quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Marco Feliciano condena novo vídeo do Porta dos Fundos que debocha de Jesus

Deputado Federal e pastor Marco FelicianoDeputado Federal e pastor Marco Feliciano
Um novo vídeo chamado “Ele Está no Meio de Nós” do polêmico grupo Porta dos Fundos, faz deboche com a figura de Jesus ao mostrar Jesus Cristo, interpretado por Gregório Duvivier, interessado em pornografia e sexo.
O vídeo, publicado no último sábado (11), teve até o momento 1 milhão de visualizações, 70 mil avaliações positivas e 38 mil negativas. O deputado federal e pastor Marco Feliciano comentou o trabalho com repúdio.
“Eles vilipendiam o símbolo maior da fé cristã, que é Jesus Cristo. Duvivier destila seu veneno ateísta sobre Jesus, coisa que ele não tem coragem de fazer com Maomé, por ser covarde e boçal. É desrespeitoso com a fé de 88% dos brasileiros”, afirmou.
As agressões aos símbolos religiosos cristãos já levaram os humoristas a serem alvo de críticas e ações judiciais em algumas ocasiões. Inclusive, pelo deputado federal Marco Feliciano. Em 2013, ele entrou com um processo contra o grupo, mas a Justiça de São Paulo decidiu arquivar o processo.
“Tempos atrás eu os processei, mas a Justiça foi leniente com eles. Resta-me apenas apelar para a consciência dos brasileiros de bem que repudiem esse vídeo com mensagens de indignação. Duvivier, querido, o nosso país nunca será ateu, deixe o cristianismo em paz!”, conclui.
Fonte: Pleno News

Igreja perde mais da metade dos fiéis após declarar apoio ao casamento gay

Igreja GracePointe perdeu mais da metade dos membros após anunciar seu apoio oficial ao casamento gay
Igreja GracePointe perdeu mais da metade dos membros após anunciar seu apoio oficial ao casamento gay
Uma congregação evangélica de Nashville que ganhou as manchetes norte-americanas depois que seu pastor anunciou que a igreja realizaria casamentos entre pessoas do mesmo sexo agora está vendendo o terreno de seu templo e se mudando para um espaço alugado. O motivo da mudança foi o considerável declínio na membresia da igreja, após o polêmico anúncio de seu líder.
Após anunciar o apoio ao casamento gay em 2015, o Pastor Stan Mitchell da Igreja ‘GracePointe’, em Franklin (Nashville) no Tennessee, foi entrevistado pela revista Time.
Elizabeth Dias, da Revista Time, identificou a GracePointe como “uma das primeiras megaigrejas evangélicas do país a defender abertamente a plena igualdade e inclusão da comunidade LGBTQ”.
Mas o que ele pensou ser um “grande avanço” na verdade significou uma notável queda. A comunidade, que comustava ter uma frequência de mais de 2.000 pessoas em seus cultos dominicais, agora tem 800 fiéis, no máximo.
Segundo um artigo do jornal ‘Nashville Scene’, publicado em 2015, o declínio da membresia já podia ser claramente notado, logo após o polêmico anúncio de seu pastor. Tanto os membros da Junta de Anciãos da igreja quanto metade da congregação de 2.200 pessoas rapidamente decidiram sair da congregação.
“O esperado ‘final feliz’ não se materializou”, informou o jornal. “Os membros deixaram a congregação e o próprio destino da igreja está em risco”.
As mudanças, em última instância, não se limitaram aos ensinamentos sobre sexualidade. Em agosto, a Nashville Star informou que GracePointe compartilharia espaço com outra congregação progressista, agora descrevendo-se como “não apologética” e aberta ao “diálogo inter-religioso”.
Um visitante de um culto recente contou aproximadamente 240 pessoas na ocasião, apenas uma fração do número que permaneceu na época das decisões do pastor Stan Mitchell.
“O abraço público das pessoas LGBTQI e relações homossexuais por Mitchell e pela Igreja GracePointe em 2015 levou a um grande declínio de sua membresia e consequemente de sua receite [dízimos]”, informou o ‘Out & About Nashville’ em setembro. “O templo quase vazio é a prova de um êxodo dos congregantes durante dois anos”.
A GracePointe decidiu vender a capela modernista de 12.000 metros quadrados e a propriedade de 22 acres onde a igreja se reunia desde 2009. A propriedade, inicialmente anunciada em fevereiro por US$ 7,5 milhões, caiu para US$ 5,7 milhões em março e US$ 4,9 milhões em abril de acordo com registros imobiliários da cidade. O imóvel agora está sendo negociado e a venda pode se concluir até o final do ano.
A perda de mais da metade da congregação prejudicou a estabilidade financeira da GracePointe, segundo o próprio pastor Mitchell disse ao site ‘Out & About Nashville’. A congregação espera que a venda da propriedade da igreja, juntamente com o orçamento e os cortes de funcionários, melhorem as finanças.
Fonte: Guia-me

Chineses são obrigados a trocar as imagens de Jesus Cristo pelo presidente Xi Jinping

Xi Jinping, presidente da China
Xi Jinping, presidente da China
As autoridades locais da China lançaram uma campanha que visa “transformar os crentes na religião em crentes no Partido, diz jornal.
As autoridades de uma comarca no sul da China estão obrigando os cristãos locais a substituir as imagens de Jesus Cristo, cruzes e outros símbolos religiosos que têm em casa por imagens do Presidente chinês.
Segundo o jornal de Hong Kong South China Morning Post (SCMP), milhares de cristãos de Yugan, na província de Jiangsi, sudeste do país, cederam à pressão das autoridades, alguns sob ameaças de deixar de receber subsídios de combate à pobreza.
O SCMP estima que 10% da população em Yugan vive abaixo do nível da pobreza (menos de um dólar por dia), uma percentagem que coincide com a do número de cristão na região.
A campanha inclui a entrega de centenas de retratos do Presidente Xi e visitas dos líderes locais a comunidades cristãs para convencê-las a substituir as imagens religiosas, escreve o jornal. Xi Jinping é o mais forte líder chinês das últimas décadas.
“Muitos camponeses são ignorantes, creem que Deus é o seu salvador, mas depois do trabalho dos líderes perceberão os seus erros e verão que já não se devem apoiar em Jesus, mas sim no Partido Comunista”, destacou um dos líderes locais citado pelo SCMP.
Na China, as manifestações católicas são apenas permitidas no âmbito da Associação Patriótica Chinesa, a igreja católica aprovada pelo Estado é independente do Vaticano.
Oficialmente, o número de cristãos na China continental está em torno de 24 milhões, a maioria dos quais protestantes, o que não chega a dois por cento da população chinesa – 1.375 milhões de habitantes.
O Governo chinês apela às igrejas católicas do país para aderirem ao “socialismo com características chinesas” e adotarem o que ele chama de “à direção correta de desenvolvimento”.
Fonte: Diário da Manhã – Portugal

Dedé Santana revela que Mussum se entregou a Jesus no leito de morte

Dede Santana, um dos comediantes do programa de humor da Rede Globo
Dede Santana, um dos comediantes do programa de humor da Rede Globo "Os Trapalhões"
“Eu não fui como Paulo, um perseguidor [da Igreja], mas era um ‘debochador”. A confissão foi feita pelo humorista Manfried Sant’Anna em uma entrevista com o pastor Maurício Fragale. O conhecido Dedé Santana, dos Trapalhões compartilhou momentos impactantes de sua vida, seu testemunho e como ele influenciou outras pessoas a se entregarem a Jesus, como ocorreu com seu falecido amigo, Antônio Carlos, o Mussum.
Dedé conta que sua conversão não ocorreu em um piscar de olhos. Foram precisos muitos sinais, fatos realmente sobrenaturais para que ele firmasse sua fé em Cristo.
“Eu debochava de crente… as coisas foram acontecendo devagar comigo”, contou.
O humorista conta que hoje olha para sua história e percebe os momentos em que Jesus usou pessoas para falar com ele.
“A primeira coisa que aconteceu comigo e foi impressionante, foi que eu estava fazendo show com os trapalhões lá em Cabo Frio. A gente ia de ônibus, todo mundo… nós ficamos lá uma semana e no penúltimo dia eu falei: ‘Vou de carro, porque eu quero voltar antes’. Se eu ficasse até o fim, teria que esperar todo mundo se decidir e eu tinha pressa de voltar”, explicou.
“Quando eu cheguei em Niterói, parei no semáforo ou sinal (cada um dá um nome) e bateram no meu vidro, eu tomei um susto. Era uma senhora com um cabelo comprido, segurando [o que parecia ser] uma agenda na mão. Ela batia no vidro e queria falar comigo. A gente fica meio preocupado, mas eu abri e ela falou: ‘este é presente para você”, acrescentou.
O que ele acreditava ser uma agenda, na verdade era uma Bíblia. Um presente precioso, que uma mulher desconhecida havia preparado para ele.
“Eu peguei aquela agenda e quando eu voltei do show, pensei: ‘engraçado, eu nunca tinha visto uma agenda com fecho eclair [zíper]. E quando eu abri o fecho eclair para ver a agenda, não era uma agenda, era uma Bíblia e a coisa que me impressionou muito: a dedicatória foi toda feita para mim, com o meu nome. Eu achei aquilo uma coisa muito impressionante, mas ainda não levei aquilo muito a sério”, contou.
Posteriormente, Dedé foi acompanhar a inauguração da Praça dos Trapalhões, em Angola. Cerca de 60 mil pessoas esperavam o grupo de humoristas brasileiros no aeroporto. Mas um fato específico chamou sua atenção.
“Tinha uma única pessoa de terno, com uma gravata vermelha e uma Bíblia na mão. O pessoal se empurrava, ele caía e continuava falando: ‘irmão Dedé, Deus falou comigo, você precisa acreditar em mim, Jesus quer salvar você’. Eu entrei no ônibus e falei: ‘Mussum, aqui também tem aqueles malucos que falam: ‘Jesus te ama”, relatou.
Dedé conta que se entregou a Jesus oito anos depois daquela viagem a Angola e quando ele foi para a igreja pela primeira vez, Deus tinha preparado um encontro especial para aquele dia.
“Oito anos depois, eu me converti e fui pra Assembleia de Deus Madureira. Eu fui de terno, imagina no Rio, 40 graus. […] Eu entrei na igreja e fiquei lá atrás… sabe como é artista, vai acompanhando… O pessoal levantava, eu também levantava, o pessoal levantava a mão e eu levantava a mão”, disse.
“No final do culto, o pastor da igreja, Manoel Ferreira disse: ‘Temos um novo convertido, queria pedir que ele viesse aqui’. Eu nunca tremi tanto na minha vida”, contou. “Eu cheguei ali na beiradinha e o pastor disse: ‘pode subir, Dedé’ e eu nervoso, mas acabei subindo. Sabe como é a Assembleia de Deus… ficam uns 80 pastores lá atrás [risos]. No meio daqueles 80, tinha um único com a gravata vermelha, que gritou: ‘irmão Dedé, não falei que Jesus ia salvar você? Oito anos depois, era o mesmo cara que estava em Angola”.
A salvação de Mussum
Falando sobre seu reencontro com Renato Aragão (Didi), após sua conversão, Dedé Santana falou sobre os outros integrantes dos Trapalhões, que já haviam falecido, como Mussum e Zacaria e afirmou que o bem humorado sambista da Mangueira se entregou a Jesus antes de morrer.
“Graças a Deus o Mussum morreu salvo. Ele aceitou a Jesus já no leito [de morte]. Eu levei uma Bíblia para ele. Pouca gente sabe disso. Ele reconheceu: ‘Jesus é maravilhoso, Dedé’ e um dia depois ele faleceu”, contou.
Assista a entrevista abaixo:
Fonte: Guia-me

ONU se posicione oficialmente contra os cristãos após denúncia de grupo gay

Sede da ONU, nos Estados Unidos
Sede da ONU, nos Estados Unidos
A ONG Promsex denunciou os cristãos (católicos e evangélicos) que são contrários ao aborto, dizendo que eles estão fazendo pressão contra organizações feministas que pedem pelo direito ao aborto.
O Relatório Especial de Direitos Culturais, da ONU, redigido após denúncias do grupo gay com sede no Peru, declara que “o fundamentalismo religioso tende a causar um impacto desproporcional sobre os direitos das mulheres” e que este grupo religioso rejeita “a igualdade e universalidade dos direitos humanos, baseando-se em visões mundiais rígidas”.
A ONG também protesta pelos cristãos se colocarem contra a imposição da ideologia de gênero. “Alguns desses grupos costumam impor sua interpretação de doutrinas religiosas, de modo que as leis e políticas que eles promovem são baseadas em ideias estereotipadas e sexistas sobre as relações de gênero”.
Em seu relatório, a ONU afirma que os Estados são obrigados a  “prevenir e punir os atos cometidos por atores não estatais, como grupos da sociedade civil, igrejas, entre outros, que são fundamentalistas e extremistas, contrários aos direitos humanos”.
Fonte: JM Notícia

NO COLO DO BIXO . Suspeito de envolvimento na tentativa de latrocínio do Cabo Garcia, é morto durante troca de tiros com a Polícia Militar em Rio Claro, SP

O indivíduo foi alvejado com cinco disparos, sendo solicitado o socorro junto ao SAMU. Na madrugada desta quinta-feira (07), um indivídu...