quarta-feira, 29 de março de 2017

Priscilla Alcantara é criticada nas redes sociais por ir ao Lollapalooza

Imagem redimensionada

A cantora e compositora Priscilla Alcântara presenciou nos dias 25 e 26 o festival Lollapalooza. Por se tratar de um evento que reuniu exclusivamente nomes não religiosos da música internacional e nacional como Metallica, The Strokes, Céu e Duran Duran, Priscilla foi criticada por internautas e seu nome chegou a figurar entre os assuntos mais comentados no Twitter.

Aproveitando o fato de seu nome estar em alta nas redes, Priscilla aproveitou a polêmica e fez comentários irônicos nesta segunda-feira (27). “Mano, que mundo b*** né? 10 tretas na timeline por dia, gente se nois num guarda (sic) nem dinheiro, quem dirá rancor. Vamos lá. Eu não guardo nem a louça, quem dirá guardar rancor”, disse a cantora.

Priscilla enfatizou que recebeu maiores críticas em frequentar um evento não-religioso no Facebook, diferentemente do Twitter, rede a qual foi melhor recebida. “mas cliquei no meu nome pra ler e a galera aqui é gente boa, facebook q é o câncer”, disse a intérprete, em uma postagem.

Priscilla também fez questão de comentar que, em maio, lançará um novo single, que promete suceder o disco Até Sermos Um, lançado no final do ano de 2015 pela divisão evangélica da gravadora Sony Music Brasil.

Além disso, Alcântara fez outros anúncios. “Queria aproveitar que ‘Priscilla Alcântara’ está nos assuntos do momento e convidar todo mundo para o #ASU2017. Eventão em setembro”.

Fonte: Gospel Prime

Em meio à Reforma da Previdência, Jean Wyllys propõe aposentadoria especial para prostitutas Postado em: 29-03-2017

A Reforma da Previdência vem sendo debatida no Congresso Nacional em meio a inúmeras polêmicas, por conta da previsão de quase cinco décadas de contribuição para que o trabalhador tenha acesso ao benefício integral. E nesse cenário, O deputado Jean Wyllys propõe um regime especial para profissionais do sexo, já que atualmente essas pessoas teriam que contribuir como um profissional autônomo comum.

Imagem redimensionadaO deputado federal e ativista gay é autor do projeto de lei 4.211/12, apelidado de “lei Gabriela Leite” – uma ex-estudante de sociologia que adotou a prostituição como meio de vida aos 22 anos e faleceu em 2013 – que busca regulamentar a venda de sexo como profissão.

A ideia de aposentadoria especial para prostitutas e garotos de programa é defendida por Wyllys como forma de “garantir a dignidade” das pessoas que se sustentam com a chamada “profissão mais antiga do mundo”.

“Eu quero proteger os direitos delas, garantir a dignidade e combater a exploração sexual de crianças e adolescentes. Digo, ‘elas’, porque a maioria das pessoas que realizam trabalho sexual são do gênero feminino, mas o projeto também beneficia os garotos de programa”, disse Wyllys, segundo informações da Agência Brasil.

Para Jean Wyllys, a exploração sexual por parte de cafetões só “ocorre quando há apropriação total ou maior que 50% do rendimento da atividade sexual por terceiros”, dando a entender que a lei toleraria “parcerias” em que o proxeneta abocanha 49% ou menos.

“O projeto busca fazer uma clara distinção entre o que é trabalho sexual voluntário – praticado por pessoas adultas – e a exploração sexual de adultos”, argumenta.“O profissional do sexo poderá prestar serviços como trabalhador autônomo ou em cooperativas, e as casas de prostituição são permitidas desde que não ocorra exploração sexual”, concluiu.

Cida Vieira, presidente da Associação de Prostitutas de Minas Gerais (APROSMIG), defende o projeto, e diz que, como qualquer outro profissional, a prostituta deve ter o direito de se aposentar e receber benefícios da Previdência Social.

Outra apoiadora da iniciativa é Marcela Azevedo, representante do movimento Mulheres em Luta, mas afirma que gostaria existisse a oferta de condições para que as mulheres não precisassem mais vender o corpo para sobreviver.

“Nós nos solidarizamos com as lutas dessas mulheres contra violência, exploração, por direito a se aposentar. Mas a gente acha que o caminho não é regulamentar, pelo contrário, é superar a prostituição. A alternativa é garantir as condições para que as mulheres que estão em situação de prostituição, não por opção mas por necessidade, que possam construir a sua vida em outra condição”, concluiu.

A jornalista Rachel Scherazade comentou o projeto de lei e criticou a iniciativa, afirmando que o deputado “ex-BBB romanceia a prostituição, como se ela fosse uma opção, como se a exploração sexual não fosse uma agressão e uma indignidade contra a mulher, sua alma, seu corpo”.

“Quantas escolheriam a difícil vida fácil, se tivessem outra alternativa? Sem estudos ou profissionalização, o que restará a essas mulheres senão o mais humilhante dos serviços? Razão dou à feminista Nalu Faria. Para ela, o projeto de Wyllys falseia e distorce a realidade da prostituição, e não passa de um meio de suprir a necessidade da indústria sexual, que utiliza o corpo das mulheres para faturar altos montantes”, criticou, em comentário para a rádio Jovem Pan.

Fonte: Gospel Mais

Manoel Ferreira é aclamado Bispo Primaz Mundial das Assembleias de Deus

O presidente vitalício da Assembleia de Deus Ministério de Madureira – CONAMAD, Bispo Dr. Manoel Ferreira foi aclamado Bispo Primaz Mundial (Que ocupa o primeiro lugar) durante a 39ª Assembleia Geral Ordinária realizada nos dias 22 a 25 de março, em São Paulo, na AD Brás.
Imagem redimensionadaA proposta foi apresentada pelo Pastor José Bittencourt, presidente da Comissão Jurídica da Conamad e pastor presidente do campo de Utinga – SP e aceita por unanimidade pelo plenário da Convenção Conamad.

“Na verdade ele foi “reconhecido” pelo colégio de bispos, por meio de uma proposta feita pelo Pastor José Bittencourt. Uma forma de diferenciá-lo dos demais bispos pela sua história e trajetória ministerial”, informou um membro da AD Madureira em SP ao JM Notícia.

De acordo com página oficial da Conamad, a decisão foi tomada depois de análise cuidadosa feita por Pastores Teólogos e Doutores, e com o objetivo de oferecer claro reconhecimento da liderança e diferenciação do agora, Bispo Primaz das Assembleias de Deus Ministério de Madureira.

Na ocasião, foram separados 05 – cinco pastores ao cargo de Bispo das Assembleias de Deus Madureira: 

- Pastor Samuel Ferreira, presidente executivo da Convenção Nacional das Assembleias de Deus Madureira
- Pastor Oídes José do Carmo, presidente da Convenção Estadual e líder da Assembleia de Deus Campo de Campinas, no Estado do Goiás;
- Pastor Abigail de Almeida, vice presidente estadual e líder da Assembleia de Deus Ministério Fama, também em Goiás;
- Pastor Abner Ferreira; pastor Daniel Malafaia 

A composição da Mesa Diretora da Conamad não teve alteração entre os vice-presidentes.

Estiveram presentes na 39ª AGO, o Governador do Estado de São Paulo Geraldo Alckmin, o Prefeito da capital paulista, João Dória, Ministros de Estado, Senadores, Deputados Federais e Estaduais, e mais de 7 mil Pastores de todos os estados da federação.

O Presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Paulo Rabello, apresentou os dados do crescimento dos evangélicos no Brasil e destacou a grande diferença na superioridade do número de membros das Assembleias de Deus, em relação às demais Igrejas.

Fonte: JM Notícia

Chamado de herege, Silas Malafaia se revolta e desafia tradicionais a provarem acusações

Imagem redimensionada

O pastor Silas Malafaia, novamente, entrou em uma polêmica, e dessa vez, com os próprios irmãos na fé protestante, porque havia sido chamado de herege pelo pastor Paulo Júnior, do ministério Defesa do Evangelho.

Em um vídeo curto, com o título “Defesa do evangelho? Ataca pastores pentecostais e não confronta ímpios. PIADA!”, Malafaia diz estar “cansado de ser caluniado e difamado por ímpios”, e compara, sem citar nomes, Paulo Júnior com Caio Fábio.

“Deixa eu dar uma explicação a vocês, porque tem gente enganada. Eu nunca ataquei pastor tradicional chamando de herege. Eu acho que você está precisando verificar mais um pouco. Eu fui citado nominalmente como herege”, diz Malafaia.

“Agora vem um pastor tradicional atacar pastores pentecostais. O que eu falei [antes] e estou repetindo aqui: ele não cita um pastor tradicional, nem da linha dele. E eu já vi esse filme no Brasil. Muitos de vocês eram fedelhos, ou nem tinham nascido, quando um pastor da mesma vertente teológica dele, se intitulou o alto defensor e juiz da igreja evangélica, acusando quem estava certo ou errado. Onde é que está esse camarada hoje?”, questionou.

A indignação foi além e, horas depois, queixou-se da ofensa feita a ele por Paulo Júnior, salientando que divergência teológica não é precedente para agressão e desrespeito: “Quero fazer um desafio a você. Põe o título dos livros e as páginas”, pediu, referindo-se às heresias de que foi acusado de defender.

Em seguida, reiterou: “Meus livros, Mike Murdock, Miles Munroe, Morris Cerullo. Mostra onde há heresia”. Depois, disse que não concorda com a íntegra do que estes líderes pentecostais defendem, e destacou: “Até agora não apareceu ninguém para me contraditar na Bíblia”.

Desafios

Malafaia é habituado a desafiar seus oponentes. Há cinco anos, quando sua pregação da teologia da prosperidade estava em maior evidência em seus programas de televisão, o pastor assembleiano partiu para o ataque contra blogueiros que o criticavam.

No dia 19 de maio de 2012, no programa Vitória em Cristo, Malafaia agendou um duelo à moda faroeste, e disse que nos dias 02 e 09 de junho seguintes iria veicular uma mensagem sobre prosperidade, e que gostaria de ver onde estavam as heresias de que o acusavam.

“Eu quero fazer um desafio a essa turma, a esses críticos de meia tigela que tem por aí. Eu sou acusado de ter mudado, de ser da teologia da prosperidade, por uns caras que não sabem nem comer de colher e querem me ensinar a comer de garfo”, desdenhou.

“Então, vamos lá, aqui está o meu desafio: no programa dos dias 02 e 09 de junho, eu vou colocar aqui uma mensagem com o tema ‘Uma Vida de Prosperidade’. Eu desafio blogueiros, críticos de meia tigela, quem planta notícia na internet, invejoso, caluniador, a me dizer onde é que está o meu erro teológico sobre a teologia da prosperidade que eu prego e creio”, disse.

À época, a reação foi farta, como no caso da blogueira Vera Siqueira, esposa do pastor Paulo Siqueira e uma das líderes do movimento “Evangelho Puro e Simples”.

“O Malafaia demonstra até uma certa prepotência e arrogância, parecendo não temer os ‘bandidos’, como ele se refere a quem o critica. Mas ele, ao contrário, pode criticar quem bem ele quiser, que ele continuará sendo o ‘paladino da verdade gospel’”, ironizou.

À época, Malafaia estava à frente da organização da Marcha para Jesus no Rio de Janeiro, e a blogueira criticou o pastor por fazer o desafio na televisão, mas fugir do embate pessoalmente, já que ela e outros blogueiros foram ao evento protestar.

“Na esquina das Avenidas Rio Branco e Almirante Barroso estavam blogueiros […] Porém, sabem qual foi a reação do Malafaia, do alto do trio, mas próximo o suficiente para eu perceber que seu implante de cabelo só funciona na TV? O Malafaia desviou os olhos da gente e das nossas faixas, virou o rosto […] abaixou a cabeça, mas em momento algum teve a coragem de olhar nos nossos olhos!”, disparou.
Novas críticas

O tom de Malafaia, que havia começado ponderado, reagindo ao que chamou de ofensa, voltou ao usual na última segunda-feira, 28 de março, quando partiu para agressão contra o pastor e escritor Paul Washer, adotando a mesma postura que havia criticado em Paulo Júnior.

“Paul Washer é um boçal que odeia pentecostal. É o grande guru dos que se dizem defensores do Evangelho. Acordem pentecostais”, escreveu o pastor no Twitter.

No tiroteio do pastor no Twitter, sobrou até para os defensores da Teologia da Missão Integral (TMI), que tem no militante político de esquerda e pastor Ariovaldo Ramos sua principal liderança. “Crer em prosperidade é ser herege, nunca falar contra a teologia da Missão Integral, que apóia aborto, gays, marxistas, é ser defensor do evangelho. Só kkk”, disparou.

Por fim, publicou um novo vídeo, em que reitera o alerta aos pentecostais sobre a mensagem pregada por alguns dos pastores tradicionais:



Fonte: Gospel Mais

LIMPEZA , PINTURA , MANUTENÇÃO EM GALPÕES E BARRACÕES INDUSTRIAIS

Quem possui galpão sabe: esses locais costumam acumular uma grande quantidade de sujeiras e resíduos, e isso acontece mesmo que você não queria! E para garantir que esses espaços estejam sempre limpos, é importante contar com uma limpeza especializada, garantindo assim que o seu galpão esteja devidamente higienizado e limpo! Abaixo nós te mostramos a importância em garantir a integridade e higiene desses locais e o por que contratar a Tudo e Tudo Serviços   é a melhor opção para a limpeza de galpão!

Qual é a necessidade em fazer a limpeza de um galpão?

Existem uma infinidade de motivos que tornam o serviço de limpeza algo tão necessário, e eles não envolvem apenas a higienização do local. Geralmente os galpões são espaços dedicados ao estoque e armazenamento de diversos materiais, como alimentos, remédios, cosméticos, materiais de construções, entre outros. Acontece que, conforme o tempo, é comum que apareçam sujeiras e resíduos no local e, ao não fazer a limpeza periódica, é muito possível que os seus materiais ali armazenados sejam danificados com o tempo, fazendo assim com que você tenha que jogá-los fora, causando um grande prejuízo para a sua empresa. Uma limpeza regular fará com que todos os seus materiais estejam sempre armazenados em um local adequado e que atendam as necessidades de armazenamento dos produtos ali estocados.

TUDO E TUDO SERVIÇOS

LIMPEZA E PINTURA DE GALPÃO E BARRACÃO INDUSTRIAL