terça-feira, 7 de junho de 2011

PALOCCI CAIU - Após suspeitas, Palocci pede demissão e deixa governo

Ainda que o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, tenha rejeitado a abertura de investigação contra Antonio Palocci, o ministro-chefe da Casa Civil formalizou nesta terça-feira sua demissão. Braço direito da presidente Dilma Rousseff, Palocci é a primeira baixa entre os principais integrantes do alto escalão do governo petista. Na noite de ontem, após a confirmação de que não seria investigado penalmente pelo chefe do Ministério Público, o ministro demissionário fizera um apelo para o retorno da "razão, equilíbrio e Justiça" ao embate político.
Nesta tarde, Antonio Palocci encaminhou carta à presidente Dilma Rousseff solicitando o seu afastamento do governo. Ele argumentou que "continuidade do embate político poderia prejudicar suas atribuições no governo".
Leia a íntegra da nota:
O ministro Antonio Palocci entregou, nesta tarde, carta à presidenta Dilma Rousseff solicitando o seu afastamento do governo. O ministro considera que a robusta manifestação do Procurador Geral da República confirma a legalidade e a retidão de suas atividades profissionais no período recente, bem como a inexistência de qualquer fundamento, ainda que mínimo, nas alegações apresentadas sobre sua conduta.
Considera, entretanto, que a continuidade do embate político poderia prejudicar suas atribuições no governo. Diante disso, preferiu solicitar seu afastamento.
A crise Palocci
De acordo com reportagem publicada pelo jornal Folha de S.Paulo no dia 15 de maio, semanas antes de assumir a chefia da Casa Civil Antonio Palocci (PT) comprou um apartamento em São Paulo por R$ 6,6 milhões. Um ano antes, ele havia adquirido um escritório na cidade por R$ 882 mil. Com os novos bens, o patrimônio do ex-ministro teria se multiplicado 20 vezes em quatro anos. O então ministro alegou que o lucro foi gerado por sua empresa de consultoria, a Projeto, dentro da legalidade e declarado à Receita Federal. No entanto, ele alegou que cláusulas de sigilo o impediam de revelar maiores detalhes sobre os contratos ou seus clientes.
Mas a onda de denúncias continuou. Na Câmara, o PSDB levantou suspeitas sobre a liberação rápida de cerca de R$ 9 milhões em restituição do Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) logo após o primeiro turno das eleições de 2010 a uma empresa, a WTorre. Os valores, relativos aos anos-base 2007 e 2008, teriam sido liberados apenas um mês e meio após o pedido, em duas operações com diferença de quatro minutos entre uma e outra. Em contrapartida, segundo a oposição, a empresa teria financiado a campanha da presidente Dilma Rousseff no valor de R$ 2 milhões. A WTorre seria uma das clientes da empresa de Palocci.
A Procuradoria Geral da República pediu explicações ao ex-ministro, mas decidiu arquivar os pedidos de investigação por considerar que não houve indícios de procedimentos ilegais. Pressionado pela oposição e pela própria base para que apresentasse uma defesa em público, Palocci concedeu uma única entrevista sobre o tema. Na noite de 3 de junho, ele afirmou ao Jornal Nacional, da Rede Globo, que sua empresa não atuou com contratos públicos. O ministro disse que trabalhou em fusão de empresas, mas que nunca junto ao Banco Central, ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) ou ao Ministério da Fazenda para resolver problemas das empresas que procuraram seus serviços.


TERRA.

“Não podemos deixar que haja espaço reservado às pessoas brancas”. Quem fala? Ora, a ministra da Igualdade Racial!


O governador Sérgio Cabral, como a gente sabe, é o preferido das chamadas minorias que querem se comportar como maioria. Já defendeu a descriminação da maconha, acha que o aborto como uma forma de diminuir a violência e a miséria, freqüenta as paradas gays e, na segunda-feira, assinou um decreto que reserva 20% das vagas em concursos públicos estaduais a candidatos que se autodeclarem negros ou indígenas.
Cabral não gosta muito da minoria dos bombeiros. Aí, se preciso, como diria o presidente João Figueiredo, ele prende e arrebenta. Para atacar Anthony Garotinho, também andou reclamando do “fundamentalismo” evangélico. Mas voltemos.
O governador decidiu instituir a cota sem dar pelota para a Assembléia Legislativa, por exemplo. Pra quê? Se os “movimentos sociais” querem… Cabral não teve o cuidado nem mesmo de mesclar o critério chamado “racial” com qualquer outro — o social, por exemplo. Eu me oponho a qualquer cota, deixo claro.
É evidente que se trata de um agressão à Constituição Federal. Mas quem há de recorrer? Não será o Ministério Público, certo? Qualquer outra entidade que o fizesse correria o risco de ser tachada de “racista”. Como o critério é autodeclaratório, não cabe a uma comissão do governo decidir: “Não! Você não é negro”. Aliás, se o fizesse, lembraria um comitê nazista…
A ministra da Igualdade Racial, Luíza Helena de Bairros, achou a decisão de Cabral o “ó” do borogodó e deu a seguinte declaração, cujo alcance estou tentando entender até agora:
“Na medida em que o senso demográfico mostra que existe uma maioria negra na sociedade, não podemos deixar que haja espaços reservados às pessoas brancas. A composição racial do País deve estar representada em todas as esferas.”
É mentira! O censo demográfico de 2010 aponta que são negros 6,3% dos brasileiros; autodeclaram-se “pardos” 43,2%; dizem-se brancos 49,9%; os índios são 0,4%, e os amarelos, 0,5%. Uma ministra da “Integração Racial” que decide seqüestrar os “negros” para a “categoria” dos “pardos” se autodeclara intelectualmente.
Trata-se de uma afirmação boçal, à altura da medida de Sérgio Cabral. Se uma gota de sangue negro torna negro o brasileiro, há de se supor que uma gota de sangue indígena o faz indígena, o mesmo ocorrendo com os amarelos, certo? Por alguma razão que só o racismo explicaria, a gota de sangue branco não torna ninguém… branco! Sigamos.
Se tudo for conforme quer a ministra, será preciso demitir os descendentes de orientais do serviço público e caçar suas vagas nas universidades. Com certeza absoluta, eles são mais do que 0,5%. E também estou certo de que os descendentes de índios são mais do que 0,4%. A propósito: se uma gota de sangue faz a raça, eu posso ser cacique ou pajé. Feitas todas as contas, com um bisavô índio, legítimo mesmo!, acho que posso me orgulhar, sei lá, de uns 25% de sangue aborígene, como diria Ayres Britto… Pode não parecer, eu sei, mas sinto em mim o espírito da floresta… Marina se diz “negra”. Eu sou “índio”. Vou lá reivindicar as minhas terras no Mato Grosso…
E fico aqui aguardando que a excelentíssima ministra me prove que existem “espaços reservados” para os brancos. Onde? Essa gente continua empenhada em fazer guerra racial no Brasil. Aliás, é assim que prosperam: dividindo os brasileiros, radicalizando o discurso em nome de uma suposta maioria inexistente, intimidando a maioria de fato. Porque a maioria de fato, convenham, continua a ser branca. Felizmente, não há lideranças empenhadas em transformá-la num privilégio.
Eu não tenho  esperança de que a ministra saiba matemática, mas posso socorrê-la ainda assim. Ainda que todos os pardos que ela seqüestrou para a categoria dos negros aceitassem a sua categorização racialista, poder-se-ia dizer que os não-negros do Brasil são a maioria. Brancos mais amarelos foram 50,4%; com os índios, 50,8%. O chato pra ele é que os pardos são tão negros quanto… brancos!
Querem saber? Antonio Palocci e sua riqueza fazem parte de nossa miséria moral, política e intelectual episódica. Há uma outra, de fundo, sendo construída. Palocci é fruto do passado, expressão de um atraso pregresso. Já estamos marcando um compromisso com o atraso futuro. Em vez de mobilizar esforços para dar uma educação de qualidade a todos os brasileiros, de modo a capacitá-los para a competição, selecionando os melhores, estamos dando um jeitinho de dividir o país em raças, em classes, em gênero etc para não discriminar ninguém, especialmente os piores de quualquer cor. Negros, pardos, brancos, amarelos — e também os índios (com a licença do minstro Ayres Britto! )— precisam é de escola decente para aprender português, matemática, geografia, história, essas coisas que fazem a riqueza das nações…


Por Reinaldo Azevedo

QUANTAS IGREJAS TEMOS HOJE EM DIA ?


Vendo coisas horrendas acontecendo no meio do povo cristão me pego a fazer uma analise mais fria, afinal , quantas igrejas temos e quais tipos de igrejas temos.
Vemos as igrejas dos aproveitadores , que tem a pregação do venha nós o teu reino e aos outros nada.
temos a igreja que tudo pode ser feito e ninguém tem culpa pelo modo que é.
Temos as igrejas filantropicas , as igrejas do ilusionismo, as igrejas do pega trouxa etc.
Mas quero me atentar a uma igreja que esta escrita na palavra de Deus como a igreja viva e verdadeira.
A igreja viva e verdadeira não trás os costumes do mundo para dentro dela , mas leva a palavra de Deus e seus mandamentos para o mundo .
A igreja que tem o prazer na palavra de Deus , que tem alegria em praticar a verdade .
A igreja que respeita os mandamentos de Deus e suas doutrinas .
Vemos tantos falsos profetas , pastores enganadores , lobos em pele de cordeiro , padres pedófilos etc.
Tudo em nome de um evangelho diet , onde tudo pode e nada é pecado , afinal Deus é amor e perdoa os pecadores e ama a todos de modo igual.

MENTIROSOS .

Deus é amor , mas é justiça também .
Olhe bem para Sodoma e Gomora , e veja o porque foram destruídas , olhe bem para Jesus Cristo Pregado em uma cruz .
Você acha que Deus vai fazer do sacrifício de seu filho algo sem sentido ?

DE MODO NENHUM . O PREÇO FOI PAGO , E QUEM REJEITAR SERA REJEITADO.

Esses falsos profetas , lobos em pele de cordeiro , que vivem os prazeres da carne , mas repelem a presença do Espírito Santo, pois querem se satisfazerem , querem viver suas vidas , sem regras .
Deus vai cobrar vocês , seus lobos carniceiros, bando de enganadores , igrejas inteiras que tem se desviado da verdade.
Deus vai cobrar vocês lobos pastores gays de igrejas e membros gays , que estão distorcendo o genuíno evangelho , para satisfazerem seus prazeres carnais.
Pois Deus condena absolutamente o homossexualismo , o lesbianismo , o roubo , a traição etc.
Deus vai destrui los da mesma forma de destruiu Sodoma e Gomorra .
Continuem a desafiar a DEUS , pois seus lugares já estão preparados no fogo eterno.

Afinal ,  para falarmos sobre esse assunto é necessário termos em mente que este lugar (o inferno)é real, e não é fruto de uma mente humana muito criativa, primeiro porque a doutrina do inferno é biblica(Sl 9.17)e segundo porque Jesus falou sobre ele( Mt 5.22) Esse já deveria ser um argumento esmagador contra aqueles que acreditam em um Deus que “ama” a todos ao ponto de não ter coragem de condená-los por toda a eternidade. Sim!!! o Homem longe de Cristo já está condenado!(Jo 3.18)

EU VIVO E QUERO VIVER A VERDADEIRA FACE DO EVANGELHO GENUINO , ONDE AS REGRAS DE DEUS SÃO AS BASES PARA TODOS OS NOSSOS ATOS.

BISPO ROBERTO TORRECILHAS


Tema da Parada do Orgulho LGBT causa polêmica

Com o tema "Amai-vos uns aos outros: basta de homofobia!", a parada pretende reunir seguidores da Igreja Anglicana do Brasil, além de fiéis de outras religiões.

A 15.ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, considerada a maior do mundo, já começa a render polêmica nesta edição. Pela primeira vez, o evento se apropriou de uma citação religiosa - e contará com representantes de um grupo religioso desfilando na Avenida Paulista, no dia 26.

A relação do preconceito com a religião é o tema deste ano: "Amai-vos uns aos outros: basta de homofobia!" Uma carta lida ontem na coletiva de abertura do evento explicou a citação, típica do universo cristão. "Respeitosamente nos apropriamos dela para pedir fim à guerra travada entre religião e direitos humanos", dizia o manifesto.

"O País está sendo vítima de um sistema fundado em uma moral religiosa, mas este é um recado direto para toda a sociedade brasileira", disse o presidente da Parada, Ideraldo Beltrame. A carta cita que 260 gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais foram mortos em 2010 por crimes de ódio, conforme dados do Grupo Gay da Bahia.

Reverendos e seguidores da Igreja Anglicana do Brasil, além de fiéis de outras religiões, vão participar da passeata ao lado de gays, lésbicas, bissexuais, transgêneros e simpatizantes. O grupo deverá ter um trio elétrico próprio. "Duzentas pessoas, entre protestantes, anglicanos, metodistas e luteranos, devem estar no carro", disse Beltrame, seguidor da Igreja Anglicana. Budistas e hinduístas também foram convidados.

"O trio deve chamar 'O amor lança fora todo o medo', que é o que a gente prega", espera Ester Lisboa, fiel da Igreja Anglicana que ajuda a organizar o desfile. A mensagem estará estampada em camisetas usadas pela comitiva, que trarão no verso a frase "religiosos e religiosas contra a homofobia".

Fonte: Paraná Online

Um cristão é assassinado a cada cinco minutos

De acordo com o sociólogo Massimo Introvigne a cada cinco minutos um cristão morre assassinado em razão da sua fé na Hungria.

Esse dado foi apresentado durante a Conferência Internacional sobre Diálogo Inter-Religioso entre Cristãos, Judeus e Muçulmanos, realizada em Gödöllö (Budapeste), promovida pela presidência húngara da União Europeia.

Introvigne, que é representante da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) para a luta contra a intolerância e a discriminação contra os cristãos, indicou que 105 mil deles são assassinados cada ano por sua fé.

Esse número abrange somente os verdadeiros martírios, os que são levados à morte pelo fato de serem cristãos, sem considerar as vítimas de guerras civis ou entre nações.

“Se não se gritam ao mundo estes números, se não se põe fim a este massacre, se não se reconhece que a perseguição dos cristãos é a primeira emergência mundial em matéria de violência e discriminação religiosa, o diálogo entre as religiões produzirá somente encontros muito bonitos, mas nenhum resultado concreto,” declarou o especialista.
O encontro reuniu diversas personalidades religiosas, entre elas o diplomata egípcio Aly Mahmoud que declarou que seu país terá em breve leis que protegerão as minorias cristãs.

O “ministro de Assuntos Exteriores” da Igreja Ortodoxa Russa, metropolitano Hilarion recordou que pelo menos um milhão de cristãos vítimas de perseguição no mundo são crianças.

Fonte: Gospel Prime e zenit

LANÇAMENTO DO CD "Em Breve Voltarei" Um álbum erudito e apresenta hinos do cancioneiro gospel tradicional e contemporâneo, com arranjos orquestrais maravilhosos.



Conheça melhor como surgiu nosso Ministério, acessando nosso site:

www.kaythamarcelino.com.br


Além dos samples do repertório, disponibilizamos áudios dos instrumentais, para Download gratuito.



"Louvai o Senhor, todas as nações; louvai-O, todos os povos, porque é grande a sua benignidade para conosco" - Salmos 150

Igreja Universal abrirá concurso para pastor. Salário é de R$ 8 mil




O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (CESPE/UnB) abrirá o primeiro concurso para pastor da Igreja Universal do Reino de Deus.

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR EDITAL COM 3000 VAGAS - SALÁRIO DE R$ 8.000,00 + BENEFÍCIOS

Segundo representante da Universal, o concurso público tem a intenção de recrutar profissionais qualificados para participarem do “a grande expansão da Palavra” e a “cultura popular de Deus”. “Já conquistamos nosso espaço em 172 países. Temos obras sociais espalhadas nos quatro cantos do globo. Precisamos de profissionais não apenas ungidos pelo Espírito Santo e preparados no fogo do Pai das Luzes para cumprir nossa missão evangelizadora, mas também de pastores com conhecimento técnicos para darem continuidade a essa obra tremenda” explica empolgado o pastor Ricardo Ibrahim, responsável interno da IURD pela organização do concurso.

Adavilson dos Santos, de 23 anos, morador de Guarulhos, pensa em fazer o concurso “Estou muito ansioso, sou pastor desde os meus 18 anos e obreiro da minha igreja desde os 11. Colei grau em Teologia ano passado. Sempre estudei bastante. Esta é uma oportunidade muito grande na carreira de qualquer pastor e não vou perdê-la”, vibra o jovem.

As vagas serão abertas para candidatos do sexo masculino com curso superior em quaisquer áreas. Candidatos com Bacharelado em Administração Eclesiástica ou Pós-Graduação (mestrado e doutorado) em Administração de Igrejas e disciplinas afins ganham pontos na prova de títulos. O número de vagas não foi divulgado. O salário inicial na investidura do cargo é de R$ 8.234,82 mais benefícios.

Saoraimundo.com / Fazenda Virtual

VOCÊ VERDADEIRAMENTE É UM CRISTÃO? OU SIMPLESMENTE UM COVARDE A SERVIÇO DO INFERNO ?


Nossos irmãos em Cristo estão pagando um preço muito

caro pela propagação do evangelho do Senhor Jesus Cristo.

Essa criança , qual seu futuro ?

Você , pela sua fé e atitude pode mudar isso.

Você é 
verdadeiramente um CRISTÃO?
Tratamento típico para quem tenta fugir da Coréia do Norte. A mulher é bárbaramente agredida. Ela está sozinha, desarmada e sem defesa.


Você é verdadeiramente um CRISTÃO?

Você é verdadeiramente um CRISTÃO?
Tratamento típico para quem tenta fugir da Coréia do Norte. A mulher é bárbaramente agredida. Ela está sozinha, desarmada e sem defesa.

Este e o mundo que a TV não mostra

Este e o mundo que a TV não mostra
Para onde a humanidade está indo?

Mortos por amor a obra de Deus

Mortos por amor a obra de Deus
O pastor brasileiro Ruimar Duarte DePaiva, de 42 anos, sua esposa, Margareth Ottoni DePaiva, de 37 anos, e seu filho Larisson Ottoni DePaiva, de 11 anos, foram atacados e mortos na madrugada desta segunda-feira em sua própria casa, próximo do colégio da Missão Adventista, em Babelthaup, no Estado de Airai, República de Palau, na Micronésia. A filha menor do casal, de 10 anos, Melissa Ottoni DePaiva também foi ferida no ataque e se encontra hospitalizada.


Os matadores de Cristãos

Os  
matadores de Cristãos
Estes são os matadores de Cristãos – Mais de 100 cristãos mortos, entre eles cerca de 30 pastores, foram mortos de forma brutal ou queimados vivos. Ninguém sabe quantos estão desaparecidos. Os corpos dos mortos estão espalhados nas florestas, montes e vilarejos distantes. Não há ninguém lá para enterrar os mortos. Pessoas são mortas na frente de seus familiares, esposas e filhos. Meninas são raptadas por gangues e queimadas vivas. Não tenho palavras para expressar a agonia e a dor das pessoas. Muitos livros poderiam ser escritos sobre a tristeza de seus corações partidos. Quase todas as igrejas foram arruinadas, demolidas e queimadas.

Veja um pouco do sofrimento dos Cristãos pelo mundo.

Veja um pouco do sofrimento dos  Cristãos 
pelo mundo.
Csikai Huang no centro de detenção de Kaifeng, Província de Henan, cristão sofrendo tortura pendurado no pau-de-arara.

Veja um pouco do sofrimento dos Cristãos pelo mundo.

Veja um pouco do sofrimento dos  Cristãos 
pelo mundo.
Execução de cristão na china.

Veja um pouco do sofrimento dos Cristãos pelo mundo.

Veja um pouco do sofrimento dos  Cristãos 
pelo mundo.
É crítica a situação dos cristãos (inclusive brasileiros) em Orissa, na Índia. A contagem dos cristãos mortos é grande, incluindo algumas freiras que foram queimadas vivas. Várias igrejas, casas e lojas foram completamente destruídas. Mesmo os orfanatos cristãos não foram poupados.

Veja um pouco do sofrimento dos Cristãos pelo mundo.

Veja um pouco do sofrimento dos  Cristãos 
pelo mundo.
Csiangdong Cai Cristão sendo torturado, engolindo água à força

Africa lugar de dor e sofrimento

Africa lugar de dor e sofrimento
Africa lugar de dor e sofrimento; a Africa necessita urgentemente de nossas orações.

Veja um pouco do sofrimento dos Cristãos pelo mundo.

Veja um pouco do sofrimento dos  Cristãos 
pelo mundo.
Aizhen Miao, é obrigada a ficar ajoelhada em cima de um tijolo, enquanto ele lhe aplica choques na boca com um cassetete elétrico.


Veja um pouco do sofrimento dos Cristãos pelo mundo.

Veja um pouco do sofrimento dos  Cristãos pelo mundo.
Dong Yun Jiang, Cristã sendo torturada na Hunan.


O sofrimento dos Cristãos pelo mundo

O sofrimento dos Cristãos pelo mundo
Nosso irmão foi morto em frente a um fotógrafo, arrancaram sua cabeça e depois arrastaram o corpo e exibiram sua cabeça pelas ruas de Jacarta, na Indonésia. Essas fotos foram tiradas pelo fotógrafo da Revista Life, James Nachtwey em 7 de dezembro de 1998, num flagrante vivo da demência espiritual.

O sofrimento dos Cristãos pelo mundo

O sofrimento dos Cristãos pelo mundo
Lista dos 5 Países Que Mais Perseguem os Cristãos: 1º Coréia do Norte 2º Arábia Saudita 3º Irã 4º Afeganistão 5º Somália.
BISPO ROBERTO TORRECILHAS
MINISTÉRIO PODER DA FÉ
WWW.GRITOSDEALERTA.BLOGSPOT.COM
WWW.GRITOSDEALERTA.COM

Mensagem dos Hackers aos Gays da Parada: ‘Não Existe Terceira Opção’

Hackers Invadem o site oficial da Associação da Parada do Orgulho GLBT e deixam mensagem “Deus criou o homem e a mulher, não existe terceira opção!”

A invasão foi em resposta ao projeto de lei 122/2006 que prevê a criminalização da homofobia, ou seja, o preconceito contra os homossexuais.
Em seguida a mensagem continua dizendo: “e semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros. Homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.” (Romanos 1:27)
Antes do ataque, o PLC 122 foi recentemente retirado de Pauta no dia de sua votação. Manifestações se seguiram depois disso, com um protesto na frente do Congresso Nacional que levou cerca de 50 mil pessoas dizendo que o projeto era inconstitucional.
No momento, o projeto está sendo reescrito e pode até mesmo ser cancelado se depender de Marcelo Crivella (PRB-RJ). Já a senadora Marta Suplicy diz que quer apenas fazer alterações no projeto para que ele fique de acordo com os diversos setores da sociedade.
No site também houve menção ao deputado federal Jair Bolsonaro dizendo: “Bolsonaro, mais um defensor da família Brasilia (sic), instituição criada por Deus, e promulgada por todos os homens, de acordo com a constituição.”
Bolsonaro foi o deputado que iniciou a briga contra os grupos homossexuais, juntamente com o Ministério da Educação ao tentarem distribuir o ‘kit gay’ anti-homofobia nas escolas públicas do país. O material foi suspenso pela presidente Dilma Rousseff que não gostou dos vídeos do material e disse que o governo não pode fazer propaganda de opção sexual.
No fim da mensagem no site da Parada do Orgulho Gay GLBT ainda se lia: “O salário do pecado é a morte, arrependa-se!”
A 15 ª edição da Parada do Orgulho Gay ocorrerá no dia 26 de junho, na avenida Paulista, em São Paulo. A manifestação já é considerada a maior do mundo e tem como o tema “Amai-vos uns aos outros: basta de homofobia!”

Cristian Post

Patriarca Renê Terra Nova, do MIR 12, anuncia que ungirá mil novos apóstolos brasileiros em evento

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel Em seu site o líder do Ministério Internacional da Restauração (MIR) convoca a todos para participarem desse evento que terá o tema “Conhecendo a Inteligência da Visão”.
A ordenação dos novos apóstolos acontecerá no dia 19 de junho. “O dia 19 de Junho ficará na história! 1000 Apóstolos serão ungidos! Fecharemos um ciclo para dar início a um novo tempo… E, para isso, estaremos capacitando os que serão ungidos para o tempo da maturidade que será estabelecido sobre eles,” diz o texto do site.
Fonte: Gospelprime

"Quando a gente nasce, temos Cromossomos, por mais que se mude ou estirpe a genitália do homem... Cada cromossomo é uma unidade no ser humano..." "Uma coisa é o homossexual existir como ser humano (...), outra é ele ser apresentado como exemplo de comportamento sexual.... a sociedade é feita para se REPRODUZIR!!!" Dr. Eneas


Deputados evangélicos do RJ aprovam Emenda Constitucional em favor da ditadura gay.

O Rio possui 9 deputados estaduais evangélicos, somente 2 votaram contra
No dia 04/jun (sábado) na Marcha Para Jesus, no Rio, o pr. Silas Malafaia pediu para que todos os presentes ali enviassem e-mails para os deputados estaduais do Rio de Janeiro, pedindo para não aprovarem o Projeto de Emenda Constitucional – PEC 23/2007, de autoria do deputado Gilberto Palmares (PT), que inclui a orientação sexual (LGBT) no rol dos direitos fundamentais previstos na Constituição. Emensa esta que se aprovada será uma espécie de ‘PL 122 do Rio de Janeiro’, conforme denunciou o deputado estadual Flávio Bolsonaro.
O pr. Malafaia está fazendo o mesmo pedido através de seu perfil no twitter e no site da Associação Vitória Em Cristo.
A insistência e engajamento do pr. Silas Malafaia para que os evangélicos do Rio mandem e-mails aos deputados estaduais deve-se ao fato de que o PEC em questão já teve sua primeira votação, no dia 25 de maio de 2011, e está previsto para a segunda votação no dia 07 de junho (terça-feira).
Na primeira votação toda a ‘bancada evangélica’ votou a favor do PEC ou alguns se abstiveram. Osdois votos contrários ao Projeto, segundo a jornalista Berenice Seara, foram dos deputados evangélicos Flávio Bolsonaro (igreja batista) e Albertassi (Assembléia de Deus).
A segunda votação está prevista para amanhã (7/jun).
É importante que se mande e-mails para todos os deputados estaduais do Rio, até mesmo você que mora fora do estado, a fim de que não votem a favor deste Projeto de Emenda Constitucional.
Abaixo está a lista dos deputados estaduais do Rio de Janeiro da ‘bancada evangélica’ que votaram a favor do PEC (PL 122 do Rio), se abstiveram ou faltaram a sessão:
Alessandro Calazans ( da Igreja do Nazareno )
Marcos Soares ( da Igreja Internacional da Graça )
Alexandre Correa ( da Igreja Universal do Reino de Deus )
Clarissa Garotinho ( da Igreja Presbiteriana ‘?’ )
Edino Fonseca ( da Igreja Assembléia de Deus )
Fábio Silva ( sem informações )
Samuel Malafaia ( da Igreja Assembléia de Deus )
Diante das críticas do pr. Silas Malafaia e o insistente pedido para que se mande e-mails aos deputados estaduais para votarem contra o PEC, na segunda votação, na tentativa de barrá-lo, é provável que ele não tenha tomado conhecimento que seu irmão, deputado Samuel Malafaia, tenha votado a favor do Projeto.
Enfatiza-se que nas ações do governador Sérgio Cabral pela causa gay, em detrimento do restante da sociedade carioca, o mesmo não foi criticado publicamente por nenhum parlamentar da ‘bancada evangélica’ pela liberação de R$ 4 milhões dos cofres do estado a agenda gay.
Ou seja, a maioria dos parlamentares evangélicos só são corajosos quando estão em campanha política. Quando chegam lá enquadram-se nas palavras de Deus, ditas pelo profeta Isaías (Is 56.10):
“Todos os seus atalaias são cegos, nada sabem; todos são cães mudos, não podem ladrar; andam adormecidos, estão deitados, e gostam do sono“.
Sugestão de texto extraído do site da Associação Vitória em Cristo:
“Não aprove a PEC 23/2007, pois é uma emenda inconstitucional!”
Relação de e-mails dos deputados:
claisemariazito@alerj.rj.gov.br; gersonbergher@alerj.rj.gov.br; lucinha@alerj.rj.gov.br; gracamatos@alerj.rj.gov.br; paulomelo@alerj.rj.gov.br; pedroaugusto@alerj.rj.gov.br; pedrofernandes@alerj.rj.gov.br; rafaelpicciani@alerj.rj.gov.br; robertodinamite@alerj.rj.gov.br; gustavotutuca@alerj.rj.gov.br; marcelosimao@alerj.rj.gov.br; rafaeldogordo@alerj.rj.gov.br; rogeriocabral@alerj.rj.gov.br; gilbertopalmares@alerj.rj.gov.br; inespandelo@alerj.rj.gov.br; niltonsalomao@alerj.rj.gov.br; robsonleite@alerj.rj.gov.br; zaqueuteixeira@alerj.rj.gov.br; gracapereira@alerj.rj.gov.br; enfermeirarejane@alerj.rj.gov.br; aspasiacamargo@alerj.rj.gov.br; xandrinho@alerj.rj.gov.br; marcosabrahao@alerj.rj.gov.br; dionisiolins@alerj.rj.gov.br; flaviobolsonaro@alerj.rj.gov.br; andreiabusatto@alerj.rj.gov.br; bebeto@alerj.rj.gov.br; brunocorreia@alerj.rj.gov.br; cidinhacampos@alerj.rj.gov.br; janiomendes@alerj.rj.gov.br; luizmartins@alerj.rj.gov.br; marcossoares@alerj.rj.gov.br; myrianrios@alerj.rj.gov.br; pauloramos@alerj.rj.gov.br; ricardoabrao@alerj.rj.gov.br; wagnermontes@alerj.rj.gov.br; andrecorrea@alerj.rj.gov.br; comtebittencourt@alerj.rj.gov.br; drjoseluiznanci@alerj.rj.gov.br; geraldomoreira@alerj.rj.gov.br; coroneljairo@alerj.rj.gov.br; marciopacheco@alerj.rj.gov.br; sabino@alerj.rj.gov.br; atilanunes@alerj.rj.gov.br; altineucortes@alerj.rj.gov.br; clarissagarotinho@alerj.rj.gov.br; fabiosilva@alerj.rj.gov.br; iranildocampos@alerj.rj.gov.br; migueljeovani@alerj.rj.gov.br; robertohenriques@alerj.rj.gov.br; samuelmalafaia@alerj.rj.gov.br; samuquinha@alerj.rj.gov.br; alessandrocalazans@alerj.rj.gov.br; joaopeixoto@alerj.rj.gov.br; alexandrecorrea@alerj.rj.gov.br; rosangelagomes@alerj.rj.gov.br; janirarocha@alerj.rj.gov.br; marcelofreixo@alerj.rj.gov.br; marcusvinicius@alerj.rj.gov.br; thiagopampolha@alerj.rj.gov.br; waguinho@alerj.rj.gov.br

MATERIA PARA REVER : Gays matam menino de 6 anos durante relação sexual

É surpreendente quando se tem o hábito de guardar os recortes de jornais, para consultá-los depois de muitos anos, mostrando certas evidências raramente expostas. Foi quando descobri, entre os meus recortes, essa notícia, que saiu no jornal O Estado de São Paulo, do dia 25 de agosto de 1993. Veja a transcrição abaixo:
“Homossexuais são condenados pela morte de menino de 6 anos”

O garoto, que era criado pelos dois, foi morto em 1991 durante relação sexual
GUARATINGUETÁ – Em julgamento que começou na segunda-feira e só terminou na noite de anteontem, em Guaratinguetá, cidade paulista localizada no Vale do Paraíba, os homessexuais Hélcio Fabiano de Souza e Antônio Carlos Barbosa foram condenados a 29 e 13 anos de prisão, respectivamente, pela morte de um menino de 6 anos. O crime ocorreu no dia 26 de junho de 1991, no então distrito de Potim (hoje transformado em cidade) e revoltou a população local. Souza e Barbosa foram presos quatro dias depois do crime.
Souza e Barbosa viviam juntos e criavam o menino Mauro Jacinto, com o qual costumavam manter relações sexuais. Durante uma dessas relações, Souza socou a cabeça do menino contra a cama, provocando-lhe traumatismo craniano e morte cerebral.
A advogada de defesa de Souza, Iara Cristina Dixon Moreira de Godoy, tentou desclassificar os delitos cometidos por seu cliente. Alegou que ele não poderia ser condenado por ter problemas mentais.
A advogada pretendia que Souza fosse incurso apenas no crime de lesão corporal seguida de morte, que o condenaria a uma pena menor. O júri não aceitou a tese da defesa e pediu a pena máxima.
O advogado de defesa de Barbosa, Alberto Kalhill, negou que seu cliente tivesse participado da morte do menino. Mas a promotora Benedita Moura dos Santos Azevedo alegou que Barbosa também abusava sexualmente do menor há muito tempo, inclusive no dia do crime.
Souza recebeu pena somada de 29 anos, 5 meses e 15 dias, pela prática de três delitos. Ele foi condenado por atentado violento ao pudor em continuidade demitiva contra criança, recebendo a pena de 13 anos, 1 mês e 15 dias. Pelo crime de homicídio qualificado contra criança foi condenado a 16 anos de prisão em regime fechado e por crime de lesão corporal contra criança, mais quatro meses de prisão. Barbosa, seu companheiro, foi condenado apenas pelo crime de atentado violento ao pudor em continuidade demitiva contra criança, recebendo a pena de 13 anos, 1 mês e 15 dias de prisão em regime fechado. (Transcrição integral) (Jefferson Mello – O Estado de São Paulo – Cidades – 25 de agosto de 1993, p. 2. Quarta-feira) ”
Existem outros recortes, mas que na época não tive o cuidado de fazê-lo. Isto é, nos tempos em que casos de pedofilias não eram conhecidos pela maioria da população, e quando a mídia se afloxoudivulgava com mais liberdade certos casos do que hoje. Naquela ocasião, eu sabia que por mais imparcial que seja a imprensa, e idealista que seja o jornalista, todos somos de uma certa forma manipulados. E a oportunidade que tivemos em um dado momento, podemos não tê-la em um outro. Portanto, guardar os registros sempre é um procedimento importante. Creio que perdi muitas dessas oportunidades.
Mas aqui entra uma questão que pouquíssimos consideram: Há uma relação entre homossexualidade e pedofilia. Ainda que muitos dizem que não tem nada a ver. Na verdade, muitas experiências homossexuais começaram na infância. Casos de iniciação pedófila levam à homossexualidade. A título de observação, quais são os vocabulários para definir os homossexuais?
Muitos chamam-os de gays ou simplesmente homossexuais. Sendo as expressões bicha e viado consideradas ofensivas. Eu prefiro o termo original. O mais antigo a meu ver, e que é bíblico: Sodomitas, justamente porque provém da cidade de Sodoma. Mas poucos conhecem uma outra palavra, ou até pareceu que foi esquecida:Pederastia. Isto é, o termo pederasta é o sinônimo de homossexual. Detalhe é que no meu Minidicionário da Língua Portuguesa (o Aurélio),pederastia significa homossexualismo masculino.
Acontece que o prefixo ped da palavra pederastia é de origem grega, de paids, e que significa “criança”. De onde vem as palavraspediatria, pedagogia, pedagogo e por fim, pedofilia e pedófilo. Se naquele tempo usavam esse prefixo no vocabulário para definir um homossexual, é porque já era de conhecimento a relação pervertida entre homens e meninos.
Existe um projeto do movimento gay, cuja finalidade é de levar a sociedade a permitir relações homossexuais entre homens e meninos. Organizações como a NAMBLA, nos EUA, tem como meta, abolir as restrições de modo que seja permitido ter relações sexuais com meninos de 8 anos de idade. Veja no blog de Julio Severo, onde são apresentadasos dados sobre casos de estupros de meninos, as metas do NAMBLA e as fontes de pesquisas:


Fonte:http://juliosevero.wordpress.com/2007/08/14/a-luta-dos-ativistas-gays-em-favor-da-liberacao-sexual-das-criancas

NÃO A PL 122/06 - ESTAMOS DE OLHOS BEM ABERTOS

Obama declara junho o mês do orgulho gay

WASHINGTON, D.C., EUA, 2 de junho de 2011 (Notícias Pró-Família) — Pelo terceiro ano consecutivo, o presidente Barack Obama declarou junho como o mês para se celebrar os homossexuais.
“Toda geração de americanos aproximou mais nossa nação do cumprimento da promessa da igualdade. Embora o progresso tenha levado tempo, nossas realizações no avanço dos direitos dos americanos LGBTs nos fazem lembrar de que a história está do nosso lado, e que o povo americano nunca vai parar de lutar por liberdade e justiça para todos”, escreveu Obama, ao declarar junho como o “Mês Lésbico, Gay, Bissexual e Transgênero”.
A primeira declaração de “Mês Lésbico, Gay, Bissexual e Transgênero” foi em junho de 2009, que marcou o aniversário de 40 anos dos tumultos de Stonewall. O movimento homossexual traça suas origens a junho de 1969 no bar Stonewall na cidade de Nova Iorque, onde um grupo de homossexuais provocou tumultos em protesto contra as batidas policiais nos bares gays.
Na proclamação deste ano, Obama comentou que junho de 2011 marca o “aniversário de 30 anos do surgimento da epidemia do HIV/AIDS, que tem tido um profundo impacto na comunidade LGBT”.
O presidente também comentou que ele derrubou a lei das forças armadas que impedia os soldados de serem homossexuais assumidos.
Ele acrescentou que o governo estava também implementando a “Lei Matthew Shepard e James Byrd, Jr de Prevenção aos Crimes de Ódio”, e trabalhando com educadores para deter práticas de bullying contra jovens homossexuais.
Obama também comentou que seu governo está selecionando “indivíduos altamente qualificados e assumidamente LGBTs para posições do Poder executivo e do Poder judiciário”. Ele acrescentou que seu governo tem o compromisso de marcar os Estados Unidos como líder mundial na “luta contra as perniciosas leis direcionadas aos indivíduos LGBT e contra as tentativas maliciosas de se excluir as organizações LGBTs da plena participação no sistema internacional”.
Diferente da proclamação do mês LGBT do ano passado, Obama não mencionou que seu governo tem como prioridade a derrubada da Lei de Defesa do Casamento de 1996.
O presidente declarou que para a comunidade LGBT “a história está do nosso lado”, acrescentando que conquistar direitos para pessoas que se identificam como homossexuais é parte dos americanos que “lutam por liberdade e justiça para todos”.
A proclamação pode ser lida aqui.
Artigos relacionados:
Traduzido por Julio Severo:

PALAVRA APOSTÓLICA


Onde matar faz parte da religião



Um estudo governamental de 288 páginas a respeito da escola islâmica "Academia Fahd" em Bonn, na Alemanha, revelou uma realidade assustadora: seus livros didáticos transmitem doutrinas islâmico-fundamentalistas e até o assassinato é incentivado.
Nas escolas islâmicas: o assassinato é incentivado...

Ao traduzir vinte livros escolares da academia, freqüentada por 450 alunos, os pesquisadores descobriram que os textos justificam o assassinato e ensinam o ódio aos infiéis. Um trecho do relatório diz: "Matar não é tabu e é considerado necessário quando exigido pela fé. Apesar de toda a ênfase no caráter pacífico do islã, o ódio aos infiéis torna-se um alvo pedagógico evidente". Aos alunos de seis a dezoito anos é "literalmente inculcado que o islã e todos os muçulmanos desde as Cruzadas tiveram sua existência ameaçada pelos judeus e pelos cristãos", prossegue o relatório. Conforme o estudo, a prioridade da escola seria, portanto, preparar os alunos para a luta contra os inimigos.
Os jovens são instruídos, como se verificou, a respeito da "virtude do martírio" na luta religiosa e nacionalista. Eles aprendem sobre o "auto-sacrifício na batalha contra os infiéis". Um livro-texto da sexta série diz acerca de um mapa da Europa, Ásia e África: "Esta é sua comunidade islâmica..., repleta de jihad, perfumada pela fragrância dos sacrificados". Os sacrificados seriam os "heróis mortos".
Nos livros de religião, a competência da legislação secular é rejeitada por princípio, conforme constataram os pesquisadores. Na ótica dos textos escolares islâmicos, ela seria "um ídolo que exige uma veneração que cabe apenas a Alá".
Desde o primeiro ano primário os alunos são doutrinados a obedecer incondicionalmente à religião islâmica e a assumir compromissos "com seus líderes políticos e espirituais", diz o estudo. Sobre o mundo fora do islã "não se lê praticamente nada".
Os analistas chegaram à conclusão de que "as metas pedagógicas... estão fortemente marcadas por uma postura religiosa-nacionalista agressiva e por uma pedagogia de ameaças, que não permite qualquer tolerância com não-muçulmanos".
O futuro da escola parece incerto. Autoridades federais alemãs descobriram que há extremistas islâmicos agindo nela, e estão prestando atenção especial ao que acontece no estabelecimento. Porém, seu fechamento não faz parte dos planos imediatos do governo alemão. (Focus)
O Novo Testamento tem aproximadamente o mesmo volume que o Corão, mas enaltece e ensina o amor ao próximo, inclusive pelos inimigos. Em lugar algum ele conclama à violência. Ao contrário, ele até ensina que devemos abençoar os que nos amaldiçoam e não dar lugar à ira. O cristão deve tentar ganhar os outros para Cristo através do amor e do testemunho, propagando o Evangelho pelo mundo. Ele não deve fazer diferença entre raças, origem, cultura, ideologia ou religião; é exortado a amar a todos da mesma maneira, ajudando e honrando-os.
Houve épocas em que o cristianismo não agiu assim – por exemplo, nas Cruzadas ou durante o nazismo. Entretanto, os envolvidos não tinham base verdadeiramente bíblica para suas ações. Eles não podiam se apoiar nos ensinos do Novo Testamento, dos apóstolos ou do Senhor Jesus e, por isso, também não merecem ser chamados de cristãos, conforme os padrões bíblicos. Segundo os ensinos do Novo Testamento, existem diferenças entre os seres humanos que devem ser observadas, mas no que diz respeito à posição em Jesus, à salvação ou à esperança da glória, há absoluta igualdade de direitos não encontrada em qualquer outra religião.
Os radicais e terroristas islâmicos apóiam-se inteiramente no conteúdo do Corão e nas declarações e ações de Maomé. Enquanto a Bíblia ensina o amor, exorta os homens nesse sentido e busca sua transformação, o Corão prega o ódio às pessoas de outras crenças e impele seus seguidores a praticar esse ódio. Os que não crêem no Corão podem ser perseguidos e assassinados em nome de Alá. Sob a invocação do Corão, as mulheres são oprimidas e espancadas, garotas são proibidas de estudar e países estrangeiros, de cuja hospitalidade os muçulmanos gostam de usufruir, têm desrespeitadas e desobedecidas suas leis. Para os muçulmanos, pessoas de outras crenças merecem apenas o ódio e a jihad, a "guerra santa". Enquanto os cristãos verdadeiros, que seguem a Bíblia, construíram uma rede mundial de assistência social que leva aos necessitados não apenas o Evangelho mas também auxílio prático como alimentação, abrigo, serviços médicos e ensino escolar, o islã explora e oprime as pessoas nos países que domina.
Desde cedo, as crianças palestinas são ensinadas a odiar.

O islã odeia tanto cristãos quanto judeus, pois ambos têm o mesmo Deus. Com uma cerca de segurança, Israel procura proteger-se dos ataques dos terroristas sanguinários e de sua ânsia de matar. Eles não recuam nem diante da possibilidade de fazer vítimas entre sua própria população. Quanto mais pessoas do lado inimigo forem mortas, maior a satisfação deles. A barreira de segurança, apesar de todas as críticas, reduziu drasticamente o número de atentados. Entretanto, ao invés de criticar os terroristas, o Ocidente parece não ter nada melhor a fazer do que questionar a cerca e tentar obrigar Israel a derrubá-la. Em outras palavras, o mundo ocidental prefere ver ainda mais vítimas inocentes do lado judeu do que mandar os muçulmanos cessarem os atos terroristas. A Índia também está construindo uma cerca semelhante na disputada região da Caxemira para impedir a entrada de terroristas vindos do Paquistão, mas isso não parece interessar a ninguém.
No momento, muitas crianças palestinas com idades entre sete e quinze anos são treinadas para a luta nos chamados "acampamentos de verão" organizados por diversos grupos terroristas. Nesses acampamentos as crianças aprendem, por exemplo, como atacar e matar colonos judeus. Alguns canais de TV em diversas partes do mundo divulgaram documentários a respeito. A estação saudita "Al-Arabiya" e o "Jerusalem Post" noticiaram os mesmos fatos. Mas ninguém da União Européia (UE), nem da ONU, nem das organizações de direitos humanos, nem do Tribunal Internacional de Justiça de Haia se manifestou a respeito. Nosso consolo diante de tantas injustiças são as firmes promessas de Deus a Israel: "Ouvi a palavra do Senhor, ó nações, e anunciai nas terras longínquas do mar, e dizei: Aquele que espalhou a Israel o congregará e o guardará, como o pastor, ao seu rebanho" (Jr 31.10). "Jerusalém me servirá por nome, por louvor e glória, entre todas as nações da terra que ouvirem todo o bem que eu lhe faço; espantar-se-ão e tremerão por causa de todo o bem e por causa de toda a paz que eu lhe dou" (Jr 33.9). 


(Norbert Lieth - http://www.beth-shalom.com.br)
Extraído do livro A cruz de Hitler.

ISLAMISMO INVADE A EUROPA , EM QUANTO ISSO OS CRISTÃOS DORMEM UM SONO DE BELA ADORMECIDA. ACORDA POVO DE DEUS .

(Via Minuto Digital)
Já podemos nos dar conta em Espanha. Muitas das nossas cidades sofrem uma pressão islâmica agoniante que se traduz em conflitos com os vizinhos, com não tão poucos incidentes. Um dos casos mais chamativos foi o que opôs a vizinhança à mesquita dos bermejales em Sevilha, onde estes quiseram fazer valer os seus direitos face à imposição dos radicais e violentos islâmicos.
Enquanto o Islão avança por toda a Espanha sem que os nossos governantes tomem alguma medida, Bruxelas despertou ontem para uma notícias incrível em “A Bélgica livre”: o Islão será a religião maioritária em Bruxelas dentro de 10 a 15 anos, segundo os dados do “barómetro religioso” de 2008, um estudo científico baseado em pesquisas e patrocinado por vários meios de comunicação e universidades belgas.
Na capital belga e europeia a população muçulmana alcança os 33%.
O “barómetro religioso”, o segundo com estas características que se realiza, foi elaborado por um grupo de estudos sociológicos e antropológicos, Sonecom, a partir de pesquisas pessoais realizadas a 658 habitantes da Valónia (sul da Bélgica francófona) e Bruxelas.
A informação foi transmitida por vários meios de comunicação (A Bélgica livre, Dimanch e RTBF), assim como pelo instituto Lumen Vitae e a universidade católica da Lovaina.
Em Bruxelas, uma em cada três pessoas diz ser muçulmana; em 2005 este grupo representava um quarto da população, segundo o que referiu o sociólogo e antropólogo Oliver Servais numa entrevista ao diário “A Bélgica livre”.
“Este aumento não é estrondoso”, diz Servais, “dado que o estudo só tem em conta as pessoas maiores de 18 anos e este grupo cresce continuamente” devido à elevada taxa de natalidade dos muçulmanos.
“Dentro de uns 10 ou 15 anos o Islão será a religião maioritária em Bruxelas”, assegurou Servais.
Sem dúvida alguma, estes dados levam a ter em conta que muitas localidades espanholas já estão assoladas por vários tipos de islâmicos.

Cantor Waguinho no Arenão Sede

Se prepare! Dia 25 de junho a Embaixada Sara Nossa Terra vai receber o cantor Waguinho. O pagodeiro ficou famoso no Brasil inteiro quando era vocalista do grupo “Os Morenos”.
Após sua conversão na SNT do Rio de Janeiro, sua vida foi transformada. Seu samba agora é outro!  O samba continua, mas para louvar a Deus.
Atualmente, o cantor Waguinho desenvolve junto com o pastor Marcos Pereira um trabalho nos presídios do Brasil, na recuperação dos presos, usuários de drogas e traficantes.
Congrega na Assembléia de Deus dos Últimos Dias e vai apresentar na capital seu quarto álbum gospel, “Samba Adorador”, que já é considerado um grande sucesso.
Será um evento imperdível.
Você é nosso convidado especial!


FONTE www.saranossaterra.com.br

1 milhão de assinaturas contra PL122 na Marcha pela Família


O exército de Deus se manifesta pela família brasileira - fotos: Cynthia Ferreira
Na tarde desta quarta-feira, 1, em frente ao Congresso Nacional aconteceu a Marcha pela Família, convocada pelo pastor Silas Malafaia da Assembléia de Deus para que a sociedade se manifestasse contra o PL122. Diversas caravanas de todas as partes do país marcaram presença em Brasília.
Entre católicos, evangélicos e pessoas sem nenhuma profissão de fé, cerca de 70 mil pessoas estiveram na Esplanada dos Ministérios, de maneira pacífica e ordeira e juntos, manifestaram seu posicionamento contra o PL122. “Esse projeto pode transformar em criminosa qualquer pessoa ou instituição que tenha posição contrária ao incentivo e prática homossexual”, disse a diaconisa Lucélia, de São Paulo. O pastor José Carlos de Bragança Paulista completou “se essa lei for aprovada, a pessoa não terá o “direito de pensar diferente” e pode ser preso injustamente, com uma falsa acusação de homofobia”.
Parlamentares das Frentes Evangélica, Católica e da Família emocionaram a multidão ao descerem em bloco a rampa do Congresso Nacional para então participarem da Marcha pela Família. Nosso querido bispo Rodovalho estava lá, ele que desempenhou papel fundamental na última legislatura nas questões em defesa da família, deixou uma palavra forte, de posicionamento e resistência. Rodovalho ressaltou ainda que, “o momento agora não é de placa de igrejas e sim de unidade do exército de Deus em prol da família”. Elogiou as mulheres, essenciais no projeto de Deus e, em discurso aclamado, agradeceu pela vida de sua esposa e filhas.
Os bispos Cirino Ferro, Erasmo Duarte e Alex, também estiveram presentes ao evento que foi abrilhantado com a participação do talentoso David Quinlan, que veio à Brasília especialmente para participar da manifestação. Para ele, a família é uma instituição sagrada, planejada por Deus e que deve ser protegida.
Após a Marcha, parlamentares e líderes cristãos, bispo Rodovalho entre eles, se dirigiram à Presidência do Senado e entregaram 1 milhão de assinaturas colhidas em todo país de pessoas contrárias ao PL122, ao senador José Sarney.

fonte : http://www.saranossaterra.com.br

GOVERNO DO RIO DE JANEIRO , UMA POUCA VERGONHA , APOIO TOTAL AOS GAYS E CADEIA PARA OS HEROIS DO CORPO DE BOMBEIRO ? POUCA VERGONHA NACIONAL - APRENDAM A VOTAR MELHOR , POIS ESSE GOVERNO ESTA BRINCANDO COM O POVO CARIOCA.

Primeiro Congresso de Plantação de Igrejas em Contexto Tribal.

Está se aproximando o Primeiro Congresso de Plantação de Igrejas em Contexto Tribal.
Reserve sua inscrição. Vá até o Instituto Batista Ida Nelson na Coordenação de Teologia e faça sua pre-inscrição, ou pelo site: www.missoesindigenas.net. As vagas são poucas, disponibilizamos apenas 300 vagas. Serão três dias de muita adoração, palestras com o Dr. Ronaldo Lidídório, Henriqu Terena e Márcio schimidel. Na abertura apresentaremos uma dramatização sobre infanticídio. O Grupo Mearte da segunda igreja está trabalhando com este fim, além disso, teremos muita música indígena. VOCÊ RECEBERÁ UM BELÍSSIMO CERTIFICADO DO CONPLEI E MISSÕES INDÍGENAS.
DIAS: 19,20 e 21 de agosto no Instituto Batista Ida Nelson.
Horário para as reservas:  9h às 21h- Falar com Professora Angelina Ribeiro.
Você ainda pode entrar em contato conosco pelos fones: (92) 92432927 ou (92) 99956635
Abraços.


SE PUDER, REPASSE ESSA  INFORMAÇÃO PRA SEUS AMIGOS. ASSIM VOCÊ ESTARÁ AJUDANDO A OBRA MISSIONÁRIA INDÍGENA.

MARCELO AGUIAR PARTICIPA DA MARCHA PARA JESUS RIO



Milhares de pessoas lotaram as ruas do Rio de Janeiro neste sábado (04/06) na realização da Marcha para Jesus. A festa iniciou na Central do Brasil embalada por 7 trios elétricos, em direção à Cinelândia onde aconteceram os shows de música gospel. Entre as bandas, a Marcha contou com a presença do cantor Marcelo Aguiar e diversas lideranças locais como o pastor Marcos Gregório e o Pr. Silas Malafaia.
Marcelo Aguiar, que está lançando seu novo CD “Somente Deus” fez questão de apresentar ao público carioca sua primeira música de trabalho: Eu tenho um Pacto Com Deus. “Fiquei muito feliz em ver aquela multidão cantando comigo esse louvor que é uma grande verdade. A Marcha para Jesus demonstra esse sentimento de aliança que temos com Deus”, disse o cantor.
A Marcha do Rio tornou-se uma extensão da Marcha da Família, realizada em Brasília no dia 1 de junho, um ato público contrário ao projeto 122/2006 que criminaliza a homofobia. Marcelo Aguiar, que também é deputado federal, e os líderes evangélicos reafirmaram na Marcha para Jesus os seus compromissos com a família brasileira e com os princípios cristãos.
Assessoria de Imprensa

EUA queriam investigar presença da Al Qaeda na tríplice fronteira, revela WikiLeaks

Os Estados Unidos pediram aos seus diplomatas, em 2008, que investigassem a possível presença da Al Qaeda e de outros "grupos terroristas" islâmicos na região da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina, segundo documentos secretos publicados neste domingo pelo site WikiLeaks. http://blogs.jovempan.uol.com.br/conexaoorlando/wp-content/files/2010/11/wikileaks.jpg

Segundo documento difundido pelo site WikiLeaks a vários jornais e publicado pelo britânico "The Guardian", a chancelaria americana pediu em 2008 à sua embaixada em Assunção "informações sobre a presença, as intenções, os planos e as atividades de grupos terroristas (...) no Paraguai, concretamente na tríplice fronteira" com o Brasil e a Argentina.
Washington queria informações não só sobre a possível presença dos grupos Hizbollah e Hamas, entre outras organizações armadas islâmicas, mas também da "Al Qaeda" e de "agentes estatais iranianos", destacou o texto.
Além disso, pedia dados sobre possíveis redes de apoio a estes grupos, inclusive organizações não-governamentais islâmicas e sobre a capacidade dos serviços de segurança paraguaios e sua disponibilidade para cooperar com os Estados Unidos no combate ao terrorismo.
A tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina abriga imigrantes de países árabes e há anos Washington suspeitava que nesta região fossem arrecadados fundos para organizações islâmicas, concretamente a libanesa Hizbollah.
Há anos também se investigou a possível presença ali de autores do atentado à mutual judaica AMIA de Buenos Aires, onde morreram 85 pessoas, em 1994.
Em 2003 foram difundidas informações dos serviços de segurança brasileiros sobre uma possível viagem do líder da Al Qaeda, Osama bin Laden, à tríplice fronteira para visitar uma mesquita na cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, embora responsáveis da comunidade árabe no local tenham negado o fato.

Folha/Wiki

CURIOSIDADES PARA UMA BOA SOBREVIVÊNCIA MISSIONÁRIA NA BOLIVIA





Comida
.....A comida boliviana é bastante simples e variada, apesar de quase todos os pratos e em todos os lugares, a refeição trazer frango (pollo dorado, por exemplo) e batatas (fritas ou cozidas). Existem também variantes como a milanesa (mais ovo do que carne) e a ranga (uma espécie de dobradinha super apimentada). Tudo tem muito óleo o que, segundo um médico local, é utilizado para minimizar os efeitos da altitude e do frio.

Picanha ?
Detalhe interessante foi um prato que trazia picanha, em Uyuni: caldo de feijão (aliás, coisa difícil de encontrar na Bolívia), uma espiga de milho, uma coxa de frango e a dita picanha - uma carne cozida com osso! Por essa e por outras recomendamos que por mais comum que o nome do prato seja é melhor perguntar, se não aquele churrascão gostoso pode resultar num sopão insosso ou demasiadamente picante.

O Ovo é a base do sanduba!!
Os sanduíches têm base de pão (é claro!) e ovo. Se não gosta do produto galináceo, peça sem. Os bolivianos pareciam achar estranho pedirmos o lanche sem ovo. Por exemplo, um sanduíche de queijo vem com ovo e dependendo da lanchonete, uma rodelinha de tomate (sem tempero).

Por favor, 5 pãezinhos...
Se gosta de um pão francês é melhor mudar o hábito. Só há uma espécie de pão chato tipo árabe (com sabor). Cuidado com alguns pães que dizem ter recheio de queijo - é uma água com amido de milho. Na primeira mordida é sujeira na certa e o negócio não é nada saboroso. Os pães também recebem diversos nomes, sendo impossível gravá-los. Um deles, o cuñape é semelhante a um pão de queijo.

És Hamburguer Sadia Señora?
Será difícil encontrar produtos industrializados. Até os hambúrgueres (hamburguesas) são caseiros, como um bolinho de carne moída achatado.

Llamita Assada...
Se tiver curiosidade em experimentar carne de llama, pode ir preparado para comer algo que lembra carne de porco, vaca e peru misturados!

Prato feito: o famoso PF!!!
O modo como são vendidos é o mais surpreendente. No Trem da morte por exemplo, os pratos são vendidos aos passageiros pela janela: um PF até com talheres de plástico. Isso que é drive thru! Além da janela, nos corredores, os bolivianos vendem de tudo, de empanadas a peixes fritos. Cuidado com os picantes; eles fazem jus ao nome. É bom sempre ter uma bebida ao lado.

Fast Food
Para um "lanchinho rápido" é fácil encontrar empanadas e salteñas, salgados parecidos com pastéis. (A primeira é frita, a segunda assada e recheada de legumes, sobretudo batatas apimentadas). Existem também os pastéis (deles) e as tortillas.

Bebidas:
Chazinho maneiro...
Essa realmente é para "sobreviver": chá de folha de coca. Esqueça a droga e o que ouviu falar sobre os efeitos. A folha de coca seca como é vendida, não tem nenhum efeito alucinógeno, tão pouco faz mal à saúde. Pelo contrário, alivia os eventuais transtornos gastrintestinais provocados pela altitude e além disso é utilizada pelos bolivianos para inibir a fome. Um exemplo pode ser os mineiros que têm longos dias de um árduo e perigoso trabalho nas minas de prata de Potosí. Tomamos e sentimos melhora nas tonturas, enjôo e frio, nada além! Também é possível mascar as folhas, o que causa um leve adormecimento na boca.

Água Mineral... salgada!
Existe uma grande variedade de águas minerais no país: salgada (Vizcacha), doce, com sabor de limão, cidreira... com e sem gás. Preste atenção no rótulo ou ao pedir.

Uma cervejinha com los hermanos...
.As cervejas Paceña e Hiari (marcas locais) têm o sabor do malte mais forte, porém são um pouco "aguadas". A Paceña foi considerada a segunda melhor cerveja do mundo em um festival na Alemanha (nossa redatora não entende muito bem disso).

Refrigeréko...
Há diversos tipos de refrigerantes (também chamados de sodas), além dos existentes no Brasil. Exemplos: Mendocina (uma espécie de Pepsi), Salvetti (de cor rosa profundo, o refrigerante tem gosto de aspirina infantil).

Remédios
Leve um kit Primeiros-socorros (gaze, algodão, band-aid, mercúrio, esparadrapo etc) e remédios para dores-de-cabeça, estômago, enjôos, enfim, os paliativos que tem costume de tomar. Em um outro país, os nomes fantasia são diferentes e os genéricos são difíceis de decorar. Agora se o negócio apertar, esteja onde estiver, é melhor buscar um médico

Transporte
Antes de entrar em qualquer meio de transporte boliviano tenha muita paciência. Os atrasos são de no mínimo uma hora, há super-lotação, os veículos são velhos, mal conservados e podem dar problema a qualquer momento. Não existem ônibus coletivos grandes como no Rio ou em São Paulo. O transporte é feito em vans, como lotações. Os ônibus maiores são Jardineiras (Dodge) ultra-coloridas

Taxi: Bom e barato para pequenos trajetos

Um meio legal é o táxi. Na maioria deles não há taxímetro e você pode negociar o preço do trajeto. Se não houver negociação, é porque há uma tarifa fixada de X bolivianos por passageiro (e não por corrida), mas pergunte sempre antes o preço da corrida!

Compras
Pechinchar! Você sairá da Bolívia um expert no assunto. Exemplo: uma lanterna de US$ 4 pode acabar saindo por US$ 2, com um pouco de "negociação".
Surpresas com relação a preços podem ser várias. Exemplo: uma passagem de Potosí para Uyuni na primeira consulta pode ser US$ 7, na segunda US$ 5. Só aceite o primeiro valor dito se vir ou sentir que aquele preço é tabelado.

Sempre confira o troco!
Nunca pergunte o preço de algo já com o dinheiro na mão. Um chocolate pode custar US$ 0,35, mas se você tiver com uma nota de US$ 1 na mão certamente esse será o custo. Reserve trocados para usar os banheiros das rodoviárias e para entrar nos terminais rodoviários (mesmo que já tenha pago a passagem).

Cambio
Antes de viajar pesquise a cotação do Boliviano, o dinheiro da bolívia. Troque o real por dólar em notas acima de US$10. Estando na Bolívia, não se preocupe com o câmbio, a cada passo você encontrará um cambista. Se isso não ocorrer, converse com algum comerciante para trocar as verdinhas por bolivianos.

Segurança
A Bolívia não nos pareceu violenta. Pelo menos conosco e com outros viajantes que tivemos contato não houve sequer tentativa de roubo ou furto, mas como em toda viagem por países da América do Sul, esconda muito bem seu passaporte e seu dinheiro.

Internet
As cidades maiores como La Paz, Sucre e Potosí têm cyber-cafés funcionando. Em La Paz por exemplo o preço do acesso é de menos de US$ 1 por hora. A conexão é como as discadas no Brasil (você mesmo pode tirar suas conclusões da qualidade!).

Ministério Paixão e Ousadia Missões nossa missão são as nações esquecidas.

Entenda as relações entre a religião e o governo chinês

A China está novamente nos jornais, mas por razões ruins. As manchetes mostraram a detenção do artista Ai Weiwei e de Liu Xiaobo, ganhador do prêmio Nobel. Por esse motivo e por outros acontecimentos, disseram que no país existe um “retrocesso grave” com relação aos direitos humanos.
Mesmo com a crescente influência da China no cenário mundial, as violações dos direitos humanos têm trazido consequências. Relatos de detenções secretas, censura na internet e a intimidação de jornalistas estrangeiros continuam a prejudicar a imagem da “ascensão pacífica” da China.

Nada denigre mais a imagem da China do que a pressão religiosa. A perseguição da China contra as “igrejas domésticas”, comunidades clandestinas de cristãos que se reúnem em pequenas casas, continua a ser um irritante fator, significativo para as relações com os EUA.

Por que a China desenvolve uma política contra a religião que arranha tanto sua imagem internacional? Alguns observadores supõem que o regime é ideologicamente frágil, a ponto de causar paranoia, e acostumado a usar a violência em todo e qualquer problema de segurança pública. Mas os líderes chineses certamente sabem que, jogando o peso contra líderes religiosos no país, fazem as suas relações públicas se tornarem horríveis.

O ponto é que, durante séculos, a política chinesa foi profundamente fundamentada na religião – às vezes mais do que necessário. A religião é parte do governo, que nunca foi planejado para ser independente. As religiões que não estavam sujeitas ao controle do Estado foram proibidas por lei e seus seguidores, perseguidos sem piedade.

O que muitos observadores internacionais pedem é que a China adote a liberdade religiosa, porque religião na China nunca foi vista ou tratada como uma questão de escolha pessoal. É difícil imaginar que o regime atual, de repente, comece a ver as coisas de modo diferente.



Fonte: Huffington Post

CHINA: Governo luta contra crescimento de cristãos no país

Os pastores de algumas igrejas da China estão enfrentando novas normas de comunicação e circulação. A informação vem de contatos diretos da VdM no país. De acordo com os relatos recebidos, pastores devem fornecer relatórios semanais para a polícia com detalhes do seu paradeiro e quantas pessoas participam das reuniões de sua igreja.
Caso os pastores saiam de suas cidades, devem informar seus planos de viagem, sendo restritos à viagens curtas. Se os pastores não se apresentarem no tempo determinado e a polícia não conseguir entrar em contato, assim que forem localizados, eles são presos. Ainda de acordo com as fontes da VdM, as igrejas mais visadas são as que organizam cultos domiciliares.
No início de 2011, o governo chinês anunciou sua meta em trazer o Movimento da Igreja Domiciliar para o Movimento Patriótico da Tríplice Autonomia (MPTA). “Apesar de o governo concentrar todas as suas forças nesse sentido, ele sabe que jamais conseguirá essa junção. Sendo assim, só podemos imaginar que eles vão começar a forçar sua autoridade sobre as igrejas domésticas”, declara um contato da VdM.
Embora apenas as igrejas estatais sejam reconhecidas oficialmente pelo MPTA, os cristãos chineses já reconhecem três tipos de igrejas no país: igreja do MPTA, igrejas registradas e igrejas domiciliares.
O termo “registrada” refere-se a uma nova política aprovada há três anos pela Secretaria de Assuntos Religiosos (RAB). O RAB dá licença operacional para igrejas cujos pastores concluem o curso de um seminário do MPTA.


Fonte: Voz dos Mártires

Aiatolá alerta muçulmanos sobre propagação do cristianismo

Um líder islâmico iraniano tem servido de alerta para o governo. Segundo ele, o cristianismo está se difundindo rapidamente no Irã. Mesbah Yazdi, que ficou famoso por suas crenças fundamentalistas, é um islâmico extremista, especialmente em relação às crenças xiitas. Seus recentes comentários sobre a rápida difusão do cristianismo no Irã mostraram que as medidas tomadas pelo governo e todos os outros com o objetivo de parar com essa expansão falharam.

Conforme relatos, Ali Khamenei, líder supremo da República Islâmica do Irã, fez um discurso relacionado às últimas eleições presidenciais, chamando toda a população para ficar atenta a uma “ameaça”; segundo ele, “esta ameaça existe em âmbito nacional e deve ser controlada como um vírus”. Ele acusou os inimigos da República de anarquistas e místicos, pois espalham “falsas religiões”. Ele estava se referindo ao cristianismo e às igrejas domésticas que existem no país.

Tem sido um tempo de grandes lutas internas entre a elite religiosa e o governo. Ondas de repressão e pressão vêm sobre aqueles que professam uma fé diferente da islâmica, especialmente contra cristãos.

No entanto, com a exposição pública de tantos conflitos internos entre políticos e ideologias, várias alas do país, mais uma vez, aquecem suas chamas de ódio e intimidações contra outras crenças, em razão das declarações do aiatolá Mesbah Yazdi.

Segundo fontes, Mesbah, em uma recente reunião com chefes islâmicos, declarou: “Em razão do crescimento do cristianismo em algumas das nossas províncias, as ações tomadas pelo governo e pelas autoridades foram insuficientes, e isso é devido à falta de disciplina sobre tais ações dos cristãos.”

Além disso, no encontro, o aiatolá reiterou as advertências sobre o aumento das atividades de outras religiões – sempre se referindo ao cristianismo e outras crenças – que tendem a converter muitas pessoas, como nos países onde elas se originaram. O governo está ciente de que os jovens iranianos têm se interessado muito por novas ideias. 

Fonte: Persecution

"A PEC 23/2007, é uma emenda inconstitucional!"

Está em trâmite na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro a proposta de emenda à Constituição do Estado do RJ, PEC 23/2007, de autoria do deputado Gilberto Palmares, que inclui a orientação sexual (LGBT) no rol dos direitos fundamentais previstos na Constituição.
A referida proposta foi aprovada em 1ª discussão/votação no dia 25 de maio. Antes que entre em segunda votação, envie e-mail para todos os deputados estaduais de Rio de Janeiro para que a PEC 23/2007 não seja aprovada, pois trata-se de uma emenda inconstitucional.
Sugestão de texto para enviar aos deputados:
“Não aprove a PEC 23/2007, pois é uma emenda inconstitucional!”
Relação de e-mails dos deputados:
claisemariazito@alerj.rj.gov.br; gersonbergher@alerj.rj.gov.br; lucinha@alerj.rj.gov.br; mailto:gracamatos@alerj.rj.gov.br; paulomelo@alerj.rj.gov.br; pedroaugusto@alerj.rj.gov.br; pedrofernandes@alerj.rj.gov.br; rafaelpicciani@alerj.rj.gov.br; robertodinamite@alerj.rj.gov.br; gustavotutuca@alerj.rj.gov.br; marcelosimao@alerj.rj.gov.br; rafaeldogordo@alerj.rj.gov.br; rogeriocabral@alerj.rj.gov.br; gilbertopalmares@alerj.rj.gov.br; inespandelo@alerj.rj.gov.br; niltonsalomao@alerj.rj.gov.br; robsonleite@alerj.rj.gov.br; zaqueuteixeira@alerj.rj.gov.br; gracapereira@alerj.rj.gov.br; enfermeirarejane@alerj.rj.gov.br; aspasiacamargo@alerj.rj.gov.br; xandrinho@alerj.rj.gov.br; marcosabrahao@alerj.rj.gov.br; dionisiolins@alerj.rj.gov.br; flaviobolsonaro@alerj.rj.gov.br; andreiabusatto@alerj.rj.gov.br; bebeto@alerj.rj.gov.br; brunocorreia@alerj.rj.gov.br; cidinhacampos@alerj.rj.gov.br; janiomendes@alerj.rj.gov.br; luizmartins@alerj.rj.gov.br; marcossoares@alerj.rj.gov.br; myrianrios@alerj.rj.gov.br; pauloramos@alerj.rj.gov.br; ricardoabrao@alerj.rj.gov.br; wagnermontes@alerj.rj.gov.br; andrecorrea@alerj.rj.gov.br; comtebittencourt@alerj.rj.gov.br; drjoseluiznanci@alerj.rj.gov.br; geraldomoreira@alerj.rj.gov.br; coroneljairo@alerj.rj.gov.br; marciopacheco@alerj.rj.gov.br; sabino@alerj.rj.gov.br; atilanunes@alerj.rj.gov.br; altineucortes@alerj.rj.gov.br; clarissagarotinho@alerj.rj.gov.br; fabiosilva@alerj.rj.gov.br; iranildocampos@alerj.rj.gov.br; migueljeovani@alerj.rj.gov.br; robertohenriques@alerj.rj.gov.br; samuelmalafaia@alerj.rj.gov.br; samuquinha@alerj.rj.gov.br; alessandrocalazans@alerj.rj.gov.br; joaopeixoto@alerj.rj.gov.br; alexandrecorrea@alerj.rj.gov.br; rosangelagomes@alerj.rj.gov.br; janirarocha@alerj.rj.gov.br; marcelofreixo@alerj.rj.gov.br; marcusvinicius@alerj.rj.gov.br;
thiagopampolha@alerj.rj.gov.br; waguinho@alerj.rj.gov.br
Fonte: Vitoria em Cristo

Exposição que mostra pedofilia e zoofilia provoca bate boca entre deputados

Não foi só nas redes sociais que a mostra “QueerMuseu” gerou debates e bate boca. Na noite desta terça-feira (12) o assunto foi amplam...