sábado, 6 de setembro de 2014

NOTA DE REPUDIO DO BISPO ROBERTO TORRECILHAS AOS POLÍTICOS BANDIDOS E CORRUPTOS DO BRASIL


( SORRISO BONITO ESTAMPADO NO ROSTO NÃO NÃO É  SINAL DE CARÁTER , CUIDADO , POIS  NESSA ÉPOCA  ELES ,OS POLÍTICOS CORRUPTOS  ANDAM MUITO SORRIDENTE  . ) 

Venho  por  meio  dessa manifestar  minha  indignação contra  esses  políticos  ladrões  que  estão  acharcando  os  cofres  do Brasil.
A cada  dia  somos  bombardeados  por  notícias que  mostram  novos e  velhos   políticos envolvidos  com  esquemas  fraudulentos e  corruptos .
Agora ,  o ex  diretos da Petrobras , em  uma delação premiada ,mostra novos nomes envolvidos com corrupção.

Alguns já  conhecíamos , né senhor  Renan e  outros  , agora , novamente o nome do ex governador Eduardo Campos envolvido já é  demais da conta .

1° vez  .AVIÃO FANTASMA ,SEM DONO .
2° vez . PROPINODUTO DA PETROBRAS .

ESTÃO  ACHANDO  QUE  NÓS  ELEITORES  SOMOS  IDIOTAS !!!!!!!!!!!

Eu  já  não  votava  nesses  partidos  , pois  não  voto  em socialista e nem em comunista  ,    e agora é que  não voto mesmo ,   nem  no segundo  turno .

ESTÃO ENVOLVIDOS  COM  A  MAFIA  DA  PETROBRAS ,  E  OUTRAS  COSITAS  MAS ,  ISSO  JÁ É  O  CUMULO .


CONFIAR  EM  POLÍTICOS , MESMO QUE SEJA  CRISTÃO ESTA  FICANDO  CADA  VEZ  MAIS  DIFÍCIL , TEM QUE SE ESCOLHER MUITO BEM .



PERGUNTO .
SERIA A PETROBRÁS UM OUTRO TIPO DE MENSALÃO?
A Revista Veja desta semana traz à lume mais um escândalo. Na verdade, os escândalos continuam aparecendo e agora, a Petrobrás, a maior empresa brasileira, desponta-se como um novo tipo de mensalão para sustentar um sistema político eivado de corrupção. Até quando o Brasil vai suportar esses desmandos? 


ATÉ QUANDO NÓS , OS CRISTÃOS FICAREMOS  CALDOS ?

NÃO  PRECISAMOS APENAS  DE  PROFETAS DE  PÚLPITOS , MAS  SIM DE HOMENS QUE HONREM DE VERDADE A PALAVRA DE DEUS .


Até quando vamos ficar passivos e

 contribuir para que essa inglória

 situação continue? 

Acorda, Brasil!

 É tempo de mudança!


POR  ISSO  VOU  CONTINUAR  A  TRABALHAR  FORTE PELO  CANDIDATO  QUE  ELEGI  COMO  A  MUDANÇA  QUE  VAI  FAZER BEM  AO  BRASIL. 
 REAFIRMO  MEU  VOTO  AO  PASTOR EVERALDO 20 .
PEÇO SEU  VOTO  A  ELE  TAMBÉM ,POIS NÃO  ESTA  ENVOLVIDO COM  ESSAS  SUJEIRAS TODAS .


PRESIDENTE - PASTOR EVERALDO 20



Bispo Roberto Torrecilhas 


A CASA CAIU - Eduardo Campos, Lobão, Renan e Cabral na lista de beneficiados por esquema na Petrobras

O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa listou a relação de mais de 30 políticos envolvidos com esquema de corrupção na Petrobras, informou neste sábado (6) a revista "Veja". Em seu depoimento, Paulo Roberto Costa cita pelo menos 25 deputados federais, seis senadores, três governadores, um ministro de Estado e pelo menos
três partidos políticos 
PT DA  DILMA E DO LULA 
 , PMDB DO  TEMER E  DO  SKAF  e 
PP DO PAULO  MALUF .

, que teriam tirado proveito de 
parte do dinheiro roubado dos 
cofres da Petrobras.
Entre os envolvidos estão o ministro Edison Lobão ( Minas e Energia), o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto
os presidentes daCâmara, Henrique

Eduardo Alves (PMDB-RN), e do

 Senado, Renan Calheiros(PMDB-
AL),
 os senadores estão Ciro Nogueira (PP-PI), Romero Jucá (PMDB-RR) e os deputados Cândido Vaccarezza (SP), João Pizzolatti (PP-SC), Mário Negromonte (PP). Entre os governadores, Paulo Roberto Costa cita o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), Roseana Sarney (PMDB), atual governadora do Maranhão, e 
Eduardo Campos (PSB), ex-governador de Pernambuco, morto no dia 13 de agosto em um acidente aéreo em Santos (SP).Paulo Roberto Costa ocupou a diretoria da Petrobras entre 2004 e 2012, isto é, participou dos dois governos Lula e dos dois primeiros anos do governo Dilma Rousseff. Costa foi preso em março deste no, quando a Polícia Federal prendeu o ex-diretor sob acusação de participar de um megaesquema de lavagem de dinheiro comandado pelo doleiro Alberto Youssef. De acordo com Costa, a distribuição do dinheiro servia para garantir que os partidos aliados continuassem a apoiar o Palácio do Planalto no Congresso Nacional.
As investigações da PF já haviam revelado a existência de uma ampla rede de corrupção na Petrobras envolvendo funcionários da empresa, grandes empreiteiras, doleiros e políticos importantes. Os depoimentos de Paulo Roberto Costa estão sendo colhidos desde o dia 29 agosto pela Política Federal. Ao todo, já são mais de 40 horas de conversas gravadas, revela a revista.
Por envolver políticos, que têm direito a foro privilegiado, o caso está sendo acompanhado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Outro lado
De acordo com a revista, o ministro Edison Lobão (Minas e Energia) disse que sua relação com o ex-diretor sempre foi institucional e nega ter recebido dinheiro. O petista João Vaccari Neto diz que nunca se encontrou com Costa para tratar de doação financeira.

AGORA   QUEM  VAI  VOTAR  AINDA  NO  PARTIDO  DO  EDUARDO  CAMPOS ???
VIA  GRITOS  DE  ALERTA  /  INF.  VEJA