passado, quando havia crise, se cortava salário, cortava emprego, diminuía o ritmo de investimento", afirmou.
Setor de energia
Dilma foi questionada também sobre o setor elétrico e o aumento no preço da energia. Ela disse que os reajustes foram necessários por causa da seca que afetou o país neste ano. Para Dilma, se a seca deste ano tivesse ocorrido no início dos anos 2000, durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o país passaria por racionamento de energia.
"Se a gente tivesse as mesmas condições que tínhamos em 2000, 2001 e 2002, hoje estaríamos sem energia elétrica, e nós estamos diante da maior seca de todos os tempos", disse.
Segundo ela, o governo tomou as providências para que não ocorresse apagão e dobrou a quantidade de linhas de transmissão construídas em relação ao governo FHC.
"Não teve racionamento porque tem segurança para não ter, porque nós dobramos o sistema de transmissão. Compara meus quatro anos com os oito anos que levaram ao apagão. Nos meus quatro anos, eu dobrei as linhas de transmissão em relação aos oito do Fernando Henrique. O que quero dizer é que tomamos as providências para que isso [racionamento] nao acontecesse", disse.
Independência do Banco Central
A presidente se manifestou também sobre a independência do Banco Central, proposta defendida pela sua adversária nas eleições, a candidata do PSB, Marina Silva. Para Dilma, o Banco Central não pode ser um "quarto poder", porque não é eleito pela população.
"Tem um equívoco sobre essa questão do BC, e independência, no Brasil, só dos poderes. O quarto poder, que é o poder da independência do BC, é algo extremamente questionável. Uma coisa é autonomia operacional, outra coisa é independência do BC", disse.
Collor e Sarney
Dilma foi questionada ainda sobre ter, entre os aliados, políticos que já foram rivais do PT, como os ex-presidentes Fernando Collor e José Sarney.
"As pessoas podem fazer alianças e cada um manter sua posição. Eu respeito o presidente Sarney. Respeito bastante.  Acho que ele deu uma contribuição para o país. O Collor, a Justiça inocentou o Collor, eu não sou instância de condenação do Collor. Agora, eles não são pesosas absolutamente próximas ao governo", afirmou.

PT NUNCA MAIS - Mais de 100 razões para não votar no PT.

 Para quem tem memória curta

 vamos relembrar. Lista completa

de Escândalos e Corrupções no 

Governo PT / Lula / Dilma.

 Dúvidas? Escolha um assunto e

pesquise no Google! Contra FATOS

não há argumentos:

01) Caso Pinheiro Landim
02) Caso Celso Daniel
03) Caso Toninho do PT
04) Escândalo dos Grampos
05) Contra Políticos da Bahia
06) Escândalo do Propinoduto (também conhecido como Caso Rodrigo Silveirinha)
CPI do Banestado
07) Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MST
08) Escândalo da Suposta Ligação do PT com a FARC
09) Escândalo dos Gastos Públicos dos Ministros
10) Irregularidades do Fome Zero
Escândalo do DNIT (envolvendo os ministros Anderson Adauto e Sérgio Pimentel)
11) Escândalo do Ministério do Trabalho
Licitação Para a Compra de Gêneros Básicos
12) Caso Agnelo Queiroz (O ministro recebeu diárias do COB para os Jogos Panamericanos)
13) Escândalo do Ministério dos Esportes (Uso da estrutura do ministério para organizar a festa de aniversário do ministro Agnelo Queiroz)
14) Operação Anaconda
Escândalo dos Gafanhotos (ou Máfia dos Gafanhotos)
15) Caso José Eduardo Dutra
Escândalo dos Frangos (em Roraima)
16) Várias Aberturas de Licitações da Presidência da República Para a Compra de Artigos de Luxo
17) Escândalo da Norospar (Associação Beneficente de Saúde do Noroeste do Paraná)
18) Expulsão dos Políticos do PT
19) Escândalo dos Bingos (Primeira grave crise política do governo Lula) (ou Caso Waldomiro Diniz)
20) Lei de Responsabilidade Fiscal (Recuos do governo federal da LRF)
21) Escândalo da ONG Ágora
22) Escândalo dos Corpos (Licitação do Governo Federal para a compra de 750 copos de cristal para vinho, champagne, licor e whisky)
23) Caso Henrique Meirelles
24) Caso Luiz Augusto Candiota (Diretor de Política Monetária do BC, é acusado de movimentar as contas no exterior e demitido por não explicar a movimentação)
25) Caso Cássio Caseb
26) Caso Kroll
27) Conselho Federal de Jornalismo
28) Escândalo dos Vampiros
29) Escândalo das Fotos de Herzog
30) Uso dos Ministros dos Assessores em Campanha Eleitoral de 2004
31) Escândalo do PTB (Oferecimento do PT para ter apoio do PTB em troca de cargos, material de campanha e R$ 150 mil reais a cada deputado)
32) Caso Antônio Celso Cipriani
Irregularidades na Bolsa-Escola
33) Caso Flamarion Portela
34) Escândalo de Cartões de Crédito Corporativos da Presidência
35) Irregularidades do Programa Restaurante Popular (Projeto de restaurantes populares beneficia prefeituras administradas pelo PT)
36) Abuso de Medidas Provisórias no Governo Lula entre 2003 e 2004 (mais de 300)
37) Escândalo dos Correios (Segunda grave crise política do governo Lula. Também conhecido como Caso Maurício Marinho)
38) Escândalo do IRBEscândalo da Novadata
39) Escândalo da Usina de Itaipu
40) Escândalo das Furnas
41) Escândalo do Mensalão (Terceira grave crise política do governo. Também conhecido como Mensalão)
42) Escândalo do Leão & Leão (República de Ribeirão Preto ou Máfia do Lixo ou Caso Leão & Leão)
43) Escândalo da Secom
44) Esquema de Corrupção no Diretório Nacional do PT
45) Escândalo do Valerioduto
46) Escândalo do Brasil Telecom (também conhecido como Escândalo do Portugal Telecom ou Escândalo da Itália Telecom)
47) Escândalo da CPEM
48) Escândalo da SEBRAE (ou Caso Paulo Okamotto)
49) Caso Marka/FonteCindam
50) Escândalo dos Dólares na Cueca
51) Escândalo do Banco Santos
52) Escândalo Daniel Dantas - Grupo Opportunity (ou Caso Daniel Dantas)
53) Escândalo da Interbrazil
54) Caso Toninho da Barcelona
55) Escândalo da Gamecorp-Telemar (ou Caso Lulinha)
56) Caso dos Dólares de Cuba
57) Doação de Roupas da Lu Alckmin (esposa do Geraldo Alckimin)
58) Doação de Terninhos da Marísia da Silva (esposa do presidente Lula)
59) Escândalo da Nossa Caixa
60) Escândalo da Quebra do Sigilo Bancário do Caseiro Francenildo (Quarta grave crise política do governo Lula. Também conhecido como Caso Francenildo Santos Costa)
61) Escândalo das Cartilhas do PTEscândalo do Banco BMG (Empréstimos para aposentados)
62) Escândalo do Proer
63) Escândalo dos Fundos de Pensão
64) Escândalo dos Grampos na Abin
65) Escândalo do Foro de São Paulo
66) Esquema do Plano Safra Legal (Máfia dos Cupins)
67) Escândalo do Mensalinho
68) Escândalo das Vendas de Madeira da Amazônia (ou Escândalo Ministério do Meio Ambiente).
69) 69 CPIs Abafadas pelo Geraldo Alckmin (em São Paulo)
70) Escândalo de Corrupção dos Ministros no Governo Lula
71) Crise da Varig
72) Escândalo das Sanguessugas (Quinta grave crise política do governo Lula. Inicialmente conhecida como Operação Sanguessuga e Escândalo das Ambulâncias)
73) Escândalo dos Gastos de Combustíveis dos Deputados
74) CPI da Imigração Ilegal
75) CPI do Tráfico de Armas
76) Escândalo da Suposta Ligação do PT com o PCC
77) Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MLST
78) Operação Confraria
79) Operação Dominó
80) Operação Saúva
81) Escândalo do Vazamento de Informações da Operação Mão-de-Obra
82) Escândalo dos Funcionários Federais Empregados que não Trabalhavam
83) Mensalinho nas Prefeituras do Estado de São Paulo
84) Escândalo dos Grampos no TSE
85) Escândalo do Dossiê (Sexta grave crise política do governo Lula)
86) ONG Unitrabalho
87) Escândalo dos Fiscais do IBAMA do Rio de Janeiro
88) Escândalo da Renascer em Cristo
89) Crise no Setor Aéreo
90) Detalhes Adicionais
91) Operação Hurricane (também conhecida Operação Furacão)
92) Operação Navalha
93) Operação Xeque-Mate
94) Operação Moeda Verde
95) Caso Renan Calheiros
96) Operação Sétimo Céu
97) Operação Hurricane II (também conhecida Operação Furacão II)
98) Caso Joaquim Roriz (ou Operação Aquarela)
99) Operação Hurricane III (também conhecida Operação Furacão III)
100) Operação Águas Profundas (também conhecida como Caso Petrobras)
101) Escândalo do Corinthians (ou caso MSI)
102) Escândalo na Copa do Mundo 2014 (Foi isento pelo PT aproximadamente 1,1 Bilhão de impostos para a FIFA).   
ETC


Oficializar maconha é abrir fábrica de esquizofrênicos, diz psiquiatra


  • Reprodução
    O psiquiatra Valentim Gentil Filho foi o entrevistado do Roda Viva desta segunda-feira (4)
    O psiquiatra Valentim Gentil Filho foi o entrevistado do Roda Viva desta segunda-feira (4)
Se o Brasil seguir a tendência de outros países e oficializar a indústria da maconha, nós teremos "uma fábrica de esquizofrênicos". A opinião é do psiquiatra Valentim Gentil Filho, professor titular da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), convidado desta segunda-feira (4) do programa Roda Viva.
Para o psiquiatra, considerado um dos mais influentes do país, a sociedade tem sido conivente e omissa em relação à droga, e os riscos provocados por ela não têm sido bem divulgados. Gentil Filho contou no programa que, segundo estudos bem fundamentados, a maconha aumenta em 310% o risco de esquizofrenia quando consumida uma vez por semana na adolescência. E trata-se de uma doença incurável: "O esquizofrênico pode ter uma vida praticamente normal, mas sempre há uma sequela".O psiquiatra sugeriu que, assim como pais permitem que seus filhos consumam álcool em festas, a informação distorcida de que maconha não faz mal fará com que eles deixem os jovens fumarem em casa. E o problema é que, nos adolescentes, que estão em uma fase de "poda" natural do cérebro para a entrada na idade adulta, a droga é especialmente prejudicial. 
O professor também fez críticas à chamada luta antimanicomial, que fez o Brasil fechar milhares de leitos psiquiátricos sem proporcionar alternativas. Ele ressaltou que o atual modelo dos Caps (Centros de Atenção Psicossocial) não tem como substituir o atendimento ambulatorial e as internações psiquiátricas. Para Gentil Filho, não se trata de abandonar os pacientes em manicômios, mas garantir o tratamento em fase aguda. Ele reforçou que, atualmente, só um terço dos pacientes psiquiátricos diagnosticados recebe tratamento. 
Para o psiquiatra, tanto a luta antimanicomial quanto a vinda de cubanos (pelo programa Mais Médicos) fazem parte de uma visão mais ampla que a medicina, de uma mentalidade que persiste no Ministério da Saúde e tem raízes político-ideológicas. Na prática, segundo ele, o que acontece é que há um número absurdo de pessoas com transtornos graves nas ruas, rejeitadas por hospitais e por outras instituições. "Há uma desassistência fenomenal e nós temos recursos terapêuticos", lamentou.

VEJA  MAIS  EM http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2013/11/05/legalizar-maconha-e-abrir-fabrica-de-esquizofrenicos-diz-psiquiatra.htm

No DF, pastor é agredido por causa de assento de ônibus


No DF, pastor é agredido por causa de assento de ônibus
Um pastor de 40 anos perdeu o olho e parte de massa encefálica depois de ser golpeado com uma faca dentro de um ônibus interestadual que parou na rodoviária de Taguatinga, no Distrito Federal, no último domingo (7). Testemunhas dizem que o pastor, Alessandro Veloso Pires, foi atingido por um homem que se recusou a desocupar a poltrona reservada por ele. Pires está internado em estado grave no Hospital de Base. A Polícia Civil procura o suspeito.
O pastor saiu de Goiânia (GO) com os dois filhos mais novos, de 5 e 12 anos, para assistir ao primogênito desfilar pelo Exército nas celebrações da Independência. Ele havia reservado os assentos 38 e 40. Ao entrar no ônibus, encontrou um homem ocupando um deles.
"Meu pai falou que o cara podia ficar lá, que tinha outras poltronas vazias. Simplesmente isso, não teve diálogo, discussão, não teve nada", afirma Patrick Lucas Pires, militar e filho mais velho da vítima.
De acordo com o rapaz, assim que o veículo estacionou em Taguatinga o homem se levantou e agrediu o pastor. Pires estava com o filho de 5 anos no colo, enquanto o outro ocupava a cadeira ao lado.
"[Foi] do nada", diz o militar. "Ele deu vários golpes na cabeça do meu pai. Meu irmão de 12 anos, quando viu a cena, começou a gritar: 'para, não faz isso não, ele é meu pai'. Depois o cara fugiu."
O pastor passou por cirurgia e corre risco de morte. 
O caso é investigado como tentativa de homicídio pela 12ª Delegacia de Polícia.

Pastor iraniano é pressionado a dar confissão falsa enquanto está em confinamento solitário


Pastor iraniano é pressionado a dar confissão falsa enquanto está em confinamento solitário
A Christian Solidarity Worldwide (CSW) foi informada de que o pastor Abdolreza “Matthias” Ali-Haghnejad, que enfrenta acusações de "Moharebeh" (guerra contra Deus), foi brevemente mantido em confinamento solitário. Enquanto isso, outro cristão, Fatemeh Torkajouri, foi julgado à revelia.
O pastor Haghnejad, líder da denominação Igreja do Irã em Karaj, é relatado ter passado uma semana no confinamento solitário de um centro de detenção do Ministério de Inteligência e Segurança Nacional (VEVAK) em Karaj, onde ele enfrentou pressão para confessar falsamente que sua igreja está envolvida em atividades políticas anti-governo. Ele foi detido inicialmente em 05 de julho, depois que forças de segurança iranianas invadiram sua casa em Karaj, e foi acusado de "Moharebeh" no dia 3 de agosto após um interrogatório de duas horas pelo juiz Mohammad Yari, da Sexta Vara do Tribunal Revolucionário.
A CSW também foi informada que o julgamento à revelia de Fatemeh Torkajouri, sob acusações de "ação contra a segurança nacional", ocorreu em Teerã no dia 6 de agosto. Um veredicto ainda está para ser emitidO.
Fatemeh Torkajouri foi presa em 18 de agosto de 2010 e passou cerca de dois meses na prisão de Evin antes de deixar o Irã em 2011. Ela é a esposa pastor Behrouz Sadegh-Khandjanida, da Igreja do Irã, que foi detido em 2010 sob acusação de blasfêmia e sofreu maus-tratos enquanto estava na prisão. Ele acabou sendo libertado sob fiança e também deixou o país em 2011.
Organizações iranianas de direitos humanos estão relatando que a Ala 350 da Prisão de Evin, a qual abrigou presos políticos, foi fechada depois de uma invasão violenta pelos serviços de segurança que ocorreu na noite de 12 de agosto. De acordo com relatos, agentes de segurança espancaram e feriram vários prisioneiros e destruíram ou confiscaram bens. Uma invasão violenta semelhante ocorreu na ala em abril de 2014.
Após o ataque recente, ex-detentos ou foram transferidos para outras alas dentro da Prisão de Evin, ou para prisões em outros lugares. Dentre esse últimos está Farshid Fathi.
O Chefe do Executivo Da CSW, Mervyn Thomas, disse: “A CSW está perturbada ao ouvir sobre o assédio contínuo ao Pastor Matthias e as pressões indevidas sendo feitas sobre a família de FatemehTorkajouri. Tentativas por parte das autoridades iranianas para justificar a acusação feita contra o pastor ao provocar uma falsa confissão apenas sublinha o fato de que a sua detenção é injustificada e injusta. Além disso, a insistência contínua do Irã em classificar o comportamento cristão anormal em termos de segurança nacional está dando origem a sentenças confusas e convolutas de legalidade questionável, por exemplo, um grupo de cristãos condenados em Shiraz em 2013 foi considerado culpado por agir contra a "segurança cultural nacional.” *Centenas de jornalistas, advogados, ativistas políticos e minorias étnicas e religiosas iranianas foram condenados a longas penas de prisão, açoites e até mesmo a execução sob acusações falsas e sem o devido processo legal, e grupos de direitos humanos iranianos recentemente identificaram seis juízes que regularmente realizam julgamentos a portas fechadas durando apenas alguns minutos e sem procedimentos legais essenciais, intimidam os réus, violam a independência judicial ao agireles mesmos como promotores e privam os prisioneiros de acesso a advogados. Pode ser o momento da comunidade internacional considerar sanções direcionadas contra juízes identificados que são considerados como tendo sido responsáveis por grandes erros judiciais que violam os princípios de um julgamento justo previsto na Constituição iraniana e em leis internacionais as quais o país seja signatário.

Pastor leva dois tiros na cabeça em briga de trânsito


Pastor leva dois tiros na cabeça em briga de trânsito
Um pastor foi atingido por dois tiros na cabeça após uma confusão que surgiu por conta de um acidente de trânsito. O motorista que o alvejou está foragido.
Steven Simon é líder da Straight Way to Heaven e voltava de uma festa beneficente organizada pelos membros da Igreja Metodista Unida em sua homenagem no dia 31 de julho, quando aconteceu um pequeno acidente na rodovia West Palm Beach, próximo à cidade de Boynton Beach, na Flórida (EUA).
O pastor de 22 anos relatou que ao tentar dialogar com o outro motorista, ele foi atingido por dois tiros na cabeça. “Os anjos levaram as balas por mim”, disse Simon. “Você literalmente pode ver onde a bala tinha parado. Era quase como Deus dissesse [às balas]: ‘Vocês não podem ir mais longe do que isso”.
Simon foi induzido ao coma e mantido inconsciente até o dia 04 de agosto, quando os médicos resolveram fazer testes para descobrir os eventuais danos neurológicos causados pelos disparos.
“O médico disse: ‘Você pode não enxergar com esse olho de novo’”, relatou o pastor durante o culto do último sábado, 06 de setembro, quando contou seu testemunho. “Os médicos disseram que eu poderia ser um vegetal, declararam que eu poderia nunca mais ter a mesma personalidade. Mas, eu estou aqui hoje”.
Centenas de pessoas foram ao culto para expressar sua alegria pela recuperação e fazer doações a uma campanha de arrecadação de fundos que pretende cobrir as despesas médicas.
Em seu depoimento à polícia, o pastor foi capaz de dar uma descrição do atirador e lembrou do modelo de carro que ele estava dirigindo. Agora, a equipe do Xerife do Condado de Martin está à procura de um homem branco, de cabelos brancos, que estava dirigindo um Chrysler Concorde dourado. Apesar de ter recebido 50 a 60 dicas sobre o incidente na estrada, não há pistas sólidas.

TUDO ACABA NO BANCO GOSPEL .



Certa vez um grupo de jovens da igreja resolveu inovar em tudo .
Alucinados pelo movimento gospel livre , eles resolvem aderir a isso tudo , sem ter pelo meno conversado com seus pastores.
Rave gospel , balada gospel , mma gospel , baile funck gospel , entre outros tantos gospel existente .
Passados alguns meses , algum pais dos jovens  começam a procurar seus pastores para relatarem algum fatos que estavam acontecendo com seus filhos .

Minha filha de apenas 15  anos esta grávida pastor .
Meu filho esta chegando todos os dias em casa somente nas madrugadas .
Pastor , meus filhos não me respeitam mais .
Pastor , o líder dos jovens esta levando nossos filhos para lugares nada amigáveis .

O pastor assustado com tudo aquilo resolve chamar todos eles para uma conversa .

Minha irmanzinha , como você permitiu isso acontecer ?
Sabe , né pastor , eu estava na balada gospel , e de repente ganhei uma cantada gospel , e rsrsrsrs , sabe né pastor rsrsrs.

Meu jovens , como vocês puderam fazer isso .
A pastor , a monotonia dos cultos .
Sabe , né , a gente é jovem e quer coisa novas .

Meu líder de jovens .
Como você pode me trair a confiança fazendo isso e levando eles a lugares que não é bom .

Pastor , eu queria inovar , sabe , dar um up no grupo  , queria que eles se encontrassem , ai resolvi leva los a esses lugares .

O pastor , da uma coçada na cabeça e emenda uma .

Sabe de uma coisa .
Eu tenho preparado um lugarzinho especial para vocês .

Minha filha , sua gravides gospel vai lhe render 12  meses de banco gospel , meus jovens , as suas baladas gospel vai lhe render 10  meses de banco gospel , meu jovem líder , sua falta de postura vai lhe render alguns meses de banco gospel bem como a perda de sua função gospel aqui na igreja .
Bem , como diz o velho ditado .

Em igreja que tem o banco gospel , os gospeis ficam mais a vontade .


PODE COPIAR E POSTAR A VONTADE .
cite apenas a fonte.