domingo, 23 de dezembro de 2012

ESCORREGANDO E COLOCANDO A CULPA NA CASCA DA BANANA .


pitfallsFico indignado quando ouço certos comentários de pessoas que caíram e se esborracharam no chão por não cuidarem de suas vidas ministeriais , casamentos etc.
Pessoas que antes de mais nada eram servos do DEUS vivo , e antes da fama se colocavam como vasos abençoados , ou mesmo sendo simples cidadãos já não atentam mais para a vida com DEUS.
Mas bastou a fama , muitas agendas , muitos convites ,muito trabalho , diversões etc para se esquecerem e deixarem DEUS  de lado .
Acham que já não precisam orar mais , se colocam como os santãos da vida, acham que DEUS fala somente com ele , que suas ministrações são as melhores.
São tantas as qualificações que fica até mesmo difícil traçar essas definições ,pois algum santão de plantão vai falar .
 
LÁ VEM ELE DE NOVO JULGANDO OS OUTROS .
 
Bom , mais isso não vem ao caso.
O que vem ao caso é o alerta que procuramos deixar , e também como nos fala o Thalles Roberto .
 
O crente cai, porque não anda lado a lado com o Espírito Santo
O crente cai, porque tem Bíblia em casa, mas não lê
O crente cai, porque conhece o evangelho, mas não vive o evangelho

É por isso que ás vezes o crente cai!
 

Tiago 3:2, "Porque todos tropeçamos em muitas coisas"

III. OS ARDIS PARA DEIXAR O CRENTE SEMPRE DESANIMADO

    A. Exagerar nos pensamentos sobre os pecados para não olharmos para o Salvador - Fil. 4:8,9

    B. Interpretar Mal a Segurança da Fé - Gal 4:6.

    C. Entender Mal os Contra Tempos que Vem na Vida - Rom. 8:28

    D. Sugerindo que a Graça existente é Falsa - I Tim 1:12-16

    E. Aconselhando que o pecado do hipócrita é o mesmo do crente - Próv. 4:18

    F. Convencer que a Perda do Gozo da Salvação é a Perda da Salvação Rom. 5:1-6

    G. Dizer que Quem Repete O Pecado Nunca Foi Salvo

1. A Tentação
Como alguém pode pensar em ir para o céu quando continua cometendo os mesmos pecados de quando não era salvo?
Você chora e implora perdão, mas logo repete os mesmos!
Você reclama do mal do pecado mas comete os mesmos pecados continuamente!
Como pode este tal dizer que é salvo?
Você está enganado!
AVISO: Sem nenhuma dúvida, quando um cristão peca repetidamente ele trará para si uma avalanche de tristezas, aflições e tentações.
Sua consciência será afligida por dúvidas e temores a ponto de perder o embalo no serviço a Deus, a confiança na obediência e a alegria interna com Deus.      
Repetindo o pecado o Cristão dá vantagem ao inimigo, mancha seu testemunho público e faz com que a obra do arrependimento seja muito mais difícil.
É melhor resistir o pecado do que arrepender-se dele. Nunca se acomode com o pecado.
2. A Solução é considerar:
a. Há versículos que relatam Cristãos caindo no mesmo pecado muitas vezes
Quantas vezes a Israel do Senhor voltou-se a servir deuses falsos? Mas este povo, em geral, era precioso ainda para o Senhor (Jer 3:12-14; Oséias 14:4)
A graça salvadora pode ser real, mas também é real a fraqueza da carne e a imperfeição do nosso crescimento espiritual (Rom 7:18,23).
Pela salvação somos libertos do domínio e da condenação do pecado mas não somos livres da presença do pecado e nem da possibilidade de pecar. A incorruptibilidade só vem depois de sermos glorificados (I Cor 15:53,54).

b. A Bíblia nunca promete que os crentes serão perfeitos na carne
Onde está o versículo que relata a promessa de Deus de que não há mais a possibilidade de cairmos em um pecado ou outro?      
Se Deus não prometeu, meu coração não deve confiar. Se Deus permite ao pecado continuar no mundo, a sua graça é suficiente para o perdoar (Rom. 5:20). Não há arrependimento tão sincero ou uma intenção tão firme que possa proibir a possibilidade de o crente pecar.
Deus sabe da nossa fraqueza e nos ensina a orar e procurar o perdão (Mat. 6:12). A correção pelo pecado que os filhos recebem é confortadora (Heb 12:5-8). Tiago 3:2, "Porque todos tropeçamos em muitas coisas"; I João 1:8,9.

c. Há santos no céu que também caíram no pecado enquanto estavam aqui.
Abraão (Gên. 12:10-20; 20:1-6); Ló (Gên. 19:7,8; II Pedro 2:7); João (Apoc 19:10; 22:8); Pedro (Luc 22:54-62); Jonas (Jonas 1:3; 4:1,8); Jeosafá (II Crônicas 18:1-3,30,31; 20:35-37); Sansão (Juízes 14:2,3; 16:1). Muitos destes se encontram em Hebreus 11 como sendo exemplos de fé.

d. Há pecado grosso e há enfermidades
Não há muitas vezes em que Deus permite ao seu povo cair em pecado grosso (pecado que pode destruir o crente), mas há multiplicidade de vezes em que Ele permite que eles caiam em enfermidades que venham por nós sermos pecadores.
Pela enfermidade do pecado em que o crente cai freqüentemente a humildade é aprendida (II Cor 12:7-10), submissão a Deus é realizada e crescimento pelo desgosto do pecado e um amor pelo seu Salvador é estimulado (João 21:15-17). I Ped 1:6, "ainda que agora importa, sendo necessário, que estejais por um pouco contristados com várias tentações" (Tiago 1:2,3); II Cor 4:17, "tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente".
Quando Satanás procura te desanimar devida a presença do pecado dizendo que não há salvação, combata-o com as verdades da Palavra: tenho pecado na minha carne (Rom 7:18). Mesmo não querendo e desgostando-o, não é para a destruição da nossa alma. Podemos saber que Deus opera tudo para que até o pecado sirva para a nossa purificação aqui na terra (Rom 8:28-30).

e. Há pecado voluntário e há pecado involuntário
Pode ser que o crente resista sinceramente e esforçadamente o pecado mas mesmo assim cai. Isso seria pecar involuntariamente (Rom 7:15-19,23-25).      
O pecado voluntário acontece quando o crente não coloca barreiras e nem resiste o pecado, desejando ser levado por ele (Êx 16:1-3).
Veja o exemplo de Pedro querendo ser forte mas na verdade era um fraco (Mat. 16:15-29, 22-24; 26:69-75).
Não era só uma vez que ele era fraco (Gal 2:11-13). Pedro não era menos salvo no monte da transfiguração (Mat. 17:1-5) do que em Antioquia com Paulo.
A diferença estava na glória e na felicidade do momento, e não na salvação eterna.
Aviso:

Há grande diferença entre uma ovelha que cai em um abismo pela desatenção e o porco que sempre volta a sua lavagem ou o cão que volta ao seu vômito.
Deus usa os retornos involuntários ao pecado como um instrumento para que nós venhamos a amadurecer.      
Mas, os que amam o pecado, Ele os julgará!

VIA  GRITOS  DE ALERTA
 
 

TOMATE É CRISTÃO

 



Um grupo muçulmano egípcio, da linha salafista, está com dificuldade de se retratar de um post no Facebook, que advertia que os tomates seriam proibidos aos islâmicos porque seriam “cristãos”.

No entanto, o grupo fundamentalista chamado Associação Egípcia Popular Islâmica, aparentemente divulgou que tomates podem ser ofensivos quando são cortados de maneira que revela a forma de uma cruz, segundo um site do Líbano.

A foto de um tomate cortado ao meio postado no Facebook é acompanhada pelos dizeres: “Comer tomate é proibido porque eles são cristãos [O tomate] elogia a cruz, em vez de Allah e diz que Deus é três [uma referência à Trindade]. [Que Deus nos ajude]. Eu imploro para que você divulgue esta foto porque uma irmã da Palestina viu o profeta de Allah [Maomé], em uma visão. Ele estava chorando, alertando sua nação contra o seu consumo [de tomates]. Se você não espalhar esta [mensagem], sabemos que o diabo parou você”, diz a matéria do site Now Lebanon.

Mais de 2.700 comentários foram deixados no post publicado há 10 dias, o que talvez forçou a associação a emitir a seguinte resposta: “Nós não dissemos que você não pode comer tomates. Nós dissemos para não cortá-lo na forma de [que revela] cruz”.

Embora muitos dos comentários feitos no Facebook não sejam adequadas para serem reproduzidas aqui, um blogueiro brincou com o fato em seu blog: “Atenção! Sua salada pode estar fazendo você em um infiel!”.

Há uma estimativa que existem de 5 a 6 milhões de salafistas no Egito. Os salafistas são geralmente considerados mais tradicionalistas que as outras facções muçulmanas. No ano passado, um grupo de muçulmanos radicais, incluindo salafistas, foram responsáveis pela queima de diversas igrejas e empresas cristãs no Egito, que mais tarde resultou em centenas de mortes durante manifestações contra a destruição.

De acordo com um relatório de inteligência doméstica da Alemanha, feito em 2010, o salafismo é o movimento que mais cresce no mundo islâmico.

CHUVAS INTENSAS ABENÇOAM ISRAEL

Este mês de Dezembro tem quebrado todos os recordes de precipitação de chuva, tão abençoada e necessária na terra de Israel! 
O lago da Galiléia já subiu consideravelmente o seu nível, os rios aumentaram também o seu fluxo e a neve atingiu uma altura de 60 a 70 cms no cume dos Montes Hermon.
O Mar da Galiléia teve o maior aumento dos últimos 20 anos, subindo 18 cms durante este fim de semana. 
Prevê-se para hoje mais um aumento de 7 cms, elevando assim as águas deste histórico lago para os 212 metros abaixo do nível das águas do mar.
O nível atual fica "apenas" três metros abaixo da "linha vermelha" - 208,9 metros abaixo do nível das águas do mar - nível que quando atingido permite que se abra a represa de Decania para que aumente o fluxo de água para o Rio Jordão e impedir que as águas do lago inundem a cidade de Tiberíades e outras ao longo das orlas.
Os Montes Hermon foram hoje abertos aos visitantes, ainda que segundo as autoridades a espessura da neve não permita ainda esquiar com segurança.
O Rio Jordão tem o maior fluxo dos últimos 20 anos, com uma precipitação de cerca de 100 metros cúbicos por segundo.
Desde quinta-feira que chuvas intensas têm castigado Israel, com precipitações que atingem os 125 milímetros em Safed, o dobro do habitual, 144 mm nos Montes Golan e 55 em Jerusalém.
Nas últimas duas décadas Israel tem sofrido Invernos bastante secos, obrigando a um uso elevado das águas do Mar da Galiléia e de outras reservas aquíferas.
Prevê-se que as chuvas se mantenham até à próxima terça-feira, ainda que com menos intensidade.
Shalom, Israel!

Israel autoriza primeira fase de nova colônia na Cisjordânia

Projeto prevê a criação de uma colônia de 6.000 casas em um importante bloco de assentamentos.
Projeto tem como objetivo ligar o bloco de colônias de Gush Etzion e o sul de Jerusalém.
O governo israelense autorizou a fase inicial de um projeto que prevê a criação de uma colônia de 6.000 casas em um importante bloco de assentamentos na Cisjordânia ocupada, afirmou um líder dos colonos.
"Depois de muitos anos, nos sentimos felizes de poder anunciar que o governo de Israel decidiu criar uma cidade em Gush Etzion", afirmou à AFP David Perel, chefe do conselho regional deste importante bloco de colônias ao oeste da cidade palestina de Belém.
Nabil Abu Rudeina, porta-voz da Presidência palestina, advertiu que "os colonos e o governo israelenses devem saber que terão que prestar contas" e recordou que o status de Estado-observador obtido pela Palestina na ONU permite recorrer às instâncias judiciais internacionais.
Segundo o líder dos colonos, o governo aprovou um projeto de construção de 523 casas no setor de Gevaot que havia sido apresentado no ano 2000 pelo conselho regional de Gush Etzion.
"É um progresso enorme", destacou.

O projeto prevê a construção de 6.000 casas.
Hagit Ofran, porta-voz da A Paz Ahora, ONG israelense anticolonização, confirmou a autorização.
Com a fase inicial, o povo pode emitir objeções ao projeto, que tem como objetivo ligar o bloco de colônias de Gush Etzion e o sul de Jerusalém.
Procurado pela AFP, um porta-voz do Ministério da Defesa não confirmou nem desmentiu a informação.
AFP via R7

Papa convoca católicos à 'luta' contra o casamento gay

O papa Bento XVI se mostrou combativo nesta sexta-feira ao convocar os católicos para "lutar" contra o casamento gay, em um contexto de mobilização da Igreja em todos os grandes debates da sociedade.

Em seu discurso de fim de ano à Cúria Romana, o Papa criticou duramente as novas concepções da família que não se baseiam na união entre um homem e uma mulher e afirmou que "na luta pela família está em jogo a essência do ser humano".

Sem citar a palavra homossexual e sem fazer julgamento sobre a homossexualidade, ele atacou claramente a legalização do casamento gay e a adoção por esses casais na França, Estados Unidos e em outros países. A posição do Vaticano sobre o casamento homossexual não mudou, mas o tom endureceu.

No momento em que os países ocidentais adotam reformas sobre o casamento homossexual, o "Ano da Fé", lançado em outubro pelo Papa, parece ser a ocasião de combate sobre essas questões morais. Alguns movimentos católicos organizaram uma grande manifestação contra o casamento gay na França em 18 de novembro. Uma outra manifestação nacional está prevista para 13 de janeiro.

Os representantes das grandes religiões da França (católica, islâmica, protestante, judaica), criticaram o projeto do governo socialista, mas insistiram na natureza específica de seus argumentos.

Bento XVI, em uma rara mensagem publicada quinta-feira no Financial Times, convidou os cristãos a se engajarem nas áreas da justiça, da paz, da vida e da família. Segundo o Papa, os cristãos devem ser coerentes com a fé católica, disse, citando os políticos que são encarregados de votar a favor ou contra os projetos de lei de um governo.

Ele propôs uma "aliança" entre fiéis de diversas religiões e ateus sobre os temas essenciais de defesa da justiça, da paz, da família e da vida, que seria possível em razão de serem "leis naturais" as quais todos podem aderir. Em virtude desta lógica, ele citou longamente, e de maneira inédita, o grande rabino da França, Gilles Bernheim, muito crítico ao projeto de legalizar o casamento e a adoção para os homossexuais.

O Papa elogiou o trabalho do rabino Bernheim, que demonstra que "atentar contra a autêntica forma da família, constituída por um pai, uma mãe e uma criança (...) coloca em jogo a própria visão do ser humano". "Se até o momento percebíamos como a causa da crise da família a incompreensão sobre a essência da liberdade humana, agora está claro que o que está em jogo é a própria visão do ser humano, o que significa em realidade o fato de ser uma pessoa humana", observou Bento XVI.

"A criança perdeu a posição a que pertencia até o momento e a dignidade particular que lhe é própria", prosseguiu o Papa. "Bernheim mostra como, de sujeito jurídico independente em si mesmo, ele se transforma necessariamente em um objeto, que é e tem o direito, e como um objeto de direito, pode ser obtido".

Com a rejeição do casamento tradicional, acrescentou, "desaparecem as figuras fundamentais da existência humana: o pai, a mãe, o filho: as dimensões essenciais da experiência de ser uma pessoa humana estão desabando". Neste discurso, no qual costuma explicar as principais preocupações da Igreja, o Papa lamentou a "profunda falsidade" dos estudos de gênero, que consideram que o sexo de uma pessoa é determinado, na realidade, pela sociedade e educação.

O Papa insistiu ao Financial Times que a "luta" pacífica que ele convocou ultrapassa as fronteiras da Igreja: os princípios que ela defende "não são verdades de fé, estão inscritas na própria natureza humana, identificável pela razão, e, portanto, comum a toda a humanidade", seja no casamento, no começo e fim da vida, e na bioética, afirmou o Papa. Sua transformação causará "prejuízo grave para a justiça e a paz", acrescentou.

Fonte: Terra

Após declaração polêmica, governo alemão discute o sexo de Deus

O governo alemão foi levado nesta sexta-feira (21) a se interessar pelo sexo de Deus, depois que uma ministra desencadeou uma polêmica ao afirmar que considera que o neutro poderia ser o gênero utilizado para designar o Todo-Poderoso.

Em uma entrevista publicada na quinta-feira (20) pelo semanário Die Zeit, a ministra da Família, Kristina Schroeder, de 45 anos, gerou polêmica ao abordar esta questão quando falava sobre educação.

"É complicado falar de Deus no masculino a sua pequena filha?", perguntou o jornalista. O idioma alemão possui as formas gramaticais feminino, masculino e neutro, e Deus é designado no masculino.

"É simples, cada um deve decidir por si mesmo. O artigo não tem significado", respondeu a ministra, considerando que o neutro seria igualmente correto.

Esta resposta desencadeou uma série de críticas de todos os lados, incluindo de aliados de Schroeder no Partido da União Democrata Cristã, o mesmo da chanceler Angela Merkel.

Nesta sexta-feira, durante a tradicional coletiva de imprensa dos porta-vozes de cada ministério, um ritual extremamente sério organizado três vezes por semana, o debate teológico-gramatical encontrou um lugar entre a dívida do Chipre e a relação entre Rússia e Europa.

Citando a Bíblia, obras do papa Bento 16 ou o site oficial do Vaticano, o porta-voz da ministra Schroeder concluiu: "Evidentemente, Deus não é nem homem, nem mulher. Tenho mais confiança em um especialista (o Papa) do que naqueles que criticam a ministra".

Fonte: AFP

Cemitério para quem deseja “ressuscitar primeiro” está ficando sem espaço

Cemitério para quem deseja “ressuscitar primeiro” está ficando sem espaço                      
Durante os últimos 3.000 anos as famílias judaicas que acreditam que a vinda do Messias será sobre o Monte das Oliveiras, em Jerusalém, enterraram ali os seus mortos.
As Escrituras trazem uma profecia no livro de Zacarias dando conta que uma fenda se abrirá no Vale de Cedron entre os Montes do Templo e das Oliveiras, local por onde o Messias deve entrar pela Porta Dourada do Templo em Jerusalém.
A tradição diz que o próprio Zacarias pediu pra ser enterrado ali na expectativa de ser ressuscitado primeiro para ver a chegada do reino do Messias judeu. Desde então este local passou a ser um dos mais sagrados para a fé judaica.
“Todo mundo neste cemitério é enterrado com os pés de frente para o Monte do Templo, para que, ao serem levantados da morte nem sequer precisem se virar. Ninguém quer errar o rumo”, explica Ira Rappaport, 67 anos, que se mudou de Nova York para Israel há 41 anos e cujos pais estão enterrados no Monte.
As autoridades identificaram mais de 150 mil túmulos no local, mas os administradores dizem que novos lotes são impossíveis de achar. A grande maioria já está vendida e dentro de 10 anos estima-se que não haverá espaço para novas sepulturas.
Além de outros profetas da antiguidade, estão enterrados rabinos famosos e personalidades como o ex-primeiro-ministro israelense Menachem Begin.
Chananya Shachor, gerente da Sociedade Funerária de Jerusalém, a maior das 13 empresas que organizam funerais na Cidade Santa, explica que ser enterrado no local custa cerca de 45 mil reais, incluindo a cerimônia fúnebre e uma mortalha especial.
Shachor acredita que em breve terão fim os enterros no Monte, por isso inaugurou recentemente uma instalação de cinco andares, em outra parte de Jerusalém, mas tem dificuldade de convencer as famílias mais tradicionais.

Traduzido de The Star / Inf. Gospel Prime
VIA GRITOS DE ALERTA

Papa sinaliza aliança entre religiões para combater casamento gay

                      
Papa sinaliza aliança entre religiões para combater casamento gayDurante seu discurso de Natal para os funcionários do Vaticano o papa Bento 16 revelou o desejo de firmar alianças com outras religiões contra o casamento gay.
Em suas palavras o relacionamento entre pessoas do mesmo sexo ameaça a família “em seus fundamentos” e por isso é preciso impedir que a “verdadeira estrutura” da família seja alterada.
O líder da Igreja Católica discursou dizendo que a união entre um homem e uma mulher é “o autêntico ambiente para se entregar o plano da existência humana”.
O encontro aconteceu no Salão Clementine do Palácio Apostólico do Vaticano, os presentes ouviram o papa falar sobre a proteção das figuras do pai, mãe e filho elementos que podem desaparecer, na visão de Bento 16, se a sociedade aceitar o casamento gay.
“Quando tal compromisso é repudiado, as figuras-chave da existência humana igualmente desaparecem: pai, mãe, filho — elementos essenciais da experiência de ser humano são perdidos”.
Em alguns países o Vaticano aceitou se juntar com judeus, muçulmanos e líderes de outras religiões para impedir a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo.
Foi um estudo do rabino-chefe da França, Gilles Bernheim, que o papa citou para defender sua tese de não aceitação dessas relações.
O estudo citado foi batizado de “Casamento Gay, Paternidade e Adoção: O que muitas vezes esquecemos de dizer” e fala que o casamento gay está sendo legalizado em muitos países para “lucro exclusivo de uma pequena minoria”.

VIA GRITOS DE ALERTA / INF. GOSPEL PRIME

AGRADEÇO A DEUS . POIS O MINISTÉRIO GERAÇÃO GRAÇA E PAZ TEM APENAS 2 MESES E HOJE SERÁ NOSSO SEGUNDO BATISMO . OBRIGADO MEU DEUS