Postagens

Mostrando postagens de Junho 7, 2013

NESSA SEXTA , SÁBADO E DOMINGO - GRANDE FESTA DE INAUGURAÇÃO DA NOVA IGREJA DO MINISTÉRIO GERAÇÃO GRAÇA E PAZ EM JAGUARIÚNA - SP

Imagem
VOCÊ É MEU CONVIDADO (A) .
Graças a Deus estaremos fazendo nossa inauguração oficial nos dias 07,08 e 09  de Junho .






PALAVRA DE DEUS COM O BISPO ROBERTO TORRECILHAS
TODOS SÃO NOSSOS CONVIDADOS . RUA MARANHÃO 156 - CENTRO DE JAGUARIÚNA - SÃO PAULO . INFORMAÇÕES - 019 8292 7812 = 019 9137 1059  INICIO DOS CULTOS AS 19.00  HORAS .

MAIS UM MILAGRE DE DEUS ACONTECEU NA IGREJA DO MINISTÉRIO GERAÇÃO GRAÇA E PAZ

Nossa irmã Marlene , que é membra da Igreja DO MINISTÉRIO GERAÇÃO GRAÇA E PAZ  em Jaguariúna tem estado muito alegre por esses dais.
Quando ela começou a frequentar a igreja , ela estava acometida de uma doença que poderia leva la a morte .
MAS APÓS A ORAÇÃO FORTE DO HOMEM DE DEUS , BISPO ROBERTO , ELA FICOU TOTALMENTE CURADA , E HOJE TEM TESTEMUNHADO ESSE MILAGRE.
Semana passada pegou o resultado final na UNICAMP e foi constatado a cura total de sua enfermidade.


Isso acontece porque em nossa igreja pregamos o verdadeiro evangelho , que salva , cura , tranforma , resgata etc.

Venha você também viver milagres de Deus em sua vida.


MINISTÉRIO GERAÇÃO GRAÇA E PAZ
RUA MARANHÃO 156- CENTRO DE JAGUARIÚNA.

Abner Ferreira critica STF durante manifestação em Brasília

Imagem
Em evento na Esplanada dos Ministérios diversas lideranças religiosas reuniram cerca de 70 mil pessoas nesta quarta-feira (05) para defender o direito de liberdade de expressão e a família tradicional.
Um dos primeiros a discursar durante o evento foi o Pastor Abner Ferreira, da Assembleia de Deus em Madureira, Rio de Janeiro. Durante sua fala, Abner criticou duramente o casamento entre pessoas do mesmo sexo se dirigindo ao STF.
“Quero dizer aos senhores ministros do Supremo, ao Executivo, ao Legislativo, que não vamos nos submeter a essas leis. Independentemente do que for decidido, a Bíblia diz que a prática homossexual é pecado diante de Deus e vocês não vão calar a nossa boca. A Bíblia diz que Deus fez macho e fêmea”. Completou o Pastor.
Durante a manifestação, os demais líderes evangélicos criticaram os esforços de parlamentares ligados a movimentos sociais que tentam criminalizar a homofobia. Os pastores reiteraram que qualquer um tem o direito de se expressar livremente…

Deputado evangélico critica manifestação em Brasília

Imagem
Pelo Twitter o deputado estadual Carlos Bezerra Jr (PSDB) criticou a manifestação que aconteceu em Brasília na quarta-feira (5) pela liberdade de expressão, religiosa e pela família tradicional. Para ele, que é pastor evangélico da igreja Comunidade da Graça, há outras causas que merecem a atenção dos cristãos além das ligadas aos valores morais e sexuais.
“Porque só temas morais mobilizam nosso povo evangélico e nossos representantes? Não é também imoral a corrupção, a violência, o trabalho escravo?”, questionou ele nesta quinta-feira (6). Em seguida o deputado paulista listou alguns motivos que mereciam ser tratados em uma manifestação promovida por cristãos:
“Sonho com o dia em que os cristãos desse país farão marchas contra a corrupção, contra a violência, por melhores escolas e hospitais… Sonho com o dia em que os cristãos desse país farão marchas pela erradicação da miséria e do trabalho escravo…Sonho com o dia em que os cristãos desse país farão marchas contra todas …

ANAJURE repudia resolução do CNJ sobre o casamento gay

Imagem
O CNJ aprovou a resolução no dia 14 de maio, obrigando os cartórios a celebrarem o casamento civil.

Nesta quinta-feira, a Associação Nacional de Juristas Evangélicos (ANAJURE) publicou uma Carta Aberta, repudiando a decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que obriga os cartórios de todo o país a celebrar o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo. A organização informou que vai tomar medidas quanto a ação tomada.

“A ANAJURE emite Parecer constante desta Carta Aberta na qual, de plano, repudia, com a devida vênia, a edição da Resolução Nº 175/2013 do CNJ por ser esta formal e materialmente inconstitucional”, informa a organização cristã, na Carta que foi enviada ao The Christian Post.

O CNJ aprovou a resolução no dia 14 de maio, obrigando os cartórios a não somente celebrarem o casamento civil, como também a transformarem a união estável homoafetiva em casamento.

Segundo a ANAJURE, o CNJ não respeitou a separação dos poderes do Estado (legislativo, judiciário e execut…

Pastor da Igreja Quadrangular é confundido com ativista gay

Imagem
o pastor estava portando uma bandeira de sua denominação, que é formada por cores que lembrava um arco-íris, um dos símbolos do movimento LGBT.

Ao ser confundido com uma ativista do movimento gay, um pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular foi retirado à força do palco da “Manifestação pela liberdade de expressão, liberdade religiosa e família tradicional”, organizada pelo pastor Silas Malafaia na tarde dessa quarta feira (05) em frente ao Congresso Nacional, em Brasília.

O motivo da expulsão, segundo o G1, foi o fato de o pastor estar portando uma bandeira de sua denominação, que é formada pelas cores roxa, vermelha, amarela e azul, e teria sido confundida pelos seguranças do evento com a bandeira arco-íris, um dos símbolos do movimento LGBT.

A assessora do pastor tentou intervir e houve confusão. O pastor resistiu à ação dos seguranças e foi retirado à força do palco por eles

O episódio foi comentado no Twitter pelo deputado federal e ativista gay Jean Wyllys, que quest…

ALERTA - Renan Calheiros cobra aprovação do PL 122

Imagem
O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), pediu agilidade na votação do PL 122/2006 lei que criminaliza a homofobia. Ao saber da decisão do senador, Magno Malta (PR-ES) e outros parlamentares e líderes evangélicos reagiram, dizendo que a população brasileira precisa participar dessa discussão.
A crítica do senador capixaba se refere ao que ele chama de “banalização” da palavra homofobia, uma vez que o texto do projeto lei criminaliza a opinião. “Eu não sou homofóbico, mas o projeto não é justo. Banalizar a palavra é fácil”.
Durante seu discurso desta terça-feira (4), Magno Malta lembrou que boa parte da população brasileira não é a favor do texto do PL 122. “Não pode ser votado a toque de caixa. A sociedade brasileira, acima de 80% dos brasileiros, não concordam com isso”, afirmou.
Ao seu lado estava o pastor Silas Malafaia que nesta quarta-feira (5) liderou uma manifestação pacífica em favor da liberdade religiosa, de expressão, contra o aborto e a favor da família…