quarta-feira, 6 de novembro de 2013

POUCA VERGONHA NOS HOSPITAIS DO BRASIL - PT A PRAGA DO SÉCULO .








É  de ficar indignado com a falta de estrutura da saúde no Brasil .
Olhem essa imagem e veja o que o GOVERNO DO PT , DA DILMA  E  DO LULA estão fazaendo com nosso povo .
Em quanto eles ficam perdoando dividas de países , nosso povo , idosos , crianças morrem, as mínguas .
Não podemos mais aceitar isso de boca fechada .
VAMOS AS RUAS POVO DE DEUS , PROTESTAR CONTRA OS CORRUPTOS E CORRUPTORES.



ME DA NOJO SÓ EM PENSAR QUE O MINISTRO DA SAÚDE , O TAL PADILHA , QUER SER GOVERNADOR EM SÃO PAULO .

CHEGA DE PETRALHISMO - CHEGA DE CORRUPÇÃO.


COISAS DOS PETRALHAS - Prostitutas poderão receber programa com cartões de débito e crédito em Minas

A CEF (Caixa Econômica Federal) firmou convênio com a Associação de Prostitutas de Minas Gerais e, reconhecendo essas profissionais como autônomas, irá permitir que elas possam receber pelos programas por meio de cartão de débito e crédito. Os programas, inclusive, poderão ter seus pagamentos parcelados.
Segundo a presidente da Associação de Prostitutas, Maria Aparecida Vieira, a Cida, 46, 20 garotas de programas de Belo Horizonte já abriram conta na CEF e devem receber as máquinas para debitar e creditar os valores dos programas ainda neste mês.
"Para ter acesso aos benefícios, as meninas precisam fornecer documentos básicos, como carteira de identidade e comprovante de endereço à associação. Depois do cadastro, as meninas são orientadas a abrir conta corrente na Caixa. Pelo acordo, travestis e transexuais, filiados, podem também participar", afirmou a presidente. Cida Vieira afirma que o convênio foi feito em outubro, mas divulgado somente nesta terça-feira (5).
A assessoria da Caixa informou que, com o convênio, as prostitutas e travestis que fazem programas remunerados, terão o mesmo tratamento de outras categorias de autônomos.
Além da possibilidade de receber por meio de cartão, as prostitutas terão também cobertura de previdência social, aposentadoria por idade e invalidez, auxílio doença, salário maternidade, pensão por morte, auxílio reclusão, custo zero para formalização, imposto zero para o governo federal e talões de cheque, cheque especial e dinheiro para capital de giro.
"Com os benefícios ficará mais fácil receber dos clientes, além de ajudar, e muito, na questão da segurança. Sempre andamos com dinheiro e isso facilita a ação dos assaltantes", diz.
"Podendo pagar com cartão, o cliente que quer estender o programa mas está sem dinheiro, vai poder ficar com a menina por mais tempo sem nenhum transtorno. Com isso, o número de programas e o lucro das prostitutas devem aumentar", afirma Cida Vieira.

VIA GRITOS DE ALERTA
INF. http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2013/11/05/prostitutas-poderao-receber-programa-com-cartoes-de-debito-e-credito-em-minas.htm

Tanque para banhos rituais do Templo de Salomão volta a ser utilizado


Tanque para banhos rituais do Templo de Salomão volta a ser utilizadoTanque para rituais do Templo de Salomão volta a ser utilizado
Desde o início do ano, uma série de noticias relacionadas a iminente construção do chamado “terceiro Templo” (no local onde ficava o Templo de Salomão), tem chamado atenção.
Quando o Instituto do Templo anunciou que os levitas modernos já estavam sendo treinados, o assunto começou a gerar polêmica em Israel. Em setembro, ocorreram importantes descobertas arqueológicas no local. Responsável por encontrar artefatos antigos, a renomada arqueóloga dra. Eilat Mazar, comemorou: “É uma descoberta impressionante que só acontece uma vez na vida”.
Um grupo de arqueólogos descobriu na mesma época um tanque de água (cisterna) datado do período do Primeiro Templo de Jerusalém (1006-586 a. C.). Encontrado junto ao muro ocidental da praça onde estava o Templo, no chamado Arco de Robinson. O tanque recebia água do poço de Siloé, que ficava algumas centenas de metros além dos muros.
Na última semana, foi divulgado que um antigo mikve (local de banho ritual), perto do Monte do Templo será reformado e reaberto. Ele servirá para mulheres que desejam subir o Monte para orar em pureza ritual.
A congressista Aliza Lavie anunciou a decisão durante uma reunião da Comissão sobre o Status da Mulher. O assunto possui um tom político por que os muçulmanos que controlam o local têm impedido os judeus de adentrar o Monte do Templo
El-Hanan Glatt, Ministro de Assuntos Religiosos, explicou: “Se uma mulher quer entrar no mikve, a fim de subir o Monte do Templo, por uma questão da lei sagrada dos judeus, elas não podem ser impedidas”.
A prática em muitas comunidades judaicas modernas é que apenas as mulheres casadas podem usar o mikve. Outras comunidades mais conservadoras permitem que as mulheres solteiras também o utilizem.
A subida dos judeus ao Monte do Templo continua sendo uma questão delicada. Alguns rabinos dizem que os judeus deveriam ser incentivados a visitar e fazer suas preces no local sagrado. Contudo, outros rabinos dizem que os judeus não devem entrar no Monte do Templo, até que todas as práticas antigas sejam restauradas e eles adquiram então o estado de pureza ritual necessário antes de pisar no local sagrado.
plano de Israel é ter o novo Templo em construção a médio prazo, mas nenhuma data foi revelada. Jerusalém é o terceiro local mais sagrado do Islã, depois de Meca e Medina. Rumores sobre a reconstrução do templo existem há décadas entre os judeus ultra ortodoxos, que já teriam os fundos necessários para restaurar a adoração conforme descrita no Velho Testamento
Atualmente, o Monte do Templo é controlado por um grupo de islâmicos que desejam preservar a mesquita de Al-Aqsa e o Domo da Rocha apenas para os fiéis muçulmanos. Nos últimos meses, judeus e até mesmo cristãos que tentaram visitar a área foram atacados e apedrejados. Com informações de Israel Nation News

Pastor Saeed Abedini é transferido para pior prisão do Irã


Pastor Saeed Abedini é transferido para pior prisão do IrãSaeed Abedini é transferido para pior prisão do Irã
O pastor iraniano de nascimento Saeed Abedini naturalizou-se americano, mas constantemente fazia viagens missionárias ao seu país natal.  Desde setembro de 2012 ele está preso no Irã por causa de sua fé cristã. Inicialmente, sua pena é de oito anos.
É constantemente torturado e forçado a negar Jesus. Conforme as notícias mais recentes ele está muito doente. No início deste mês, foi transferido da prisão de Evin, em Teerã, para a prisão Rajai Shahr em Karaj, 20 km a oeste da capital.
A fama dessa prisão é de ser a pior do Irã. “Ir para Karaj é uma punição severa”, afirmou Loes Bijnen, um diplomata holandês que vive no país. “Lá dentro você não é mais um ser humano. Fica fora do alcance de todos, incluindo ativistas de direitos humanos e a imprensa. Assassinatos ou mortes inexplicáveis ​​ocorrem com frequência”.
Parentes do pastor tentaram visitá-lo nesta segunda-feira, mas foram informados que isso não é permitido na nova prisão.  Abedini está no mesmo pavilhão que os condenados por crimes como estupro e assassinato.
Jordan Sekulow, diretor executivo do Centro Americano para Lei e Justiça, contesta: “A mudança para esta prisão é muito preocupante. Só pode ser visto como um movimento que coloca a vida do Pastor Saeed seriamente em risco”.
Em uma das cartas que conseguiu enviar da prisão, narrou o que estava vivendo em Evin, ressaltando que só sairá vivo da cadeia se negar a Cristo. Mas assevera: “eles nunca vão ouvir isso de mim”.
Embora haja um amplo apoio nos EUA para a libertação de Abedini, Sekulow diz que o presidente Barack Obama precisa se posicionar e dar passos claros para salvar sua vida. No Brasil, o deputado pastor Marco Feliciano pediu uma posição do governo brasileiro sobre o casoCom informações de Religion Today.