segunda-feira, 8 de junho de 2015

Os Mercadores de Crentes


"Entre vós haverá falsos mestres, os quais introduzirão encobertamente heresias destruidoras… por causa deles será blasfemado o caminho da verdade; também, movidos pela ganância, e com palavras fingidas, eles farão de vós negócio."
(2 Pedro 2:1 a 3a)

O apóstolo Pedro começou a sua segunda epístola assim: “Simão Pedro, servo e apóstolo de Jesus Cristo, aos que conosco alcançaram fé igualmente preciosa na justiça do nosso Deus e Salvador Jesus Cristo”. É, portanto, a estes que ele dirige a advertência citada acima.
A palavra “crente” tem hoje um sentido pejorativo devido à sua derivação para abranger quem é crédulo e ingênuo. Os que alcançaram a fé preciosa de que fala Pedro, “crentes” no sentido bíblico da palavra (Atos 5:14, 10:45, Romanos 13:11, etc.), são admoestados a não irem na conversa dos falsos mestres que, movidos por ganância, farão negócio deles: isso é credulidade e ingenuidade.
Tendo terminado o primeiro capítulo declarando que “a profecia nunca foi produzida por vontade dos homens, mas os homens da parte de Deus falaram movidos pelo Espírito Santo”, Pedro agora informa que “houve também entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá falsos mestres…” Na medida em que Deus nos entregava a Sua Palavra, mediante os Seus profetas e o Seu Filho através dos Seus apóstolos, o diabo tem enviado de sua parte seus próprios mensageiros para seduzir e para enganar, sejam eles falsos profetas, falsos cristos, falsos apóstolos ou falsos mestres.
Pedro nos diz o seguinte a respeito dos falsos mestres:
  1. Os falsos mestres ensinam erros destrutivos, mesmo heresias destruidoras, que levam à perdição eterna. Encontramos uma multiplicidade delas nas várias seitas que dividem o cristianismo.
  2. Essas heresias são introduzidas encobertamente, sob uma capa de verdade. Hoje dizem que é “evangelho”, e os falsos mestres estão dentro de instituições e grupos que tomam o nome de “igreja” e desavergonhadamente se dizem “cristãos”, e mesmo “evangélicos”, para encobrirem suas heresias escondidas à primeira vista.
  3. Os falsos mestres na realidade rejeitam e recusam ouvir o grande Mestre enviado por Deus, sendo Ele o caminho da Verdade, o único Salvador e Redentor dos homens, pois pagou o preço da redenção de todo aquele que crê.
  4. Tendo introduzido heresias destruidoras, eles trazem sobre si mesmos repentina destruição.
Em sua segunda carta a Timóteo, o apóstolo Paulo descreve muitas das características e artimanhas dos falsos mestres, e encontramos em seu terceiro capítulo, versículos 1 a 5, algumas facetas do seu caráter:
  1. Amantes de si mesmos: Narcisistas, egoístas, a paixão por si próprios abafa o amor a Deus e ao seu irmão. Querem ser elogiados, por isso falam o que o povo gosta de ouvir, usando palavras lisonjeiras. Em nossos dias evitam pregar sobre pecado, condenação e arrependimento, mas exaltam as suas audiências, destacando o amor de Deus por todos.
  2. Gananciosos: Têm em vista exclusivamente o lucro, mesmo à custa da honestidade, lealdade e ética cristã. Exploram a ganância do povo, dizendo, sem qualquer base no ensino apostólico, que Deus tem recompensas terrenas para dar, como saúde e prosperidade para os que aceitam as suas doutrinas e contribuem financeiramente para o seu ministério (2 Timóteo 4:3). Paulo, ao contrário, exclama: “O amor ao dinheiro é raiz de todos os males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores” (1 Timóteo 6:10). 
  3. Presunçosos: Ostentam-se como se fossem superiores, mais inteligentes, mais capazes, mais santos, etc., do que os demais. Eles se gabam de feitos ou experiências notáveis, mesmo sensacionais e sobrenaturais, para neles construir a sua fama, angariando com isso o respeito e a credibilidade dos ingênuos e incautos.
Paulo continua fazendo uma longa lista das profundezas em que o mundo terá caído depois de ouvir (e recusar) a mensagem do Evangelho, embora mantendo “uma forma de piedade” (v. 5), o que se percebe nas várias seitas do “cristianismo” e de outras religiões. Todas as características dadas neste trecho são comuns hoje em dia; o crente fiel tem que “fugir” de tais pessoas e não tê-las como companheiros e amigos (v. 5), muito menos como mestres das doutrinas do Evangelho.
Em contraste com os falsos mestres, Paulo declara: “nunca usamos de palavras lisonjeiras, como sabeis, nem agimos com intuitos gananciosos. Deus é testemunha, nem buscamos glória de homens, quer de vós, quer de outros, embora pudéssemos, como apóstolos de Cristo, ser-vos pesados; antes nos apresentamos brandos entre vós, qual ama que acaricia seus próprios filhos” (1 Tessalonicenses 2:5-7).
Quando Paulo escrevia, havia os que ensinavam sutilmente, penetrando nas casas para enganar “mulheres néscias sobrecarregadas de pecados. Elas estão sempre aprendendo, e jamais conseguem chegar ao conhecimento da verdade” (2 Timóteo 3:6-7 - NVI). Isto é dado como exemplo, e que maneira mais sutil pode haver do que o rádio, a televisão e a internet de que dispomos hoje? Como aquelas mulherzinhas, quantos homens e mulheres mal informados e crentes descuidados se deixam enganar por programas que se dizem “cristãos”, mesmo “evangélicos”, e se deixam enlevar por discursos veementes e música ruidosa destinados a conquistá-los para algum movimento ou seita, porém nunca ao conhecimento da verdade! São vítimas dos “mercadores de crentes”, ávidos pela contribuição financeira.
Paulo nos dá outro exemplo ainda mais sinistro: indo libertar o povo de Israel do cativeiro de Faraó, Moisés fazia sinais pelo poder de Deus diante de Faraó. Mas dois magos espíritas, Janes e Jambres, o resistiram, imitando enganosamente o que fazia (Êxodo 7:22). Os enganadores feiticeiros do tempo de Paulo eram do mesmo tipo: Simão Mago, Elimas e os filhos de Ceva (Atos 8:9-20; 13:6-11; 19:13-16).
Já em nossos dias, multidões são atraídas por milagreiros: sejam eles os “santos” e suas estátuas de madeira, alvenaria ou metal, ou homens que se dizem dotados de poderes milagrosos, procurando arremedar os sinais apostólicos e com isto explorar os “crentes”. Apaixonados discursos feitos em nome de Cristo e expulsão de demônios e milagres são presenciados diariamente, nas plataformas de templos, nos palcos dos teatros e na televisão. O Senhor Jesus preveniu: “Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então lhes direi claramente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade” (Mateus 7:22, 23).
Os falsos mestres usam “palavras fingidas” (“plastois logois” no grego) para fazer negócio dos crentes. Como a matéria plástica pode ser manipulada e tomar diversas formas, suas palavras são moldadas para a sua audiência: dizem uma coisa aqui, outra ali, palavras lisonjeiras que Paulo não usava. A motivação é claramente denunciada por Pedro: “movidos pela ganância” e confirmado por Paulo “intuitos gananciosos”. A crendice é muito lucrativa, haja vista a receita das maiores instituições religiosas, dos maiores “evangelistas” da atualidade e dos movimentos milagreiros. Os do chamado “evangelho da prosperidade” já chegaram a imprimir a sua própria bíblia, seguindo o exemplo dos russelitas que se chamam “testemunhas de Jeová”.
Em meio a tanto engano e perversidade por parte dos falsos mestres empenhados em fazer negócio dos crentes, assim “blasfemando o caminho da verdade”, não é de se admirar a relutância por parte dos incrédulos em ouvir a mensagem do Evangelho – afinal, poderia ser outro embuste visando a sua carteira. Pedro nos assegura que “a condenação dos quais (os falsos mestres) já de largo tempo não tarda e a sua destruição não dormita” (2 Pedro 2:3c).
Gostaríamos que sua destruição viesse já, pois os vemos como obstáculo no caminho da verdade. Talvez estaríamos até inclinados a nos levantar contra eles. Mas isso seria tomar o lugar de Deus, que nos diz, em Sua Palavra: “Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira de Deus, porque está escrito: Minha é a vingança, eu retribuirei, diz o Senhor” (Romanos 12:19). Ao procurar vingança, deixaríamos o caminho da fé.
Neste mundo sempre encontraremos joio no meio do trigo até a vinda do Senhor para reinar na terra. Cabe-nos, mais que nunca, vigiar e orar para não entrar em tentação, uma das quais poderia ser o desejo de enriquecimento aqui na terra (Lucas 12:22-34). Lembremos sempre o mandamento de Deus: “não creiais a todo espírito, mas provai se os espíritos vêm de Deus; porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo” (1 João 4:1). Aqui “espíritos” significam doutrinas. Estejamos sempre firmes na Palavra de Deus, para assim provar os mestres e evitar sermos explorados pelos “mercadores de crentes”.


bible facts via gritos de alerta

COMPARTILHA .


LIVRO “A CHUVA PROFÉTICA E A UNÇÃO DE ELIAS” É LANÇADO EM CAMPINAS/SP

Livro “A chuva Profética e a Unção de Elias” é lançado em Campinas/SP
Nesta semana aconteceu na cidade de Campinas/SP, a Conferência Profética Geração do Avivamento. O evento que foi sediado pela igreja Comunidade Cristã Interativo, contou com a presença especial dos pastores Joel Engel e Edino Melo, que lançaram o livro “A chuva Profética e a Unção de Elias”.
O lançamento ocorreu neste sábado (06) e foram grandes as manifestações de poder liberadas através deste livro. Durante a sessão de autógrafos, os presentes foram tomados por uma unção tão grande, que ao se aproximarem dos escritores e receberem o livro, eram cheias do Espírito Santo.
Muitos começaram a cair na unção e foram envolvidos pela presença de Deus, de forma sobrenatural. Durante a Conferência Mergulhados na Presença em Israel, este mesmo mover também aconteceu.
 Os pastores e escritores do livro, Joel Engel e Edino Melo tiveram a oportunidade de lançar a obra no local em que Elias foi grandemente usado por Deus, para prodígios e maravilhas.
“A chuva Profética e a Unção de Elias” com certeza será um livro que irá impactar e marcar a história da igreja de Jesus Cristo, pois já tem sido um grande instrumento para transformação e derramar da unção do Senhor sobre centenas de vidas.

PALAVRA DO DIA - Quatro segredos e quatro promessas

JESUS NA FAIXA , MAS FORA DO CORAÇÃO.



Citado como um 'protagonista' da partida, Neymar deu assistência para o primeiro dos três gols do Barcelona e foi autor do gol da vitória do time espanhol.

A final desta Champions League entre Barcelona e Juventus foi aguardada ansiosamente pelos amantes do futebol. Ver nomes como Messi, Suárez e o brasileiro Neymar promovendo o espetáculo juntos em campo, durante um jogo desta relevância, não é exatamente o que se chama de 'corriqueiro'.

Citado como um 'protagonista' da partida, Neymar deu assistência para o primeiro dos três gols do Barcelona e foi autor do gol da vitória do time espanhol.

O jogador decidiu comemorar esta vitória, declarando sua fé cristã - apesar de uma anterior proibição da FIFA a esta prática - com uma faixa que trazia a inscrição '100% Jesus' e chamou a atenção de milhões de telespectadores em todo o mundo.

Esta não foi a primeira vez que a fé de Neymar esteve em foco. Já em 2012, o jogador havia dado um entrevista para a jornalista Marília Gabriela e falou sobre sua relação com a Igreja Batista Peniel, em São Vicente - a qual frequentou desde pequeno com sua família - e até respondeu a perguntas sobre dízimo. No mesmo ano, poucos dias depois da entrevista ser exibida, ele comemorou a vitória do Santos (seu time na época) com o mesmo tipo de faixa que usou neste sábado (6), também trazendo a inscrição '100% Jesus'.

Em maio de 2014 - pouco antes de ir à Copa do Mundo -, o craque tatuou a palavra 'fé' no braço esquerdo e também a frase 'Deus é fiel' no pulso.

Sem dúvida, Neymar é hoje, um jogador de grande visibilidade em nível internacional. Sua atuação no Barcelona tem contribuído cada vez mais para este destaque. A imagem do jogador usando a faixa com dizeres cristãos neste sábado repercutiu nos jornais de diversas partes do mundo.


Fonte: Guia-me

Mesmo com polêmica, famoso pastor mantém planos de comprar avião de R$ 200 milhões


O polêmico televangelista Creflo Dollar abriu uma campanha meses atrás para arrecadar contribuições para comprar um jato executivo avaliado em US$ 65 milhões.

Quando anunciou a campanha, Dollar foi alvo de uma enxurrada de críticas, tanto de fiéis, quanto de pastores e blogueiros cristãos nos Estados Unidos. Devido à intensa repercussão negativa, seu ministério negou que tivesse lançado a campanha e afirmou que não comprariam um jato.

Open in new windowNo entanto, meses depois, voltaram atrás e anunciaram que mantiveram o plano de comprar um avião a jato intercontinental, para permitir que o televangelista possa cumprir sua agenda internacional de forma mais eficaz.

“A longo prazo, um avião a jato intercontinental de alta velocidade é uma ferramenta que é necessário, a fim de cumprir a missão do ministério”, disse o conselho do ministério World Changers Church International em um comunicado. “Pretendemos adquirir um Gulfstream G650, porque é o melhor, e é um reflexo do nível de excelência em que esta organização escolhe para operar”, acrescentou.

O pastor Dollar é conhecido por ser um pregador da teologia da prosperidade, um ensinamento adotado por igrejas neopentecostais que sugere que Deus quer que todos os cristãos sejam prósperos e que a riqueza material é um sinal do favor de Deus.

Dado a extravagâncias, Dollar leva uma vida luxuosa: vive em uma mansão de R$ 8 milhões e em Atlanta, Geórgia (EUA) e costuma passar férias em um apartamento em Manhattan, em Nova York, por onde anda em um carro Rolls-Royce.

No entanto, segundo informações do Christian Post, pode levar algum tempo para que o sonho do pastor Creflo Dollar de ter seu próprio jato torne-se uma realidade. Os modelos Gulfstream G650 estão em alta demanda, e a fabricante tem um “atraso nas encomendas para a aeronave até o início de 2018”.


Fonte: Gospel Mais

Página do deputado Marco Feliciano na internet é hackeada


Site passou a exibir cores do arco-íris e mensagem contra parlamentar. No Twitter, ele disse que hackers "destilam ódio e preconceito".

O site do deputado Marco Feliciano (PSC-SP) foi hackeado na tarde deste domingo (7). Ao abrir a página do parlamentar, apareciam as cores do arco-íris e uma mensagem contra ele.

Em 2013, o parlamentar envolveu-se em polêmicas ao assumir a presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados sob protestos, principalmente, de entidades que defendem os direitos dos homossexuais.

Por meio do microblog Twitter, ele disse estar "honrado" por ter sido escolhido "por essa turma". Na rede social, ele afirmou também que os hackers "destilam ódio e preconceito".

"Parabéns tbem aos hackers-gays financiados por ONGs que se alimentam dos cofres públicos, por destilarem sua intolerância e seu preconceito. [...] Me sinto honrado de mais uma vez ter sido escolhido por esta turma, isso mostra q meu trabalho em proteger a família precisa continuar!", publicou o deputado em sua conta.

Open in new windowNeste domingo, na página do deputado, uma montagem com imagem semelhante à de Jesus foi publicada e o rosto do parlamentar estava em uma das mãos. Segundo mensagem publicada no site, o grupo "ProtoWave" foi o responsável por hacekar a página.

Ao abrir o site, paródia da música "I will survive" era executada e o logotipo das lojas "O Boticário", exibido. Na última semana, uma propaganda da marca sobre o Dia dos Namorados exibiu casais gays, o que gerou repercussão nas redes sociais.

Pastor da igreja Assembleia de Deus, Marco Feliciano causou polêmica em 2011, quando publicou declarações em seu Twitter sobre africanos e homossexuais.

"Sobre o continente africano repousa a maldição do paganismo, ocultismo, misérias, doenças oriundas de lá: ebola, Aids, fome... Etc", escreveu o deputado na ocasião. Ele também havia publicado na rede social que "a podridão dos sentimentos dos homoafetivos leva ao ódio, ao crime e à rejeição".


Fonte: G1

Parada Gay se transforma em desfile de insultos e provocações aos cristãos

Uma  afronta total desrespeito generalizado , foi assim a  marca oficial da marcha gay em SP .
Open in new windowUm bando de marginais , apoiados pelo prefeito petralha , atacaram a igreja , não respeitando nada e  ninguém . 
Uma boa parte se comportaram dentro de seus direitos legais , mas a  outra partiu para o ataque  e total desrespeito .


Open in new window
Open in new window"Dizer que sou contra tudo isso NÃO PODE? Sou intolerante, né?", questiona Marco Feliciano ao compartilhar as imagens em sua rede social

Neste domingo (7), a avenida Paulista, em São Paulo, foi palco de mais uma edição da Parada Gay, que acontece todos os anos.

Mas o evento realizado para que lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais peça respeito e defendam suas preferências, parece ter se tornado um ajuntamento de desrespeito e ataque aos cristãos.

O que mais chamou a atenção da Parada Gay foram os insultos que os participantes exibiram com fantasias representando Jesus, a cruz, entre outras ideias.

Nas redes sociais, as imagens causam espanto e revolta, levando à mesma conclusão: 'Desrespeito'.

O pastor Marco Feliciano compartilhou as imagens em sua página no Facebook e escreveu:

Imagens que chocam, agridem e machucam.
Isto pode? É liberdade de expressão, dizem eles.
- Debochar da fé na porta denuda igreja pode?
- Colocar Jesus num beijo gay pode?
- Enfiar um crucifixo no anus pode?
- Despedaçar símbolos religiosos pode?
- Usar símbolos católicos como tapa sexo pode?
Dizer que sou contra tudo isso NÃO PODE? Sou intolerante né?


Nos comentários de sua postagens, alguns jovens homossexuais deixam claro não concordar com a atitude dos ativistas:

"Olha, eu sou lésbica e eu amo e tenho temor as mãos de Deus. Gente, quer brincar? brinque, mas não brinque com Deus. querem respeito desse jeito? isso que vocês estão fazendo é ridículo. Vocês se queixam tanto que os evangélicos falam muita babozeira, e estão dando dando razões para falarem. Tenho certeza que muitos gays e lésbicas estão com vergonha da atitude ridícula de vocês. Cade o respeito?" - Rayana Barreto.

"Sou gay mais isso é um absurdo! Claro que existem vários idiotas usando o nome de Deus por aí mas fazer isso é muito pior, sem temor algum!" - Rafael Gama.








VIA GRITOS DE ALERTA : INF.  Guia-me

Cristãos são impedidos de receber tratamento médico no Paquistão


Cristãos são impedidos de receber tratamento médico no Paquistão
Aqui no Brasil é normal as pessoas, inclusive as mulheres, irem ao médico para atendimentos de urgência, consultas, exames ou tratamentos.
Já em alguns países do Oriente Médio, ajuda médica e remédios são quase inacessíveis para nossas irmãs. Ser mulher e cristã é a certeza de uma vida de forte perseguição e hostilidade. No Paquistão, país que ocupa a 8ª posição na Classificação da Perseguição Religiosa 2015, Anita, de 17 anos, foi diagnosticada com câncer e conseguiu marcar uma cirurgia, mas após complicações o médico recusou-se a operá-la.

Morre nos EUA o filho do pastor Terry Johnson


Morre nos EUA o filho do pastor Terry Johnson
Faleceu neste domingo (7), nos Estados Unidos, Michael Bernard, de 25 anos, filho único do pastor Terry Bernard Johnson e Beth Schmidt Johnson. O jovem morreu repentinamente com problemas de saúde, tendo sido encontrado morto na manhã de domingo, em seu apartamento, na cidade de Springfield nos EUA, onde estudava Teologia.
Os pais de Michael Bernard moram em Campinas, congregam na Assembleia de Deus e dirigem a Escola de Educação Teológica das Assembleias de Deus (EETAD). Michael era neto do missionário Bernard Johnson que já dorme no Senhor.
Oremos pela família, que já viajou para os EUA para o funeral, e de onde dará maiores informações.
À família enlutada nossos sentimentos, e os votos de que o Espírito Santo os console.

E AGORA ? Asteroide 'enviado por Deus' destruirá a Terra em setembro, dizem teóricos bíblicos

ReproduçãoReprodução

Religiosos e cientistas entraram em conflito por conta de — mais uma — teoria do fim do mundo. O primeiro grupo acredita que, entre 22 e 28 de setembro deste ano, a Terra será destruída por um asteroide como forma de “castigo divino”. Especialistas da Nasa, porém, desmentem a teoria.

De acordo com os teóricos bíblicos, haverá no período citado um evento que “marcará o início de sete anos de angústias para o ser humano”. O asteroide seria o início desse evento, dizimando de uma vez boa parte da raça humana — os descrentes, no caso.

A questão, porém, é que a Nasa afirma ter sistemas de detecção de asteroides completamente modernos e de alta capacidade. A agência espacial dos Estados Unidos, inclusive, afirma que “em centenas de anos não existem objetos tão grandes chegando próximos à Terra”.

Há ainda o fato de que asteroides, quando entram em contato com nossa atmosfera, costumam ser destruídos por conta do forte aquecimento. Ou seja, ele teria que ser extremamente agressivo para seguir a teoria à risca. Os religiosos, porém, não desistem e se preparam para o pior no final de setembro.



COMENTE .



https://br.noticias.yahoo.com/blogs/super-incr%C3%ADvel/asteroide--enviado-por-deus--destruir%C3%A1-a-terra-em-setembro--dizem-te%C3%B3ricos-b%C3%ADblicos-151414228.html

PALAVRA DO DIA - DEUS É CONTIGO , NÃO TEMAS

JACO - ISRAEL

De todos os relatos da Torá, este é um dos mais envoltos em mistério. Conta-nos a história da luta entre um ser humano e um anjo e a da ...