domingo, 14 de agosto de 2011

As 144 mil testemunhas judaicas

 


João relata o aparecimento destas 144 mil testemunhas judaicas em Apocalipse 7:1-8:

  1. E depois destas coisas vi quatro anjos que estavam sobre os quatro cantos da terra, retendo os quatro ventos da terra, para que nenhum vento soprasse sobre a terra, nem sobre o mar, nem contra árvore alguma.
  2. E vi outro anjo subir do lado do sol nascente, e que tinha o selo do Deus vivo; e clamou com grande voz aos quatro anjos, a quem fora dado o poder de danificar a terra e o mar,
  3. Dizendo: Não danifiqueis a terra, nem o mar, nem as árvores, até que hajamos assinalado nas suas testas os servos do nosso Deus.
  4. E ouvi o número dos assinalados, e eram cento e quarenta e quatro mil assinalados, de todas as tribos dos filhos de Israel.
  5. Da tribo de Judá, havia doze mil assinalados; da tribo de Rúben, doze mil assinalados; da tribo de Gade, doze mil assinalados;
  6. Da tribo de Aser, doze mil assinalados; da tribo de Naftali, doze mil assinalados; da tribo de Manassés, doze mil assinalados;
  7. Da tribo de Simeão, doze mil assinalados; da tribo de Levi, doze mil assinalados; da tribo de Issacar, doze mil assinalados;
  8. Da tribo de Zebulom, doze mil assinalados; da tribo de José, doze mil assinalados; da tribo de Benjamim, doze mil assinalados.

Estas testemunhas são servos de Deus levantados no final do primeiro quarto do período de Tribulação. Todas elas são originárias das tribos de Israel, conforme os versículos de 5 a 8.

Deus levanta estes 144 mil servos para terminar de cumprir o que está escrito em Mateus 24:14:

"E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim."

É importante enfatizar que as testemunhas são levantadas durante o período de Tribulação. Ou seja, são novos crentes, convertidos depois do arrebatamento. Estas testemunhas atingirão a todas as nações, conforme descreve Apocalipse 7:9:

"Depois destas coisas olhei, e eis aqui uma multidão, a qual ninguém podia contar, de todas as nações, e tribos, e povos, e línguas, que estavam diante do trono, e perante o Cordeiro, trajando vestes brancas e com palmas nas suas mãos."

Elas conseguirão colher uma multidão enorme de almas durante a Tribulação, o que é um fato fabuloso, porque confirma que Deus, mesmo após o arrebatamento, ainda não desiste da humanidade. O Senhor não tem prazer na morte de ninguém:

  • Ezequiel 33:11
    "Dize-lhes: Vivo eu, diz o Senhor DEUS, que não tenho prazer na morte do ímpio, mas em que o ímpio se converta do seu caminho, e viva. Convertei-vos, convertei-vos dos vossos maus caminhos; pois, por que razão morrereis, ó casa de Israel?"

É da vontade do Senhor que todos os homens se salvem. Está em 1 Timóteo 2:3-4:

"Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade."

Mas Deus não pode forçar a ninguém a aceitá-Lo. É muito importante lembrar que Deus deu livre arbítrio ao homem e que aceitar a salvação por meio de Jesus Cristo é uma decisão individual. Deus respeita a opção do homem.

As 144 mil testemunhas receberão um "selo" na testa, algo visível (Apocalipse 7:3) da parte de Deus, que os protegerá de maneira sobrenatural durante todo o período de Tribulação. Por causa delas e das duas testemunhas sobrenaturais que aparecem em Apocalipse 11:3-6, muitas almas aceitarão a Jesus Cristo como Senhor e Salvador durante a Tribulação, compondo a multidão que ninguém podia contar" (Apocalipse 7:9).

A Época de Laodicéia: a Igreja Apóstata


Paulo escreve que, nos últimos tempos, a própria Igreja estará se desviando dos propósitos de Jesus Cristo, distorcendo o evangelho de modo a aceitar o que é ilícito como se fosse normal, desviando as pessoas do genuíno evangelho do Senhor Jesus Cristo.

  • 1 Timóteo 4:1-4
    "Mas o Espírito [Santo] expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios; Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência; Proibindo o casamento, [ensinando] e ordenando a abstinência [de certos tipos] dos alimentos que Deus criou para os fiéis, e para os que conhecem a verdade, a fim de usarem deles com ações de graças; Porque toda a criatura de Deus é boa, e não há nada que rejeitar, sendo recebido com ações de graças."

O termo apostatar-se significa desviar-se ou afastar-se. Esse sinal já está acontecendo nos dias de hoje. Muitas autoridades das igrejas têm distorcido o verdadeiro evangelho, dando lugar ao orgulho, conforme alguns exemplos:

Tim Lahaye e Jerry B. Jenkins, em seu livro Estamos vivendo os últimos dias?, citam o bispo episcopal de New Jersey (EUA) John Shelby Spong, que escreveu o livro Why Cristianity should change or die (Por que o Cristianismo deve mudar ou morrer), onde ele afirma que:

  • A ressurreição de Cristo não foi real, mas uma lenda
  • Não houve túmulo vazio, nem anjos, nem aparições
  • Nenhuma pessoa racional pode crer na interpretação literal da Bíblia
  • A virgem de uma Bíblia literal, Belém e a manjedoura, têm de sumir
  • A igreja deve apoiar ativamente, e até celebrar relações extraconjugais

A Palavra de Deus nos alerta que as igrejas apóstatas infelizmente terão seus seguidores, além dos falsos mestres, conforme 2 Timóteo 4:3-4:

"Porque virá tempo em que [as pessoas] não suportarão (agüentarão) a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos [por algo prazeiroso e gratificante], amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas."

O próprio Senhor Jesus também já havia alertado aos cristãos sobre a existência das igrejas apóstatas. Em Apocalipse 3:15-18, o Senhor faz menção à igreja apóstata, que é a igreja de Laodicéia:

  1. Conheço [e registrei] as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente!
  2. Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca.
  3. Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu;
  4. Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças [verdadeiramente]; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas.

Temos que estar atentos para não nos deixar enganar pelas doutrinas apóstatas ao verdadeiro evangelho de Jesus Cristo. A contaminação é uma arma poderosa de Satanás para destruir a Igreja de Jesus.

O Que Faz de um Pai um Grande Pai



Vamos fazer uma festa e alegrar-nos. Pois este meu filho estava morto e voltou à vida.
 Lucas 15:23, 24


Hoje é o Dia dos Pais, que inclui nossos avôs, tios e amigos. É o dia no qual mais se fazem ligações a cobrar no mundo!


Pela sua própria índole, o grau e a forma como os pais demonstram afetividade aos filhos são diferentes daqueles demonstrados pelas mães. É opinião corrente que o homem nunca perde tempo pedindo informações e suas chamadas telefônicas não passam de trinta segundos. Mesmo que os filhos não tenham tudo o que desejam, devem saber que os pais procuram dar o melhor de seu tempo, o melhor de sua atenção para eles.


Para mostrar o que faz de um pai um grande pai, a Bíblia narra a história de um pai generoso. E o filho, que era pródigo, que ideia tinha do pai? A Bíblia deixa claro que, quando voltou a si, o jovem se lembrava de casa. Crescer num lar em que os pais não gritam com os filhos; em que, depois de uma conversa, ninguém se levanta e bate a porta, sem dúvida, ajuda na formação do caráter.


O pródigo se lembrou também de que seu pai era justo ao tratar com os empregados. Dava aos trabalhadores aquilo que eles mereciam. Não passava por sua mente: “É preferível ficar por aqui pela maneira de meu pai humilhar seus empregados.” O pai era um exemplo de justiça e de lealdade que ele podia imitar em qualquer momento.


Rápido em mostrar perdão, o pai fez o que era incomum naquele tempo. Normalmente, o pai esperaria que o filho se dirigisse a ele com alguma demonstração de respeito. Mas o pai não esperou! Correu em direção ao filho e o abraçou! O filho começou a confissão, mas o pai nem deixou que ele continuasse. Mandou que os empregados trouxessem o melhor traje. Perdoou-o imediatamente e não deixou nada pendente.


A imagem que temos do homem é de que ele é vagaroso para perdoar e rápido para ficar com raiva. Passamos a ideia de que homem não chora, como se não tivesse sentimento ou não se incomodasse com coisa alguma.


Precisamos lidar com os filhos como Deus lida conosco. Vamos perdoá-los totalmente, sem que fiquem esperando. A porta sempre aberta recebeu o filho pródigo. Houve abraço, houve celebração.


Mesmo que tenha que fazer uma chamada a cobrar, não deixe de agradecer hoje ao seu pai pelo carinho e força que ele lhe deu.

Perseguição aos blogueiros cristãos



Não é de hoje que muitos blogueiros estão sendo perseguidos por publicar em seus blogs, artigos polêmicos; principalmente quando se refere ao homossexualismo, aborto, eutanásia etc.
A maioria da blogosfera conhece o nosso irmão Júlio Severo. Suas denúncias fizeram que Júlio e sua família se ausentassem do Brasil por causa da perseguição, pois o Júlio bate forte mesmo principalmente no que se refere às práticas promovidas pelos amantes do homossexualismo.
Quando alguma notícia vaza na internet, ela alcança uma proporção muito grande, pois a rede tornou-se um mecanismo de denúncia explícita não só através de textos e imagens, mas de vídeos.
O que me entristeceu hoje, foi à perseguição ao capelão Ricardo Ribeiro da Paraíba. Seu blog se chama ResistênciaCristã.
Segue abaixo parte do texto que o irmão Ricardo escreveu:
“Bem, quero lhe dizer que a perseguição já chegou até mim. Eles tem me monitorado e fui demitido do meu cargo de Capelão e a notícia foi dada por um Homossexual de um grupo ativista que atua na minha cidade, na minha porta. Mas, sei que meu Senhor não deixará faltar nada prá mim, minha esposa grávida de 7 meses e minha filha que está chegando. Estou experimentando o que Júlio passou com seus filhos. Seria bom denunciá-los em seu blog, se possível. Agradeceria muito”.
Que eu saiba, constitucionalmente temos liberdade de expressão e opinião. Quando se mexe com o pessoal do homossexualismo, logo se levantam perseguições contra quem é contrário as práticas e direitos dados a essas pessoas.
Ricardo perdeu sua patente de capelão e precisa da nossa ajuda. Visite seu blog e ajude-o em oração, mas se possível financeiramente.
Será que estamos vivenciando novamente o período de ditadura? Ou perderemos a cabeça como perdeu o profeta João Batista por denunciar O PECADO!
Isso não é uma guerra de heteros contra homos, porém no reino espiritual peço a Igreja do Senhor Jesus, santa, pura e imaculada que dobremos nossos joelhos em oração para que tudo o que é contra a VERDADE caia por terra.
Quero pedir também oração pelo Pr. Fernando César do blog Famílias Para Cristo, que também tem sofrido perseguição por seu ministério de restauração de casamentos e famílias.
Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade. 2 Coríntios 13.8
nEle que é a Verdade que Liberta, Justo e Reto Juiz.


Por Micheline Gomes

Cristãos chineses defendem igreja clandestina perseguida

 




Andrew Jacobs
Em Pequim (China)

Mais de uma dúzia de líderes cristãos na China deram seu apoio a uma igreja clandestina sob ataque, pedindo ao governo para que encerre sua perseguição, assim como por maior liberdade religiosa.

A petição deles, um raro gesto público por parte de figuras religiosas, que frequentemente relutam em se envolverem na política, aumentou os riscos em um impasse que tem provocado preocupação entre grupos cristãos fora da China, levando a uma campanha de petição separada nos Estados Unidos e no Canadá.

Dezenove pastores assinaram a petição, entregue na quarta-feira ao Congresso Nacional do Povo, o Legislativo chinês, e postada na Internet. Ela pede por proteções legais para as chamadas igrejas domiciliares, que operam ilicitamente fora do sistema religioso dirigido pelo governo.

A petição também pede que o Legislativo investigue a repressão contra uma dessas igrejas, a Shouwang, uma igreja evangélica cujos líderes estão sob prisão domiciliar há mais de um mês.

A congregação com 1.000 membros ficou sem casa no início de abril, depois que o senhorio, sob pressão das autoridades, pediu a devolução do imóvel. Desde então, os fiéis tentam rezar ao ar livre todo domingo, provocando o previsível jogo de gato e rato com a polícia, que impede que alguns membros deixem suas casas e detém aqueles que conseguem chegar ao local de oração predeterminado.

Carsten Vala, um especialista em cristianismo chinês da Universidade Loyola de Maryland, disse que a petição aumentou a pressão sobre o Partido Comunista, em um momento em que ele está cada vez mais nervoso com o que percebe como sendo uma contestação à sua autoridade.

"Isso mostra que há uma atenção nacional ao que está acontecendo com a Showang e que há uma ligação entre as igrejas domiciliares urbanas por todo o país", ele disse.

A petição culpa um "sistema ultrapassado de gestão da religião" por uma crise que está agitando dezenas de milhões de fiéis chineses, que têm depositado mais fé no cristianismo do que no Partido Comunista ateísta. Também sugere que essas políticas levarão invariavelmente a mais conflitos sociais, aquilo que os líderes chineses estão tão ávidos em evitar.

"Nós esperamos que ao estabelecer uma comissão especial de investigação, o governo conseguirá lidar com o incidente de Shouwang de um modo racional e sábio, baseado nos princípios de 'colocar a população em primeiro lugar e governar o país segundo a lei' e no espírito generoso de servir os cidadãos, para assim evitar a escalada do conflito entre o Estado e a Igreja", diz a petição, citando um slogan comum da liderança atual.

O documento foi escrito por Xie Moshan e Li Tianen, patriarcas do movimento da igreja domiciliar, que passaram cada um mais de uma década em prisões chinesas.

A perseguição à Shouwang e várias outras igrejas não registradas coincide com uma repressão mais ampla na China, alimentada pela turbulência no mundo árabe, que levou à detenção de um grande número de dissidentes, advogados de direitos e outros vistos como críticos.

Como muitas igrejas não oficiais, Shouwang começou em uma residência particular, mas nos últimos anos ela se tornou uma das maiores e mais ricas congregações da capital. Em 2009, após um despejo anterior ter forçado a igreja a realizar seu culto em um parque, os paroquianos doaram mais de US$ 4 milhões para compra de seu próprio espaço. Mas mesmo de posse de uma escritura, a igreja não foi autorizada pelo governo a ocupar o espaço, um conflito que levou à crise atual.

Em uma coletiva de imprensa regular na quinta-feira, Jiang Yu, uma porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, defendeu a campanha contra a Shouwang, dizendo que seus fiéis tentaram repetidamente "se reunir ilegalmente nas ruas", segundo a agência de notícias "Reuters".

"Para manter a ordem pública e a segurança, os departamentos de segurança pública tomaram as medidas apropriadas", ela disse.


* * * Extraído do Portal UOL * * *
Tradução: George El Khouri Andolfato

RESPOSTA AOS TESTEMUNHAS DE JEOVA SOBRE A TRINDADE.

1) A Deidade é composta de três Pessoas. O Deus Pai é uma Pessoa. O Deus Filho é uma Pessoa. O Deus Espírito Santo é uma Pessoa.

2) Trindade denota tripessoalidade, e não triteísmo, haja vista as três Pessoas formarem um único Deus, e não três Deuses.

3) Cada Pessoa da Trindade é Deus. O Pai é Deus, o Filho é Deus e o Espírito Santo é Deus.

4) Se a nossa mente limitada não consegue alcançar o que está escrito nos pontos 1 a 3, acima, isso é um problema exclusivamente nosso. Por quê? Porque, a rigor, não precisamos compreender as doutrinas bíblicas para que elas se tornem verdadeiras. Elas simplesmente são verdadeiras porque emanam do único Deus verdadeiro.

5) Como as doutrinas bíblicas são verdadeiras haja o que houver (Gl 1.8), mesmo quando não as entendemos, precisamos ter em mente que a fé na Palavra de Deus e a unção do Espírito Santo devem preceder a nossa limitada razão (1 Co 2.14-16; 1 Jo 2.20).

6) Segue-se, ainda, que o estudioso das doutrinas bíblicas precisa ter a Bíblia como a sua fonte primária de autoridade.

7) Outras fontes de autoridade, como a razão, a própria teologia, a tradição, as experiências, etc. são todas fontes importantes, mas secundárias.

8) Em abono a tudo o que está escrito acima, a respeito da doutrina da Trindade, não citarei muitas passagens bíblicas. Apenas uma é necessária: “E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre” (Jo 14.16).

9) O Senhor Jesus rogou ao Pai, que é uma Pessoa, poisninguém roga à sua própria manifestação. Se as três Pessoas fossem três manifestações diferentes da Deidade, como deveríamos entender o texto citado? Se Jesus não se referiu ao Pai e ao Espírito como Pessoas, então deveríamos interpretar assim as suas palavras: “Eu rogarei ao Pai [que sou eu mesmo], para que Ele [que sou em mesmo] vos envie outro Consolador [que sou eu mesmo]”.

10) Por conseguinte, no estudo das doutrinas bíblicas, ter fé no que está escrito nas Escrituras é muito mais prioritário que o exercício da filosofia. O grande erro dos unicistas e de outros movimentos que não aceitam a doutrina da Trindade (e até zombam dela, blasfemando contra Deus) é priorizar as suas próprias elucubrações, em detrimento do que dizem as Sagradas Escrituras (cf. 1 Co 4.6; 15.1-4).
Que graça do Deus Filho, o amor do Deus Pai e a comunhão do Deus Espírito Santo seja com todos!

Kassab confirma veto a Dia do Orgulho Hétero

Gilberto Kassab ja afirmou que não deve sancionar o projeto / Foto:  Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr
O projeto foi aprovado no início do mês pela Câmara de São Paulo. Para valer, ele precisa ser sancionado pelo prefeito

Gilberto Kassab ja afirmou que não deve sancionar o projeto Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, confirmou que deve vetar o projeto de lei que cria o Dia do Orgulho Heterossexual na capital paulista. Segundo ele, a proposta é "despropositada". As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

“O heterossexual é maioria, não é vítima de violência, não sofre discriminação, preconceito, ameaças ou constrangimentos. Não precisa de dia para se afirmar", afirmou em entrevista.

O projeto

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou na sessão extraordinária do dia 2 de agosto o Projeto de Lei, de autoria do vereador Carlos Apolinário (DEM), que cria o Dia do Orgulho Heterossexual na cidade de São Paulo. O projeto foi aprovado em votação simbólica.

O PL agora segue para a sanção do prefeito Gilberto Kassab. Registraram voto contrário ao texto aprovado os 11 vereadores da bancada do PT, os dois da bancada do PCdoB, além de Gilberto Natalini, Claudio Fonseca (PPS), Claudio Prado (PTB), Juscelino Gadelha, Tripoli e Eliseu Gabriel (PSB).

Apolinário disse que não tem nada contra a “figura humana” dos gays. “A criação do Dia do Hétero não simboliza uma luta contra a figura humana dos gays, e sim contra aquilo que considero que são excessos e privilégios”.

Fonte - Band

Pregador é proíbido de evangelizar dentro de Trens Metropolitanos (CPTM) em SP



A pregação religiosa nos vagões da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) é motivo de uma queixa por dia enviada por passageiros à empresa. De janeiro a junho, a estatal recebeu 177 mensagens de celular reclamando das orações. Em todo o ano de 2010, foram 261. O assunto é polêmico. Assim como há passageiros que reclamam, há os que reivindicam mais espaço para os religiosos.

A possibilidade de converter os passageiros é o que leva o analista de informática Agostinho Ferreira da Silva (foto), de 46 anos, a evangelizar há 8 nos trens da Linha 12-Safira, que liga o centro da capital a Poá, na Grande São Paulo. "A maioria das pessoas gosta de ouvir", garante.

Conhecido como Irmão Guto, ele prega diariamente no trem que sai às 19h30 do Brás. O vagão escolhido é sempre o mesmo, o quarto. Ele ora e entoa hinos evangélicos. "A situação melhorou nos últimos tempos. Antes, os seguranças nos tratavam com truculência. Uma vez, chegaram a rasgar minha camiseta."

A assessora jurídica Teresinha Neves, de 40 anos, já pregou nos trens da CPTM e hoje auxilia os evangelizadores que se sentem intimidados por agentes da CPTM. Se quiserem, eles podem ser truculentos. Isso eu acho que é ilegítimo em se tratando de um estado democrático e da liberdade religiosa, de culto."

A CPTM informou que a proibição à pregação nos trens "não se confunde com os direitos assegurados na Constituição", "nem se trata de preconceito a uma religião específica". A estatal ainda informou que "o Estado é laico e pela própria Constituição ninguém tem o direito de impor sua fé ao outro, notadamente em ambiente fechado como é o caso dos trens". Segundo a CPTM, quando um pregador é removido do vagão, ele perde o direito da viagem.

O operador de logística Vanderlei Aparecido Luiz, de 38 anos, usa a Linha 10-Turquesa (Luz/Rio Grande da Serra), a que tem mais denúncias. Ele diz sentir-se incomodado. "Às vezes, eles chegam a gritar. E atrapalham as pessoas que tentam voltam dormindo de um dia cansativo." Ele chegou a ver um evangelizador sendo expulso por passageiros revoltados. "Em uma estação, seguraram a porta e falaram que o trem só andaria se ele saísse."

Passageira da mesma linha, a operadora de impressão Adriane Proença, de 23 anos, defende a pregação em outros locais. "Tem de ser na igreja. Nem todo mundo gosta de ouvir ou tem a mesma religião."

A auxiliar de limpeza Dalva Maria de Jesus Pereira, de 49, discorda. "Tem muita gente que precisa, mas não vai à igreja", diz a usuária da Linha 12-Safira - a mesma a que o Irmão Guto vai todos os dias. "Então o trem é um bom lugar para pregarem o que está na Bíblia."
Para cópia deste conteúdo, é obrigatória a publicação do link www.amigodecristo.com

Deputado debate com psicóloga evangélica


O deputado federal Jean Wyllys debateu sobre respeito e religião com psicóloga evangélica. Através de sua equipe de comunicação, o deputado Jean Wyllys, assumidamente homossexual e apoiador de diversas causas, debateu ,usando o Twitter, religião, respeito e amor com a psicológa evangélica Marisa Lobo.

O embate começou após Marisa Lobo, responder ao deputado sobre a iniciativa para criação do Dia do orgulho Hetero, em sua página, a psicológa escreveu: “@ascomjeanwyllys Deus e de misiricória como psicóloga cristã creio no respeito mútuo, e respeito as diferenças ainda que não concorde”.

Na sequência o deputado respondeu dizendo: ” @marisa_lobo Não há nenhuma batalha contra os cristãos. Há muitos que são tolerantes, e há muitos que não são.”

A psicológa alertou ao deputado sobre o cuidado ao generalizar os cristãos. A esse questionamento Jean respondeu: “@marisa_lobo O objetivo nunca foi o de generalizar. Sempre há uma distinção entre os tolerantes e os intolerantes. A luta é pela tolerância, pelo amor mútuo, mesmo que diferentes. Quem sabe um dia chegaremos lá! A luta é pela tolerância, pelo amor mútuo, mesmo que diferentes. Quem sabe um dia chegaremos lá! ”

Questionado por Marisa sobre a qualidade das informações contidas no kit gay, o deputado esclareceu que as informações que vazaram não faziam parte da cartilha que seria enviada as escolas foi desenvolvido por equipe multidisciplinar do MEC e que a parte do material que vazou não fazia parte dele.” @marisa_lobo De qualquer forma, é sempre necessária a avaliação do material e dos resultados para chegarmos a um material realmente útil” finalizou.

Fonte: www.amigodecristo.com

Basta Apenas Tocar o Seu Manto

O poder do toque é algo espetacular. É maravilhoso poder tocar em alguém que amamos. Um filho, uma filha, o pai, a mãe, a esposa, o marido, o namorado, a namorada, tocar num amigo querido. . .
Muito mais maravilhoso é poder tocar em Jesus. Há uma história na Bíblia que retrata que basta apenas tocar no Seu manto. Ela está em Marcos 5:24-29 onde lemos o seguinte:
"Grande multidão o seguia, comprimindo-o. Certa mulher, que havia doze anos tinha uma hemorragia, e que havia padecido muito à mão de vários médicos, e despendido tudo o que tinha, sem contudo nada aproveitar, pelo contrário, indo a pior, ouvindo falar de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou na sua veste. Dizia ela: Se tão somente tocar nas suas vestes, sararei. Imediatamente se lhe estancou a hemorragia, e sentiu no seu corpo estar curada do flagelo."
Somente Deus sabia quanto ela estava sofrendo. Vinha vivendo com essa hemorragia uterina há doze longos anos. Era considerada imunda pelas leis dos rabinos e sujeita às proibições levíticas: não podia tocar nas pessoas ou ser tocada por elas.
A sinagoga a colocara no ostracismo. Para a sociedade ela não existia. Abandonada também por Deus, assim ela pensava. Já havia orado. Implorado. E, por longos doze anos, Deus silenciara.
Durante esse tempo, fora posta fora da cidade, empurrada escada abaixo, Desde então, vivia escondida pelos cantos e becos da cidade, conservando apenas um resto de esperança.
Passando de médico em médico, havia tentado livrar-se desse mal. Os doutores haviam-na enchido de esperanças, tinham-na lotado de remédios, mas a única coisa que dela extraíram foi o dinheiro.
Agora porém não tem mais recursos. Como não tem mais dinheiro, os médicos finalmente admitem que não há cura para ela. Sua vida está em declínio.
A perda constante de sangue ao longo desses anos tem o seu tributo. Está anêmica, pálida e cansada. Muito cansada. Está cansada da vergonha, do estigma, dos charlatões.
Somente Deus sabe o quanto ela tem sofrido. Já não tem mais ilusões. Sem ilusões, desvaneceram-se os sonhos. O sofrimento também é responsável pela destruição da esperança.
Mas corriam histórias sobre outro médico que poderia recolher todas as peças desses sonhos. Um médico que não cobraria nada por isso. Um médico que não teria nada mais na agenda a não ser curar um mundo doentio.
Tinha ouvido falar de um médico, aquele Jesus que vem ao encontro dos doentes, e não dos cheios de saúde. Que não vem aos fortes, mas aos oprimidos. Que se dirige não àqueles cuja vida está em ordem, mas àqueles cuja vida física e moral está num verdadeiro caos.
Também ouviu falar do sucesso de Jesus entre os até então incuráveis: a cura de um descontrolado endemoninhado. . . o ressuscitar do filho morto de uma viúva. . .a cura de um leproso.
Um leproso, ela conjectura. Outro intocável. Outro órfão, agarrado pelo cangote e jogado fora pela porta dos fundos da sociedade.
O divino médico apenas tocou esse homem destruído pela doença e imediatamente o tornou limpo e perfeito. Certamente, imagina, se eu encontrar esse Jesus e apenas tocar em seu manto, também serei purificada, curada e perfeita.
E, assim, com aquele débil fio de fé, esta mulher tão frágil como uma agulha, abre seu caminho, costurando-se através da multidão.
O corpo cansado é empurrado por aqueles que se aglomeram ao redor de Jesus. Eles estão empurrando, acotovelando-se e esbarrando nEle, curiosos, aflitos, desesperados.
Esta mulher desesperada ergue a mão vazia por uma fenda aberta na multidão e, por um rápido momento, agarra uma ponta do manto dele. Jesus imediatamente se volta. Não tanto pela pressão da mão dela, mas pela força da sua fé.
Flui Seu poder para aquela pobre mulher com hemorragia, e no mesmo instante ela sente voltar o vigor de sua saúde juvenil. Embebida nesses pensamentos, afrouxa a mão que segurava o manto e é arrastada pela multidão.
Mas Jesus não deixa que ela se vá. Apesar dos empurrões provocados pela turba, aquele toque fora diferente. Ao senti-lo, interrompeu seu andar. Quão prontamente Jesus responde à mão estendida em súplica de fé.
Obediente ao Seu chamado ela vem trêmula, corada de vergonha, cheia de medo. Mas vem. Entre as palavras da sua confissão, interrompidas pelo soluçar, Jesus vê a história inteira de tristeza desses últimos doze anos.
Vê o isolamento. A introspeção. A insegurança. Somente Deus sabe o quanto ela tem sofrido.
A multidão se apaga nos olhos lacrimejantes da mulher. Por um momento, no seu íntimo ela vê somente a Jesus. E ele também só a ela vê. Face a face, médico e paciente.
Com um suave chamar: "filha", Ele dá a esta órfã um novo lar dentro da família de Deus. Concede-lhe a cura. E devolve-lhe os sohos perdidos.
E hoje, Jesus quer lhe oferecer cura. Basta somente ter um fio de fé, como aquela mulher. Acredite" Acredite, se você quiser, também pode tocar na orla do manto de Jesus.
Se os sonhos da vida se foram, não importa as razões, procure tocar em Seu manto. Ele devolverá a você os sonhos dourados. E mais que isto: O sonho da vida eterna.

Teólogos questionam a existência de Adão e Eva

Pesquisas do Instituto Gallup e do Pew Research Center afirmam que quatro em cada 10 americanos acreditam na existência literal de Adão e Eva. Esta é uma das crenças centrais de grande parte do cristianismo conservador, e dos evangélicos em particular.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
No entanto, recentemente alguns estudiosos conservadores passaram a afirmar em público que já não conseguem acreditar no relato de Gênesis como antes. Perguntado sobre o fato de sermos todos descendentes de Adão e Eva, Dennis Venema, biólogo cristão da Trinity Western University, respondeu: “Isso vai contra todas as evidências genômicas que reunimos ao longo dos últimos 20 anos, então não é algo provável”.
A pesquisa do Genoma Humano
Venema diz que não há maneira de rastrear a humanidade até um único casal. Ele diz que com o mapeamento do genoma humano, está claro que os humanos modernos surgiram a partir de outros primatas – muito antes do período literal de Gênesis, que seria apenas alguns milhares de anos atrás. Dada a variação genética da população atual, ele diz que os cientistas não conseguem conceber uma população abaixo de 10.000 pessoas, em qualquer momento em nossa história evolutiva.
Para reduzir tudo a apenas dois antepassados, Venema explica: “Você teria que postular que houve uma taxa de mutação absolutamente astronômica que produziu todas estas novas variantes, em um período de tempo incrivelmente curto. Esses tipos de taxas de mutação não são possíveis”.
Venema é membro da BioLogos Foundation, um grupo cristão que tenta reconciliar fé e ciência. Esse grupo foi fundado por Francis Collins, um evangélico que atualmente lidera o Instituto Nacional de Saúde.
Venema faz parte de um grupo crescente de estudiosos cristãos que dizem desejar ver sua fé entrar no século 21. Outro é John Schneider, que até recentemente ensinou teologia no Calvin College, em Michigan. Ele diz que é hora de encarar os fatos: “Não houve Adão e Eva históricos, nem serpente, nem maçã, nem queda que derrubou o homem de um estado de inocência”.
“A evolução torna bastante claro que na natureza e na experiência moral dos humanos, nunca houve qualquer paraíso perdido”, diz Schneider. ”Acho que os cristãos têm um desafio, um trabalho grande em suas mãos para reformular algumas das suas tradições em relação os primórdios da humanidade.”
Dennis Venema indica o caminho que reconciliaria as posições: “Se ler a Bíblia como poesia e alegoria, assim como tem partes históricas, você poderá ver a mão de Deus agindo na natureza – e na evolução. Não há nada a temer fazendo isso. Não há com o que se preocupar É realmente uma boa oportunidade para termos uma compreensão cada vez mais precisa do mundo. A partir de nossa perspectiva cristã, esse é um entendimento cada vez mais preciso de como Deus nos trouxe à existência”.
Este debate sobre um Adão e Eva históricos não é apenas mais uma disputa, pois parece estar dividindo a intelectualidade evangélica norte-americana.
“O evangelicalismo tem uma tendência a matar seus jovens talentos”, diz Daniel Harlow, professor de religião no Calvin College, uma escola cristã reformada que tem a queda literal de Adão e Eva como parte central de sua fé.
O Calvin College não aceitou ele ter escrito um artigo questionando o Adão histórico. Seu colega, o teólogo John Schneider, escreveu um artigo semelhante e foi pressionado a demitir-se após 25 anos trabalhando na faculdade. Schneider está vivendo agora de uma bolsa de pesquisa da Universidade Católica Notre Dame.
Vários outros teólogos bem conhecidos de universidades cristãs têm sido forçados a se demitir por causa desse debate. Alguns veem um paralelo com um momento histórico anterior, quando a ciência entrou em conflito com a doutrina religiosa.
“A controvérsia da evolução hoje é um momento tão crucial quando o julgamento de Galileu”, diz Karl Giberson, autor de vários livros que tentam conciliar cristianismo e evolução, incluindo A Linguagem da C iência e da Fé, escrito em parceria com Francis Collins.
Giberson – que ensinava física no Eastern Nazarene College, entende que esse ponto de vista tornou-se muito desconfortável na academia cristã – e o questionamento de Adão e Eva é semelhantes ao que experimentou Galileu no século 17, quando desafiou a doutrina católica que afirmava que a Terra girava em torno do sol e não o contrário. Galileu foi condenado pela igreja e levou mais de três séculos para o Vaticano para expressar arrependimento por seu erro.
“Quando você ignora a ciência, acaba pagando caro”, diz Giberson. ”A Igreja Católica pagou um alto preço durante séculos por causa de Galileu. Os protestantes fariam muito bem se olhassem para esse fato e aprendessem com ele.”
Outros teólogos dizem que os cristãos não podem mais se dar ao luxo de ignorar as evidências do genoma humano e dos fósseis apenas para manter uma visão literal de Gênesis. ”Este assunto é inevitável”, diz Dan Harlow do Calvin College. ”Os evangélicos precisarão enfrentá-lo ou apenas enfiar a cabeça na areia. Se fizerem isso, perderão qualquer respeitabilidade intelectual que possuem.”
Albert Mohler, do tradicional Seminário Batista do Sul, explica: “No momento em que você diz ‘temos que abandonar nossa teologia para ter o respeito do mundo’, acaba ficando sem a ortodoxia bíblica e sem o respeito do mundo”.
Mohler e outros dizem que, se outros protestantes querem acomodar-se à ciência, não devem se surpreender se isso os fizer negar a fé.

Fonte - Cristian Post

Câmara municipal presta homenagem a AD pelo seu centenário


Câmara municipal presta homenagem a AD pelo seu centenário
Vereadores de Felício dos Santos (MG) parabenizaram a igreja e reconheceram sua importância na sociedade

A câmara municipal de Felício dos Santos (MG), sob a presidência do vereador Flávio Murilo Tavares, cristão assembleiano, realizou no dia 21de junho uma homenagem especial à Igreja Assembleia de Deus pelo seu centenário no plenário da câmara municipal de Felício dos Santos, no vale do Jequitinhonha MG.

Estiveram presentes os pastores Airton Vitorino da Silva e Gilson Odiney Soares, presidente e vice-presidente do campo de Diamantina, respectivamente; o pastor da igreja local, Januário Aparecido Souza, entre outras lideranças do Campo de Diamantina e vários membros e congregados da Aassembleia de Deus.

O pastor Airton Vitorino da Silva fez um discurso mostrando a base sólida em que a igreja foi fundada, fazendo menção à igreja primitiva e que a AD traz os mesmos princípios daquele tempo. Falou sobre a vida dos fundadores e como se deu o início da grande obra de Deus que é a Assembleia de Deus por meios deles.

O presidente da casa Flávio Murilo Tavares falou sobre a dimensão que a igreja Assembleia de Deus tomou no país, lembrando que ele mesmo faz parte dessa história ao ter aceitado a Cristo há 17 anos, aos 15 anos de idade. O presidente da casa relatou ainda a grande parcela de contribuição que a igreja tem para com o poder público quando com seu principal papel, o de evangelizar, naturalmente tira muitas pessoas do submundo das drogas, alcoolismo, vida promíscua etc.

Vários outros vereadores da casa e pastores presentes usaram a palavra para parabenizar a igreja pela passagem, reconhecendo sua importância e seu papel na sociedade.

Fonte: Câmara de Felício dos Santos/Redação CPADNews

DENUNCIA GRAVE DA FOLHA - Agricultura pagou R$ 6,5 mi a empresa em nome de laranjas

O Ministério da Agricultura pagou R$ 6,5 milhões neste ano para uma empresa registrada em nome de laranjas e com sede de fachada, informa reportagem de Breno Costa, publicada na Folha deste domingo (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).
Com um ano e dois meses de atividade, a Commerce Comércio de Grãos Ltda. está entre as dez empresas que mais receberam dinheiro do ministério em 2011, ficando atrás apenas de gigantes do setor de alimentos como a Bunge, Cargill e Amaggi.

O responsável pela liberação do pagamento é o superintendente de Operações Comerciais da Conab, João Paulo de Moraes Filho, funcionário de carreira do órgão e içado ao posto quando o hoje ministro Wagner Rossi (PMDB) presidia a Conab.
OUTRO LADO
Um dos sócios da Commerce Comércio de Grãos, Ivanilson de Carvalho Rufino, disse que os R$ 6,5 milhões recebidos foram "um achado de Deus", obtidos pelos méritos da empresa, "com luta, com trabalho".
"Quem dera [ser laranja]. Eles são ricos, eu sou pobre." Rufino se recusou a dar detalhes sobre a Commerce.
Moraes Filho disse que a Commerce executou os serviços.
Editoria de Arte/Folhapress
Leia mais na Folha deste domingo, que já está nas bancas.

Ser pai não é uma missão simples


Blog de estudosbiblicos :Estudos Bíblicos, Ser pai não é uma missão simples
A paternidade é uma das mais sublimes missões da humanidade, e uma das mais complexas. Há muitos homens que ganharam notoriedade na sociedade e perderam seus filhos. Galgaram os degraus da fama e do sucesso e sofreram derrotas fragorosas dentro do lar. Há aqueles, também, que jamais subiram ao pódio da fama, mas construíram famílias sólidas e edificaram relacionamentos saudáveis dentro do lar.

A Bíblia aponta vários exemplos de homens que foram grandes líderes e tornaram seus nomes célebres, alcançaram vitórias retumbantes contra seus inimigos e figuram entre os nobres na constelação dos grandes deste mundo, mas fracassaram rotundamente no campo da família. Homens como Isaque, Davi e Josafá são enaltecidos ainda. Primeiro, os pais precisam cuidar da formação moral dos filhos. Hoje vivemos numa sociedade profundamente influenciada pelo pós-modernismo.

A hoje pelas suas virtudes e conquistas fora dos portões da família, mas sofreram derrotas amargas no contexto familiar.

Ser pai não é uma missão simples. A paternidade responsável exige preparo, análise, avaliação e inteira dependência de Deus. Temos não apenas o privilégio de gerar filhos, mas também a responsabilidade de educá-los. A educação dos filhos é um investimento que exige compromisso, coerência e muito trabalho. A Bíblia diz que devemos ensinar os filhos, sobretudo, com o exemplo. Devemos fazê-lo com perseverança e criatividade. Dentre várias áreas vitais na educação dos filhos, destacamos três indispensáveis.

A pós-modernidade traz, no seu bojo, três tendências perigosas: a pluralidade, a privacidade e a secularização. Vivemos num mundo onde há muitas idéias, conceitos e valores. O mundo cada vez mais rejeita a idéia de uma verdade absoluta. Os padrões morais graníticos e absolutos são considerados extremos fundamentalistas e radicais.

O mundo pós-moderno é uma grande arca que abriga toda sorte de pensamentos, religiões e filosofias. Acabou-se a idéia do conflito, da apologética, da discussão. Cada pessoa tem espaço para viver a sua crença, a sua filosofia de vida, o seu padrão moral. Neste contexto, os pais não interferem na vida dos filhos. Cada um tem uma vida autônoma. A ética pós-moderna é profundamente privativa. Cada um vive a sua vida sem ter que prestar contas a ninguém. Não existe um código de ética com valores absolutos. Cada um tem a sua verdade, os seus princípios e os seus valores. A ética é individual e privativa. Assim, no conceito pós-moderno, os pais não têm o direito de interferir na conduta dos filhos, não têm o direito de lhes impor um padrão de conduta. As pessoas passam a viver dentro da mesma casa, debaixo do mesmo teto, mas sem nenhum compromisso, aliança ou sentimento de pertencimento. Também prevalece na cultura pós-moderna a secularização. O homem é o centro de todas as coisas. Tudo deve girar em torno do homem, para agradá-lo e para promover o seu prazer imediato. Não há espaço para Deus nem para a sua verdade.

Nesse ambiente confuso, os pais cristãos precisam voltar-se para a Palavra de Deus, a verdade infalível, inerrante e suficiente, para forjar o caráter de seus filhos. Nossos filhos precisam ter caráter no meio de uma geração onde a corrupção trafega desde as mais altas cortes até as choupanas mais pobres. Precisam aprender a ser verdadeiros no meio de uma geração que tem vergonha de ser honesta. Precisam aprender a prática da justiça onde os escândalos de toda ordem são a principal atração dos meios de comunicação de massa. Precisam aprender a amar, mesmo num mundo marcado pelo ódio e pelas guerras. Construir o caráter dos nossos filhos é mais importante do que construir impérios. Nossos filhos precisam mais de ensino e sabedoria do que de fortunas. O bom nome vale mais do que riquezas.

Segundo, os pais precisam cuidar da vida espiritual dos filhos. Nossa sociedade está profundamente secularizada. O ter está se tornando mais importante do que o ser. Os pais investem muito na formação intelectual e profissional dos filhos, mas, via de regra, os deixam órfãos na área espiritual.

"Em vez de ser um lugar onde a fragrância do amor e o perfume da harmonia prevalecem, o lar, muitas vezes, é uma arena de agressões veladas, verbais e até físicas”.

"Três coisas são essenciais na formação espiritual dos filhos.” Primeiro, os pais precisam ensiná-los a amar e temer a Deus de todo o coração. O único antídoto que pode proteger os jovens da sedução do mundo e das paixões da mocidade é o amor a Deus. José do Egito resistiu à sedução da mulher de Potifar porque entendeu que a infidelidade é um pecado contra Deus. A consciência de que a maior malignidade do pecado é atentar contra a santidade de Deus é o que nos livra dos laços do pecado.

Em terceiro lugar, os pais precisam ser modelos para os seus filhos. Não ensinamos apenas com palavras, mas, sobretudo, com exemplo. Um exemplo vale mais do que mil palavras. O exemplo não é apenas uma forma de ensinar, mas a única forma eficaz de fazê-lo. Os pais precisam ser coerentes. Eles precisam viver o que ensinam e ensinar o que vivem. Eles precisam ser o espelho de seus filhos. O espelho é mudo, mas é eloqüente.

Quarto, os pais precisam orar pelos seus filhos. Os pais são sacerdotes do lar. Eles devem não apenas falar de Deus para os seus filhos, mas, principalmente, falar de seus filhos para Deus.

Eles devem constantemente apresentá-los no trono da graça. Eles devem interceder por eles, chorar por eles, jejuar por eles e jamais abrir mão de vê-los como coroa de glória nas mãos do Senhor. De nada adianta os pais ganharem o mundo inteiro e perderem os seus filhos. A herança de Deus na vida dos pais não é dinheiro, riqueza ou fama, mas os filhos. Precisamos criá-los para a glória de Deus. Eles devem ser mais filhos de Deus do que nossos. Nenhum sucesso compensa o fracasso dos filhos.

Terceiro, os pais precisam cuidar da vida relacional dos filhos. É triste constatar que há conflitos de geração dentro da família. Os pais não conseguem falar a linguagem dos filhos. Os filhos não conseguem compreender os seus pais. Há intransigência, indiferença e distância nos relacionamentos dentro do lar. Em vez de ser um lugar onde a fragrância do amor e o perfume da harmonia prevalecem, o lar tem sido, muitas vezes, uma arena de brigas e um picadeiro de agressões veladas, verbais e até físicas.

A comunicação precisa ser restabelecida no relacionamento entre os pais e os filhos. O coração dos pais precisa ser convertido ao coração dos filhos e o coração dos filhos, a seus pais. Os pais precisam ser sensíveis às necessidades emocionais dos filhos. Precisam aprender a ouvi-los. Precisam construir pontes de amizades a fim de que os filhos encontrem neles apoio, encorajamento e compreensão. O lar precisa ser um lugar de refúgio, e não um campo de batalhas e contendas.

Os pais precisam a aprender a falar com seus filhos. Falar a verdade em amor. Falar na hora certa, com a motivação certa, com o tom de voz certo. Os pais precisam disciplinar os seus filhos com brandura, com coerência e com espírito de amor e mansidão. Não devem provocá-los à ira, mas encorajá-los, ensiná-los e abençoá-los. Os pais precisam ser presentes e participativos na vida dos filhos. Eles precisam ser seus melhores amigos, ajudando-os a chegar à maturidade física, emocional, moral e espiritual. Deus está procurando pais segundo o seu coração, pais que amem seus filhos, que vivam para os seus filhos e os ensinem a viver uma vida digna de Deus no meio em que vivem.

Revista Lar Cristão.
Edificando um lar cristão, de Henry Brandt e Homer Dowdy (Mundo Cristão) Aprendendo a lidar com o adolescente, de Jamiel de Oliveira Lopes (Candeia).
Hernandes Dias Lopes é pastor da Primeira Igreja Presbiteriana de Vitória, escritor, conferencista e doutor em Ministério pelo Reformed Theological Seminary.
Fonte: www.sexocristao.com

Edifícios de igrejas viram alvo de extremistas anticristãos

igreja destruída
As igrejas são regularmente visadas pelos extremistas anticristãos que não gostam de ver as pessoas descobrirem o amor de Jesus.

Dois edifícios de igrejas em uma região do sul da Ásia foram recentemente alvo deles. As duas igrejas possuem missionários servindo como pastores.

A primeira, localizada em um prédio novo, foi alvo de vandalismo, e construção foi interrompida na segunda.

A construção da nova igreja Ayukta Reddy foi finalmente concluída e a congregação estava preparando o prédio quando vândalos quebraram as janelas e o vidro da porta, onde também pintaram o nome de um deus local. O ato ocorreu em 27 de julho.

A alguns quilômetros de distância, uma segunda igreja foi sabotada no mesmo dia. Desta vez foi uma igreja em construção. O missionário da Gospel For Asia, M.S. Patil trabalha como pastor da igreja. Ele relata que alguns extremistas anticristãos locais apresentaram uma queixa judicial contra ele, acusando-o de construção ilegal.

Ele foi à delegacia e respondeu a denúncia, mas ninguém quis ouvir. Ao invés disso, descobriu que a licença de construção para o projeto foi revogada e que ele teria de solicitar uma nova autorização antes de retomar as obras.

Ambos missionários pedem oração.

Ayukta pede oração para a proteção do Senhor para aqueles que estão planejando fazer o mal contra a igreja. Ele também pede para os crentes orarem para que os membros da igreja sejam capazes de reparar os danos de forma adequada a tempo de dedicar o local ao Senhor.

Patil faz pedidos de oração para que a licença de construção nova seja aprovada e para que o Senhor fortaleça a ele e sua congregação para resistir ao inimigo e superar este problema.

Ambos os pastores também pedem aos cristãos para se juntarem a eles em oração para que os vândalos possam compreender plenamente o amor de Jesus.

Tradução: Yara Ferreira

Fonte: Gospel for Asia

Justin Bieber passa mensagem de fé durante premiação

O cantor Justin Bieber demonstrou sua fé em Jesus durante a premiação Teen Choice Awards que aconteceu no último domingo nos Estados Unidos. O cantor foi o grande vencedor da noite ganhando quatro prêmios. Entre eles o prêmio de artista masculino.
Quando subiu ao palco para receber a estatueta em formato de prancha de surf, o jovem cantor disse que se Deus estiver em primeiro lugar tudo pode acontecer. “se você coloca Deus em primeiro e se lembra sempre de ser humilde e sempre com graça então qualquer coisa pode acontecer”.
Aos fãs presentes e os que assistiam ao evento Justin ainda deixou um recado: “Jesus ama cada um de vocês”.
Quando Justin é questionado como consegue se manter “com os pés no chão” mesmo depois de ter alcançado sucesso e muito dinheiro ele sempre responde que é Deus.
“Eu acho que Deus é a única coisa que me mantém no chão agora”, disse ele em uma entrevista nos bastidores do American Musica Awards no ano passado.
O adolescente chegou a fazer uma tatuagem no corpo com a palavra Jesus escrita em hebraico e em suas recentes declarações ele afirmou que crê que Cristo morreu na cruz por seus pecados.

Com informações Christian Post

Batistas incentivam combate à violência


Batistas incentivam combate à violência
Igreja de El Salvador conclamou os fiéis a se posicionarem frente à violência

Depois de tomar conhecimento do assassinato de dois membros batistas – William Villatoro, 30 anos, e Elvia Esmerlda Villegas, 26 – na cidade de Apopa, ao norte da capital, o pastor Miguel Tomas Castro, da Igreja Batista Emmanuel, de El Salvador, conclamou os fiéis a se posicionarem frente à violência.

Segundo a imprensa local, as mortes das duas pessoas ocorreram em circunstâncias duvidosas, pois os assassinos vestiam fardas da polícia.

“Não podemos continuar sendo indiferentes, muito mais insensíveis frente à morte”, disse Castro na conclamação popular.

Dados estatísticos oficiais indicam a ocorrência de 12 crimes por dia no país, o que o torna um dos mais violentos da América Central, sem estar em guerra.


Fonte: ALC

FELIZ DIA DOS PAIS

Feliz Dia dos Pais

Caio Fábio pode ser chamado para depor sobre Lula, na operação Lava Jato

Caio Fábio Nesta sexta-feira (8), o site O Antagonista informou que integrantes do Ministério Público Federal (MPF) poderão chamar o pas...