sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Vaticano suspende pagamento de horas extras


A decisão foi comunicada pela Secretaria de Estado aos responsáveis de cerca de 20 congregações e conselhos pontifícios do Vaticano.

O Vaticano decidiu suspender o pagamento de horas extras a seus funcionários, bloquear novas contratações e cancelar promoções para tentar reduzir o déficit em suas contas, informaram nesta quinta-feira (20) fontes religiosas.

O papa argentino Francisco está examinando uma série de reformas internas, entre elas a possível fusão de várias entidades e escritórios da Cúria Romana, e determinou a aplicação de medidas de austeridade diante da crise econômica para tentar evitar a demissão de funcionários.

As novas indicações foram autorizadas pelo número dois do Vaticano, o secretário de Estado, Pietro Parolin.

A reforma das estruturas econômicas da Cúria Romana está sendo examinada por grupos de especialistas, com a supervisão de oito cardeais assessores do papa e outros conselheiros, quase todos prelados estrangeiros que não integram o esquema.

O Vaticano deverá seguir a orientação de austeridade do papa Francisco, que designou em março passado uma comissão para tornar mais eficiente e transparente a administração da Santa Sé.

A reforma visa diretamente o combate ao desperdício e à corrupção, além da redução de custos.

Estes objetivos figuram no documento escrito pelo Papa Francisco no qual defende a racionalização dos gastos para evitar o desperdício de recursos econômicos, a transparência na aquisição de bens e serviços e o aperfeiçoamento da administração do patrimônio mobiliário e imobiliário.

Fonte: AFP

Planos de saúde terão de informar qualidade dos serviços


A partir do mês que vem, todas as operadoras de planos de saúde serão obrigadas a informar aos clientes indicativos de qualidade de sua rede de prestadores de serviço.

Em entrevista ao Estado, o diretor-presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), André Longo, revelou que hospitais, laboratórios e médicos serão qualificados de acordo com uma série de critérios estabelecidos pela agência.

O resultado dessa avaliação deverá ser publicado pelas operadoras em todo o material de divulgação de sua rede assistencial, nas versões online e impressa. A iniciativa faz parte do programa Qualiss, desenvolvido pela ANS para tentar melhorar o controle sobre a qualidade do serviço prestado.

“O programa vai pontuar, por um conjunto de atributos de qualificação, tanto os profissionais quanto a rede hospitalar, clínica e de laboratórios que têm convênio com operadoras. Queremos avaliar a qualidade desse serviço que está sendo prestado ao consumidor para dar mais segurança e, também, para dar uma divulgação desses indicadores e facilitar a escolha do consumidor quando for buscar algum tipo de serviço”, disse Longo.

Entre os atributos que serão medidos estão, entre os hospitais, taxa de infecção hospitalar, taxa de mortalidade cirúrgica, acessibilidade à pessoa com deficiência, tempo de espera na urgência e emergência e satisfação do cliente. Os médicos que atendem em consultórios também serão avaliados.

“Vamos ver se ele tem residência médica, se tem alguma especialização, se atende aos registros necessários da Vigilância Sanitária, se participa de programas como o Notivisa, que é de notificação compulsória de eventos junto à Vigilância Sanitária”, explica o diretor-presidente da ANS. As operadoras que não publicarem as informações passadas pelo prestador de serviço receberão multa de R$ 35 mil.

Reclamações

Longo contou ainda que, também em março, a ANS atuará com o mesmo rigor com todos as reclamações recebidas contra planos de saúde, incluindo as falhas não relacionadas à cobertura. Hoje, a agência só dá prazo máximo para as operadoras responderem esse tipo de problema. A partir do dia 17 do mês que vem, as reclamações sobre outros assuntos, como reajustes abusivos e quebras de contrato, receberão o mesmo tratamento.

“Hoje, essas demandas são tratadas sem um fluxo de tempo para a resposta. Isso vai passar a existir e o consumidor vai poder, até mesmo, acompanhar as suas demandas no site da agência”, disse. Segundo Longo, somente no ano passado, a ANS recebeu mais de 100 mil reclamações. Cerca de 70 mil delas foram relacionadas à cobertura.

Fonte: Estadão

Pastor David Yonggi Cho é condenado por fraudar sua igreja


O reverendo David Yonggi Cho, antes conhecido como Paul Yonggi Cho, foi condenado pela Justiça da Coreia do Sul por uma fraude de R$ 33,1 milhões à Igreja do Evangelho Pleno de Yoido, da qual é fundador e pastor emérito.

A Igreja do Evangelho Pleno, localizada em Seul, capital da Coreia do Sul, é a maior denominação evangélica do país, com 800 mil membros.

O escândalo financeiro da igreja aconteceu em 2002, quando Cho ordenou que os tesoureiros comprassem ações de seu filho, Cho Hee-Jun, por um valor quatro vezes superior ao praticado no mercado financeiro.

Open in new windowA investigação sobre o pastor e sua família começou no ano passado após a queixa de um grupo de membros da igreja que perceberam o que havia acontecido. O Tribunal Distrital Central de Seul também condenou o pastor a pagar uma multa de R$ 12,4 milhões.

Durante o mesmo processo, seu filho e um dos dirigentes da igreja também foram condenados por sonegação de impostos no valor de R$ 8,7 milhões, além de três anos de prisão por conspirar com Cho para fraudar a denominação.

Yonggi Cho ficou conhecido por ser adepto da teologia da prosperidade e por ter escrito o livro A Quarta Dimensão, onde prega que os cristãos devem explorar o mundo espiritual de uma forma inovadora, desenvolvendo visões, sonhos e um certo controle sobre essa dimensão, que poderiam tornar realidade os desejos dos fiéis.

Fonte: Gospel+

SUPER LANÇAMENTO - SQUEEZE E JARRA DE ÁGUA COM FILTRO . ÁGUA PURA EM TODOS LUGARES. DESPACHAMOS PARA TODO BRASIL


SUPER LANÇAMENTO MONTE FORTE BUSINESS.
LINHA AQUA FORT

Esta jarra destina-se à melhoria da qualidade da água de uso doméstico, potável.
Pode, também, ser utilizada em água proveniente de bicas, poços freáticos ou
artesianos, e nascentes e mananciais de superfície. (Atende à Portaria nº 518, do
Ministério da Saúde).

Características do modelo:
• Design ergonômico que facilita o manuseio.
• Capacidade total de 2,4 litros, sendo 1,9 de água filtrada.
• Fácil enchimento. Não é necessário retirar a tampa.
• Abertura para saída de água na própria tampa.
• O filtro é “universal”, serve para as jarras das marcas Anna, Brita Kenwood, Boots.
• Fabricado em material atóxico (polipropileno).
Cada filtro rende, em média, 160 litros de água filtrada:
• Ideal para cozinhar e preparar bebidas quentes ou frias. Seu chá, café e cubos de
gelo sem espuma ou sujeira.

• Leve, refrescante e revigorante, sem gosto de cloro nem cheiros que afetam o seu sabor natural.

• Cafeteiras, chaleiras, ferros de passar, entre outros aparelhos, duram mais por não
serem formadas crostas em seu interior.

lançamento de modelo de garrafa squeeze com filtro: AQUASFORT







0199 9137 1059
019 9 8292 7812
019 998011367
019 3837 4435

CARTÕES DE VISITA MODELO FOTOGRÁFICO.APENAS 50,00 O MILHEIRO.

PEDIDOS.

portaldosbrindes@hotmail.com
019991371059

“Eu sou a Matrix de Deus no carnaval”, diz Baby do Brasil


“Eu sou a Matrix de Deus no carnaval”, diz Baby do Brasil"Eu sou a Matrix de Deus no carnaval", diz Baby do Brasil
A cantor Baby do Brasil participará novamente do Carnaval de Salvador. A evangélica vai subir no trio elétrico acompanhada de seu filho Pedro Baby e de seu ex-esposo, Pepeu Gomes.
Esse será o segundo ano que Baby participa da festa soteropolitana depois de sua conversão, nos anos 90. “Eu sou a Matrix de Deus no carnaval”, disse ela que não vê problemas em se apresentar no Carnaval.
O trio de Baby vai se apresentar na quinta-feira (27) tocando os maiores sucessos dos “Novos Baianos”, grupo que integrou e ajudou a fundar na década de 1970. Foi exatamente esse grupo que a fez se tornar a primeira cantora a se apresentar em um trio elétrico.
Ao contrário do ano passado, Baby não vai dispensar qualidade técnica durante sua apresentação.
“Para mim está acontecendo uma coisa interessante, porque ano passado eu recusei fazer tudo já que o que tinha para mim. Era um trio que eu não considerei em um nível técnico bacana. E esse ano é diferente”, disse ela.


GP

Bloco evangélico sairá no carnaval da Bahia


Comemorando 15 anos, o bloco evangélico Sal da Terra irá mais uma vez percorrer as ruas do Centro Histórico (Circuito Batatinha) durante o Carnaval.

Formado por cerca de 500 integrantes da Igreja Batista Missionária da Independência, o bloco, este ano com abadá verde e amarelo, caminhará pelas ruas do Pelourinho ao som dos percussionistas liderados pelo ex-membro do Olodum Valdemiro que adaptou as músicas gospel ao ritmo do samba-reggae.

Se parece estranho a presença de evangélicos no circuito da folia, os organizadores revelam que o principal objetivo é evangelizar, disseminar os ensinamentos de Cristo. O tema deste ano é “Todos precisam saber e você precisa falar”. Segundo eles, a Igreja não pode interromper a sua missão de proclamar a salvação em Cristo, seja qual for o tempo e o lugar. “Não somos do Carnaval, estamos no Carnaval com um propósito missionário. Estamos anunciando a volta de Cristo, levando esperança aos perdidos, provando que a verdadeira felicidade está em Jesus”, afirmou Gustavo Mercês, um dos assessores do bloco.

O bloco garante que fará uma verdadeira adoração a Deus através de diversas manifestações culturais como grupo de dança, Robozão, apresentações infantis, capoeira, teatro e apresentações musicais que ocorrerão na Praça da Sé, batizada pelos integrantes como “Praça da Fé”.

Fonte: Tribuna da Bahia

Magno Malta anuncia pré-candidatura à Presidência da República

O senador Magno Malta (PR-ES) anunciou nesta quarta-feira (19) que é pré-candidato à Presidência da República. O anuncio foi feito no Senado Federal na presença de parlamentares, líderes evangélicos e familiares do senador.
Uma carta escrita por ele foi entregue aos líderes do partido no dia de hoje mostrando seu interesse em concorrer ao cargo hoje ocupado por Dilma Rousseff.
Magno Malta relatou sua vida política, incluindo a participação na campanha eleitoral de 2002 quando Luís Inácio Lula da Silva foi eleito, e também nas eleições de 2010.
O senador disse que vai emprestar seu nome para a sociedade brasileira para fazer o que os três últimos presidentes não fizeram. Mas deixou claro que não irá desonrar nenhum político para ganhar notoriedade durante a campanha eleitoral.
“São 35 anos tirando drogados da rua, eu conheço os dois lados do balcão”, disse ele que atendia dependentes químicos em sua própria casa.
Ao cair nesse assunto, Magno Malta falou sobre os problemas de segurança pública, citando ainda a proposta de diminuir a maioridade penal, projeto não aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado.
O discurso durou mais de uma hora e meia e tratou sobre algumas propostas do Senador. “Eu quero ter o direito de viajar pelo meu país discutindo isso com a sociedade”, disse ele.
“Não é um projeto isolado, motivado pela vaidade, mas uma convicção de que tenho resposta para continuar com as experiências positivas dos últimos governos”.
Assista: