sexta-feira, 20 de abril de 2012

GRITOS DE ALERTA PRESENTE EM 138 PAÍSES .

Graças a Deus encerramos mais uma semana com bençãos sem medida.
O site Gritos de Alerta esta em festa .
Contamos com leitores e ouvintes em 138  países , para glória e honra de nosso Senhor Jesus Cristo.
Vamos continuar com esse trabalho ,  de levar a verdade doa a quem doer.
Amando ao pecador , mas rejeitando toda forma de pecado.

Bispo Roberto Torrecilhas

Dilma não se esqueceu dos compromissos com evangélicos, afirma ministro

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho (foto) foi à Convenção Nacional das Assembleias de Deus. Segundo ele, Dilma 'conclama' igrejas a parceria com Brasil sem Miséria.

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, disse nesta quinta-feira (19), ao participar da Convenção Nacional das Assembleias de Deus, em Brasília, que a presidente Dilma Rousseff não se esqueceu dos compromissos assumidos com os evangélicos durante a campanha eleitoral.

“Ela não se esquece dos compromissos que ela assumiu aqui com os senhores”, disse o ministro. Ele se lembrou de uma passagem bíblica que Dilma citou ao visitar um templo da Assembleia de Deus durante a campanha eleitoral, em 2010.

O trecho diz, segundo Carvalho, que a sabedora está “na multiplicidade dos conselhos”. “Isso ela nunca esqueceu, e é por isso que hoje ela ouve, ela procura saber quais são os melhores caminhos que nós temos”.

Durante seu discurso, Carvalho disse ainda que foi vítima de uma “polêmica inútil”. Em fevereiro, o ministro teve de se explicar à bancada evangélica no Congresso por ter dito, durante o Fórum Social Mundial, em Porto Alegre, que o Estado deveria promover uma "disputa ideológica" com as igrejas evangélicas pela influência nas classes emergentes.

“Não posso esquecer, nesses dias atrás, quando fui vítima de uma polêmica inútil e tentaram me colocar contra os evangélicos”, afirmou para os fiéis que lotavam a igreja. Acrescentou que o Brasil não poderá “mudar a sua história se não for com uma forte parceria entre o governo e as igrejas”. "E a Assembleia de Deus ocupa, neste aspecto, um papel muito particular. Nós conhecemos essa Igreja, a sua história, as perseguições e o preconceito e a discriminação que enfrentou ao longo da história e como se afirma em todo canto desse País", afirmou.

O ministro destacou também a importância das ações de caridade para o combate à miséria. Ele disse que Dilma “conclama” todas as igrejas a serem parceiras do programa social Brasil sem Miséria, que visa tirar 16 milhões de brasileiros da extrema pobreza.

“Sem a participação dos senhores, sem essas caridades que os senhores exercem e as senhoras desenvolvem nas suas ações sociais, o Brasil não conseguirá cumprir essa meta”, declarou.

Lideranças evangélicas da Assembleia de Deus apoiaram a candidatura de Dilma Rousseff à presidência em 2010. No entanto, com Dilma na presidência, houve atrito entre governo e evangélicos por conta de questões como a elaboração de um kit anti-homofobia pelo Ministério da Educação na gestão de Fernando Haddad, que vai disputar a prefeitura de São Paulo nas próximas eleições. Para acalmar os ânimos do grupo e blindar Haddad de ataques na campanha, o governo colocou em fevereiro passado Marcelo Crivella, ligado à Igreja Universal, no comando do Ministério da Pesca e Aquicultura.

"Seguimos lutando pela justiça. Nosso compromisso de honrarmos tudo que nos comprometemos durante a campanha eleitoral, na defesa da família, da defesa da liberdade religiosa, na defesa da liberdade de culto", disse o ministro. Depois do discurso de Carvalho, o bispo Manoel Ferreira, presidente da convenção, cometeu uma gafe ao se referir a Dilma como "ministra". "Se ela ouvir isso, tô frito", disse.

Fonte: G1 e Estadão

Pastor Jabes de Alencar é homenageado com a comenda Willian J. Saymor pelo ministério Azuza


Pastor Jabes de Alencar é homenageado com a comenda Willian J. Saymor pelo ministério Azuza
O ministério Azuza homenageou nesta quinta-feira, 19, o pastor Jabes Alencar, da Assembleia de Deus do Bom Retiro. A comenda Willian J. Saymor é uma medalha que é oferecida a cristãos de destaque, a líderes que apresentem características em vários aspectos da vida cristã, semelhantes à de William Seymour, do Azuza, que é quem dá nome ao prêmio.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Dentre vários líderes cristãos que já foram homenageados com o mesmo prêmio estão os pastores Dr. Myles Munroe, Bispo Charles Blake, dentre outros. Já foram sete os líderes que receberam a comenda oferecida pelo ministério Azuza.
O pastor Jabes Alencar tem se destacado no Brasil com sua atuação no ministério de evangelismo, além se posicionar de forma expressiva e atuante para a unidade da igreja brasileira.
Fonte: Gospel+

Bandidos invadem casa de pastor à procura de dinheiro dos fiéis

Os bandidos amarraram o pastor, sua esposa e a empregada e ameaçavam atirar caso ele se negasse a entregar o dinheiro do dízimo.

Na tarde desta quinta-feira, 19 de abril, dois bandidos armados, um deles cobrindo o rosto com capacete, invadiram a casa do Pastor Manoel Messias, 55, o submeteram, junto da esposa e da empregada da família, a momentos de terror. Por ser membro da Igreja do Evangelho Quadrangular de Itabira, Messias foi questionado pelos bandidos sobre o dinheiro dos fiéis. Eles ameaçavam atirar caso ele se negasse a colaborar.

Os marginais acreditavam que o pastor guardava o dinheiro do dízimo num cofre dentro da casa onde mora, na Rua Isabel Eliziário Rosa, no bairro Novo Amazonas.

Eles amarraram e amordaçaram Messias na sala. Na cozinha, fizeram o mesmo com as mulheres. Após não encontrarem cofre algum, os dois saíram carregando uma TV de plasma, três computadores e outros pertences das vítimas. Os bandidos levaram, ainda, o salário da empregada da casa, que a moça havia acabado de receber.

Durante a fuga, os invasores, aparentando ser menores de idade, segundo as vítimas, ironizaram o fato de a filha do pastor ser conselheira tutelar, dizendo: “Sabrine não fará nada”. Os bandidos fugiram num Fiat Ideia prata, placa HGR 8757, do próprio pastor. A polícia ainda está à procura dos criminosos.

Fonte: Defato online

PADRE PEDÓFILO - Padre é suspeito de abusar de adolescente em igreja

A Polícia Civil investiga um padre de Carapicuíba (Grande SP) acusado de ter mantido relações sexuais por mais de um ano com uma estudante de 14 anos.

A estudante era coroinha da paróquia Santa Rita de Cássia, uma das maiores da cidade, situada na Vila Dirce.

O alvo da investigação é o ex-pároco dessa igreja, de 42 anos, que frequentava a casa da família da vítima. Ele foi expulso da paróquia pela Diocese de Osasco há nove dias --continua padre, porém, não pode celebrar missas em nenhuma igreja.

Segundo o vigário-geral da diocese, monsenhor Claudemir José dos Santos, o afastamento do padre se deu assim que a família da vítima comunicou o caso à igreja.

Fonte: Novo Tempo