quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

O ENGANO DA MARIOLATRIA



Isso acontece porque a Igreja Católica Romana tem concepções e doutrinas que contrariam os ensinamentos bíblicos. Ela ensina aos seus fiéis, por exemplo, que Maria foi concebida sem pecado. (Como? Ela era humana, e como tal herdou o pecado de Adão. Só Jesus foi gerado pelo Espírito Santo). 

Também sustenta que ela permaneceu virgem depois de dar à luz Jesus, e que não teve outros filhos (Outro erro gravíssimo. Veja Mt 12.46-50). Denomina Maria de mãe de Deus. (Como isso poderia ser possível, se Deus é eterno? Ela é a mãe biológica de Jesus, que foi gerado pelo Espírito Santo sem a participação de um homem na fecundação do óvulo).

A igreja Católica também atribui a Maria os títulos de despenseira da graça divina, a estrela da manhã, o refúgio dos pecadores, que pertencem exclusivamente a Cristo. Isso porque os católicos entendem que ela é uma corredentora e intercessora com o Senhor Jesus. Um absurdo teológico!
Infelizmente, muitos católicos, sem o devido conhecimento da Escrituras e confiando apenas no que lhe é ensinado nas missas e catecismos católicos, ainda estão presos e essas crenças antibíblicas, confessando publicamente a sua fé no poder e ministério intercessório de Maria, orando a ela e adorando-a, como se ela fizesse parte da Trindade. Eles desconhecem o que apropria Maria disse quanto à condição dela, igual a nossa, como salva com deus e serva do Senhor: A minha alma engrandece ao Senhor, o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, porque atentou na humildade de sua serva(Lc 1.46-48).

Maria foi uma virtuosa mulher, submissa à vontade de Deus. Por isso, ela foi escolhida Poe Ele para gerar em seu ventre Seu Filho. Como havia sido profetizado por Isaías(7.14), uma virgem, pelo poder do altíssimo, deu a luz o Emanuel. Contudo, ela não era divina; não partilhava, portanto, dos atributos de Cristo nem da missão salvífica dele.
Na bíblia fica claro que Maria reconheceu o ministério e a autoridade de Jesus como Filho de Deus, e contribui com Ele e seguiu-o até o fim. Contudo, em texto bíblico algum, vemos que foi dado a Maria qualquer autoridade para realizar milagres ou interceder pela humanidade.
Essa idéia de Maria como intercessora nunca existiu na Igreja primitiva. Ela surgiu na Igreja Católica a partir do século 5 e foi fruto de sincretismo com as religiões pagãs, especialmente as Greco-romanas, que cultivam deusas virginais, como Artemis ou Diana. Após Constantino decretar o cristianismo como a religião oficial, a “fé católica” foi expandida por todo o império romano e para absorver adeptos de religiões politeístas, a Igreja Romana permitiu o culto a Maria no lugar do culto a virgem, criando os mitos da virgindade perpétua de Maria e o da ascensão dela aos céus, para respaldar esse culto totalmente contrário à verdade bíblica.

Sendo assim, está enganado quem pensa que, nós evangélicos, desprezamos Maria. O que repudiamos e contestamos veemente são essas concepções errôneas, forjadas por homens, por interesses escusos, e a mariolatria. Esses ensinamentos católicos tem levado muitos a entregarem-se à idolatria, pecado abominável e expressamente condenado nas Escrituras, bem como a afastar-se da verdade de que ninguém pode ser perdoado e achegar-se a Deus, senão por intermédio de Jesus (Jo 14:6; At 4:14).




Escrito por: Pr. Silas Malafaia . via Gritos de Alerta

AGENDA DO PT - Menino autista é vetado de ler a Bíblia em escola, segundo a mãe


Um menino autista de apenas 8 anos da cidade de Dearborn Heights, Michigan (EUA), passou por um caso recente de supostos mau tratos em sua escola, de acordo com sua mãe, levando inclusive a ser impedido de ler a Bíblia.

Segundo Jessica Cross, mãe de Jason, a escola simplesmente abandonava o garoto, sendo capazes até de deixá-lo sem comida, além de não oferecer os cuidados adequados para seu autismo.

Para a mãe, a situação é algo totalmente inadmissível e passível de punição, pois se ela tivesse feito o mesmo, com certeza já teria "perdido seu filho" na justiça.

Em relação à Bíblia, ela relata que tentou varias vezes argumentar que o livro só seria lido durante os momentos de hora vaga. Entretanto, a escola deixava claro que não poderia permitir, pois a Bíblia é "só para a igreja, e não para a escola".

Por inúmeras vezes, Jessica Cross tentou um diálogo aberto com o colégio, para chegar em um consenso do que fosse ideal para ambas as partes, mas sem sucesso. Ela revela que a conversa não chegava a nenhuma medida mais firme.

"Fizemos algumas reuniões. Nós nos encontrávamos, e sempre que nos colocávamos à disposição para conversar, a iniciativa não passava do encontro", afirmou a mãe na expectativa de uma resposta mais precisa da administração da escola.

Dra. Laurine Van Valkenburg disse a um canal de notícias local que prestará mais atenção nos incidentes, mas insiste que não pode mudar sua postura quanto à crença do garoto, pois "se uma criança quer levar uma Bíblia para a escola, a instituição não pode permitir", resume.

No entanto, a mãe de Jason permanece preocupada, pois sua filha Jaclyn também estuda na mesma escola que o filho, e também já seria uma vítima em potencial de mais situações controversas, conforme relatado pela própria filha.

Fonte: The Christian Post

FUMAÇA NO INFERNO - TJ-SP mantém preso líder de 'igreja da maconha'


Preso em agosto de 2012 na sede da igreja com 37 pés de maconha, Geraldinho Rastafári recorreu ao tribunal para escapar da acusação de tráfico de drogas.

Em São Paulo, o Tribunal de Justiça manteve a condenação do líder de uma suposta seita que defende o uso religioso da maconha, Geraldo Antônio Baptista, de 54 anos, o Geraldinho Rastafári, em decisão publicada nesta quarta-feira, 29. Preso em agosto de 2012 na sede da Igreja Niubingui Etíope Coptic de Sião do Brasil, em Americana, com 37 pés de maconha, ele recorreu ao tribunal para escapar da acusação de tráfico de drogas.

O advogado Alexandre Khuri Miguel alega que o uso da maconha é religioso e deve ser permitido como o chá de ayahuasca, usado pelos seguidores do Santo Daime. "A Constituição garante a liberdade ao culto religioso", afirmou o advogado, que vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Em decisão de maio de 2013, o juiz Eugênio Augusto Clementi Júnior citou decisão do TJ do Rio Grande do Sul que afirma que a liberdade de culto religioso só pode ser invocada se a prática ritualística não entrar em conflito com a lei penal. "Se alguém quiser sacrificar virgens, como faziam os astecas, a lei brasileira não irá permitir. É o mesmo caso", sustentou o magistrado.

Para o juiz, ficou provado que Ras Geraldinho "fornecia maconha para terceiros", fora dos cultos de sua igreja, incluindo menores de idade.

Fundada em 2011, a "igreja da maconha" usa a filosofia rastafári para defender a maconha como erva sagrada e conseguir sua liberação para fins religiosos.

Em um sítio, que foi confiscado pela decisão judicial, além dos pés de maconha, era feito o uso da droga abertamente. Para os integrantes da seita, o uso ritualístico e chamado de "reasoning". Na sentença, o juiz anexou um vídeo onde mostra pessoas fumando maconha na chácara e conclui "o ambiente não é nem um pouco litúrgico".

O juiz apontou ainda que a cobrança de R$ 10,00 para frequentadores da igreja caracterizava que no local funcionava um "self-service" da droga, como sustentou o promotor de Justiça Clóvis Siqueira. Ele também cita a apreensão dos 37 pés da maconha, que pesaram 7 quilos.

"Foi um erro jurídico interpretar que havia grande quantidade. Desse total da planta, isso viraria 150 gramas, no máximo, que é uma quantia que pode ser usada em um mês", defendeu o advogado.

No entanto, pela sentença do juiz, o líder agiu como traficante de maconha e tinha expressiva quantidade da droga. A pena fixada em primeira instância e mantida pelo TJ foi de 14 anos, dois meses e 20 dias de prisão, multa equivalente a R$ 51,1 mil, além de ter o imóvel apreendido.

O desembargador Ruy Leme Cavalheiro, da 3ª Câmara do Direito Criminal, manteve a condenação e negou todos os argumentos da defesa. Geraldinho está no presídio de Iperó sem poder dar entrevistas, sob alegação de risco de apologia ao uso de drogas.

Fonte: Estadão

Assembleia de Deus no Belenzinho batiza 1,4 mil novos membros no início do ano

Assembleia de Deus no Belenzinho batiza 1,4 mil novos membros no início do anoAssembleia de Deus no Belenzinho batiza 1,4 novos membros
A igreja Assembleia de Deus Ministério do Belém, em São Paulo, realizou no último domingo (26) a primeira cerimônia de batismo de 2014.
Neste dia mais de 1,4 mil pessoas desceram às águas do batismo na sede da AD localizada no bairro do Belenzinho.
O culto festivo atraiu 3 mil pessoas, contando os novos crentes, amigos, familiares e membros da igreja que fizeram questão de acompanhar o batismo.
A mensagem foi ministrada pelo pastor presidente, José Wellington Bezerra da Costa, que ressaltou a importância do evangelismo. “A maior tarefa da Igreja é a evangelização, se a Igreja parar de evangelizar para nada ela serve”, disse ele.
Grupo de pastores que batizaram os novos membros.
A AD Belém realiza a cerimônia de batismo a cada dois meses, as igrejas do Ministério Belém da capital e de outras cidades da Grande São Paulo encaminham os novos convertidos para serem batizados na Sede.
Grupo de pastores que batizou os novos membros.
Em 2013 as seis cerimônias do ano totalizaram mais de 10 mil batismos, sendo que o último do ano, realizado em novembro, teve 1.824 novos crentes.

GOSPEL PRIME

Juliano Son mostra um pouco do trabalho missionário do Livres no Sertão


Juliano Son mostra um pouco do trabalho missionário do Livres no SertãoJuliano Son mostra um pouco do trabalho missionário do Livres no Sertão
Juliano Son, líder do ministério Livres conhecido por suas canções e conferências proféticas internacionais postou em sua rede social um pouco sobre o impacto que o trabalho missionário de seu grupo tem exercido no Piauí. 
Juliano postou uma foto segurando uma garrafa de água com um líquido bem amarelado onde disse: “Esta foto foi tirada no dia da inauguração do dessalinizador (sistema de purificação capaz de tirar o sal da água) na comunidade quilombola Tanque de Cima, no município de Acauã/PI, a cerca de 60 km de Betânia do Piauí.
Pedindo licença, entramos na casa da Dna. Maria e esta garrafa alaranjada foi tirada de sua geladeira. A água vem de um açude local e, em análise, além de tudo, ela tinha um grau de salinidade maior do que o apropriado para consumo.
Esta era a qualidade da água que estava sendo consumida pela comunidade antes do dessalinizador. Alguns moradores disseram que a água estava boa, porque sendo inverno, havia chovido um pouco, mas que ela chegava a ficar duas vezes mais escura.
Igreja na comunidade do Baixão.Uma participante do impacto disse que em uma das casas visitadas a água tinha cheiro de esgoto. Ainda outros chegaram a prová-la e disseram que ela era amarga e que tinha gosto de barro. Um dos valentes, depois de provar da água, disse que o seu estômago havia reagido.”
Igreja na comunidade do Baixão.
Além do trabalho no sertão nordestino, o Livres mantém um abrigo chamado Livre Ser na zona norte de São Paulo onde crianças órfãs ou vítimas de maus tratos são cuidadas por voluntários.
Juliano Son também costuma participar de eventos em prol de missões com Ana Paula Valadão, Nivea Soares, Heloisa Rosa, entre outros.
Mais informações sobre os projetos:  www.facebook.com/JulianoSon

- Pastor evangélico é encontrado morto dentro de igreja, na Grande BH

O corpo de um pastor evangélico foi encontrado na noite desta quarta-feira (29), em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar (PM), ele foi morto a facadas, dentro da igreja, e, provavelmente, o crime foi no fim de semana.
O prédio da igreja estava fechado há três dias, desde o ultimo culto. O corpo da vítima, de 33 anos, estava perto do altar. Nenhum policial quis dar entrevista, mas a equipe que atendeu a ocorrência disse que o corpo foi encontrado por um fiel. Aparentemente nenhum objeto foi levado.
O religioso morava na casa em cima da igreja há quase quatro meses e era considerado por vizinhos um homem calmo e discreto.
Parte do vidro da porta da frente estava quebrada. A perícia apurou que o pastor levou três facadas no peito. Na rua, ninguém escutou gritos ou viu algum suspeito. Nenhum parente esteve no local. O imóvel foi alugado sem fiador e o dono informou que o pagamento era feito sempre em dia.
Um vizinho, que não quis se identificar, disse que desde que se mudou para o bairro, o pastor conversou poucas vezes com os vizinhos. Ele disse ainda que a vítima era vista constantemente em companhia de amigos.
A polícia informou que ainda não há suspeitos do crime.

G1

Irmãos são presos suspeitos de seduzir e matar 10 homossexuais, no AM

Suspeitos assumiram autoria dos crimes na delegacia (Foto: Romulo de Sousa/G1 AM)Dois suspeitos de participação na morte do estudante de jornalismo Steve Hosth da Costa Barroso foram presos, nesta quarta-feira (29), em Manaus. O crime ocorreu no último dia 29 de novembro. Os irmãos Ricardo Damacena Cunha, de 19 anos, e Jucenildo Soares Damacena, de 18 anos, são suspeitos de pelo menos dez latrocínios. Segundo a polícia, os principais alvos da dupla eram homossexuais.
Segundo o delegado responsável pelo caso, Orlando Amaral, a polícia confirmou o envolvimento dos dois em três casos com modus operandi semelhante e investiga ainda a participação dos dois em outros seis latrocínios. As vítimas eram sempre homossexuais, de acordo com a polícia, que eles conheciam em bares e hotéis. "Eles afirmaram ter conhecido o estudante em um bar no Centro, onde um deles trabalhava. Na noite anterior ao crime, eles saíram para se divertir", contou o delegado.
De acordo com a polícia, eles confessaram com precisão todos os detalhes do crime e também de outras três vítimas. "No dia do crime o Ricardo levou o Steve para a casa do Jucenildo. Lá eles o estrangularam e depois o desovaram em um córrego, finalizando a ação com um golpe na cabeça", informou o delegado. "São praticamente maníacos", completou.
Ao G1, os suspeitos falaram que estão arrependidos. "Já pedi muito perdão para Deus, estou frequentando a igreja e fiz o pedido a Deus de que eu morresse caso cometesse outro crime, porque eu não mereceria viver", afirmou o ajudante de carga, Jucenildo. "Na hora dos crimes a gente não sente remorso, mas depois fica pensando que se fosse um parente nosso, também seria muito doído. Agora que a ficha cai. Peço perdão aos familiares", disse o autônomo Ricardo.
Corpo de homem é encontrado em igarapé na Zona Leste de Manaus (Foto: Rosianne Couto)Corpo de Steve encontrado na Zona Leste
(Foto: Rosianne Couto)
Na delegacia, a família de Steve comemorou a prisão da dupla. "Ele era muito prestativo e ligado à família. Infelizmente meu irmão não volta mais, mas a prisão dos suspeitos já é um alívio. Esperamos agora que a Justiça seja feita para que eles não saiam e cometam mais crimes", relatou a irmã de Steve, Shirley Gentil.
Objetos recuperados pela polícia  (Foto: Romulo de Sousa/G1 AM)O carro do universitário Steve Hosth da Costa Barroso, de 36 anos - assassinado em Manaus em novembro de 2013 - foi encontrado no dia 9 de janeiro em Itacoatiara, município a 176 km da capital. O veículo estava abandonado em um posto de combustível da cidade.
Com os suspeitos, foram recuperados celulares, o notebook e os tênis da vítima. Steve foi encontrado morto no dia 29 de novembro de 2013 por trabalhadores de uma obra em um bueiro localizado na Rua Bernardo Cabral, no bairro Tancredo Neves, na Zona Leste de Manaus.
Objetos recuperados pela polícia (Foto: Romulo de Sousa/G1 AM)
 G1.COM.BR

Papa Francisco é capa da revista Rolling Stone


Francisco é o tema da edição de fevereiro da revista de cultura e entretenimento, que destaca sua postura diferente na condução da Igreja católica.

O mais alto representante da Igreja Católica na capa de uma das revistas de cultura pop mais importantes do mundo. Esse é mais um feito do Papa Francisco, que, mais uma vez, provou seu potencial midiático.

Open in new windowA publicação anunciou nesta terça-feira, 28, em seu site, que o pontífice será a capa e o perfil da próxima edição da Rolling Stone, que chega às bancas em 31 de janeiro. O editor Mark Binelli contribui com a revista ao viajar para o Vaticano e traçar um perfil do primeiro Papa latino-americano da História.

No texto, o jornalista destaca a maneira como Jorge Mario Bergoglio vem tratando as questões da Igreja, enfatizando o discurso de priorização dos valores sentimentais em detrimento dos materiais e seu aparente posicionamento acerca de questões polêmicas como a homossexualidade e os crimes cometidos por membros da Igreja Católica.

O restante do perfil aponta o Papa Francisco como o agente da mais importante mudança da Igreja dos últimos anos e destaca, também, como seu discurso vem incomodando a ala mais conservadora da política e da sociedade norte-americana.

É a primeira vez que um Papa aparece na capa da Rolling Stone, cuja tradição é estampar rostos idolatrados da cultura pop ou personalidades polêmicas de outras esferas da sociedade. O pontífice argentino também estampou a página inicial de outras publicações desde quando assumiu o mais alto posto da Igreja. No fim do ano, ele foi eleito a Personalidade do Ano da revista Time e o Homem do Ano pela edição italiana da Vanity Fair.

Na semana passada, ele voltou sua atenção aos usuários das mídias digitais, dizendo, no discurso pelo Dia Mundial das Comunicações, que “a internet é uma coisa de Deus” e que as pessoas deveriam usar a web para estreitar seus laços, preservando sempre o respeito às opiniões alheias.

Fonte: Meio & Mensagem

Polícia Civil investigará vídeo sobre o Natal do Porta dos Fundos


Polícia Civil investigará vídeo sobre o Natal do Porta dos FundosPolícia investigará vídeo sobre o Natal do Porta dos Fundos
representação criminal movida pelo deputado Marco Feliciano (PSC-SP) contra o vídeo “Especial de Natal”, da produtora Porta dos Fundos vai ser investigada pela Decradi (Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância), da Polícia Civil de São Paulo.
A acusação é sobre o teor do vídeo que satiriza a Sagrada Família. Na representação Feliciano escreveu que o conteúdo do vídeo é “altamente pejorativo, utilizando-se inclusive de palavras obscenas, e de forma infame atacou os dogmas cristãos e a fé de milhares de brasileiros que comungam deles, ferindo dialeticamente o direito fundamente à liberdade religiosa”.
Feliciano pede indenização de R$ 1 milhão ao grupo humorístico. A denuncia foi recebida pelo promotor de Justiça de Direitos Humanos José Paulo França Piva, que a encaminhou à Decradi. As investigações avaliarão o vídeo para saber se o conteúdo representa algum crime.
Além do deputado evangélico, outras denúncias foram feitas contra o vídeo. A Associação Nacional Pró-Vida e Pró-Família, ligada à Igreja Católica, e o deputado federal Anderson Ferreira (PR) também procuraram o Ministério Público para denunciar criminalmente o vídeo.
Esse não foi o primeiro vídeo que colocou os humoristas do Porta dos Fundos em guerra contra religiosos. Em outras cenas eles já haviam criticado o cristianismo, como no vídeo “OH, Meu Deus”.
Ao UOL o grupo se defendeu dizendo que não desrespeitam nenhuma crença. “De maneira nenhuma temos o objetivo de desrespeitar a fé, nem ninguém de nenhuma religião. Temos muito cuidado ao fazer nosso trabalho e também temos nossas responsabilidades”, declarou João Vicente de Castro. O grupo espera uma notificação oficial sobre os processos abertos.
GP

III FLIC SALÃO GOSPEL REALIZA COQUETEL PARA APRESENTAR NÚMEROS DO SETOR, LANÇAR PRÊMIO DE LITERATURA CRISTÃ E DETALHAR A EDIÇÃO DE 2014

Imagem inline 1















No próximo dia 13 de Fevereiro de 2014 (quinta-feira), às 18:00 horas, na Chácara Santa Cecília, em São Paulo, a III FLIC SALÃO GOSPEL oferece um coquetel exclusivo para expositores, lideranças, profissionais do setor e imprensa. Entre os motivos do encontro, está apresentar os números de um segmento que desconhece crise e não para de crescer. Esses vão ser apresentados pelos realizadores da feira e por algumas entidades oficiais, como a ABRAMUS – Associação Brasileira de Música e Artes.

Para os que não tem proximidade com o setor e desconhece esse crescimento, só a Música Gospel brasileira fatura acima de dois bilhões e chama a atenção de todos dispostos a mergulhar nesse mar de ritmos e cifrões, cheio de oportunidades e grandes investidores. Pesquisas recentes revelam que esse segmento cresce 14% ao ano e é um dos mais rentáveis no país. Segundo dados da Associação Brasileira de Produtores de Disco (ABPD), o estilo está presente entre os 20 CDs mais vendidos no Brasil. A Música Gospel, que tinha espaço apenas dentro das igrejas no início do século XIX, hoje é executada em todos os cantos do mundo. No Brasil, espalhada em hipermercados, lojas de conveniência e lojas de discos, ela é um sucesso! A verdade é que atualmente o nicho evangélico brasileiro movimenta cerca de R$ 15 bilhões por ano. É o segundo lugar em volume de vendas de instrumentos musicais, acessórios e sonorização e em venda de CD’s e DVD´s. Só esse setor gera mais de 2 milhões de empregos e é o segundo em produtores de shows. Por ano abrem-se mais de 14.000 igrejas evangélicas no Brasil. Marcelo Rebello, um dos idealizadores da feira e também teólogo que dá palestras sobre marketing e religião, reforça com outros números interessantes: são 4.500 artistas e bandas onde são lançados no mínimo 10 CDS por mês. Ele prevê e se baseia em estudos feitos pelo Serviço de Evangelização para a América Latina (Sepal), que em 2020 os evangélicos chegarão à marca de 109,3 milhões (52%), num total de 209,3 milhões de brasileiros, sendo metade da população brasileira formada por evangélicos.

Na literatura, os livros também dão impulso ao faturamento anual setorizado, que pode continuar crescendo neste ano de 2014. Todo ano, pastores e ministérios lançam livros que se tornam best-sellers com mais de 100 mil cópias vendidas. Exemplo disso, em 2013, foi o livro “Casamento Blindado”, escrito por Cristina e Renato Cardoso, da editora Thomas Nelson. Um sucesso editorial com venda de mais de 1 milhão de exemplares! Fora isso, “A internet é outro grande aliado na hora da venda”, lembra Reiner Lorenz, diretor executivo da Associação dos Editores Cristãos (ASEC).

Outros destaques do coquetel vão ser o lançamento do Prêmio Areté 2014, premiação da literatura evangélica que já acontece há 23 anos e que destaca os melhores livros cristãos do ano anterior e, por último, as novidades da III FLIC SALÃO GOSPEL, apresentadas pelos idealizadores do evento Grupo MR1 e ASEC e a situação atual da feira e as projeções para a realização em Setembro, por José Roberto Sevieri, diretor de operações do Grupo Cipa Fiera Milano.

Luciana Mazza
Grupo MR1/ III FLIC SALÃO GOSPEL
013 78135186

Caio Fábio pode ser chamado para depor sobre Lula, na operação Lava Jato

Caio Fábio Nesta sexta-feira (8), o site O Antagonista informou que integrantes do Ministério Público Federal (MPF) poderão chamar o pas...