quinta-feira, 28 de maio de 2015

Evangelismo criativo alcança milhões pelas redes sociais


Evangelismo criativo alcança milhões pelas redes sociais
O Ministração Criativa, ministério que aposta em ações criativas e inusitadas para levar a Palavra de Deus a todos os lugares está comemorando um ano de seu primeiro e mais conhecido vídeo, “Acharam que seria mais um pedido de esmola”. O vídeo, lançado em 24 de maio de 2014 se tornou viral e atingiu milhares de pessoas, sendo compartilhado inúmeras vezes pelas redes sociais.
“Perdemos a conta de quantos canais no YouTube baixaram e reproduziram nosso vídeo. Sem falar nos compartilhamentos no Facebook e do próprio WhatsApp, pois este é o meio preferido dos jovens hoje em dia”, conta Nonay Foralskelse, codinome de Aellionay Sousa Andrade, líder do ministério.
Ele explica que o foco do ministério é o evangelismo. “A mensagem é para fazer as pessoas refletirem e impactar seja com vídeos ou ministrações”, explica Nonay. “Queremos que esse conteúdo atinja o maior número de pessoas possível – nos lugares onde não podemos ir, a mensagem chega virtualmente”, conclui.
Os números do vídeo são realmente impressionantes para um ministério iniciante. Somente em um canal do YouTube do pastor e deputado federal Marco Feliciano, uma reportagem sobre o vídeo feita pela Rede Fonte TV alcançou 17 milhões de visualizações. No canal do Ministração Criativa, foram mais 600 mil visualizações, mas isso é só a ponta do iceberg de um fenômeno que se tronou impossível de ser quantificado.
O vídeo “Acharam que seria mais um pedido de esmola” atravessou fronteiras alcançando diversos países, como Itália, Havaí, Estados Unidos e Reino Unido. Nesses locais, foram colocadas legendas no idioma correspondente e houve exibição nas igrejas locais. “Vidas foram salvas, libertas e transformadas pela mensagem que o vídeo transmitiu. E mesmo após um ano, muitas vidas continuam sendo impactadas pela mensagem de amor e esperança que só Cristo traz”, destaca Nonay.
Impacto
O ministério possui 15 vídeos produzidos, todos de cunho evangelístico. O mais recente foi o audiovisual produzido dentro de um coletivo de nome “Você aceita?”. Na ação criativa, bombons foram oferecidos aos passageiros, em seguida uma mensagem evangelística era falada.
Segundo Nonay, o processo de criação do conteúdo das mensagens e mesmo o roteiro é desenvolvido debaixo de muita oração e segundo a vontade de Deus. “Fico um tempo em oração e meditando na Palavra e peço a Deus de que forma Ele quer que eu faça, aí me vem a ideia. Já houve ocasiões em que eu tive a ideia e quis montar, já estava tudo preparado, mas Deus me deu um dia antes outra visão e mudou tudo”, conta.
Apesar de novo, o ministério tem planos de grande alcance. “Queremos nos tornar referência em evangelismo criativo”, diz Nonay. O ministério já realizou cerca de 100 ministrações em todo o país, e sua próxima empreitada é uma missão evangelística junto aos ribeirinhos da região amazônica.
Reveja o vídeo “Acharam que seria mais um pedido de esmola”:

Casa de pastor no Piauí é depredada, após morte em acidente


Casa de pastor no Piauí é depredada, após morte em acidente
Um grupo de pessoas, ainda não identificadas, invadiu na manhã desta quinta-feira (28), a residência do pastor da Igreja Assembléia de Deus de Assunção do Piauí, Martinho Pereira da Mata. Segundo informações repassadas por um professor da rede de ensino do município, a invasão aconteceu por volta das 5 horas da manhã.
Pastor Martinho Pereira da Mata é pai do jovem identificado como Gabriel da Mata, 27 anos, acusado de ter matado o motociclista Expedito Carlos de Melo, conhecido como 'Dito Capitão', de 54 anos de idade, em umacidente de trânsito no início da tarde da última quarta-feira (27).
Segundo informações de populares, o pastor Martinho já teria saído da cidade de Assunção do Piauí com sua família, provavelmente temendo que a população vingasse a morte do motociclista com algum tipo de violência.
Durante a invasão, portas da casa foram arrebentadas, móveis destruídos e queimados, inclusive a TV. Os vizinhos não deram maiores detalhes de quem teria praticado o ato e ninguém quis comentar sobre o fato e se limitavam a dizer que não viram nada.

Veja o que Padre Fábio de Melo fala após ser excluído da Igreja Católica....

O que restou para o Padre mais querido do Brasil Fábio Melo foi chorar, e cair em uma tristeza sem fim, depois de palavras de humilhação vindas dos seus fieis.
A humilhação foi que os fieis o consideraram um ex padre, por declarações que ele haveria feito que ao ver dos fieis não foram aceitas, e por isso ele foi excomungado.
Os católicos viram como uma blasfêmia a critica que o padre fez a Maria e dizer que “quem salva é Deus e não Maria, Maria era humana e não pode salvar ninguém” argumentou o Padre.
Os fieis foram duros e colocaram em duvidas a crença do padre, mas ele sempre teve propriedade em dizer o que disse. Em um dos comentários de um fiel, o homem disse revoltado que o padre estaria falando por si e que não estaria representando em nada a igreja católica, ”Ele não nos representa!” dispara o católico inconformado.
Os católicos ficaram revoltados pelo fato de que o padre ser um grande conhecedor da palavra, e o assunto foi acabar com a intervenção do Padre São francisco que falou , ”o Padre Fábio de Melo não ama Maria”, e fazendo uma ressalva ele completa, É UM ÓRFÃO, QUEM NÃO AMA MARIA.”O padre depois de lágrimas e tristeza pelo ocorrido, pediu aos fieis para que não deixem que o cristianismo seja por baixo nivelado no Brasil.O que ele tem esperança é que a se mude a mentalidade do povo, e afirma que “É Jesus que nos salva, ele é nosso único salvador e nos liberta. O padre depois de lágrimas e tristeza pelo ocorrido, pediu aos fieis para que não deixem que o cristianismo seja por baixo nivelado no Brasil.
FONTE:diarioitapora
DEIXE SUA OPINIÃO:

Como dar a volta por cima




                                                Um disse sim outro disse não 


Valorize aquilo que Deus te deu, valorize sua casa, sua família, seu trabalho, sua igreja, seus pastores, mas acima de tudo valorize o Senhor e o chamado dEle para sua vida.

Todos somos muito importantes na família, no trabalho, na igreja e para Deus que nos dá o privilégio do chamado de sermos luz e sal no mundo.

Somos muito importantes, mas não essenciais e tudo o que não valorizamos vamos acabar perdendo, ninguém é a última cocada do pote porque sempre existe mais um pote,ninguém pode ser tão presunçoso a ponto de achar que é o grande diferencial da vida e que sem a sua presença as coisas vão ficar paradas,pois não vão.

A vida vai continuar, o dia vai nascer na manhã e se pôr a tarde, no começo da noite, a rotação e a translação do mundo vão continuar acontecendo, a dor da perda da partida daquele que se foi um dia vai acabar, outra pessoa será contratada para o lugar que foi deixado e o chamado que não foi valorizado será preenchido por outro.

A palavra Valor vem do latim e tem o significado de riqueza e valorizar significa aumentar o valor e reconhecer o merecimento.

Veja tudo àquilo que Deus te deu como uma grande riqueza que foi colocada nas suas mãos.


Um disse sim outro disse não


No dia 1 de Maio de 1873 o missionário David Livingstone foi achado morto de joelhos ao lado da sua cama, orou enquanto viveu e morreu orando ao seu Senhor.

Os seus companheiros arrancaram seu coração e o enterraram debaixo de uma árvore, pois sua vida foi dedicada a levar o evangelho ao povo africano, após arrancarem seu coração secaram e embalsamaram o corpo e enviaram de volta a Inglaterra.

Meses se passaram até que o corpo chegasse e fosse enterrado na Abadia de Westminster entre os monumentos dos Reis e heróis daquela nação.

Entre os que assistiram ao enterro, estavam seus filhos e o velho missionário Robert Moffatt, pai da sua amada esposa. 

A multidão consistia de toda sorte de gente, pessoas humildes que o amavam e dos nobres que o honravam e o respeitavam.

Conta-se que no dia do cortejo fúnebre as multidões permaneciam nas calçadas e ruas de Londres quando foi visto um velho chorando amargamente, ao ser perguntado o porquê daquele choro tão amargo, ele respondeu: 

Eu e David nascemos na mesma localidade, cursamos o mesmo colégio, participamos da mesma escola dominical, íamos à mesma igreja, trabalhávamos na mesma empresa, dividíamos a mesma maquina de fiar, mas David foi por esse caminho e eu por outro caminho, ele hoje é honrado pela nação,enquanto eu sou desprezado,desconhecido e jamais serei honrado,o único futuro para mim é o enterro de um velho beberrão.

Um valorizou a Deus e ao seu chamado ao passo que o outro não. 

Dá tempo de mudar,mude.

Utilius tarde quam nunquam
Antes tarde do que nunca


Um beijo no seu coração

CUIDADO - Charlie Charlie se torna nova mania de invocar DEMÔNIOS nas redes sociais

Vídeos na internet mostram usuários invocando espírito Charlie (Foto: Reprodução/Vine/Salvador Raya)Um suposto ritual de invocação de espíritos ( DEMÔNIOS) se tornou a nova mania entre usuários de redes sociais nesta terça-feira (26). No Twitter, no Instagram e no Vine, pessoas têm publicado diversos vídeos em que aparecem realizando o desafio, que lembra as famosas brincadeiras do copo ou do compasso.
Nos vídeos postados com a hashtag #charliecharliechallenge, é possível assistir às pessoas perguntando se o fantasma Charlie está presente, e depois pedindo conselhos a ele.
O ritual envolve colocar dois lápis um em cima do outro em forma de cruz, e escrever as palavras "sim" e "não" nos quadrados formados por eles. O invocador deve então perguntar "Charlie Charlie, você está aí?". Se um dos lápis se mover para a palavra "sim", o espírito estará presente.
Assim acontecendo , a criança poderá ficar possessa , ter  sua vida transtornada pela presença desses demônios . 
Caso seu filho tenha feito e participado dessa brincadeira de invocação de demônios , conte ao seu pastor ,para que possa orar pelo seu filho e através disso livra lo dessas interferências que poderão ocorrer , pois uma vez invocado , o mesmo poderá achar se o dono da situação. 




Esta nova mania terrível no Twitter foi provocada por reivindicações que um ritual simples pode ser usado para invocar o espírito de um demônio mexicano chamado Charlie.
Um jogo inspirado num tabuleiro ouija chamado CharlieCharlieChallenge apareceu na mídia social, o que levou um grande número de jovens a reivindicar que eles comunicaram com sucesso com um fantasma usando sombrero.
Uma tempestade no Twitter explodiu ontem depois de alguns utilizadores alegarem que a “tradição mexicana antiga” pode ser usada para solicitar uma visita fantasmagórica.
O ritual  envolve a colocação de dois lápis em um pedaço de papel na forma de uma cruz, antes de escrever as palavras sim e não dentro das quatro quadrados formados pelos lápis.
Os bravos participantes (ou ingênuos) deve, então, repetir as palavras “Charlie, Charlie estás aqui”.

Se o lápis se movimentar e apontar para o sim, Charlie está na casa e você pode contar com a sua experiência de vida demoníaca e lhe pedir orientação na forma de perguntas sim / não.

Alguns perguntaram a Charlie por dicas de namoro, outros conselhos da vida.
Vários alertas também têm circulado sobre o desafio, que poderá correr muito mal para feiticeiros azarados.
Charlie é um defensor da educação, tem sido afirmado.
Qualquer um que contate com ele deve dizer “Charlie, Charlie podemos parar” antes de acabar com a visita ou arrisca “deixar um portal aberto para demônios entrarem e sairem de sua casa quando quiserem”.
“Algumas pessoas estão entrando em contato com os demônios”, escreveu um usuário do Twitter.
“Eles podem parecer amigáveis no primeiro momento, mas têm planos sinistros.”
“Se você não dizer adeus a Charlie, você vai experimentar situações paranormais tais como ouvir vozes, coisas que estão sendo movidas, sombras, riso sinistrose muito mais.”
Os usuários do Twitter estão divididos sobre se Charlie está realmente disponível para a visitação rápida ou se a coisa toda é apenas uma moda boba e passageira da internet.


#CUIDADO COM O QUE SEUS FILHOS ESTÃO FAZENDO NA INTERNET 
VIA  GRITOS  DE  ALERTA 

COLOCANDO OS PINGOS NOS iiiiiis DA VIDA .

Muito se tem falado nesses dias das igrejas inclusivas , que estão liberando o casamento entre pessoas do mesmo sexo.
Perante a palavra de Deus , isso é totalmente errado , fere totalmente o ato da criação ,onde DEUS faz apenas o homem e a mulher.
Na ciência , não se explica nenhum genes desse ato  , que para mim nada mais é que um ato comportamental , cabível de tratamento ,para que a pessoa assuma de vez a sua criação . HOMEM OU MULHER .

Mas isso é um caso a parte , o que quero falar aqui é o fato de muitos lideres e pastores estarem fazendo desse tema uma forma de sustentabilidade para seus chamados .
Embora Jesus deixa bem claro que se não amarmos ao próximo , se não tivermos amor , de nada vale nossos trabalhos .
Devemos amar e mostrar a verdade .

A Bíblia nos diz de forma consistente que a atividade homossexual é pecado (Gênesis 19:1-13; Levítico 18:22; Romanos 1:26-27; I Coríntios 6:9). 
Romanos 1:26-27 ensina especificamente que a homossexualidade é resultado de negar e desobedecer a Deus. 
Quando a pessoa continua em pecado e incredulidade, a Bíblia nos diz que Deus “a abandona” a pecado ainda mais perverso e depravado para mostrar-lhe a futilidade e desesperança da vida longe de Deus. 
I Coríntios 6:9 proclama que os “transgressores” não apenas os homossexuais , eles não herdarão o reino de Deus.

A palavra de Deus deixa bem claro que o comportamento homossexual é pecado , bem como outros comportamentos .
O líder que esta agindo de forma errada , conduzindo o rebanho sem qualquer respeito comete pecado igual os homossexuais .
O líder que  não administra bem os recursos comete pecados iguaizinhos eles .

A Bíblia não descreve a homossexualidade como um pecado “maior” do que qualquer outro. 
Todos os pecados são ofensivos a Deus. 
A homossexualidade é somente uma das muitas coisas enumeradas em I Coríntios 6:9-10, coisas que vão manter a pessoa afastada do reino de Deus. 
De acordo com a Bíblia, o perdão de Deus está disponível ao homossexual da mesma forma como está disponível a um adúltero, adorador de ídolos, assassino, ladrão, etc. 
Deus também promete força para conquistar a vitória sobre o pecado, incluindo homossexualidade e todos outros pecados , a todos quantos crerem em Jesus Cristo para salvação (I Coríntios 6:11; II Coríntios 5:17).
Deus não cria a pessoa com desejos homossexuais e nem de roubar etc . 
A Bíblia nos diz que a pessoa se torna homossexual por causa do pecado (Romanos 1:24-27), e definitivamente por sua própria escolha , bem como os atos que muitos tem cometido .
 A pessoa pode nascer com grande tendência à homossexualidade, da mesma forma como algumas pessoas nascem com tendências à violência e outros pecados.
 Mas isto não é desculpa para escolher o pecado, cedendo aos próprios desejos pecaminosos. 
Se uma pessoa nasce com grande tendência à ira, isto faz com que seja certo que, então, ceda a esses desejos?
 Claro que não! O mesmo é verdade com relação à homossexualidade.

LADRÕES , ADÚLTEROS , VICIADOS , MENTIROSOS , ENGANADORES , ETC .

Pecado é pecado , não tem pecadinho  ou pecadão .

Diante de DEUS o pastor que esta roubando , o líder que esta adulterando , o levita que não tem vida com DEUS , são   tão pecadores como o homossexual .

E ai , o que acha disso ?

COMENTE .



Deputados aprovam fim da reeleição para presidente, governador e prefeito

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira (27), por 452 a favor, 19 contra e uma abstenção, o fim da reeleição para presidente da República, governador e prefeito. A votação foi parte da série de sessões iniciada nesta semana, destinada à apreciação das propostas de reforma política.
O texto do fim da reeleição, de autoria do relator, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), não altera o tempo atual de mandato (quatro anos), mas, nesta quinta-feira (28), o plenário analisará a ampliação da duração do mandato para cinco anos. Antes de votar o fim da reeleição, os deputados rejeitaram nesta quarta o financiamento exclusivamente público das campanhas e aprovaram a doação de empresas a partidos, mas não a candidatos.
A proposta de emenda à Constituição da reforma política começou a ser votada no plenário nesta terça (26). Por decisão dos líderes partidários, cada ponto da PEC, como o fim da reeleição, será votado individualmente, com necessidade de 308 votos para a aprovação de cada item. Ao final, todo o teor da proposta de reforma política será votado em segundo turno. Se aprovada, a PEC seguirá para análise do Senado.
Fim da reeleição
Pelo texto aprovado pelos deputados, a nova regra de término da reeleição não valerá para os prefeitos eleitos em 2012 e para os governadores eleitos em 2014, que poderão tentar pela última vez uma recondução consecutiva no cargo. O objetivo desse prazo para a incidência da nova regra foi obter o apoio dos partidos de governantes que estão atualmente no poder.
Durante a votação em plenário, os líderes de todos os partidos orientaram que os deputados das bancadas que votassem a favor do fim da reeleição.
“O entendimento da nossa bancada é que [a reeleição] foi um instrumento que não se mostrou produtivo para o nosso país”, disse o líder do PMDB, Leonardo Picciani (RJ).
Também defensor do fim da reeleição, o líder do Solidariedade, Arthur Maia (BA), argumentou que o uso da máquina pública pelo governante que está no poder torna desigual a disputa com outros candidatos.
“É desigual e injusto alguém disputar eleição contra o governante que está no poder com todos os favorecimentos que este poder proporciona”, discursou.
O líder do PT, Sibá Machado (AC), defendeu o fim da reeleição, com a manutenção do mandato de quatro anos.
“Nossa bancada vai orientar o voto sim, pelo fim da reeleição. Todos nós sabemos que a reeleição foi introduzida por um governo do PSDB”, declarou.
O PSDB também defendeu acabar com a possibilidade de reeleição, ressaltando porém, que essa regra “cumpriu o seu papel histórico”.
“A avaliação da bancada é que devemos caminhar para um novo ciclo, pelo fim da reeleição com mandato de cinco anos. Amanhã [quinta[, discutiremos o período do mandato”, disse o deputado Marcus Pestana (PSDB-MG).
Financiamento
Mais cedo, nesta quarta, a Câmara aprovou incluir na Constituição autorização para que empresas façam doações de campanha a partidos políticos, mas não a candidatos (veja no vídeo ao lado).
As doações a candidatos serão permitidas a pessoas físicas, que poderão doar também para partidos. O texto foi aprovado por 330 votos a favor e 141 contra.
No início da madrugada de quarta, o plenário havia rejeitado emenda de autoria do PMDB que previa doação de pessoas jurídicas tanto a partidos quanto a campanhas de candidatos.
A derrubada dessa emenda foi interpretada por lideranças políticas como uma derrota do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do vice-presidente Michel Temer, que negociaram pessoalmente a votação do artigo da PEC.
O PMDB, então, se empenhou para aprovar, pelo menos, uma emenda que garantisse a doação de empresas aos partidos políticos.
Outras siglas da base aliada e da oposição defenderam a proposta, como o PR. “Esse é o texto mais equilibrado que temos. Impede a doação a varejo aos candidatos, mas permite a doação aos partidos. Posteriormente as leis estabelecerão limites a essas doações”, disse o líder do PR, Maurício Quintella Lessa.
O PT, porém, favorável ao financiamento exclusivamente público, se posicionou contra. O vice-líder do partido Alessandro Molon (PT-RJ) defendeu a derrubada da emenda para que se negociasse, posteriormente, uma solução em projeto de lei que garantisse maior “equilíbrio” na distribuição de recursos de campanha.
“Se derrotarmos, teremos tempo para conseguir uma solução para todos nós. Hoje, pela regra, qualquer um de nós pode receber, partidos e candidatos. Se essa emenda for aprovada, só os partidos poderão receber recursos. Vamos encontrar uma solução que estabeleça uma distribuição equânime”, defendeu.

Estado Islâmico é expulso de regiões cristãs por forças curdas e suas aliadas


Estado Islâmico é expulso de regiões cristãs por forças curdas e suas aliadas
As forças curdas e seus aliados expulsaram o Estado Islâmico da região de povos cristãos de Al Hasaka, na província nordeste síria, nesta quarta-feira (27).
"Recuperamos o controle de um total de 221 povos de Al Hasaka, entre eles os 15 onde vivem os assírios (um grupo étnico de credo cristão)", disse Kino Gabriel.
Kino é comandante do Conselho Militar Siráaco Sírio (CMSS), uma milícia cristã rebelde que colabora com os soldados curdos.
Ele explica que o ataque aos jihadistas foi em cooperação com a coalizão internacional e que uma das complicações enfrentadas agora é a grande quantidade de minas e explosivos que o Estado Islâmico deixou para trás.

CPAD

`Pastor Gaúcho´ adapta trechos da Bíblia à linguagem da região e ganha seguidores


`Pastor Gaúcho´ adapta trechos da Bíblia à linguagem da região e ganha seguidores
Um radialista evangélico de Porto Alegre enxergou uma maneira inusitada de pregar o Evangelho utilizando, para isso, sua própria cultura. Anderson Alves da Luz, de 32 anos, interpreta o "Pastor Gaúcho", vestido de trajes típicos do Rio Grande do Sul e utilizando o linguajar típico da região (foto ao lado).
O personagem surgiu de uma iniciativa tímida nas redes sociais e atualmente já é seguido por mais de 160 mil pessoas. Fora do ambiente online, ele já se apresentou para quase 10 mil pessoas.
"O objetivo é fazer com que as pessoas atentem para os textos bíblicos, às vezes palavras motivacionais do dia a dia, e resgatar a nossa linguagem que se perdeu. Às vezes. uso uma expressão e me dizem que há tempos não ouviam aquilo. São expressões que se perderam e estamos resgatando", explica o radialista gaúcho.
O Pastor Gaúcho tem o costume de publicar versículos bíblicos com termos típicos da região. Em uma das postagens mais recentes, ele descreve a passagem do batismo de Jesus Cristo, conforme o Evangelho de Mateus, "na sanga", por "um taura chamado João Batista". O texto finaliza com uma "baita voz" ecoando do céu: "Mazáh! Este é meu guri".
Sucesso no Facebook
A iniciativa teve início em 2011 no Twitter. No mesmo ano, o "Pastor Gaúcho" migrou para o Facebook. Anderson teve a ajuda de uma amiga que desenhou um homem pilchado (vestido com roupas típicas gaúchas) com o chimarrão em uma mão e uma Bíblia na outra.
"Comecei a colocar o texto junto com o 'gauchinho' e tinha 5, 10 mil compartilhamentos. Rapidamente chegaram a 100 mil curtidas. E o interessante é que não são só evangélicos. Tem católicos, pessoas de diversas religiões e que não professam nenhuma fé", relata.
Com o sucesso de compartilhamento, começaram a surgir convites para que ele próprio se pilchasse para ir a igrejas e eventos religiosos. "Em 2012, mais ou menos, eu fui a meu primeiro evento. Participei, no Ginásio Tesourinha, com 9 mil pessoas, da abertura de um evento gospel. Desde então, fui a diversos eventos com personagens", conta Anderson.
Projetos
Além dos textos, Anderson começou a compartilhar vídeos com pequenas ministrações e também inseriu a ideia na rádio onde trabalha, que tem conteúdo evangélico. 
O próximo plano é escrever um livro com adaptações de algumas passagens. "Já me disseram que querem uma Bíblia toda assim", brinca. "Já pensei em fazer um livro de bolso, com alguns textos, algumas passagens especificas".
Anderson deixa claro que seu objetivo é espalhar a mensagem do cristianismo e assim, melhorar as vidas das pessoas. "Muitos dizem que estavam precisando dessa palavra. Está sendo muito bom e gratificante", conclui.

Um ano após a sentença de Meriam, a perseguição continua a aumentar


Um ano após a sentença de Meriam, a perseguição continua a aumentar
Quando Meriam foi declarada inocente de todas as acusações e liberta da prisão em 25 de junho de 2014, a população sudanesa teve esperança de que a liberdade de religião ou crença, tão escassa nesse país, mudaria através da campanha por sua libertação.
Mas, no dia 1º de julho, menos de uma semana depois, o governo do Sudão destruiu a Igreja Sudanesa de Cristo, em Cartum. A justificativa para a ação é que o governo pretende usar o terreno para a construção de habitações para pessoas de baixa renda.
Não satisfeito, no mesmo mês, um ministro do governo disse que os cristãos já tinham igrejas suficientes e proibiu a construção de novas. O país é de maioria muçulmana, mas, oficialmente, deveria permitir a liberdade religiosa.
No mês seguinte, em agosto, a Igreja Central de Cartum foi fechada pelo governo, pois o edifício foi registrado como escritório, mas era usado como um local de culto. Ao levarem a certidão de propriedade aos oficiais, os líderes da igreja se depararam com uma noto assinada por um membro sênior da igreja que declarava que a propriedade poderia apenas para ser usada como escritório e não como local de culto. Suspeita-se que ele assinou o depoimento sob pressão e lhe foi dito para não contar a ninguém.
Até então, os membros das igrejas destacadas estão sem lugar para culto.
Em outubro, divulgamos uma nota de que os advogados da cristã Meriam Ibrahim desafiam a lei de apostasia do Sudão. As leis postas em discussão condenam a conversão à outra religião que não seja o islamismo.
O Sudão, em 2014, era o 11º colocado na Classificação da Perseguição Religiosa, uma lista anual publicada pela Portas Abertas dos 50 países onde viver como cristão é quase impossível. Neste ano, o país subiu para o sexto lugar.

Migrantes da etnia Rohingya recebem ajuda das Filipinas


Migrantes da etnia Rohingya recebem ajuda das Filipinas
Na última semana, mais de 3 mil refugiados da minoria Rohingya muçulmana de Bangladesh e de Mianmar desembarcaram na costa da Indonésia, Malásia e Tailândia, mas foram forçados a voltar para o mar. Estima-se que 5.000 pessoas estão desaparecidas. Elas fugiram da perseguição e da pobreza de seus países, mas agora enfrentam doenças e fome no mar.
Um diretor de uma agência missionária nas Filipinas compartilhou com a agência de notícias Mesiona Fides sobre a notícia de que o governo do seu país está pronto para prestar assistência ao povo Rohingya: "É nosso dever acolher essas pessoas. Vamos garantir a eles uma vida decente. Eles são seres humanos e filhos de Deus, criados à imagem e semelhança de Deus."
Ele disse que o fato de serem muçulmanos "não cria nenhum problema", acrescentando: "Como o evangelho nos ensina, estamos prontos para oferecer a eles hospitalidade."
Os Rohingyas, considerado pela ONU como uma das minorias mais perseguidas do mundo, são um povo muçulmano - é por isso que eles são perseguidos tão duramente pelo governo budista de Mianmar. Alguns deles conhecem e seguem a Jesus, mas são perseguidos até mesmo por seu próprio povo. Em Mianmar, que ocupa a 25ª posição na Classificação da Perseguição Religiosa 2015, a Portas Abertas tem trabalhado com os cristãos ex-muçulmanos Rohingyas, mas esse é um trabalho muito perigoso e precisa ser discreto. Certa vez, um cristão local disse: "Se as pessoas erradas descobrirem que estamos oferecendo ajuda a eles, seremos linchados."
Cedendo à pressão internacional, a Malásia e a Indonésia disseram que também oferecerão abrigo temporário para 7.000 migrantes, organizando missões de busca e salvamento, mas deixaram claro que não podem aceitar mais pessoas, além das que já estão em alto mar.
Depois de uma reunião com o ministro das Relações Exteriores da Tailândia, a Malásia e a Indonésia disseram em uma declaração conjunta que "a comunidade internacional deverá ser responsável por providenciar para a Malásia, Indonésia e Tailândia apoio financeiro, a fim de que possam fornecer à população Rohingya abrigo temporário e assistência humanitária".
Há algumas semanas, a organização não governamental Human Rights, acusou as marinhas das três nações asiáticas de jogar "um jogo de três vias de ping-pong humano". Phil Robertson da Human Rights Ásia disse: “O mundo vai julgar esses governos pela forma como eles tratam estes homens, mulheres e crianças tão vulneráveis.”

Joel Engel lança seu livro "A Chuva Profética e a Unção de Elias" em Israel


Nesta quarta-feira (27) e nos próximos dias 28 e 29 de maio, o Ap. Joel Engel e o Pr. Édino Melo farão o lançamento de seu livro "A Chuva Profética e Unção de Elias", na região de Obede Edom, em Israel. O lançamento acontecerá durante o jejum de três dias da Conferência Mergulhados na Presença, que está acontecendo desde a última segunda-feira (25).
Segundo Joel Engel, que contou com a parceria do renomado escritor, Pr. Édino Melo para produzir a obra, "o livro faz revelações surpreendentes sobre a chuva profética, que tem marcado as ministrações do Profeta em todos os lugares onde a honra e o altar da adoração são restaurados".
Engel está em viagem a Israel, junto com Édino Melo, não apenas para participar da Conferência, mas também também para visitar lugares históricos e estratégicos, biblicamente falando, como a casa de Obede Edom.
"A Presença trouxe diversos rompimentos extraordinários na vida de Obede-Edom. Ele habitava numa casa simples à beira do caminho, mas tornou-se porteiro da casa de Deus (1 Cr 15.17 – 18). Ele também tornou-se um grande músico (I Cr 15: 19 - 21), e depois foi colocado como tesoureiro do ouro e da prata que pertenciam ao Santuário (2 Cr 25.24), ministro de louvor (1 Cr 16.4 – 5), e um grande líder em Israel (1 Cr 16.37 – 38)", destacou o conferencista.
Serviço:
Lançamento do livro "A Chuva Profética e a Unção de Elias"
Data(s): 27, 28 e 29 de maio
Local: Casa de Obede-Edom (Israel)

Com ataque à Globo, Domingo Espetacular debate a arte com apologia à pedofilia

Programa Domingo Espetacular, na Record TV O debate sobre as exposições de arte com apologia à pedofilia e outros temas no Brasil marc...