quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Campanha incentiva leitura da Bíblia na Europa

Campanha incentiva leitura da Bíblia na Europa 217x250 Campanha incentiva leitura da Bíblia na EuropaEditores da Alemanha e da Inglaterra estão desenvolvendo campanhas para incentivar a leitura das Sagradas Escrituras.
Na Alemanha, uma nova revista pretende abordar o que considera ser uma crescente falta de conhecimento da Bíblia, enquanto na Inglaterra o incentivo foi desenvolvido durante todo o ano para estimular os cristãos a conhecer melhor a Palavra de Deus.
A Revista Fascination Bibel foi lançada em outubro pela, Stiffung Christliche Medien (SCM), proprietária da editora Bundes-Verlag. A revista “Bíblia” é indicada para aqueles que não querem que a Bíblia. Mais de 230 mil cópias, de 100 páginas com a Bíblia foram distribuídas às igrejas e organizações cristãs na Alemanha, Suíça e países vizinhos.
A empresa percebeu que as pessoas amavam a Bíblia, mas não tinham vontade de ler. “Houve uma crescente falta de conhecimento em grande parte da igreja. Alguém tinha que fazer algo assim que nós começamos”, disse Ulrich Eggers ad SCM.
Na Inglaterra, muitas editoras estão entre as 100 organizações cristãs de apoio a Biblefresh, lançado para marcar o 400 º aniversário da Bíblia King James.
Uma pesquisa realizada pela Aliança Evangélica do Reino Unido revelou que os níveis de compreensão e conhecimento bíblico estão baixos. Congregações que se inscrever para Biblefresh estão sendo convidadas a elevar o seu nível de envolvimento na leitura, formação, tradução e ação resultante da Bíblia.
Fonte: CPADNews

Notícias » Mundo » Mundo Iraniana Sakineh Ashtiani é libertada, informa ONG

Sakineh Ashtiani posa para foto de conceder entrevista à emissora de televisão, em Tabriz. Foto: Reuters Sakineh Ashtiani posa para foto de conceder entrevista à emissora de televisão, em Tabriz
Foto: Reuters
A iraniana Sakineh Ashtiani, 43 anos, a mulher que ia ser executada por adultério, foi libertada, assim como o filho e seu advogado, segundo informações divulgadas nesta quinta-feira pela Comissão Internacional contra a Pena de Morte e o Apedrejamento. A data da libertação não foi informada.
"Recebemos do Irã a informação de que estão livres", disse Mina Ahadi, porta-voz do comitê contra a lapidação, com sede em Berlim. "Esperamos ainda a confirmação. Aparentemente, esta noite há um programa que deve ser exibido na televisão e aí saberemos 100%. Mas, sim, ouvimos que está livre e também seu filho e seu advogado", disse Ahadi.
O filho e o advogado de Sakineh haviam sido detidos em outubro no Irã, junto com dois jornalistas alemães. Há um mês, a comissão alertou que tinha provas de que a mulher seguia viva e não seria executada.
Mohammadi-Ashtiani foi condenada à morte por dois tribunais diferentes em 2006 pelo envolvimento no assassinato do marido. Em 2007, sua pena pelo assassinato foi reduzida, em apelação, a 10 anos de prisão, mas sua sentença a morrer apedrejada por adultério foi confirmada no mesmo ano por outra corte de apelação.
A revelação do caso, em julho passado, por associações de direitos humanos, causou uma forte mobilização no Ocidente, onde muitos países e personalidades pediram que a sentença não fosse aplicada.
Com informações da agência AFP e do jornal El Mundo.

-------------------AS MARCAS DE UM FINAL PROXIMO--------------------

Muito fala-se a cerca do fim do mundo. Hoje muita gente acredita que isso ocorrerá em 2012, mais precisamente no dia 21 de dezembro do mesmo ano, outros acreditam que pelo menos algo grande acontecerá nesta data.

Porém a Bíblia diz:

"Mas a respeito daquele dia e hora, ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai. Pois assim como foi nos dias de Noé, também será a vinda do Filho do homem. Porquanto, assim como nos dias anteriores ao dilúvio, comiam e bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, senão quando veio o dilúvio e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem" (Mateus 24:36-39). Veja também: (1 Tessalonicenses 5:1-3).

Contudo, a Bíblia também diz que Deus deixaria aos homens muitos sinais para mostrá-los que a volta de Jesus estaria próxima. Vejamos então alguns destes sinais.

“Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos." (Mateus 24:5).

Desde então muitos já apareceram dizendo ser Jesus, porém nunca um homem conseguiu enganar tantas pessoas como faz hoje o porto riquenho José Luis De Jesús Miranda, que se auto proclama o Jesus Cristo Homem. Interessante é que a seita que ele criou cultua o número 666 (o número da besta). Talvez você possa achar isso bobagem, mas só aqui no Brasil ele já tem mais de 10 mil adéptos e milhares por todo o mundo.
.
"E, certamente, ouvireis falar de guerras e rumores de guerras; vede, não vos assusteis, porque é necessário assim acontecer, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, reino contra reino, e haverá fomes e terremotos em vários lugares;" (Mateus 24:6-7).

Guerras, doenças mortíferas, tragédias naturais, aquecimento global, mudanças drásticas no clima, nunca vivenciamos tantos acontecimentos terríveis como no último século.




"A todos, os pequenos e os grandes, os ricos e os pobres, os livres e os escravos, faz que lhes seja dada certa marca sobre a mão direita ou sobre a fronte, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tem a marca, o nome da besta ou o número do seu nome. Aqui está a sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, pois é número de homem. Ora, esse número é seiscentos e sessenta e seis." (Apocalipse 13:16-18).
Muitos afirmam que o número 666 estaria contido nos códigos de barras, ou seja, o número da besta é o que movimenta todo comércio mundial.

No código de barras, cada sequência de linhas corresponde a um número. Vejamos as linhas em azul, elas correspondem ao número "6" (seis). Veja agora as linhas em vermelho, elas são exatamente iguais as linhas azuis. Ou seja, também representariam o número 6. Todos os códigos de barras de produtos espalhados por todo o mundo apresentam essas três linhas semelhantes no início, meio e fim do código. Ou seja, uma sequência de três números 6, ou, 666.
Algo mais interessante e que já ocorre em vários lugares do mundo é a implantação de microchips nas mãos das pessoas. Depois de muitos estudos, os cientistas chegaram a conclusão que os melhores lugares para colocar esses chips eram na testa, abaixo do couro cabeludo, ou na mão, mais precisamente na mão direita. O porquê disso eu não sei, mas sei que isso está acontecendo.

Ou seja, dentro de alguns anos todas as pessoas terão esses chips no corpo, e assim, poderão ser totalmente controladas. Adeus cartões de crédito, adeus dinheiro. Bastará passar o dedo em um sensor e você fará suas compras. Um mundo completamente facilitado pela marca da besta. É a convergência da moeda mundial em um sistema único. A Europa hoje já tem uma única moeda, o Euro. Em breve o mundo terá uma única moeda, aguardem e verão.

Especula-se que em 2012 um tal Planeta-X ou Nibirus se chocará ou passará pela Terra deixando muitos estragos em nosso Planeta. Muitos dizem que o maias já preveram isso a milhares de anos atrás. Alguns cientistas dizem que 2012 haverá um alinhamento de todos os planetas do nosso sistema solar, isso causará um mudança no magnetismo da Terra, que mudará sua óbita, e nos levará há um novo tempo e blá blá blá... Fizeram até um filme sobre o tema que esteve em cartaz recentemente. O fato é que, e se for mesmo em 2012? Só faltam 2 anos. Já parou pra pensar nisso?
.
Em 2008 foi inaugurado pela ONU, na Noruega, o "cofre do fim do mundo". A ONU decidiu criar esse cofre para poder guardar todas as sementes de plantas frutíferas de todo o mundo, caso acontecesse algo que destruisse a Terra, para que alimentos pudessem ser preservados para os que sobrevivessem. A Noruega foi escolhida para guardar o cofre devido a sua baixa temperatura o ano todo, o que preservaria melhor as sementes, sem falar que elas estão metros abaixo da terra, dentro de uma montanha. Isso é sério, saiu até no Jornal Nacional.
.
Desde a época que comecei a ler a Bíblia e ter um pouco mais de conhecimento sobre o assunto, tive vontade de entender sobre essas coisas, e ficava sempre pensando, "quem será essa besta?", "quem será o anticristo?"
.
Bem, isso eu não sei, mas muitas coisas me levam a refletir. O que poderíamos dizer por exemplo dos clones humanos. Ora, sabemos que a vida é dada por Deus. Deus criou o homem do pó da terra e depois soprou o fôlego de vida, dando alma e espírito ao homem. Ora, se clonarem humanos, se é que já não clonaram, quem daria fôlego de vida a eles, tendo em vista que foram criação do homem e não de Deus?
.
Eu creio que o clone pode ser "talvez" a besta citada no Apocalipse, por que não? Um ser criado em laboratório, provavelmente possa dar errado, não sabemos. Mas certamente espírito esse ser não terá. Então quem daria vida a ele? Quem controlaria esse ser?
.
Tá, aí você me pergunta: Por que o clone de humanos não daria certo se com os animais deu? Em primeiro lugar, todos os clones de animais apresentaram certos problemas. Em segundo lugar, e principalmente, porque os animais não têm espírito, eles apenas possuem alma. Ou seja, eles têm vida, mas não têm conciência. Nós seres humanos temos vida e conciência, logo, temos alma e espírito.
.
O anticristo certamente será muito poderoso, alguém muito influnte no mundo, provavelmente algum político. Como eu acredito que já estamos bem perto do fim, ou seja, creio que não passará dessa geração, fico sempre imaginando que pode ser fulano ou ciclano. Quem para você se enquadraria nesse perfil: dominador, poderoso, e adorado por todo o mundo? Será que o anticristo já está entre nós? Será que já existe um clone humano?
.
Mais algumas informações são interessantes. A Bíblia diz que até a volta de Jesus a Sua palavra seria pregada para toda pessoa. Nunca a Palavra foi tão pregada em todo o mundo como hoje.

Outros possíveis sinais incluiriam a reconstrução de um templo judaico em Jerusalém, aumentada hostilidade para com Israel e avanços para um único governo mundial. O sinal mais importante do fim dos tempos, entretanto, é a nação de Israel. Em 1948, Israel foi reconhecido como um Estado soberano pela primeira vez desde 70 d.C. Deus prometeu a Abraão que sua posteridade possuiria Canaã como uma “perpétua possessão” (Gênesis 17:8), e Ezequiel profetizou uma ressurreição física e espiritual de Israel (Ezequiel 37). Ter Israel como nação em sua própria terra é importante à luz da profecia do fim dos tempos, por causa da distinção de Israel na escatologia (Daniel 10:14; 11:41; Apocalipse 11:8).
.
Bem, tentei mostrar aqui apenas alguns sinais. O principal deles aconteceu há 62 anos atrás, o retorno do povo judeu à Terra Prometida e a fundação do Estado de Israel. Vimos que a própria ONU já sabe que a tribulação está próxima. Será que você está ligado em todos esses acontecimentos, ou melhor, será que você está ligado em todos esses SINAIS?
.
E tem gente que ainda diz que a Bíblia é um livro de histórias ultrapassado.
.
Enfim, estarei aqui todos so dias procurando compreender mais sinais, lendo mais a Bíblia, orando mais a Deus, buscando mais conhecimento na palavra, até o dia em que Ele voltar, pois nesse caso não é nenhum exagero em dizer que só Deus sabe.
(Muitas coisas que coloquei aqui foram extraídas da internet, portanto basta você fazer umas pesquisas mais aprofundadas que você poderá encontrar mais coisas sobre o assunto e as coisas que citei).
Se cuide! Jesus está voltando.
.
Deus te abençoe. Só Jesus salva!

Como Alcançar os Muçulmanos – Parte 2

Nos últimos dois meses, recebi muitas cartas perguntando como podemos alcançar os muçulmanos. No mês passado, começamos a tratar deste assunto ao qual vamos dar continuidade nesta edição. Estamos ainda tratando do principal ponto que uma pessoa precisa saber para poder efetivamente alcançar os muçulmanos: "Não discuta com os muçulmanos" porque eles acreditam que o Alcorão é perfeito. É muito importante saber o que eles crêem a respeito do Alcorão para poder se comunicar com eles (você pode saber quais são os três primeiros pontos na edição do mês passado). Nas conversas com muçulmanos eles normalmente mencionam um ou mais destes pontos. No prefácio ao Alcorão do Rei Fahd (rei da Arábia Saudita), o escritor faz as seguintes declarações sobre o Alcorão:
  1. "[O] Alcorão é o eterno milagre de Alá revelado ao profeta Maomé para todas as gerações que estavam por vir. Em resposta aos que duvidam da autoria do Alcorão, Alá todo-poderoso desafiou os mais bem preparados articulistas árabes a produzirem um livro completo, dez capítulos, ou mesmo um capítulo solitário que pudesse ao menos de longe ser comparado ao Alcorão. Mas, até hoje, ninguém conseguiu cumprir o desafio do Todo-Poderoso. Os críticos do Alcorão ficaram sem fala diante da sua inefável eloqüência e incomparável beleza".
    Se o Alcorão foi revelado ao profeta Maomé, como podemos resolver o dilema bastante conhecido de que o islamismo já existia antes de Maomé? Alá já era adorado como ídolo pagão, e certos dogmas do Islã – como o jejum durante o Ramadã e o culto da Al Kaaba (a pedra negra da Arábia Saudita) – eram praticados antes de Maomé ter nascido (Para mais informações, veja a edição de dezembro de 1997).
    Segundo, não é correto afirmar que ninguém conseguiu atingir o desafio de Alá. Está muito claro que o Alcorão recebeu a maior parte do seu texto do Novo e do Velho Testamento da Bíblia, dos escritos de árabes que existiram antes Maomé e de poemas escritos nos dias de Maomé. Um exemplo disto é de Imru’al-Qais, poeta pré-islâmico que morreu em 540 AD (30 anos antes do nascimento de Maomé). Ele compôs um famoso poema do qual o Alcorão cita diversas linhas. Isto quer dizer que há muitos outros que não somente atingiram o desafio de Alá, mas que o próprio Alá teve de citar dos seus escritos.
  2. Os muçulmanos acreditam que o Alcorão foi revelado para restabelecer o culto sincero a Alá somente, sem associação de qualquer parceiro com ele. "E eles foram ordenados não mais que isto para cultuar a Alá, oferecendo-lhe sincera devoção, sendo verdadeiros na fé, para estabelecer oração regular e dar o Zakat, e esta é a religião justa e correta" (Sura 98:5). Então, porque Maomé permitiu que no início os seus seguidores buscassem a intercessão dos ídolos pagãos e das deusas Allat, Al Oza e Mannat, a quem os árabes antes do islamismo reconheciam como filhas de Alá, o altíssimo?
  3. Os muçulmanos acreditam que o Alcorão contém um código inteiro que provê para todas as áreas da vida, seja espiritual, intelectual, política, social ou econômica. É um código que não tem fronteiras de tempo, lugar, ou nação. Sura 17:9 diz: "Verdadeiramente este Alcorão provê direção àquilo que é mais justo." Se esta afirmação é correta, por que alguns países muçulmanos que não aplicam as leis islâmicas (Shari’a) dizem que estas leis não são mais aplicáveis hoje em dia? E se o Alcorão provê para todas as áreas da vida, por que todas as nações que aplicam as leis islâmicas têm problemas econômicos, sociais, políticos e até religiosos que não conseguem resolver? Os melhores exemplos são o Sudão e o Irã.
  4. Finalmente, os muçulmanos acreditam que Alá tomou sobre si mesmo a obrigação de preservar o Alcorão para sempre em toda a sua inteireza: "Sem dúvida, nós enviamos para baixo a Mensagem e certamente vamos protegê-la [da corrupção]" (Sura 15:9). O escritor do prefácio ao Alcorão do Rei Fahd também afirma: "O texto árabe que temos hoje é idêntico ao texto como foi originalmente revelado ao profeta. Nem mesmo uma letra foi vencida pela corrupção durante a passagem dos séculos..."
A palavra "Mensagem", usada na Sura acima, aplica-se também à Torá, aos Salmos e ao Enjil (o Novo Testamento), porções e concordâncias dos quais aparecem no Alcorão. Se Alá tomou sobre si mesmo a tarefa de preservar a mensagem, por que os muçulmanos incluem as porções bíblicas e ainda chamam a Bíblia de corrupta? Por que há tantas cópias de diferentes Alcorões, que o Califa Uthman Ebn Afan recolheu e queimou, guardando somente a sua cópia?
Até o mês que vem. Ao despedir-me, digo a vocês que se alegrem – vocês têm a única verdade, a incorruptível e verdadeira Palavra de Deus Todo-Poderoso : a Bíblia.

Dr Salim Almahdy

Batalha Espiritual I - Sete armas para destruir fortalezas

Texto: 2 Coríntios 10:4

“Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim, poderosas em deus, para destruição das fortalezas”

Ao se falar em batalha espiritual temos sempre em mente a idéia de guerra, de luta, de combate. Ao estudarmos profundamente sobre o assunto, vemos que a batalha espiritual envolve tudo isso, mas vai muito além de guerrear, e tornou-se um dos grandes desafios da Igreja do Senhor Jesus nos dias de hoje.

Quando buscamos na Palavra de Deus subsídios para entendermos como de fato devemos nos posicionar com relação a batalha espiritual, vemos uma grande ensinamento do Apóstolo Paulo, quando enfrentava na Igreja de Corinto uma oposição ferrenha à sua autoridade apostólica, e, seus adversários tentavam persuadir a igreja a rejeitá-lo. E vemos no capítulo 10, o apóstolo defendendo sua autoridade apostólica, ensinando aos seus discípulos em Corinto que as armas das nossas milícias não são carnais, mas poderosas em Deus para destruição das fortalezas.

Que fortalezas são essas? São os arraiais que satanás monta à nossa volta. Ele sabe muito bem, que precisa incutir pensamentos destrutivos para derrubar as pessoas, e nós precisamos estar conscientes de que a guerra espiritual com relação às fortalezas por ele levantadas em nossa mente é ferrenha.

Satanás não está brincando de matar, roubar e destruir. Esta é a sua missão, e ele é obstinado por ela

Às vezes as pessoas de acomodam com a idéia de que a minha salvação estando garantida o que vir é lucro, e não tem determinação para viver uma vida de abundância, de qualidade, saudável espiritualmente, e estão sempre com suas forças minadas por satanás. E assim temos visto lares, casamentos, ministérios, projetos e sonhos serem totalmente destruídos.

Mas a Palavra de Deus diz que as nossas armas não são carnais, mas poderosas em Deus, para destruir fortalezas, e precisamos crer nisso!!!!. Amém!!!???

Um fator interessante de se ressaltar, é a tremenda confusão que se faz com armas e armadura. Muita gente acha que entrar numa batalha espiritual é simplesmente se revestir com a armadura de Deus e pronto. Com isso temos visto muitos crentes entrar e sair de uma batalha espiritual literalmente arrebentado. Porque?

Porque a armadura é uma proteção, mas usar as arma é uma tomada de posição.

São 14 as armas principais para enfrentarmos uma batalha espiritual. No estudo de hoje, vamos ver sobre as 07 primeiras que devemos usar diariamente.

1. Dedicação à verdade
2. Vida de retidão em todas as áreas ( vida transparente )
3. Proclamação do Evangelho
4. Fé
5. Amor
6. Certeza da salvação
7. Oração perseverante


Quando usamos essas armas contra o inimigo, é como se nós jogássemos uma bomba no arraial de satanás, e a igreja sai vitoriosa porque a presença do Reino de Deus se manifesta poderosamente.

A igreja do senhor hoje, é chamada à um desafio diário e precisa estar em batalha espiritual constante contra as armas do mundanismo, que tenta entrar na igreja, e em muitas delas tem entrando através da psicologia, das doutrinas humanistas, da filosofia, da neurolinguística, das atividades e passatempos emocionantes que substituem a oração, a fidelidade incondicional à Palavra de Deus, a fé, a justiça, o poder do Espírito Santo.

Na cidade de Linhares, no Espírito Santo, o pastor de uma igreja, no dia das Bruxas ( festa do halloween ), se veste de espantalho e sobe no púlpito e prega, vestido de espantalho, alegando não ter nenhum problema porque isso é apenas uma representação.

Com certeza, que essa maldição trazida pelo próprio sacerdote da igreja, traz resultados espirituais trágicos para as famílias, que passam a ser dominadas e manipuladas pelas forças malignas que agem por detrás da festa da Halloween.

Precisamos assumir nossa posição diante do mundo espiritual. Temos que saber quem somos em Cristo Jesus para usarmos os direitos e privilégios decorrentes da autoridade conquistada por Jesus, para nós.

Jesus morreu na cruz no meu lugar. É como se eu tivesse sido crucificada juntamente com Ele. Quando Ele ressuscitou, eu ressuscitei com Ele. Quando Ele se assentou à direita do Pai nos lugares celestiais, Ele me levou juntamente com Ele. Portanto, eu estou assentada nos lugares celestiais com Ele. Essa é a minha posição em Cristo Jesus!!! Aleluia!!!

Somos:
Embaixadores de Cristo - II Co 5:20
Templo do Espírito Santo - I Co 3:16
Direito de chamar a Deus de Aba-Pai - Rm 8:15
Adotado pelo Pai como filhos - Ef 1:5
Nossos pecados foram perdoados - Cl 1:14
Selados pelo Espírito Santo - Ef. 1:13

Estas e muitas outras posições nos foram dadas, e além disso, Jesus compartilhou conosco a autoridade que Ele recebeu do Pai.Quando cremos nele, recebemos essa autoridade. Temos em Cristo, autoridade para:

Pisar em serpentes e escorpiões e sobre o poder do inimigo - Lc. 10:19
Expelir demônios - Mc 3:14
Curar todos os tipo de enfermidade - Mt. 10:1

Quando assumimos nossa posição em Cristo, e recebemos dele autoridade, passamos a usar as armas com destreza, e aí sim, podemos nos revestir da armadura de Deus e estaremos prontos para enfrentar qualquer tipo de Batalha Espiritual. Estaremos prontos para enfrentar qualquer um dos níveis do império das trevas. Como soldados, estaremos prontos para guerrear, e com certeza sairemos vitoriosos. Se você não se posiciona, você tem medo. Se você tem medo, você não usa as armas e é derrotado.

Sempre que surgir um desafio, devemos enfrentar agressivamente as forças das trevas, tendo sempre em mente, que quando nós esperamos no Senhor, Ele vai nos mostrar qual estratégia ou método de guerra usar. Deus é um deus de relacionamento, é um Pai apaixonado por sua família e Ele dá mais prioridade ao AMOR do que ao serviço (o ativismo nos distância de Deus). É o nosso relacionamento com Cristo que nos prepara para as batalhas; sejam elas grandes ou pequenas, sempre sairemos vitoriosos, desde que usemos a arma certa, no local certo, e na hora certa.

Missionária Vânia Cardoso

O QUE JESUS FEZ POR VOCÊ

Jesus andou por três anos fazendo discípulos e acumulando seguidores, nunca cometeu algum pecado ou fez mal a alguém, mesmo quando acusado e caluniado pelos que queriam lhe matar não respondeu e se calou. Mesmo assim foi morto, até um dos soldados romanos que estava ao pé da cruz, disse que de fato Jesus era um homem inocente. Mas Jesus não morreu sem um propósito, enquanto ele estava pregado a cruz era sua face que Jesus via, ele viu cada lágrima que caia de seus olhos até o dia de hoje e estava disposto a enxugar cada uma, Jesus até foi tentado a desistir, mas nesse momento ele lembrava de você e de quanto você precisava de um salvador, e por isso se entregou em sacrifício.

Desde que pisou essa terra Jesus já sabia de seus desígnios, e certamente não foi fácil para Jesus saber o quanto ele iria sofrer e que seria morto na cruz.
Jesus foi com seus discípulos para um lugar chamado Getsêmani e disse:
- Sentem-se aqui enquanto eu vou orar
E, levando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se muito.
Então lhes disse: A minha alma está cheia de tristeza até a morte; ficai aqui, e vigiem comigo.
E, indo um pouco mais para diante, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se é possível, afaste de mim este cálice de sofrimento; porém, não seja como eu quero, mas como tu queres.
E, voltando para os seus discípulos, encontrou-os dormindo; e disse a Pedro: Então nem uma hora pudeste vigiar comigo?
Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca.
E, indo segunda vez, orou, dizendo: Pai meu, se este cálice não pode passar de mim sem eu o beber, faça-se a tua vontade.
E, voltando, achou-os outra vez dormindo; porque estavam todos cansados.
E, deixando-os de novo, foi orar pela terceira vez, dizendo as mesmas palavras.
Então chegou junto dos seus discípulos, e disse-lhes: Dormi agora, e repousai; eis que é chegada a hora, e o Filho do homem será entregue nas mãos dos pecadores.
Levantem, e vamos embora; eis que é chegado o que me trai.


MATEUS 26:36-46

Jesus estava muito triste e angustiado, uma tristeza imensa, quase indescritível, ele sabia que faltava pouco para que fosse humilhado, surrado e crucificado, na bíblia em (Lucas 22:44) diz que o suor de Jesus enquanto ele orava era como gostas de sangue caindo no chão: “E, posto em agonia, orava mais intensamente. E o seu suor tornou-se em grandes gotas de sangue, que corriam até ao chão.”.
Pode parecer um pouco estranho alguém suar sangue, mas esse é um fato comprovado que ocorreu também na segunda guerra mundial quando alguns soldados eram levados para serem executados. Diante da extrema tensão de saberem que logo iriam morrer, alguns desses soldados ficavam tão retesados que pequenos vasos sanguíneos estouravam fazendo que transpirassem suor misturado com sangue. O mesmo aconteceu com Jesus, com isso podemos ter uma pequena idéia do quanto Jesus sofreu, afinal, ele não só sabia que seria morto, como sabia de todo sofrimento que iria passar até chegada a hora de sua morte.
Logo que Jesus acabou de orar chegou Judas com os soldados. Judas disse que aquele que ele beijasse, os soldados poderiam prender, pois esse era Jesus, então com um beijo Judas entregou Jesus.
Judas passou três anos acompanhando Jesus, e durante esses três anos Jesus já sabia que Judas iria traí-lo, mas mesmo assim Jesus amou e continuou amando Judas. E mesmo podendo fugir se entregou aos guardas romanos.
Antes que fosse levado, Pedro (um dos 12 discípulos) disse que jamais abandonaria Jesus, porém Jesus lhe disse que antes que o galo cantasse Pedro o negaria 3 vezes.
E de fato isso aconteceu:
Quando Jesus foi preso, Pedro seguiu Jesus de longe até ao pátio da casa do grande sacerdote, uma evidência de que não queria ser reconhecido com um dos discípulos de Jesus.

“Pedro seguiu Jesus de longe”
Mateus 26: 58
E ainda negou Jesus:
“Juro que não conheço esse homem – disse Pedro pela terceira vez. E naquele instante o galo cantou. Pedro se lembrou do que Jesus tinha dito: – ” Antes que o galo cante você me negará 3 vezes”. Então Pedro saiu dali e chorou amargamente”. – Mateus 26: 69-75
Jesus foi levado pelos soldados que o surraram, humilharam e o levaram ao conselho superior para que fosse julgado e eles não tinham nada que pudessem usar contra Jesus, afinal em Jesus não havia pecado, mas mesmo assim o condenaram.
Depois levaram Jesus a Pilatos:
Então Pilatos disse aos chefes dos sacerdotes e a multidão:
- Não vejo nenhum motivo para condenar esse homem
Mesmo Pilatos sabia que não havia motivo para condenarem Jesus.
Depois Jesus foi levado a Herodes, que fez muitas perguntas a Jesus, mas ele nada respondeu, então Herodes zombou de Jesus.
Herodes e os seus soldados zombaram de Jesus e o trataram com desprezo. Puseram nele uma capa e o mandaram de volta a Pilatos.
A capa foi uma zombaria que fizeram a Jesus, pois o messias é tratado na bíblia como o rei dos judeus, então zombando de Jesus lhe colocaram uma capa de rei.
Nem Herodes, nem Pilatos encontraram culpa alguma em Jesus, nem nada para que Jesus merecesse a morte, mas a multidão gritava para que crucificassem Jesus:
Disse Pilatos:
- Não encontrei nele (Jesus) nenhuma culpa disso que o acusam. Herodes também não encontrou nada contra ele. Ele não fez nada que mereça pena de morte, vou mandar castigá-lo com chicotadas e depois o deixarei ir.
Então a multidão começou a gritar:
- Mate esse homem e solte Barrabás
Barrabás foi um homem que foi preso por assassinato e revolta.
Aí Pilatos mandou surrar Jesus. Depois os soldados fizeram uma coroa de espinhos e colocaram na cabeça de Jesus e o vestiram com uma capa. Chegavam perto dele e diziam: Viva o rei dos Judeus, e batiam nele e lhe cuspiam no rosto.
Pilatos novamente tentou falar com a multidão, mas a multidão gritava:
- Crucifique, crucifique.
E Pilatos pela terceira vez:
- Mas que crime ele cometeu?
Porém eles continuavam a gritar que Jesus fosse crucificado.
Quando Pilatos viu que não conseguia nada e que o povo podia se revoltar, mandou trazer água, lavou as mãos diante da multidão e disse:
- Eu não sou responsável pela morte desse homem, isso é com vocês.
Então Pilatos mandou surrar Jesus com o chicote e depois de soltar Barrabás, entregou Jesus para que fosse crucificado.
(MATEUS, LUCAS, JOÃO)
Jesus foi surrado e humilhado pelos guardas, que lhe esbofetearam, cuspiram em seu rosto e ainda lhe deram chicotadas:
“Cuspiam nele, pegavam a vara e batiam em sua cabeça”. MATEUS 27: 30
É difícil imaginar o sofrimento pelo qual Jesus passou, mas todo esse sofrimento tinha um único propósito, que fazia com que Jesus não desistisse: Salvar você.
Jesus o salvou por que ele te ama, por que Deus te ama, Deus entregou seu filho para que fosse surrado, humilhado e morto por sua causa. Quem no mundo entregaria seu filho ao sofrimento, humilhação e a morte por pecadores? Quem no mundo morreria dessa maneira por sua causa?
“Quando eles estavam saindo, levando Jesus para que fosse crucificado, eles encontraram um homem chamado Simão, da cidade de Cirene, e então o obrigaram a carregar a cruz de Jesus” – Mateus 26:32
Será que os soldados tiveram um acesso de bondade e ficaram com pena de Jesus, por isso pediram para que Simão carregasse sua cruz?
Claro que não, Jesus já tinha sido tão surrado que não tinha forças para carregar a própria cruz, por isso pediram para que Simão a carregasse, tamanho era o sofrimento de Jesus.
O profeta Isaías fala no livro de Isaías o quanto Jesus estaria debilitado:
“Muitos ficaram horrorizados quando o viram, pois ele estava tão desfigurado que nem parecia um ser humano”. – Isaías 52:14

Atente para as palavras que o profeta Isaías usou para descrever o estado de Jesus: “Tão desfigurado que nem parecia um ser humano”. Você consegue imaginar alguém tão desfigurado pelas agressões sofridas que nem mais pareça um ser humano?
Jesus já tinha sofrido demais, mesmo desfigurado e humilhado, as pessoas continuavam zombando dele:
“Os que passavam por ali caçoavam dele, balançavam a cabeça e o insultavam”Mateus 27:39
Mesmo sendo humilhado Jesus não amaldiçoou os que o humilhavam, pelo contrário, Jesus orou e pediu em favor deles a Deus:
Então disse Jesus:
“- Pai, perdoe essa gente. Eles não sabem o que fazem”Lucas 23:34
Os soldados pregaram Jesus a cruz e o ergueram, muitas pessoas que passavam pelo local continuaram zombando de Jesus, falavam que se ele realmente era o filho de Deus, que se libertasse daquela cruz, mas Jesus sabia que ele estava ali por nós, e tudo o que teria que sofrer, tanto que recusou vinho com fel que lhe foi oferecido para aliviar a dor.
Jesus foi crucificado entre dois criminosos, e um desses criminosos, também zombou de Jesus, porém o outro defendia Jesus e ainda lhe falou:
- Senhor, lembre-se de mim quando o senhor vier como rei.
Jesus respondeu:
- Eu afirmo que hoje você estará comigo no Paraíso.
“Ao meio dia a terra ficou três horas na escuridão. Às três horas da tarde, Jesus gritou bem alto: – Pai, por que me abandonaste. Aí Jesus deu outra vez um grito bem alto e morreu”. - Mateus 27: 46-50
Por que será que Deus abandonou seu próprio filho? Por que Jesus gritou a Deus perguntando por que este o havia abandonado?
Já estudamos que o pecado afasta Deus de nós, e naquele momento Jesus estava carregando todos nossos pecados, todos eles estavam em Jesus, por isso Deus o abandonou e não lhe respondeu.
Deus no seu imenso amor sacrificou o que ele mais amava para que fôssemos salvos, não recusou nem entregar seu filho para nos salvar.
Lembre-se que Jesus sofreu tudo isso por você, mesmo que você fosse o único pecador do mundo, Jesus teria feito a mesma coisa para salvá-lo. Ele te ama muito, tanto que se recusa a deixá-lo dessa maneira e lhe convida a viver uma vida maravilhosa com ele e o Pai.
Certamente você já fez algumas escolhas na sua vida, mas a que você fará agora é a mais importante delas, nenhuma escolha feita por você até hoje se assemelha com a que você fará agora. Você tem quatro escolhas, porém as três primeiras são a mesma escolha:
1 – Aceitar Jesus apenas verbalmente e segui-lo de longe como fez Pedro quando Jesus foi preso. (não aceitar Jesus)
“Pedro seguiu Jesus de longe” - Mateus 26: 58
2 – Lavar as mãos como fez Pilatos diante do povo, deixando que Jesus fosse crucificado, como se você não tivesse nada a ver com a vida e morte de Jesus, e optar por não fazer escolha alguma. (não aceitar Jesus)
3 – Negar a Cristo recusando sua morte na cruz para que você fosse salvo.
“Pedro negou a cristo e depois se lembrou do que Jesus tinha dito. Então Pedro saiu dali e chorou amargamente”. (não aceitar Jesus)
(Pedro negou a cristo, mas depois se arrependeu profundamente de todo coração e foi um dos maiores divulgadores do evangelho que já existiu)
4 – Aceitar Jesus como seu salvador, e se tornar um seguidor e discípulo de Cristo, e viver a vida perfeita que Deus lhe reservou. (Aceitar Jesus)
“Eles no mesmo instante largaram tudo e seguiram Jesus”
(MATEUS 4:22)
A escolha é com você, ninguém pode fazer essa escolha por você, Deus lhe deu o livre arbítrio, ele lhe deu essa escolha, Deus te ama muito e nunca irá lhe obrigar a nada, tudo o que ele fez foi por amor a você. Não há meio termo, não há como “mais ou menos” aceitar Jesus, é sim ou não.
†Jesus disse:
“Quem não é a meu favor é contra mim; e quem não me ajuda a juntar, espalha.”
(MATEUS 12:30)

Pastor no oeste da África é martirizado


 
 
Michel Loua e família  
ÁFRICA - O pastor Michel Loua, 47, nascido em Jacksonville, Texa, foi executado no domingo à noite, 14 de novembro em uma prisão em Guiné, oeste da África. Líderes da igreja chamam sua morte de mártir moderno nesse país de predominância islâmica (85%).

Um novo mártir

De acordo com o artigo de Charles Johnson no jornal Gilmer Mirror, Michel e sua família vieram dos Estados Unidos há quatro anos para participar de um seminário em preparação de evangelizar sua terra natal.

Johnson diz que Michel era graduado em Seminário Teológico na Associação Missionária Batista (tradução livre, AMB) em Jacksonville. Ele foi o primeiro a conseguir tal nível de escolaridade em teologia em Guiné.

Michel fez pelo menos quatro viagens de volta à Guiné para verificar as condições da igreja e fazer as preparações para retornar à terra natal com sua família.

Em uma dessas viagens, ele construiu uma casa com quartos para hospedar e ensinar obreiros locais no trabalho de divulgação.

Johnson relata que o pastor não era um estranho no distrito de Upshur. Ele e sua família ingressaram na Igreja Batista Rosewood em dezembro de 2008 onde pregou várias vezes e contribuiu para um avivamento no início de 2008.

O cristão voltou à Guiné pela última vez em junho desse ano. Aparentemente se envolveu na campanha das eleições presidenciais que aconteceriam uma semana antes de sua execução. Havia várias lutas, especialmente entre grupos islâmicos e cristãos. Ele ficou preso por três semanas na prisão da capital da Guiné.

Johnson cita, pelo menos, duas notícias do serviço africano que afirmam que o presidente da Guiné enviou soldados à prisão para oferecer Michel Loua como um sacrifício humano e reforçar a liderança do presidente.

Ele escreve que segundo a crença muçulmana do país, era necessário matar um infiel (não muçulmano) para garantir o sucesso da nova liderança. Michel foi torturado, baleado no coração e seu corpo mutilado.

Johnson acrescenta que Michel nasceu e foi criado como muçulmano. Ele se converteu a Cristo aos 22 anos. Depois de aceitar Jesus Cristo como seu Salvador, enfrentou perseguição imediata de sua própria família. Sua cabeça tinha uma cicatriz profunda de um apedrejamento inicial de parentes depois de sua conversão. Houve inúmeras ameaças de morte ao pastor desde 1985.

Foi fundamental Michel ter iniciado a evangelização de muçulmanos na Guiné para ajudar a estabelecer pelo menos uma dezena de igrejas em seu país. Mesmo antes de possuir uma Bíblia, ele levou concidadãos para Cristo usando versos do Corão, que falava de Jesus.

A família

Os sobreviventes da família Loua incluem sua esposa Elisabeth, com quem era casado há 15 anos, um filho, Joal, 14, duas filhas: Débora, 12, e Maria, de 4 anos. Elisabeth também está esperando o nascimento de seu quarto filho em cerca de três semanas que deve ser chamar Michel.

Um culto em memoria de Michel Loua foi realizado terça-feira, 23 de novembro, na Igreja Batista Woodland Heights em Jacksonville, onde várias pessoas da região estavam presentes. Pelo menos dois fundos foram criados para ajudar a ajudar a família Loua.

Tradução: Yara Ferreira

MUITO FORTE - VEJA AS IMAGENS CHOCANTES DE UM POVO QUE PRECISA URGENTE DE DEUS.OREMOS POR ELES.

Oremos pelo povo indiano. Mergulhado em densas trevas, eles precisam de nossa oração.
Pessoa morta, jogada às margens do ‘sagrado’ rio Ganges
Um corpo à espera de ser lançado no rio
Mais um corpo às margens do ‘sagrado’ rio Ganges
Pessoas se banham no ‘sagrado’ rio, enquanto alguns metros à frente abrutes devoram um corpo
Um corpo aguardando a cremação ou a putrefação natural
Crianças com os ratos ‘sagrados’
Mais crianças com os ‘sagrados’ ratos
ELES PRECISAM DE NOSSAS ORAÇÕES.
OS MISSIONÁRIOS QUE LÁ ESTÃO PRECISAM DE NOSSAS ORAÇÕES.
LEVANTE UM GRANDE CLAMOR PELA ÍNDIA.

Tyson admite que estava drogado quando mordeu a orelha de Holyfield

  . Foto: Getty ImagesMordida de Tyson na orelha de Holyfield marcou a história do boxe mundial
Foto: Getty Images

da história do boxe teve o episódio que a marcou comentado novamente 13 anos depois. Em entrevista ao jornal The Guardian, o americano Mike Tyson admitiu o uso de drogas antes do combate contra o compatriota Evander Holyfield. No embate, o polêmico ex-campeão mundial mordeu a orelha do adversário, em um dos episódios mais marcantes do esporte no último século.
Tyson afirmou que se sentia como um "Deus" na época do combate contra Holyfield, em virtude do alto consumo de drogas. Coincidentemente, o episódio marcou o início do declínio da carreira do antigo lutador da categoria pesos pesados.
O ex-puglista, arrependido pela grave agressão a Holyfield, disse que não pensava no esporte e sim em fazer o mal ao adversário. Aposentado, Tyson externou grande depressão ao falar que se sente "sujo" por todas as polêmicas somadas durante a carreira, questionando a idolatria dos seus próprios fãs.
Apesar dos momentos antiesportivos, Tyson marcou a história do boxe. Com 50 vitórias na carreira, sendo 44 por nocaute, o americano ostenta o título de campeão mais jovem da história dos pesos pesados. Em 1986, o nova-iorquino derrotou Trevor Berbick e conquistou o cinturão do WBC (Conselho Mundial de Boxe) com apenas 20 anos de idade.

redação terra.

Rigidez árabe quase leva jornalistas em cana na chegada do Inter

Por Alexandre Alliatti Direto de Abu Dhabi, Emirados Árabes
A chegada do Inter a Abu Dhabi já deu a primeira prova de que os Emirados Árabes não são nada parecidos com o Brasil. No momento do desembarque, a assessoria de imprensa do time gaúcho resolveu dar uma mão a repórteres, cinegrafistas e fotógrafos e permitiu que eles descessem antes do elenco. Assim, poderiam registrar a saída dos atletas. Mas assim que os profissionais posicionaram seus equipamentos, foram interceptados por policiais árabes. Fotos eram proibidas ali, mesmo com autorização do Inter.
Os jornalistas foram encaminhados a um ônibus e de lá rumaram para algum local misterioso. Quando desceram do veículo, deram de cara com uma sala oficial, recheada de autoridades. Era o espaço da passagem da delegação colorada. O problema é que não deveriam estar ali, e só foram informados disso na hora em que tentaram tirar fotos dos jogadores passando. Aí o que rolou foram mãos nas câmeras, expulsões e até ameaças de prisão. Os jogadores cruzaram o caminho sem entender direito o que estava acontecendo.
Dali, a imprensa foi levada novamente para um ônibus, de onde enfim rumou para a área da alfândega. Os jornalistas puderam deixar o aeroporto – ameaçados, mas sem prisão.

G1

Magno Malta quer prisão perpétua para pedófilos

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia, senador Magno Malta (PR-ES), anunciou  que vai trabalhar para criar uma frente parlamentar a favor da prisão perpétua para crimes de abuso sexual contra crianças e adolescentes. Como este é um assunto que envolve uma cláusula pétrea da Constituição Federal, Malta propõe que os deputados e senadores eleitos em 3 de outubro próximo sejam, também, parlamentares constituintes que teriam como objetivo promover mudanças na Constituição de 1988.
Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel “Eu sei que se trata de uma cláusula pétrea [preceito constitucional que só pode ser alterado por uma Assembleia Nacional Constituinte], mas será que nós vamos ter que ficar convivendo com isso a vida inteira?”, ponderou o parlamentar durante sessão da CPI.
Outro parlamentar favorável à prisão perpétua para crimes de abuso é o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Demóstenes Torres (DEM-GO). O parlamentar, entretanto, descartou qualquer possibilidade de debate sobre o assunto neste momento por se tratar de uma cláusula que envolve direitos e garantias individuais.
Pedófilo de Luziânia
A CPI do Senado que investiga crimes sexuais contra crianças e adolescentes aprovou convite ao juiz da Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, Luiz Carlos de Miranda, responsável pela concessão de liberdade do pedreiro Adimar de Jesus Silva, assassino confesso de seis adolescentes de Luziânia (GO). O presidente da CPI, Magno Malta (PR-ES), quer saber em que se baseou o juiz para colocar em liberdade uma pessoa que já cumpria pena por esse tipo de violência.
Na mesma sessão, foram aprovados requerimentos de convocações da psiquiatra Ana Cláudia Sampaio, que emitiu laudo favorável à concessão da liberdade ao pedreiro, e da promotora da Vara de Execução das Penas e Medidas Alternativas do Distrito Federal, Maria José Miranda. A promotora, segundo o presidente da CPI, teria redigido de próprio punho um parecer ao juiz no qual pontuou argumentos contrários à libertação de Adimar de Jesus.
O presidente da CPI destacou que ao convocar a psiquiatra Ana Cláudia Sampaio não faz qualquer pré-julgamento de sua conduta. Entretanto, afirmou que não terá “dúvidas em fazer recomendações ao Conselho Nacional de Psiquiatria se for constatado [pela CPI] erros”.
Durante a sessão, Magno Malta fez um relato da conversa que teve com Adimar de Jesus no presídio de Goiânia. “Conversei com esse cidadão e quando ele pronunciou as primeiras palavras deu para ver que se trata de um desequilibrado”, afirmou o parlamentar. Segundo ele, o pedreiro teria dito que ouvia vozes para ter relações com meninos e depois matá-los.


Fonte: Estadão



Aprendendo com um filósofo

Tales de Mileto, foi um filósofo grego que nasceu em Tebas no ano  625 a.C.  e morreu em Atenas no ano 547 a.C. com  78 anos de idade.
É considerado um dos sete maiores sábios da Grécia .
Era matemático, astrônomo e grande pensador. Realizou seus estudos no Egito onde viveu os mistérios da religião egípcia.
Foi o primeiro a dar uma explicação lógica para as ocorrências dos eclipses, previu um eclipse solar no ano 585 a.C. e estabeleceu com precisão a altura das pirâmides apenas medindo-lhes a sombra.
Também foi o primeiro a sustentar que a lua brilhava por reflexo do Sol e ainda determinou o número exato dos dias de um ano.
É atribuído a ele, as primeiras demonstrações de teoremas geométricos mediante o raciocínio lógico. É, por isto,  considerado o Pai da Geometria.
Para comprovar que sua filosofia tinha utilidade prática, afirmou, em um determinado ano, que a colheita de azeitonas seria excepcional e arrendou a maioria das fábricas de azeite de Mileto. Ganhou muito dinheiro e fez calar a todos aqueles que afirmavam ser sua filosofia inútil.
Certa vez, um sofista  (sofistas eram mestres que questionavam a sabedoria e a cultura dos filósofos gregos) se aproximou de Tales de Mileto com a intenção de confundi-lo. Fez a ele nove perguntas muito difíceis. Mas a todas, o sábio de Mileto respondeu com precisão e sem vacilar.
Ainda hoje as respostas de Tales de Mileto servem de base para muitas reflexões filosóficas. Vale a pena conhecer o que o sofista perguntou e o que o sábio respondeu para que se possa meditar a respeito.

P1 – Qual é a coisa mais antiga?
R1 – Deus, porque sempre existiu.
P2 – Qual é a coisa mais formosa?
R2 – O Universo, porque é obra de Deus
P3 – Qual é a maior de todas as coisas?
R3 – O espaço, porque contém todo o Criador.
P4 – Qual é a coisa mais constante?
R4 – A esperança, porque permanece no homem depois que este perdeu tudo.
P5 – Qual é a melhor de todas as coisas?
R5 – A virtude, porque sem ela não existe nada bom.
P6 – Qual é a mais rápida de todas as coisas?
R6 – O Pensamento, porque em menos de um segundo ele pode voar até o final do Universo.
P7 – Qual é a mais forte de todas as coisas?
R7 – A Necessidade, porque faz com que os homens enfrentem todos os perigos da vida.
P8 – Qual é a mais fácil de todas as coisas?
R8  – Dar conselhos.
P9 – Qual é a mais difícil de todas as coisas?
R9 - Conhecer a si próprio. 
                                                                               Por Édipo Vinícius

Nota de Falecimento!


Faleceu, na Igreja dos negligentes e frios na fé, dona Reunião de Oração, que já estava enferma desde os primeiros séculos da era cristã. Foi proprietária de grandes avivamentos bíblicos e de grande poder e influência no passado.

Os médicos constataram que sua doença foi motivada pela frieza de coração, devido a falta de circulação do sangue da fé.
Constataram ainda: dureza de joelhos, não dobravam mais, fraqueza de ânimo e muita falta de boa vontade. Foi medicada, mas erroneamente, pois lhe deram grande dose de administração de empresa, atos proféticos e adorações extravagantes mudando-lhe o regime;
o xarope de reuniões sociais sufocou-a; deram-lhe injeções de competições esportivas, o que provocou má circulação nas amizades, trazendo ainda os males da carne: rivalidades e ciúmes, principalmente entre os jovens.

Administraram-lhe muitos acampamentos, conferências, encontros, e comprimidos de unções das mais variadas possiveis.
Até cápsulas de prosperidade lhe deram pra tomar!
RESULTADO: Morreu

Dona Reunião de Oração! A autópsia revelou: falta de alimentação com o pão da vida, carência de água viva, ausência de vida espiritual e excesso de óleo, gritos e mantras.
Em sua memória, a Igreja dos negligentes, situada na Rua do Emocionalismo (também chamada de mundanismo ou egoismo), número 666, estará fechada nos cultos de 4ª e 5ª Feiras; aos domingos, haverá Culto ou escola dominical, só pela manhã (quando não houver dias de feriados emendando o lazer de Sexta a Segunda.)
Por Èdipo Vinícius(Extraído)
 
  O ESFRIAMENTO ESPIRITUAL DA EUROPA! 
Quando o Evangelho começou a se propagar fora de Jerusalém, um dos lugares onde fincou raízes foi a Europa, que, depois tornou-se um centro da civilização cristã. No entanto, hoje, passados mais de mil anos, há sinais de que a era cristã no velho continente, provalvelmente, esteja chegando ao fim.
A constituição da União Européia é um exemplo: nela não há uma única menção a Deus. Além disso, grande parte dos europeus age como se até mesmo o "Jesus Cristo histórico" nunca tivesse existido. Apesar de os europeus afirmarem crer em Deus, a frequência nos templos na maioria dos países europeus é menor que 5%. Há de se destacar também que menos da metade dos britânicos consegue dizer o nome de um dos quatro evangelhos do Novo Testamento, e quase um terço dos holandeses não sabem por que se comemora o Natal.
RELIGIÃO ANTIGA
Há um novo continente em trevas: aquele que costumava ser conhecido como a Europa Cristã. Hoje, as catedrais, em sua maioria, são simplesmente grandes peças de museus, artefatos de uma religião antiga e de uma fé morta.
É o que afirma a pesquisadora Jessica Elgood, para quem grande parte da população britânica ainda crê no conceito do Deus cristão, mas poucos praticam verdadeiramente essa fé por meio de uma igreja. Somente 3% da população da Inglaterra vai regularmente à igreja, e, desse percentual, metade é da raça negra, grupo étinico que corresponde a apenas 5% da população de 60,6 milhões do Reino Unido.
Na mesma pesquisa, Jessica Elgood, descobriu que os norte-americanos são mais esperançosos sobre o futuro, enquanto a maioria dos europeus admite ter perdido a esperança.
EXÓTICO
O jornalista norte-americano Richard Miniter, que vive em Bruxelas (capital da Bélgica), lembra que, quando algum cidadão dos EUA diz a europeus que vai à igreja aos domingos, eles o olham como se o interlocutor fosse uma peça de museu ou algo bem exótico.
Segundo Richard Miniter, há mais muçulmanos praticantes na França que católicos batizados: de uma nação de 60,8 milhões, menos de 4 milhões de franceses são batizados. No passado, esse número era muito maior.
O pastor assembleiano belga Paul Dervos, sente na pele a difícil missão de pregar a um povo que, culturalmente, não acredita mais na fé cristã como resposta a todos os seus questionamentos. Segundo o pastor nos Estados Unidos, "as pessoas se chegam mais a Cristo, porque isso já faz parte da cultura geral, ao contrário do que acontece na Europa".
" Aqui na Europa, já passamos desse ponto, as pessoas não esperam nada da religião a não ser uma esperança bem abstrata de que há algo após essa vida. Eles pensam que nessa vida não há esperança a ser alcançada na Igreja".
Um ministro do Evangelho afirmou recentemente que a perda da fé na Europa pode ser medida por alguns dados: a elevada taxa de suicídios, o grande número de divórcios e a baixa natalidade (as mulheres têm apenas um filho, ou, em muitos casos, nenhuma criança). Isso sem falar que em grande parte das ruas européias se vê mais cachorros que crianças.
Um articulista da revista britânica The Economist, escreveu há dois anos para homens como o ex-prisidente sul-africano Nelson Mandela, o primeiro-ministro inglês Tony Blair e a cantora norte-americana Britney Spears que são mais citado que Jesus Cristo. Isso sem falar na constatação de que a religião não é assunto nas ruas e muito menos nas rodas de conversas de políticos europeus, muitos dos quais são "ateus de carterinha".
Alguns analistas não vêem problema algum em tanto secularismo. Na própria Grã-Bretanha, onde o movimento pentecostal negro está em franca expansão, e por isso, é uma das esperanças de reevangelezação da região. Falar em Cristo, não é facil, muitas vezes, as pessoas reagem violentamente à evangelização de rua ou com indiferença às igrejas. Por isso, a maneira como os cristãos europeus têm pregado a Palavra de Deus é basicamente tal como um discípulado: pessoa a pessoa.
Essa constatação poderia explicar em parte a razão de o islamismo ser a religião que mais cresce na Europa e o porquê de antigas catedrais na Inglaterra estarem sendo compradas e transformadas em mesquitas (Templos de muçulmanos).
" MEUS AMADOS IRMÃOS NÃO DEIXEM DE ESTAR ORANDO PELA EUROPA, E TAMBÉM PRECISAMOS REFLETIR SOBRE TUDO ISSO, PARA NÃO ACONTECER AQUI NO BRASIL A MESMA COISA QUE ESTÁ ACONTECENDO NA EUROPA"

Norte-americana com 317 quilos é considerada a mais obesa do mundo



Terri Smith 2


Incapaz de se mover, Terri Smith fica em seu quarto em Ohio, nos EUA.
Mulher de 49 anos precisa de ajuda para comer e se vestir.

Terri Smith 1A norte-americana Terri Smith é considerada a mulher mais obesa do mundo. Com 317 quilos, a moradora de Ohio sofre com dores de cabeça intensas e necessita passar por um exame de ressonância magnética para verificar se possui um tumor no cérebro. O problema é que ela não consegue entrar em hospitais, tampouco cabe dentro da máquina que realiza o exame. As imagens foram divulgadas pela agência Barcroft nessa semana, mas tiradas em 16 de novembro. (Foto: James Ambler / Barcroft USA / Getty Images)
 
Do G1, em São Paulo

O QUE SIGNIFICA 5777--"LEI PERFEITA, LEI DA LIBERDADE"

(TG 2:8; 1:25)(ler -2 Co 3:16 a18)."SE CRISTO VOS LIBERTAR SEREIS VERDADEIRAMENTE LIVRES."(JO 8:36)-- Para que...