quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Documentos com a expulsão de Martín Lutero da Igreja Católica serão expostos em Roma


Documentos com a expulsão de Martín Lutero da Igreja Católica serão expostos em RomaA bula pontifícia com o decreto de excomunhão do teólogo alemão Martín Lutero, em cujos ensinamentos se inspirou a Reforma Protestante, poderá ser vista durante uma inédita exposição de documentos dos Arquivos do Vaticano, no museu da prefeitura de Roma.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
A exposição, que leva o título de “Lux in Arcana”, será aberta em fevereiro próximo por ocasião dos 400 anos da criação desses arquivos, em 1612, pelo Papa Paulo V.
Entre a grande variedade de documentos históricos, figura o famoso decreto do Papa Leão X “Decet Romanum Pontificem”, com que Lutero foi excomungado em 3 de janeiro de 1521 e que selava a ruptura completa com Roma, levando a guerras de religião fratricidas na Europa.
Segundo o site da exposição, inúmeros documentos históricos serão expostos pela primeira vez ao público pelo Vaticano.
Cerca de cem documentos, atos e manuscritos, da bula papal que destituía um imperador do século XIII até documentos sobre a Segunda Guerra Mundial, foram selecionados.
A mostra, que permanecerá aberta por sete meses, foi apresentada em junho pelo número dois do Vaticano, o secretário de Estado Tarcisio Bertone, que reconheceu que se trata de ume vento especial, já que saem excepcionalmente do palácio apostólico a fim de chegar a um público mais amplo.
Muitos dos documentos que serão expostos em Roma mudaram a história, como a bula “Dictatus Papae”, de Gregório VII, publicada em 1075, com vinte e sete axiomas que estabeleciam que o pontífice era o imperador do Sacro Império, senhor absoluto da Igreja e do mundo, e que a Igreja romana não erra e jamais errará.

Fonte . CRISTIAN POST

Malafaia Não É Homem de Deus, Afirma Vereador

ivaldo-rodriguesPastor Silas Malafaia foi considerado ‘Persona non Grata’ e um ‘homem que não é de Deus’ depois de discussão com o líder do PDT na Câmara de Vereadores de São Luís, Ivaldo Rodrigues.
(Foto: Divulgação)
Vereador Ivaldo Rodrigues
Malafaia afirmou processar o vereador após ter sido chamado de ‘homofóbico’, usando palavras como “bandido”, “vagabundo” e “idiota”.
 
A Câmara de Vereadores em resposta à atitude do pastor, arquivou um projeto de lei de homenagem à ele e aprovou uma moção de repúdio que o considera “persona non grata” em São Luís.
O processo veio depois que Rodrigues pediu vistas do projeto de concessão de título de Cidadão Luvidovicense em homenagem à Malafaia por serviços prestados em favor da família maranhense.
A intenção era que a proposta voltasse a plenário na semana que vem. Rodrigues argumentou que Malafaia não poderia receber o título por ações contra a comunidade GLBT no país.
“Ele é homofóbico e São Luís não pode conceder um título a uma pessoa que discrimina outras pessoas”, criticou Rodrigues prometendo que não mediria esforços para que o requerimento não fosse aprovado.
Em seu programa Vitória em Cristo, Malafaia se defendeu dizendo não ser homofóbico e argumentou que a homofobia não é condenar o casamento entre homossexuais mas sim ferir, agredir, ou matar.
Rose Sales criadora do projeto para homenagear o pastor defendeu Malafaia dizendo que ele não é homofóbico e é um defensor da família.

ISSO VAI LONGE.

Fonte . Cistian Post

Café da Marcha para Jesus de Guarulhos terá cantor Thalles Roberto












No próximo sábado a Comissão Organizadora apresentará os detalhes
 finais do evento, que deve receber mais de 120 mil pessoas
Faltando uma semana para a Marcha para Jesus de Guarulhos, a Comissão Organizadora
do evento promoverá no próximo sábado, dia 20 de agosto, a partir das 8 horas, um café
especial que contará com a presença de Thalles Roberto, um dos cantores mais aguardados
 da oitava edição do evento na cidade.
O café será na Igreja Renascer em Cristo, no bairro Macedo, onde a organização da Marcha
também apresentará os detalhes finais da caminhada, que deve receber cerca de 120 mil pessoas.
Além de ser um momento especial de comunhão e adoração a Deus, o encontro reunirá lideranças
 evangélicas e autoridades em intercessão a favor da grande festa do povo evangélico, que ocorrerá
no sábado seguinte, dia 27 de agosto, a partir das 13h.
Das novidades desta edição, destacam-se as promoções e o mutirão de cidadania e saúde, além
 da participação do Ministério O2 Church, que fará a coleta dos detritos recicláveis ao longo do
 percurso para encaminhá-los às cooperativas de reciclagem. Será a primeira Marcha para Jesus
 sustentável.
Sobre as promoções, no dia do evento será sorteado um veículo zero-quilômetro, modelo Celta,
 e para as caravanas que se inscreverem pelo site serão sorteados 20 passaportes para o Playcenter.
Mais informações podem ser conferidas no www.marchaparajesusguarulhos.com.br
A Marcha
A concentração da Marcha será na Avenida Paulo Faccini, a partir das 13h. O percurso seguirá
 em direção à Avenida Transguarulhense, no Parque Continental, onde estará montado o palco
 central para a apresentação de cantores e grupos renomados do meio gospel, como Renascer
 Praise, André Valadão, Fernandinho, Lázaro, Cassiane, Thalles Roberto, Ao Cubo, Marcelo Aguiar,
 Kleber Lucas, Talita Pagliarin, Waguinho, Gerson Ortega e Jéssica Sena. O evento é uma
 realização do Conselho das Igrejas Evangélicas Apostólicas do Brasil (CIEAB), Conselho de
 Ministros Evangélicos de Guarulhos (COMEG) e das Igrejas Batistas de Guarulhos, e conta
 com o apoio da revista Exibir Gospel, Prefeitura de Guarulhos e da Rádio Gospel 90.1 FM.
Serviço:
A igreja Renascer em Cristo fica na Avenida Pio XII, 857 — Macedo.

FONTE . EXIBIR GOSPEL

Autoridades iranianas apreendem milhares de Bíblias


Autoridades iranianas apreendem milhares de Bíblias
Governo iraniano considera-se responsável também pelos pensamentos das pessoas

Parece que o grande volume de bíblias cristãs que estão entrando no país é a maior preocupação do governo iraniano.

De acordo com a agência de notícias cristã, “Mohabat News”, o doutor Abhari Majid, assessor da comissão de assuntos sociais do parlamento do Irã, anunciou a apreensão de 506 mil cópias da Bíblia Sagrada no caminho entre a cidade de Zanjan e Abhar, no noroeste do Irã.

Ele também disse que “esses missionários têm dependência enorme de dinheiro e estão tentando desviar a nossa juventude.” Em uma entrevista para uma agência de notícias (Mehr), acrescentou: “Com relação às atividades desses missionários cristãos que estão tentando enganar os jovens, especialmente, eles começaram uma campanha enorme, gastando muito dinheiro em falsas propagandas para atrair o público.”

Ele não apresentou mais detalhes sobre a apreensão dos 6.500 evangelhos, mas disse: “Estes livros foram feitos com o melhor papel do mundo e em formato de bolso”. O ponto importante nessa questão deve ser considerado pela estação de inteligência, pelo departamento jurídico e pelas agências religiosas.

Antes deste evento, em novembro de 2010, policiais apreenderam 300 bíblias em um ônibus ao fazer sua inspeção, queimando todos os livros sagrados. Insultar a Bíblia é a continuação de uma campanha organizada por agências religiosas.

Sempre houve grandes preocupações entre os funcionários da república islâmica, com relação à conversão de pessoas ao cristianismo. Isto é: depois de três décadas de propaganda islâmica e uma geração que cresceu com os ensinamentos islâmicos, eles preveem uma mudança de pensamento.

O Irã considera-se responsável também pelos pensamentos das pessoas. Então seu medo é de que a importação e a distribuição de bíblias tragam um efeito negativo dentro do país.


Fonte: Chistian Today

Grupos gays ameaçam entrar na Justiça contra outdoor de evangélicos

Outdoor causa polêmica em cidade do interior de SP (Foto: Silva Júnior/Folhapress)Outdoor causa polêmica em cidade do interior de SP (Foto: Silva Júnior/Folhapress)

Os organizadores da Parada Gay de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, prometem contestar na Justiça outdoors colocados pela igreja evangélica Casa de Oração que citam mensagens bíblicas sobre homossexualidade. Os grupos gays reclamam de provocação, já que no domingo (21) ocorre a 7ª Parada do Orgulho Gay no município.

Segundo o pastor Antônio Hernandes Lopes, no entanto, o objetivo é apenas “expressar o que Deus diz a respeito da homossexualidade”. Nas frases, que citam a Bíblia, lê-se: “Assim diz Deus: ‘Se também um homem se deitar com outro homem, como se fosse mulher, ambos praticaram coisa abominável...’”. Há ainda outras duas passagens relacionadas ao tema.

"Todos os seres humanos têm direito a expressar o que quiserem, mas têm o ano todo para fazer isso. Fazer na semana da diversidade é uma maneira de ataque, não tinha essa necessidade", afirma Agatha Lima, uma das responsáveis pela Parada Gay na cidade.

“Estamos aproveitando a oportunidade que eles estão divulgando a maneira de viver deles para expressar o que Deus diz a respeito”, rebate o pastor. Ele diz que o outdoor foi colocado em um ponto distante do trajeto da Parada Gay, justamente para evitar confrontos.

Mas não é o que diz Agatha Lima. "Esse outdoor é apenas um dos cinco que foram instalados na cidade. E esse, próximo à Câmara Municipal, está a um quarteirão do nosso Centro de Referência da Diversidade Sexual", diz.

O pastor da Igreja Casa de Oração refuta a acusação de homofobia: “É algo que já está divulgado há milhares de anos”, afirma Antônio Hernandes. “Nós amamos essas pessoas, oramos por elas, elas são bem-vindas, mas a vida, a forma que elas vivem, está contrária àquilo que Deus diz”, argumenta.

FONTE G1.

Grupos celulares: Igreja fora do templo





Os grupos celulares são alternativa para crescimento espiritual, evangelização efetiva e discipulado no contexto urbano. Fundador do G12 diz que modelo é fruto de uma revelação divina.

Células, núcleos familiares, pequenos grupos... Importa menos o nome do que o conceito, resgatado dos primeiros tempos do cristianismo e guindado à condição de alternativa comunitária à correria da sociedade contemporânea. De fato, a conciliação entre trabalho, família e igreja, principalmente para quem vive nos centros urbanos, é um desafio diante do qual muitos cristãos estão capitulando. E como comunhão exige tempo – artigo com status próximo ao de uma commodity nos dias de hoje –, a solução à qual as igrejas passaram a recorrer, mais ainda a partir dos anos 1980, foi a boa, antiga e bíblica fórmula da reunião em coletivos menores. Os formatos e as metodologias variam bastante, mas a ideia fundamental de promover comunhão, evangelização e edificação é comum a todos. Afinal, o próprio Cristo prometeu a seus servos que estaria presente quando dois ou três deles se reunissem em seu nome.

A reunião de grupos de cristãos para a prática da oração e da meditação na Palavra remonta aos primeiros anos subsequentes à ascensão de Jesus Cristo. É verdade que, nos tempos do Novo Testamento, não era questão de mera opção: ainda não havia grandes igrejas como hoje e o contexto era de intensa perseguição aos que criam no Rabi da Galileia. O livro de Atos e várias passagens das epístolas paulinas fazem referência a essa iniciativa em um tempo no qual a fé cristã ainda era proscrita. A casa de Maria, mãe de João Marcos, abrigou alguns dos primeiros encontros dos chamados seguidores do Caminho. Lídia, a vendedora de tecido de Tiatira, na Macedônia, e o casal Priscila e Áquila também são exemplos de pessoas que abriram as portas de seus lares para os pequenos grupos pioneiros.

A institucionalização da Igreja, com a construção de santuários cristãos e a romanização de templos pagãos, reduziu o conceito de igreja celular a iniciativas esporádicas e isoladas, muitas delas reprimidas pelas autoridades eclesiásticas em nome do poder papal. Nem mesmo a Reforma Protestante, em sua gênese, conseguiu recuperar o prestígio dos grupos menores, alternativa que coube melhor a movimentos paraeclesiásticos, ramificações e seitas – e ao próprio pentecostalismo em seus primórdios, como as reuniões na Rua Azuza, em Los Angeles, nos Estados Unidos, há um século.

O sistema celular só viria a ser efetivamente colocado em prática pelas igrejas evangélicas de forma massiva a partir dos anos 1980, com o pastor sul-coreano Paul Yonggi Cho, da Igreja do Evangelho Pleno de Seul. Após uma juventude marcada por manifestações sobrenaturais do poder de Deus, Paul (que posteriormente mudou seu nome para David Y. Cho a fim de facilitar o contato com os ocidentais) começou a pregar e se tornou pastor. Desde então, implantou o conceito dos pequenos grupos em sua igreja, que experimentou um enorme crescimento. Hoje, é considerada a maior comunidade evangélica do mundo, com mais de 800 mil membros. E o sistema de divisão em pequenos grupos é a única solução para um rebanho tão grande poder congregar de modo efetivo.

Envolvimento

Com os passar dos anos, várias denominações evangélicas brasileiras implantaram essa prática, cada uma com método e nomenclatura próprios. Muitas aderiram ao modelo do pastor Cho, enquanto outras o adaptaram de acordo com a necessidade da igreja local. De modo geral, as células têm duas finalidades específicas: comunhão entre membros e proclamação do Evangelho. É ali, num espaço mais intimista, que os recém-convertidos são melhor discipulados e despontam lideranças. O pastor e escritor Geremias do Couto, da Assembleia de Deus, explica que os pequenos grupos são uma grande oportunidade de os crentes se envolverem na missão, além de uma forma de a Igreja marcar presença no espaço social ao sair dos templos e ganhar as casas. “O crente passa a exercer papel de discipulador, evangelista e proclamador”, avalia.

Muitas igrejas, de fato, têm registrado crescimento espiritual e numérico como resultado da implantação do modelo de células, e já há até ministérios especializados no assunto. O Igreja em Células, por exemplo, oferece capacitação a igrejas locais para exercer o trabalho. O pastor Roberto Lay, coordenador do movimento e líder da Igreja Evangélica Irmãos Menonitas, de Curitiba (PR), explica que numa igreja de programas e eventos (leia-se “liturgia convencional”), um número reduzido de pessoas trabalha preparando algo para a maioria dos membros que agem como meros consumidores. “Já as células devolvem a cada crente o direito e o privilégio de ser um ministro, desenvolvendo seu sacerdócio”, aponta.

Questionado sobre o papel das igrejas de hoje em comparação à Igreja Primitiva, Lay defende com convicção a aplicação do modelo celular para a edificação pessoal: “A igreja de Atos, na verdade, aprendeu com Jesus Cristo a ser uma comunidade de relacionamentos, e não de eventos. Era uma igreja bem recebida e estimada pelo povo por sua influência positiva na sociedade”, assinala. Jorge Henrique Barro, diretor da Faculdade Teológica Sul-americana, acredita que o caráter missionário das células não pode ser negligenciado. Ele explica que a célula tem uma ênfase missiológica, e não eclesiológica. “Isso porque sua razão de existir não é a Igreja, mas o imperativo da pregação do Evangelho”, sentencia.

“Caráter, combinação e competência”

Algumas denominações apostam no modelo celular na certeza de que ele é o ideal. A Comunidade da Graça, de São Paulo, vale-se do sistema de células desde o início do ministério de seu pastor titular, Carlos Alberto Bezerra. “Minha visão não era receber as pessoas na igreja para ouvir um bom sermão, bater palmas ou atirar pedras e ir para casa”, lembra. “O sonho era que cada pessoa se tornasse membro da família de Deus e um ministro, um servo de Deus, como Jesus. Pessoas engajadas no objetivo de lavar os pés e levar as cargas umas das outras”, explica. Para realizar essa visão, foram instituídos os grupos familiares. Todavia, num primeiro momento, eles acabaram reproduzindo, inesperadamente, as distorções dos cultos de domingo: eram muito grandes, incapazes de tocar o coração das pessoas e dar oportunidade para o desenvolvimento espiritual dos novos convertidos. A igreja então mudou de tática. “Há dez anos começamos a transição, e hoje já colhemos frutos maravilhosos de grupos com menos pessoas, mas com mais visão estratégica de acolhimento e crescimento”, comemora Bezerra.

Nascida após uma série de reuniões de um pequeno grupo na casa do pastor Ary Velloso, a Igreja Batista do Morumbi, também na capital paulista, até hoje mantém esse tipo de encontro, ali chamado de PG (pequeno grupo). “Todas as pessoas que chegam, sejam novos convertidos ou membros oriundos de outras igrejas, são incentivadas a participar de um PG”, explica Claudio Duarte, coordenador da atividade na igreja. Adepta do modelo com, no máximo, dezesseis pessoas que se reúnem regularmente, a Batista do Morumbi inclui entre os objetivos dessa prática, além da oração e do estudo da Palavra de Deus, o fortalecimento dos laços sociais por meio da troca de experiências de vida. Para Claudio, os pequenos grupos têm a missão precípua de acolher, cuidar das pessoas e prover apoio: “Eles devem estimular o desenvolvimento de relacionamentos profundos, além de oferecer oportunidade de ministério e serviço aos participantes, propiciando o surgimento de novos líderes.”

O ministério em células teve início na Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte (MG), em 1987, no apogeu da visibilidade mundial do ministério da igreja de Cho. Àquela época, diante do crescimento da membresia, as congregações foram emancipadas e se detectou a necessidade de acompanhamento da vida dos fiéis através de pequenos grupos. A pastora Dinamarcia Faria Barbosa Moreira, coordenadora de células da Lagoinha, diz que o modelo adotado, previamente estruturado, foi o mesmo do pastor Cho. “As células funcionam nas casas, em reuniões semanais que duram em média uma hora e meia, encerrando sempre com um lanche”, informa. A coisa é informal, mas organizada – “Há um líder ativo, outro em treinamento, um secretário, os membros da igreja e os visitantes, convertidos ou não”, explica a pastora.

Cada reunião, de acordo com Dinamarcia, é dividido em partes: há o chamado quebra-gelo, louvor, testemunhos pessoais, estudo da Bíblia, oração e desafios de atividades. As células seguem uma programação proposta pela Coordenação Geral. Adotando um modelo semelhante ao G5 – uma variação do polêmico G12 (ver abaixo) –, a liderança da Lagoinha acredita que o ministério com células é a melhor estratégia para ganhar vidas para Jesus, formar novos líderes e expandir a igreja. Também adepta do conceito de G5, o Ministério Verbo Vivo, de Guarulhos, na Grande São Paulo, cresceu desde que se adequou às células, no fim da década de 1990. Por meio de um treinamento embasado num critério chamado “Três C” (“caráter, combinação e competência”), a pessoa que possui essas características é escolhida como líder de uma célula. “Para que ocorra um crescimento numérico e espiritual, a igreja deve estar debaixo da verdade de que ela é igual à família”, pontifica um dos pastores do Verbo Vivo, Jefferson Karagulian. “Quando isso acontece, não existe inveja nem competição”,frisa o líder.

Ênfase na comunhão

É claro que pensar na estrutura celular como solução mágica para todos os problemas de uma igreja no cumprimento de sua missão seria ingenuidade. Várias comunidades e denominações enfrentaram problemas ao adotar o modelo de pequenos grupos – entre os quais um dos mais temidos pelos pastores, a divisão. Vitor Ribeiro Piva, líder de célula e presbítero do Ministério Fé em Ação, em São Paulo, explica que as células constituem uma estratégia para alcançar pessoas, mas podem acabar ficando com a cara do líder. “A célula veio para o fortalecimento da igreja e dos irmãos. Mas é preciso ser submisso e ter a consciência de que ela é uma parte do Corpo de Cristo, não um novo braço que está nascendo”, pondera. Para que essa distorção não ocorra, ensina Vitor, é muito importante levar os frequentadores do grupo pequeno para a igreja, onde eles podem participar da comunhão geral.

De acordo com Jorge Henrique Barro, as divisões fazem parte dos muitos riscos que esse movimento pressupõe. Além disso, a nomeação de pessoas despreparadas na liderança de células torna-se um caminho aberto para heresias. “Esse líder despreparado vê na célula a possibilidade de ter a sua igreja. Já que é o líder e debaixo da autoridade tem cerca de vinte, 25 pessoas, pode estimular o surgimento de uma ‘igreja clandestina’”, diz o teólogo. “Quando os pastores acordam, as cadeiras e o som já foram comprados”, ironiza. Outro desdobramento do movimento celular é a substituição gradativa do envolvimento com a igreja pelas atividades do grupo familiar. Muitos evangélicos têm aderido a esse tipo de prática eclesiástica por criticar o que seria uma institucionalização excessiva das denominações.

Geremias do Couto não abre mão do papel da igreja e da importância de suas atividades clássicas, como a Escola Bíblica Dominical. Ela não acha legítimo substituir a congregação formal pelas células e prefere apostar numa complementação entre as duas. “Não se deve dar a célula o papel de formação bíblica”, opina, “pois nem todos os líderes de célula sabem ensinar. O ensino é um dom, e nem todos o possuem”. Já em relação à evangelização, o pastor acredita que os núcleos representam uma excelente opção – ainda mais em grandes cidades, nas quais as distâncias, a violência urbana e a crônica falta de tempo são empecilhos à frequência constante de templos, sobretudo em meio de semana. “Afinal, anunciar o nome do Senhor é papel de todos os crentes.”

Para Roberto Lay, do ministério Igreja em Células, a vida em comunhão dentro da igreja é inegociável, assim como a prática do chamado ministerial de cada membro. Em sua opinião, a divisão da membresia em grupos pequenos ajuda a suprir lacunas da igreja institucional, mas jamais significará a falência do modelo clássico. “A nossa proposta sempre foi ajudar as igrejas a encontrar a eclesiologia do Novo Testamento, aquela que promove a vida dos pastores, líderes e membros da igreja”, sustenta. “O ideal é cada um exercer o seu ministério sacerdotal de acordo com o chamado que recebe do Senhor”, finaliza.

Crescimento com críticas

Castellanos diz que modelo G12 é fruto de uma revelação divina.

Com o passar dos anos, vários modelos de igrejas em células surgiram no universo evangélico, mas nenhum gerou tanta controvérsia quanto o G12. O método foi criado em 1983 pelo pastor colombiano Cezar Castellanos, fundador da Missão Carismática Internacional, e logo virou coqueluche. Castellanos afirma ter criado o sistema a partir de uma revelação divina em resposta ao pedido que fez ao Senhor para crescimento de sua igreja. O número encerra simbologias bíblicas – doze eram as tribos de Israel, doze os discípulos de Cristo, e por aí vai. O processo é simples: basicamente, cada crente é estimulado a formar um grupo de doze novos convertidos, passando a ser seu discipulador. Cada elemento do grupo, por sua vez, também buscava reunir uma dúzia de liderados, e assim sucessivamente. No topo da pirâmide, os líderes também montavam seu grupo, com pastores prestando mentoria espiritual a outros pastores.

O princípio do modelo se traduz no quadrinômio “ganhar, consolidar, discipular e enviar”. No G12, aestratégia de discipulado é gradual, e inclui os chamados encontros, espécie de retiros a que todo envolvido deve comparecer. O bordão “o encontro é tremendo” dava ideia da importância do evento. Mas o caráter heterodoxo desses encontros, anunciados por alguns como uma espécie de panaceia para curar todos os males espirituais dos adeptos, logo começou a atrair opositores. Correram boatos de que sessões de regressão e unções bizarras eram praticadas ali, embora quem participava voltava dizendo-se renovado espiritualmente. O exclusivismo, que levou muitas igrejas a romper a comunhão com aquelas que não adotavam o método, e a extrema verticalização do sistema – que criou lideranças monolíticas – também costumam ser muito questionados.

O G12 teve início no Brasil por volta de 1999, e floresceu rapidamente. Denominações inteiras aderiram ao sistema, abrindo mão de estruturas eclesiásticas muitas vezes enraizadas ao longo de décadas. Algumas alcançaram, de fato, notável crescimento, como a Igreja Nacional do Senhor Jesus Cristo, liderada por sua apóstola Valnice Milhomens, e o Ministério Internacional da Restauração, capitaneado por René Terranova – outras, porém, racharam entre os entusiastas e os descontentes com o modelo. Os dois religiosos assumiram a linha de frente do G12 no Brasil, por mandato do próprio Castellanos. Procurados por CRISTIANISMO HOJE para falar da situação do movimento, dez anos depois de sua implantação no país, eles não retornaram os contatos da reportagem.

Fonte: Cristianismo Hoje

Igreja de Juanribe Pagliarin em guerra pelo nome

A igreja do pastor Juanribe Pagliarin, Comunidade Cristã Paz e Vida, está em disputa com outra igreja de mesmo nome em Portugal.

Duas igrejas estão em ‘guerra’ pelo nome Comunidade Cristã Paz e Vida. Uma alega ter sido criada em Portugal, em 2001, por João Gonçalves, enquanto a outra chegou em 2009 do Brasil, onde foi fundada em 1982 por Juanribe Pagliarin.

"Vamos avançar com uma providência cautelar para impedir que utilizem o nosso nome", afirmou a pastora Cris, porta-voz da Comunidade Cristã Paz e Vida, criada por João Gonçalves, acrescentando: "Fizemos uma proposta de compra e venda do nome, mas não foi aceite."

Joaquim Neto, pastor que representa a igreja vinda do Brasil, reconhece que "o nome Comunidade Cristã Paz e Vida pertence à outra igreja". "Quem vai decidir se aceitamos pagar o valor é o nosso líder, que está no Brasil. Se entender que vamos lutar pelo nome na justiça, então vamos avançar para os tribunais", acrescentou.

Fonte: Jornal Correio da Manhã - Portugal

Roberto de Lucena qualifica corrupção como crime hediondo e inafiançável: “A corrupção é imoral”


O deputado federal Roberto de Lucena (PV-SP) voltou a falar nesta terça-feira (17), de forma severa na tribuna da Câmara dos Deputados, sobre os casos de corrupção que assolam os órgãos públicos federais. De acordo com o vice-líder do Partido Verde na Câmara, a corrupção é covarde, predadora e perniciosa. “Ela deve ser eleita aqui nessa Casa como inimiga número um de todos nós e inimiga número um do Brasil”, disse o parlamentar.
Roberto de Lucena disse ainda que a corrupção sequestra recursos que deveriam estar sendo destinados para a educação, a saúde, a segurança pública, os programas sociais, e os coloca a serviço de alguns. “A corrupção é imoral! Ela deve ser tratada como crime hediondo e inafiançável pelos danos terríveis que impõe a tantos”, propõe.
Afirmando que nenhum governo, partido ou grupo está livre da possibilidade de, internamente, enfrentar práticas imorais dentro de suas fileiras, o parlamentar elogiou as ações do governo federal diante da crise.
“Nesse ponto, quero fazer um reconhecimento à postura da nossa presidenta da República. A presidenta Dilma tem sido para mim, em muitos aspectos, uma grata surpresa. Eu a aplaudo por seu comportamento sério diante das denúncias que têm sido apresentadas contra pessoas e órgãos ligados à administração federal”, elogiou.
O deputado também registrou seu reconhecimento à grande contribuição dada pela imprensa nesse processo de passar o Brasil a limpo, e fez um chamamento aos colegas deputados. “Essa Casa precisa dar à presidenta Dilma todo o apoio, todo o respaldo político, a fim de que seja garantida a condição necessária à estabilidade do governo e do País, que se vê diante de grandes desafios. Desafios estes que demandarão de enorme esforço, como a crise econômica mundial que cresce e se fortalece a cada dia”, conclamou.
Sobre o movimento que propõe a CPI da corrupção, Roberto de Lucena fez um alerta. “De onde vem essa proposta? Qual a motivação? O que se pretende? Não é hora para oportunismos. Nosso enfrentamento à corrupção deve ser feito com a responsabilidade e a consciência quer o tema exige. O momento é de união”, refletiu Lucena.
Para encerrar o pronunciamento, o vice-líder do PV citou a oração do candango José Silva Guerra, em 22 de abril de 1959, gravado para sempre num espaço, somente agora descoberto, no teto do Salão Verde da Câmara dos Deputados: “Que os homens que aqui vierem tenham compaixão dos nossos filhos e que a Lei se cumpra!”.

Link para o vídeo do pronunciamento:
http://www2.camara.gov.br/atividade-egislativa/webcamara/aoVivoSinais?codReuniao=26644

Em outdoor, igreja evangélica usa citação bíblica para criticar gays

As citações são bíblicas, do livro de Levítico: "Se também um homem se deitar com outro homem, como se fosse mulher, ambos praticaram coisa abominável..."

A mensagem, paga por uma igreja evangélica de Ribeirão Preto, causou indignação no movimento gay da cidade do interior paulista. Eles falam em acionar a Justiça. A Defensoria Pública local estuda se cabe medida judicial.

Outra citação, da Carta de São Paulo aos Romanos, diz que "até as mulheres trocam as relações naturais pelas que são contra a natureza. E também os homens deixam as relações naturais com as mulheres e se queimam de paixão uns pelos outros".

O outdoor cita apoio da Casa de Oração. O pastor da Igreja Casa de Oração de Ribeirão, Antônio Hernandes Lopes, diz que a mensagem foi colocada ontem para "denunciar o pecado da homossexualidade" .

Ontem, representantes de grupos gays de Ribeirão procuraram a Defensoria Pública. Segundo Fábio de Jesus, da ONG Arco-Íris, trata-se de homofobia. A Defensoria estuda se o caso enseja ação judicial.

O Grupo Gay da Bahia diz que a mensagem incita a homofobia. No domingo, Ribeirão terá a sua parada gay.

Fonte: Folha de São Paulo

Assembleia vota Dia do Orgulho Heterossexual

Projeto de lei tramita na Comissão de Constituição e Justiça. Autor busca apoio da bancada evangélica

Depois da polêmica gerada na cidade pelo dia do Orgulho Heterossexual, aprovado na Câmara Municipal, agora é a vez de os deputados estaduais decidirem se a data será estendida para todo o Estado de São Paulo. O projeto de lei que cria a comemoração, de autoria do deputado Dilmo dos Santos (PV), tramita na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa.

Santos afirma que começará nesta semana a conversar com os cerca de 20 integrantes da Frente Parlamentar Evangélica para convencer os colegas a votar a favor do projeto.

Em sua justificativa, o deputado afirma que “homossexuais, se dizendo discriminados ou perseguidos, estão tentando aprovar leis que na realidade concedem a eles verdadeiros privilégios”.

Santos diz que respeita os homossexuais, mas diz não concordar com a “apologia ao homossexualismo”. Ligado à igreja Assembleia de Deus, Dilmo dos Santos afirma que vai procurar o governador Geraldo Alckmin (PSDB), nesta semana, para pedir apoio ao projeto caso o texto seja aprovado pelos deputados.

“Vou pedir apoio dele como pai de família. Eu vou lutar para ter maioria (na Assembleia) e para ter o apoio do governador, que é um homem casado e com filhos”, afirmou.

Santos afirma que encaminhou a proposta na Assembleia Legislativa estimulado pelo projeto do vereador paulistano Carlos Apolinário (DEM), também ligado à Assembleia de Deus. O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, já disse que vai vetar a data municipal, que seria celebrada todo terceiro domingo de dezembro.

Fonte: Band

Prefeito barra mais uma vez autorização de igreja na Indonésia


Prefeito barra mais uma vez autorização de igreja na Indonésia
Prefeito de uma cidade a oeste de Java desconsiderou uma decisão judicial da Suprema Corte

Um prefeito de uma cidade a oeste de Java desconsiderou uma decisão judicial da Suprema Corte para restabelecer a licença de construção de uma igreja em Bogor.

O prefeito de Bogor, Diani Budiato, rejeitou a recomendação para restabelecer a autorização, dada no mês passado aos cristãos indonésios da Igreja Yasmin em Bogor, deixando a congregação em uma pequena faixa de terra.

“A recomendação da Justiça da Indonésia foi apenas uma sugestão”, disse o prefeito à revista Times.

Um porta-voz da igreja, Sigalingging Bona, disse, em uma entrevista à imprensa no mês passado, que 15 pessoas afirmaram que as reuniões dos cristãos no bairro foram interrompidas nos dias 3 e 10 de julho deste ano. “Eles insistem para que a igreja pare com seus cultos”, disse Sigalingging.

Ele disse que o prefeito já enviou duas cartas à igreja, uma em maio e outra no dia 9 de julho, pedindo que a congregação pare com as reuniões. Na carta, ele afirma que a igreja está aborrecendo a todos e sugeriu que façam seus cultos em outro edifício.

A congregação, no entanto, não deu atenção às cartas do prefeito, disse Sigalingging, porque o local onde eles estavam foi resultado de uma ação do prefeito. “Nós nos reunimos à beira da estrada porque o prefeito fechou e selou nossa igreja, numa atitude que vai contra a determinação da Suprema Corte”, disse o porta-voz. ”Se Budianto não tivesse fechado a igreja, não nos reuniríamos à beira da estrada.”

Sigalingging falou que a realização de cultos no edifício sugerido pelo prefeito não é uma solução adequada, porque o local não é projetado para cultos, embora a igreja não goste de realizar suas reuniões à beira da estrada e ficar sujeita ao tempo e ao clima.

“O prefeito prometeu que iria acatar qualquer decisão que fosse proferida pelo Supremo Tribunal Federal”, disse Sigalingging. Ao invés de cumprir a decisão da Suprema Corte, o prefeito disse que a revogação do prédio é permanente. “Com base nessa experiência, já não acreditamos mais no prefeito”, disse ele.


Fonte: Portas Abertas

A VOTAÇÃO NA CÂMARA DE JAGUARIÚNA VAI MOSTRAR QUEM É QUEM - MASCARAS VÃO CAIR E O POVO VAI CONHECER QUEM É A FAVOR DO POVO E QUEM É CONTRA O POVO.



Teremos uma votação na Câmara de Jaguariúna , cujo , o tema será a aprovação ou a rejeição das Contas do Prefeito Tarcisio .

O prefeito tarcisio mostrou para todos os vereadores que nao ouve roubo nenhum.

Sabemos muito bem que manobras politicas vem sendo feita a favor de que essas contas não passe .

Pois assim fica mais fácil para alguns tentarem a sorte ao cargo de Prefeito.

(VEJA O BELO  TEXTO DO PASTOR PIERRE EM SEU BLOG .http://prpierrepibj.blogspot.com/2011/

É muito importante que você entenda o que vai acontecer na Câmara Municipal em setembro. Os vereadores vão votar as contas do exercício de 2007 do governo do ex prefeito Tarcísio Chiavegato. O Tribunal de Contas do Estado (TCE) rejeitou as contas do referido ano devido a problemas técnicos na aplicação dos recursos, ou seja a alegação é que apenas 70,93% dos 100% dos recursos recebidos do Governo Federal para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb), foram aplicados naquele ano. Isso não implica dizer que houve roubo por parte do ex administrador, mas sim problemas na aplicação de uma lei que foi criada naquele ano.
Se as contas do ex-prefeito forem aprovadas em setembro de 2011 ele poderá sem nenhum problema ser candidato a prefeito no ano que vem, se esse for o desejo dele. Caso ele (ex-prefeito) tenha suas contas rejeitadas ele poderá recorrer da decisão e ainda assim ser candidato em 2012 numa situação que a lei chama de candidato “sub judice” isso quer dizer que ele tem um processo sendo examinado pela justiça, porém ainda não existe uma sentença final que o impeça de ser candidato. )

Sou contra toda forma de manipulação , ou mesmo de corrupção , que favorece poucos e e tira de muitos o direito de viverem com dignidade.
Estive ,por um ano e meio trabalhando nesse meio , o qual foi bom  aprendizado , mas não quero que ninguém tenha a experiência que tive , de ver de perto algumas coisas nada aprazível.


Não falo de pessoas , falo do sistema.

NÃO ESTOU ACUSANDO A NINGUÉM , MAS ESTOU FALANDO DO SISTEMA POLITICO BRASILEIRO , QUE ESTA FALIDO .

Ficaremos de olhos bem abertos , pois quem deve decidir é o povo e não meia dúzia de pessoas.
Pois condenarem alguém que foi um marco para essa cidade , é nada mais que um ato leviano , pois o tal tribunal favorece o que lhe é bom , e procura tirar e jogar de lado os que são pedras em seus caminhos.
ESTOU AQUI PARA MOSTRAR QUE O POVO ESTA DE OLHOS BEM ABERTOS.

POLITICOS DE JAGUARIÚNA , DEIXEM O POVO NAS URNAS DECIDIREM SOBRE ISSO.

Políticos sérios de Jaguariúna , pensem bem antes de cometerem qualquer barbárie , pois a cidade saberá dar o troco em quem for contra ela.

EU ESCREVI E ASSUMO ESSAS PALAVRAS.

BISPO ROBERTO TORRECILHAS
A FAVOR DA VERDADE .

A Câmara Municipal de Jaguariúna, as Contas do Ex- prefeito Tarcísio e os Evangélicos

 

No mês de setembro de 2011 os vereadores de Jaguariúna estarão votando as contas da Prefeitura de Jaguariúna referentes ao exercício de 2007 quando ainda era prefeito de nossa cidade o senhor Tarcísio Chiavegato. Mais que uma votação sobre se aprovam ou não as contas do ex prefeito os vereadores estarão também dando o tom das eleições para a prefeitura de nossa cidade no ano que vem.
Como líder espiritual de uma das igrejas evangélicas que mais cresce nos últimos meses em nossa cidade e conscientes da responsabilidade que temos como servos de Deus quero convocar a todos os evangélicos de nossa cidade que estejam orando e vigiando tudo o que estará acontecendo na Câmara Municipal de nossa cidade a partir de setembro de 2011. Além de orarmos pelo prefeito, vice, secretários e vereadores atuais (independente de nossas posições políticas) precisamos observar a seriedade e o comportamento de cada vereador e também do próprio executivo nesse processo que poderá nos mostrar quem é quem em se tratando de caráter e idoneidade política.
Como cristãos precisamos levar nosso voto a sério e é observando as atitudes dos políticos num processo como esse é que vamos descobrir quem usa o poder para manipular situações, tirar vantagens e votar sem pensar na cidade e apenas em si próprio. Também é uma oportunidade que temos para observar a postura do executivo municipal, se ele deixa a Câmara fazer o trabalho dela ou se tenta interferir no processo que deveria correr com tranqüilidade. Assim também temos a possibilidade em observar a postura de um ex prefeito em relação ao legislativo municipal quando seu nome está envolvido em uma votação.

Eu como cidadão e eleitor que serei nesta cidade pela primeira vez em 2012 estou acompanhando de perto cada movimento do executivo e do legislativo para conseguir entender se todo esse processo será justo, imparcial e que a Câmara votará pela cidade e não por interesses políticos. Estou observando como o executivo municipal e o ex prefeito estão lidando com esta situação e é baseado nestas observações que além de definir meu voto pessoal estarei junto a minha comunidade e a AMEJ (da qual sou apenas um filiado) lutando para que nas eleições municipais de 2012 votemos com a consciência tranqüila. Vou conclamar os evangélicos a não deixarem que vereadores que tenham votado contra os interesses da cidade ou que tenham votado pensando em si próprio retornem a Câmara Municipal em 2013. Qualquer ingerência na Câmara por parte do executivo ou por parte do grupo do ex prefeito vamos denunciar para os evangélicos.
É muito importante que você entenda o que vai acontecer na Câmara Municipal em setembro. Os vereadores vão votar as contas do exercício de 2007 do governo do ex prefeito Tarcísio Chiavegato. O Tribunal de Contas do Estado (TCE) rejeitou as contas do referido ano devido a problemas técnicos na aplicação dos recursos, ou seja a alegação é que apenas 70,93% dos 100% dos recursos recebidos do Governo Federal para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb), foram aplicados naquele ano. Isso não implica dizer que houve roubo por parte do ex administrador, mas sim problemas na aplicação de uma lei que foi criada naquele ano.
Se as contas do ex-prefeito forem aprovadas em setembro de 2011 ele poderá sem nenhum problema ser candidato a prefeito no ano que vem, se esse for o desejo dele. Caso ele (ex-prefeito) tenha suas contas rejeitadas ele poderá recorrer da decisão e ainda assim ser candidato em 2012 numa situação que a lei chama de candidato “sub judice” isso quer dizer que ele tem um processo sendo examinado pela justiça, porém ainda não existe uma sentença final que o impeça de ser candidato.
Nós evangélicos que representamos um dos segmentos mais sérios e respeitados de nossa cidade não podemos ser omissos num momento desses. Jaguariúna necessita de nossas orações e quero aqui pedir a cada cristão que procure além de orar estar atento ao que está acontecendo.
Nosso partido é Jesus Cristo, nosso candidato é Jesus Cristo e nossa causa é fazer o bem a todos independente de seu partido e de sua preferência política. Devemos independente de quem seja o prefeito e os vereadores orar por eles porque estão investidos de poder e como servos do Deus vivo sabemos que todo poder pertence a Deus e portanto Ele dá e Ele tira de quem bem entender.
A PIBJ não fará campanha política para ninguém em 2012, nenhum candidato ao executivo municipal subirá em nosso púlpito, mas toda nossa comunidade será orientada a votar num candidato a prefeito e em um vereador e que cada eleitor de nossa comunidade vote consciente buscando em Deus o melhor para nossa cidade. Vamos lutar para que no meio evangélico não tenhamos votos nulos e brancos.
Que Deusa abençoe Jaguariúna, que Deus abençoe nossos vereadores, prefeito, vice e secretários municipais. Que a paz de Deus possa reinar no Poder Judiciário de nossa cidade. Que Deus abençoe o ex prefeito que por anos conduziu os destinos de nossa cidade.
Com carinho, respeito e desejo de que o melhor de Deus aconteça em nossa cidade.
 
Fonte Pr. Pierre Perensin
prpierre@pibj.org
 
EU TAMBEM ESTOU DE OLHOS BEM ABERTOS , E QUEM FOR CONTRA A VERDADE , SERÁ CONTRA DEUS , E SE FOR CONTRA DEUS , SE TORNA MEU INIMIGO , POIS SOU INIMIGO DOS QUE SÃO INIMIGOS DE DEUS .
BISPO ROBERTO TORRECILHAS

Últimas inscrições para o Congresso Mackenzie com D. Powlison e E. Johnson!

A LUTA ESTA APENAS COMEÇANDO - São Paulo ganha Frente Parlamentar Evangélica para lutar pelo Dia do Orgulho Hétero em todo o estado

Foi criada nesta terça-feira, 16, a Frente Parlamentar Evangélica na Assembléia Legislativa de São Paulo. Como 23 integrantes (25% do total da Assembléia, que conta com 94 deputados), a Frente quer fazer oposição à temas como maconha, aborto e direitos civis de homossexuais.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
“Nós tivemos recentemente a aprovação de apoio à liberação da maconha e do dia de combate à homofobia. Tem alguns projetos que nós somos contra”, afirmou o coordenador da frente, Carlos Cézar (PSC), pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular. O coordenador da frente afirma que a criação do Dia do Orgulho Heterossexual em todo o estado de São Paulo será um dos trabalhos da Frente.
“É uma coisa antagônica. Porque se tem o Dia do Orgulho Gay, por que não pode ter o Dia do Hétero? Temos de estudar, debater essa matéria. Somos de vários partidos diferentes, mas convergimos em várias situações”, afirmou o deputado. “Vamos trabalhar no Congresso Nacional porque muitas leis que nos atingem, como a que discriminaliza o aborto, são federais, mas podemos agir. Há pouco o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu a relação homoafetiva como relação familiar contrariando a Constituição. Pensamos que a convivência pode existir, mas isso não gera uma família”, afirmou.


FONTE  G+

EU ESTOU AO VIVO AGORA , ATÉ AS 12 Horas . HOJE É DIA DE DEUS PARA SUA VIDA. WWW.GRITOSDEALERTA.COM

Datena diz que grita porque Deus lhe deu uma missão

O jornalista José Luiz Datena participou do programa Hebe (Rede TV!), na edição que foi exibida na noite desta terça-feira (16/8). Ao ser entrevistado, o apresentador afirmou que sua postura à frente de atrações jornalísticas é algo natural, um dom dado pelo divino. “A missão que Deus me deu é essa: é falar, gritar, contestar. Alguns críticos acham que isso é sensacionalismo, mas não é”.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Durante o programa de Hebe, Datena pediu desculpas por ter saído da Rede TV! em 2002. Ele alegou que deixou o canal sem motivos e que isso magoou os empresários Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho, presidente e vice da emissora, respectivamente. A respeito do rompimento contratual com a Record, o apresentador não quis comentar muito o assunto, mas informou que a questão será decidida na Justiça e que abandonou a empresa de Edir Macedo devido a falta de “liberdade de expressão”.
Ainda na atração da Rede TV!, que teve como entrevistadoras Hebe, a atriz Fafy Siqueira e a modelo Caroline Bittencourt, o apresentador do Brasil Urgente revelou que as recentes saídas e acertos envolvendo seu trabalho com a Band e a Record fizeram seu salário diminuir. “Com essa brincadeira toda, estou ganhando ‘350 paus’ a menos do que eu ganhava na Bandeirantes. Isso é verdade, é só conferir os meus contratos”, lamentou. “Eu fiz um mau negócio em termos financeiros”, completou Datena.

FONTE  G+

Pregador evangélico que confessou ter tentado matar travesti é liberado pela justiça

Julgado nesta quarta-feira (17), em Campo Grande (MS), Sandro Silva Barbosa, 35, que se diz “evangelizador e pregador da palavra de Jesus”, foi inocentado pelo crime cometido um ano atrás na cidade: ele confessou ter surrado o travesti Joelson Garcia Rodrigues, 20, porque viu o rapaz fazendo “atos obscenos” na rua.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
O crime ocorreu no dia 15 de agosto de 2010. Até hoje, ele permanecia na prisão, mas com a sentença, já pode ser colocado em liberdade.
O Ministério Público de Mato Grosso do Sul tentou convencer os jurados de que o evangelizador teria praticado tentativa de homicídio duplamente qualificado. Se o júri concordasse com as acusações, Sandro Barbosa poderia pegar uma pena superior a seis anos.
Além de confessar o crime, o réu disse que sua religião não aceita “o homossexualismo”, daí o motivo do ataque ao travesti. Com um pedaço de madeira, o evangelizador avançou sobre a vítima e a espancou. O travesti sofreu um corte de ao menos 10 centímetros na cabeça e ainda teve um dos braços quebrados.
Em depoimento, Barbosa afirmou que “só não matou” o travesti porque a madeira quebrou. Quando atacou o travesti, fazia apenas 15 dias que o réu morava em Campo Grande (MS). Antes, ele vivia em Inhumas (GO), onde também, segundo ele, agia como evangelizador.
O promotor de Justiça Renzo Siufi, na tentativa de convencer o júri a condenar o réu, até o comparou com algum simpatizante do nazismo. Em depoimento à Justiça, o evangelizador disse que o travesti “parecia uma pessoa não normal diante de mim”.
Já o defensor público Luciano Montalli disse que o réu, por permanecer um ano na prisão, já havia cumprido a condenação. O travesti não apareceu no julgamento. Já o réu não quis conversar com a imprensa após o juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Aluízio Pereira dos Santos, divulgar o resultado do julgamento.

AINDA BEM QUE NÃO TENHO RELIGIÃO , TENHO JESUS - Estudioso explica por que ateus são mais inteligentes que religiosos

O americano Nigel Barber, estudioso das religiões, tem uma explicação para o fato de os ateus apresentarem QI (Quociente de Inteligência) mais elevado do que os religiosos, de acordo com algumas pesquisas.

Para ele, não se pode concluir que os religiosos sejam necessariamente estúpidos.

Barber disse que a vantagem de QI dos ateus se deve muito às boas condições sociais dos países em que vivem, diferentemente do que ocorre onde há mais crentes, com exceções.

Ele observou que o fraco QI de religiosos pode ser consequência, em alguns países, de décadas de baixo nível de renda e de escolaridade, elevado índice de doenças infecciosas (elas comprometem o funcionamento do cérebro), alimentação deficitária e menor rigor no controle dos poluentes ambientais (alguns deles, como o chumbo, reduzem o QI de uma geração para outra).

No Brasil, o médico Drauzio Varella já tinha comentado o chamado efeito Flynn segundo o qual o QI aumenta em curtos intervalos de tempo, na medida em que as nações de desenvolvem.

Ele disse que a primeira vez em que uma coisa foi associada a outra ocorreu em 2001, quando os pesquisadores Lynn e Vanhanen publicaram estudo sobre o QI médio dos habitantes de 81 países.

Varella deu credibilidade a esse estudo considerando que o cérebro é o órgão que mais consome energia, sendo de 87% em recém-nascido, 44% aos cinco anos; 34% aos dez; 23% nos homens e 27% nas mulheres adultas.

Barber, em um recente artigo para o Huffington Post, citou uma pesquisa que comprovou que os investimentos em educação ajudam a elevar o QI da população e, consequentemente, reduz a religiosidade das pessoas.

“A educação melhora o pensamento racional e oferece às pessoas mecanismos não místicos para compreender o mundo”, escreveu. “Em suma, a educação proporciona às pessoas a oportunidade de buscar uma alternativa racional para o dogma religioso.”

Ele ressaltou, contudo, que não dá para afirmar que a inteligência leva as pessoas a rejeitaram a crença, porque se trata de uma questão complexa, com muitas variantes. “Mas é plausível acreditar que as pessoas mais inteligentes não aceitam alguns dos rituais mais improváveis exigidos pelas religiões.”

Fonte: Paulopes

Ladrões levam R$ 20 mil do dízimo de igreja evangélica no Ceará

Os assaltantes chegaram de moto, entraram na igreja, seguiram até a tesouraria e anunciaram o roubo.

Dois assaltantes levaram R$ 20 mil de uma igreja evangélica de Fortaleza na tarde de terça-feira (16). O valor era o resultado das doações dos cultos realizados no final de semana. A polícia ainda não prendeu nenhum suspeito.

O dinheiro da Igreja Pentecostal Deus é Amor, localizada no centro da cidade, estava sendo contabilizado quando dois homens armados renderam fiéis e funcionários e realizaram o assalto.

Segundo a polícia, a ação foi registrada pelas câmeras do circuito interno de segurança do templo. Os assaltantes chegaram de moto, entraram na igreja, seguiram até a tesouraria e anunciaram o roubo. Lá, os funcionários contabilizavam o dinheiro das doações.

O delegado Everardo Lima, do 34º distrito policial, disse que usará as imagens do crime para iniciar as investigações. A reportagem do iG entrou em contato com o administrador da Igreja Pentecostal Deus é Amor em Fortaleza, pastor Marivaldo, mas ele não quis comentar o caso.

Fonte: Último Segundo

Mídia faz mulheres obesas se sentirem envergonhadas

Mulheres que estão acima do peso têm maiores chances de se sentirem julgadas pelas pessoas ao seu redor, mesmo que isso não aconteça realmente.

Até mesmo mulheres obesas que possuem amigos e familiares que as apóiam sofrem com altos níveis de vergonha e desconforto em relação ao seu peso.

Baseando-se nesse argumento, um novo estudo aponta que a origem desse estigma da obesidade pode não estar na rede social da mulher, e sim na mídia. A pesquisadora Alexandra Brewis, da Arizona State University (EUA), diz que “se não são as opiniões de amigos e familiares que nos fazem sentir-nos tão mal em relação a estar acima do peso, então o que é? O que parece ser mais provável é que as mensagens da mídia e da cultura pop são tão penetrantes e poderosas que até mesmo o apoio mais amoroso das pessoas mais próximas a nós nos dá apenas uma proteção limitada contra elas”.

Fonte: Boa Saúde

QUEM PERDOA É DEUS - No próximo sábado, Vaticano concederá perdão a quem abortou

A Igreja Católica deu permissão especial aos padres que ouvirão confissões no Dia Internacional da Juventude.

O Vaticano permitirá que padres concedam o perdão a quem já cometeu o pecado do aborto no próximo sábado, informa um comunicado da Arquidiocese de Madri publicado nesta quarta-feira, 17. A permissão especial foi dada por ocasião do Dia Mundial da Juventude, quando milhares de peregrinos comparecem à confissão em massa promovida pelo papa Bento XVI.

O pecado do aborto geralmente é punido na Igreja Católica com a excomunhão. A peregrinação, porém, será uma oportunidade para que os jovens que forem a Madri tenham uma nova chance na religião, segundo o comunicado. "A concessão serve para facilitar aos fiéis que forem ao Dia Mundial da Juventude a obtenção dos frutos da graça divina", afirma a nota.

No Parque do Retiro, no centro da capital espanhola, foram instaladas 200 cabines de confissão, onde os padres ouvirão as centenas de milhares de fiéis que devem peregrinar. O próprio papa Bento XVI ouvirá os pecados de três jovens e celebrará uma missa ante 6 mil seminaristas.

A visita do pontífice à Espanha começa na quinta-feira e termina no domingo com uma missa no Aeroporto Cuatro Vientos, onde são esperadas mais de 2 milhões de pessoas. Os custos da viagem papal, porém, irritaram alguns grupos, já que ocorrem em um momento no qual o país atravessa dificuldades econômicas, e protestos ocorreram já nesta quarta em Madri.

O primeiro-ministro espanhol, José Luis Zapatero, já entrou em conflito com a Igreja espanhola sobre o aborto. Durante seu mandato, ele alterou as leis e atenuou as restrições para a prática com o objetivo de facilitar a situação de mulheres que lidavam com uma gravidez indesejada.

Fonte: Estadão

CANTOR FERNANDINHO FAZ SHOW EM PARINTINS E NÃO QUERIA MAIS NINGUEM NO PALCO.



Chegou ao nosso conhecimento , de que o Cantor Fernandinho , em seu ultimo show em Parintins , não permitiu que ninguém , ou melhor nenhum outro cantor subisse ao palco antes dele.
É um comportamento de total reprova, pois quem deve aparecer e JESUS CRISTO , E NÃO O HOMEM MORTAL.
 
 
 
 
VEJA OS COMENTARIOS POSTADOS NO TWITTER
 
 
jessica sa lima
 
 
Miréia
 
 
 
Sérgio Maia
 
 
»
itamara
 
 

ALERTA POVO BRASILEIRO - NOSSOS POLITICOS DEVEM ESTAR BRINCANDO COM A GENTE.

A Amazônia está correndo grande risco. A Câmara dos Deputados brasileira aprovou o esvaziamento do Código Florestal. Se não nos mobilizarmos agora, enormes extensões de nossas florestas poderão ficar vulneráveis a um devastador desmatamento.

O projeto de lei gerou revolta e protestos generalizados em todo o país, e a tensão está aumentando. Em uma tentativa de diminuir as críticas, matadores supostamente contratados por madeireiros ilegais assassinaram ativistas ambientais. Mas o movimento está contra-atacando -- em três dias comunidades indígenas corajosas vão liderar enormes marchas por todo o país para demandar ação, e fontes internas dizem que a Presidenta Dilma está considerando vetar as mudanças.

Setenta e nove por cento dos brasileiros querem que Dilma vete as mudanças no Código Florestal, e temos de garantir que nossas vozes serão escutadas, pois a pressão interna está levando a algumas pessoas na administração da Dilma a apoiarem o veto. Clique aqui para assinar a petição e se juntar a marcha para salvar a Amazônia! Nossos números serão mostrados em faixas na frente das marchas que acontecerão em todo o país:

http://www.avaaz.org/po/save_the_amazon_brazil/?vl

André Valadão é indicado para quatro categorias do Troféu Promessas


O cantor André Valadão acaba de ser indicado para quatro categorias do Troféu Promessas como melhor cantor, melhor CD - com o álbum "Minhas Canções", melhor música - com "Até Quando" e melhor clipe "Até Quando".

André Valadão foi avisado pela gravadora e pela organização do evento no início desta semana sobre sua indicação e ficou feliz pelo reconhecimento de seu chamado ministerial. "Acredito fielmente que é honra, e sim muita honra, poder de alguma forma ser um ajudador daqueles que desejam conhecer mais a Jesus e Sua palavra", afirma o cantor.


Para votar em André Valadão no Troféu Promessas, basta acessar o site: http://www.trofeupromessas.com.br/vote/. Ou ainda votar pelo celular (SMS) enviando mensagem:
CANTOR ANDRE PARA 72791
CD ANDRE PARA 72791
MUSICA ANDRE PARA 72791
CLIPE ANDRE PARA 72791

Todos os canais virtuais de André Valadão (www.andrevaladao.com) também vão informar sobre detalhes da premiação e outras novidades. Basta acessar no Facebook: http://facebook.com/andrevaladaoofficial, YouTube http://youtube.com/turneav e no próprio Twitter oficial do cantor @andrevaladao. O resultado e premiação do Troféu Promessas será realizado dia 6 de dezembro de 2011, no Rio de Janeiro (RJ), em local a ser definido. O Troféu Promessas é organizado pela GEO Eventos com apoio da Rede Globo.

André Valadão
Aos 33 anos, André Valadão é um dos nomes mais conhecidos no cenário da música gospel nacional. Na carreira solo desde 2004, nove CDs solo gravado e cinco DVDs, foi por duas vezes indicado ao Grammy Latino. Ele também é pastor voluntário há 11 anos na Igreja Batista da Lagoinha (BH/MG) onde lidera uma reunião toda terça-feira com público médio de seis mil pessoas. André Valadão é casado com Cassiane Valadão e pai do garotinho Lorenzo.

:: Por Elisandra Amâncio
Assessoria de Imprensa André Valadão

MINHA AGENDA ESTA EM ABERTO A PARTIR DE 27 DE SETEMBRO - AGUARDO SEU CONVITE PARA MINISTRARMOS A PALAVRA DE DEUS - Bispo Roberto Torrecilhas - ubpes@yahoo.com.br

Pastor é sequestrado e queimado vivo com as mãos amarradas, na África

Martin Beneke, de 45 anos, era pastor sênior e fundador da Life in Christ Network. O corpo de um pastor sul-africano foi encontrado tot...