quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Presidente de Câmara de Vereadores é morto na Bahia

O presidente da Câmara de Vereadores da cidade de Caém, no norte da Bahia, João Souza Reis (PTB), conhecido como João de Quinho, foi morto nesta quarta-feira, na região de Capim Grosso, também no norte do Estado.
Segundo pessoas próximas à vítima, o parlamentar teria recebido um telefonema para se encontrar com um suposto vendedor de gado em um local próximo ao ponto do crime. Reis teria sido surpreendido em uma estrada com pouco movimento por dois homens em uma moto. De acordo com testemunhas, os criminosos teriam se aproximado do veículo do vereador e atirado.
Policiais Civis e Militares das cidades de Capim Grosso, Caém e Jacobina investigam o caso. Por enquanto, os oficiais trabalham com todas as hipóteses, inclusive a de que houve um crime com motivação política. João de Quinho fazia oposição à atual gestão de Caém.
O corpo do parlamentar foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Jacobina e para ser velado ainda nesta quarta na Câmara de Vereadores de Caém.

Igreja Quadrangular lança sua Bíblia da Mulher

Em outubro último, a Igreja do Evangelho Quadrangular (IEQ) lançou uma edição personalizada da consagrada Bíblia da Mulher. A iniciativa foi possível graças ao projeto Bíblia de Afinidade da SBB.
Igreja Quadrangular lança sua Bíblia da Mulher 142x250 Igreja Quadrangular lança sua Bíblia da Mulher
Intitulada de Bíblia da Mulher Quadrangular e com tiragem inicial de 1,5 mil exemplares, a obra foi concebida para angariar recursos na construção de novos templos da denominação em lugares carentes do estado paulista. Com texto bíblico na tradução Almeida Revista e Atualizada (ARA), possui encarte especial de 20 páginas com o histórico da igreja.
“Foi um grande sonho realizado publicar uma obra dessa importância em parceria com a SBB”, afirma a pastora Soraya Jabur Madureira, coordenadora estadual de mulheres da IEQ.
Segundo ela, a Bíblia nasceu do desejo antigo de abençoar o estado de São Paulo com templos em comunidades necessitadas. “Nossa mulheres abraçaram essa causa com muito amor e empenho. A Bíblia agradou de forma unânime e nos uniu ainda mais em torno de um projeto. Tem sido uma experiência maravilhosa”, testemunha a pastora.
Os interessados (as) em adquirir a Bíblia da Mulher Quadrangular devem entrar em contato por meio do coordgmmsp@hotmail.com ou pelo tel. (19) 3861-2378.

Congresso de Mulheres

A Bíblia da Mulher Quadrangular foi especialmente lançada durante o Congresso Estadual das Mulheres de São Paulo, realizado em Serra Negra (SP), entre 22 e 24 de outubro. Promovido pela Coordenadoria Estadual das Mulheres da Igreja do Evangelho Quadrangular, o evento reuniu mais de cinco mil cristãs e contou com a participação especial da SBB, que também fez no local a divulgação da campanha do Dia da Bíblia 2010.

Fonte: SBB

O sacrifício que estimula a fé; bispo Macedo explica que levará fio de cabelo dos fiéis até o Monte Sinai

O sacrifício que estimula a fé 250x193 O sacrifício que estimula a fé; bispo Macedo explica que levará fio de cabelo dos fiéis até o Monte SinaiNo Templo Maior de Santo Amaro, em São Paulo (SP), no último domingo (29), o bispo Edir Macedo ministrou a reunião do Encontro com Deus e ensinou a todos sobre o sacrifício que estimula a fé.
O bispo explicou que Deus não usa a emoção para sensibilizar as pessoas, mas faz uso da razão e quando a voz Dele encontra eco no coração de quem o ouve, essa pessoa recebe os benefícios da Palavra Dele. “Se não tiver receptividade da voz Dele, então de nada adianta. Jesus falou com a figueira e ela ouviu. O sol se fez quando Deus falou. Por isso, quando o ser humano ouve a voz de Deus tem de haver resultado. Essa é a minha fé, eu creio então eu tomo atitude, obedeço, sigo em frente e Deus tem que honrar essa fé”, declarou.
Ele também fez questão de alertar que conquistar bênçãos é algo fácil, o difícil é mantê-las. Para que isso aconteça é necessário que o cristão esteja firme com Deus, pois as provações aparecem a todos, mas quando a pessoa tem a estrutura para suportá-la, consegue permanecer firme na fé. “Se você não esta fundamentado na rocha, que é Jesus, a sua casa cai e é grande a sua ruína. Por esse motivo que fazemos as campanhas de fé para despertar a sua fé, para que você conquiste o que determinar. Não importa quem você é, o que importa é que dentro de você há um poder chamado fé e quando você usa essa força, então você alcança os benefícios que Deus prometeu na Palavra Dele”, afirmou.
Falando sobre o sacrifício, o bispo usou o exemplo bíblico em que Jesus ungiu a vista do cego com lama e pediu para que ele se lavasse no taque de Siloé, mostrando que cada pessoa precisa de um estímulo para agir a fé (João 9.7). “O estimulo da fé é o sacrifício, você não consegue conquistar nada pela fé sem ele, pois é ele que desperta a força que está dentro de você. Foi com o cajado que Moisés fez os milagres no Egito. Hoje, nós temos o Monte Sinai e temos o Deus que falou com Moisés. Hoje, esse Deus fala conosco, porque Deus falou com ele na época dele.
Quem acreditar e manifestar a fé vai conquistar, pois o Egito está aí. E muitos têm vivido no deserto, na situação de escravo semelhante à situação dos filhos de Israel, que não tinham direito a nada. Outros dizem que saíram do Egito, mas ainda estão sob o domínio da doença, miséria, casamento fracassado, depressão, família destruída e outros diversos problemas. Deus quer libertá-lo dessa vida, mas é preciso que você creia. Por isso vamos levar a sua vida até o monte Sinai, cobrar de Deus uma transformação de vida. Vamos levar sua vida representada por um fio de cabelo”, finalizou convidando as pessoas para participarem da Fogueira Santa de Israel.

Fonte: Arca Universal

Wikileaks promete documentos sobre Vaticano





Religiões também se encontram na mira da organização especializada em divulgar documentação secreta.

Um jornalista empregado pelo Wikileaks para ajudar a divulgar a documentação que tem estado a ser revelada ao longo destes dias garante que nas próximas semanas surgirão telegramas relativos ao Vaticano.

Segundo James Ball, entrevistado pelo jornal britânico Daily Telegraph, alguns dos telegramas diplomáticos americanos fazem referência à Santa Sé. O jornalista não especifica, mas alguns órgãos de comunicação avançam que se trata de comentários entre diplomatas sobre o escândalo de abusos sexuais que afectou a Igreja Católica este ano.

Há dois dias o jornali italiano La Stampa dava conta de uma série de telegramas da altura do conclave, em 2005, com especulações sobre o perfil de um futuro Papa e as suas prioridades. Após a eleição de Bento XVI trocaram-se uma série de impressões sobre a sua personalidade. Após algumas primeiras reacções mais preconceituosas, um diplomata descreveu-o como "admiravelmente humilde, espiritual e de fácil relação", quando finalmente o conheceu pessoalmente.

Eventuais referências ao Papa e ao Vaticano não serão as únicas de tom religioso neste lote de telegramas publicados. Uma série de comunicações sobre a Turquia revelam um grande interesse da parte dos EUA na importância do Islão na política externa daquele país, e no Partido que chefia o Governo nesta altura.

De acordo com a Wikileaks a delegação americana em Ankara é a maior fonte de comunicações publicadas pelo site, com 7918, depois do Gabinete do Secretariado de Estado americano com 8017.

“Isto quer dizer que o país está a focar-se mais no mundo muçulmano e na tradição islâmica na sua política externa? Sem dúvida”, pode ler-se num dos telegramas.

Saudades de Al-Andaluz
Outro, que é citado pela Reuters, analisa as facções dentro do Partido AK, explicando as tendências religiosas dos diferentes deputados, afirmando que os altos quadros do partido pertencem na sua maioria a irmandades islâmicas oficialmente proibidas.

Numa das revelações mais interessantes cita-se o comentário de um membro influente do AK que terá expressado a crença de que o papel da Turquia no mundo é de espalhar o Islão na Europa “para recuperar a Andaluzia e vingar a derrota às portas de Viena em 1683”.

Finalmente, numa análise ao Islão praticado no país nesta altura, descobre-se que na visão dos diplomatas norte-americanos a religião encontra-se: “estupidificada, cheia de hipocrisia, ignorante e intolerante quanto à presença de outras religiões na sociedade, e incapaz de expulsar aqueles que a politizam num sentido radical e anti-ocidental.”

Os clérigos, esses, são na sua maior parte “pouco educados e sempre dispostos a inserir sentimentos anti-cristãos ou anti-judaicos nos seus sermões”. Os muçulmanos dispostos a desafiar as leituras radicais e violentas do alcorão e da tradição islâmica são “excepcionalmente poucos”, lê-se ainda.

Embora o lote de documentos que estão a ser divulgados agora seja essencialmente político, no passado algumas religiões e seitas já viram material seu a ser divulgado pelo Wikileaks. Foi o caso da Igreja dos Santos dos Últimos Dias, conhecidos como Mórmones, e ainda da Igreja da Cientologia. Ambas as instituições processaram o Wikileaks quando esta publicou material seu que deveria ser reservado a um grupo restrito de fiéis, incluindo uma gravação áudio de uma cerimónia num templo Mórmon.


Filipe d'Avillez

Polícia prende líder de seita russa que promovia orgias

O grupo tinha mais de 100 seguidores.
Seitas de todos os tipos têm aparecido na Rússia nos últimos anos, dando bastante trabalho para a polícia anti-extremismo. Mas nenhuma delas incomodou tanto quanto a "Fundação Pelo Auto-Desenvolvimento". Investigadores acabam de prender o líder do grupo, com mais de 100 seguidores, que os encorajava a fazer sexo “sem controle” e na frente das crianças.
O psiquiatra Vyacheslav Vesnin, de Orenburg, no sul da Rússia, não deixava os seguidores beberem álcool ou comerem carne, mas os estimulava a transarem uns com os outros. Muitos vídeos foram confiscados pela polícia, mostrando os crentes fazendo strip tease e sexo comunal, mas um vídeo chamou bastante atenção: o de crianças contando piadas extremamente obscenas, enquanto os adultos riam delas. Também foram vistas cenas de sexo grupal entre adultos assistidas por crianças e adolescentes. 108 extremistas foram presos no meio de uma orgia. Doze deles eram menores de idade.
Ainda da série "bizarrices russas", recentemente a polícia descobriu um grupo de cristãos ortodoxos que passou oito meses sem sair de dentro de um abrigo nuclear subterrâneo, esperando pelo fim do mundo, que parece ainda não ter chegado. Eles garantem que está muito próximo.

Pop/Notícias Cristãs

Arquidiocese mexicana condena homossexualidade, feminismo e ideologia de gênero

México é um dos países com a maior população católica do mundo.
A homossexualidade, o feminismo e a chamada ideologia de gênero são "aberrações" e "desvios" que ameaçam a estrutura básica da sociedade, diz um artigo a ser publicado pela arquidiocese de Guadalajara, uma das principais cidades do México.
O texto — escrito pelo sacerdote Antonio Gutiérrez — será publicado na seção editorial da revista El Semanário, do órgão eclesiástico da capital do estado de Jalisco, no oeste do México, adiantou a imprensa mexicana. A publicação é chefiada pelo cardeal Juan Sandoval Íñiguez.
Para Gutiérrez, que abordou em seu artigo o recém ocorrido ciclo de palestras "Caminho à castidade", existem dois tipos de homossexualidade. Uma seria originada por "maus exemplos" e "outras causas análogas", que "ao menos não é incurável", e a outra seria derivada de "uma espécie de instinto inato ou de constituição patológica que se tem por incurável".
Os atos homossexuais são "intrinsecamente desordenados e não podem receber aprovação em nenhum caso", assinalou o sacerdote, citando as Sagradas Escrituras.
Ele também incluiu o feminismo entre os principais "desvios" e "frequentes aberrações" que tem ocorrido recentemente. A origem deste pensamento, segundo o padre, vem de manifestações opressivas de homens que, "por desgraça, se dão ao luxo de maltratar, humilhar e golpear a mulher".
O texto ainda aponta que a chamada ideologia de gênero é também um desvio que "conseguiu permear diversas instituições políticas, sociais e religiosas".
Gutiérrez entende que esta ideologia prega que a diferença de sexos "não é fundamental, estrutural", mas "cada um tem a liberdade de escolher o gênero que mais lhe agrade, segundo seus próprios gostos sexuais", sentenciou.
A capital do México aprovou, em dezembro de 2009, o casamento entre pessoas do mesmo sexo, em uma das primeiras iniciativas locais da América Latina. Em março deste ano, a Cidade do México também foi o cenário do primeiro casamento homossexual da região .
Ainda de acordo com dados locais, a discriminação por causa de orientação sexual fez com que a média de assassinatos homofóbicos no país passasse de 28 em 1995 e 2000 para 59 nos últimos anos.

  informações da ANSA

‘Alguns choravam’, diz pastor que negociou rendição de traficantes

Evangélico que acompanhou líder do AfroReggae no Complexo do Alemão defende anistia como forma de resolver confrontos no Rio.
Na véspera da invasão da polícia ao Complexo do Alemão, um grupo de cinco pessoas da ONG AfroReggae decidiu subir o conjunto de 14 favelas na Penha, zona norte do Rio de Janeiro, e tentar convencer os traficantes a se entregarem. Liderados pelo diretor-executivo da organização, José Junior, eles argumentaram que a polícia venceria um possível confronto e que inocentes seriam as maiores vítimas. Ao lado de Junior estava um dos coordenadores da área social da entidade, Rogério Menezes, respeitado por traficantes, viciados e detentos do sistema penitenciário do Estado.

José Junior e o pastor Rogério Menezes (de azul) a caminho da favela da Grota, no Complexo do Alemão

Evangelizador da Assembleia de Deus, Rogério é chamado de pastor. Em meio à negociação com os criminosos, no sábado (27), José Junior recorria ao Twitter para mandar informações em tempo real. "Pastor Rogério é o cara que mais salvou vidas que eu conheço. Muitas, inclusive, na Vila Cruzeiro e no Complexo do Alemão. Homem de Deus", escreveu o líder do AfroReggae na ocasião.
Ex-viciado, pastor Rogério admite que já traficou drogas, pegou em armas e cometeu crimes. Foi preso. Sobreviveu a duas overdoses de cocaína, até receber um "sinal" e "ser salvo por Jesus”. Hoje, ele diz que sua vida pregressa o permite compreender o que passa pela cabeça de criminosos e apresentar argumentos para tirar muitos da marginalidade. “Já salvei uns 300 que estavam amarrados para morrer”, garante.
Sobre a ação de retomada do Complexo do Alemão pelo Estado, o pastor diz acreditar “que a intenção foi uma das melhores”. Segundo ele, “o governador tem feito um trabalho muito bom”. Contudo, o religioso defende que somente uma anistia aos traficantes será capaz de pôr fim à ameaça de guerra no Rio. “Proponho que essa decisão seja avaliada pelo governo, pelos parlamentares e pela Justiça.”

A seguir, leia mais sobre o que pensa o pastor.

iG: Às vésperas da polícia invadir a favela, no sábado (27), o senhor e o José Junior entraram no Complexo do Alemão para conversar com os traficantes. Na sua avaliação, esse gesto ajudou a evitar derramamento de sangue?
Rogério Menezes – Sim. Eu e o José Junior estávamos todo o tempo juntos. Ele virava para mim e falava “pô, Rogério, o que a gente pode fazer para ajudar?”. Eu respondia: “Junior, eu sei que é perigoso e arriscado, mas imagina se a polícia entrar? Vai morrer muita gente. Temos de ir lá”. Expliquei que o máximo que poderia acontecer era a gente ser tomado como refém. Falei: “Deus está nos mandando ir”.

iG: O que o senhor pensava naquele momento?
Rogério Menezes - Pelas informações divulgadas pelas autoridades, havia ali mais de mil pessoas com algum envolvimento com o crime. Se houvesse confronto, eles iriam enfrentar, como foi noticiado, 2.600 policiais civis, militares, homens do Exército e da Marinha. Sem contar os inocentes, os jornalistas, imagina o derramamento de sangue que poderia existir... Eu só pensava nisso.

iG: Como vocês chegaram até os traficantes?
Rogério Menezes – Entramos na favela e perguntamos onde eles estavam. Nos orientaram a chegar até a parte mais alta. Encontramos um grupo de cerca de 60 homens, os mais perigosos. Conversamos olho no olho.

iG: E como foi a conversa?
Rogério Menezes – Eles vieram até a gente. Estavam cansados, sem forças até para falar. Nós argumentamos que não dava para eles encararem. E muitos diziam “pastor, me ajuda. Pelo amor de Deus. O que o senhor pode fazer por mim?” O José Junior respondeu que não havia nada que a gente pudesse fazer e que o melhor seria se renderem à polícia; que a única garantia que a gente podia dar era a de que ninguém seria assassinado se aceitasse a rendição.

iG: E eles estavam inclinados a aceitar a proposta?
Rogério Menezes – Um dos chefões virou para mim e falou: “Pastor, o senhor me conhece. Sabe que a minha vida todinha eu tirei dentro da cadeia. O senhor quer que eu volte?” Respondi: “Rapaz, é melhor você se entregar do que ser morto. Você tem uma vida, tem família. Pensa muito bem no que você vai fazer.”

iG: E qual foi a reação?
Rogério Menezes – Muitos deles estavam desesperados, amedrontados. Alguns tremiam, estavam com os olhos arregalados. Outros olhavam para a gente como se fôssemos uma saída, um porto seguro. E a gente foi tentando acalmá-los. Mas eles diziam que era complicado se entregar. Em determinadas facções, se entregar é complicado. Eu sei disso. Hoje sou pastor, mas já fui do crime. Entendo a posição deles. Mas é aquele negócio, para o homem é impossível, mas para Deus tudo é possível.

iG: Quer dizer que alguns queriam se render, mas tinham medo de ser assassinados na cadeia por retaliação da facção criminosa a que pertencem?

Rogério Menezes – É por aí. Cada caso é um caso. Depois dessa conversa que tivemos com eles, 37 se entregaram. Um se apresentou na delegacia com a mãe, a imprensa acompanhou. É o Mister M. Teve um pai que foi entregar o filho por acreditar que isso era melhor do que vê-lo morto pelo Bope. Acredito que eles não viam saída. Eu e o José Junior os motivamos a não irem para o confronto. Ninguém imaginava que o Alemão poderia ser ocupado da forma como foi. O maior mérito foi de Deus. Mas há também o mérito do AfroReggae, do José Junior, que foi muito corajoso.

iG: Qual foi o diálogo com os traficantes que mais marcou o senhor?

Rogério Menezes – Vi homens de alta periculosidade me chamarem no canto e se abrirem para mim e para o José Junior. Teve gente que chorou na nossa frente. Não de medo. Chorou porque não queria o confronto, porque tinha família. Ele estava se sentindo traído por amigos que o deixaram na mão. Foi o momento que mais me compadeceu. Eu ficaria o tempo todo ao lado daquelas pessoas, ainda que a polícia entrasse.

iG: Nesse grupo havia chefes do tráfico?

Rogério Menezes – Positivo. Mas não vou falar disso em detalhes. Meu trabalho é religioso e eles confiam em mim. Quero apenas afirmar que eles não queriam guerra.

iG: Quem falou mais, os senhores ou os traficantes?

Rogério Menezes – Eles ficaram mais tempo calados. Queriam ouvir a gente, queriam uma luz. Eles não estavam conversando com traficantes, mas com pessoas que simbolizavam a paz, a vida. Tem pessoas ali que me conhecem desde 1993, quando comecei a pregar. Muitos eu vi ir para a cadeia, sair da cadeia, visitei na favela. Havia homens com armas nas mãos, mas os que conversavam com a gente não estavam armados. Em momento algum eles diziam que iriam meter bala ou que optariam pelo confronto. Isso eu não vi.

iG: O senhor diz que muitos traficantes não querem se render porque temem retaliações de colegas de facção dentro da cadeia; outros que já ficaram muito tempo presos e não aceitam voltar. A polícia afirma que vai permanecer na favela até realizar as prisões e recuperar as armas. O senhor defende alguma proposta para que não aconteçam novos conflitos?

Rogério Menezes – Sou a favor da anistia. Converso muito com traficantes e com viciados, visito muita boca de fumo. Eu evangelizo muito. Faço um trabalho de Deus, um trabalho do bem, espiritual. Já tirei muitos dessa vida e encaminhei para um emprego. E já vi caso também de pessoas que largaram o crime, se mudaram para outro estado, mas não conseguiram emprego porque devem à Justiça. Tiveram de voltar e retornar para o crime, tinham família. Mas eles me diziam “pastor, o senhor viu que tentei. Voltei para o tráfico, mas não bebo, não me drogo mais, nem a baile funk eu vou. Vai acabar meu plantão na boca e vou para casa ficar com meus filhos”.

iG: O senhor não acha difícil propor para a sociedade que essas pessoas sejam anistiadas sem pagar pelos crimes que cometeram?

Rogério Menezes – É muito difícil responder sobre isso. Como religioso, acho que o culpado disso tudo são as forças espirituais do mal. Vou dar um testemunho da minha vida. Eu trabalhava, ganhava bem, três salários mínimos. Não era de uma vida errada. Mas em um determinado momento me senti sem chão. Tudo começou quando perdi meu pai. Minha mãe arrumou outro homem logo em seguida e eu não aceitei. Ela então me expulsou de casa. Eu tinha 16 anos. Bateu uma depressão tão grande, que perdi meu emprego, não conseguia trabalhar. Era morador da Baixada Fluminense, morava numa comunidade carente, conhecia bandido, conhecia traficante, mas eu era trabalhador. Nem todo mundo que mora dentro de uma comunidade é bandido. Minha família me deu estudo, o melhor que pôde dar. Mas eu caí na vida do crime, me entreguei à bebida, às drogas, fui preso. Houve momentos em que me vi sentado, chorando, querendo sair dessa. Eu despertei, procurei uma casa de recuperação. Tive apoio.

iG: Apesar da visão religiosa do senhor, a anistia não é uma proposta polêmica?

Rogério Menezes – Cada caso é um caso. Proponho que essa decisão seja avaliada pelo governo, pelos parlamentares, pela Justiça. Caso a caso, insisto. Mas, particularmente, eu acredito que num universo com 100% de criminosos, se você oferecer uma oportunidade pelo menos 40% aceitam largar essa vida. É preciso considerar que muitos temem por suas famílias. Se forem presos, quem vai sustentar suas mulheres, seus filhos? Tem que haver um projeto social também.

iG: Muitos bandidos fugiram e a polícia diz que vai capturá-los. O senhor acredita que esses traficantes vão voltar para o Complexo do Alemão futuramente? Ainda pode haver enfrentamento?

Rogério Menezes – Acredito que muitos homens que estavam ali no meio, inclusive os que fugiram, não têm antecedentes criminais. Às vezes até segura uma arma, mas é só um viciado. A polícia tem feito seu trabalho. E cabe à polícia e ao governo continuarem a fazer o seu trabalho. Contudo, também acredito que aquilo ali foi a mão de Deus a fim de despertar esses jovens. Acredito que muitos vão analisar e ver que não vale a pena se envolver com o crime. É a resposta que posso dar para essa pergunta.


iG: O senhor está certo da recuperação dessas pessoas?

Rogério Menezes – Vou dar um exemplo. Trabalha com a gente lá no AfroReggae o Gaúcho. Durante muitos anos ele foi o chefe do Alemão, era um dos mais temidos na área. Ele tirou 28 anos de cadeia e hoje está aí, fora do crime, trabalhando com carteira assinada. Isso é a prova de que enquanto há vida, há esperança. O Bem-te-vi, aquele que morreu na Rocinha, ele vivia me dizendo que queria sair do crime. Eu ia para lá pregar umas sete da noite e ele não me deixava ir embora antes das três, quatro horas da manhã. Ele tinha o prazer de estar do meu lado. Muitas vezes o vi chorar. Ele me dizia “pastor, me ajuda. Quero sair dessa vida, mas não tenho forças. A sociedade me marginaliza, não acredita em mim”. Eu dizia, “rapaz, o mais importante é Deus estar olhando para você. Deus tem um plano para sua vida. Você não pode se entregar à criminalidade”.

iG: Por que evangélicos são tão respeitados pelos criminosos?

Rogério Menezes – No sábado, na hora em que a polícia se posicionou para invadir o Complexo do Alemão, tinha um pastor na entrada da favela de terno e com a Bíblia na mão. Estava ele e a mulher dele. Aliás, havia mais de um, eram muitos. Eles ficaram entre os militares da polícia, do Exército e da Marinha, e os jovens. E eles procuravam esses jovens e diziam para que saíssem dessa vida. Ofereciam apoio: “quer se entregar comigo?”, perguntavam. No momento mais difícil, havendo risco de vida, eles estavam ali. E tem os testemunhos daqueles que saíram do crime e hoje estão aí, vivendo com dignidade. Isso mostra para eles que é possível.

Notícias Cristãs com informações do Último Segundo

01/12/2010 21h25 - Atualizado em 01/12/2010 21h38 Em documento, EUA demonstram preocupação com segurança na Copa Em mensagens, conselheira cita problemas de infraestrutura e apagão. Telegramas estão entre mais de 250 mil documentos vazados por site.

Mensagens enviadas por telegrama da embaixada americana em Brasília e reveladas pelo site WikiLeaks mostram que os Estados Unidos estão preocupados com a segurança da Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016 no Brasil.

A escolha do país como sede das Olimpíadas já era um dos temas das reuniões bilaterais entre diplomatas e militares mesmo antes do anúncio, segundo o site. Em um dos telegramas, a conselheira para assuntos administrativos da embaixada, Cherie Jackson, afirma que o apagão que atingiu 18 estados brasileiros em 10 de novembro de 2009 era uma “excelente ocasião” para tratar do assunto.

“A preocupação, recentemente ampliada, com a infraestrutura brasileira depois do blackout, aliada à necessidade de resolver desafios de infraestrutura na contagem regressiva para a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016, apresentam uma oportunidade para os EUA se envolverem em desenvolvimento de infrastrutura e também na proteção de infraestrutura crítica e segurança cibernética", escreveu Cherie Jackson a Washington.

A conselheira, no entanto, afirma que a segurança física das instalações deve ser uma prioridade cada vez maior à medida que se aproximam os jogos. De acordo com ela, autoridades brasileiras “admitem a possibilidade de um ataque” e estariam identificando as instalações que precisam ser protegidas.

"O Brasil pode estar aberto a buscar cooperação em proteção crítica de insfraestrutura", afirma.
Cherie Jackson faz ainda um apelo para que diversos setores do governo dos EUA explorem as oportunidades a médio prazo no país.

Olímpiadas no Rio - O futuro é hoje
Em outro telegrama, assinado pela ministra-conselheira da embaixada, Lisa Kubiske, aponta oportunidades comerciais e militares. Segundo o site, no dia 24 de dezembro de 2009 o Departamento de Defesa dos EUA recebeu um relatório intitulado “Olimpíadas do Rio – O Futuro é Hoje”.

“O governo brasileiro compreende que enfrenta desafios críticos na preparação dos Jogos de 2016 e demonstrou grande abertura em áreas como compartilhamento de informações a cooperação com o governo dos Estados Unidos - chegando até a admitir que poderia haver a possibilidade de ameaças terroristas", diz o documento.

Segundo o documento, a admissão, "pouco usual" para um "governo que oficialmente acredita que não existe terrorismo no Brasil", foi feita por um assessor do Ministério de Relações Exteriores. "Além de preparar as oportunidades comerciais que os jogos vão oferecer às empresas americanas, o governo dos EUA deveria se aproveitar do interesse do Brasil no sucesso olímpico para progredir na cooperação bilateral em segurança e troca de informações”, diz.
'Jeito tipicamente brasileiro'
Num dos trechos das mensagens, a funcionária da embaixada dos EUA reclama ainda da falta de planejamento para os dois eventos. "Articular os objetivos mais amplos e deixar os detalhes para o último minuto pode ser o jeito tipicamente brasileiro, mas pode gerar problemas", comenta Kubiske.
"Os atrasos que esperamos do governo brasileiro em planejar e executar os trabalhos de preparação para uma Copa do Mundo e Olimpíadas bem-sucedidas com certeza vão gerar um ônus maior para o governo americano poder garantir que os padrões necessários serão alcançados", diz a mensagem.
Kubiske volta a citar as oportunidades para os EUA em se envolver na estrutura e recursos para os jogos. "Já existem oportunidades para o governo americano para buscar colaboração em função dos Jogos, incluindo aumentar a cooperação e a expertise brasileira em contraterrorismo", afirma o telegrama.


Do G1, em São Paulo

Prefeito de Dourados renuncia ao cargo Ari Artuzi está preso acusado de envolvimento em esquema de corrupção. Defesa diz que renúncia visa realização de novas eleições diretas.

O prefeito afastado de Dourados (MS), Ari Artuzi (sem partido), renunciou ao cargo nesta quarta-feira (1º). Ele é acusado de participação num esquema corrupção que incluía pagamento de propina envolvendo vereadores, secretários e empresários.
Artuzi, que nega as acusações, está preso desde o dia 1º de setembro, quando a Polícia Federal realizou uma operação na cidade.
"Se ele renunciasse até 31 de dezembro, garantiria uma eleição direta. Já que ele entende que a Câmara de Vereadores iria acabar cassando ele, porque não há garantia de defesa, nada, ele não quer deixar na mão dos vereadores a decisão do município. (...) Já que ele tem que ser substituído com toda essa confusão, então o povo deve ter o direito de escolher o novo prefeito", justificou o advogado de defesa de Artuzi, Carlos Marques.
O vice-prefeito, Carlinhos Cantor (PR), e ex-presidente da Câmara da cidade, Sidlei Alves (sem partido), também deixaram os cargos. Eles fizeram as renúncias por meio de cartas entregues na prefeitura e Câmara pelos seus advogados.

Televangelista Admite Caso na TV

O influente televangelista Marcus Cordeiro revelou na terça-feira que teve um caso com outra mulher há vários anos.
Ele e sua esposa, Joni, que são fundadores da Rede de Televisão Daystar, fizeram o anúncio durante o programa de TV "Celebration." O casal decidiu contar ao público sobre o caso depois que três pessoas ameaçaram levar a história para a mídia, se a Daystar não lhes pagasse $ 7,5 milhões.
"Eles estão tentando levar a nossa dor e transformá-la em seu ganho," disse Marcus Cordeiro, durante a transmissão ao vivo, como relatado pela Associated Press. "Nós não estamos indo tomar o dinheiro de Deus para não sermos humilhados."
Os três indivíduos que tentaram extorquir milhões de dólares do casal não estavam envolvidos e nem foram afetados pelo caso.
Segundo Joni, a relação entre o marido e outra mulher foi algo emocional que, em seguida, tornou-se "inadequado."
Depois que o Senhor a convenceu de que "valia a pena lutar por," Marcus, o casal iniciou um processo de arrependimento, perdão e restauração por meio de aconselhamento pastoral e responsabilidade pessoal.
Joni disse aos telespectadores que o caso não era um segredo que eles estavam se escondendo, mas sim uma questão pessoal a partir do qual foram privados de cura, por recomendação de seus conselheiros espirituais.
"Joni e Marco escolheram revelar a sua história - e não para dar uma desculpa ao pecado, mas sim para celebrar a vitória da graça de Deus e do propósito redentor de suas vidas," lê-se em uma declaração na Daystar.com.
"Isso resultou em uma visão expandida do ministério focando a restauração do casamento entre casais e famílias, que já vem facilitando o um-para-um entre amigos."
Os Lambs começaram sua carreira no ministério de televisão em 1985. Depois de ganharem reconhecimento, passaram a começar a Rede de Televisão Daystar. Atualmente, a Daystar opera mais de 70 estações de televisão nos principais mercados nos Estados Unidos. Sua audiência nos EUA cresceu de 63 a 80 milhões casas no ano passado e transmite para mais de 200 países.
Juntamente com o co-patrocínio do jornal "Celebration" do programa, Marcus Cordeiro viaja pelo mundo regularmente, pregando.
Marcus e Joni residem em Dallas com seus três filhos, Jonathan, Rachel e Rebecca.

Site WikiLeaks volta ao ar Responsável por vazar documentos dos EUA havia caído nesta quarta. Circunstâncias ainda não estão claras.

O site WikiLeaks, responsável pelo vazamento de milhares de documentos secretos da diplomacia americana desde domingo, voltou ao ar no fim da tarde desta quarta-feira (1º), depois de ter passado boa parte do dia fora de acesso.
O site principal e o hot site com os documentos secretos vazados ficaram fora do ar no Brasil, nos EUA e na Europa.
O acesso aos sites já estava irregular desde o início da divulgação dos documentos. O WikiLeaks relatou estar sob ataque de hackers não identificados e tentou se proteger movendo os sites para servidores da Amazon Web Services.

A Amazon.com Inc. não comentou sobre seu relacionamento com o WikiLeaks ou sobre se teria forçado o site a deixar seus servidores.
Mas o senador independente americano Joe Lieberman disse, em comunicado, que a Amazon informou ter deixado de abrigar o site na manhã desta quarta.
"Gostaria que a Amazon tivesse tomado esta medida antes", continua o comunicado, "considerando a publicação de informação classificada realizada pelo WikiLeaks."
Em sua pagina no Twitter, o Wikileaks ironizou o incidente e deu a entender que o site foi mudado para um servidor na Europa.
Mulher acessa a página inicial do site com os vazamentos do WikiLeaks nesta terça-feira (30) na cidade alemã de Schwerin.Mulher acessa a página inicial do site com os vazamentos do WikiLeaks nesta terça-feira (30) na cidade alemã de Schwerin. (Foto: AFP)

SEM NOÇÃO DO PERIGO - Menino de 9 anos é morto a tiro durante brincadeira em escola.

Garoto estaria brincando de roleta russa com colega de 12, segundo a PM.
A arma seria do irmão do adolescente, de acordo com a polícia.

Um menino de nove anos morreu nesta quarta-feira (1º) em Caratinga, no leste de Minas Gerais, após ser baleado dentro de uma escola municipal, no bairro Santa Cruz, onde estudava. De acordo com a Polícia Militar (PM), o responsável pelo disparo seria um adolescente de 12 anos.
Ainda segundo a PM, os dois estariam brincando de roleta russa com um revólver calibre 38. O menino baleado chegou a ser socorrido e encaminhado para o Pronto-Atendimento Municipal, mas não resistiu.
Policiais da cidade suspeitam que a arma pertença ao irmão do adolescente, que seria conhecido por envolvimento em crimes. Os agentes não deram mais detalhes sobre a arma.

Do G1 MG

GUERRA NO RIO DE JANEIRO - VEJA O TAMANHO DO BRINQUEDINHO DOS TRAFICANTES ---- WAR IN RIO DE JANEIRO - SEE THE SIZE OF DEALING Playtoy.

Policiais militares do 3º BPM (Méier) encontraram no início da tarde desta quarta-feira (1º) um armamento pesado das Forças Armadas escondido no alicerce de uma casa na localidade do Coqueiral, no Conjuntos de Favelas do Alemão, na Penha, Zona Norte do Rio.
Armamento da década de 40
Procurado pelo G1, o Comando Militar do Leste, no Rio, informou que a arma "parece ser um lança rojão (bazuca) antigo, possivelmente da década de 40 (II Guerra mundial)".
O armamento impressiona até mesmo os agentes envolvidos na megaoperação antitráfico.
A polícia ainda não sabe informar, no entanto, se a arma estaria em condições de uso. Isso só poderá ser confirmado depois que o armamento passar por perícia.
Bazuca encontrada no Complexo do AlemãoBazuca encontrada em casa no Complexo do Alemão (Foto: Glauco Araújo/G1)

MANIFESTO DE CARGA MORAL - por Pastor Samuel Câmara.


A vida também é semelhante. Algumas pessoas são reverenciadas e honradas pela riqueza e poder que possuem, até que o “manifesto de carga” de seu patrimônio moral seja finalmente revelado.

Há tão fartos exemplos na vida, tão exaustivamente esmiuçados, que se torna desnecessário voltar a mencioná-los. Mas, infelizmente, há de se fazer notar que, como resultado de uma equivocada inversão de valores, não poucas pessoas acham que alguém deva ser honrado e reverenciado simplesmente por ser rico e poderoso, mesmo que seja ímpio e reprovável.

Por outro lado, se uma pessoa vive uma vida honrada e bem disciplinada, é considerada por muitos como menos digna de consideração, se for pobre. Mas com o tempo, quando o “manifesto de carga” moral de cada um é encontrado, revela finalmente qual vida contém algo de valor duradouro, ou nada que valha a pena.

Como podemos avaliar o significado de nossas vidas e o tesouro que elas contém? Todos sabemos que bem no fundo do nosso ser algo nos diz que tal coisa não pode ser medida em termos de riqueza, fama ou poder.

Jesus ensina que uma pessoa é conhecida pelas suas atitudes na vida: “Pelos seus frutos os conhecereis. Assim, toda árvore boa produz bons frutos, porém a árvore má produz frutos maus” (Mt 7.16,17).

Conta-se a história de uma dedicada serva de Deus que, embora frágil, tinha forças para cuidar dedicada e amorosamente de doentes terminais de várias moléstias. Um rico proprietário de uma companhia de petróleo, que a visitava e queria destinar uma generosa doação àquele fim, lhe disse: “Irmã, eu não faria isso por dinheiro nenhum no mundo”. Ao que a franzina mulher respondeu: “Nem eu”.

O “manifesto de carga” da sua vida demonstrou que o seu tesouro era servir aos outros e isso não tinha preço.

Há pessoas que tentam a todo custo alardear suas virtudes e acabam por se tornar alvos fáceis do patrulhamento de gratuitos plantonistas da virtude, que procuram mostrar somente seus defeitos, o pior “manifesto de carga” possível, como se nada mais houvesse de bom ou valoroso naquela vida.

Os discípulos de Jesus gastavam muito tempo tentando descobrir qual deles seria o maior. Jesus falou-lhes repetidas vezes que o maior dentre eles seria quem mais servisse, não o contrário. E acrescentou dizendo que Satanás havia reclamado o direito de “peneirá-los como trigo”, mas que Ele mesmo havia orado, especialmente por Pedro, para que a sua fé não desfalecesse quando o “manifesto de carga” moral da sua vida fosse finalmente demonstrado (Lc 22.31).

Essa peneiração tinha o sentido de deixar cair o trigo (o bom de suas vidas) e soltar ao vento toda a palha (o que não prestava). Os discípulos aprenderam essa dura lição e, tempos depois, puderam demonstrar ao mundo o tesouro de valores morais e espirituais que Jesus construíra em suas vidas.

Há situações em que ninguém encontrará nada de errado numa vida, mas mesmo assim dará um jeito de criar situações embaraçosas. Foi assim com Jesus. Por inveja enviaram soldados para prendê-lo, mas estes voltaram dizendo: “Jamais alguém falou como este homem” (Jo 7.46). O “manifesto de carga” moral da Sua vida dizia que Ele era digno e santo: “Cristo sofreu em vosso lugar, deixando-vos exemplo para seguirdes os seus passos, o qual não cometeu pecado, nem dolo algum se achou em sua boca” (1 Pe 2.22).

Foi assim também com Daniel, que tinha uma alta posição na corte de Babilônia. Quando o reino babilônico caiu, conquistado pelo medo-persa Dario, este queria colocá-lo como primeiro-ministro. “Então, os presidentes e os sátrapas procuravam ocasião para acusar a Daniel a respeito do reino; mas não puderam achá-la, nem culpa alguma; porque ele era fiel, e não se achava nele nenhum erro nem culpa” (Dn 6.4).

Então eles forjaram uma lei que ordenava que por trinta dias ninguém poderia pedir coisa alguma a nenhuma outra pessoa ou deus, só ao rei. Então, a “CPI Babilônica” achou a única acusação contra Daniel: ele orava a Deus três vezes ao dia.

O julgamento da História é implacável. O “manifesto de carga” moral de uma vida será a palavra final do tipo de tesouro que representou toda a sua existência.

Samuel Câmara - Pastor da Assembléia de Deus Belém / PA - Igreja Mãe

Substância poluente, mercúrio faz com que garças adotem comportamento homossexual

Baixos níves de mercúrio na dieta de machos da garça ibis branca fazem com que os pássaros se acasalem entre eles --e não com fêmeas. O resultado disso é que os bichos não conseguem se reproduzir.
Esta é a primeira vez que uma substância poluente altera a preferência sexual de um animal.
Muitos produtos químicos podem acentuar comportamentos femininos entre os machos ou reduzir a fertilidade deles, mas ainda assim eles continuam preferindo as fêmeas. Mas este não é o caso do mercúrio.
Gerardo Garcia/Reuters
Ao ingerir metilmercúrio, garça adotou comportamento 
homossexual, o que diminui a reprodução da ave
Ao ingerir metilmercúrio, garça adotou comportamento homossexual, o que diminui a reprodução da ave
O mercúrio é extremamente tóxico --especialmente na forma de metilmercúrio-- por coibir a reprodução de aves selvagens. Isso ocorre pela interrupção de seu instintos naturais de gerar filhotes.
Os pesquisadores Pedro Frederico, da Universidade da Flórida (EUA), e Jayasena Nilmini, da Universidade de Peradeniya (Sri Lanka), capturaram 160 jovens íbis branco do sul da Flórida, que foram alimentados com metilmercúrio e monitorados de perto, para descobrir se o mercúrio também afetou o acasalamento.
Ao que tudo indica, não. Em três grupos de pássaros que receberam a dosagem, houve mais machos homossexuais. Os casais de machos fizeram a corte entre eles, construíram ninhos e viveram juntos por várias semanas. Doses mais altas de metilmercúrio aumentaram esse efeito.
Os efeitos do metilmercúrio seriam graves para a perpetuação dos animais alerta o pesquisador. "No pior cenário, a produção de jovens cairia 50%", diz.
Outras aves provavelmente poderiam também ser afetadas pelo mercúrio, embora não está claro de quais espécies. Não há ainda qualquer evidência que o mercúrio tenha o mesmo efeito em seres humanos.

MICHAEL MARSHALL
DA "NEW SCIENTIST"
Da Folha.com 

SOS da Vida 2010 ocorrerá no dia 11/12 em Taboão da Serra (SP), confira atrações


SOS da Vida 2010 ocorrerá no dia 11/12 em Taboão da Serra (SP), 
confira atrações
Um grande evento que reunirá os mais diversos estilos da música gospel. Essa é a promessa do SOS da Vida Festival – Sustentabilidade. O festival ocorrerá no dia 11 de dezembro de 2010 na Praça Luiz Gonzaga em Taboão da Serra (SP) e o tema principal é a sustentabilidade.
Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Biblia Online Além dos shows, o festival contará ainda com sorteios, oficina de reciclagem, circuito de skate, palestras sobre reciclagem e esportes radicais.

Confira abaixo a lista das atrações do SOS da Vida 2010, em Taboão da Serra:

- Elvis Gospel Band (Cover Oficial do Elvis em São Paulo)
- Apogeu
- Yunick
- Codigo C
- Praise Machine
- DJ MP7
- DJ Pulga Man
- Renascer Praise
- Renato Monteiro
- Moisés Torres
- Ministério Mergulhar
- Dust
- Calvário
- Elohim
- Setma
- Atrefo
- Tributo Ministério de Louvor
- Conserto

Veja abaixo o cartaz de divulgação:


Fonte: Gospel+
Com informações da Coordenação do SOS da Vida Gospel Festival

4000 pessoas participam da Escola de líderes do Pr. Silas Malafaia

Começou ontem em Águas de Lindoia (SP), a 2ª Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo (Eslavec). O propósito do evento é capacitar a liderança evangélica brasileira e investir na formação de jovens com vocação ministerial.
Durante a Eslavec serão ministradas 13 palestras,cujos preletores são os pastores Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo; Marco Antônio Peixoto, da Comunidade Evangélica Internacional da Zona Sul; Cláudio Duarte, da Igreja Batista Monte Horebe; Josué Gonçalves, da Assembleia de Deus em Bragança Paulista; e o apóstolo Rinaldo Luiz de Seixas, da Igreja Bola de Neve.
A Escola de Líderes contará ainda com a participação internacional dos pastores e conferencistas Myles Munroe e Robb Thompson. Os norte-americanos vieram ao Brasil especialmente para a Eslavec, que também oferecerá uma programação especial às esposas de pastores, com a Drª Elizete Malafaia e as pastoras Ruth Munroe, Ezenete Rodrigues, da Igreja Batista da Lagoinha, e Linda Thompson. Para o evento feminino são esperadas 1.500 mulheres.
Nani Azevedo, Marco Aurélio, Rachel Malafaia, Eduardo e Silvana, Kainón e Dayan de Alencar adorarão a Deus com louvores.
Este ano, a Eslavec receberá quatro mil participantes,de todos os estados brasileiros.Na primeira edição, em 2009, participaram cerca de 1.800 pessoas.
Toda essa movimentação gera empregos temporários e atrai a atenção dos moradores da cidade, já que uma megatenda, de 2.400 metros quadrados (foto), foi erguida para sediar o evento num dos principais pontos turísticos de Águas de Lindoia: a praça Burle Marx, localizada em frente ao Resort Monte Real.
O encerramento da 2ª Eslavec será no dia 4 de dezembro.

Fonte: AVEC News

Pr. Marco Antônio Peixoto exorta líderes do ESLAVEC

A segunda conferência da Eslavec nesta terça-feira contou com uma palavra de exortação do pastor Marco Antônio Peixoto, da Comunidade Internacional da Zona Sul no Flamengo (RJ), precedida por um breve período de adoração.
Nani Azevedo abriu a segunda conferência e depois passou a palavra de louvor a Rachel Malafaia que, desta vez, não subiu ao palco sozinha. Ela contou com a companhia especial de sua filha Hadassah. Sorridente e bem à vontade no palco, a pequenina arriscou até dar tchauzinho e dizer "oi" ao microfone para o público. O louvor escolhido pela cantora foi Poderoso, uma das canções do repertório do CD de Ao Deus vivo.
Como o foco do evento é a ministração da Palavra, logo em seguida o pastor Marco assumiu o microfone para falar sobre a mensagem intitulada Possuindo o manto, baseada no texto de 1 Reis 2.9, que retrata o episódio em que o rei Davi aconselhou o seu filho Salomão, sucessor do trono real. "Carisma não é a primeira coisa que devemos olhar em um líder. Dons sem caráter não são nada. O homem de Deus, quando sábio, até na 'hora de passar' para o Senhor Jesus tem direção, discernimento e conselhos sábios", comentou o pastor Marco Antônio.
No desenrolar da mensagem, a multidão respondia com aplausos e manifestação de adoração a Deus as palavras de confronto de caráter. Semelhante à pregação de abertura ministrada pelo pastor Silas Malafaia, o pastor Marco Antônio, que só chegou hoje ao evento, também falou sobre o profeta Eliseu. "O servo de Elias, o profeta Eliseu, pediu porção dobrada respaldado na Palavra de Deus. Antes de pedir, Eliseu deu exemplo", enfatizou o preletor. "Só de estarmos aqui já é um sinal de Deus. O Espírito Santo o moveu para estar aqui, para que possamos falar a mesma linguagem. Prepare-se, Deus vai fazer grandes coisas no Brasil por meio da sua vida", complementou o pastor Marco Antônio.

Fonte: Vitória em Cristo

Negado pelo TRT, pastora não consegue provar vínculo empregatício

A 9ª Câmara do TRT-15 (Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região) não reconheceu vínculo empregatício de pastora evangélica em relação à igreja em que pregava.



Admitida em 2006, foi dispensada três anos e um mês depois sem justa causa. A pastora afirmou, segundo consta do processo na 1ª Vara do Trabalho de Araraquara, que “não teve o seu contrato de trabalho reconhecido; sofreu dano moral; não recebeu, corretamente, as férias, os trezenos salários e as verbas rescisórias”, apesar de ter dito, em depoimento “que o serviço prestado na reclamada era com intuito de fé”.A igreja alegou que “inexistiu o alegado vínculo empregatício”, mas confirmou que a pastora recebia contribuição pecuniária de 30%, como todos os demais responsáveis de igreja recebem, para ajuda de custo.O juízo de primeira instância julgou totalmente improcedente o pedido da pastora, com base no entendimento de que “o trabalho religioso, cujo vínculo se centra na fé não caracteriza o vínculo empregatício”. A decisão de primeira instância ainda lembrou que “a fé não é, ou não deveria ser, objeto de comercialização ou de interesse econômico”. Inconformada, a pastora recorreu.
Decisão
O relator do acórdão no TRT, desembargador Gerson Lacerda Pistori, afirmou que “em linha com a hipótese excepcional prevista na Lei Previdenciária, que admite o recolhimento como autônomo para pastores e padres das religiões sem fins lucrativos, não se deve reconhecer o vínculo empregatício entre quem exerce o sacerdócio e a respectiva entidade religiosa. E a principal justificativa está no fato de que o sacerdócio deve ser entendido como uma vocação, mas nunca como uma profissão”.



Fonte: Última Instância

Corpo de filha de pastor da Assembleia de Deus é enterrado

O corpo de Suellen Mendes Lobato, de 20 anos, filha do pastor Joab Pinheiro Lobato, 48 anos, da Congregação das Assembleias de Deus do bairro Ponte Alta, em Volta Redonda, foi enterrado na tarde de hoje (30), no Cemitério Parque São Francisco, em Barra Mansa, após ter sido velado em uma capela no Cemitério Municipal de Barra Mansa. Cerca de 80 pessoas, entre familiares e amigos, compareceram ao enterro, que ocorreu por volta das 15h30.
Suellen estava internada no hospital municipal de Governador Valadares há 40 dias e sofreu uma parada cardíaca ontem (29), mas não resistiu.


O pastor Joab, sua mulher, Ana Lúcia de Souza Mendes Lobato, 40 anos, e Joas Mendes Lobato, um de seus filhos gêmeos de 15 anos, morreram em acidente na noite de 19 de outubro, na BR-116 (Rio-Bahia), na cidade de Engenheiro Caldas, no Vale do Rio Doce, em Minas Gerais.


O acidente gerou comoção entre a população de Barra Mansa e Volta Redonda.
Também estava no carro o outro filho do casal, Jean Mendes Lobato, de 15 anos, que, desde o dia 21 de outubro, mora em Barra Mansa com os avós. O carro do pastor Joab era dirigido por Dirceu de Oliveira Garbero, de 41 anos, que também ficou internado no hospital de Governador Valadares, mas teve alta dois dias depois do acidente.
 
Fonte: Diário do Vale

VOCÊ GOSTA DE TOMAR MUIIITA COCA COLA ?

Esse é um rótulo da Coca Cola virado ao contrário.
cocacola5.jpg
Quem sabe se você se esforçar um pouco pode encontra a mensagem “Alô diabo” kk


cocacola4.jpg
PENSANDO MELHOR , QUERO ÁGUA GELADA OU SEM GELO.

Coca-Cola doa antiga fábrica a igreja

 
A Coca-Cola doou sua fábrica de engarrafamento em Albany Geórgia (EUA) para a Igreja Batista Sherwood. A construção de 60 mil metros quadrados, avaliada em 590 mil dólares, havia sido colocada a venda há últimos dois anos.
Na página do Facebook a igreja diz que planeja usar a doação como um mecanismo como um centro de apoio a comunidade.


"Esse é o momento oportuno para celebrar e agradecer ao Senhor que nos concedeu essa benção. Agora estaremos mais preparados para compartilhar a Palavra de Deus e atender as necessidades da comunidade. Agradecemos também a generosidade da Coca-Cola".
O edifício estava à venda há dois anos e a decisão da empresa surpreendeu até o agente imobiliário Woody Watson, que estava lidando com o anúncio do imóvel.  "Estou surpreendido com a decisão, pois a empresa tinha várias ofertas pela propriedade. Pensei que o negócio já estava feito".
Para o pastor da igreja e ex-gerente da Coca-Cola, Jim McBride, essa foi uma grande benção para a igreja. "Não estávamos perseguindo essa doação. Há poucos dias recebemos um telefonema do pessoal da empresa dizendo que gostariam de doar o prédio para a igreja", disse McBride.

Fonte: Charisma News / Redação CPAD News


Via: www.guiame.com.br

Homens são presos por assalto a igreja evangélica

Três assaltantes que vinham praticando vários roubos na cidade de Sapezal - 480 km a Noroeste do Mato Grosso - foram presos, na tarde de quarta-feira (16.04), pela Delegacia da Polícia Civil local. Os suspeitos Vanilson Ornelas, Reginaldo Moreira e Jonathas da Silva, foram presos por mandados de prisão preventiva, na periferia da cidade.
O trio é acusado de roubar dois hotéis, uma lanchonete e uma igreja evangélica, em menos de uma semana. Na igreja, eles entraram armado durante o culto e assaltaram 12 fiéis. Os suspeitos foram identificados e reconhecidos pelas vitimas.
Com os presos, os policiais encontraram um revólver municiado utilizado nos roubos e ainda parte dos objetos roubados, os quais foram devolvidos as vitimas.


Fonte: O Documento - MT
Via: GUIAME.com.br
Postado por João Neto

Igrejas evangélicas são assaltadas em pleno culto

arma igreja
Pela segunda vez em menos de 15 dias, mais uma igreja evangélica foi assaltada em Niterói, município do Estado do Rio. Em pleno culto de domingo, o Centro Evangelístico Internacional (CEI), foi atacado por cinco homens, que levaram cerca de R$ 15 mil de dízimos e ofertas, a menos de 200 metros da 77a DP (Icaraí). Os bandidos renderam obreiros que recolhiam as doações e fugiram num Astra que, segundo testemunhas, tinha a cobertura de uma moto.
Os assaltantes assistiram parte do culto, que teve o batismo de 61 pessoas. Um dos bandidos foi contido e imobilizado por um fiel, que acabou sendo surpreendido por outro assaltante, que estava sentado no banco da igreja evangélica que estava lotada, com cerca de mil pessoas.
- Não queremos matar ninguém. Só queremos o dinheiro - teria dito o assaltante, segundo uma fiel que não quis se identificar.
A ação durou menos de cinco minutos, por volta das 11h30m. Dois homens anunciaram o assalto a um dos obreiros que acabara de recolher as doações. Outro homem estava na cobertura, dentro do templo. Eles se juntaram a outros dois que estavam no Astra. Uma equipe da 77a DP - que passava pela porta da igreja - foi alertada e tentou perseguir os assaltantes, sem êxito. O outro assalto ocorreu na Primeira Igreja Batista de Niterói, no domingo, dia 8.
Há pouco a igreja de um pastor amigo também foi assaltada. O desparate dos bandidos chegou ao ponto de um deles defecar no chão do gabinete pastoral. Caro leitor, noticias como estas nos dão a impressão que a sociedade brasileira está completamente desgovernada.
Lamentavelmente os criminosos que até então "respeitavam" as igrejas, não o fazem mais.
Pois é, sinceramente não sei aonde vamos parar! Definitivamente vivemos dias de extremo horror! Ouso afirmar que estamos vivendo um dos momentos mais obscuros da história recente do nosso estado, aonde assassinatos e crimes se tornaram ícones de uma sociedade decadente e imoral.
Diante do quadro que se apresenta, corremos sérios riscos de institucionalizarmos a banalização da vida, fato este, que nos leva a entender a URGÊNCIA de atacarmos veementemente a passividade que nos tem adornado.
Está na hora da Igreja de Jesus se levantar! Sem sombra de dúvidas o momento é unico e emblemático, o que nos leva entender de que os cidadãos desta nação precisam discernir que calar-se diante do caos que nos cerca colaborará significativamente a instalação de um estado de caos e desgoverno.
Lembre-se; "Para que o mal triunfe, é necessário apenas que os homens de bem permaneçam inativos".
Pense nisso!

Fonte: Renato Vargens / Profetico

Igrejas evangélicas viram alvo de assaltantes no interior de SP

Equipamentos eletrônicos chamam a atenção dos criminosos.
Em Araraquara, cinco templos foram furtados em um mês.



igreja araraquaraIgreja em Araraquara foi alvo de assaltantes (Foto:
Reprodução/EPTV)
Os equipamentos eletrônicos de igrejas evangélicas viraram alvos de ladrões em São Carlos e Araraquara, na região central do Estado de São Paulo. Para evitar o prejuízo, as igrejas estão investindo em segurança.
Em Araraquara, cinco templos foram furtados apenas neste mês. De um deles, localizado no bairro Santana, foram levados todos os equipamentos de som e instrumentos musicais, causando um prejuízo de R$ 25 mil.
Em São Carlos, no último final de semana, uma igreja foi assaltada pela décima vez, segundo fiéis. Em uma das ocasiões, os bandidos roubaram os equipamentos de som e voltaram na noite seguinte para levar o que havia na cozinha.
Na madrugada de domingo (28), os ladrões voltaram novamente e levaram todo o sistema de som, avaliado em R$ 15 mil. Primeiro, eles tentaram entrar pela porta da frente, mas só conseguiram acesso pela entrada lateral desparafusando as trancas.
“Colocamos uma porta reforçada, travas, pensando que não vai acontecer mais”, lamentou a pastora Nilda de Oliveira. O pastor José Paulo Bocelli, de uma igreja do bairro Boa Vista, também reforçou a segurança. “Investimos em alarmes e uma empresa de segurança faz monitoramento”, explicou.
De acordo com a Polícia Militar de São Carlos, dos mais de 200 furtos e roubos registrados neste mês na cidade, apenas três foram em templos religiosos. O capitão Paulo César Belonci, comandante da PM, acredita que os bandidos são usuários de drogas. “Eles subtraem tudo para trocar por entorpecente”, disse. Belonci ainda disse que o patrulhamento é reforçado quando mais de um roubo é registrado em um bairro.

 Do G1 SP, com informações da EPTV

EUA avaliam que submarino nuclear é 'elefante branco'

Wikileaks
Dois telegramas produzidos pela Embaixada dos EUA em Brasília no início de 2009 fazem duras críticas à Estratégia Nacional de Defesa lançada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em dezembro de 2008.
Em um desses dois despachos aos quais a Folha teve acesso, ambos assinados pelo então embaixador norte-americano no Brasil, Clifford Sobel, há uma contestação sobre como as Forças Armadas brasileiras serão empregadas no futuro, sobretudo na proteção do mar territorial do país por causa da descoberta das reservas de petróleo da camada do pré-sal.
"Não há (...) informação sobre as possíveis ameaças a áreas de reserva de petróleo e a que a Marinha terá de responder contra-atacando, tornando difícil, por exemplo, avaliar a declaração contida na estratégia de que um submarino nuclear será necessário para proteger essas instalações", diz o telegrama, datado de 9 de janeiro de 2009.
A diplomacia norte-americana classifica como "consistente" o objetivo de modernizar o setor militar no Brasil, mas faz então uma ressalva: "Deixando de lado elefantes brancos politicamente populares como o submarino movido a energia nuclear".
O desejo da Marinha de ter um submarino nuclear é citado sete vezes nos dois telegramas da diplomacia dos EUA. Ao final, esse equipamento é jogado numa lista de itens que podem impedir a concretização da Estratégia Nacional de Defesa.
"Há (...) sérias questões sobre o quanto desse plano será realizado, particularmente com outras supostas prioridades estratégicas, incluindo (...) submarinos nucleares e apoio governamental a empresas do setor de defesa que não sejam competitivas, algo que pode provocar o surgimento de buracos negros que vão sugar todos os recursos disponíveis", diz o telegrama, confidencial.
A compra dos submarinos foi fechada em setembro de 2009. São quatro modelos convencionais Scorpène e o desenvolvimento do casco e da integração de um reator brasileiro a uma unidade com propulsão nuclear. O negócio soma 6,5 bilhões de euros (R$ 14,5 bilhões pela cotação de ontem).
Os dois documentos (um total de 12 páginas) a que a Folha teve acesso ontem fazem parte de um grande lote de telegramas dos diplomatas dos EUA que estão sendo vazados desde domingo pela organização não governamental WikiLeaks.
As informações estão surgindo no site da entidade. A Folha.com criou uma seção especial sobre o caso.
Os telegramas lidos pela Folha são dedicados a analisar a Estratégia Nacional de Defesa do Brasil.
Os textos chamam a atenção para o fato de que o governo "permite 'parceiros estratégicos', mas esses são vistos como os países que aceitam transferir tecnologias que tornarão o Brasil mais independente, não como um colaborador em operações de segurança".
MANGABEIRA
O então embaixador dos EUA escreve em um trecho que "parece que Lula dá atenção" ao que dizia o então ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos, Mangabeira Unger. Na verdade, a influência dele --hoje fora do governo-- era mais retórica do que prática.

FERNANDO RODRIGUES
Colaborou IGOR GIELOW de Brasília

CORRUPÇÃO ATIVA NA GUERRA NO RIO DE JANEIRO CONTRA O TRÁFICO ---- 70 KILOS DE OURO PARA DEIXAR OS LIDERES DO TRÁFICO DO MORRO DO ALEMÃO ESCAPAREM

Policiais militares teriam recebido mais de 70 kg de ouro para deixar os principais traficantes do Conjunto de Favelas do Alemão escaparem antes da invasão de domingo (28). A denúncia foi feita por um morador do local.

De acordo com o corregedor da Secretaria de Segurança Pública, Giuseppe Vitagliano, a denúncia será investigada. “A denúncia ainda está um pouco vaga, mas nós já iniciamos a apuração. Procuramos reunir provas para punir os autores ou autor do desvio de conduta”, disse.
Moradores também contaram à polícia que bandidos fugiram por uma rede de esgotos em obras. Segundo a denúncia, os traficantes teriam obrigado operários a construir túneis.
O chefe da Polícia Civil, Allan Turnowski, nega que haja qualquer investigação que aponte o envolvimento de funcionários do estado com a construção de túneis. “Isso não existe. Não há participação de funcionários, não há qualquer escuta telefônica e não há qualquer investigação que aponte isso”, afirmou.

G1.

Pastor é sequestrado e queimado vivo com as mãos amarradas, na África

Martin Beneke, de 45 anos, era pastor sênior e fundador da Life in Christ Network. O corpo de um pastor sul-africano foi encontrado tot...